Fora do Eixo Comunicação Distribuída, Música e Conflitos entre Nanos e Pops Stars Paula Falcão Fabio Malini Vitória, 2010
Referência Bibliográfica <ul><li>AMADEU, Sérgio; PERPETUO, Irineu.  O Futuro da Música Depois da Morte do CD . São Paulo: ...
Objetivo Geral Entender como as transformações tecnológicas contribuíram nas reviravoltas do mercado da música;  Analisar ...
Metodologia <ul><li>Comparação na maneira como os artistas  pop  e  nano star  utilizam as mídias sociais; </li></ul><ul><...
Metodologia <ul><li>Pop star:  </li></ul><ul><li>Ivete Sangalo (@ivetesangalo) </li></ul><ul><li>Maria Rita (@MROFICIAL) <...
Metodologia <ul><li>Nano star:  </li></ul><ul><li>For Fun (@forfunoficial) </li></ul><ul><li>Mombojó (@mombojo) </li></ul>...
Introdução <ul><li>década de 1950: surgem novas tecnologias de gravação, o que reduziu o custo total da produção musical <...
Introdução Campos de análise: - Direcionamento de links - Conteúdo dos tweets - Conteúdo dos RTs (retuitar) - Divulgação d...
Categorias de Análise Nano Star Pop Star Principais usos da ferramenta Divulgar agenda de shows, resultado de shows, apari...
Categorias de Análise Nano Star Pop Star Conteúdo dos Tweets Profissional; Pessoal (frequência média); Militância Profissi...
Interação com o público O Teatro Mágico:  Use  #3FimTM  para opinar se o TM deve terminar na triologia ou não... O que ach...
Twitimilitância O Teatro Mágico: Pra quem ainda não conhece  http://oteatromagico.MUS.br  - porque .COM é comércio e o que...
Conclusão <ul><li>Apesar de pré-requisito, ainda há dificuldade em achar link para download do material das bandas nano </...
Contatos Paula Falcão Twitter: @paula_falcao E-mail: paulafalcaos@gmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação Intercom Sudeste (Paula Falcão)

1.239 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.239
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
266
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Intercom Sudeste (Paula Falcão)

  1. 1. Fora do Eixo Comunicação Distribuída, Música e Conflitos entre Nanos e Pops Stars Paula Falcão Fabio Malini Vitória, 2010
  2. 2. Referência Bibliográfica <ul><li>AMADEU, Sérgio; PERPETUO, Irineu. O Futuro da Música Depois da Morte do CD . São Paulo: Momento editorial, 2009. Disponível para download em: http://www.futurodamusica.com.br/futuro-da-musica.pdf </li></ul><ul><li>MALINI, Fabio. Colaboração, Uso Livre das Redes e a Evolução da Arquitetura p2p. Revista Lugar Comum, n.27, 2009. Disponível em http://fabiomalini.wordpress.com/artigos-e-slides/ </li></ul><ul><li>LEMOS, André. Cibercultura e Mobilidade: a Era da Conexão. 2004, disponível em http://www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/andrelemos/cibermob.pdf </li></ul><ul><li>  BAUWENS, Michel. A Economia Política da Produção entre Pares . Disponível em http://www.nettime.org/Lists-Archives/nettime-br-0607/msg00000.html </li></ul><ul><li>HARDT, Michael; NEGRI, Antonio. Multidão: Guerra e Democracia na Era do Império . Rio de Janeiro: Editora Record, 2005 </li></ul>
  3. 3. Objetivo Geral Entender como as transformações tecnológicas contribuíram nas reviravoltas do mercado da música; Analisar como o indústria fonográfica tradicional vem sendo afetada pelo novo modelo de valores que se fortalece cada dia mais.
  4. 4. Metodologia <ul><li>Comparação na maneira como os artistas pop e nano star utilizam as mídias sociais; </li></ul><ul><li>Análise de 30 perfis de Twitter – 15 pop star, 15 nano star. </li></ul><ul><li>Categorização: </li></ul><ul><li>Pop Star – disponibilizam seu trabalho por meio da venda de discos. </li></ul><ul><li>Nano Star – disponibilizam seus discos para download gratuito </li></ul>
  5. 5. Metodologia <ul><li>Pop star: </li></ul><ul><li>Ivete Sangalo (@ivetesangalo) </li></ul><ul><li>Maria Rita (@MROFICIAL) </li></ul><ul><li>Skank (@skankoficial) </li></ul><ul><li>Zélia Duncan (@zdoficial) </li></ul><ul><li>Chitãozinho e Xororó (@chxoficial) </li></ul><ul><li>Wanessa (wanessaoficial) </li></ul><ul><li>Gilberto Gil (@gilbertogil) </li></ul><ul><li>Claudia Leitte (@ClaudiaLeitte) </li></ul><ul><li>Zeca Pagodinho (@zecapagodinho) </li></ul><ul><li>Sandy (@SandyLeah) </li></ul><ul><li>Roupa Nova (@RoupaNovaOFCIAL) </li></ul><ul><li>Nando Reis (@nando_reis) </li></ul><ul><li>Kelly Key (@oficialkellykey) </li></ul><ul><li>Otto (@otto_oficial) </li></ul><ul><li>Zezé di Camargo e Luciano (@ZCLOFICIAL) </li></ul>
  6. 6. Metodologia <ul><li>Nano star: </li></ul><ul><li>For Fun (@forfunoficial) </li></ul><ul><li>Mombojó (@mombojo) </li></ul><ul><li>Proxy* (@projetoxy) </li></ul><ul><li>Graveola e o Lixo Polifônico (@graveola) </li></ul><ul><li>Sol na Garganta do Futuro (@solnagarganta) </li></ul><ul><li>Seu Cuca (@seucuca) </li></ul><ul><li>Tono (tonotuiter) </li></ul><ul><li>Madame Saatan (@madamesaatan) </li></ul><ul><li>Móveis Coloniais de Acaju (@moveis) </li></ul><ul><li>O Teatro Mágico (@oteatromagico) </li></ul><ul><li>Sugar Kane (@sugarkanerock) </li></ul><ul><li>Macaco Bong @Macacobong) </li></ul><ul><li>Solana (@bandasolana) </li></ul><ul><li>Dance of Days (@oficialdance) </li></ul><ul><li>Pedra Letícia (@Pedra_leticia) </li></ul>
  7. 7. Introdução <ul><li>década de 1950: surgem novas tecnologias de gravação, o que reduziu o custo total da produção musical </li></ul><ul><li>década de 60: introdução da tecnologia digital e desenvolvimento de simuladores digitais de instrumentos </li></ul><ul><li>1999: surge o Napster, programa que permitiu pela primeira vez o compartilhamento de arquivos via rede p2p </li></ul><ul><li>Alteração das relações de poder na indústria fonográfica - mudança de valores dentro do mercado </li></ul>
  8. 8. Introdução Campos de análise: - Direcionamento de links - Conteúdo dos tweets - Conteúdo dos RTs (retuitar) - Divulgação de outros artistas - Interação com fãs - Twitpropaganda - Twitmilitância - Principais usos da ferramenta twitter - Autoria dos tweets - Curiosidades em geral
  9. 9. Categorias de Análise Nano Star Pop Star Principais usos da ferramenta Divulgar agenda de shows, resultado de shows, aparições na mídia, interagir com fãs, divulgar fotos, vídeos e notícias sobre trabalhos e atividades dos artistas. Direcionamento de links Grande mídia (raramente); Redes sociais; Links para download de discos; Youtube; Fotos Grande mídia (frequentemente); Sites oficiais; Links para lojas online; Youtube; Fotos Autoria dos tweets Próprios artistas/membros das bandas Relação de co-tweet: próprios músicos e produtores dos artistas Interação com fãs Perguntas feitas aos fãs, respostas dadas aos fãs e RTs de tweets de fãs. Ato de pedir opiniões ao público é prática comum entre os Nano RT (retuitar) Ato comum aos Nano Ato incomum aos Pop
  10. 10. Categorias de Análise Nano Star Pop Star Conteúdo dos Tweets Profissional; Pessoal (frequência média); Militância Profissional; Pessoal (grande frequência) Twitpropaganda Lançamento de disco, seguido de link para download Fato do disco ter sido lançado Twitmilitância Frequentemente Não ocorre Divulgação de outros artistas Nano divulga nano (frequentemente); Tweets dos nano formam rede de divulgação e colaboração Pop divulga pop (raramente); Tweets dos pop star são circulares Nº de seguidores Artista com mais seguidores: For Fun, cerca de 53 mil Artista com mais seguidores: Ivete Sangalo, cerca de 750 mil Aumento N º de seguidores Mais devagar Mais rápido
  11. 11. Interação com o público O Teatro Mágico: Use #3FimTM para opinar se o TM deve terminar na triologia ou não... O que acham? Idéias? Móveis Coloniais de Acaju: A quem assistiu ao tv trama, aprovaram a versão carnavalesca de Adeus? Pedra Letícia: É o seguinte! Vamos reformular o site da banda! Ajudem mandando sugestões para [email_address] Exemplos
  12. 12. Twitimilitância O Teatro Mágico: Pra quem ainda não conhece http://oteatromagico.MUS.br - porque .COM é comércio e o que fazemos é MUSica! # SiteTM RT: @ musicapbaixa : RT: @ gnueverton : &quot;Pare o compartilhamento e você irá matar o negócio da música&quot; - http://www.phonobase.com/blog/?p=15 Exemplos
  13. 13. Conclusão <ul><li>Apesar de pré-requisito, ainda há dificuldade em achar link para download do material das bandas nano </li></ul><ul><li>“ Uma revolução não acontece quando a sociedade adota novas ferramentas. Acontece quando a sociedade adota novos comportamentos” (Clay Shirky) </li></ul><ul><li>Quem fatura bilhões com a produção artística alheia não quer faturar milhões </li></ul><ul><li>O grande problema para a maioria dos artistas é o anonimato, não a pirataria. Quem mais sofre com o monopólio são os excluídos do processo, os artistas ignorados pela indústria tradicional </li></ul>
  14. 14. Contatos Paula Falcão Twitter: @paula_falcao E-mail: paulafalcaos@gmail.com

×