Cel Nome - Bruno

533 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
533
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cel Nome - Bruno

  1. 1. CEL
  2. 2. <ul><li>Os nomes são a seguir ao verbo(a palavra mais importante da frase). </li></ul><ul><li>Os nomes podem designar seres animados ou objectos materiais e ainda acções, qualidades, estados, sentimentos. </li></ul><ul><li>Exemplos: </li></ul>SERES ANIMADOS OBJECTOS MATERIAIS ACÇÕES QUALIDADES, ESTADOS, SENTIMENTOS cantor disco saída beleza tigre casa leitura calor peixe estrela viagem esperança Marco carro insulto orgulho
  3. 3. <ul><li>NOMES COMUNS E PRÓPRIOS </li></ul><ul><li>- Os nomes comuns designam todas as pessoas, animais ou coisas duma mesma espécie, duma mesma categoria: mãe, pai, telemóvel, autocarro... </li></ul><ul><li>O nome comum é acompanhado, em geral, de um determinante. a mãe, o pai,, o telemóvel, o autocarro... </li></ul><ul><li>- Os nomes próprios designam seres individualizados: Marta, Porto, Maio, Fundão... </li></ul><ul><li>O nome próprio, frequentemente, não apresenta determinante. Na escrita, os nomes próprios distinguem-se dos nomes comuns por começarem por letra maiúscula. </li></ul>
  4. 4. Os nomes comuns coletivos, no singular, designam um conjunto de seres ou objetos de uma mesma espécie. alcateia ( lobos) armada ( navios) arquipélago ( ilhas ) assembleia ( pessoas ) banda ( músicos ) bando ( aves ) batalhão ( soldados ) cáfila ( camelos ) cacho ( bananas, uvas... ) cardume ( peixes ) chusma ( pessoas ) companha ( pescadores ) Companhia ( pessoas ) constelação ( estrelas ) cordilheira ( serras ) coro ( cantores ) elenco ( actores ) enxame ( abelhas ) fato ( cabras ) fauna ( espécies animais ) flora ( espécies vegetais ) formigueiro ( formigas ) frota ( navios, aviões ) gente ( pessoas ) grupo ( pessoas ) laranjal ( laranjeiras ) leva ( prisioneiros ) magote ( pessoas ) Malta ( pessoas ) manada ( bois ) mata ( árvores silvestres ) matilha ( cães ) molho ( flores, vegetais, chaves...) montado ( sobreiros ) multidão ( pessoas ) ninhada ( aves, filhos ) pelotão ( militares, atletas) piquete ( policias , empregados ) pomar ( árvores de fruto ) povo ( pessoas ) quadrilha ( ladrões, malfeitores ) rancho ( pessoas ) rebanho ( ovelhas, cabras ) récua ( animais de carga ) regimento ( soldados ) réstia ( alhos, cebolas ) sobral ( sobreiros ) souto ( castanheiros ) turma ( estudantes ) vara ( porcos ) vinha ( videiras)
  5. 5. - Os nomes animados constituem uma subclasse de nomes que designa os seres que possuem vitalidade ( pessoas e animais ) - Os nomes não animados referem os objectos, as coisas. Marco indivíduo cão rapariga grupo elefante portugueses Filipa pássaro Europa livro pomar Alemanha caderno constelação Portugal lápis ternura
  6. 6. Género, Número, Grau Jogos didácticos clica no Link: http://www.prof2000.pt/users/rocaramelo/feminome.htm http://www.prof2000.pt/users/rocaramelo/PLURINOME.htm GÉNERO NÚMERO GRAU O rapaz estuda (masculino) Os rapazes estudam (singular) O rapagão estuda (aumentativo) A rapariga estuda (feminino) As raparigas cantam (plural ) O rapazinho estuda (diminutivo)
  7. 7. Género, Número, Grau 1- NOMES MASCULINOS E NOMES FEMININOS a)- Há dois géneros gramaticais: o masculino e o feminino . São masculinos os nomes que podem ser precedidos dos determinantes o, os, um, uns : o rapaz, um balão . São femininos os nomes que podem ser precedidos dos determinantes a, as, uma, umas : a rapariga, uma praia b)- Os nomes que designam seres vivos ( animados ) variam geralmente de género segundo o sexo a que pertencem - GÉNERO NATURAL o pai / a mãe o príncipe / a princesa o leão / a leoa c)- Há, porém, muitos nomes que designam seres não animados que apresentam sempre o mesmo género, masculino ou feminino. Não se trata de um género natural, mas sim de um GÉNERO GRAMATICAL É a gramática que o atribui, podendo variar de língua para língua: Nomes que designam seres não animados Masculino Feminino o livro o cinzeiro o carro o papel o caderno a ponte a cadeira a árvore a Lua a caneta
  8. 8. <ul><li>2- FORMAÇÃO DO FEMININO DOS NOMES QUE TÊM DOIS GÉNEROS </li></ul><ul><li>a)- Nomes que seguem a regra geral. </li></ul><ul><li>REGRA GERAL: O feminino obtém-se substituindo o o final por a </li></ul><ul><li>Esta regra abrange igualmente os nomes terminados em e </li></ul><ul><li>o mestre / a mestra </li></ul><ul><li>o infante / a infanta </li></ul>Género, Número, Grau
  9. 10. O número dos nomes <ul><li>. Em geral, o singular usa-se quando o nome designa um único ser ou objecto. </li></ul><ul><li>. O plural emprega-se sempre que o nome designa dois ou vários seres ou objectos. </li></ul><ul><li>. Alguns nomes são usados só no singular e outros só no plural. </li></ul>
  10. 11. Grau dos nomes Os nomes, além de variarem em género e número, também variam em grau. O grau aumentativo indica um aumento; o grau diminutivo uma diminuição . S apatinho / sapato / sapatão GRAU DIMINUTIVO GRAU NORMAL GRAU AUMENTATIVO casinha casa casarão mulherzita mulher mulheraça cãozinho cão canzarrão dentinho dente dentuça carrinho carro carrão montinho monte montanha salinha sala salão patinha pata patorra rapazinho rapaz rapagão
  11. 12. Informação | Agradecimentos <ul><li>Realizador: Bruno Dias </li></ul><ul><li>Para: Prof. Margarida Godinho </li></ul><ul><li>& </li></ul><ul><li>Prof. Inês Vasconcelos </li></ul><ul><li>Obrigado… </li></ul><ul><li>Kisses </li></ul>

×