Circulação humana

284 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre Circulação Humana

Publicada em: Ciências
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Circulação humana

  1. 1. Circulação Humana (Sistêmica e Pulmonar)
  2. 2. O coração é um órgão muscular oco que se localiza no meio do peito, sob o osso esterno, ligeiramente deslocado para a esquerda. Em uma pessoa adulta, tem o tamanho aproximado de um punho fechado e pesa cerca de 400 gramas.
  3. 3. O coração possui 4 câmaras, sendo 2 superiores (Átrios), receptoras e 2 inferiores (Ventrículos), bombeadoras separadas entre si por estruturas musculares denominadas Septos.
  4. 4. Cada câmara tem um tipo de válvula unidirecional em sua saída que evita que o sangue retorne. Quando cada câmara se contrai, a válvula em sua saída se abre. Quando a contração termina, a válvula se fecha evitando que o sangue retorne na direção contrária. As válvulas são: • a válvula tricúspide fica na saída do átrio direito. • a válvula pulmonar fica na saída do ventrículo direito. • a válvula mitral fica na saída do átrio esquerdo. • a válvula aórtica fica na saída do ventrículo esquerdo.
  5. 5. O coração humano um órgão cavitário (que apresenta cavidade), basicamente constituído por três camadas:  Pericárdio – é a membrana que reveste externamente o coração, como um saco. Esta membrana propicia uma superfície lisa e escorregadia ao coração, facilitando seu movimento ininterrupto;  Endocárdio – é uma membrana que reveste a superfície interna das cavidades do coração;  Miocárdio – é o músculo responsável pelas contrações vigorosas e involuntárias do coração; situa-se entre o pericárdio e o endocárdio.
  6. 6. Osmovimentos cardíacos: Sístole eDiástole Quando o músculo cardíaco se contrai ou bate (chamada sístole), ele bombeia o sangue para fora do coração. O coração contrai em dois estágios. No primeiro estágio, os átrios se contraem ao mesmo tempo, bombeando o sangue para os ventrículos. Então os ventrículos se contraem juntos para empurrar o sangue para fora do coração. Depois o músculo cardíaco relaxa (chamada diástole) antes da próxima batida. Isso permite que o sangue preencha o coração novamente.
  7. 7. O sangue transporta nutrientes, gases respiratórios, hormônios, resíduos do metabolismo, e remove resíduos que precisam ser eliminados. Também promove a defesa do organismo através de células que combatem a infecção e ainda ajuda a regular a temperatura do corpo distribuindo o calor das partes mais quentes para as partes mais frias.
  8. 8. Embora o sangue pareça um líquido vermelho completamente homogêneo, no microscópio óptico podemos observar que ele é constituído basicamente de: plasma, glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas. O plasma é a porção líquida do sangue, contém água (mais de 90%), proteínas e sais minerais diversos, glicose e vitaminas, entre outras substâncias.
  9. 9. •Os glóbulos vermelhos Os glóbulos vermelhos também são chamados de eritrócitos ou hemácias. São elas que determinam a cor vermelha do sangue, já que em seu interior encontramos uma proteína chamada hemoglobina, responsável pelo transporte de gás oxigênio. Elas são produzidas na medula óssea vermelha dos ossos. Não possuem núcleo e apresentam a forma de disco côncavo em ambos os lados. Nos pulmões a hemoglobina combina-se com o oxigênio transformando-se em oxiemoglobina. Nos tecidos observa- se o processo inverso: o oxigênio é transportado para as células e as exiemoglobina volta e se transforma em hemoglobina.
  10. 10. Glóbulos Vermelhos
  11. 11. •Os glóbulos brancos Os glóbulos brancos ou leucócitos são as células de defesa do organismo que destroem os agentes estranhos, por exemplo, as bactérias, os vírus e as substâncias tóxicas que atacam o nosso organismo e causam infecções ou outras doenças.Eles são produzidos na medula de alguns ossos e também nos chamados tecidos linfáticos, encontrados nos linfonodos, no baço, no timo e nas tonsilas palatinas.
  12. 12. Atuam na defesa do organismo de dois modos: • Fagocitose – nesse processo, as células sanguíneas de defesa englobam, digerem e destroem os microrganismos invasores. Fagocitose é uma palavra composta de origem grega, formada por fago, que significa “comer, digerir”, e cito “célula”. • Produção de anticorpos – os anticorpos, proteínas especiais, neutralizam a ação das substâncias tóxicas produzidas pelos seres invasores ou presentes em alimentos e substâncias diversas.
  13. 13. Glóbulos brancos
  14. 14. •As Plaquetas Fragmentos de uma célula especial o megacariócito, que tem a capacidade de formar coágulos nos vasos sanguíneos. O coágulo é formado por glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas presos em uma rede de proteína, que funciona como uma ‘’tampa’’, fechando o vaso sanguíneo que foi cortado e interrompendo o sangramento.
  15. 15. Os Vasos Sanguíneos
  16. 16. Circulação Sistêmica e Pulmonar
  17. 17. Circulação Pulmonar (Pequena circulação) A Circulação Pulmonar começa no lado direito do coração pela contração(Sístole do ventrículo direito) conduzindo sangue venoso(Rico em CO2) pelas artérias pulmonares direita e esquerda até os pulmões para haver a troca gasosa(hematose) das hemácias e do plasma; o sangue agora renovado de 02 nas hemácias, volta pelas veias pulmonares direita e esquerda para o átrio esquerdo. Circulação pulmonar: Ventrículo direito > artéria pulmonar >pulmões > veias pulmonares > aurícula esquerda.
  18. 18. Circulação Sistêmica (grande circulação) A Circulação Sistêmica começa onde terminou a pequena; no átrio esquerdo passa o sangue pela válvula bicúspide que o lança no ventrículo esquerdo onde é bombeado para a aorta que espalha o sangue arterial pelo corpo todo. Nos órgãos e tecidos o sangue recolhe o CO2 e resíduos que serão filtrados nos rins. Todo este volume líquido é recolhido pelas veias cava superiores(cabeça e pescoço) e veias cava inferiores(o restante do corpo) até o átrio direito, onde ele passa pela válvula tricúspide e cai no ventrículo direito. Circulação sistêmica: Ventrículo esquerdo > artéria aorta > sistemas corporais >veias cavas > aurícula direita.
  19. 19. O Sistema Linfático
  20. 20. O sistema linfático é uma rede de vasos finamente espalhados por todo o corpo. Esses vasos promovem a drenagem do excesso de liquido nos tecidos do organismo. O líquido intersticial ocupa os espaços entre as células e o excesso desse líquido provoca edema ou inchaço. O sistema linfático compreende o conjunto formado pela linfa, pelos vasos linfáticos e órgãos como os linfonodos, o baço, o timo e as tonsilas palatinas.
  21. 21. No interior dos vasos linfáticos circula a Linfa, um fluido esbranquiçado, que Contém leucócitos (glóbulos brancos). Flui lentamente em nosso corpo através dos vasos linfáticos. Parte do plasma sanguíneo derrama-se continuamente dos vasos capilares, formando um material líquido entre as células dos diversos tecidos do organismo – o líquido intercelular ou intersticial.
  22. 22. A linfa é recolhida pelos capilares linfáticos. Os capilares linfáticos transportam a linfa até vasos de maior calibre, chamados vasos linfáticos. Esses vasos semelhantes às veias, por sua vez, desembocam em grandes veias, onde a linfa é liberada, misturando-se com o sangue.
  23. 23. Ao longo de todo o sistema linfático encontra-se uma serie de espessamentos denominados gânglios linfáticos ou linfonodos, estruturas de consistência esponjosa presentes ao longo dos vasos linfáticos. Esses elementos são responsáveis pela filtração e remoção de partículas estranhas, principalmente as bactérias. Para tanto, os gânglios apresentam fagócitos, células que realizam a fagocitose de bactérias , e linfócitos, glóbulos brancos que produzem os anticorpos que atacam partículas estranhas do organismo.
  24. 24. O baço é um órgão rico em linfonodos localizado do lado esquerdo do abdome, sob ás costelas. Ele desempenha diversas funções importantes, entre as quais :  Armazenamento de linfócitos e monócitos, dois tipos de glóbulos brancos  Filtragem do sangue para remoção de micro- organismos, substancias estranhas e resíduos celulares  Destruição de hemácias envelhecidas.

×