Lightning talk Luca Bastos no QCon SP 2011

898 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
898
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lightning talk Luca Bastos no QCon SP 2011

  1. 1. Advertência<br />Que é a vida? Um frenesi;<br />Que é a vida? Uma ilusão, uma sombra, uma ficção, e é pequeno o maior bem;que o sonho a vida sustém<br />e os sonhos, sonhos são.<br />Calderón de la Barca, 1635<br />O que vão assistir não passa de um sonho<br />#purabrincadeira<br />
  2. 2. Brincando com Lean Startups, sonhos, planos de dominação mundial, falta de sinergia, “bundonice” e um produto mínimo viável <br />luca.bastos@concretesolutions.com.br<br />Qcon São Paulo 2011<br />
  3. 3. Todossonham, masnãodamesmamaneira.Existemosquesonhamànoitee de manhãdescobremquetudo era bobagem.Perigosossãoosquesonham de dia,porquesãocapazesde viverseussonhosedispostosa torná-los realidade.<br /> T. E. Lawrence (Lawrence daArábia)<br />
  4. 4. “If I hadaskedpeoplewhattheywanted,theywouldhavesaidfasterhorses.”<br /> Henry Ford<br />
  5. 5.
  6. 6. Lean startup<br />
  7. 7. Lean startup<br />Palestra do Fernando de la Riva amanhãDomingo às 17:10 na sala lá de baixo quando ele falará da sua experiência e do tanto que sabe do assunto.<br />
  8. 8. “CustomerDevelopment”, termo criado porSteve Blank usado para descrever o loopcontínuo de feedback dos consumidores durante o ciclo de desenvolvimento.<br />
  9. 9. “Lean Startup”, termo com marca registrada porEric Ries, representa a síntese deCustomerDevelopment mais metodologias dedesenvolvimento ágil e práticas Lean como aspreconizadas pelo sistema de produção da<br />Toyota <br />
  10. 10. “Bootstrapping”, entende-se como umacoleção de técnicas usadas para minimizaro volume de fundos ou créditos externosque precisam se obtidos com investidoresou bancos <br />
  11. 11. Meu Business ModelCanvas<br />
  12. 12. Parceiroschave<br />Atividadeschave<br />Proposiçõesde valor<br />Relacionamen-to com cliente<br />Segmentosdos clientes<br />Boca a boca<br />Atualizartodo dia<br />Todos os poetas domundo<br />Gente comsensibilidade<br />Chamar aatençãopara o que existe emvolta<br />Recursoschave<br />Canais dedistribuição<br />Gente criativae inteligente<br />Redessociais<br />Bom gosto<br />Estrutura de custos<br />Fluxos de receitas<br />Tempo para pesquisar<br />Um sorriso vezemquando<br />Tempo para divulgar<br />Um muito obrigado algum dia<br />
  13. 13. Meu produto com o qual pretendoseduzir futuros clientes.<br />
  14. 14. P o e s i a<br />
  15. 15. O que vou apresentar foi extraído dopoema em linha reta de Álvaro de Campos <br />(Fernando Pessoa)<br />Não tem nada a ver com o que sou mas tem a ver com o quanto humano me sinto com as fraquezas que me fortalecem como ser pensante.<br />
  16. 16. Poema em linha reta com Osmar Prado<br />http://www.youtube.com/watch?v=uElwCENBDJQ<br />
  17. 17. Obrigado<br />luca.bastos@concretesolutions.com.br<br />Até amanhã quando conversaremos sobretransações distribuídas com REST<br />

×