2008 08 27 Rede Catolica Sao Paulo

1.882 visualizações

Publicada em

palestra no encontro da rede católica de educação, são paulo, sobre inovação dentro e fora das salas de aula.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.882
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2008 08 27 Rede Catolica Sao Paulo

  1. 13. contexto?
  2. 14. as culturas:[ c. p. snow + ] ciência
  3. 15. as culturas:[ c. p. snow + ] arte
  4. 16. as culturas:[ c. p. snow + ] tecnologia
  5. 17. as culturas:[ c. p. snow + ] ciência arte tecnologia
  6. 18. as culturas:[ c. p. snow + ] tecnologia = possibilidade
  7. 19. mais contexto?
  8. 20. era da informação:[ drucker ]
  9. 21. era da informação:[ drucker ] energia biologia
  10. 22. de onde é que isso vem?
  11. 23. informação : uma pequena história ...
  12. 24. história da informação dna
  13. 25. história da informação cérebros
  14. 26. história da informação ferramentas
  15. 27. história da informação texto
  16. 28. história da informação software
  17. 29. história da informação software dna cérebros ferramentas texto
  18. 30. e isso acontece
  19. 31. no mundo...
  20. 32. virtual
  21. 33. o mundo virtual: abstrações linguagem -> presente
  22. 34. o mundo virtual: abstrações técnicas -> ações
  23. 35. o mundo virtual: abstrações contratos -> violência
  24. 36. o mundo virtual: abstrações contratos -> violência técnicas -> ações linguagem -> presente
  25. 37. neste mundo virtual
  26. 38. rolam
  27. 39. as grandes buscas
  28. 40. as grandes buscas LANDscape
  29. 41. as grandes buscas BODYscape
  30. 42. as grandes buscas MINDscape
  31. 43. as grandes buscas MINDscape BODYscape LANDscape
  32. 44. resumo, até aqui:
  33. 45. num mundo virtual é um conjunto de o sentido da vida imerso na... grandes buscas história da informação
  34. 47. watts humphrey Every Business Is a Software Business
  35. 55. internet: uma velha, boa idéia
  36. 56. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>as tecnologias da internet vão estar em todo lugar . </li></ul>
  37. 57. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>O acesso à rede será permanente. </li></ul>
  38. 58. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>A rede estará sempre ligada . </li></ul>
  39. 59. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>Qualquer um poderá se conectar de qualquer lugar, com qualquer dispositivo, a qualquer hora. </li></ul>
  40. 60. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>A rede será invisível . </li></ul>
  41. 61. que princípios tinha a internet? [kleinrock, ucla, 1968] <ul><li>em todo lugar , </li></ul><ul><li>acesso permanente , </li></ul><ul><li>sempre ligada , </li></ul><ul><li>qualquer lugar, disp. , tempo... </li></ul><ul><li>e... invisível . </li></ul>
  42. 62. construção?
  43. 63. i nfra- e strutura s erviço s a plicaçõe s webS rádio telefone emeio TV cinema celular jornal
  44. 64. por que deu CERTO? comunicação e interação rápida, barata, fácil, ampla. entre seres humanos. BEST EFFORT BETA EFFORT
  45. 65. o mundo [ a internet ] ainda está em modo BETA
  46. 66. e a próxima plataforma o mundo todo vai de programação estar em rede... é a internet!
  47. 67. NÃO? simples,
  48. 69. ¿ por que nossos alunos estão no ORKUT e não na ESCOLA ?
  49. 76. economia industrial
  50. 78. eletricidade
  51. 81. taylor ford sala de aula =
  52. 83. economia de serviços
  53. 84. economia de processos
  54. 85. economia de conhecimento
  55. 86. mina & lisa
  56. 93. conexões...
  57. 97. informaticidade
  58. 98. rede inovação colaboração criatividade mídia
  59. 99. gibbons: modos de produção de conhecimento… <ul><li>Modo 1 [NEWTON] </li></ul><ul><ul><li>contexto acadêmico </li></ul></ul><ul><ul><li>barreiras disciplinares </li></ul></ul><ul><ul><li>homogeneidade de percepções </li></ul></ul><ul><ul><li>controle de qualidade e relevância pelos pares </li></ul></ul><ul><ul><li>estrutura e organização hierárquica e estática </li></ul></ul><ul><ul><li>responsabilidade interna </li></ul></ul><ul><ul><li>liberdade (acadêmica) e “desafio do conhecimento” </li></ul></ul><ul><li>Modo 2 [DARWIN] </li></ul><ul><ul><li>contexto da aplicação </li></ul></ul><ul><ul><li>multidisciplinaridade </li></ul></ul><ul><ul><li>heterogeneidade de percepções </li></ul></ul><ul><ul><li>qualidade e relevância definidos externamente </li></ul></ul><ul><ul><li>organizações ad-hoc e estruturas planas </li></ul></ul><ul><ul><li>responsabilidade externa </li></ul></ul><ul><ul><li>usuários e interesses definem a agenda... </li></ul></ul>http://www.intermedia.uio.no/konferanser/skikt-02/skikt-research-conferance.html
  60. 101. este é o regime da EXECUÇÃO IMPERFEITA do DESCONHECIDO
  61. 102. colaboração
  62. 103. colaboração conexões confiança conceitos curiosidade capacidade
  63. 104. ωε 
  64. 105. mas e o certo. futuro?
  65. 106. http://expositions.bnf.fr/utopie/feuill/index.htm Villemard, 1910. Chromolithographie Paris
  66. 109. por que erramos tanto? ...
  67. 114. onde estamos?
  68. 116. pra onde vamos?
  69. 117. pra rede
  70. 118. onde seu negócio é uma comunidade
  71. 119. empresa como SERVIÇO
  72. 120. comunidade que desenvolve [novos] produtos e serviços
  73. 121. este é o regime da EXECUÇÃO IMPERFEITA do DESCONHECIDO
  74. 122. no mundo &quot;global&quot;: em rede
  75. 123. ωε 
  76. 125. qualquer um pode web 1.0 marc benioff, salesforce.com fazer transações amazon, google, eBay...
  77. 126. qualquer um pode web 2.0 marc benioff, salesforce.com participar flickr, BLOGs, adsense...
  78. 127. qualquer um pode web 3.0 marc benioff, salesforce.com inovar amazon AWS, salesforce, yahoo pipes, google, microsoft, ning, myspace...
  79. 128. COLABORAÇÃO alta baixa local global
  80. 131. John Dewey
  81. 132. John Cleese
  82. 134. Alvin Toffler
  83. 138. colaboração conexões confiança conceitos curiosidade capacidade
  84. 139. aventuras educacionais
  85. 148. comunidade que cria e inova em rede
  86. 149. (e inovação?) o que é criatividade
  87. 150. combinação e reorganização de informação e conceitos para criar novos entendimentos e sistemas conceituais
  88. 152. onde CADA UM é o programador

×