T House

432 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

T House

  1. 1. • Simon Ungers(08 de maio de 1957 - 06 de marco de 2006)• Foi um arquiteto e artista alemão. Ungers viveu e trabalhou em NovaYork e Colônia. Além de algum sucesso nas competições, ele eraconhecido por suas esculturas de aço e instalações de luz.• Ele alcançou fama internacional com Tom Kinslow com a construçãodo "T-House", uma casa privada em Wilton, Nova York, e da "Casa doCubo" em Ithaca, Nova York.• Em 1995, ele foi um dos vencedores de uma competição paraprojetar o Memorial aos Judeus Assassinados da Europa , em Berlim ,mas seu projeto não foi realizado.• Ungers morreu 6 de março de 2006 em Colônia, na Alemanha, apósuma longa doença. Ele tinha 48 anos.
  2. 2. • Casa T• A Casa T foi projetada por Simon Ungers com a contribuição deThomas Kinslow.• Lawrence Marcelle, um aspirante a escritor, contratou os arquitetosSimon Ungers e Tom Kinslow para construir um refúgio para ele esua coleção 10.000 livros em um terreno de 40 hectaresarborizados.• A casa consiste em duas barras simples, onde os dois elementossão empilhados perpendicularmente.• Embora a estrutura tenha sido construída convencionalmente, oedifício é revestido em aço pesado com níquel e acabamento decromo.
  3. 3. • A barra do topo possui 44 metros de comprimento, 12 metros delargura e 16 metros de altura - a biblioteca, esta em balanço com abase, que contém o resto da casa.• A biblioteca é destaque estando na parte superior da construção,aparentemente foi escolhido para simbolizar as aspirações literárias doproprietário.• Onze anos mais tarde, Marcelle e sua mulher, Diane, que tambémmantém uma residência em Manhattan, organizaram a coleção delivros em prateleiras de aço acessadas por passarelas suspensas, etransformou este objeto peculiar na paisagem em uma casa.• Enquanto isso, a própria casa fez a paz com a natureza. Emboranunca tenha sido realmente visíveis da estrada, T-House agora écamuflada por uma década de rápido crescimento da flora: Brush,samambaias e gramíneas nativas exuberantes têm crescido em tornoda base. A cor ferrugem vibrante adquiriu um escuro, quase pretopatina, que parece ter adotado a casca das árvores que a rodeiam.•
  4. 4. Vista da cozinhaVista do QuartoBiblioteca/Livraria
  5. 5. O outrora brilhante, envelope cor deferrugem desenvolveu uma patina quasepreto
  6. 6. A base da casa, contendo os alojamentosestá situado na encosta.A biblioteca acima mantém-sevisívelsobre as copas das
  7. 7. • Outras obras de Simon Ungers:Square HouseIthaca, New York
  8. 8. ART-CITY, 2005Corroded steel107.3 x 32 x 27 centimeters
  9. 9. Museum for Russian Revolutionary Art, 2004MDF60 x 90 x 160 centimeters
  10. 10. Museum for Russian Revolutionary Art, 2004Corroded steel6 x 9 x 15 centimeters
  11. 11. • A maioria das obras de Simon Ungers parecem surgir deformas geométricas simples e sobrepostas uma sob a outra,suas construções buscam ser funcionais, “sem exageros”,buscando atender exatamente aquilo para o que foi projetadoe alguns projetos e construções que podemos ver parecemalheios a paisagem (como a própria casa T e a casa do cubo.)Apesar dos sistemas construtivos e materiais utilizadosfazerem as construções parecerem ser construções “simples.”
  12. 12. • A famosa frase do arquiteto modernista Louis Sullivan Forma seguea função (“form follows function”) diz muito sobre o projeto queestudamos de Simon Ungers. Ele busca encaixar na construção emformato de T uma casa para a família de Lawrence Marcelle (queencomendou a casa) e ainda arrumar um espaço para a coleção delivros. Ele buscou a funcionalidade através de formatos geométricossimples (dois prismas). Ungers segue as propostas modernistas nacriação de algo funcional e “simples”.
  13. 13. BIBLIOGRAFIA:http://www.geringlopez.com/artists/estate-of-simon-ungers/#/images/13/http://www.moma.org/interactives/exhibitions/1999/un-privatehouse/Project_20.htmlhttp://culturepublic.wordpress.com/2009/04/27/simon-ungers-cube-house/http://en.wikipedia.org/wiki/Simon_Ungers

×