| 1P á g i n a
PROJETO
| 2P á g i n a
| 3P á g i n a
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO............................................................................................
| 4P á g i n a
Este projeto tem como objetivo mostrar aos públicos de interesse do
Instituto Inovar Cultura – voluntários,...
| 5P á g i n a
CARTA DO PRESIDENTE
MOTIVAÇÃO DO PROJETO SOCIAL
Palavras do Presidente e Equipe
A Motivação de o Instituto ...
| 6P á g i n a
INSTITUCIONAL
| 7P á g i n a
O INSTITUTO INOVAR CULTURA
Inovar cultura é a arte de aprender, de sonhar, de criar, de
educar, de formar, ...
| 8P á g i n a
FUNDAMENTOS
| 9P á g i n a
Missão
Promover a inclusão social por meio da educação e atuar
como multiplicador das melhores práticas ped...
| 10P á g i n a
NOSSAS UNIDADES
| 11P á g i n a
ESPAÇO INOVAR CULTURA
ESPAÇO INOVAR CULTURA
As nossas unidades do Instituto Inovar Cultura pretende sempre...
| 12P á g i n a
COMO FAZEMOSCOMO FAZEMOS
PROPOSTA PEDAGÓGICA
A dinâmica do aprender e ensinar considera a capacidade de to...
| 13P á g i n a
MÉTODOS DE ENSINO
QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL
Os Portais Educacionais, foram criados para contribuir com a f...
| 14P á g i n a
ALGU
NS CURSOS OFERECIDOS
Idiomas (on-line, material impresso, Videobook)
Inglês kids Business English
Ing...
| 15P á g i n a
QUALIFICAÇÃO EM BELEZA
O Instituto Inovar Cultura também tem projeto para capacitar e formar mão de obra q...
| 16P á g i n a
ALFABETIZAÇÃO
OBJETIVO GERAL
Desenvolver habilidades de leitura, escrita, compreensão de textos e resoluçã...
| 17P á g i n a
5. Melhorar as condições de vida dos alunos minimizando o constrangimento que a condição de ser analfabeto...
| 18P á g i n a
FAMÍLIAS E COMUNIDADES
| 19P á g i n a
ONDE ESTAMOS
ONDE ESTAMOS
Morro da USP – Localizada próxima à Favela de Heliópolis, no início da Via Anchi...
| 20P á g i n a
amontoando-se os barracos em áreas próximas ao mercado de mão de obra não qualificada. Ocupados em emprego...
| 21P á g i n a
direito do cidadão. A ocupação é bastante densa, as casas têm áreas diversas, chamando a atenção um número...
| 22P á g i n a
EVENTOS E CAMPANHAS
| 23P á g i n a
| 24P á g i n a
NOSSAS CAUSAS
Temos como eventos
principais na comunidade do
Morro da USP e Heliópolis,
Bazar Beneficente,...
| 25P á g i n a
COLABORE / CONTRIBUA
| 26P á g i n a
Você gosta de trabalhar para as
crianças, Idosos, tem experiência em
lecionar, captar recursos ou outra
ár...
| 27P á g i n a
PARA ONDE IRÁ SUA DOAÇÃO
| 28P á g i n a
CONTA BANCÁRIA
PAGAMENTO ONLINE
| 29P á g i n a
A REFORMA
| 30P á g i n a
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O instituto inovar cultura

536 visualizações

Publicada em

Inovar cultura é a arte de aprender, de sonhar, de criar, de educar, de formar, de conscientizar, de transformar, de planejar, de realizar e viver.

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
536
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
94
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O instituto inovar cultura

  1. 1. | 1P á g i n a PROJETO
  2. 2. | 2P á g i n a
  3. 3. | 3P á g i n a SUMÁRIO INTRODUÇÃO........................................................................................................... 4 CARTA DO PRESIDENTE............................................................................................ 5 INSTITUCIONAL ........................................................................................................ 6 O INSTITUTO INOVAR CULTURA .......................................................................... 7 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL ........................................................................... 7 QUEM SOMOS...................................................................................................... 7 QUEM SOMOS...................................................................................................... 7 HISTÓRIA.............................................................................................................. 7 FUNDAMENTOS ....................................................................................................... 8 MISSÃO ................................................................................................................ 9 VISÃO ................................................................................................................... 9 PRINCÍPIOS ÉTICOS............................................................................................... 9 VALORES............................................................................................................... 9 NOSSAS UNIDADES ................................................................................................ 10 ESPAÇO INOVAR CULTURA ................................................................................ 11  BIBLIOTECAS........................................................................................ 11  SALAS DE AULA ................................................................................... 11  LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA ................................................. 11  ARTE E CULTURA ................................................................................ 11  SAÚDE ESCOLAR ................................................................................. 11  ALIMENTAÇÃO .................................................................................... 11  SUSTENTABILIDADE ........................................................................... 11 COMO FAZEMOS................................................................................................ 12 NÍVEIS DE ENSINO .......................................................................................... 12  ALFABETIZAÇÃO .................................................................................. 12  EDUCAÇÃO INFANTIL ......................................................................... 12  ENSINO FUNDAMENTAL .................................................................... 12  ENSINO MÉDIO.................................................................................... 12  JOVENS E ADULTOS ............................................................................ 12  PROFISSIONALIZANTE........................................................................ 12 MÉTODOS DE ENSINO............................................................................................ 13 QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL........................................................................... 13 ALGUNS CURSOS OFERECIDOS........................................................................... 14 QUALIFICAÇÃO EM BELEZA................................................................................ 15 ALFABETIZAÇÃO ................................................................................................. 16 FAMÍLIAS E COMUNIDADES ................................................................................... 18 ONDE ESTAMOS ................................................................................................. 19 PERFIL DA COMUNIDADE................................................................................... 19 RESULTADOS DA PESQUISA ............................................................................... 20 EVENTOS E CAMPANHAS ....................................................................................... 22 NOSSAS CAUSAS................................................................................................. 24 EVENTOS ESPECIAIS............................................................................................ 25 SEJA UM VOLUNTÁRIO....................................................................................... 26 PARA ONDE IRÁ SUA DOAÇÃO........................................................................... 27 A REFORMA........................................................................................................ 29
  4. 4. | 4P á g i n a Este projeto tem como objetivo mostrar aos públicos de interesse do Instituto Inovar Cultura – voluntários, famílias, empresas, AMIGOS e parceiros – as principais atividades, público alvo, especificar como será a interferência do Instituto Inovar Cultura referente a Educação, orientação profissional, apoio as famílias socialmente vulneráveis, inclusão digital a todas as idades, alfabetização funcional, entretenimento a crianças, jovens, adultos e idosos, tomando como base informações do escritório de São Paulo. Apresentaremos também como atuamos na captação de recursos; eventos e campanhas ao longo do ano; um compilado das comunidades e municípios onde o Instituto Inovar cultura atua; e, finalmente, as metas para 2015/2016, serão os temas abordados neste documento. BOA LEITURA!
  5. 5. | 5P á g i n a CARTA DO PRESIDENTE MOTIVAÇÃO DO PROJETO SOCIAL Palavras do Presidente e Equipe A Motivação de o Instituto Inovar Cultura existir hoje vem de uma verdade de praticar atos de justiça a todo aquele que lhe é de direito recebe-la. A resposta desta motivação vem da tradição cristã justificada logo no primeiro livro da Bíblia Sagrada: “Criou Deus o homem à sua imagem e semelhança” [Gênesis 1:26-27]. Entendemos que quando Deus criou o homem, criou todos os homens, em cada ser humano está toda a raça humana. A noção da igualdade entre todos os seres humanos é a base que sustenta todos os direitos humanos. Todo mundo tem direito a ter direito. A justiça social que buscamos expressar é a requerida por Deus, soltar as correntes da injustiça, desatar as cordas do jugo, pôr em liberdade os oprimidos e romper todo jugo. Partilhar nossa comida com o faminto, abrigar o pobre desamparado, vestir o nu, e não recusar ajuda ao próximo. [Isaías 58:6-7]. Em resumo entendemos que atender pessoas em situação de vulnerabilidade, não é opcional é nossa filosofia de vida em Cristo, e seguir a Jesus implica dizer sim para a justiça que se faz com amor a todos! Gabriel Augusto da Silva Leonel Presidente do Conselho Administrativo Instituto Inovar Cultura
  6. 6. | 6P á g i n a INSTITUCIONAL
  7. 7. | 7P á g i n a O INSTITUTO INOVAR CULTURA Inovar cultura é a arte de aprender, de sonhar, de criar, de educar, de formar, de conscientizar, de transformar, de planejar, de realizar e viver. Visando em cada detalhe o estender a mão por amor ou por justiça. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL A Mesa Regedora é o mais alto órgão do modelo de governança do Instituto Inovar Cultura. Composta pelo Presidente, pelo Vice-presidente e por Membros sem designação específica, reúne-se anualmente e é responsável pelas grandes decisões que envolvem o Instituto, como mudanças estatutárias, aprovação de orçamento e eleição da Diretoria Executiva. Suas deliberações estão sujeitas ao acompanhamento do Ministério Público. QUEM SOMOS QUEM SOMOS Novo conceito em renovar e criar uma cultura fora dos padrões e paradigmas dentro de uma sociedade menos favorecida. Viabilizando instituir eventos de justiça, educação, cidadania e liberdade. Inovar cultura é um novo conceito em fazer o bem necessário, buscando sempre em ir além, direcionados pelas mãos divinas em uma terra árida, buscando em oportunidades transformar vidas, renovar conhecimentos, construir sonhos, promover atos de justiça com amor, inserir saúde e educação, conscientizar liberdade, promover bem estar, implantar projetos de vida. HISTÓRIA Nascemos com o objetivo de promover a inclusão e o desenvolvimento social por meio da educação e atividades de inclusão social. Sempre priorizando o ensino de qualidade, queremos transformar a vida das pessoas, sejam elas crianças, jovens ou adultos.
  8. 8. | 8P á g i n a FUNDAMENTOS
  9. 9. | 9P á g i n a Missão Promover a inclusão social por meio da educação e atuar como multiplicador das melhores práticas pedagógico-educacionais em meio à população brasileira socioeconomicamente desfavorecida. Trabalhar sem descanso nos assentamentos urbanos muitas vezes informais e precários para superar a extrema pobreza, através da formação e da ação conjunta de seus moradores e jovens voluntários, promovendo o desenvolvimento comunitário, denunciando a situação na qual vivem as comunidades mais excluídas e incidindo, junto a outros, em política. VISÃO Queremos que nossas unidades sejam das melhores, principalmente na formação do homem, um homem de caráter. Uma sociedade justa e sem pobreza, onde todas as pessoas tenham oportunidades para desenvolver suas capacidades e possam exercer plenamente seus direitos. PRINCÍPIOS ÉTICOSPRINCÍPIOS ÉTICOS Integridade, equidade, compromisso com a informação e com a eficiência nos resultados, relacionamento construtivo e liderança responsável. VALORES A Solidariedade pra nós é uma empatia fundamental com as causas das famílias mais excluídas que nos move a querer estar, e trabalhar, junto a elas. Compartilhar suas dificuldades e anseios; a aprender com suas capacidades e perseverança; e a denunciar tudo aquilo que coloca à margem da sociedade e não reconhece seus direitos fundamentais como seres humanos. Superar a pobreza e injustiça em nosso continente é, sim, possível, e esta certeza nos dá a determinação para trabalhar sem descanso e junto a outros para consegui-lo. Todo o nosso trabalho deve ser de alta qualidade, pois é direcionado aos que mais necessitam: é rigoroso, pontual, sempre criativo e inovador, compromissado, perseverante ante as dificuldades, inteligente para reconhecer erros e corrigi-los, e proativo. Todos os jovens têm no Instituto Inovar Cultura um espaço pois estamos certos de que nossas diferenças são uma riqueza para somar esforços naquilo que nos une: a luta contra a extrema pobreza em nosso continente. Vemos o futuro com esperança, não com ingenuidade, pois acreditamos que é possível, sim, derrotar a injustiça que vemos atualmente e avançar em direção a esse futuro trabalhando com alegria.
  10. 10. | 10P á g i n a NOSSAS UNIDADES
  11. 11. | 11P á g i n a ESPAÇO INOVAR CULTURA ESPAÇO INOVAR CULTURA As nossas unidades do Instituto Inovar Cultura pretende sempre disponibilizar de uma infraestrutura que favoreça o atendimento a todos os alunos e beneficiários assistidos pelo projeto. BIBLIOTECAS Mais que espaços de apoio, concebemos nossas bibliotecas como ambientes de interação, nos quais o acesso a multimídias está a serviço do conhecimento. SALAS DE AULA Principais cenários para o ensino e a aprendizagem, organizados de maneira agradável, estimulante e inspiradora. LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Apoiam nossa proposta pedagógica, permitindo que os alunos tenham múltiplas possibilidades de acesso à informação e à interação com o conhecimento. ARTE E CULTURA O ensino de Artes nas escolas busca aprimorar a habilidade de apreciação de obras visuais, artísticas e musicais, favorecendo a percepção das diferentes maneiras de expressão e incentivando o desenvolvimento do potencial criativo. SAÚDE ESCOLAR Para garantir o bem-estar e a qualidade de vida de nossos alunos e beneficiários, pretendemos disponibilizar especialistas da área da saúde e dentistas em todas as unidades. ALIMENTAÇÃO Além de estimularmos a sociabilidade, nada melhor do que oferecer alimentação equilibrada, incentivando hábitos saudáveis. SUSTENTABILIDADE Nosso compromisso com a sustentabilidade está presente no cotidiano escolar, em atitudes como o uso de materiais provenientes de fontes certificadas, a destinação adequada de resíduos e o manejo orgânico de pomares, hortas, jardins e viveiros. Os alunos têm a oportunidade de refletir sobre o consumo consciente dos recursos que o planeta oferece.
  12. 12. | 12P á g i n a COMO FAZEMOSCOMO FAZEMOS PROPOSTA PEDAGÓGICA A dinâmica do aprender e ensinar considera a capacidade de todos para construir conhecimentos, confrontá-los com a realidade e transformá-los sob o efeito das relações interpessoais. Essa combinação permite a consolidação de um projeto de vida pautado em princípios, valores e virtudes. NÍVEIS DE ENSINO – São organizados conforme faixa etária, série matriculada nas escolas e por fim nível de rendimento. ALFABETIZAÇÃO Utilizamos um Programa de Alfabetização para Jovens e Adultos amparados com o apoio da tecnologia de smartphones e um sistema WEB de acompanhamento da aprendizagem. EDUCAÇÃO INFANTIL É o primeiro contato da criança com o universo escolar. É a fase do aprendizado em que partimos de exemplos concretos, respeitando o repertório que o aluno já possui. ENSINO FUNDAMENTAL Nesta etapa, o ensino harmoniza-se à grandeza da vida escolar. O aluno amplia sua capacidade de refletir, argumentar e intervir sobre o conhecimento e é estimulado a participar como protagonista das dinâmicas transformações da sociedade. ENSINO MÉDIO Etapa decisiva em que o aluno faz suas escolhas pessoais e profissionais. Nesta fase, o Instituto tem um papel de incentivadora, propiciando o autoconhecimento do jovem para que construa seu projeto de vida sobre valores e princípios morais. JOVENS E ADULTOS Em nosso país, nem todos têm a oportunidade de cursar e terminar a Educação Básica na idade correspondente. Buscamos dar uma nova chance para que essas pessoas possam concluir seus estudos. PROFISSIONALIZANTE São 3 eixos: qualificação profissional – preparação de jovens e adultos para o ingresso no mercado de trabalho; formação integral – capacitação voltada ao desenvolvimento de competências nas dimensões social, interpessoal e profissional; formação profissional na área da beleza – cursos e oficinas de formação técnica na área de beleza.
  13. 13. | 13P á g i n a MÉTODOS DE ENSINO QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL Os Portais Educacionais, foram criados para contribuir com a formação e o crescimento das crianças, jovens e adolescentes do Instituto Inovar Cultura. Os métodos que utilizamos como apoio são do IESDE e do MICROVIP, empresas estas conceituadas no mercado de ensino. O material utilizado pelo instrutor possui vídeoaulas que oferecem conteúdo específico na linguagem ideal para cada nível de formação com material testado e aprovado por mais de 400 mil alunos e os mais avançados recursos audiovisuais. É um diferencial para a Inovar Cultura, que ganha uma nova ferramenta, novas possibilidades e presença na internet, promovendo ainda a união entre escola, alunos e pais. Aliando tecnologia a educação, Inovar Cultura proporciona através de vídeo aulas online, livros digitais em formato PDF, livros impressos e Videobook um aprendizado mais prático e personalizado, pois o estudante adapta seu tempo de estudo de acordo com a sua disponibilidade.
  14. 14. | 14P á g i n a ALGU NS CURSOS OFERECIDOS Idiomas (on-line, material impresso, Videobook) Inglês kids Business English Inglês teens Preparatórios para Certificações (em breve) Inglês adults Informática (on-line, semipresencial, presencial e Videobook) Design Redes Desenvolvimento de Aplicações Office Ferramentas para Planejamento e Gestão Informática Kids Informática para o Idoso Cursos Por Área e Preparatórios (on-line, semipresencial, presencial) Administração Geral Gestão de Turismo Ciências Sociais Gestão Imobiliária Contabilidade Letras Direito Logística Economia Marketing Ferramentas para Gestão Pedagogia Finanças Recursos Humanos Ensino Fundamental I e II Vestibular / ENEM (Ensino Médio)
  15. 15. | 15P á g i n a QUALIFICAÇÃO EM BELEZA O Instituto Inovar Cultura também tem projeto para capacitar e formar mão de obra qualificada no setor de beleza, mercado que está em plena expansão. Tem como objetivo proporcionar às pessoas de baixa renda perspectivas de geração de renda para superação das dificuldades que as cercam emergencialmente, melhorando autoestima, condição socioeconômica, bem-estar e cidadania. Ministramos cursos de MANICURE, DEPILAÇÃO, ESTÉTICA FACIAL, MAQUIAGEM, CABELEIREIRO FEMININO e MASCULINO, que são viabilizados com o apoio de vários parceiros que atuam neste mercado. O Instituto Inovar Cultura, consciente de sua responsabilidade social, reconhece a necessidade de resgatar o valor do indivíduo e de profissionalizar pessoas. Esse projeto, acima de tudo, visa o desenvolvimento humano e a comunhão social de cidadãos empreendedores, tendo como resultado: melhoria da qualidade de vida, aumento da autoestima, independência financeira e valorização individual. A maior preocupação de nossa instituição é, antes de tudo, resgatar a autoestima de pessoas carentes e introduzir em suas vidas o bem da cidadania, para que no futuro elas possam ser também grandes transformadoras.
  16. 16. | 16P á g i n a ALFABETIZAÇÃO OBJETIVO GERAL Desenvolver habilidades de leitura, escrita, compreensão de textos e resolução de problemas em diversas áreas e contextos, por meio digital, para jovens e adultos com o uso de aplicativos para dispositivos móveis. Nisso encontramos na ferramenta PALMA a melhor solução de alfabetização alinhada a tecnologia e com ótimos resultados divulgados até mesmo na mídia brasileira. PÚBLICO ALVO Analfabetos acima de 15 anos. OBJETIVOS ESPECÍFICOS 1. Otimizar o tempo de alfabetização de jovens e adultos nas diferentes áreas e contextos; 2. Reduzir a evasão escolar nos programas de Alfabetização de Jovens e Adultos; 3. Melhorar o grau de fixação da aprendizagem; 4. Elevar o nível de motivação do aluno para o processo de aprender a ler e escrever por meio digital;
  17. 17. | 17P á g i n a 5. Melhorar as condições de vida dos alunos minimizando o constrangimento que a condição de ser analfabeto impõe; 6. Promover o ensino individualizado via e-learning e garantir o prosseguimento nos estudos com o aparelho utilizado; 7. Instrumentalizar o professor para o acompanhamento e controle da aprendizagem; 8. Assegurar à entidade financiadora o controle efetivo dos resultados obtidos neste programa de alfabetização; 9. Promover o estabelecimento de uma cadeia de cultura letrada; 10. Ampliar a oferta de alfabetização para todas as regiões e viabilizar o cumprimento das metas propostas para o país. ÁREAS DE ABRANGÊNCIA 1. Português – Alfabetização, leitura e compreensão de textos e gramática básica (1200 palavras, 900 frases e textos nos 6 níveis); 2. Matemática – Números e operações, grandezas e medidas, espaço e formas (1800 exercícios com resolução de problemas nos 4 níveis); 3. Ciências Naturais – Meio Ambientes, saúde e qualidade de vida (300 exercícios nos 2 níveis).
  18. 18. | 18P á g i n a FAMÍLIAS E COMUNIDADES
  19. 19. | 19P á g i n a ONDE ESTAMOS ONDE ESTAMOS Morro da USP – Localizada próxima à Favela de Heliópolis, no início da Via Anchieta, essa comunidade é formada por 800 casas construídas irregularmente. O morro foi entregue à USP por meio de uma herança vacante, ou seja, uma pessoa que morreu sem deixar herdeiros. Trata-se de um desafio para os urbanistas. “As ruas são extremamente apertadas. A favela é densamente povoada. Não há possibilidade de uma viatura ou ambulância entrar no local, o que agrava a situação dos moradores. Além disso, não há água encanada,” informa a professora Maria Ruth Amaral de Sampaio, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Ela conta que, em 2008, a Consultoria Jurídica da universidade pediu ajuda para regularizar a situação daquelas famílias Com uma equipe de 25 alunos da FAU, ela iniciou um levantamento demográfico e populacional. Os terrenos são divididos em várias partes, para atender a esta que é a terceira e maior geração de moradores. Os terrenos foram subdivididos várias vezes. Hoje, cada família dispõe de cerca de 12 metros quadrados em média, claro existe algumas exceções com casas de mais de 70 metros quadrados. Há casas com três andares, com uma família (média de cinco pessoas) em cada andar. As vielas têm um metro de largura com casas dos dois lados, muitas delas com três andares. No entanto, o seu interior é bem cuidado, limpo, com azulejos e móveis novos. Devido nosso conhecimento das lideranças e moradores da Favela de Heliópolis, situada próxima ao Morro da USP, acreditou-se que a proximidade entre os dois núcleos pudesse facilitar os primeiros contatos, o que realmente ocorreu. A ideia inicial de vender a gleba aos ocupantes não teve sucesso, entretanto contribuímos para levantar os principais problemas do assentamento, alguns dos quais tem preocupado a Consultoria Jurídica. O fato do Morro da USP ter se desenvolvido sem planejamento e não ser servido pela rede oficial de água e esgotos tem consequências na vizinhança. É o caso dos vazamentos, que fez com que os moradores atingidos acionassem o Instituto Inovar Cultura. A falta de água tratada também propicia o aparecimento de moléstias infecciosas, principalmente na população infantil. Por essa razão, dotar a área de uma rede oficial de água e esgotos, como foi proposto pela Sabesp, é uma necessidade e um dever do Instituto Inovar Cultura. PERFIL DA COMUNIDADE O projeto teve início com a solicitação da Associação Vidas Unidas ao Instituto Inovar Cultura, em outubro de 2014, para que fosse realizado o recadastramento dos moradores da favela Morro da USP, de propriedade da Universidade e resultante de herança de Eduardo Panadés, destinada à pagamento de bolsas de estudos para estudantes carentes. A ideia de cadastrar a população moradora decorria do interesse do Instituto Inovar Cultura em resolver o problema das famílias e população, regularizando a posse da terra com a proposta de venda de cada terreno a cada um de seus ocupantes. É fato conhecido que a localização das favelas tende a seguir a trilha da industrialização,
  20. 20. | 20P á g i n a amontoando-se os barracos em áreas próximas ao mercado de mão de obra não qualificada. Ocupados em empregos informais, as atividades geralmente desempenhadas por essa população estão em torno de atividades de carga e descarga, ajudantes em canteiros de obras, vendedores ambulantes. Essa população encontra na favela parte da solução para conseguir sua sobrevivência na metrópole. É o caso de favelas como Heliópolis e o Morro da USP, situadas nas proximidades da Via Anchieta, e por consequência do ABC, importante pólo industrial. Os gastos com transporte, em geral, consomem parte considerável dos ganhos dos trabalhadores, principalmente daqueles com pouca qualificação, sem registro em carteira e que exerce atividades transitórias pertencentes aos estratos inferiores de renda, como é o caso desses moradores da favela Morro da USP. Morar perto do local de trabalho, onde existem possibilidades de atividades informais, constitui, portanto, uma economia não só de tempo. RESULTADOS DA PESQUISA O cadastramento inicial teve a duração de duas semanas, no mês de outubro de 2014 contando com o apoio de moradores e equipe do Instituto Inovar Cultura e obteve os seguintes resultados: foram preenchidos 613 questionários não conseguindo explorar a comunidade por completo, pois estávamos em poucas pessoas para explorar uma quantidade de aproximadamente 3200 famílias, número que foi comprovado pela Associação Vidas Unidas que nos apoiou em todo o tempo no período de cadastramento. Tanto os voluntários, como os moradores, tiveram conhecimento prévio do questionário e foram esclarecidos acerca de seu preenchimento. Após o término da pesquisa ainda recebemos mais alguns formulários, preenchidos por membros da Associação de Moradores, de chefes de família que estavam trabalhando no dia da pesquisa e não puderam participar do cadastramento. A análise dos questionários foi feita, separando-se inicialmente os preenchidos pelos voluntários e pelo Instituto Inovar, daqueles preenchidos pela Associação de Moradores feito em 2007 para verificar se ocorreram muitas diferenças, o que mostrou uma diferença considerável. Como resultado, obtivemos os seguintes dados sobre a população e seus domicílios. A faixa etária dos entrevistados variou entre 20 e 89 anos, predominando a faixa de 20 a 40 anos. A mais velha entrevistada, aposentada, tem 89 anos de idade. A família mais numerosa tem dez membros, dos quais dois trabalham, sendo a renda familiar de R$ 700,00. Essa família vive numa “casa” situada num primeiro andar com área de 12 m². O morador entrevistado declarou gastar mensalmente cerca de R$ 110,00 de telefone celular. Observou-se que nessa favela predominam as famílias constituídas por quatro membros. Os trabalhos remunerados mais frequentes realizados pelas mulheres são empregos em casas de família, costureiras, balconistas; pelos homens são os empregos de operadores de máquina, ajudantes de serviços gerais, ambulantes, motoristas, além de empregos variados em construção civil. A renda familiar varia entre R$ 300,00 e R$ 4.000,00, sendo que quase metade da amostra recebe entre R$ 400,00 a R$ 600,00. As contas de água não eram pagas, uma vez que os serviços eram clandestinos, assim como a luz, mesmo existindo em todas as casas instalações oficiais da AES Eletropaulo, o telefone celular é responsável pela maior parte dos gastos das famílias. Cumpre notar que desde o Governo Franco Montoro, as favelas de São Paulo são dotadas de água e luz, através dos programas Pró-Água e Pró-Luz. Esses serviços públicos são considerados um
  21. 21. | 21P á g i n a direito do cidadão. A ocupação é bastante densa, as casas têm áreas diversas, chamando a atenção um número grande de habitações com áreas mínimas, verdadeiros cubículos, com áreas inferiores a 20 m², e acessos estreitos e perigosos através de escadas íngremes. Muito moradores disseram ser inquilinos. Há muitos prédios com três andares. Nesses casos, o morador e membros de sua família vivem num andar ou dois e alugam o restante. Grande parte das casas pesquisadas apresentam espaços mínimos, com dificuldade de acesso, localizam-se em vielas íngremes e apresentam péssimas condições de habitabilidade, com quase ou nenhuma iluminação e insolação.
  22. 22. | 22P á g i n a EVENTOS E CAMPANHAS
  23. 23. | 23P á g i n a
  24. 24. | 24P á g i n a NOSSAS CAUSAS Temos como eventos principais na comunidade do Morro da USP e Heliópolis, Bazar Beneficente, Caminhada da Paz, Festa Pela Vida, atendimentos assistenciais, apito do mestre onde reunimos a comunidade com samba, feijoada e muito mais!
  25. 25. | 25P á g i n a COLABORE / CONTRIBUA
  26. 26. | 26P á g i n a Você gosta de trabalhar para as crianças, Idosos, tem experiência em lecionar, captar recursos ou outra área do nosso Instituto? Aqui, você é bem-vindo à nossa equipe. SEJA UM VOLUNTÁRIO Basta em primeiro lugar, enviar suas informações para se tornar um voluntário. Vamos verificar as suas informações dentro de alguns dias e, em seguida entramos em contato com você. Depois de finalizar a sua inscrição, uma mensagem de confirmação será enviada para você com os documentos necessários e com nossas políticas respectivas a área de interesse. Envie suas informações para: contato@inovarcultura.org.br São pessoas como você, leitor, que fazem o Instituto Inovar Cultura acontecer. Além dos jovens voluntários, dos moradores e das empresas que trabalham em conjunto para promover a mudança da realidade, somos uma organização financiada também por pessoas físicas. Com uma doação fixa, mensal, a partir de R$ 20, qualquer pessoa pode colaborar para mudar a vida de milhares de famílias! Através da página do Instituto no facebook, www.facebook.com.br/inovarcultura, na aba “Doe Agora”, ou no site do Instituto Inovar você que deseja colaborar terá a opção de doar pelas ferramentas do pagseguro, paypal ou até mesmo com as informações bancárias do Instituto fazer uma transferência com o valor que desejar. Você empresário pode escolher como opção nos ajudar entregando as NOTAS FISCAIS Paulistas sem CPF e deixando no local um de nossos cofres para a arrecadação do TROCO SOLIDÁRIO. Esse é o ponto de partida de um movimento que queremos dar continuidade, envolvendo toda a sociedade com a nossa causa. Com menos de R$ 1 por dia você pode colaborar e fazer parte desta mudança também!
  27. 27. | 27P á g i n a PARA ONDE IRÁ SUA DOAÇÃO
  28. 28. | 28P á g i n a CONTA BANCÁRIA PAGAMENTO ONLINE
  29. 29. | 29P á g i n a A REFORMA
  30. 30. | 30P á g i n a

×