Meditação à beira de um poema   Adélia Prado
Podei a roseira no momento certo e viajei muitos dias, aprendendo de vez que se deve esperar biblicamente pela hora das co...
Quando abri a janela, vi-a, como nunca a vira constelada, os botões, Alguns já com rosa- pálido espiando entre as sépalas,...
Minha dor nas costas, meu desaponto com os limites do tempo, o grande esforço para que me entendam pulverizam-se diante do...
Ninguém me demoverá do que de repente soube à margem dos edifícios da razão: a misericórdia está intacta, vagalhões de cob...
Só porque é setembro...
FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badan [email_address] MÚSICA: Red roses for a blue lady Execução: Ernesto Cortazar (Repasse com o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Meditação à Beira de um Poema - Adélia Prado

1.451 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meditação à Beira de um Poema - Adélia Prado

  1. 1. Meditação à beira de um poema Adélia Prado
  2. 2. Podei a roseira no momento certo e viajei muitos dias, aprendendo de vez que se deve esperar biblicamente pela hora das coisas.
  3. 3. Quando abri a janela, vi-a, como nunca a vira constelada, os botões, Alguns já com rosa- pálido espiando entre as sépalas, jóias vivas em pencas.
  4. 4. Minha dor nas costas, meu desaponto com os limites do tempo, o grande esforço para que me entendam pulverizam-se diante do recorrente milagre. maravilhosas faziam-se as cíclicas perecíveis rosas.
  5. 5. Ninguém me demoverá do que de repente soube à margem dos edifícios da razão: a misericórdia está intacta, vagalhões de cobiça, punhos fechados, altissonantes iras, nada impede ouro de corolas e acreditai: perfumes.
  6. 6. Só porque é setembro...
  7. 7. FORMATAÇÃO: Mima (Wilma) Badan [email_address] MÚSICA: Red roses for a blue lady Execução: Ernesto Cortazar (Repasse com os devidos créditos)

×