Laboratorio multimedia I-dossier-barbara_cruz_paulofontes

315 visualizações

Publicada em

Dossíer de Produção do projecto crossmedia para para Unidade Curricular Laboratório Multimédia de Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Realizado por Bárbara Cruz e Paulo Fontes

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
315
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
63
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Laboratorio multimedia I-dossier-barbara_cruz_paulofontes

  1. 1. Laboratório Multimédia Ideia | Conceito A ideia inicial seria construir uma plataforma Online onde as pessoas poderiampartilhar fotografias, vídeos, histórias, experiências, músicas, etc. onde se relacionassem comum rio. Com este projeto através do olhar do utilizador pretendemos reunir informações sobrerios por todo o mundo, e construir um suporte documental de todos os rios patentes nasparticipações.
  2. 2. Sinopse Projeto desenvolvido no âmbito da unidade curricular Laboratório Multimédia I, docurso Comunicação e Multimédia. Pretendemos com esta página reunir conhecimentos sobre rios por todo o mundo evivências sobre o ponto de vista do utilizador construindo um percurso visual, histórico,experimental através da partilha de fotografias, vídeos, músicas, textos, poemas e experiênciassobre um rio. Entra connosco nesta viagem e divulga as tuas aventuras.
  3. 3. Página FacebookEsta página é um Projeto cross-Media desenvolvido no âmbito de Laboratório e Multimédia,consiste na partilha de experiências, Fotografias, Videos, etc.Link: http://www.facebook.com/ViverRIOS
  4. 4. Relatório Inicialmente tínhamos algumas espectativas em relação a este projeto, dedicamo-nosa divulgá-lo e a torná-lo num projeto cross-media. Após algumas participações, e a pouca adesão verificamos que não estávamos aalcançar os nossos objetivos. Também devido ao escasso tempo da implementação da páginaFacebook a taxa de sucesso não foi elevada, conseguimos mais de 20 publicações, mas nãotivemos o alcance que pretendíamos. Pensámos em criar um mapa interativo de forma a que fosse mais apelativo; estemapa consistia numa espécie de pontos marcados, pelas pessoas, de um rio, como envolviamais conhecimentos técnicos, não foi possível a sua execução. Contudo gostámos de elaborar este projeto, pensamos que o número de participaçõesou a adesão não faz justiça ao esforço envolvido pela nossa parte.
  5. 5. ReferênciasA nossa pesquisa foi essencialmente sobre mapas interativos, exemplos, e como realizá-los.stillspotting.guggenheim.orghttp://maps.google.com

×