Diogo Neves

204 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diogo Neves

  1. 1. Agrupamento de Escolas Dr. Leonardo Coimbra E.B. 2,3 Dr. Leonardo Coimbra - Lixa
  2. 2. • Nem sempre são tarefa fácil caracterizar entre aquilo que é, ou não, perigoso/ilegal. Dos riscos que “saltam à vista”, a pornografia é, desde logo, o mais conhecido. O acesso é fácil e os materiais abundam. Mais grave, a pornografia infantil é, infelizmente, outro dos problemas da Net, embora o acesso não seja tão fácil como para a primeira. Não faltam também os sites de conteúdo racista, xenófobo, ou de puro impulso à violência. No entanto, por vezes o perigo pode vir de uma conversa aparentemente inocente tida num programa de conversa a distancia, o “chat”.
  3. 3. • Visionamento de material impróprio (ex. pornografia)• Incitamento à violência e ao ódio• Violação da privacidade• Violação da lei• Encontros “online” com pessoas menos recomendáveis• Drogas
  4. 4. • Em principal lugar aconselha-se aos pais que comecem por conversar abertamente com os seus filhos, alertando-os sobre o lado negativo da Internet e aconselhando-os a evitar os seus perigos. Orientar é sem duvida melhor que proibir.• O crime também existe na Net e está configurado na lei. É assim possível mostrar queixa às autoridades, quando tal se explique. Embora não seja fácil em algumas situações trazer os acusados perante a justiça, cada vez mais vêm a publico casos em que os acusados são realmente julgados e condenados (pedofilia, tráfico de crianças, crimes informáticos, etc.)
  5. 5. • O facto da Internet é, sem dúvida, algo de muito afirmativo, uma vez que nos abre as portas da informação global, de uma forma que não imaginaríamos há alguns anos atrás. No entanto, quando uma porta como esta, se abre, é natural que algumas coisas negativas por ela entrem. E se algumas delas não terão um interesse por aí além, outras exigem alguns cuidados por parte de pais e educadores.
  6. 6. • Trabalho elaborado por: • Diogo Neves , nº 4 • 9º PCABibliografia : www.google.com

×