Dezembro 09<br />
<br />O PROJECTO       Estratégias      Competências<br />
<br />O projecto       ESTRATÉGIAS       Competências<br /><ul><li>Pesquisa e recolha de informação;
Estabelecer fortes parcerias:
FEUP – Fornecimento de grande parte do material
ECOCASA – Fornecimento de informação para a constituição do livro.
Publicidade (decente) no blogue para angariação de fundos;
Encontrar empresas interessadas em patrocinar o nosso projecto;</li></li></ul><li><br />O projecto       Estratégias      ...
Encontrar soluções ao alcance de todos com vista a diminuir o nosso impacto negativo no ambiente;
Relacionar conteúdos de física (dinâmica, electricidade, termodinâmica) [necessários a construção de uma casa amiga do amb...
Estudar novos e diferentes materiais de construção que contribuam para a poupança energética.</li></li></ul><li><br />RECU...
Vidros ou papel de acetato para as janelas;
Madeira /Esferovite /Gesso (para a construção das paredes);
Relva artificial;
Disponibilização de um espaço;
Plantas artificiais (pequenas de preferência);
Móveis e electrodomésticos á escala;</li></ul>LIVRO<br />
<br />RECURSOS       Pesquisa       Produto Final<br />MAQUETA<br />MAQUETA<br /><ul><li>Para a elaboração do documento fi...
<br />Recursos       PESQUISA       Produto Final<br /><ul><li>Os princípios de Arquitectura Bioclimática não são mais do ...
Uma casa desenvolvida numa lógica de sustentabilidade.</li></ul>Resumindo, é fundamental orientar convenientemente o edifí...
<br />Recursos       PESQUISA       Produto Final<br />Em Portugal, de acordo com a sua situação geográfica, o quadrante S...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2º Apresentação Vb

473 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2º Apresentação Vb

  1. 1. Dezembro 09<br />
  2. 2. <br />O PROJECTO Estratégias Competências<br />
  3. 3. <br />O projecto ESTRATÉGIAS Competências<br /><ul><li>Pesquisa e recolha de informação;
  4. 4. Estabelecer fortes parcerias:
  5. 5. FEUP – Fornecimento de grande parte do material
  6. 6. ECOCASA – Fornecimento de informação para a constituição do livro.
  7. 7. Publicidade (decente) no blogue para angariação de fundos;
  8. 8. Encontrar empresas interessadas em patrocinar o nosso projecto;</li></li></ul><li><br />O projecto Estratégias COMPETÊNCIAS<br /><ul><li>Perceber como o nosso dia-a-dia pode influenciar de forma negativa o meio ambiente;
  9. 9. Encontrar soluções ao alcance de todos com vista a diminuir o nosso impacto negativo no ambiente;
  10. 10. Relacionar conteúdos de física (dinâmica, electricidade, termodinâmica) [necessários a construção de uma casa amiga do ambiente];
  11. 11. Estudar novos e diferentes materiais de construção que contribuam para a poupança energética.</li></li></ul><li><br />RECURSOS Pesquisa Produto Final<br />MAQUETA<br /><ul><li>Uma tábua de base para a maqueta;
  12. 12. Vidros ou papel de acetato para as janelas;
  13. 13. Madeira /Esferovite /Gesso (para a construção das paredes);
  14. 14. Relva artificial;
  15. 15. Disponibilização de um espaço;
  16. 16. Plantas artificiais (pequenas de preferência);
  17. 17. Móveis e electrodomésticos á escala;</li></ul>LIVRO<br />
  18. 18. <br />RECURSOS Pesquisa Produto Final<br />MAQUETA<br />MAQUETA<br /><ul><li>Para a elaboração do documento final vai ser necessário fazer impressões em quantidades significativas do “livro” que acompanhará a maqueta;</li></ul>LIVRO<br />LIVRO<br />
  19. 19. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br /><ul><li>Os princípios de Arquitectura Bioclimática não são mais do que o enquadramento da casa à sua realidade local.
  20. 20. Uma casa desenvolvida numa lógica de sustentabilidade.</li></ul>Resumindo, é fundamental orientar convenientemente o edifício, fazer o seu isolamento de modo eficiente (preferencialmente pelo lado exterior e de modo contínuo) para atenuar as trocas térmicas entre interior e exterior<br />Arquitectura Bioclimática<br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />
  21. 21. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />Em Portugal, de acordo com a sua situação geográfica, o quadrante Sul é aquele que recebe maior radiação solar ao longo do dia. Este será portanto a orientação privilegiada para fazer o aproveitamento dos ganhos solares.<br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Orintação Solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />
  22. 22. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />Após múltiplas pesquisas concluímos que as salas e os quartos devem ser mais a sul.<br />As divisões deverão também ser amplas para uma melhor circulação de ar.<br />Os corredores deverão ser evitados o mais possivel (na criação da casa).<br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />
  23. 23. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />As coberturas devem responder a algumas exigências funcionais:<br /><ul><li>Exigências de segurança(seja estrutural, contra risco de incêndio ou decorrentes do próprio uso da habitação);
  24. 24. Exigências de habitabilidade(falamos de estanquidade, conforto higrotérmico, acústico, visual, etc.);
  25. 25. Exigências de economia(quer em termos de custos e de durabilidade);</li></ul>Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />
  26. 26. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />Resistentes aos vários esforços e acções a que se encontram sujeitas.<br />Existem vários tipos de parede exterior, não só quanto às camadas que a compõem mas também quanto ao tipo de materiais utilizados para a sua composição. Em qualquer uma delas é importante fazer o seu isolamento térmico para que resultem eficientes e minimizem as trocas térmicas entre o interior e o exterior, mantendo o conforto no interior.<br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />
  27. 27. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />As janelas inteligentes são constituídas por uma placa de vidro, que contem um filme fino de óxido de tungsténio (WO3). <br />[no nosso projecto o conforto não foi desprezado] <br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />
  28. 28. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />São constituídos por uma película química ligada à superfície, que absorve a luz ultravioleta.<br /> Ao absorver a radiação dá-se uma reacção que fractura a película das poeiras.<br />O “segredo” deste vidro está na camada ultra-fina de que é feito o lado externo do vidro. <br />Este é composto por dióxido de titânio.<br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />Vidros auto limpantes<br />
  29. 29. <br />Recursos PESQUISA Produto Final<br />São constituídos por uma película química ligada à superfície, que absorve a luz ultravioleta.<br /> Ao absorver a radiação dá-se uma reacção que fractura a película das poeiras.<br />O “segredo” deste vidro está na camada ultra-fina de que é feito o lado externo do vidro. <br />Este é composto por dióxido de titânio.<br />Arquitectura Bioclimática<br />Orientação solar<br />Divisões<br />Tectos<br />Paredes<br />Janelas inteligentes<br />Vidros auto limpantes<br />Vidros auto limpantes<br />
  30. 30. <br />Recursos Pesquisa PRODUTO FINAL<br /><ul><li>Divulgar o conceito de uma “ecocasa” (amiga do ambiente);
  31. 31. Ajudar a diminuir o agravamento dos problemas ecológicos actuais;
  32. 32. Elaboração de uma maqueta de uma “ecocasa” que compile as estruturas imprescindíveis com vista á redução de custos energéticos, bem como outras estruturas que tornem a referida casa energeticamente auto-sustentada;
  33. 33. Criação de um dossier com todas as indicações de uma casa amiga do ambiente;</li></li></ul><li><br />CALENDARIZAÇÃO Blogue Planta da casa<br />1ºPeriodo<br />25 de Setembro<br />Nome do grupo, logotipo, dez palavras do ante projecto, e e-mail do grupo; <br />02 de Outubro<br />Decisão de projecto, realização da tarefa 1, elaboração do blogue (provisório), criação de alojamento e do domínio;<br />09 de Outubro<br />Criação de contas no blogue para todos os membros, lista de cuidados a ter na elaboração da casa, reparação de problemas no blogue, pesquisa materiais e considerações a ter; <br />16 de Outubro<br />Analise do projecto “Twist”, criação de folha de resolução de problemas, adaptação do panificador de tarefas ao e-mail, organização do planeador semanal pesquisa;<br />23 de Outubro<br />Preparação de dados para o PowerPoint, elaboração de modelo para PowerPoint do 1º período;<br />
  34. 34. <br />CALENDARIZAÇÃO Blogue Planta da casa<br />1ºPeriodo (cont.)<br />23 de Outubro<br />Preparação de dados para o PowerPoint, elaboração de modelo para PowerPoint; <br />30 de Outubro<br />Uma pequena apresentação de PowerPoint;<br />13 de Novembro<br />Elaboração do Anteprojecto; <br />20 de Novembro<br />Entrega do Anteprojecto;<br />27 de Novembro<br />Estabelecer contacto com a Professora Belmira Neto;<br />03 de Dezembro<br />Entrega do relatório;<br />04 de Dezembro<br />Apresentações orais de final do 1º período;<br />
  35. 35. <br />CALENDARIZAÇÃO Blogue Planta da casa<br />2ºPeríodo<br />04 de Janeiro<br />Inicio das actividades lectivas;<br />08 a 15 de Janeiro<br />Procura de materiais, espaço de construção, etc;<br />22 de Janeiro<br />Inicio da construção da maqueta (base);<br />29 de Janeiro a 26 de Fevereiro<br />Construção da maqueta;<br />27 de Fevereiro a 12 de Março<br />Margem de atraso do projecto;<br />19 de Março<br />Entrega do relatório individual, o portefólio, o dossiê do grupo e apresentação oral;<br />3ºPeríodo<br />Todo o período para últimos pormenores e elaboração do livro que acompanha a maqueta.<br />
  36. 36. <br />Calendarização BLOGUE Planta da casa<br />
  37. 37. <br />Calendarização Blogue PLANTA DA CASA<br />
  38. 38. FIM!<br />

×