Casas ecológicas

363 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
363
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Casas ecológicas

  1. 1. Casas ecológicas, o que são?TweetO sonho de todas as pessoas do mundo é ter uma casa ecológica, ou pelo menosfazer com que sua casa se torne menos poluente ao meio ambiente. Quando sesonha com a casa ideal, pensa-se num lugar belo e agradável, luminoso, quente noInverno e fresca no Verão, com o ar puro, de fácil manutenção, respeitosa com omeio ambiente e que seja capaz de produzir a energia que consome.Assim como, a possibilidade de aproveitamento da água existente no terreno ecomo o armazenamento da água das chuvas. Em tempo de RIO + 20, só se ouvefalar em medidas para diminuir a poluição no mundo. Neste artigo vamos mostrarum pouco das casas ecológicas, como são feitas, quanto é gasto em média nosmateriais usados.Para começar, o que é uma casa ecológica?Uma casa ecológica é uma casa saudável que respeita o ambiente e tira maiorpartido do que a natureza dá. Por exemplo, uma casa com orientação a sul permiteum maior aproveitamento da energia e luminosidade do sol. A escolha doisolamento térmico adequado é igualmente determinante, evitando perdas de calorno Inverno e ganhos de calor no Verão. Os materiais de construção são umacomponente importante numa casa ecológica. Existem diversos materiaisaconselhados, de baixo impacte ambiental na produção e ao longo da vida útil:cerâmica, isolamentos naturais (feitos de fibras vegetais, cânhamo e celulose),tintas biológicas, cal, vidro, ferro, cobre, plásticos ecológicos e pedra.Como é feita uma casa ecológica?As casas ecológicas têm de ter em conta a orientação da construção, do terreno eda natureza que o rodeia, e devem ser criadas para serem auto-suficientes. Asconstruções ecológicas estão na moda nos países mais avançados e ajudam apreservar o meio ambiente. Por exemplo: Uma bela construção em madeira deveutilizar madeiras como certificado de origem correto, podendo ser construída sobre
  2. 2. uma base de rochas da região (granitos, calcários, xistos, etc.). Para manter a casaa uma temperatura equilibrada e para o aquecimento de água, podem-se utilizar asenergias oriundas da biomassa, geotérmica e/ou painéis solares. A energia elétricapode ser reduzida através de painéis fotovoltaicos, aerogeradores e turbinas (seexistir no local uma corrente de água).Bioconstrução: A bioconstrução encarrega-se de encontrar a harmonia entre atecnologia, a estética e a funcionalidade, que se integra, por sua vez, no meioambiente natural ou urbano. O objetivo é satisfazer as necessidades humanas emcondições saudáveis, guiando-se por um critério estrito de sustentabilidade erespeito com o meio ambiente.Na hora de promover a construção de uma edificação sustentável, deve-se ter emconta o local, realização uma avaliação meio ambiental e procurando oaproveitamento das energias passivas. A estética deve ser integrada na paisagemou na arquitetura local. Os sistemas de construção devem estar de acordo com olugar e os materiais devem ser saudáveis.Deve-se conseguir um conforto térmico e acústico, com um ótimo consumoenergético, em que a geração de resíduos seja mínima e que nesta estejamprevistos métodos de reciclagem. É necessário cuidar da qualidade do ar e deve-secompensar a estética interior com a funcionalidade, tendo em conta a cor, a luz, osespaços e as dimensões.Em conclusão, a bioconstrução deve contemplar o aproveitamento do meio naturalsem causar prejuízo algum sobre a sustentabilidade, devendo aplicar odesenvolvimento tecnológico para a concretização de uma maior poupançaenergética e a diminuição dos resíduos, sem esquecer o aspecto estético, um dosvários fatores que determinam a habitação.Iluminação Zenital: As lajes da casa ecológica são produzidas com um dispositivoinédito de iluminação Zenital. Por ser acoplado às luminárias dispostas no teto daresidência, este processo, reflete os raios solares sobre a superfície de globosleitosos, propiciando uma iluminação natural durante o dia, economizando energiadespendida com lâmpadas convencionais.Energia limpa: Há duas formas mais fáceis de conseguir energia limpa, uma delas éa energia eólica, energia que provém do vento. A energia eólica pode serconsiderada uma das mais promissoras fontes naturais de energia, principalmenteporque é renovável, ou seja, não se esgota, limpa, amplamente distribuídaglobalmente e, se utilizada para substituir fontes de combustíveis fósseis, auxilia naredução do efeito estufa. A energia eólica transforma a rotação das ventoinhas emenergia mecânica. A força da rotação é enviada para um gerador que transformapor sua vez energia mecânica em energia elétrica.Outra forma são os painéis solares: Basicamente, dispositivos utilizados paraconverter a energia da luz do Sol em energia elétrica. O dispositivo também é
  3. 3. conhecido como “Painel Solar Fotovoltaico”. A composição de um painel solarconsiste em células fotovoltaicas, estas com a propriedade de ter sensibilidade deabsorver a energia solar e gerar a eletricidade em duas camadas opostas.Estas são duas formas de usar energia de forma sustentável, ou seja, a casa sercapaz de produzir sua própria energia.Ecologia: A construção de casas de madeira é sem dúvida um dos sistemas deconstrução mais respeitosos para o meio ambiente. A madeira é um dos materiaisde construção mais nobres, é natural e renovável, e o seu processo detransformação é simples, usando pouca energia em comparação com os materiaisde construção tradicionais.Há muitas formas ainda de usar materiais e ideias que possam ajudar na reduçãode dejetos e evitar desperdícios.Um pouco dos materiais para construção da casa:Energia solar para aquecer a água: com essa “mini-usina” caseira gasta-se 30%menos energia elétrica. Custa em torno de 7000 reais a mais em construçõesnovas. Com a economia na conta de luz, o investimento se paga em dois anos.Uma ressalva: o sistema não dá conta das baixas temperaturas, quando énecessário recorrer ao aquecimento elétrico.Sistema de captação da água da chuva: numa região chuvosa, a metade da águanecessária para uma família pode vir deste sistema. Custa em torno de 5000 reais(para uma casa de 100 metros quadrados). Compensa investir no sistema. Além deajudar a economizar na conta, é garantia de abastecimento de água para o futuro,quando esse pode se tornar um item mais escasso - e caro.Lâmpadas fluorescentes: Sempre utilizar este tipo de iluminação. Apesar decustarem mais, duram muito mais tempo e consomem até 90% menos de energia(com mesma iluminação).Estamos convencidos de que a casa ecológica deve ser mais barata – apesar de serconsiderada muitas vezes como artigo de moda e isso tornar seu preço mais caro.Além disso, existem os custos não compatibilizados – que decorrem do processo deextração, uso e manutenção dos materiais utilizados – que favorecem o uso debiomateriais em relação aos materiais de origem petroquímica.Existem também diferenças quanto a expectativa de duração da casa. Na Europa ascasas são pensadas para gerações futuras (maior duração). Nos EUA, a maior partedas casas são de madeira (menor duração). Não sabemos qual a concepçãopredominante no Brasil…Casa ecológica faz família gerar pouco lixoOs Lindell, uma típica família da classe média da Suécia, aceitou o desafio dereduzir as emissões individuais de cada um dos seus quatro integrantes de 6 ou 7
  4. 4. toneladas/ano para apenas uma. Para isso, se mudaram por seis meses para umacasa ecológica nos arredores de Estocolmo. A construção tem paredes triplas,superisolamento térmico e células fotovoltaicas que – mesmo no alto do hemisférionorte – devem fornecer toda a energia necessária. Deve sobrar eletricidade atépara alimentar um carro. Mas a família vai ter que fazer sacrifícios.“O projeto se chama Vida de Uma Tonelada (OneTonne Life) e é um desafio para afamília viver da forma mais climaticamente correta, reduzindo a pegada de carbonoanual para o equivalente a uma tonelada de carbono por pessoa”, afirmou o pai,Niels Lindell. A comida consumida, as roupas e até os móveis que forem compradosentram no cálculo de carbono utilizado.Americano constrói casas ecológicas feitas de lixoO construtor de casas americano Dan Philips transforma lixo em moradias, criandomosaicos sinuosos no piso com restos de madeira, balcões de cozinha feitos deossos de marfim coloridos e telhados feitos de placas de carro. Elas são feitasquase que totalmente com materiais que geralmente acabariam em um depósito delixo. Ele explica que “as pessoas vêm fazendo isso há centenas de milhares deanos: usando o que estiver disponível para construir um abrigo”.- Se você pensar em tudo que pode ser usado, então pode usar qualquer coisanuma construção.Philips fundou sua empresa, a Phoenix Commotion, há 12 anos, com o objetivo decriar um novo modelo de habitação sustentável e acessível. Até agora, a empresajá construiu 13 casas. A Phoenix Commotion opera como se fosse uma organizaçãosem fins lucrativos, com o objetivo de resolver problemas sociais. Por US$ 10 mil,ela constrói casas acessíveis para pais solteiros, famílias de baixa renda e artistas.Cada casa possui uma alta eficiência energética, aquecedor solar de água quente eum sistema de captação que recicla água da chuva para dar descarga e para lavarroupas. Philips contrata pedreiros sem experiência, ensina-lhes tarefas exigidaspelo mercado e os ajuda a conseguir trabalho.A companhia tem desviado centenas de toneladas de sobras de construção deaterros, reciclando os materiais em estruturas habitáveis. Tanto material deconstrução chega à Phoenix Commotion que o armazenamento é um problemaconstante.

×