5 log 4_integracao_logistica

345 visualizações

Publicada em

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
345
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5 log 4_integracao_logistica

  1. 1. LÓGISTICA INTEGRADA Promover a integração interna das atividades; Princípio: Promover as compensações entre as perdas e ganhos nos sistemas logísticos – TRADE-OFF; Suas dimensões de excelência logística: Sucesso do Cliente; Integração interna; Integração externa; Processos baseados no tempo; Mensuração abrangente; Benchmarking.
  2. 2. LÓGISTICA INTEGRADA CONCEITOS BÁSICOS: ENFOQUE SISTÊMICO. O enfoque sistêmico: Tratar todo processo logístico como um sistema. Teoria Geral dos Sistemas: Um sistema é um conjunto de elementos interrelacionados combinados para alcançar os mesmos objetivos. Existe sempre um sistema maior do qual o sistema analisado é um componente. O ambiente no qual está inserido o sistema sempre impõe restrições. O TODO é maior do que a soma das partes. A otimização das PARTES não garante a otimização do TODO.
  3. 3. LÓGISTICA INTEGRADA FASE 1ª FASE 2ª FASE 3ª FASE 4ª FASE 5ª FASE ATUAÇÃO Adm. Materiais + Armazém e Transport es Adm. Materiai s + Distribui ção Física Logística Integrad a Supply Chain Managem ente (Gerencia mento da Cadeia de Suprimen tos). SCM + ECR (Efficient Consume r Response ) FOCO Operacio nal Tático Operaci onal Tático Operacio nal Mercado Consumi dor Caracterís tica Gestão Estoques. Gestão Compras. Mov. Materiais. Otimiz ação do sistema de transpor te. Visão sistêmic a da empresa . Integr ação por sistema de informaç ão. Visão sistêmica da empresa incluindo forneced ores e canais de distribuiç ão. Amplo uso de alianças estratégic as. Sub contrataç ão e canais alternativ os de distribuiç ão. Brasil EUA
  4. 4. LÓGISTICA INTEGRADA Conseqüência do enfoque sistêmico: Custo total. Identificação dos custos relevantes ao processo logístico e examiná-los em conjunto. Obter a equação do custo total. Trade-off (Troca compensatória). Identificar os custos conflitantes do processo logístico e encontrar o ponto de equilíbrio, de modo a minimizar o custo global. Quantidade suficiente para produção (estoques menores) x Compras em maior quantidade (melhores preços) Maiores custos de transporte X Pedidos pequenos de compras e mais freqüentes (redução do custo de estoque)
  5. 5. LÓGISTICA INTEGRADA DIFICULDADES PARA INTEGRAÇÃO: Empresas com múltiplas cadeias de suprimentos. Clientes com diferentes exigências de embalagem, processo de entrega ou de entrada de pedidos de compra. Necessidade de um conhecimento profundo das cadeias. Necessidade de projetar várias cadeias levando em conta as necessidades específicas de cada cliente. Uso intensivo da tecnologia da informação adequada. Prioridade para integração com fornecedores em busca de reduções rápidas. Utilização da Curva ABC para definição das cadeias. Os 80% restantes podem ficar sem opção de personalização. Dificuldade para integração interna. Transformação da organização vertical para horizontal.
  6. 6. LÓGISTICA INTEGRADA AÇÕES PARA MINIMIZAR OS OBSTÁCULOS: Planejamento integrado das atividades – Planejamento estratégico. Dificuldade para integração interna. Transformação da organização vertical para horizontal. Operações com terceiros. Utilização de aplicativos (TI). Comprador e vendedor compartilhando as mesmas informações. Padronização dos procedimentos – Sistema da Qualidade. COORDENAÇÃO PARA COMPETÊNCIA LOGÍSTICA: 1) Projeto de Rede; 2) Informação; 3) Transporte; 4) Estoque; manuseio e embalagem 5) Armazenagem
  7. 7. LÓGISTICA INTEGRADA 1)IMPORTÂNCIA DO PROJETO DE REDE: Quantidade necessária de fábricas, armazéns e lojas. Localização geográfica. Tipo de trabalho a ser executado. Quantidade de estoque. Coordenação de um integrante da empresa independente de quem executa. O projeto de rede deve ser constantemente revisado e atualizado se necessário. INFORMAÇÃO: Busca pela informação em tempo real. Tecnologia X qualidade da informação. Ter informação errada é pior que não tê-la. Projeções das necessidades (planejamento). Troca de dados entre as funções internas.
  8. 8. LÓGISTICA INTEGRADA 3) TRANSPORTE: Importante para o posicionamento correto do estoque. Facilidade de apuração de custo. Diferentes tipos de contratos (CIF, FOB, SPOT). Fatores críticos de desempenho: Custo / Velocidade / Consistência. 4) Estoque: O objetivo é fornecer o serviço desejado ao cliente mantendo o mínimo de estoque. Estoques podem compensar falhas nos projetos de rede. Utilização de critério curva ABC (clientes preferenciais).
  9. 9. LÓGISTICA INTEGRADA 5) Armazenagem, manuseio de materiais e embalagem: Tipo de armazenagem. Tipo de equipamento de movimentação de carga. Consolidação de carga (unitização). Otimização da capacidade do veículo. Preocupação com avarias. Proteção dos produtos.

×