Análise de Investimentos
Autor: Juliana Leite Kirchner
Tema 01
Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais
Tema 02
Técni...
Índice
Índice
Tema 01: Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais  4
Tema 02: Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teórico...
seções
Tema 01
Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais
Como citar este material:
KIRCHNER, Juliana Leite. Análise de...
SeçõesSeções
Tema 01
Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais
Introdução ao Estudo da Disciplina
Caro(a) aluno(a).
Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro Análise de...
8
•	 Principais aplicações financeiras no Brasil.
•	 Cálculo do retorno do investimento.
Habilidades
Ao final, você deverá...
9
LEITURAOBRIGATÓRIA
Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais
Cotidianamente, faz-se diferentes utilizações do termo ...
10
c.	Investimentos mistos: recursos disponibilizados em aporte pelos governos ou entidades
públicas e, em parte, por pess...
11
Assim sendo, deve o administrador realizar uma análise dos investimentos de forma racional,
sob três óticas:
a.	Conside...
12
e) Capital escasso. De nada adianta existir uma alternativa excepcionalmente rentável
se o capital próprio mais o capit...
13
Tais investimentos podem ser classificados como de renda fixa ou de renda variável, ou
ainda, de renda fixa e variável ...
14
LINKSIMPORTANTES
Quer saber mais sobre o assunto?
Então:
Sites
Leia o artigo Análise de projetos de investimento sob co...
15
LINKSIMPORTANTES
da disciplina. É muito interessante, pois o referido professor simula um curso, no qual permite
o estu...
16
Questão 1:
O conceito de investimento provém da
economia e apresenta uma grande impor-
tância tanto para a economia de ...
17
d) Investimentos privados; investimentos
mistos; investimentos públicos.
e) investimentos públicos; investimentos
misto...
18
ser expressas em valores monetários. Con-
tudo, são de fundamental importância, já
que influenciam diretamente a viabil...
19
Questão 8:
Os investimentos públicos são os recursos
disponibilizados pelos governos ou entida-
des públicas a fim de g...
20
Neste tema, você conheceu sobre os aspectos iniciais da Análise de Investimentos. Foi
possível verificar que investimen...
21
REFERÊNCIAS
CALOBA, Guilherme Marques. Análise de Investimentos. 1. Ed. São Paulo: Atlas, 2002.
CASAROTTO FILHO, Nelson...
22
GLOSSÁRIO
Sociedade: agrupamento de pessoas que mantêm entre si relações convencionais,
políticas, econômicas, sociais,...
23
GABARITO
Questão 1
Resposta: Alternativa A.
Justificativa:
A afirmativa I está correta.
A afirmativa II está incorreta,...
24
- Investimentos privados: são recursos disponibilizados por pessoas jurídicas ou físicas de
direito privado, a fim de g...
25
ao volume de investimentos realizados por eles, tendo em vista que permitem a expansão
e o crescimento, bem como a repo...
seções
Tema 02
Técnicas de Análise de Investimentos –
Aspectos Teóricos
Como citar este material:
KIRCHNER, Juliana Leite....
SeçõesSeções
Tema 02
Técnicas de Análise de Investimentos –
Aspectos Teóricos
Introdução ao Estudo da Disciplina
Caro(a) aluno(a).
Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro Análise de...
30
CONTEÚDOSEHABILIDADES
LEITURAOBRIGATÓRIA
Habilidades
Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões...
31
A representação do fluxo de caixa de um projeto consiste em uma escala horizontal, na
qual são marcados os períodos de ...
32
Esse é o formato padrão que deve ser apresentado por um fluxo de caixa relevante, no
sentido de serem projetados e util...
33
a.	Período de retorno: payback
b.	Valor Presente Líquido – VPL
c.	Taxa Interna de retorno - TIR
Portanto, como uma ferr...
34
Acesse o site da Revista Contabilidade  Finanças do Departamento de Contabilidade e
Atuária da FEA/USP.
Disponível em: ...
35
AGORAÉASUAVEZ
Instruções:
Chegou a hora de você exercitar seu aprendizado por meio das resoluções
das questões deste Ca...
36
II.	 O fluxo de caixa utiliza sempre o
princípio de caixa, considerando os
valores apenas quando são pagos ou
recebidos...
37
Questão 5:
O fluxo de caixa normalmente é positivo e
ocorrem no final do investimento, seja pela
venda de algum ativo a...
38
FINALIZANDO
Diferencie a modalidade de projeto único
da modalidade de projetos concorrentes,
em conformidade à decisão ...
39
REFERÊNCIAS
GLOSSÁRIO
CASAROTTO FILHO, Nelson; KOPITTKE, Bruno Hartmut. Análise de Investimentos. 11.
ed. São Paulo: At...
40
GABARITO
Questão 1
Resposta: Primeira resposta:
a) Considerações econômicas: levam em conta a rentabilidade e o risco d...
41
A afirmativa V está incorreta, pois o fluxo de caixa relevante é composto por três partes,
quais sejam: investimento in...
42
Questão 7
Resposta: O conceito de competência (econômico) é o conceito utilizado nas demonstrações
financeiras, tal com...
Semi analise de_investimentos_01_02
Semi analise de_investimentos_01_02
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Semi analise de_investimentos_01_02

295 visualizações

Publicada em

analise de inv

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Semi analise de_investimentos_01_02

  1. 1. Análise de Investimentos Autor: Juliana Leite Kirchner Tema 01 Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais Tema 02 Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teóricos
  2. 2. Índice Índice
  3. 3. Tema 01: Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais 4 Tema 02: Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teóricos 26
  4. 4. seções Tema 01 Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais Como citar este material: KIRCHNER, Juliana Leite. Análise de Investimentos: Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2014.
  5. 5. SeçõesSeções
  6. 6. Tema 01 Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais
  7. 7. Introdução ao Estudo da Disciplina Caro(a) aluno(a). Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro Análise de Investimentos, do autor Rodolfo Leandro de Faria Olivo, editora Alínea, 2012, Livro-Texto 115. Roteiro de Estudo: Juliana Leite KirchnerAnálise de Investimentos 7 Conteúdo Nessa aula você estudará: • O conceito de investimento. • Os tipos de investimentos. • A importância dos investimentos. • As considerações que influenciam as decisões do administrador. • A análise de investimentos no contexto estratégico das organizações. • O mercado financeiro e a análise de investimentos. CONTEÚDOSEHABILIDADES
  8. 8. 8 • Principais aplicações financeiras no Brasil. • Cálculo do retorno do investimento. Habilidades Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões: • O que são investimentos? • Qual é a importância dos investimentos para as organizações? • Qual é a importância dos investimentos para o Brasil? • Qual é o papel do administrador e as três principais considerações na análise de investimentos? • Qual é a relação existente entre análise de investimentos e a estratégia da organização? • Quais são as principais modalidades de aplicações financeiras no Brasil? • Quais são as principais características dos fundos de investimentos? • Qual é a diferença existente entre investimentos de renda fixa, investimentos de renda variável e investimentos mistos de renda fixa e variável? • Como se dá o cálculo do retorno do investimento? CONTEÚDOSEHABILIDADES
  9. 9. 9 LEITURAOBRIGATÓRIA Análise de Investimentos – Conceitos Iniciais Cotidianamente, faz-se diferentes utilizações do termo “investimento”. Ou seja, para se referir à compra de uma casa, para se referir à realização de compra de dólares e a sua guarda na casa, para se referir à realização de uma aplicação financeira, e, entre outras utilizações, até mesmo para se referir à realização de uma faculdade ou de um curso de inglês. Mas, fugindo das utilizações cotidianas, qual o significado de investimento, em seu sentido econômico? Economicamente, pode-se considerar que o termo investimento representa a utilização, no tempo presente, de recursos disponíveis para a criação e geração, no futuro, de recursos. Há uma renúncia de recursos no presente tendo em vista o provável ganho de recursos futuramente. É o que leciona OLIVO (2012), ao afirmar que “um investimento é qualquer ato ou ação que implique renunciar a recursos no presente na expectativa de obter mais recursos no futuro”. Exemplificando, um determinado proprietário de uma empresa, no ato de sua constituição, utiliza recursos na aquisição de equipamentos, com instalações e treinamentos, entre outros gastos. Há a caracterização, assim, de um investimento realizado, pois, no presente, o proprietário abriu mão dos recursos utilizados na expectativa de obter mais recursos futuramente, mediante a multiplicação do valor que foi gasto no presente e a obtenção de lucros com a empresa. Os investimentos podem ser de diferentes tipos. Diferenciam-se quanto à sua origem. Veja: a. Investimentos públicos: recursos disponibilizados pelo governo ou entidades públicas com o intuito de gerar bem-estar social. b. Investimentos privados: recursos disponibilizados por pessoas jurídicas ou físicas de direito privado com o intuito de gerar retorno monetário aos seus investidores.
  10. 10. 10 c. Investimentos mistos: recursos disponibilizados em aporte pelos governos ou entidades públicas e, em parte, por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado. O estudo dos investimentos se perfaz de primordial importância, tendo em vista que a economia de qualquer país somente tem o seu crescimento mediante um fluxo contínuo de investimentos. Nesse contexto, a análise de investimento pode ser considerada como um conjunto de técnicas que permitem a comparação entre os prováveis resultados dos investimentos, de modo a influenciar na tomada de decisões dos administradores referentes às diferentes alternativas existentes e aceitáveis. Nessas comparações, as diferenças tais como quais são as características benéficas ou possibilidades de êxito, que marcam e diferenciam as alternativas devem ser expressas, sempre que possível, em termos quantitativos, ou seja, mediante demonstrações práticas que fundamentem, quantitativamente, as decisões a serem tomadas. Para expressar em termos quantitativos as diferenças entre as alternativas em uma tomada de decisão usa-se basicamente da Matemática Financeira. O estudo de análise de investimentos compreende determinados aspectos, quais sejam: 1. Um investimento a ser realizado. 2. Enumeração de alternativas viáveis. 3. Análise de cada alternativa. 4. Comparação das alternativas. 5.Escolhadamelhoralternativaquantoaosprováveisinvestimentosaseremrealizados. Também é de se destacar a importância da análise dos investimentos no âmbito das organizações, pois, a sobrevivência das organizações em longo prazo está condicionada ao volume de investimentos realizados por elas. Na prática, o mercado fornece uma ampla variedade de investimentos possíveis, sendo cabível ao administrador da empresa analisar quais serão os melhores investimentos, a fim de garantir a reposição do seu capital e seus planos de expansão. LEITURAOBRIGATÓRIA
  11. 11. 11 Assim sendo, deve o administrador realizar uma análise dos investimentos de forma racional, sob três óticas: a. Considerações econômicas. b. Considerações financeiras. c. Considerações de ambiente empresarial. Outro fator muito importante no contexto da análise de investimentos é o plano estratégico considerado pelas organizações. Ou seja, a organização deve apresentar uma estratégia, formal ou informal, formalizada em documentos ou somente estar presente na mente dos proprietários, que seja detalhada ou simplificada, de como atingir os seus objetivos. Mas, observe que o plano estratégico somente terá validade quando encontrar-se vinculado a uma análise de investimentos adequada, que seja possível determinar a viabilidade dos planos futuros traçados pela organização. O mercado financeiro ou mercado bancário corresponde ao conjunto de instituições e operações ocupadas com o fluxo de recursos monetários entre os agentes econômicos. As instituições que desempenham a função de criação do mercado, reunindo tomadores e emprestadores, são denominadas como intermediários financeiros. Para a tomada de decisões de investimento, alguns pressupostos devem ser considerados, quais sejam: a) Não existe decisão com alternativa única. Significa que, para tomar qualquer decisão, devem-se analisar todas as alternativas viáveis, sendo em número mínimo de duas. b) Somente pode-se comparar alternativas homogêneas. c) Apenas as diferenças das alternativas são relevantes. Se em ambas as alternativas houver uma série de custos ou receitas iguais, elas não são necessárias para decidir qual é melhor, uma vez que, existindo as duas alternativas no mesmo momento, suas diferenças se anulam. d) Os critérios para decisão de alternativas econômicas devem reconhecer o valor do dinheiro no tempo. LEITURAOBRIGATÓRIA
  12. 12. 12 e) Capital escasso. De nada adianta existir uma alternativa excepcionalmente rentável se o capital próprio mais o capital conseguido com terceiros não são suficientes para cobrir as necessidades de capital do investimento. f) Deve-se sempre atribuir certo peso para os graus relativos de incerteza associados às previsões efetuadas. Como em todas as alternativas de investimento sempre se observam valores estimativos, deve-se tomar a precaução de atribuir a cada um destes eventos certo grau de incerteza. A consideração formal do grau e do tipo de incerteza serve para assegurar que a qualidade da solução será conhecida pelos responsáveis da tomada de decisões. g) As decisões devem também levar em consideração os eventos qualitativos não quantificáveis monetariamente. Seleção de alternativas requer que as possíveis diferenças entre alternativas sejam claramente especificadas. Sempre que possível, essas diferenças devem ser quantificáveis em uma unidade comum, geralmente unidade monetária, para fornecer uma base para a seleção dos investimentos. Os eventos não quantificáveis devem ser claramente especificados a fim de que os responsáveis pela tomada de decisão tenham os dados necessários relacionados, de modo a tomar a melhor decisão. Em certos casos, a alternativa mais econômica não é a melhor solução em função dos dados não monetários ou não quantificáveis. h) Realimentação de informações. A realimentação de dados para os técnicos responsáveis pelo estudo de alternativas é vital para um reajuste das alternativas realizadas, além de permitir o aumento do grau de sensibilidade de também de prevenir erros nas decisões futuras. As principais opções de aplicações financeiras disponíveis no Brasil são: 1. Certificado de Depósito Bancário (CDB). 2. Caderneta de Poupança. 3. Debêntures. 4. Ações de Empresa. 5. Fundos de Investimentos. 6. Títulos públicos. LEITURAOBRIGATÓRIA
  13. 13. 13 Tais investimentos podem ser classificados como de renda fixa ou de renda variável, ou ainda, de renda fixa e variável (mistos). E, por fim, é possível calcular o retorno de um investimento, ou seja, qual o ganho ou perda proporcionado pelo investimento em determinado período de tempo. Para tanto, utilizam-se determinados cálculos específicos, quais sejam: Retorno de renda fixa: Retorno = Juros Investimento Retorno de renda variável: Retorno = (preço final – preço inicial + dividendos) Preço inicial Portanto, o conceito de análise de investimento é uma técnica destinada a escolher dentre várias alternativas de investimento a mais rentável. Várias alternativas não podem ser comparadas a menos que suas respectivas consequências em valores monetários sejam primeiramente transladadas a pontos comparáveis no tempo, por meio de uma taxa de juros adequada. Por isso, qualquer metodologia a ser adotada no processo de análise deve, necessariamente, incluir: quanto investir, a data de pagamento para cada uma das alternativas, medidas de retorno mínimo (taxa mínima de atratividade), que deve ser obtida com a aplicação do capital disponível em outros investimentos. Ao analisar um possível investimento, deve-se levar em consideração que o mesmo já deslocou capital passível de ser aplicado em outros investimentos que possibilitariam retorno. Portanto, para esse investimento tornar-se atrativo, deverá render, no mínimo, a taxa de juros equivalente à rentabilidade das aplicações correntes e de pouco risco. A análise de investimentos é a maneira que se uma estimativa, os prováveis resultados a serem obtidos. LEITURAOBRIGATÓRIA
  14. 14. 14 LINKSIMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: Sites Leia o artigo Análise de projetos de investimento sob condições de risco, de Luis Roberto Antonik no site da Revista FAE. Disponível em: http://www.fae.edu/publicacoes/pdf/revista_da_fae/fae_v7_n1/rev_fae_ v7_n1_05_antonik.pdf . Acesso em: 1 dez. 2013. O autor faz a exposição didática do tema Análise de Investimentos, sua caracterização e sua definição, expondo, de modo mais específico sobre a análise de projetos de investimento sob condições de risco. Leia o artigo Análise de Investimentos, de Luis Henrique Figueira Marquezan, que aborda os importantes conceitos da análise de investimentos, por meio de uma linguagem didática, abordando os principais conceitos, técnicas de análise de investimentos e seus efeitos. Disponível em: http://w3.ufsm.br/revistacontabeis/anterior/artigos/vIIIn01/a02vIIIn01.pdf. Acesso em: 1 dez. 2013. Acesse o site Portal de Contabilidade. Disponível em: http://www.portaldecontabilidade.com.br/. Acesso em: 1 dez. 2013. Trata-se de um portal contábil e jurídico de conteúdo essencial e eficaz para o estudo e o entendimento da Ciência Contábil, em todas as suas dimensões, pois aborda diferentes temáticas em diversos ângulos. Acesse ao site Administração Financeira Análise de Investimentos. Disponível em: http://www.bertolo.pro.br. Acesso em: 1 dez. 2013. Trata-se de um portal didático, no qual o professor L. A. Bertolo disponibiliza materiais didáticos, tarefas, indicações pertinentes, entre outros materiais necessários para o estudo
  15. 15. 15 LINKSIMPORTANTES da disciplina. É muito interessante, pois o referido professor simula um curso, no qual permite o estudo de diferentes disciplinas inerentes ao Tema Análise de Investimentos, bem como dicas para o estudo e desenvolvimento da disciplina Análise de Investimentos. Vídeos Importantes: Assista ao vídeo sobre Políticas Governamentais e os impactos financeiros nas operações. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=UAR0PrZIfwQ. Acesso em: 1 dez. 2013. Nessa aula, preparada pelo Portal Competência – Cursos Online, a Série Profissional aborda os aspectos conceituais e práticos da teoria contábil, desde o valor do dinheiro no tempo, associado a investimentos financeiros, passando pela teoria contábil, por meio dos princípios da contabilidade, evidenciando os impactos que essa teoria pode gerar na estrutura financeira das empresas. Finalizado na análise e criação de indicadores financeiros. Instruções: Chegou a hora de você exercitar seu aprendizado por meio das resoluções das questões deste Caderno de Atividades. Essas atividades auxiliarão você no preparo para a avaliação desta disciplina. Leia cuidadosamente os enunciados e atente-se para o que está sendo pedido e para o modo de resolução de cada questão. Lembre-se: você pode consultar o Livro-Texto e fazer outras pesquisas relacionadas ao tema. AGORAÉASUAVEZ
  16. 16. 16 Questão 1: O conceito de investimento provém da economia e apresenta uma grande impor- tância tanto para a economia de um país quanto para as organizações. Acerca do conceito de investimento, considere as afirmativas a seguir: I. O investimento, em seu sentido econômico, significa utilizar recursos disponíveis, no tempo presente, para criar mais recursos no futuro. II. De forma simples, um investimento é qualquer ato ou ação que implique renunciar a recursos no presente na expectativa de obter menos recursos no futuro. III. Os investimentos não apresentam qualquer importância para a economia de um país. IV. A sobrevivência das organizações em longo prazo está condicionada ao volume de investimentos realizado por elas. V. Acerca da validade ou falsidade das afirmativas, assinale a alternativa correta: a) V, F, F, V. b) F, F, V, V. c) V, V, V, V. d) F, F, F, F. e) V, V, V, F. Questão 2: Os investimentos podem ser de diversos tipos. Dividem-se, basicamente, em três categorias, em conformidade à sua origem. Os tipos básicos de investimento são: a) ________: são recursos disponibiliza- dos em parte pelos governos ou entidades públicas e em parte por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado. b) _________: são recursos disponibiliza- dos pelos governos ou entidades públicas a fim de gerar bem-estar social. c) __________: são recursos disponibili- zados por pessoas jurídicas ou físicas de direito privado, a fim de gerar retorno mo- netário aos investidores. Assinale a alternativa correta que contém as características inerentes às informações: a) Investimentos públicos; investimentos privados; investimentos mistos. b) Investimentos mistos, investimentos privados; investimentos públicos. c) Investimentos mistos; investimentos públicos; investimentos privados. AGORAÉASUAVEZ
  17. 17. 17 d) Investimentos privados; investimentos mistos; investimentos públicos. e) investimentos públicos; investimentos mistos; investimentos privados. Questão 3: Os investimentos são fundamentais para as organizações, tendo em vista que a so- brevivência das organizações em longo prazo está condicionada ao volume de in- vestimentos realizados por elas. O inves- timento influencia a sobrevivência das or- ganizações em pelo menos dois aspectos. Um deles refere-se ao crescimento e ex- pansão do mercado consumidor da organi- zação, de forma a poder gerar mais retorno para o investidor, sendo que a única forma de viabilizar esse crescimento é realizando investimentos. Como é denominado o aspecto descrito? a) Investimentos mistos. b) Reposição do capital. c) Fluxo contínuo de investimentos. d) Expansão das organizações. e) Fluxos de caixa nominais. Para responder às próximas questões, considere o seguinte texto: Para que uma determinada organização venha a obter um recurso, se perfaz neces- sário que ela realize investimentos. Consi- derando que o mercado oferece uma am- pla variedade de investimentos possíveis, cabe ao administrador da organização ana- lisar quais são os melhores investimentos, de forma racional. Para isso, ele deve levar em conta três considerações que podem influenciar a sua decisão. Questão 4: “Estas considerações levam em conta, so- bretudo, a rentabilidade e o risco dos in- vestimentos. Assim, o administrador deve escolher os investimentos de maior retor- no e de menor risco para a organização”. (OLIVO, 2012, p. 19) A descrição se refere à consideração: a) Legal. b) Ética. c) De ambiente empresarial. d) Financeira. e) Econômica. Questão 5: “Estas são as considerações políticas, so- ciais, culturais e de meio ambiente que afe- tam o investimento e são as mais difíceis de analisar, pois, muitas vezes, não podem AGORAÉASUAVEZ
  18. 18. 18 ser expressas em valores monetários. Con- tudo, são de fundamental importância, já que influenciam diretamente a viabilidade de um investimento”. (OLIVO, 2012, p. 20) A descrição se refere à consideração: a) Legal. b) Ética. c) De ambiente empresarial. d) Financeira. e) Econômica. Questão 6: Na sociedade, os investimentos e a sua análise assumem fundamental importância tendo em vista que denotam a ideia de utili- zação de recursos disponíveis no presente para criar mais recursos no futuro. Nesse contexto, os investimentos se perfazem de fundamental importância para as organiza- ções, bem como para o país. Explique qual é a importância dos investimentos para as organizações e para o país. Questão 7: No Brasil, tem-se diferentes modalidades de aplicações financeiras. Denomine a aplicação financeira que cada descrição corresponde: a. É emitido por uma instituição financei- ra, normalmente um banco privado ou público, em troca de um depósito a pra- zo. Pode ser emitido tanto com taxa pré-fixada quanto com taxa pós-fixa- da:__________ b. É um instrumento muito tradicional de renda fixa e, atualmente, sua rentabili- dade é um misto entre taxa pré-fixada e taxa pós-fixada: __________ c. Títulos emitidos por empresas privadas, normalmente por prazo longo, de três a cinco anos. São instrumentos de renda fixa e podem oferecer a possibilidade de conversão em ações:__________ d. São instrumentos de renda variável, e seus proprietários obtêm retorno do in- vestimento sob a forma de recebimen- to de dividendos ou ganhos de capital: __________ e. É a união de investidores que se unem para obter melhores condições de ne- gociação. A sua rentabilidade é calcula- da pelo administrador e repartida entre os investidores: __________ f. São títulos emitidos pelo governo com o objetivo de financiar a dívida pública. Esses fundos podem ser pré-fixados ou pós-fixados: __________ AGORAÉASUAVEZ
  19. 19. 19 Questão 8: Os investimentos públicos são os recursos disponibilizados pelos governos ou entida- des públicas a fim de gerar bem-estar so- cial. Os investimentos públicos em geral não têm por objetivo gerar retornos mone- tários, mas sim retornos sociais. Cite al- guns exemplos de investimentos públicos: Questão 9: Os investimentos são fundamentais para as organizações, tendo em vista que a sobre- vivência das organizações em longo prazo está condicionada ao volume de investi- mentos realizados por elas. O investimento influencia a sobrevivências das organiza- ções em pelo menos dois aspectos. Quais são os dois aspectos que demonstram a in- fluência dos investimentos na sobrevivên- cia e crescimento das organizações? Questão 10: Caso uma determinada pessoa ou empre- sa venha a apresentar dinheiro (caixa) so- brando, recomenda-se que tais recursos sejam aplicados no mercado financeiro, e assim, receber juros pela aplicação. Quais são as principais opções de aplicações fi- nanceiras disponíveis no Brasil? AGORAÉASUAVEZ
  20. 20. 20 Neste tema, você conheceu sobre os aspectos iniciais da Análise de Investimentos. Foi possível verificar que investimento é um conceito originário da economia e, em seu sentido econômico, significa a utilização de recursos disponíveis, no tempo presente, para criar mais recursos no futuro. A análise dos investimos se perfaz de fundamental importância tanto para as organizações quanto do país, pois demonstram se está ocorrendo o crescimento mediante um fluxo contínuo de investimentos, mediante a análise de dois aspectos principais, quais sejam, a expansão e a reposição do capital. Para tanto, os investimentos podem ser de diferentes tipos, dependendo da sua origem, sendo que os principais são: investimentospúblicos;investimentosprivados;investimentosmistos.Cabeaoadministrador da empresa analisar os investimentos de forma racional, objetivando escolher as melhores opções e, assim, deve realizar três considerações que podem influenciar a sua decisão: as considerações econômicas; as considerações financeiras e as considerações de ambiente empresarial. Foi possível, também, analisar as principais aplicações financeiras existentes no Brasil, quais sejam: Certificado de Depósito Bancário (CDB); Caderneta de Poupança; Debêntures; Ações de empresas negociadas na Bovespa; Fundos de Investimento e Títulos Públicos. Tais investimentos podem ser classificados como de renda fixa (não há perda do montante investido inicialmente), como de renda variável (são investimentos nos quais pode haver perda do montante investido inicialmente além da perda de juros ou rendimentos) ou mesmo mistos de renda fixa e variável. Por fim, foi apresentado, ainda, a demonstração do cálculo do retorno para renda fixa e para renda variável. Caro aluno, agora que o conteúdo dessa aula foi concluído, não se esqueça de acessar sua ATPS e verificar a etapa que deverá ser realizada. Bons estudos! FINALIZANDO
  21. 21. 21 REFERÊNCIAS CALOBA, Guilherme Marques. Análise de Investimentos. 1. Ed. São Paulo: Atlas, 2002. CASAROTTO FILHO, Nelson; KOPITTKE, Bruno Hartmut. Análise de Investimentos. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2010. JUNIOR, P. A. Direito Empresarial e tributário: para cursos de Administração, Contabilidade e Economia. Campinas: Editora Alínea, 2010. MARQUEZAN, Luiz Henrique Figueira. Análise de Investimentos. Revista Eletrônica de Contabili- dade de Curso de Ciências Contábeis – UFSM. vol. III, n. 1, jan-jun 2006. Disponível em: http:// w3.ufsm.br/revistacontabeis/anterior/artigos/vIIIn01/a02vIIIn01.pdf. Acesso em: 1 dez 2013. OLIVO, Rodolfo Leandro de Faria. Análise de Investimentos. Campinas, SP: Alínea, 2012. Investimentos: envolve decisões de aplicação de recursos com prazos longos (maiores que um ano), com o objetivo de propiciar retorno. Análise de Investimentos: para obter recursos, a organização precisa investir. Cabe ao administrador, frente aos mais diversos tipos de investimentos existentes no mercado, analisar, de forma racional, quais são os melhores investimentos para a organização. Investimento: qualquer ato ou ação que implique renunciar a recursos no presente na expectativa de obter mais recursos no futuro. GLOSSÁRIO
  22. 22. 22 GLOSSÁRIO Sociedade: agrupamento de pessoas que mantêm entre si relações convencionais, políticas, econômicas, sociais, culturais, obedecendo a regras comuns de convivência sob um ordenamento jurídico que as rege. Mercado Financeiro: faz a ligação entre as pessoas ou empresas que têm dinheiro e as pessoas ou empresas que precisam de dinheiro. Para que isto ocorra é preciso um intermediário – os bancos. O mercado financeiro leva o dinheiro de quem tem para quem não tem, cobrando uma taxa que chama-se de juros. No mercado financeiro, as pessoas também vão buscar serviços como seguro de vida, planos de previdência, cobrança bancária. Renda variável: tipo de investimento no qual a rentabilidade não pode ser determinada na data da realização do investimento. Uma aplicação é considerada renda variável quanto o retorno ou rendimento desta aplicação é pouco previsível, pois está sujeita a grandes variações de acordo com o mercado. Ações de empresas são exemplos de renda variável. Renda fixa: o tipo de investimento que possui uma remuneração ou um retorno de capital investido dimensionado no momento da aplicação. O investimento pode não só ser econômico, como também pode ser um trabalho (administrativo ou manual), ou qualquer outro tipo de serviço a favor de um empreendimento ou corporação. Um exemplo de renda fixa seria o salário de um operário, ou qualquer outro tipo de trabalhador.
  23. 23. 23 GABARITO Questão 1 Resposta: Alternativa A. Justificativa: A afirmativa I está correta. A afirmativa II está incorreta, pois um investimento é qualquer ato que implique na renúncia de recursos no presente tendo em vista o objetivo de ampliar e obter mais recursos futuramente, e não na expectativa de obter menos recursos futuramente. A afirmativa III está incorreta, pois os investimentos apresentam extrema importância na economia de um país, notadamente, pois a economia de um país tende a crescer com um fluxo contínuo de investimentos, sendo que a economia de um país tende a crescer mediante o aumento da produção de fábricas e empresa, entre outros fatores passíveis de serem medidos mediante o Produto Interno Bruto (PIB). A afirmativa IV está correta. Questão 2 Resposta: Alternativa C. Justificativa: - Investimentos mistos: são recursos disponibilizados em parte pelos governos ou entidades públicas e em parte por pessoas físicas ou jurídicas de direito privado. - Investimentos públicos: são recursos disponibilizados pelos governos ou entidades públicas a fim de gerar bem-estar social.
  24. 24. 24 - Investimentos privados: são recursos disponibilizados por pessoas jurídicas ou físicas de direito privado, a fim de gerar retorno monetário aos investidores. Questão 3 Resposta: Alternativa D. Justificativa: O critério da expansão das organizações refere-se ao objetivo que as organizações apresentam em crescer e expandir o mercado consumidor, mediante a realização de investimentos, com o intuito primordial de gerar mais retorno para os investidores. É um aspecto que caracteriza a maioria das organizações, principalmente as organizações privadas. Questão 4 Resposta: Alternativa E. Justificativa: A consideração econômica leva em conta, primordialmente, a rentabilidade e o risco dos investimentos, de modo que o administrador venha a escolher os investimentos de maior retorno e de menor risco para a organização. A consideração financeira leva em conta a disponibilidade de recursos próprios ou financiamentos. E, por fim, a consideração de ambiente empresarial leva em conta os fatores políticos, sociais, culturais e de meio ambiente que afetam os investimentos. Questão 5 Resposta: Alternativa C. Justificativa: A consideração econômica leva em conta, primordialmente, a rentabilidade e o risco dos investimentos, de modo que o administrador venha a escolher os investimentos de maior retorno e de menor risco para a organização. A consideração financeira leva em conta a disponibilidade de recursos próprios ou financiamentos. E, por fim, a consideração de ambiente empresarial leva em conta os fatores políticos, sociais, culturais e de meio ambiente que afetam os investimentos. Questão 6 Resposta: A resposta é pessoal. Mas, o aluno pode discorrer dizendo que a economia de qualquer país e de qualquer organização somente pode crescer com um fluxo contínuo de investimentos. A sobrevivência, tanto do país quanto das organizações, está condicionada GABARITO
  25. 25. 25 ao volume de investimentos realizados por eles, tendo em vista que permitem a expansão e o crescimento, bem como a reposição do capital. Questão 7 Resposta: a. Certificado de Depósito Bancário. b. Caderneta de Poupanças. c. Debêntures. d. Ações de empresas negociadas na Bovespa. e. Fundos de Investimentos. f. Títulos Públicos. Questão 8 Resposta: 1. Hospitais. 2. Escolas. 3. Rede de saneamento básico. 4. Pavimentação de ruas. Questão 9 Resposta: Um deles refere-se ao crescimento e expansão do mercado consumidor da organização, de forma a poder gerar mais retorno para o investidor, sendo que a única forma de viabilizar esse crescimento é realizando investimentos, denominado como expansão das organizações. E, ainda, as organizações, mesmo que não estejam em expansão, necessitam de um fluxo de investimento, no mínimo, suficiente para repor o desgaste e a obsolescência das suas máquinas e equipamentos, caracterizando a necessidade de reposição de capital. Questão 10 Resposta: Certificado de Depósito Bancário (CDB); Caderneta de Poupança; Debêntures; ações de empresa; fundos de investimento e títulos públicos. GABARITO
  26. 26. seções Tema 02 Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teóricos Como citar este material: KIRCHNER, Juliana Leite. Análise de Investimentos: Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teóricos. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2014.
  27. 27. SeçõesSeções
  28. 28. Tema 02 Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teóricos
  29. 29. Introdução ao Estudo da Disciplina Caro(a) aluno(a). Este Caderno de Atividades foi elaborado com base no livro Análise de Investimentos, do autor Rodolfo Leandro de Faria Olivo, editora Alínea, 2012, Livro-Texto 115. Roteiro de Estudo: Juliana Leite KirchnerAnálise de Investimentos 29 Conteúdo Nessa aula você estudará: • O conceito de fluxo de caixa. • Fluxos de Caixa relevantes. • Projetos únicos e projetos concorrentes. • Técnicas de Análise de Investimentos CONTEÚDOSEHABILIDADES
  30. 30. 30 CONTEÚDOSEHABILIDADES LEITURAOBRIGATÓRIA Habilidades Ao final, você deverá ser capaz de responder as seguintes questões: • Em que se baseiam as principais técnicas de análise de investimentos? • O que é Fluxo de Caixa? • Quais são as principais diferenças de Fluxos de Caixa? • O que são Fluxos de Caixa relevantes? • Quais são as diferenças entre projetos únicos e projetos concorrentes • Quais são as principais técnicas de Análise de Investimentos? Técnicas de Análise de Investimentos – Aspectos Teóricos Oinvestimento,enquantoumtermoprovenientedocampodaeconomia,emseusentido econômico, representa a utilização, no presente, de recursos disponíveis, objetivando criar, futuramente, mais recursos, adquirindo fundamental importância tanto para economia de um país quanto para as organizações. A decisão do investimento não pode ser tomada com base na demanda do produto vendido pela empresa, pois para a tomada de decisão é baseada na análise de algumas premissas, métodos e técnicos que garantam a eficácia do investimento projetado. Para tanto, existem várias técnicas de análise de investimentos, desde as mais simples às mais sofisticadas. Tais técnicas baseiam-se, basicamente, sob a montagem de fluxos de caixa e os diferentes tipos de projetos.
  31. 31. 31 A representação do fluxo de caixa de um projeto consiste em uma escala horizontal, na qual são marcados os períodos de tempo. São representadas com setas para cima as entradas e com setas para baixo as saídas de caixa. Assim sendo, fluxos de caixa representam tanto as entradas quanto as saídas, em determinadas datas no tempo. Para tanto, observe que o conceito de fluxo de caixa utilizado na análise de investimentos diferencia-se do conceito adotado no campo contábil, pois, na análise de investimentos, deve-se utilizar um conceito de fluxo de caixa projetado. O fluxo de caixa projetado caracteriza-se como uma estimativa de ganhos ou perdas futuros, tendo em vista que se deve considerar que ainda não ocorreu o processo de implantação do projeto de investimento. Será por meio da análise de investimentos que poderá ser realizado um estudo acerca da viabilidade econômico-financeira de realização do fluxo de caixa projetado, e logo, se é viável ou não o investimento. Nesse fluxo de caixa, deve ser adotado um conceito de caixa financeiro, e não um conceito de competência ou econômico, tendo em vista que o primeiro permite o gerenciamento das operações diárias da empresa, bem como no fluxo de caixa, permitindo, ainda, comparações entre diferentes opções de investimentos. Esse fluxo de caixa projetado, a ser utilizado na análise de investimentos, que também pode ser denominado como fluxo de caixa relevante, são todos àqueles que serão projetados e utilizados para analisar os investimentos das organizações, e apresentam uma estrutura padrão composta por três partes essenciais, quais sejam: 1. Investimento inicial ou nos períodos iniciais: compreende investimentos sob a forma de bens físicos ou sob a forma de capital de giro. Por demonstrarem saídas de caixa, devem apresentar, no fluxo de caixa, um sinal negativo. 2. Retorno de caixa do investimento: compreende a geração de fluxos de caixa positivos para a empresa/investidor, demonstrando que o projeto tornou-se rentável. 3. Valores residuais: compreendem-se valores positivos que representam a venda de algum ativo após a sua utilização ou alguma vantagem tributária adquirida, e, normalmente, ocorrem ao final do investimento. Mas, eventualmente, podem representar um valor negativo. LEITURAOBRIGATÓRIA
  32. 32. 32 Esse é o formato padrão que deve ser apresentado por um fluxo de caixa relevante, no sentido de serem projetados e utilizados para analisar os investimentos das organizações. Essa análise de investimentos resume-se a verificar seu fluxo de caixa do projeto tem viabilidade econômico-financeira de realização, e logo, demonstrando se o investimento é viável ou não. Assim sendo, os projetos de investimentos apresentados podem ser, basicamente, sob duas formas diferentes, sendo que, dependendo da modalidade adotada, irá definir a abordagem da análise. As modalidades de projetos de investimento são: a. Projeto único: tem como intuito analisar se o projeto de investimento tem viabilidade ou não. b. Projetos concorrentes: tem como intuito analisar a viabilidade de cada projeto concorrente, podendo concluir que nenhum projeto é viável ou que nenhum investimento será realizado. Para que um investimento/projeto seja aceito, é necessário que seja definido sua taxa mínima de retorno, sendo que a TMA é a taxa a partir da qual o investidor considera que está obtendo ganhos financeiros. Ao analisar uma proposta de investimento deve ser considerado o fato de estar perdendo a oportunidade de auferir retorno pela aplicação do mesmo capital em outros projetos a nova proposta para ser atrativa deve render, no mínimo, a taxa de juros equivalente à rentabilidade das aplicações correntes e de pouco risco. Para investimento de curtíssimo prazo pode ser utilizada como TMA a taxa de remuneração e investimento que envolve o médio prazo pode se considerar como TMA a média ponderada dos rendimentos das contas do capital de giro, já investimento em longo prazo a TMA passa a ser uma meta estratégica. Ainda, dois investimentos podem ser mutuamente excludentes, pois a aceitação de um pode significar a rejeição do outro. Porém, para determinar qual projeto aceitar, a análise da TIR e do VPL são fundamentais baseados no retorno exigido. Já na utilização de dois projetos que não são mutuamente excludentes são ditos independente. Ultrapassados os conceitos iniciais acerca da montagem de fluxos de ciaxa e os diferentes tipos de projetos existentes em uma análise de investimentos, se faz necessário atentar para o fato de que existem diferentes técnicas de análise de investimentos a serem realizadas, quais sejam: LEITURAOBRIGATÓRIA
  33. 33. 33 a. Período de retorno: payback b. Valor Presente Líquido – VPL c. Taxa Interna de retorno - TIR Portanto, como uma ferramenta de decisão, a TIR e o VPL são utilizados para avaliar investimentos alternativos. A alternativa de investimento com a TIR mais elevada é normalmente a preferida; também deve se levar em consideração que colocar o investimento em um banco é sempre uma alternativa. Assim, se nenhuma das alternativas de investimento atingir a taxa de rendimento bancária ou a Taxa Mínima de Atratividade (TMA), este investimento não deve ser realizado. Mas, normalmente a TIR não pode ser resolvida analiticamente, e sim apenas por meio de interações, ou seja, por meio de interpolações com diversas taxas de retorno até chegar àquela que apresente um VPL igual a zero. E, ainda, as diferentes metodologias, embora sejam constantemente aplicadas, apresentam falhas por não considerar fatores importantes como a inflação ao longo da projeção do investimento. LEITURAOBRIGATÓRIA LINKSIMPORTANTES Quer saber mais sobre o assunto? Então: Sites Acesse o site do Portal de Contabilidade. Disponível em: http://www.portaldecontabilidade.com.br/. Acesso em: 1 dez. 2013. Mediante acesso rápido e simples, você terá acesso gratuito a diferentes guias, notícias, informações e artigos de diferentes temas, que o auxiliarão na compreensão dos conteúdos abordados.
  34. 34. 34 Acesse o site da Revista Contabilidade Finanças do Departamento de Contabilidade e Atuária da FEA/USP. Disponível em: http://www.eac.fea.usp.br/eac/revista/. Acesso em: 1 dez. 2013. Mediante um sistema de busca de artigos, você terá acessos a diferentes textos e artigos provenientes de pesquisas inéditas de professores, pesquisadores e alunos (graduação e pós-graduação) de todo o país e exterior, sobre diferentes temas e assuntos, que o auxiliarão na compreensão dos conteúdos abordados. Leia o artigo Análise de Investimentos, de Luiz Henrique Figueira Marquezan. Revista Eletrônica de Contabilidade de Curso de Ciências Contábeis – UFSM, v. III, n. 1, jan-jun 2006. Disponível em: http://w3.ufsm.br/revistacontabeis/anterior/artigos/vIIIn01/a02vIIIn01.pdf. Acesso em: 1 dez 2013. Esse artigo ampliará seus conhecimentos sobre a caracterização, requisitos e importância da Análise de Investimento, tendo em vista que o autor evidencia os três métodos de avaliação de investimentos por meio das projeções de Fluxos de Caixa Futuros, sendo estes os cálculos do Valor Presente Líquido, da Taxa Interna de Retorno e o Payback Descontado. Embasado no pressuposto de que os investimentos são realizados visando criar valor para os investidores, demonstra-se que as avaliações realizadas por esses métodos capacitam o investidor a visualizar se os projetos que estejam à sua disposição são economicamente viáveis ou não, ou seja, se esse irá agregar ou perder valor. Vídeos Importantes: Assista ao vídeo Análise de Investimentos, elaborado por Suma Econômica. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=llChETkYZK0. Acesso em 1 dez. 2013. Por se tratar de um trailer de um curso ofertado, o vídeo aborda os principais conceitos acerca da Análise de Investimentos, abordando, de forma didática, mediante a explicitação de um caso hipotético. LINKSIMPORTANTES
  35. 35. 35 AGORAÉASUAVEZ Instruções: Chegou a hora de você exercitar seu aprendizado por meio das resoluções das questões deste Caderno de Atividades. Essas atividades auxiliarão você no preparo para a avaliação desta disciplina. Leia cuidadosamente os enunciados e atente-se para o que está sendo pedido e para o modo de resolução de cada questão. Lembre-se: você pode consultar o Livro-Texto e fazer outras pesquisas relacionadas ao tema. Questão 1: A realização da análise de investimento é muito importante para que o administrador de uma empresa possa verificar o investi- mento mais viável para a captação de re- cursos para uma organização. Para tanto, ele deve realizar considerações de três ordens, objetivando escolher as melhores opções, quais sejam: Considerações econômicas. Considerações financeiras. Considerações de ambiente empresarial. Discorra acerca de cada tipo de conside- ração que pode influenciar a decisão do administrador de uma organização, exem- plificando-as. Elabore um pequeno texto (cerca de 15 li- nhas) ou converse com um ou mais cole- gas sobre exemplos práticos da análise de viabilidade de investimentos a serem reali- zados por uma organização em busca de captação de recursos. Questão 2: O conceito de investimento provém da eco- nomia e apresenta uma grande importância tanto para a economia de um país quanto para as organizações. Acerca das técnicas de análise de investimentos, considere as afirmativas abaixo: I. As principais técnicas de análise de investimento baseiam-se no conceito de fluxo de caixa.
  36. 36. 36 II. O fluxo de caixa utiliza sempre o princípio de caixa, considerando os valores apenas quando são pagos ou recebidos. III. A utilização do princípio de caixa na análise de investimentos tem como intuito permitir uma comparação com outras opções de investimentos. IV. O fluxo de caixa não pode ser resumido e deve demonstrar tão somente as saídas de caixa, em determinadas datas no tempo. V. O fluxo de caixa relevante é composto apenas por duas partes, quais sejam: investimento inicial e valores residuais. Acerca da validade ou falsidade das afir- mativas, assinale a alternativa correta: a) V, V, V, F, F. b) F, F, V, V, F. c) V, V, V, V, V. d) F, F, F, F, F. e) V, V, V, F, V. Questão 3: Os projetos de investimento podem ser, basicamente, de duas modalidades dife- rentes. Em uma dessas modalidades, não há alternativas, sendo que a decisão a ser tomada é se o projeto tem viabilidade ou não, ou seja, se será aceito e realizado ou se será descartado. A descrição anterior se refere a qual modalidade de projeto de in- vestimento? a) Projeto concorrente. b) Projeto de retorno. c) Projeto Interno. d) Payback. e) Projeto único. Questão 4: Considere o seguinte caso hipotético: “Uma empresa irá adquirir um robô para sua linha de produção. O investimento ini- cial é de R$ 1.600 mil. No primeiro ano, o robô proporcionará um fluxo positivo de R$ 400 mil e, do segundo ao quinto ano, um fluxo positivo de R$ 600 mil. No quinto ano, o robô é revendido como sucata por R$ 100 mil (valor residual do projeto)”. O caso hipotético exposto demonstra clara- mente um conceito de: a) Fluxo de caixa relevante. b) Elaboração de um balanço patrimonial. c) Controladoria. d) Princípio de Competência. e) Demonstração de resultado do Exercício (DRE). AGORAÉASUAVEZ
  37. 37. 37 Questão 5: O fluxo de caixa normalmente é positivo e ocorrem no final do investimento, seja pela venda de algum ativo após a sua utilização ou por algumas vantagens tributárias ad- quiridas. No entanto, eventualmente, o flu- xo de caixa também pode ser negativo, tal como no caso da obrigação de reflorestar determinada área após retirar toda a ma- deira ou na realização de gastos para com- pensar danos ambientais causados pelo investimento. A descrição se refere à qual parte do fluxo de caixa relevante? a) Investimento inicial. b) Valores residuais. c) Retornos de caixa do investimento. d) Valor Presente Líquido. e) Payback. Questão 6: Considere o seguinte caso hipotético: Suponha que uma empresa irá adquirir um robô para a sua linha de produção. O inves- timento inicial é de R$ 40.000. No primeiro ano, o robô proporcionará um fluxo positivo de R$ 10.000 e, do segundo ao quinto ano, um fluxo positivo de R$ 15.000. No quinto ano, o robô é revendido como sucata por R$ 25.000, sendo este considerado como valor residual do projeto. A partir dos dados expostos, determine os componentes do fluxo de caixa relevante: a) Investimento inicial. b) Retorno de caixa do investimento. c) Valor residual. Questão 7: As principais técnicas de análise de in- vestimento baseiam-se no conceito de fluxo de caixa, que utiliza sempre o prin- cípio de caixa, considerando os valores apenas quando são pagos ou recebidos. Diferenciando-se do princípio de compe- tência, que é adotado na elaboração das demonstrações financeiras. Diferencia o conceito de competência (eco- nômico) do conceito de caixa (financeiro). Questão 8: Existem diferentes técnicas de análise de investimentos, sendo que cada qual apre- senta as suas vantagens e desvantagens em sua utilização. Cite as três principais técnicas de análise de investimentos: Questão 9: Os projetos de investimentos podem as- sumir duas modalidades diferentes, sendo que a adoção de uma das modalidades é que vai definir a abordagem da análise, de- pendendo do tipo de projeto. AGORAÉASUAVEZ
  38. 38. 38 FINALIZANDO Diferencie a modalidade de projeto único da modalidade de projetos concorrentes, em conformidade à decisão a ser tomada. Questão 10: Considere o seguinte caso hipotético: Uma empresa que deseja prover transporte urbano para determinada cidade deve ana- lisar três opções disponíveis, quais sejam: a) Criar uma frota de ônibus b) Criar uma frota de micro-ônibus c) Criar uma malha de trens urbanos. Considere que esses são projetos concor- rentes, tendo em vista que a escolha de um deles determinará a exclusão dos outros. Qual o procedimento a ser seguido pela empresa? AGORAÉASUAVEZ Nesse tema, você aprendeu que as principais técnicas de análise de investimentos devem basear-se no conceito de fluxo de caixa projetado, que utiliza o conceito de caixa em detrimento do conceito de competência. Para tanto, o fluxo de caixa, com o intuito de permitir a comparação com outras opções de investimentos, considera os valores apenas quando são pagos ou recebidos. Na análise de investimentos, o fluxo de caixa devem ser projetado e utilizado para analisar os investimentos das organizações, sendo denominados como fluxos de caixa relevantes, e é composto por três partes (investimento inicial; retornos de caixa do investimento; valores residuais). Tais projetos de investimentos podem assumir duas modalidades diferentes, quais sejam, projetos únicos ou projetos concorrentes, dependendo da decisão a ser tomada. E, por fim, existem diferentes técnicas de análise de investimentos, sendo que as três principais são: período de retorno (payback); valor presente líquido (VPL) e Taxa Interna de Retorno (TIR). Caro aluno, agora que o conteúdo dessa aula foi concluído, não se esqueça de acessar sua ATPS e verificar a etapa que deverá ser realizada. Bons estudos!
  39. 39. 39 REFERÊNCIAS GLOSSÁRIO CASAROTTO FILHO, Nelson; KOPITTKE, Bruno Hartmut. Análise de Investimentos. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2010. MARQUEZAN, Luiz Henrique Figueira. Análise de Investimentos. Revista Eletrônica de Contabilidade de Curso de Ciências Contábeis – UFSM. vol. III, n. 1, jan-jun 2006. Dis- ponível em: http://w3.ufsm.br/revistacontabeis/anterior/artigos/vIIIn01/a02vIIIn01.pdf. Acesso em: 1 dez. 2013. OLIVO, Rodolfo Leandro de Faria. Análise de Investimentos. Campinas, SP: Alínea, 2012. Investimentos: envolve decisões de aplicação de recursos com prazos longos (maiores que um ano), com o objetivo de propiciar retorno. Retorno: resultado em valor financeiro sobre o capital investido. Fluxo de Caixa: demonstra todos os pagamentos e recebimentos em um determinado período de tempo em uma empresa. Análise de Investimentos: para obter recursos, a organização precisa investir. Cabe ao administrador, frente aos mais diversos tipos de investimentos existentes no mercado, analisar, de forma racional, quais são os melhores investimentos para a organização. Projeto de Investimento: projeção do fluxo de caixa relevantes para analisar se há viabilidade econômico-financeira de realização, definindo, assim, se o investimento da organização é viável ou não.
  40. 40. 40 GABARITO Questão 1 Resposta: Primeira resposta: a) Considerações econômicas: levam em conta a rentabilidade e o risco dos investimentos. O administrado deve escolher os investimentos de maior retorno e de menor risco para a organização. b) Considerações financeiras: levam em conta a disponibilidade de recursos próprios ou financiamentos. c) Considerações de ambiente empresarial: levam em conta considerações políticas, sociais, culturais e de meio ambiente que afetam o investimento. Não podem ser expressas em valores monetários, mas influenciam diretamente a viabilidade de um investimento. Segunda resposta: pessoal. Questão 2 Resposta: Alternativa A. Justificativa: A afirmativa I está correta. A afirmativa II está correta. A afirmativa III está correta. A afirmativa IV está incorreta, pois o fluxo de caixa demonstrado pode ser resumido, de modo a demonstrar tanto as entradas no caixa, bem como as saídas de caixa, em determinadas datas no tempo.
  41. 41. 41 A afirmativa V está incorreta, pois o fluxo de caixa relevante é composto por três partes, quais sejam: investimento inicial ou nos períodos iniciais; retorno de caixa do investimento; valores residuais. Questão 3 Resposta: Alternativa E. Justificativa: Projeto único caracteriza-se por não apresentar alternativas, e sim a decisão a ser tomada pelo investidor é analisar apenas se o projeto tem viabilidade ou se deve ser descartado. Questão 4 Resposta: Alternativa A. Justificativa: O Fluxo de caixa relevante caracteriza-se como fluxos de caixa que serão utilizados e projetados para analisar os investimentos das organizações, mediante a utilização de um formato padrão, composto por três partes: investimento inicial ou nos períodos iniciais; retornos de caixa do investimento; valores residuais. Questão 5 Resposta: Alternativa B. Justificativa: Os valores residuais referem-se aos fluxos de caixa que normalmente são positivos e ocorrem no final do investimento (por exemplo: venda de ativo após a sua utilização ou vantagem tributária adquirida) ou ainda que normalmente são negativos (por exemplo: obrigação de reflorestar determinada área após a retirada de toda a madeira ou gastos realizados para compensar danos ambientais causados por investimentos). Questão 6 Resposta: a) Investimento inicial: R$ 400.000. É o investimento no período zero (presente). b) Retorno de caixa do investimento: retornos positivos, ou seja, houve geração de caixa do ano 1 ao ano 4, nos valores de R$ 10.000 no ano 1 e R$ 15.000 nos demais anos. c) Valor residual: é o valor do ano 5, resultante da soma do retorno de caixa do ano 5, no valor de R$ 15.000, como R$ 25.000 de valor residual da venda do robô como sucata. GABARITO
  42. 42. 42 Questão 7 Resposta: O conceito de competência (econômico) é o conceito utilizado nas demonstrações financeiras, tal como Balanço patrimonial e Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), sendo adotado pela contabilidade (controladoria). Implica considerar os valores por apropriação, ou seja, a referência é quando há a ocorrência do fato gerado do valor, a que período de tempo ele compete. É denominado como princípio de competência. O conceito de caixa (financeiro) é o conceito utilizado para o gerenciamento das operações diárias da empresa e no fluxo de caixa. Esse conceito é adotado pela tesouraria da empresa e implica considerar os valores por data de pagamento ou recebimento (entrada e saída de caixa), independentemente de quando foram gerados. Questão 8 Resposta: As três principais técnicas de análise de investimentos são: - Período de retorno – payback. - Valor Presente Líquido – VPL. - Taxa Interna de Retorno – TIR. Questão 9 Resposta: A modalidade “projeto único” deve ser utilizada para aqueles em que não há alternativas. A decisão a ser tomada é se o projeto tem viabilidade ou não, ou seja, se será aceito e realizado ou se será descartado. A modalidade “projetos concorrentes” deve ser utilizada para projetos para os quais há alternativas, sendo que uma alternativa inviabiliza a outra. A decisão a ser tomada é um pouco mais complexa do que a de se o projeto tem viabilidade ou não, pois irá analisar a viabilidade de cada projeto concorrente. Questão 10 Resposta: O procedimento a ser seguido pela empresa deve ser o de analisar a viabilidade de cada um e decidir: - Se todos são inviáveis, não investir. - Se os projetos se mostrarem inviáveis, escolher o mais viável dos três, ou seja, o que trará maior ganho para a empresa. GABARITO

×