Trabalho joyce (2)

247 visualizações

Publicada em

Publicada em: Vendas
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
247
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho joyce (2)

  1. 1. Escola Municipal Professor Amazor Vieira Borges (Nova Iguaçu, RJ)
  2. 2. Taxas de Rendimento 2010 Segundo indicadores do INEP 68,9% Etapa Escolar Reprovação Abandono Aprovação Anos Iniciais 19,0% 55 reprovações 3,0% 9 abandonos 78,1% 226 aprovações Anos Finais 28,4% 101 reprovações 2,7% 10 abandonos 68,9% 245 aprovações 19,0% 3,0% 78,1% 28,4% INICIAIS FINAIS 2,7% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS Reprovação Abandono Aprovação
  3. 3. Taxas de Rendimento 2011 Segundo indicadores do INEP Reprovação Abandono Aprovação 14,7% 4,5% 80,8% 19,2% 5,3% 75,6% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS
  4. 4. Taxas de Rendimento 2012 Segundo indicadores do INEP 19,3% 29,2% 3,2% 2,3% 77,4% 68,5% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS Reprovação Abandono Aprovação
  5. 5. Taxas de Rendimento 2013 Segundo indicadores do INEP Reprovação Abandono Aprovação 7,5% 27,8% 2,3% 2,4% 90,2% 69,8% INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS INICIAIS FINAIS
  6. 6. Análise dos resultados De acordo com os gráficos da taxa de rendimento da escola entre o período de 2010 a 2013, em que demonstram-se os índices de aprovação, reprovação e abandono na escola. Os anos em que o índice de reprovação apresenta-se mais elevados tanto nas séries iniciais como nas séries finais, foram: os anos de 2010 com índices de reprovação de 19% para as séries iniciais e 28,4% nas séries finais; 2011 com 14,7% nas séries iniciais e 19,2% nas séries finais e em 2012 com 19,3% nas séries iniciais e 29,2 nas séries finais.
  7. 7. Análise dos resultados Quanto ao índice de aprovação mais elevado durante o período de 2010 a 2013. Observa-se que os anos de 2011 e 2013 apresentam índices mais elevados. Já que no ano de 2011 houve 80% aprovações nas séries iniciais e 75,6% nas séries finais. E no o período de 2013 esse índice sobe ainda mais para os 90% nas séries iniciais e 69,8% nas séries finais.
  8. 8. Análise dos resultados Os resultados encontrados referente ao índice de abandono da escola, durante o período de 2010 a 2013. Observa-se que, o ano em que houve maior índice de abandono foi de 2011, com 4,5% nas séries iniciais e 5,3% nas séries finais e Enquanto que no ano de 2013 houve um decréscimo deste índice para 2,3% para as séries iniciais e 2,4% para as séries finais. No entanto este dado nos deixa algumas indagações, quanto ao aumento bastante expressivo do período de 2010 a 2011 em relação a elevado índice de abandono da escola, o que em seguida, nos anos de 2012 e 2013 tende a cair.
  9. 9. Considerações finais Os dados analisados da pesquisa revelam que a escola vem trabalhando bem a questão de aumento do número de aprovações na escola, bem como, na diminuição dos índices de reprovação e abandono da escola. Este fato, portanto, pode estar ligado a diversos fatores como: a mudança da gestão da escola, melhorias na infraestrutura da escola e também ao empenho dos professores e alunos nas aulas.
  10. 10. Considerações finais Enfim, para uma melhor interpretação desses fenômenos ocorridos no período analisado, recomenda-se , um estudo mais aprofundado, como, por exemplo: se fazer uma pesquisa de campo, entrevistando docentes e alunos.
  11. 11. UERJ-FEBF Disciplina: EEPP IV Alunas: Joyce Martins, Giovana Prado, Ana Paula Delduque, Joana Martins, Thamires Bernardo e Marcela Parães.

×