Às Epístolas de São Paulo I RomanosII Primeira aos CoríntiosIII Segunda aos CoríntiosIV GálatasV EfésiosVI FilipensesVII C...
I – Romanos – (16 capítulos)São Paulo escreve aos romanos, nos anos 57/58.São Paulo estava nesta ocasião em Corintospreste...
II – Primeira Aos Coríntios ( + ) Anos 56Motivos da carta I Cor. 1-10Paulo tem conhecimento de discórdia entremembro da co...
São Paulo adverte as comunidades sobrecostumes liberais I Cor. 5,11-13.São Paulo ensina – Sobre fornicação,casamento e vir...
III – Segunda aos Coríntios – (13 capítulos)Na Segunda Carta aos Coríntios, São Paulo exalta a pureza(II Cor 5,8-10)- Exal...
IV – Gálatas – (5 capítulos)A comunidade dos Gálatas foi fundada por volta dosanos 54/55 e esta carta deve ter sido escrit...
Pedro e Paulo em Antioquia(Cap. 2, 11-14) – Divergênciaante os dois.O Evangelho de São Paulo: SãoPaulo quer ensinar que os...
V – EfésiosOcasião da cartaSão Paulo esta preso em Roma (Segunda Prisão).Na carta aos Efésios, o Apóstolo exalta:- “Plano ...
- Apelo à Unidade- Exorta aos Efésios quehá um só Senhor, uma sófé, um só batismo, há umsó Deus e Pai de todos.(I Ef 4, 1-...
Paulo adverte que, agora tendo plenoconhecimento de Jesus Cristo, tenha umnovo comportamento, uma nova vida.Adverte sobre ...
VI – FilipensesFelipos foi a 1ª cidade que Paulovisitou em território Romano, no ano50dc, (At. 16, 11ss).Foi à comunidade ...
Saudações e ação de Graças é a marca indelével de Paulo em suascartas.Exorta a comunidade de Filipos a lutar pela fé – Viv...
VII – ColossensesA carta aos Colossenses foi escrita docativeiro de Roma.A comunidade “Colossenses”, não foievangelizada p...
Primado de CristoCristo é a imagem do Deus Pai – Deus invisível (Cl. 1, 15-16)- Cristo é a cabeça da Igreja (Cl. 1,18)- Cu...
Preceitos Gerais de Vida Cristã:- Buscar as virtudes, mortifica, pois, osvossos membros terrenos, (Fornicação,Impurezas, p...
VIII – Primeira Epistola aos Tessalonicenses1ª Livro do Novo Testamento escrito no ano 50 dC.A escolha da cidade. Era um d...
Circunstancia da cartaAs circunstancia principais pelos quais Paulo escreveu aprimeira carta os Tessalonicenses são os seg...
Ocasião da CartaPaulo tem que sair principalmente deTessalônia pelas hostilidades dosJudeus. Todavia, não tinha terminado ...
Esquema da Carta1.Saudação2. 1ª parte: Eucaristia eapologia (1,2 - 3,13)3. 2ª parte: doutrinal e exótica(4,1-18; 5, 1-22)4...
- A atitude de Paulo durante sua estada em Tessalônica.- Por causa das atitudes e franquezas de Paulo – falava doevangelho...
Quanto às preocupações comos mortos e os vivos na vindado senhor. (Cl 4, 13-18).A vigilância aguardando a vindado Senhor (...
IX – Segunda aos TessalonicensesA Segunda carta – É uma exortação e dealegria do Apostolo, por receber noticias pelo seuco...
X – Primeira Epístola a TimóteoData carta I e II – nos anos 60.- As Epistolas a Timóteo (comunidade) e Tito, são cartaspas...
- Recomenda como deve ser a oração dos fieis na comunidade.(Oração da comunidade nas missas) – recomenda um espíritoaberto...
- É a vez dos bispos e dos quepresidem a comunidade:“Eis uma coisa certa: queaspira ao episcopado, saibamque está desejand...
Exorta aos casados ............... (I T. 3, 2-7)Exorta aos diáconos .............. (I T. 3, 8-8)Exorta aos diáconos .........
XI – Segunda a Timóteo          - Na segunda Epistola a Timóteo Paulo estimula seu fiel Timóteo e exalta suas virtudes, ze...
Paulo no acaso de sua vida(II Tm. 4, 6-8)  Quanto a mim, já fui oferecido... - “Combati o bom combate...”. - Últimas recom...
XII – Epistola a Tito         - A  epistola a Tito juntamente com 1º e 2º a Timóteo e Filémon tem um caráter individual.  ...
 - Paulo descreve os deveres particulares de certos fieis:Os velhos sejam sóbrios, respeitáveis, sensatos, fortes na fé, n...
XIII – Epistola a FilémonA  carta  tem  um  caráter  pessoal. (individual). E o menor livro do N.T.  Não tem divisão de ca...
XIII – Epistola aos Hebreus A epístola dos Hebreus, pelo seu estilo, (falta ai o endereço e o preâmbulo,  com  as  quais  ...
Motivo da carta   A  carta  aos  Hebreus,  é  motivada  pela  incerteza  que  causou  as comunidades  constituídas  pelo  ...
A Fé Perseverante Transição – Transmitir sempre nossa fé e nossa esperança na promessa (Hb. 10,23)O perigo da apostasia. S...
Palestra : As Epístolas de São PauloAutor: José Humberto Delalibera 2013Arte: Eliana
Palestra às epistolas de são paulo janeiro de 2013 atualizado em 01 04-2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra às epistolas de são paulo janeiro de 2013 atualizado em 01 04-2013

1.229 visualizações

Publicada em

Aula apresentada nos dia 27/03 3 03/04 pelo mensageiro José Humberto Delalíbera

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.229
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra às epistolas de são paulo janeiro de 2013 atualizado em 01 04-2013

  1. 1. Às Epístolas de São Paulo I RomanosII Primeira aos CoríntiosIII Segunda aos CoríntiosIV GálatasV EfésiosVI FilipensesVII ColossensesVIII Primeira aos TessalonicensesIX Segunda aos TessalonicensesX Primeira a TimóteoXI Segunda a TimóteoXII TitoXIII FilémonXIV Hebreus
  2. 2. I – Romanos – (16 capítulos)São Paulo escreve aos romanos, nos anos 57/58.São Paulo estava nesta ocasião em Corintosprestes a partir para Jerusalém, de onde eleesperava dirigir-se a Roma e de lá à Espanha.(Rm 15,22-32; I Cor. 16,3-6; At. 19,21 a 20,3).Não foi São Paulo que fundou a Igreja de Roma.Talvez a Igreja de Roma tenha sido fundada porÁquila (At. 18,2).A carta aos Romanos tem como marca de SãoPaulo – As saudações, chamando a obediênciada Fé. Advertência sobre os costumes e praticasabominável (Rm 1, 26-27), Alerta contra osJudeus (Rm 2, 1-4 a 19-24; 10,17; 3,23).São 9 cartas dirigidas a comunidades concretas:Romanos, 1ª e 2ª Coríntios, Gálatas, Efésios,Colossenses, Filipenses e 1ª e 2ªTessalonicenses.
  3. 3. II – Primeira Aos Coríntios ( + ) Anos 56Motivos da carta I Cor. 1-10Paulo tem conhecimento de discórdia entremembro da comunidade. – Alguns gruposnegam uma tradição apostólica existente, quedeve continuar-se nos seus sucessores. Paulonão quer que seja quebrada a tradição. OEvangelho é continuação e cumprimento doA.T. É que nas comunidades não pode haverdivisão.São Paulo é o fundador das comunidades emCorintos nos anos 51-52. A cidade estasituada entre o mar Egeu e Jônico – Com doisportos importantes. Contava a cidade com300.000 habitantes, Gregos, Romanos,Orientais e muitos Judeus. Era também umacidade de Costumes Liberais.
  4. 4. São Paulo adverte as comunidades sobrecostumes liberais I Cor. 5,11-13.São Paulo ensina – Sobre fornicação,casamento e virgindade.A boa ordem nas assembleias recomenda asmulheres o uso de véus.I Cor. 11, 17-27 – Disciplina e respeito naEucaristia.Os Dons do Espírito ou carisma. (I Cr. 12).Imagens do corpo I Cr. 12,12.Hierarquia dos Carismas. Hino da Caridade(I Cor.13).Ressurreição dos Mortos (I Cor. 15). São Paulopermaneceu em Corintos 18 meses.
  5. 5. III – Segunda aos Coríntios – (13 capítulos)Na Segunda Carta aos Coríntios, São Paulo exalta a pureza(II Cor 5,8-10)- Exalta na prática das Virtudes e da Santificação, da pureza,temor de Deus;- Exalta sua pequenez diante de Deus (II Cor 12,6-9).
  6. 6. IV – Gálatas – (5 capítulos)A comunidade dos Gálatas foi fundada por volta dosanos 54/55 e esta carta deve ter sido escrita de Efésioou mesmo Macedônia.Destino da carta é especificar a comunidade dosGálatas.Circunstancia da carta: Que explicaria a atitude deSão Pedro (Gl 2, 11-14).-Esta carta foi escrita posteriormente ao Concilio deJerusalém.São Paulo exorta a comunidade que o evangelho queele prega não advém de nenhum homem, mas, porrevelação do próprio Jesus, (Gl. 1, 11-14).Paulo é um exigente para com seus Discípulos napregação do evangelho – Fala de sua preparação por3 anos antes de iniciar seus mistérios (Gl. 1, 15-24).
  7. 7. Pedro e Paulo em Antioquia(Cap. 2, 11-14) – Divergênciaante os dois.O Evangelho de São Paulo: SãoPaulo quer ensinar que oshomens não justificam pelasobras da Lei, mas pela fé emJesus Cristo (Gálata 2,15...).Filiação Divina – Plenitude dostempos.
  8. 8. V – EfésiosOcasião da cartaSão Paulo esta preso em Roma (Segunda Prisão).Na carta aos Efésios, o Apóstolo exalta:- “Plano Divino da Salvação”:- 1º lugar busca Santidade;- Ter misericórdia.- Triunfo e Supremacia de Cristo:- Roga a Deus pela comunidade que obtenha do Senhor –Sabedoria do Alto (Efésio 1, 15-19).- Que a Salvação é gratuita em Cristo.- Prega a reconciliação dos Judeus e dos Gentios entre si ecom Deus. (Ef.. 2, 11-22)- Paulo se apresenta como Ministro de Cristo:Não abre mão desta primazia. (Ef 3, 1-13).
  9. 9. - Apelo à Unidade- Exorta aos Efésios quehá um só Senhor, uma sófé, um só batismo, há umsó Deus e Pai de todos.(I Ef 4, 1-8).- A Vida Nova Em Cristo.
  10. 10. Paulo adverte que, agora tendo plenoconhecimento de Jesus Cristo, tenha umnovo comportamento, uma nova vida.Adverte sobre a IRA (Ef. 4, 25-26).Tornai-vos imitadores de Cristo, imitadoresde Deus (Ef. 5, 1-2).Proceder como filhos de Deus (Ef.. 5,15-20)Abandone os vícios e costumes pagãos (Ef.5, 15-20).Moral domestica: Harmonia na famíliacomo membros da Igreja, matrimônioindissolúvel (Ef.. 5,31), obediência dosfilhos para com seus pais, etc.Combate Espiritual- Vestir a armadura de Cristo (Ef. 6, 10-20)
  11. 11. VI – FilipensesFelipos foi a 1ª cidade que Paulovisitou em território Romano, no ano50dc, (At. 16, 11ss).Foi à comunidade que Paulo tinhamuito carinho e gratidão.É uma carta do cativeiro em Roma.Credita-se que esta carta foi escritanos anos 60 ou 63 dC.A carta aos Filipenses tem asmesmas características da carta aosTessalonicenses.Nesta carta, bem como nas duascartas aos Tessalonicenses é quePaulo associa Timóteo ao seu grupo.
  12. 12. Saudações e ação de Graças é a marca indelével de Paulo em suascartas.Exorta a comunidade de Filipos a lutar pela fé – Viver uma vidadigna do evangelho de Cristo. (Fl. 1, 27-30).Manter a unidade na humildade. Evitar competição e vanglórias, aexemplo de Cristo que esvaziou-se a si mesmo. (Kenises) (Fl. 2, 1-11).Operar a salvação.- Operar a salvação com “temor e tremor”. (F 2,12)Missão de Timóteo e de Epafrodito.- Colaboradores de Paulo na missão e mensageiro de levar cartas.- Paulo mostra o verdadeiro caminho da salvação Cristã: Enfatizaensinamento feito por Ele, (finalmente, irmãos regozijem-vos noSenhor).- Escrever-vos as mesmas coisas não me é penoso.... (Fl. 3, 1)Último Conselho.- Paulo exorta a comunidade que ouça seus colaboradores e Filipe:“Evódia, Sítique, Sizigos. (Fl 4, 10-14).
  13. 13. VII – ColossensesA carta aos Colossenses foi escrita docativeiro de Roma.A comunidade “Colossenses”, não foievangelizada por Paulo.Possivelmente foi fundada por seuscolaboradores apostólicos Epafras.O motivo da carta foi porque Paulorecebeu informações alarmantes...
  14. 14. Primado de CristoCristo é a imagem do Deus Pai – Deus invisível (Cl. 1, 15-16)- Cristo é a cabeça da Igreja (Cl. 1,18)- Cuidado de Paulo pela fé dos Colossenses – Recomenda avivencia e busca dos tesouros da sabedoria e do conhecimentode Deus (Cl 2,3).Advertência contra os erros:- Exalta a vivencia da verdadeira fé em Cristo – Ter cuidadocontra os que vos escravizam e enganam...- Paulo fala da circuncisão de Cristo... (não da circuncisãocarnal).-Reafirmam a união com Cristo celestial (Ressuscitado) é oprincipio da vida nova.-Tendo sido sepultado a vida anterior é agora uma novacriatura. Deveis pensar as coisas do alto, e não os da terra (Cl.3, 1,4).
  15. 15. Preceitos Gerais de Vida Cristã:- Buscar as virtudes, mortifica, pois, osvossos membros terrenos, (Fornicação,Impurezas, paixões, desejos vãos, e aestupidez que é a idolatria. Suportai-vos uns aosoutros, e perdoando-vos mutuamente (Cl. 3,5-13).
  16. 16. VIII – Primeira Epistola aos Tessalonicenses1ª Livro do Novo Testamento escrito no ano 50 dC.A escolha da cidade. Era um dos portos mais importante daGrécia – Paulo viu na comunidade um ponto estratégico paradifundir o Evangelho.Paulo permanece na Tessalônica apenas três meses.Havia em Tessalônica uma grande numero de Judeus. Paulosempre buscava anunciar o evangelho aos Judeus.
  17. 17. Circunstancia da cartaAs circunstancia principais pelos quais Paulo escreveu aprimeira carta os Tessalonicenses são os seguintes:1 – Para animá-los e confortá-los na fé, completando o quetinha deixado incompleto;2 – para lembrar-lhes o referente ás purezas dos costumes,que pelo que parece não eram recomendáveis na Igreja deTessalônica.3 – para aclarar-lhes algumas dúvidas em torno dos defuntos.Esta carta não é de caráter propriamente dogmático, há outrasmais importantes deste ponto de vista doutrinal. No entanto,não faltam algumas passagens importantes para a fé e para aprática da moral da Igreja, principalmente o cap. 4 e 5.
  18. 18. Ocasião da CartaPaulo tem que sair principalmente deTessalônia pelas hostilidades dosJudeus. Todavia, não tinha terminado deinstruir completamente a seus Cristãos,faltava catequizá-los ainda mais, noentanto as circunstancias o obrigou apartir. Paulo escreveu essas cartas emCorintos nos anos 50 – 52 dC.
  19. 19. Esquema da Carta1.Saudação2. 1ª parte: Eucaristia eapologia (1,2 - 3,13)3. 2ª parte: doutrinal e exótica(4,1-18; 5, 1-22)4. Conclusão (5, 23-28)
  20. 20. - A atitude de Paulo durante sua estada em Tessalônica.- Por causa das atitudes e franquezas de Paulo – falava doevangelho de Deus sem buscar agradar aos Judeus.- Exortava e encorajava os novos seguidores.- A fé e a paciência dos Tessalonicenses.- Paulo engrandecia a convivência pelo interesse que tiveramdurante das suas pregações.- A preocupação do Apostolo Paulo sentia impedido de continuara ensinar (completar), mas depositava sua confiança nacomunidade florescente.- O envio de Timóteo a Tessalônica.- A angustia de Paulo e o zelo pelos novos membros da igrejahora fundada em Tessalônica e não podendo suportar a esperaenviou seu colaborador Timóteo, para verificar como estavaprocedendo, e para tranquiliza-los e motiva-los - Recomendá-losna busca incessante de Santidade – exortando a progredir cadavez mais.
  21. 21. Quanto às preocupações comos mortos e os vivos na vindado senhor. (Cl 4, 13-18).A vigilância aguardando a vindado Senhor (Cl 5, 1-11).Algumas exigências da vidacomunitária:- ter paciência com os fracos.- Viver em paz um com osoutros;- Advertir os indisciplinados;- Orar sem cessar;- Discernimento (Ficar com oque e bom) (Col. 5, 12-22) –(Divisão do corpo, da alma e doespírito – Col. 5, 23-27).
  22. 22. IX – Segunda aos TessalonicensesA Segunda carta – É uma exortação e dealegria do Apostolo, por receber noticias pelo seucolaborador Timóteo.- Paulo faz uma ação de graças pelas maravilhasdas noticias dadas por Timóteo (2 Tes. 1, 3-5ss)- Reforça sobre a vinda do senhor o queprecederá (Tes. 2, 1-8).Exorta à perseverança (Tes. 2, 13-17)- Exorta oração e trabalho (Tes. 3, 1-5)- Adverte contra a desordem (Tes. 3, 6-9)
  23. 23. X – Primeira Epístola a TimóteoData carta I e II – nos anos 60.- As Epistolas a Timóteo (comunidade) e Tito, são cartaspastorais. Nelas se trata da organização da Igreja e aspectosconcretos que interessem ao seu funcionamento. Paulo sepreocupava como se preparar para uma longa permanência daIgreja no mundo até a vinda do Senhor, que não se sabe quandoserá.Na organização se aconselha como instituir a hierarquia> Bispos,Presbíteros e Diáconos.
  24. 24. - Recomenda como deve ser a oração dos fieis na comunidade.(Oração da comunidade nas missas) – recomenda um espíritoaberto para rogar por todos os homens, por todos os governantese por todas as autoridades constituídas (I Tm. 2, 1-4).- Recomenda a compostura da mulher (I Tm. 2, 9-15).OBS.: Aqui Paulo parece se comportar como antifeminista. Não éassim, São Paulo quando fala que “a mulher escute a instruçãoem silencio, com toda a submissão”, não quer dizer submissãohumilhante, o verbo que utiliza “HYPOTASSEIN”, significa “porem baixo de”, mas também <ordena de forma harmoniosa>.Quando Paulo diz “que a mulher escute com toda a submissão”,fala da ordem conveniente numa família.Numa família deve haver ordem e ordem consciente de que omarido é a cabeça do lar. A submissão é humilhante somentequando é imposta, forçada, obrigatória e se faz contra a vontade,mas quando se faz por amor não é humilhante, muito pelocontrário. (Ef. 5, 21-24).
  25. 25. - É a vez dos bispos e dos quepresidem a comunidade:“Eis uma coisa certa: queaspira ao episcopado, saibamque está desejando uma funçãosublime”. (I Tm 3,1)- Paulo insiste: “É preciso,porem, que o episcopado sejairrepreensível”. As qualidadesque enumera não sãoespecificas de um bispo, sãoatribuições de todos cristãosautênticos, mas, sem dúvidas,devem encontrar-se num graueminente de um bispo.
  26. 26. Exorta aos casados ............... (I T. 3, 2-7)Exorta aos diáconos .............. (I T. 3, 8-8)Exorta aos diáconos .............. (I T. 3, 11-12)Exorta aos diáconos .............. (I T. 3, 12-13)- Adverte contra os falsos doutores (I Tm 1, 3-7)- Ensina o verdadeiro papel da lei (I Tm. 1, 8-11)- Paulo fala da sua vocação (I Tm 1, 12-17)- Exorta Timóteo diante de suas responsabilidades.- Recomenda o zelo “A oração litúrgica”.
  27. 27. XI – Segunda a Timóteo          - Na segunda Epistola a Timóteo Paulo estimula seu fiel Timóteo e exalta suas virtudes, zelo para com a Igreja – Aqui Paulo demonstra que Ele próprio ordenou Timóteo: “Por este motivo, eu te exorto a reaviver o dom de Deus que há em ti pela imposição das minhas mãos”. (II Tm. 1,6).        - Exalta a Timóteo sobre o sentido dos sofrimentos do Apostolo Cristão. “Fortificam-te meu filho, na graça que esta em Cristo Jesus”. (II Tm. 2, 1-2).         -  Aconselha a Timóteo na luta contra o perigo atual dos falsos doutores.          - Solene demonstração – “Eu te conjuro, diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de vir julgar os vivos e os mortos, pela sua aparição e por seu reino: Proclama a palavra, insiste, no tempo oportuno e no importuno, refuta, ameaça, exorta com toda a paciência e doutrina”. 
  28. 28. Paulo no acaso de sua vida(II Tm. 4, 6-8)  Quanto a mim, já fui oferecido... - “Combati o bom combate...”. - Últimas recomendações: - Procurar vir me encontrar...Pois Demas me abandonou...Tito para Dalmácia...Somente  Lucas está comigo...
  29. 29. XII – Epistola a Tito         - A  epistola a Tito juntamente com 1º e 2º a Timóteo e Filémon tem um caráter individual.                    Trata-se  da  organização  da  Igreja,  aos  seus  mais  fieis discípulos. Portanto a partir do Séc. XVII chamá-los de “Pastorais”.  Longe  de  supor,  como  se  tem  pretendido,  uma  evolução  da hierarquia eclesiástica que seria posterior ao tempo de São Paulo, elas refletem ao contrario, uma etapa que é perfeitamente verossímil na época do fim de sua vida. (anos 65 a 67). O titulo de “Episcopal”, aparece ainda como praticamente sinônimo do de “Presbítero”. (Ti 1, 5-7) e (At. 20, 17-28).          Não existe ainda vestígio algum do “Bispo” monárquico tal como aparecerá com Santo Inácio de Antioquia.                    -  Os  delegados  de  Paulo,  que  são  Timóteo  e  Tito, representam  esta  autoridade  apostólica  que  esta  em  vias  de  se transmitir para suprir o próximo desaparecimento dos Apóstolos, e que em breve se fixará em cada comunidade em chefe do colégio presbiterial, que será o bispo. (I Tm 3,2-5 ; 17 – Ti 1, 7-9).
  30. 30.  - Paulo descreve os deveres particulares de certos fieis:Os velhos sejam sóbrios, respeitáveis, sensatos, fortes na fé, na caridade e na perseverança. As mulheres idosas igualmente...Aos jovens, para que em tudo sejam criteriosos .... (Ti 2, 1-10). - Fundamento dogmático dessas recomendações (Ti 2, 11-15)A  graça  de  Deus  se  manifestou  para  salvação  de  todos  os homens. Ela nos ensina a abandonar a impiedade e as paixões mundanas  e  a  viver  neste  mundo  auto  domínio,  justiça  e piedade...Recomendações: ... atender as necessidades urgentes e, assim, não fiquem infrutíferas.  
  31. 31. XIII – Epistola a FilémonA  carta  tem  um  caráter  pessoal. (individual). E o menor livro do N.T.  Não tem divisão de capitulo.É  um  pedido  do  Apostolo  Paulo  em favor  de  ONÉSIMO  –  Um  escravo que pertencia a Filémon, e que está em  Roma  servindo  ao  Apóstolo  no cativeiro.Como  Paulo  está  sentenciado  para morrer, se preocupou com a sorte do escravo.  Paulo  diz  que  gerou Onésimo  na  prisão.  Queria  que Filémon  o  recebesse  não  como escravo, mas como um irmão.
  32. 32. XIII – Epistola aos Hebreus A epístola dos Hebreus, pelo seu estilo, (falta ai o endereço e o preâmbulo,  com  as  quais  Paulo  costumava  a  iniciar  suas cartas).Atribui-se  o  autor  anônimo  como:  Barnabé,  Silas,  Aristão  e outros.  O  que  mais  merece  reter  a  atenção  é  sem  duvida “Apolo”, aquele  judeu Alexandrino elogiado por Lucas, por sua eloquência,  zelo  apostólico  e  conhecimento  das  escrituras  (At. 18, 24-28).Local da carta:- Parece que o local onde foi escrito, a carta, foi na Itália, ano 70 dC. 
  33. 33. Motivo da carta   A  carta  aos  Hebreus,  é  motivada  pela  incerteza  que  causou  as comunidades  constituídas  pelo  Apostolo  Paulo  e  seus  colaboradores. Trata-se  da  terceira  geração    dos  Cristão.  Os  primeiros  Apóstolos  e Discípulos  já  haviam  morrido.  Vem  como  um  alerta:  Agora  a responsabilidade é de vocês. Não deixe o barco afundar.Provas escriturístico  - O filho e superiores aos anjos...Exortação – não fugir do caminho...Nossa redenção realizada por Cristo e não pelos anjos...Temos Jesus sumo Sacerdote fiel e misericordioso.Nossa fé introduz no repouso de Deus.Exorta a figura do sacerdote – Tirado do meio do povo (Hb. 5. 1-4).A superioridade de Cristo sobre os Sacerdotes Levíticos.Superioridade  do  Culto,  do  Santuário  e  da  meditação  de  Cristo Sacerdotal.Nova Aliança (Nova lei, não tempos).       - Hebreus – 9 – Cristo entra no santuário celeste...      - hebreus nos certifica que só há uma vida (Não há reencarnação) (Hb. 9, 27-28).
  34. 34. A Fé Perseverante Transição – Transmitir sempre nossa fé e nossa esperança na promessa (Hb. 10,23)O perigo da apostasia. Só o senhor pode julgar o seu povo... (Hb 10,26...)Motivo da perseverançaExorta  a  rever  o  exemplo  do  1ºs.  Apóstolos  e  Discípulos  – Prisioneiro – Não deixam de dar testemunho da sua Fé. Apêndice Ultimas recomendações:- Adverte sobre adultério e matrimonio Toda Fé é vivida no sacrifício “Não temos cidadepermanente”. Vamos em busca da futura.
  35. 35. Palestra : As Epístolas de São PauloAutor: José Humberto Delalibera 2013Arte: Eliana

×