MAPA INTERATIVO DE SANTA CATARINA
SÃO FRANCISCO DO SUL
SÃO FRANCISCO DO SUL
CARACTERÍSTICAS
Terceira cidade mais antiga do Brasil, a cidade de São Francisco do Sul, localizada n...
HISTÓRIA DE SÃO FRANCISCO DO SUL
São Francisco do Sul é a terceira cidade mais antiga do
Brasil – a ilha foi descoberta em...
TURISMO DE SÃO FRANCISCO DO SUL
Colonizada por portugueses, São Francisco do Sul é
a terceira cidade mais antiga do Brasil...
TURISMO DE SÃO FRANCISCO DO SUL
Praia - São Francisco do Sul tem praias de todos os tipos e para todos os
gostos. Conheça ...
CURIOSIDADES DE SÃO FRANCISCO DO SUL
Patrimônio Histórico - São Francisco do Sul tem quase 500 anos de História, que
marca...
CURIOSIDADES DE SÃO FRANCISCO DO SUL
Lazer - Impossível não se divertir em "São Chico". Em janeiro, na Praia
Grande, confi...
LAGUNA
LAGUNA
CARACTERÍSTICAS
Palco de eventos importantes da História do Brasil, cidade histórica e
praiana, Laguna tem o melhor...
HISTÓRIA DE LAGUNA
Laguna foi fundada em 1676 e é a terceira cidade mais antiga
de Santa Catarina. Nessa época, ocupava to...
TURISMO DE LAGUNA
Laguna é uma cidade encantadora, com mais de uma dezena de
praias, um centro histórico com mais de 600 c...
CURIOSIDADES DE LAGUNA
História e Cultura - A cidade tem muitos locais que merecem ser visitados. Dê especial atenção à
Fo...
CURIOSIDADES DE LAGUNA
DESTAQUE
O Carnaval de Laguna é considerado o
melhor do Sul do país. Nos dias de Carnaval a
populaç...
FLORIANÓPOLIS
FLORIANÓPOLIS
CARACTERÍSTICAS
A capital do Estado é moderna e cosmopolita, onde o novo e o antigo convivem
harmoniosamente...
HISTÓRIA DE FLORIANÓPOLIS
A Ilha de Santa Catarina é visitada por navegadores de várias
nacionalidades desde o início do s...
TURISMO DE FLORIANÓPOLIS
Em Florianópolis multiplicam-se as riquezas naturais, belas lagoas, morros,
mangues, dunas, ilhas...
TURISMO DE FLORIANÓPOLIS
Praias - Ao norte ficam os balneários mais sofisticados, com excelente infraestrutura turística e...
CURIOSIDADES DE FLORIANÓPOLIS
Patrimônio Histórico - A cidade tem igrejas centenárias, como a Catedral Metropolitana, que ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mapa interativo de santa catarina

1.211 visualizações

Publicada em

Atividade para os 5º anos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.211
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.140
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mapa interativo de santa catarina

  1. 1. MAPA INTERATIVO DE SANTA CATARINA
  2. 2. SÃO FRANCISCO DO SUL
  3. 3. SÃO FRANCISCO DO SUL CARACTERÍSTICAS Terceira cidade mais antiga do Brasil, a cidade de São Francisco do Sul, localizada na ilha do mesmo nome, oferece aos turistas inúmeras belezas históricas e naturais. Data de fundação - 23 de março de 1958. Data festiva - Setembro (Festa de Nossa Senhora da Graça, padroeira da cidade). Principais atividades econômicas - São Francisco do Sul é o quinto maior porto brasileiro em movimentação de contêineres. Mais de 70% da renda do município são gerados pela movimentação portuária, com destaque também para o turismo e o comércio. Colonização - Portuguesa. Principais etnias - Portuguesa. Localização - Litoral Norte, a 188km de Florianópolis e 37km de Joinville. Área - 540,8 Km2. Clima - Temperado, com temperatura média entre 15ºC e 25ºC. Altitude - 09m acima do nível do mar. Cidades próximas - Joinville, Itapoá, Garuva, Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha.
  4. 4. HISTÓRIA DE SÃO FRANCISCO DO SUL São Francisco do Sul é a terceira cidade mais antiga do Brasil – a ilha foi descoberta em 1504 pelo francês Binot Paulmier de Goneville. Em 1553 chegaram os espanhóis, que construíram a capela de Nossa Senhora das Graças, mas o povoamento efetivo da cidade só aconteceu a partir de 1658, com a chegada de Manoel Lourenço de Andrade, sua família e uma leva de escravos. Em 15 de abril de 1847, recebeu o título de cidade. Com a construção da rede ferroviária, a região teve um forte impulso de desenvolvimento. A importância dos trens para a economia de São Francisco do Sul se mantém até hoje, já que neles os produtos do município são transportados até o porto. No século XX, a localização do porto mudou, permitindo maior movimento de navios. O tombamento do centro histórico da cidade garantiu a preservação dos prédios e da riqueza arquitetônica da época colonial.
  5. 5. TURISMO DE SÃO FRANCISCO DO SUL Colonizada por portugueses, São Francisco do Sul é a terceira cidade mais antiga do Brasil. Seu charme se deve ao casario em estio colonial português que emoldura as estreitas ruelas do centro histórico, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Também merecem destaque as tradições do Boi-de-Mamão, da Dança do Vilão, do Pão-por-Deus e das Pastorinhas. A cidade é conhecida pela beleza do cenário formado pela baía da Babitonga e pela Vila da Glória, na parte continental. Além da História, das tradições e do porto, São Francisco do Sul tem belíssimas praias, procurdas por milhares de turistas a cada verão.
  6. 6. TURISMO DE SÃO FRANCISCO DO SUL Praia - São Francisco do Sul tem praias de todos os tipos e para todos os gostos. Conheça as praias dos Ingleses, da Figueira (que tem um hotel com marina e intenso movimento de embarcações), de Paulas e do Calixto, onde existe uma vila de pescadores. Confira também a Praia do Forte - onde fica o Forte Marechal Luz -, a Praia de Itaguaçu e a Praia de Ubatuba. A mais procurada pelos turistas é a Praia de Enseada, que tem a forma de uma ferradura voltada para o mar aberto, com águas tranquilas e excelente infraestrutura turística. Acesso pela SC-280, a 20km do centro. As escolhidas pelos surfistas são a Praia do Molhe, também reduto de pesca da tainha no inverno, e a Praia da Saudade, que tem um sambaqui de 6.000 anos de idade. A Praia Grande, a mais distante do centro da cidade, é praticamente deserta, com dunas ao longo da orla – a cada janeiro, torna-se palco do maior campeonato de pesca de arremesso do sul do Brasil. Também vale visitar a Praia Bonita, rústica e bela. Visite o Balneário Capri, a 19km da cidade, entre a Boca da Barra e a Praia do Forte. Ali ficam as ruínas de um antigo leprosário, construído com pedras, cal de concha e óleo de baleia. A praia é própria para banho, pesca e esportes náuticos.
  7. 7. CURIOSIDADES DE SÃO FRANCISCO DO SUL Patrimônio Histórico - São Francisco do Sul tem quase 500 anos de História, que marca suas ruas, casas, igrejas, sambaquis, ruelas e becos. Conheça a Igreja Matriz Nossa Senhora da Graça, de 1699, construída por escravos, milicianos e pelo povo do lugar, com argamassa feita de uma mistura de cal, concha, areia e óleo de baleia. No interior da igreja está a imagem da padroeira, que data de 1553 e foi deixada ali pelos espanhóis, que ergueram uma capela em homenagem a ela depois de serem salvos de um temporal. Também há estátuas barrocas dos séculos XVII e XVIII e um órgão trazido do Rio de Janeiro em 1823 e que é utilizado até hoje. Conheça as cariocas (bicas d'água), o Museu Histórico, o Museu Nacional do Mar, único do Brasil e que abriga exemplares e réplicas regionais de embarcações do litoral brasileiro, além de instrumentos, documentos, aparelhos de orientação naval, equipamentos, mapas, miniaturas, cenários... Vá também ao Mercado Público Municipal e ao Forte Marechal Hercílio Luz. Cultura e eventos - São Francisco foi colonizada por portugueses, recebeu muitos escravos africanos e, mais tarde, chegaram os franceses, o que deu à cidade uma característica cultural muito diversificada. São famosos os grupos folclóricos do município, que representam as diversas etnias formadoras da cultura local. Diversos eventos marcam o calendário cultural da cidade, entre eles a FECAM (Festa do Camarão), a FESTILHA (Festa das Tradições da Ilha) – ambas em abril – e a FENAPESCA (Festa Nacional dos Pescadores), no Balneário de Enseada, regada a frutos-do-mar, com inúmeras atividades esportivas e de lazer.
  8. 8. CURIOSIDADES DE SÃO FRANCISCO DO SUL Lazer - Impossível não se divertir em "São Chico". Em janeiro, na Praia Grande, confira a Gincana Catarinense de Pesca de Arremesso - a maior competição do gênero no sul do Brasil; em fevereiro é a vez do Carnaval, uma marca registrada da cidade; em março tem o Encontro de Carros Antigos Ilha de São Francisco; em dezembro, a Semana da Marinha... Um programa especial é passear de barco – o Scuna São Francisco e o Barco Príncipe de Joinville III fazem roteiros pela baía da Babitonga, com passeios que podem durar um dia inteiro, ou uma noite... Pode-se visitar a Vila da Glória, de ferry-boat ou de barco, aportando num trapiche de 330m de extensão e visitando a igrejinha do lugar, construída em 1917. Infraestrutura turística - Na cidade há bons hotéis, charmosas pousadas, restaurantes de cozinha internacional, caseira ou açoriana...
  9. 9. LAGUNA
  10. 10. LAGUNA CARACTERÍSTICAS Palco de eventos importantes da História do Brasil, cidade histórica e praiana, Laguna tem o melhor carnaval do sul do País. Data de fundação - 20 de janeiro de 1876. Data festiva - 13 de junho (Dia de Santo Antônio dos Anjos, padroeiro da cidade). Principais atividades econômicas - Laguna tem como base econômica a pesca nas lagoas e na costa atlântica, com alta produção de camarão e siri. O turismo também é grande fonte de renda, especialmente no verão, quando milhares de turistas invadem suas lindas praias. Colonização - Açoriana. Principais etnias - Açoriana. Localização - Sul, a 118km de Florianópolis. Área - 353km2. Clima - Mesotérmico úmido. A temperatura média varia entre 18ºC e 30ºC. Altitude - 02m acima do nível do mar. Cidades próximas - Garopaba, Imbituba, Tubarão, Gravatal, Capivari de Baixo, Jaguaruna.
  11. 11. HISTÓRIA DE LAGUNA Laguna foi fundada em 1676 e é a terceira cidade mais antiga de Santa Catarina. Nessa época, ocupava todo o sul do Estado e servia como ponto de apoio para a Coroa Portuguesa colonizar as terras do sul do País e evitar que fossem ocupadas pela Espanha. A cidade foi palco de eventos importantes da História do Brasil, como a Guerra dos Farrapos e a fundação da República Juliana - Estado independente do Império Brasileiro, aliado à República de Piratini, localizada no Rio Grande do Sul e que também se havia declarado independente do restante do País. Laguna guarda em suas ruas estreitas e em seu casario, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, as lembranças de um passado glorioso de luta e de coragem. É a terra de Anita Garibaldi, a "heroína de dois mundos", que ficou famosa por combater ao lado do marido, o italiano Giuseppe Garibaldi, em diversas revoluções, no Brasil e na Itália. Ele esteve à frente da Guerra dos Farrapos e do movimento de unificação da Itália.
  12. 12. TURISMO DE LAGUNA Laguna é uma cidade encantadora, com mais de uma dezena de praias, um centro histórico com mais de 600 casas e monumentos históricos, tombados pelo Patrimônio Histórico Nacional, e o carnaval de rua mais animado do Sul do país. Dona de cenários cinematográficos (como o Farol de Santa Marta - o maior da América do Sul, segundo maior do mundo, construído em 1891 -, o Marco de Tordesilhas e as docas - ancoradouro de iates e pequenas embarcações, bem no centro da cidade, de onde pode-se apreciar um cinematográfico pôr-do-sol), tem suas praias e recantos invadidos por milhares de turistas todo verão. Fora da temporada de verão, é interessante observar a pesca da tainha e do camarão. De abril a julho, época da tainha, os botos sempre vêm ajudar os pescadores que ficam parados nos Molhes da Barra, esperando os cardumes que eles trazem até a praia. Considerados como amigos, os botos têm até nome: Canivete, Chinelo, Filho do Chinelo, Galha, Torta, Jucelino... Nas noites, o espetáculo fica a cargo dos pescadores de camarão, que o fazem de maneira totalmente artesanal, acendendo milhares de lâmpadas a gás - para atrair os camarões - e transformam as lagoas de Imaruí e Santo Antônio em tapetes iluminados. É um espetáculo singular.
  13. 13. CURIOSIDADES DE LAGUNA História e Cultura - A cidade tem muitos locais que merecem ser visitados. Dê especial atenção à Fonte da Carioca -construída em 1863 por escravos e ampliada em 1906 -, a Casa Pinto d'Ulysséa (1866), cópia fiel de uma Quinta Portuguesa, totalmente revestida com azulejos importados de Portugal, um luxo para a época, e a Igreja Matriz Santo Antônio dos Anjos da Laguna - o altar em estilo barroco mineiro foi esculpido em 1789, e a parede lateral é enriquecida por uma tela de Victor Meirelles, retratando a Imaculada Conceição, executada em Roma, em 1856. Não deixe de conhecer a história de Anita Garibaldi, da Revolução Farroupilha e da República Juliana, mostrada no Museu Anita Garibaldi e na Casa de Anita. O Museu ocupa uma construção de 1747, na Praça República Juliana, antiga Câmara de Vereadores e Cadeia Pública da cidade, A Casa de Anita é de 1711 e conserva diversas peças pertencentes a Anita Garibaldi. Visite também a Pedra do Frade, o Morro da Glória (com 126 m de altura, é o ponto mais alto da região) e os Molhes da Barra. Praias - Laguna possui 20 praias, algumas ainda virgens, procuradas somente por pessoas que praticam esportes náuticos. Entre as praias mais conhecidas estão a do Mar Grosso, Iro, Gi, Sol, Itapirubá, do Farol, Tereza, do Gravatá, da Galheta, Prainha, do Ipuã e do Siri e Prainha. Infraestrutura turística - Laguna tem excelente parque hoteleiro, além de inúmeras pousadas, casas de veraneio, campings... Há bons restaurantes, bons serviços, shopping, teatro, cinema e total infraestrutura de turismo e lazer.
  14. 14. CURIOSIDADES DE LAGUNA DESTAQUE O Carnaval de Laguna é considerado o melhor do Sul do país. Nos dias de Carnaval a população da cidade quase triplica. Jovens vindos de vários estados, principalmente Rio Grande do Sul e de São Paulo, tomam conta das ruas e praias da cidade.
  15. 15. FLORIANÓPOLIS
  16. 16. FLORIANÓPOLIS CARACTERÍSTICAS A capital do Estado é moderna e cosmopolita, onde o novo e o antigo convivem harmoniosamente, quer nos balneários agitados, quer nas pacatas vilas de pescadores. Tem mais de 100 praias, inúmeros parques, reservas naturais, praças, lagoas, dunas, História... Data de fundação - 23 de março de 1726. Data festiva - 23 de março (aniversário da cidade). Principais atividades econômicas - Turismo e comércio. Colonização - Açoriana. Principais etnias - Açoriana, mas pessoas das mais diversas partes do Brasil e do mundo são atraídas pelo charme e exuberância das praias e da natureza de Florianópolis. Localização - Litoral. Área - A cidade tem 436,5km2, sendo 424,4km2 na Ilha e 12,1km2 no Continente. Clima - Temperado, com temperatura média entre 20ºC e 30ºC. Altitude - 25m acima do nível do mar. Cidades próximas - São José, Biguaçu, Palhoça, Balneário Camboriú, Governador Celso Ramos, Garopaba.
  17. 17. HISTÓRIA DE FLORIANÓPOLIS A Ilha de Santa Catarina é visitada por navegadores de várias nacionalidades desde o início do século XVI. Fundada por bandeirantes paulistas em fins do século XVII, com o nome de Nossa Senhora do Desterro, Florianópolis não passava de uma modesta vila de pescadores. Conquista em 1726 a sua emancipação política e recebe, entre 1748 e 1756, expressivas levas de colonizadores açorianos e madeirenses. Com a independência do Brasil, Desterro se torna capital da Província de Santa Catarina. Já no século XX, rebatizada como Florianópolis, a cidade reafirma sua vocação como prestadora de serviços, em especial depois da chegada da iluminação pública e da inauguração da Ponte Hercílio Luz, em 1926. Com a implantação da Universidade Federal, entre os anos de 1950 e 1960, e a inauguração da BR-101, na década de 1970, Florianópolis firma-se como grande pólo turístico estadual.
  18. 18. TURISMO DE FLORIANÓPOLIS Em Florianópolis multiplicam-se as riquezas naturais, belas lagoas, morros, mangues, dunas, ilhas, paisagens, aromas, cores... Suas 100 praias de areias brancas e limpas - ora rústicas e selvagens, ora disputadas e agitadas - são verdadeiros redutos de gente dourada. Moderna e cosmopolita, a inusitada configuração urbana da Ilha e a diversidade de sua paisagem comprovam que é possível conciliar todos os recursos de uma cidade grande com a qualidade de vida que só é encontrada no Interior. Ainda hoje, em bairros como Ribeirão da Ilha e Santo Antônio de Lisboa, além de toda a área do centro, marcas da colonização açoriana são preservadas nas casas à beira da calçada, nas igrejas, nos museus, nas ruelas estreitas e no jeito de ser e de viver da gente que habita a cidade. São visitas obrigatórias o mirante da Ponte Hercílio Luz, uma das maiores pontes pênseis do mundo, iniciada em 1922 e inaugurada em 1926; o mirante do Morro da Cruz, no centro, de onde se pode ver grande parte da Ilha e do Continente, e o mirante da Lagoa, que permite uma visão panorâmica da Lagoa da Conceição, de algumas praias e das dunas da Joaquina. Também é um bom programa pegar uma escuna no trapiche da Beira-mar Norte ou em Canasvieiras e passar o dia no mar, conhecendo as ilhas em volta da cidade, as fortalezas, observando os golfinhos e as belas paisagens e deliciando-se nos restaurantes típicos...
  19. 19. TURISMO DE FLORIANÓPOLIS Praias - Ao norte ficam os balneários mais sofisticados, com excelente infraestrutura turística e de lazer. Ali estão as praias de Canasvieiras, local preferido dos estrangeiros; Jurerê, que conta com ótima infraestrutura de hotéis, restaurantes e uma vida noturna bastante movimentada; Ponta das Canas; Brava, de mar grosso com fortes ondas, ideais para a prática do surf; Ingleses; Lagoinha; Cachoeira do Bom Jesus; Daniela; Sambaqui, Cacupé e Santo Antônio de Lisboa. A leste concentram-se as maiores atrações litorâneas, como a Lagoa da Conceição, cantada em verso e prosa por diversos poetas e famosa por suas rendeiras. Ali existem ótimos restaurantes e bares, e a vida noturna é movimentada o ano todo. Visite a Praia da Joaquina, templo brasileiro do surf e palco de campeonatos mundiais de primeiro nível; as imensas dunas, que se estendem até o mar; a Praia Mole, outro paraíso dos surfistas e reduto da juventude dourada da Ilha, e a Praia da Galheta, utilizada para a prática do nudismo. Adiante, distante 20km do centro, fica a Barra da Lagoa, que concentra a maior colônia de pescadores da Ilha de Santa Catarina. Depois vêm Moçambique, a maior de todas, e Santinho. Na costa sul ficam as praias mais rústicas, onde se conservam quase intactas a fauna e a flora. São exemplos a Praia do Campeche, opção para o surf; o Morro das Pedras, de mar agitado e pesado, com um costão que avança sobre o mar, e a Armação, conhecida pela quantidade de restaurantes típicos e onde os pescadores alugam baleeiras para passeios até a Ilha do Campeche. Separada por um pequeno rio e acessível somente a pé fica o Praia do Matadeiro, excelente local para a prática do surf. No extremo sul ficam Pântano do Sul, que abriga uma das mais autênticas colônias de pescadores da Ilha; a Praia da Solidão, de águas calmas e transparentes; a Caieira da Barra do Sul, uma sucessão de pequenas praias de mar calmo e limpo, com águas quentes; a Tapera e o Ribeirão da Ilha, mais antigo distrito da capital e um dos lugares típicos de Florianópolis. Para quem gosta de aventura, vale a caminhada de 3 horas até a Praia da Lagoinha do Leste, autêntico santuário de natureza preservada, ou até Naufragados, no extremo sul da Ilha, com seu mar bravio e águas frias, uma boa opção para a pesca submarina.
  20. 20. CURIOSIDADES DE FLORIANÓPOLIS Patrimônio Histórico - A cidade tem igrejas centenárias, como a Catedral Metropolitana, que abriga em seu interior uma escultura de José e Maria em fuga para o Egito entalhada pelo artista tirolês Demetz, e a Igreja de Nossa Senhora da Lagoa da Conceição, exemplo da arquitetura trazida pelos portugueses, cujo sino foi doado pelo imperador Dom Pedro II. Visite também a Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, no centro da cidade; a de Nossa Senhora do Rosário; a de São Francisco de Paula, construída em 1830, em estilo açoriano, e a de Nossa Senhora das Necessidades, em Santo Antônio de Lisboa, monumentos históricos e testemunhos da fé e da religiosidade do ilhéu. Dê especial atenção às fortalezas: Santa Cruz, São José da Ponta Grossa, Santana, Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição, Santo Antônio e Anhatomirim. Cultura - Em diversos museus, Florianópolis resgata a história local e traduz o dia-a-dia dos povos que habitaram a Ilha ao longo dos tempos. Visite especialmente o Museu Cruz e Souza, no centro da cidade, o Largo da Alfândega e a Praça XV - acredita-se que aquele que dá quatro voltas na figueira centenária do centro da praça encontrará seu grande amor. Passeie pelo calçadão da Felipe Schmidt, tome um café no Senadinho, vá à Casa Vítor Meirelles... O Centro Integrado de Cultura reúne espaços e equipamentos para teatro, vernissages e cinema, e seu auditório principal tem capacidade para 1.000 pessoas. Entre as grandes atrações da cidade está o artesanato, com a renda- de-bilro, a rede-de-pesca e as esculturas em formato de bruxas. Nos bairros mais antigos pode-se encontrar verdadeiros ícones do folclore açoriano, como Boi-de-Mamão, Pau-de-Fita, Cacumbi ou Ticumbi, Ratoeira, Terno de Reis e Pão-por-Deus. Também são comuns as benzeduras, as crendices e superstições. No imaginário ilhéu, bruxas, fadas, gnomos e duendes misturam o sobrenatural às coisas da terra. Infraestrutura turística - Florianópolis conta com excelente infraestrutura turística. Há hotéis de categoria superior, charmosas pousadas à beira-mar, hotéis executivos e casas de veraneio. Em todas as praias, no centro ou nos bairros, multiplicam-se os restaurantes com comida típica ou cozinha internacional. Há cinemas, teatros, centros culturais e uma boa rede de comércio e de serviços.

×