Colégio NacionalLilio A. Paoliello Jr.REUNIÃO GERALMAIO 2011
Foco das discussões - maio As tipologias de conteúdo como principal  referência no processo de sala de aula e de  avaliaç...
ATIVIDADES REUNIÃO COORDENAÇÃO DE ÁREA + SÉRIE + NÚCLEO +  DIRETORES Ansiedades, comentários, exposição das diretrizes d...
Análise de questões de testes-              Dificuldades                       Facilidadesdiagnóstico de várias séries e d...
Análise do trabalho de alguns professores, a   Avaliação                  Ensino /Aprendizagempartir das questões de teste...
Análise de questões de testes-   Conquistas                             Necessidades                              Discutir...
Análise de questões de testes-   Necessidades                        Facilidades                            Repensar comod...
ATIVIDADES OBSERVAÇÃO DE AULAS (LUIZ HENRIQUE /  MATEMÁTICA; LEANDRA / SOCIOLOGIA; ADEMAR /  PORTUGUÊS; ZÉ GOTINHA / QUÍM...
ATIVIDADES REUNIÃO GRUPO FOCAL COM ALUNOS      O que você aprendeu nesta semana?              BASE DA DISCUSSÃO Tipologi...
ATIVIDADES REUNIÃO GRUPO FOCAL PROFESSORES      O que você ensinou nesta semana?             BASE DA DISCUSSÃO Tipologia...
ATIVIDADES REUNIÃO COM TODAS AS  COORDENADORAS DE SÉRIE Visão geral do trabalho. Possibilidades de formação continuada ...
ATIVIDADES REUNIÃO GERAL COM PROFESSORES Apresentar papel do consultor como  acompanhador. Incluir cronograma de trabal...
ATIVIDADES FECHAMENTO COM COORDENAÇÃO DE    ÁREA + SÉRIE + NÚCLEO + DIRETORES   Possibilidade de se fazer o fechamento c...
Boletim informativo Quais informações? Quem será o responsável? Como podemos colaborar? Quem será o leitor? Veiculaçã...
Reunião geral
Reunião geral
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reunião geral

462 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
462
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reunião geral

  1. 1. Colégio NacionalLilio A. Paoliello Jr.REUNIÃO GERALMAIO 2011
  2. 2. Foco das discussões - maio As tipologias de conteúdo como principal referência no processo de sala de aula e de avaliação. Conteúdos conceituais Conteúdos procedimentais Conteúdos atitudinais O que devemos saber? Como devemos fazer? Como devemos ser?
  3. 3. ATIVIDADES REUNIÃO COORDENAÇÃO DE ÁREA + SÉRIE + NÚCLEO + DIRETORES Ansiedades, comentários, exposição das diretrizes do trabalho do mês. Discussão sobre boletim informativo. REUNIÃO COORDENADORES Apresentação dos quadros situacionais de cada área. Trabalho expositivo/reflexivo sobre as tipologias de conteúdo. Dificuldades / facilidades em relação à atividade proposta para o mês.
  4. 4. Análise de questões de testes- Dificuldades Facilidadesdiagnóstico de várias séries e disciplinas. Enunciado – relação texto Produção das alternativas.Internas às provas /alternativas Exigência de múltiplos “Dicas” para palavras afirmativas / conhecimentos em um mesma restritivas. questão. Trabalho com questões Aproximação do modelo “ENEM”. interpretativas. Elaboração de testes de Filosofia. Relação entre texto, ilustração, fonte e conceito. A função do texto em uma questão. Memorização Interpretação de textos.Externas às provas Relação com o cotidiano. Interpretação de mapas. Subjetividade na elaboração da questão. Textos difíceis. Representação cartográfica. Detalhes X “dicas” CH
  5. 5. Análise do trabalho de alguns professores, a Avaliação Ensino /Aprendizagempartir das questões de testes-diagnóstico devárias séries e disciplinas.Química Paradigma dos Exercícios Exposição de modelos, nem sempre coloca significado. Trabalha com contexto e significado. Apresenta a química do cotidiano. Ideias boasBiologia Tradicional Falta relação do conteúdo com a realidade. Faz algumas relações com o cotidiano. Contaminar –se pelo grupo tradicional. Domínio do conteúdo tradicional.Física Sem definição Trabalho com fórmulas e não necessariamente com o fenômeno. Dificuldades em Física Moderna. CN
  6. 6. Análise de questões de testes- Conquistas Necessidades Discutir a relaçãodiagnóstico de várias séries e entre processo dedisciplinas. avaliação e oEspanhol Dificuldade de percepção da realidade processo de do aluno. autonomia. Analisar as ações Adequar a forma à função da questão. didáticas, tendo como parâmetros Contextualização em relação à o caráter: transposição didática escolhida pelo • Casual professor. • IntencionalPortuguês Trabalhar de forma intencional os • Consciente conceitos que devem ser de “domínio público” dos alunos. Levantamento de termos específicos da área, uso intencional desses termos em aula.Português Questão fácil , boa questão de averiguação. Boa seleção de variáveis a serem avaliadas, corretos descritores.Português Problemas de adequação forma/função. Adequar descritores.Inglês Boa percepção do modelo ENEM Boa relação texto / alternativas com alternativas entre si.Português Discutir aspectos da construção e análise de questões. LC
  7. 7. Análise de questões de testes- Necessidades Facilidades Repensar comodiagnóstico de várias séries. se avalia o Estudo de lógica “mínimo Adequação do descritor e da essencial” para expectativa de aprendizagem. prosseguimento Análise estrutural das questões. em um curso e os alunos “com Aprimorar formato da questão. capacidade Cuidados na elaboração do máxima”. enunciado para que não se torne um instrumento de “ação entre amigos, em que o professor não descreve o que pretende e o aluno presume, sem ler o enunciado. Trabalhar com matemática aplicada Formato da questão Questão operatória bem elaborada. Explora de forma interessante a experiência anterior do aluno e a leitura do texto matemático. Adequar o tipo de questão ao objetivo do avaliador. Matemática aplicada. Vários tipos de raciocínio poderiam ser aplicados para se resolver a questão. Explora bem os aspectos da proporcionalidade. Aproxima-se do modelo ENEM. MAT
  8. 8. ATIVIDADES OBSERVAÇÃO DE AULAS (LUIZ HENRIQUE / MATEMÁTICA; LEANDRA / SOCIOLOGIA; ADEMAR / PORTUGUÊS; ZÉ GOTINHA / QUÍMICA Apreender o conceito ensino/aprendizagem do professor. Levantar subsídios para a reunião com coordenador de área (tipologia de conteúdos). REUNIÃO COM COORDENADOR DE ÁREA E COORDENAÇÃO DE SÉRIE Discutir a tarefa proposta para o mês. Discutir a tipologia de conteúdos na área. Apresentar proposta de trabalho para o mês seguinte.
  9. 9. ATIVIDADES REUNIÃO GRUPO FOCAL COM ALUNOS O que você aprendeu nesta semana? BASE DA DISCUSSÃO Tipologia dos conteúdos – buscar relação... Síntese da discussão do mês anterior: força da instituição X responsabilidade individual. Eleger um redator para a síntese do grupo.
  10. 10. ATIVIDADES REUNIÃO GRUPO FOCAL PROFESSORES O que você ensinou nesta semana? BASE DA DISCUSSÃO Tipologia dos conteúdos – buscar relação... Síntese da discussão do mês anterior: ansiedade pelas mudanças que o ENEM pode trazer; sobrecarga de trabalho. Eleger um redator para a síntese do grupo.
  11. 11. ATIVIDADES REUNIÃO COM TODAS AS COORDENADORAS DE SÉRIE Visão geral do trabalho. Possibilidades de formação continuada do professor. Criar matriz para quadro situacional. Montagem de quadro situacional da série.
  12. 12. ATIVIDADES REUNIÃO GERAL COM PROFESSORES Apresentar papel do consultor como acompanhador. Incluir cronograma de trabalho do ano. Retomar apresentação mês de abril - O processo de avaliação Relacionar com tipologia de conteúdos.
  13. 13. ATIVIDADES FECHAMENTO COM COORDENAÇÃO DE ÁREA + SÉRIE + NÚCLEO + DIRETORES Possibilidade de se fazer o fechamento com coordenadores, antes do fechamento final. Síntese dos trabalhos. Visão do consultor. Avaliação do trabalho pela equipe. Próximos passos.
  14. 14. Boletim informativo Quais informações? Quem será o responsável? Como podemos colaborar? Quem será o leitor? Veiculação / periodização

×