(12) apresentação aula 12 os seres vivos do sexto dia

747 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

(12) apresentação aula 12 os seres vivos do sexto dia

  1. 1. Gn 1. 24,25Criação dosseres vivos terrestres
  2. 2. ... “produza a terra seres viventes...”A atmosfera da Terra no 6º dia já propiciava a vida em ambiente plenamenteterrestre.... “seres viventes...” (almas viventes – ARC)Convém notar a expressão “seres viventes". Tanto os animais terrestres, como osmarinhos, são chamados seres viventes. O homem mesmo foi feito alma vivente como sopro divino em seu nariz. O que esta expressão significa é difícil saber, se não forque "Deus comunicou a estes seres a vida".... “animais domésticos, répteis e animais selvagens...”Vemos novamente a tríade de seres vivos, conforme apareceu no 3º e no 5º dias.Outras traduções:•ARC – “...gado, e répteis, e bestas-feras da terra...”•NTLH – “...animais domésticos, selvagens e os que se arrastam pelo chão...”De um modo mais amplo temos: animais domésticos, animais de pequeno porte eanimais de caça... “conforme a sua espécie...”Observa-se de novo as leis da Genética, que impedem qualquer tipo de evolução paraoutro tipo de animal. Essas leis foram aplicadas também no 3º e no 5º dias.
  3. 3. Gênesis 1:26-2:7O Homem, aCriação por Excelência
  4. 4. Estrutura do texto da Criação•uma palavra introdutória de anúncio,“Disse Deus...” (1.3, 6, 9, 11, 14, 20, 24, 26)•uma palavra de ordem criadora,“Haja”, por exemplo, (1.3, 6, 9, 11, 14-15, 20, 24, 25)•uma palavra para sintetizar o cumprimento,“E assim se fez”, (1.3, 7, 9, 11, 15, 24, 30)•uma palavra descritiva de cumprimento,“Fez, pois, Deus...”, “ A terra, pois, produziu...” (1.4, 7, 12, 16-18, 21, 25, 27)•uma palavra descritiva de nomeação ou bênção,“Chamou Deus...”, “ E Deus os abençoou...” (1.5, 8, 10, 22, 28-30)
  5. 5. •uma palavra de avaliação e aprovação,“E viu Deus que isso era bom” (1.4, 10, 12, 18, 21, 25, 31)•uma palavra final de estrutura temporal,“Houve tarde e manhã, o [...] dia” (1.5, 8, 13, 19, 23, 31) ►No relato da criação do homem ao invés de uma palavra de ordem criadora, há uma resolução, um consenso, uma decisão divina: “Façamos o homem à nossa imagem”. Somente aqui, o texto troca a prosa repetitiva, cuidadosamente elaborada, pela beleza e força da poesia hebraica: “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou, homem e mulher os criou. (v. 27)” O emprego tríplice de “bará”, “criar” , e a estrutura invertida assinalam que aqui o relato atinge o clímax para o qual estava encaminhando em estágios sempre ascendentes.

×