CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - ALAGOAS
COORDENADORIA DE CURSOS SUPERIORES
COORDENADORIA DE INFORMÁTICA
PROJETO D...
CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - ALAGOAS
COORDENADORIA DE CURSOS SUPERIORES
COORDENADORIA DE INFORMÁTICA
Projeto r...
MACEIÓ – 17 de março de 2004
Apresentação do Projeto
Foi feito o levantamento da situação aonde se encontra a rede de comp...
ABORDAGENS DA INSTITUIÇÃO
O CEFET-AL, Centro Federal de Educação Tecnológica do Estado de Alagoas, constituído
de uma sede...
Objetivo do Projeto
O corrente projeto tem como objetivo elaborar uma proposta que vise à estruturação da
total rede de co...
Metas para o Negócio
O projeto de redes apresentado trará grandes benefícios para a Instituição, que vão desde o
equipamen...
De que meu Cliente precisa?
Serviços Rodando na Rede
- Servidor de Arquivos;
- Servidor Web;
- Servidor de Correio Eletrôn...
Topologia da Rede Física
A solução adotada para a Intranet da Coordenadoria de Informática deverá suportar uma
estrutura d...
Estrutura do CORE
Ferramenta de gerenciamento - Usersmangue (soft em PHP)
Todos os servidores sem redundância
Climatização...
Descrição dos equipamentos Passivos.
Conector RJ-45 Macho
Descrição: Conector com 8 vias para cabos do tipo par-trançado n...
Tomada para conector RJ-45 fêmea
Tomada RJ 45
Modelo: 406372-2
Descrição:
Aplicado em Sistemas de Cabeamento Estruturado, ...
Patch Panel
Patch Panel 24RJ
Modelo: 406330-1
Descrição:
Patch Panel que obedece todas as normas TIA para performace na Ca...
PATCH CABLE CANAL CAT 6 - 1,5 M
Descrição:
Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens,
segund...
Cabo de rede não blindado (UTP) de Categoria 6 com 4 pares trançados. Foi projetado para
aplicações gerais, como conectar ...
Rack
Rack Fechado H=01,00 24Ux570
Modelo: 010.06.245
Descrição:
Rack Fechado 24U x 570 de profundidade.
Especificações Téc...
Descrição dos equipamentos ativos.
Características:
 Cada slot para módulo de rede: variedade de cartões de interface (LAN, WAN), em
diferentes meios de transmissão (Etherne...
Conclusão I
O trabalho foi realizado tomando como base as aplicações disponíveis atualmente na
Coordenadoria, além de ter ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Report - Network Design - CEFET / IFAL.

289 visualizações

Publicada em

The current project aims to develop a proposal that aims at structuring the network of computers and computer equipment for Coordination of Computer Course (CEFE-AL / IFAL).

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Report - Network Design - CEFET / IFAL.

  1. 1. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - ALAGOAS COORDENADORIA DE CURSOS SUPERIORES COORDENADORIA DE INFORMÁTICA PROJETO DE REDE MACEIÓ – 17 de março de 2004
  2. 2. CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA - ALAGOAS COORDENADORIA DE CURSOS SUPERIORES COORDENADORIA DE INFORMÁTICA Projeto referente à disciplina Projeto de Redes de Computadores, ministrada pela professora Eunice Silva, que têm como objetivo principal elaborar um projeto de redes CEFET-AL. Aluno: Michel Alves dos Santos Armando Jorge Fabio Cordeiro Renato Vieira
  3. 3. MACEIÓ – 17 de março de 2004 Apresentação do Projeto Foi feito o levantamento da situação aonde se encontra a rede de computadores da Coordenadoria de Informática do Centro Federal de Educação Tecnológica de Alagoas (CEFET-AL) recolhendo dessa maneira todos os dados referentes aos equipamentos que interconectam a rede. Com base na antiga estrutura da rede desta instituição, podemos levantar alguns pontos de mudança e expansão da estrutura de rede do bloco solicitado, a Coordenadoria de Informática. Portanto deixamos claro na apresentação deste projeto que a reestruturação será executada em apenas um bloco que foi o supracitado. Apresentando desta do projeto de rede Ethernet do CEFET-AL. Temas que serão descriminados e ilustrados pelo projeto: - Abordagem da Instituição; - Objetivo do Projeto; - Metas para o Negócio; - Metas Técnicas; - De que meu Cliente precisa? ; - Topologia da rede física; - Topologia da rede lógica; - Descrição dos Equipamentos Passivos; - Conclusão ;
  4. 4. ABORDAGENS DA INSTITUIÇÃO O CEFET-AL, Centro Federal de Educação Tecnológica do Estado de Alagoas, constituído de uma sede principal, localizada na capital, Maceió, Rua Barão de Atalaia – Centro, S/N e duas unidades descentralizadas, UNED-PI e UNED-MD, localizadas respectivamente em Palmeira dos Índios e Marechal Deodoro, tem como objetivo fim preparar profissionais capacitados para atuar diretamente no mercado de trabalho tanto a nível técnico como a nível tecnológico, e não sendo apenas isto, preparar também estudantes de nível médio para os diversos concursos/testes que futuramente possam enfrentar. A sede principal é constituída pelos seguintes blocos : Bloco Administrativo, Bloco Principal (Bloco onde se encontram a maioria das salas de aula), Bloco de Mecânica, Bloco de Eletrônica, Bloco de Edificações, Bloco de Informática, Bloco de Saneamento, Coordenadoria de Urbanização e o Bloco de Química. Sendo a sede principal responsável por atender as necessidades pedagógicas de mais de 3500 alunos matriculados nos cursos médio, técnico, modular e tecnológico. Sua área de atuação não é restrita apenas a capital, estendendo-se pelo interior do estado na forma de convênios com as mais diversas empresas provendo dessa forma oportunidades de estágio para os diversos profissionais que ganham o mercado de trabalho todo ano graças ao labor dessa instituição. Sua Estrutura Organizacional, quanto instituição, é composta basicamente de Diretorias, Gerências, Departamentos, Coordenadorias, Laboratórios e Incubadora. Atualmente a instituição possui uma rede Ethernet que atende mais ou menos metade de sua estrutura predial, com blocos que ainda não foram totalmente supridos com a demanda de conexão e incorporação ao núcleo da rede. Existe um Centro de Operação de Redes (CORE) que está situado no Bloco da Coordenadoria de Informática e que liga a instituição a internet e os demais blocos no backbone da instituição através de um comutador e uma fibra óptica. Contudo uma estruturação deve ser executada no Bloco que abriga o CORE para a expansão de seu cabeamento visando atender mais dois laboratórios que seriam : Novo Laboratório da Monitoria e o Laboratório 07. Foi verificado também que a saída de fluxo de dados esta congestionada e aparentemente será necessária uma troca de roteador para atender a demanda de perfomance e banda requerida pela instituição.
  5. 5. Objetivo do Projeto O corrente projeto tem como objetivo elaborar uma proposta que vise à estruturação da total rede de computadores e aparelhos computacionais para Coordenadoria de Informática do CEFET-AL. Serão empregadas nessa rede as mais avançadas técnicas e soluções/equipamentos presentes no mercado visando a implantação de uma eficiente ferramenta para a coleta, disponibilização e tratamento de informações fazendo com que todos os processos internos de produção se tornem o mais rápido o possível, que permita usufruir dos benefícios da nova realidade na área da Tecnologia da Informação. Além disso, criar uma infra-estrutura que possibilite, no futuro, integrar as diversas formas de comunicação dentro da Instituição. Dividiremos o projeto em várias etapas, onde elas deverão ser implementadas de acordo com uma prioridade estabelecida baseada na importância dos serviços executados e as informações prestadas pelo setor onde será feito o levantamento, o projeto se propõe a detalhar especificações técnicas de equipamentos e infra-estrutura de cabeamento, outrora fornecer também uma proposta de utilização de uma tecnologia capaz de colocar a Instituição no estado da arte em termos de arquitetura de redes.Não faz parte do projeto tudo e qualquer levantamento que não seja dentro da estrutura física da coordenadoria de Informática.
  6. 6. Metas para o Negócio O projeto de redes apresentado trará grandes benefícios para a Instituição, que vão desde o equipamento utilizado – equipamento de ponta - até a possibilidade de futuras expansões, o que diz respeito à flexibilidade da rede. Serão utilizados equipamentos gerenciáveis em determinados pontos, dando ao administrador a possibilidade de saber realmente qual o estado da rede no que diz respeito a carga de informações e a demanda de velocidade de determinado meio, resolvendo dessa forma futuros problemas de adaptação/implantação de determinados equipamentos em determinado local. Dessa maneira em qualquer ponto da rede o administrador poderá resolver qualquer pendência pertinente a estrutura do tráfego de informações. Metas Técnicas O presente projeto visa em grande plenitude voltar-se as especificações e normas técnicas bem como a descrição dos equipamentos que serão utilizados na constituição da infra-estrutura da rede bem como na elaboração/implementação/implantação do projeto, disponibilizando informações pertinentes aos módulos de gerência de tráfego de informação dentro da mesma, assim como a localização física dos equipamentos utilizados, protocolos e tecnologias que serão implantadas. No decorrer desse documento serão abordados outros pontos.
  7. 7. De que meu Cliente precisa? Serviços Rodando na Rede - Servidor de Arquivos; - Servidor Web; - Servidor de Correio Eletrônico; - Servidor DNS; - Servidor DHCP; - Proxy + Firewall; - Servidor de Banco de Dados; Através dos serviços apontados acima foi verificado que alguns ajustes são necessários, principalmente no que se diz respeito ao acesso a internet deixando muito lento o acesso externo do correio eletrônico. Para uma solução emergencial é necessária a mudança do atual roteador para um roteador de última geração, mais potente, que deixe o serviço roteamento mais rápido e eficiente.
  8. 8. Topologia da Rede Física A solução adotada para a Intranet da Coordenadoria de Informática deverá suportar uma estrutura de cabeamento que seja de acordo com as especificações EIA/TIA 568 envolvendo os equipamentos de interligação. Todo o projeto da rede da Coordenadoria de Informática foi baseado na tecnologia Fast Ethernet/Gigabit Ethernet para interligação entre os laboratórios, pois assim esse bloco tera vários benefícios, como maior fluxo de informações e maior flexibilidade, pois a especificação dos equipamentos atenderá ao presente e aos futuros requisitos de demanda de processamento da rede. Topologia da Rede Lógica A topologia é em barra e segue os padrões normais de técnicas aplicadas.
  9. 9. Estrutura do CORE Ferramenta de gerenciamento - Usersmangue (soft em PHP) Todos os servidores sem redundância Climatização: Ar condicionado 18.000 btus Nobreaks: monet e mozart(max. de 15 min) **************************************** * Strauss - Autenticação de usuários.Offline porque a atualização do soft é cara. Projeto de translação para soft livre Sistema operacional: Debian; * Mozart - Usuários (rede interna).Sistema operacional: Sistema operacional: Red Hat Bco de Dados; * Monet - FTp, SSh, smtp, dns, http, pop3, imap, dhcp, https, mysql, Posgrissql. Sistema operacional: Conectiva. * Mangue - Desativado. Utilizado como servidor substituto * Milk - Proxy e firewall. Sistema operacional: Fedora * Michellangelo - Autenticação de alunos e filtros.Localizado no Lab6 porque é gerenciado pelos monitores. VLANs Switch 26 portas Rede Externa(6 ptas) Rede Interna(20 ptas) RAS Hubs dos Labs Firewall Firewall Roteador Rede da escola
  10. 10. Descrição dos equipamentos Passivos. Conector RJ-45 Macho Descrição: Conector com 8 vias para cabos do tipo par-trançado não-blindado. Especificações Técnicas:  Para cabos não blindados  8 vias  Condutor sólido 26-24AWG Conector RJ-45 Fêmea canal Cat 6 Descrição: Aplicado para Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA- 568A, para cabeamento horizontal ou secundário. Especificações Técnicas:  Corpo em termoplástico de alto impacto não propagante à chama (UL 94 V-0).  Disponível em pinagem T568A e T568B, identificado por etiquetas coloridas nos terminais de conexão.  Compatível com todos os patch panels descarregados, ícones, espelhos e tomadas da linha FCS.  Excede os requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (categoria 6).  Cor:Bege ou Cinza
  11. 11. Tomada para conector RJ-45 fêmea Tomada RJ 45 Modelo: 406372-2 Descrição: Aplicado em Sistemas de Cabeamento Estruturado, para cabeamento horizontal ou secundário. Indicado para uso em locais que não possuam infra-estrutura para instalações embutidas, em parede ou piso, demandando sistemas de distribuição sobrepostos à superfície. Especificação Técnica:  Categoria6  RJ-45 (8P8C)  Padrão T568 A/B  Saída 180 graus  Cor: Bege ou cinza
  12. 12. Patch Panel Patch Panel 24RJ Modelo: 406330-1 Descrição: Patch Panel que obedece todas as normas TIA para performace na Categoria 6. Usado em aplicações 100BASE-Tx, 155 Mbps ATM e Gigabit Ethernet. Especificação Técnica: Patch Panel de 24 portas que obedece todas as normas TIA para performace na Categoria 6. Usado em aplicações 100BASE-Tx, 155 Mbps ATM e Gigabit Ethernet. Patch Panel 16 portas RJ-45 Angular 110A/B Cat.6 Descrição: Nossos patch panels Cat.6 são usados para LANs de alta velocidade com taxas de transmissão de até 155Mbps, esses patch panels foram desenvolvidos com tecnologia própria de placas de circuito impresso que resulta em performance para alcançar as especificações da norma EIA/TIA 568A Category 6 Enhanced. Especificação Técnica:  16 Portas;  Terminação T568A;  Altura: 1U (45mm);  Angulação: 45º.
  13. 13. PATCH CABLE CANAL CAT 6 - 1,5 M Descrição: Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (Categoria 6), para cabeamento horizontal ou secundário.Uso interno, nas salas de telecomunicações, para manobras entre os painéis de distribuição (patch panels) e os equipamentos ativos da rede (hubs, switches etc.). Especificações Técnicas:  Produzido em fábrica, com o cabo UTP, extra flexível, Multi-Lan Flex de 4 pares e 2 conectores M8v macho, ambos Categoria 5 Enhanced.  Disponível em pinagem T568A e T568B.  Cores: azul, verde, amarelo, branco, cinza, preto e vermelho  Comprimento: 2,0 metros. Cabo Par Trançado CABO PAR TRANCADO 4X24 AZUL Modelo: 6-219507-6 Descrição:
  14. 14. Cabo de rede não blindado (UTP) de Categoria 6 com 4 pares trançados. Foi projetado para aplicações gerais, como conectar a tomada do usuário com o painel de administração ou para interligação de painéis de administração. Especificações Técnicas:  Velocidade máxima de transmissão: Gigabit  Atenuação: 100 metros  Cabo tipo UTP (não blindado)  350 MHz  5 dB NEXT  Lead-free jacketing  UL & cUL listed (CMR/CMP)  Atende às normas TIA/EIA e ISO Categoria 6 Bracket BRACKET ARTICULADO 19" Descrição: Utilizado para fixação de acessórios de cabeamento e/ou equipamentos devendo ser instalado e devidamente fixado em pisos. Especificações Técnicas:  Largura útil padrão de 19" conforme requisitos da norma EIA-310D(482,6mm)  Estrutura construída em chapa de aço de espessura de 1,5 mm  Altura útil mínima de 8 U e furação para fixação de equipamentos e acessórios através de porcas “gaiola” M5;
  15. 15. Rack Rack Fechado H=01,00 24Ux570 Modelo: 010.06.245 Descrição: Rack Fechado 24U x 570 de profundidade. Especificações Técnicas.  Estrutura * Quadro frontal e traseiro soldado em chapa de aço bitola 18 * Perfis laterais parafusados em chapa de aço bitola 18  Fechamentos removíveis * Teto, laterais e tampa traseira em chapa de aço bitola 18 * Venezianas laterais para ventilação  Base, 4 peças em chapa de aço 12, com parafuso nivelador  1º plano móvel com furação de meia unidade  Possibilita inversão no sentido de abertura da porta  Pintura cinza RAL 7032  Base preta RAL 9011
  16. 16. Descrição dos equipamentos ativos. Características:
  17. 17.  Cada slot para módulo de rede: variedade de cartões de interface (LAN, WAN), em diferentes meios de transmissão (Ethernet, Fast Ethernet, Token Ring, tecnologias WAN);  2 slots internos Advanced integration module (AIM) para aplicações que são compressão de dados e incorpora 1 ou 2 portas 10/100 (Ethernet/Fast Ethernet);  Módulos voz/fax - VoIP e VoFR sem degradação na qualidade da voz.  Módulos de rede digitais T1/E1 até 60 canais num único módulo.  Os módulos analógicos voz/fax contém um ou dois slots para VIC (voice interface card).  4 módulos multiporta: T1/E1 ATM com Inverse Multiplexing sobre ATM (IMA) e 3 módulos ATM OC-3  Suporte serviços mistos e de alta densidade RDIS, configurações assíncronas, aplicações comutadas, modems digitais com suporte para PRI, BRI, CT1 e R2 e modems analógicos integrados que tornam o Cisco 3600 muito flexível e escalável  Permita uma concentração elevada ao nível PRI RDIS até 240 canais B (E1).  Permite a coexistência de ligações ISDN PRI, ISDN BRI, assíncronos série, e síncronos série.  Permite o acesso à múltiplas LANs via ligações assíncronas, RDIS, modem digital e analógico, com interligação de LANs por Frame Relay a altas velocidades.  Interligação de gama média LAN-para-LAN para empresas que necessitam de Plataformas modulares.
  18. 18. Conclusão I O trabalho foi realizado tomando como base as aplicações disponíveis atualmente na Coordenadoria, além de ter a preocupação em preparar uma infra-estrutura de redes eletrônicas, que permita utilizar das aplicações e serviços na área de Tecnologia da Informação, tais como, uso da Internet através dos WEBs Browser, Correio Eletrônico, Aplicações Cliente-Servidor. Vale salientar que, o projeto apresenta apenas uma proposta para otimização da Rede da coordenadoria, utilizando algumas das tecnologias de redes existentes no mercado. No entanto, o trabalho aqui apresentado é basicamente um esqueleto desta rede. O núcleo da rede onde se encontra o CORE, localizado na coordenadoria de Informática dispunha de uma infra-estrutura de rede bem estruturada, mas que hoje em dia não atende direito as demandas de processamento.

×