Livro 6 acces

395 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro 6 acces

  1. 1. NOVA EDIÇÃO INFORMÁTICA podem ser de três tipos: MS- ACCESS • Um para UmO MS-ACCES é o aplicativo de banco de dados do • Um para VáriosOFFICE, onde as informações são elaboradas para que • Vários para Várioso usuário tenha maior facilidade de cadastro, consultae impressão de dados. Relacionamento do Tipo Um para Um: Esta relação existe quando os campos que seUm arquivo .mdb é um Banco de Dados do relacionam são ambos Chaves Primárias em suasMicrosoft Access. Esse banco de dados contém respectivas tabelas. Cada um dos campos nãodiversos elementos: Tabelas, Consultas, apresenta valores repetidos. Na prática existemFormulários, Relatórios, Macros e Módulos. poucas situações onde utilizaremos um relacionamento deste tipo.Componentes do Access:Tabela: Onde são armazenadas todas as informaçõesde dados (nome, end, cpf, carro, peças, etc.).Consulta: Para se fazer pesquisa dos dadosFormulário: Para a entrada dos dadosRelatórios: Para imprimir os dadosMacros: Rotinas para otimização do banco de dados.Módulos: Para linguagem de programação visualbasic. (Uso p/pessoas com conhecimento delinguagem de Programação.)O banco de dados deve ser feito através do modoestrutura já que possui modo visualização e modo de Relacionamento do Tipo Um para Vários:entrada de dados. Este é, com certeza, o tipo de relacionamento mais comum entre duas tabelas. Uma das tabelas (o ladoPara os usuários que irão construir um banco de um do relacionamento) possui um campo que é adados deverá iniciar pelas tabelas no modo estrutura Chave Primária e a outra tabela (o lado vários) see isso requer um planejamento de campos, tamanhos relaciona através de um campo cujos valoresde campos, tipo de dados dos campos e etc. relacionados podem se repetir várias vezes.Exemplo de construção da tabela clientes em modo deestrutura. Relacionamento Um para Vários entre as Tabelas Clientes e Pedidos. Observe que o lado Vários do relacionamento é representado pelo símbolo do infinito (∞). No lado Um do relacionamento o campo é definido como uma Chave Primária (Campo CódigoDoCliente na tabela Clientes) e no lado Vários não (campo CódigoDoCliente na tabela Pedidos), indicando que no lado vários o Código do Cliente pode se repetir várias vezes, o que faz sentido, uma vez que um mesmo cliente pode fazer diversos pedidos. No Banco de Dados NorthWind.mdb, que acopanha oChave Primária programa do ms-access temos diversos outrosO Conceito de "Chave Primária" é fundamental para exemplos de relacionamentos do tipo Um para Vários.o correto entendimento de como funciona um Bancode Dados. Vamos entender o que significa um campo Relacionamento do tipo Vários para Vários:ser a Chave Primária de uma Tabela e como tornar Seria uma situação onde em ambos os lados doum Campo a Chave Primária de uma Tabela. relacionamento os valores poderiam se repetir. Vamos considerar o caso entre Produtos e Pedidos. Posso terAo Definirmos um Campo como sendo uma Chave Vários Pedidos nos quais aparece um determinadoPrimária, estamos informando ao Microsoft Access produto, além disso vários Produtos podem aparecerque não podem existir dois registros com o mesmo no mesmo Pedido. Esta é uma situação em que temosvalor no campo que é a Chave Primária, ou seja, os um Relacionamento do Tipo Vários para Vários.valores no campo Chave Primária precisam serúnicos. Na figura abaixo temos a representação dos dois relacionamentos Um para Vários:Relacionamentos entre tabelas 69
  2. 2. NOVA EDIÇÃO INFORMÁTICA consultas, é com esse que a maioria dos usuários irão trabalhar sem ao menos saber a existência das tabelas e consultar no modo de estrutura. A principal aplicação dos formulários é para a criação de telas gráficas, que facilitam a digitação, inserção e alteração de dados.Tabela Detalhes do Pedido ficou com o lado Ex.:Vários dos Relacionamentos.Esta situação em que um relacionamento um paraVários é "quebrado" em dois Relacionamentos dotipo Um para Vários é bastante comum.ConsultasDefinição e UsosVocê utiliza consultas para visualizar, alterar eanalisar dados de diferentes maneiras. Você tambémpode utilizá-las como origem de registros paraformulários e relatórios.O tipo mais comum de consulta é uma consultaseleção. Uma consulta seleção recupera dados deuma ou mais tabelas utilizando critérios por vocêespecificados e, em seguida, exibe os registrosobtidos na ordem desejada. Também podemos criar formulários para facilitar a pesquisa de informações. É comum o uso deVocê cria uma consulta com um assistente ou a partir formulários associados com consultas onde, nodo zero no modo Estrutura da consulta. Você próprio formulário podemos definir os critérios deespecifica os dados com os quais deseja trabalhar pesquisa para a execução de consultas. A definiçãoadicionando as tabelas que contêm os dados e deste tipo de formulário está fora do escopo destepreenchendo a grade de estrutura. curso e será vista no curso de Access - TécnicasUsamos consultas para selecionar registros, atualizar Avançadas.tabelas ou efetuar cálculos com base nos dados já A maior parte das informações de um formulário vêmexistentes em uma tabela. Por exemplo, podemos de uma origem de registros base - uma tabela ouutilizar uma consulta para calcular o total de vendas consulta.por país de destino ou por cliente para umdeterminado ano ou o total mensal de vendas dentro Relatóriosdo ano. Um relatório é a maneira de apresentar seus dadosTambém podemos criar consultas que atualizam os em um formato impresso. Como você tem controledados de uma tabela. Vamos supor que você deva sobre o tamanho e a aparência de todos os elementosaplicar um reajuste de 20% em no Preço Unitário de de um relatório, é possível exibir as informações datodos os produtos da tabela Produtos. Ao invés de maneira como deseja vê-las.fazermos esta modificação manualmente, podemos A maioria das informações de um relatório vêm deutilizar um tipo especial de consulta chamado uma tabela ou de uma consulta, que é a fonte dos"Consulta de atualização", a qual fará as alterações dados do relatório. As outras informações do relatórionecessárias. são armazenadas na estrutura do relatório. Por exemplo:Ex.: Consulta Seleção • título do relatório e os cabeçalhos estão armazenados na estrutura do relatório. • A data vem de uma expressão que está armazenada na estrutura do relatório. • Os dados vêm de campos em uma tabela, consulta ou instrução SQL base. • Os totais vêm de expressões que estão armazenadas na estrutura do relatório. Você cria um vínculo entre um relatório e a sua fonte de dados através do uso de objetos gráficos chamados controles. Os controles podem ser caixas de texto que exibem nomes e números, rótulos que exibem títulos, e linhas decorativas que organizam dados graficamente e tornam o relatório mais atraente. A exemplo dos outros elementos do Microsoft Access, Formulários um relatório possui um modo Estrutura, onde são Os formulários são utilizados para que possamos definidos os controles e todos os demais elementos doimplementar funcionalidades que não seriam possíveis relatório e outros modos, onde são visualizados osde ser implementadas com o uso de tabelas ou resultados obtidos. Para visualizar, na tela, o 70
  3. 3. NOVA EDIÇÃO INFORMÁTICAresultado de um relatório, nos utilizamos o modo relatório para exibir o total de vendas por país. NesteVisualizar impressão e, para imprimir um relatório, relatório cada país constitui um diferente grupo denós temos o modo Imprimir. vendas. • Seção detalhe: A seção detalhe contém oModo Estrutura corpo principal dos dados de um relatório. Essa seçãoO modo Estrutura de um relatório é comparável com é repetida para cada registro da origem do registroa uma prancheta de trabalho onde um projeto é base do relatório.organizado e as ferramentas de que você precisa está • Rodapé do grupo: Aparece no final de umdisponível. Algumas das ferramentas disponíveis grupo de registros. Utilizado para itens como totais deneste modo são as barras de ferramentas, as réguas, grupos.a caixa de ferramentas e a barra de status. • Rodapé da página: O rodapé da páginaO funcionamento dos relatórios está baseado em duas aparece na parte inferior de cada página do relatório.fontes de informações: tabela ou consulta de origem, Você pode utilizá-lo para exibir itens como númeroscomo fonte de dados, e a própria estrutura do de página.relatório. O vínculo entre um relatório e sua origem • Rodapé do relatório: O rodapé do relatóriode dados é criado por objetos gráficos chamados aparece uma vez ao final do relatório. Você podecontroles. Os tipos de controles são: utilizá-lo para exibir itens como totais do relatório. O• Caixas de texto: exibem nomes e números. rodapé do relatório é a última seção na estrutura do• Molduras: exibem imagens e gráficos. relatório, mas aparece antes do rodapé da página na• Rótulos: exibem títulos e linhas e retângulos última página do relatório impresso.gráficos. Caixa de Ferramentas: A caixa de ferramentas deve ser utilizada para criar controles no relatório. Para adicionar um controle, clique na ferramenta para selecioná-la. Quando você move o ponteiro sobre o relatório, o ponteiro altera para a ferramenta da caixa. Clique no relatório onde deseja localizar o controle. Exemplo de formulário a nível de trabalho freqüente dos usuários.Seções de um relatórioAs informações de um relatório podem estar divididasem seções. Cada seção tem uma finalidade específica,sendo impressa em uma ordem previsível na página eno relatório.No modo Estrutura, as seções são representadascomo faixas e cada seção contida no relatório érepresentada uma vez. No relatório impresso,algumas seções podem ser repetidas várias vezes.Você determina onde as informações aparecem emcada seção posicionando controles, como rótulos ecaixas de texto.• Cabeçalho do relatório: O cabeçalho dorelatório aparece uma vez no início de um relatório(no início da primeira página do relatório). Você pode Macrosusá-lo para itens como um logotipo, título de relatório Com Macros podemos automatizar uma série deou data de impressão. O cabeçalho do relatório é tarefas repetitivas, economizando tempo. Uma macroimpresso antes do cabeçalho da página na primeira pode conter uma ou mais ações, tais como: Executarpágina do relatório. uma consulta, Abrir um Formulário, Aplicar um Filtro,• Cabeçalho da página: O cabeçalho da etc.página aparece no topo de cada página do relatório. A correta utilização das Macros nos propiciaVocê pode utilizá-lo para exibir itens, como títulos de uma série de facilidades e benefícios as quaiscoluna. somente poderiam ser obtidas com a utilização de• Cabeçalho de grupo: Um cabeçalho de programação (Visual Basic for Applications – VBA).grupo aparece no início de um novo grupo deregistros. Você pode utilizá-lo para exibir informaçõesque se aplicam ao grupo como um todo, tal como onome de um grupo. Por exemplo, podemos criar um 71

×