Aula 1 2

195 visualizações

Publicada em

SISTEMAS PARA INTERNET AULA DE JAVA PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO 2015

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
195
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 1 2

  1. 1. Programação Orientada a Objetos Professor Eng. Ms. Will Roger Pereira 1
  2. 2. Objetivos da aula  Introdução a programação Java:  Primeiro programa em Java;  Variáveis;  Entrada de dados pelo teclado;  Aritmética;  Operadores de comparação;  Operadores lógicos;  Controle de fluxo condicional;  Controle de fluxo recursivo. 2
  3. 3. Primeiro programa Java  Abra o editor de texto Notepad++;  Na tela que se abriu, clique no menu Arquivo  Salvar Como; 3
  4. 4. Primeiro programa Java 1. Selecione a pasta de sua escolha; 2. Coloque o nome do seu arquivo, e.g. ‘aula.java’; 3. Selecione o tipo do arquivo como ‘Todos os tipos (*.*)’. Dica: É o primeiro. Role o scroll para cima para vê-lo; 4. Clique em ‘Salvar’; 4
  5. 5. Primeiro programa Java  O caminho do seu código fonte Java está na parte superior da tela;  Tenha conhecimento dele. Em seguida abra o Prompt de Comando  cmd. Abra o menu iniciar, digite cmd e aperte Enter. 5
  6. 6. Primeiro programa Java  Digite o caminho para a pasta do seu código fonte;  Digite ‘dir’ para verificar se o arquivo está lá;  Tudo pronto, edite o código fonte no Notepad++; 6
  7. 7. Primeiro programa Java  Mostrar uma linha  String “Hello World”;  Código para o primeiro programa;  Escreva exatamente assim. Observe as letras maiúsculas!  A classe deve ter o mesmo nome do arquivo!  Lembre-se de salvar!  Disquete azul. 7
  8. 8. Primeiro programa Java  Se o Java estiver propriamente instalado em seu computador com o Classpath;  Compilando o código Java: 1. Digite javac aula.java  aula.java é o nome do arquivo; 2. Se nenhuma mensagem foi mostrada  TUDO CERTO!!!  Possível erro:  Mensagem: ‘javac' não é reconhecido como um comando interno ou externo, um programa operável ou um arquivo em lotes;  Solução: O classpath do javac não está instalado corretamente. Consulte o manual de instalação/internet (seu computador) ou peça ajuda técnica (computador IFTM). 8
  9. 9. Primeiro programa Java  Verifique se o seu arquivo compilado .class está na pasta:  arquivo.java  arquivo.class. E.g. aula.java  aula.class; 9
  10. 10. Primeiro programa Java  Executando o arquivo ‘.class’: 1. Digite java arquivo. E.g. aula.class  java aula; 2. É para digitar sem a extensão .class mesmo!  Possível erro:  Mensagem: Não foi possível localizar nem carregar a classe principal;  Solução: Digite no cmd  set CLASSPATH=.;%CLASSPATH%;  Isto é problema no classpath do java. Esta solução é paliativa e dura até o cmd ser fechado. 10
  11. 11. Estrutura já conhecida  Primeiro programa realizado:  Estruturas conhecidas:  Classe principal  class aula;  Método principal  public static void main(String[] args);  Impressão de informação na tela  System.out.println(“Hello World”); 11
  12. 12. Concatenando informações  Utilizado o operador sobrecarregado ‘+’:  O método ‘println’ aceita qualquer tipo de dado;  Existe um outro método para mostrar informação: O ‘print’; 12
  13. 13. Variáveis  Variáveis servem para armazenar informação.  Sintaxe: 1. tipo nomedavariável;  Variável não inicializada. 2. tipo nomedavariável = valor;  Variável inicializada.  Exemplo:  int x = 2;  Observações:  Não é possível utilizar uma variável não-inicializada;  O tipo de valor e da variável devem ser idênticos ou compatíveis. 13
  14. 14. Alguns tipos existentes  int  número inteiro:  Ex: 0, -5, 2, 600.  float  número real de precisão simples;  double  número real de precisão dupla;  Ex: 3.1415, -5.89, 0.125;  Observação: É utilizado ponto (‘.’) para separar as partes real e decimal.  boolean  verdadeiro ou falso;  Ex: true, false.  String  cadeia de caracteres.  Ex: “Will Roger”, “IFTM”.  Observação: String se escreve com letra inicial maiúscula, pois não é um tipo primitivo. É possível criar um tipo de dado. 14
  15. 15. Operador de atribuição  Para mudar o valor de uma variável, é utilizado o operador de atribuição ‘=’;  Sintaxe:  variáveldedestino = valor;  Ex: Sendo x uma variável do tipo int  x = 2;  Observação: O valor e a variável de destino devem do mesmo tipo ou de tipos compatíveis. 15
  16. 16. Recebendo dados pelo teclado  Para receber dados pelo teclado, a primeira coisa a fazer é colocar, antes de qualquer classe (inclusive a principal) o seguinte código:  Crie uma variável exatamente como descrito abaixo:  Toda vez que quiser receber valores do teclado, digite o seguinte código: 16
  17. 17. Recebendo dados pelo teclado  O cursor irá piscar, esperando uma informação. Quando a informação estiver completa, aperte ENTER;  Lembre-se de criar um prompt para o usuário saber o que deve digitar:  Caso queira guardar esta informação, guarde em uma variável do tipo String. 17
  18. 18. Aritmética  Os operadores aritméticos são os mesmos de outras linguagens já aprendidas. Envolvem números inteiros e reais;  A notação matemática no Java é infixa, ou seja, o operador fica entre os operandos;  Operadores:  +  Soma. Ex: 2+2 = 4;  -  Subtração. Ex: 2-2 = 0;  *  Multiplicação. Ex: 2*2 = 4;  /  Divisão. Ex: 2/2 = 1;  %  Módulo (Resto da divisão). Ex: 2%2 = 0. 18
  19. 19. Convertendo dados  Para utilizar informações, pode ser necessário convertê-las para outros tipos. A seguir segue alguns exemplos de conversão:  Para int  Integer.parseInt(valor);  Para Double  Double.parseDouble(valor);  Para String  String.valueOf(valor);  Observação: valor deve ter um tipo compatível com o destino:  Converter “4” para int  Correto;  Converter “3.1415” para int  Erro;  Converter “a” para int  Erro. 19
  20. 20. Operadores de decisão  Para tomar decisões, o computador precisa de parâmetros;  Operadores de decisão são utilizados para comparar valores e/ou expressões, de maneira que o computador consiga tomar decisões baseadas nos resultados;  Tipos de operadores:  Operadores de comparação;  Operadores lógicos. 20
  21. 21. Operadores de comparação  Para comparar valores, são utilizados os seguintes operadores:  ‘==’  Igualdade. Ex: 2 == 2  true, 8 == 1  false;  ‘!=’  Diferença. Ex: 2 != 2  false, 8 != 1  true;  ‘>’  Maior. Ex: 2 > 2  false, 8 > 1  true;  ‘>=’  Maior ou igual. Ex: 2 >= 2  true, 8 >= 1  true;  ‘<’  Menor. Ex: 2 < 2  false, 8 < 11  true;  ‘<=’  Menor ou igual. Ex: 2 <= 2  true, 8 <= 11  true.  Observação: Só podem ser comparados valores do mesmo tipo ou de tipos compatíveis;  Estes operadores sempre retornam valores booleanos. 21
  22. 22. Operadores lógicos  Servem para comparar resultados de operadores de comparação (resultado booleano), de modo que seja possível avaliá-los em conjunto:  ‘&&’  And (e). Se os dois elementos forem true, retorna true. Caso contrário retorna false:  true && true  true;  true && false  false;  false && true  false;  false && false  false.  ‘||’  Or (ou). Se um dos elementos for true, retorna true. Caso contrário retorna false:  true || true  true;  true || false  true;  false || true  true;  false || false  false. 22
  23. 23. Controle de fluxo condicional  Permite escolher qual trecho de código será executado, baseado nos operadores de decisão; 23
  24. 24. Controle de fluxo recursivo  Baseado na decisão, permite repetir um trecho de código;  Decisão: Operador de decisão que envolve a variável do Valor Inicial que decidirá que o código será executado ou não. Ex: i<10; 24
  25. 25. Controle de fluxo recursivo  Baseado nas condições propostas, permite repetir um trecho de código; 25
  26. 26. Controle de fluxo recursivo  Valor Inicial: Definição de variável inicializada para realização de Decisão e Operação. Ex: int i = 0;  Decisão: Operador de decisão que envolve a variável do Valor Inicial que decidirá que o código será executado ou não. Ex: i<10;  Operação: Operação envolvendo a variável do Valor Inicial, realizada após a execução do código, para modificar o valor dela, preparando-a para uma nova decisão. Ex: i++. 26
  27. 27. Pratique bem as ferramentas aprendidas para aprimorar sua lógica de programação. 27

×