Equipamentos ativos de rede trabalho

5.961 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.961
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
63
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Equipamentos ativos de rede trabalho

  1. 1. A.C. -Arquitetura de ComputadoresEquipamento Ativo de RedeTrabalho realizado por Gustavo Fernandes Nº10 11º Gestor de InformáticaÍndiceEquipamentos Ativos....................................................................................................................... 1Tipos de Switch................................................................................................................................ 1Router .............................................................................................................................................. 5Bridge............................................................................................................................................... 7Placa de rede ................................................................................................................................... 8Equipamentos AtivosUm equipamento ativo é um equipamento que gere o tráfego quepassa por todos os equipamentos passivos. Podem ser divididos emtrês tipos de equipamentos:o Switch: Um Switch permite interligar equipamentos de rede,mas que não prejudica a taxa de velocidade de transmissão dedados. Podem ter duas interfaces de rede: Eléctrica ÓpticaQue podem operar a várias velocidades (10/100/1000/10000Mb/s).Tipos de SwitchStore-and-forwardEsse tipo de switch aceita e analisa o pacote inteiro antes de encaminhá-lopara a porta de saída, guardando cada quadro em um buffer. Este métodopermite detectar alguns erros, evitando a sua propagação pela rede.
  2. 2. Enquanto o quadro está no buffer, o switch calcula o CRC e mede otamanho do quadro. Se o CRC apresenta erro ou o tamanho é muitopequeno ou muito grande (um quadro Ethernet tem de 64 bytes a 1518bytes), o quadro é descartado. Se tudo estiver correto, o quadro éencaminhado para a porta de saída. Esse método assegura operações semerro e aumenta a confiabilidade da rede. Os switches store-and-forwardsão projectados para redes corporativas, onde a verificação de erros édesejável.WEB Rack19 10/100Mbps Switch (24UTP 2 SFP)Preço:223,0 €Link:http://www.pixmania.com/pt/pt/12555021/art/noname/web-rack19-10-100mbps-swi.htmlDescrição:Switch 24 portas RJ45 LAN Ethernet 10/100 Mbps2 Portas 1GbE adicionais RJ45/SFP.Entradas RJ45 Ethernet 24 portas 10/100 Mbps (10/100 BaseT-Tx)com Auto-MDI e tecnologia MDI-X.
  3. 3. 2 Portas Ethernet RJ45 e compatível com SFP (um dos dois de umavez) a 10/100/1000 Mbps (Gigabit Ethernet) com tecnologia Auto-MDI e MDI-X. Store-and-forward tecnologia.Pacote: 6,54 Mpps.Tabela MAC: 4K.Buffer interno: 2,75 Mb Mude a configuração via web.Recursos avançados de VLAN:trunking, QoS, monitoramento PoE,etc.Tamanho: 440 x 120 x 44 mm.<,li>, liga-se directamente à redeeléctrica de 220 VCA. (pxRH42)Cut-throughOs switches cut-through apenas examinam o endereço de destino antes dereencaminhar o pacote. Eles foram projectados para reduzir a essa latência,minimizando o atraso (delay) lendo apenas os 6 primeiros bytes de dadosdo pacote (que contém o endereço de destino) e logo encaminham opacote.Contudo, esse switch não detecta pacotes corrompidos causados porcolisões, conhecidos como "runts", nem erros de CRC. Quanto maior onúmero de colisões na rede, maior será a largura de banda gasta com oencaminhamento de pacotes corrompidos.Um segundo tipo de switch cut-through, chamado "fragment free", foiprojectado para eliminar esse problema. Nesse caso, o switch sempre lê osprimeiros 64 bytes de cada pacote, assegurando que o quadro tem pelomenos o tamanho mínimo, evitando o encaminhamento de runts pela rede.Switches cut-through são mais bem utilizados em pequenos grupos detrabalho e pequenos departamentos. Nessas aplicações é necessário umbom throughput e erros potenciais de rede ficam no nível do segmento,sem impactar a rede corporativa.
  4. 4. Nosso preço (líquido):1 716,30 €Link:http://www.senetic.pt/product/WS-C2960S-48TS-L- 1 Gigabit Ethernet uplink flexibilidade com Small Form-FactorPluggable Plus (SFP +), proporcionando a continuidade do negócio euma transição rápida para 10 Gigabit Ethernet- 24 Ou 48 portas Gigabit Ethernet de conectividade do desktop- Cisco FlexStack empilhamento módulo com 40 Gbps de taxa detransferência, permitindo facilidade de operação, com configuraçãoúnica e atualização interruptor simplificado- PoE + com até 30W por porta que lhe permite suportar as maisrecentes PoE + dispositivos capazes- As opções de alimentação, com 740W ou 370W fontes dealimentação fixas para PoE + interruptores estão disponíveis- Armazenamento USB para backup de arquivos, distribuição eoperações simplificadas- Garantia de hardware vitalícia limitada, incluindo próximo dia útilsubstituição com o serviço de 90 dias e suporteAdaptative cut-throughSão switches híbridos que processam pacotes no modo adaptativo,suportando tanto o modo store-and-forward quanto cut-through. Qualquerdos modos pode ser activado pelo gerente da rede ou o switch pode serinteligente o bastante para escolher entre os dois métodos, baseado nonúmero de quadros com erro passando pelas portas.
  5. 5. Quando o número de quadros corrompidos atinge um certo nível, o switchpode mudar do modo cut-through para store-and-forward, voltando aomodo anterior quando a rede se normalizar.RouterÉ um equipamento activo de uma rede de dados quer permite acomunicação entre dispositivos de redes diferentes (e também de redescom diferentes tecnologias) e totalmente autónomas. Os routersfuncionam na camada 3 do modelo OSI e têm a capacidade (com base nosprotocolos de encaminhamento, rotas estáticas ou por conhecerem asredes directamente ligadas) de fazer chegar os pacotes de dados de umarede de origem a uma determinada rede de destino.
  6. 6. Preço:110,91€ iva incluídoLink:http://www.pixmania.com/pt/pt/10789379/art/d-link/router-multimedia-hd-wifi.html#pix-review
  7. 7. BridgeBridge é o termo utilizado em informática para designar um dispositivoque liga duas ou mais redes informáticas que usam protocolos distintos ouiguais ou dois segmentos da mesma rede que usam o mesmo protocolo,por exemplo, Ethernet ou token ring. Bridges servem para interligar duasredes, como por exemplo ligação de uma rede de um edifício com outro.Uma bridge é um segmento livre entre rede, entre o servidor e o cliente(túnel), possibilitando a cada utilizador ter sua senha independente.Uma bridge ignora os protocolos utilizados nos dois segmentos que liga, jáque opera a um nível muito baixo do modelo OSI (nível 2); somente enviadados de acordo com o endereço do pacote. Este endereço não éo endereço IP (internet protocol), Os únicos dados que são permitidosatravessar uma bridge são dados destinados a endereços válidos no outrolado da ponte. Desta forma é possível utilizar uma bridge para manter umsegmento da rede livre dos dados que pertencem a outro segmento.Wireless Longshine Access Point Bridge 300Mbps - LCS-WA3-50Marca:LONGSHINE- Access Point Wireless- Até 300 Mbits/s- Alimentado via USB- 2 x RJ-45- Encriptação WEP, WPA, WPA2- Chip Realtek- Compatível com Windows 7- Client Modus para Set-Top Box
  8. 8. Link:http://www.chip7.pt/catalogo/detalhes_produto.php?id=46402Placa de redeUma placa de rede (também chamada adaptador de rede ou NIC, deNetwork Interface Card) é um dispositivo de hardware responsável pelacomunicação entre os computadores de uma rede.A placa de rede é o hardware que permite aos computadores conversarementre si através da rede. A sua função é controlar todo o envio e recepçãode dados através da rede. Cada arquitectura de rede exige um tipoespecífico de placa de rede; sendo as arquitecturas mais comuns a rede emanel Token Ring e a tipo Ethernet.As placas de rede à venda no mercado diferenciam-se também pela taxa detransmissão, cabos de rede suportados e barramento utilizado (On-Board,PCI, ISA ou Externa via USB). As placas de rede para Notebooks podem seron-board ou PCMCIA.Quanto à taxa de transmissão, temos placas Ethernet de 10 Mbps / 100Mbps / 1000 Mbps e placas Token Ring de 4 Mbps e 16 Mbps. Como vimosno trecho anterior, devemos utilizar cabos adequados à velocidade da placade rede. Usando placas Ethernet de 10 Mbps, por exemplo, devemosutilizar cabos de par trançado de categoria 3 ou 5, ou então cabos coaxiais.Usando uma placa de 100 Mbps,o requisito mínimo a nível de cabos de partrançado blindados é de nível 5.
  9. 9. No caso de redes Token Ring, os requisitos são cabos de par trançadocategoria 2 (recomendável o uso de cabos categoria 3) para placas de redede 4 Mbps, e cabos de par trançado blindado categoria 4 para placas de 16Mbps. Devido às exigências de uma topologia em estrela das redes TokenRing, nenhuma placa de rede Token Ring suporta o uso de cabos coaxiais.Cabos diferentes exigem encaixes diferentes na placa de rede. O maiscomum em placas Ethernet, é a existência de dois encaixes, uma para cabosde par trançado e outro para cabos coaxiais. Muitas placas mais antigas,também trazem encaixes para cabos coaxiais do tipo grosso (10Base5).

×