Pintura de Aço Galvanizado (AZIQ) – “Sistema “Duplex”
Preparação de Superfície e Outros Aspectos Técnicos

Autor : Fernand...
Falhas Prematuras na Pintura
de Aço Galvanizado

Cortesia : Heron Mendes
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ)
Detalhes Prévios Importantes
Principalmente em Atmosferas Marinha e/ou Industrial

“ Sem...
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ)
Detalhes Prévios Importantes
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ)
Detalhes Prévios Importantes
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ)
Detalhes Prévios Importantes
Características deste Processo
 Evita-se a contaminação da...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ)

Condições Superficiais do
Revestimento de Zinco

Novo
...
AZIQ Novo
Processo de galvanização recente onde a superfície apresentase, em sua totalidade, com brilho e aspecto metálico...
Algumas Condições Superficiais
do AZIQ Envelhecido
Aspectos Técnicos Importantes
na Pintura do Aço Galvanizado
(AZIQ) Novo
Rugosidade Superficial

10 µm

Portanto, há que se...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo

Portanto, há que se criar, para certos tipos de t...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo
Muitos dos Fatores Apresentados a Seguir Aplicam-s...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo
Rugosidade Superficial

Mas será que este é o únic...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ)
Novo
 Tipos de tinta em contato com a superfície de zi...
Aspectos Técnicos Importantes na Pintura
do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo
Aplicação de esmalte sintético diretamente na
supe...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo
Muitos dos Fatores Apresentados a Seguir Aplicam-s...
Aspectos Técnicos Importantes na
Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo
Aspectos Técnicos Importantes na Pintura
do Aço Galvanizado (AZIQ) Envelhecido

Superfície mais rugosa, o que facilita a
a...
Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do
Aço Galvanizado (AZIQ) Envelhecido

Esquema de pintura aplicado sobre superfíc...
Pintura de Aço Galvanizado
(AZIQ) – Novo
Lavagem c/ água, se
possível,
auxilio
de
escova ou manta abrasiva

Jateamento abr...
Pintura de Aço Galvanizado
(AZIQ) – Novo (Tintas em Pó)

Esquema de Pintura com Tinta em Pó
Fosfatização

Tinta de fundo e...
Pintura de Aço Galvanizado
Envelhecido A (setor elétrico)

Lavagem c/ água,
se possível,
com auxílio de escova/manta
abras...
Pintura de Aço Galvanizado
Envelhecido B (setor elétrico)
Lavagem c/ água,
se possível,
com auxílio de escova

Secagem

De...
Comentários Sobre os Métodos
de Preparação de Superfície
Jateamento Abrasivo Ligeiro (Sweep Blasting)

Lixamento / Escovam...
Jateamento Abrasivo
Ligeiro (Sweep Blasting)
 Jateamento abrasivo ligeiro (para aço zincado pelo processo descontínuo de
...
Lixamento / Escovamento
•

Lixamento Manual : Tem que ser executado de forma minuciosa para
não deixar áreas sem tratament...
Fosfatização


Fosfatização : Tratamento bastante eficaz em promover
aderência de esquemas de pintura em aço galvanizado....
Fosfatização
Falha Prematura em Revestimento
por Pintura Aplicado em AGN
Falha Prematura em Revestimento
por Pintura Aplicado em AGN
Conclusões
 Sem dúvida alguma, o sistema “duplex” é uma das formas

mais eficazes de proteção de estruturas e equipamento...
Conclusões
O sucesso da pintura (cont.)





Especificação do esquema de pintura


Seleção de tintas mais adequadas par...
Agradecimentos e Contatos
• Ao amigo Heron Mendes, pela constante colaboração no envio de
fotografias de revestimentos por...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Gb2013 fernando fragata_centro de pesquisas de energia elétrica

547 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
547
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gb2013 fernando fragata_centro de pesquisas de energia elétrica

  1. 1. Pintura de Aço Galvanizado (AZIQ) – “Sistema “Duplex” Preparação de Superfície e Outros Aspectos Técnicos Autor : Fernando Fragata
  2. 2. Falhas Prematuras na Pintura de Aço Galvanizado Cortesia : Heron Mendes
  3. 3. Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Detalhes Prévios Importantes Principalmente em Atmosferas Marinha e/ou Industrial “ Sempre que Possível, em Estruturas de Grande Complexidade Geométrica, Aplicar o Esquema de Pintura, Antes da Montagem ”. Obviamente que esta decisão envolve uma análise da relação custo/benefício, a qual vai depender em muito da necessidade da aplicação de esquema de pintura. Exemplos
  4. 4. Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Detalhes Prévios Importantes
  5. 5. Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Detalhes Prévios Importantes
  6. 6. Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Detalhes Prévios Importantes Características deste Processo  Evita-se a contaminação da superfície  Melhores condições operacionais para execução da preparação de superfície e redução de riscos quanto à eficiência na remoção de contaminantes.  Maior facilidade para aplicação das tintas e, como conseqüência, menor possibilidade de ocorrências de falhas no revestimento.  Facilidade para a realização dos serviços de inspeção e fiscalização e menor risco de falhas nos serviços de manutenção futuros. Custo inicial mais elevado, porém pode-se tornar atrativo para condições de elevada agressividade. Cuidados na Montagem das Estruturas As peças têm que ser transportadas, manuseadas e instaladas com cuidado para evitar danos no revestimento. Pense no seu carro e faça o mesmo. Após instalação, executar serviços de retoque (de acordo com a especificação) nas regiões eventualmente danificadas.
  7. 7. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Condições Superficiais do Revestimento de Zinco Novo Envelhecido Diferentes Estágios de Oxidação O Conhecimento das condições superficiais do revestimento de zinco é fundamental para especificação correta do esquema de pintura, especialmente no que diz respeito à preparação de superfície e aos tipos de tinta a serem utilizados.
  8. 8. AZIQ Novo Processo de galvanização recente onde a superfície apresentase, em sua totalidade, com brilho e aspecto metálico bem característico. Esta definição é para fins de orientação.
  9. 9. Algumas Condições Superficiais do AZIQ Envelhecido
  10. 10. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo Rugosidade Superficial 10 µm Portanto, há que se criar, para certos tipos de tinta (ex.: EPX-NCO, opinião do F2), condições que proporcionem boa adesão do revestimento ao substrato, tanto inicialmente quanto a longo prazo, as quais podem ser obtidas por métodos físicos e/ou químicos.
  11. 11. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo Portanto, há que se criar, para certos tipos de tinta (ex.: Alguns EPX-NCO, opinião do F2), condições que proporcionem boa adesão do revestimento ao substrato, tanto inicialmente quanto a longo prazo, as quais podem ser obtidas por métodos físicos e/ou químicos.
  12. 12. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo Muitos dos Fatores Apresentados a Seguir Aplicam-se Também para o Aço Galvanizado (AZIQ) Envelhecido. Tipos de tinta em contato com a superfície de zinco  Tintas de acabamento de proteção por barreira com alta coesão aplicadas diretamente sobre AZIQ novo (sem rugosidade)
  13. 13. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo Rugosidade Superficial Mas será que este é o único fator responsável pelo descascamento do revestimento por pintura ? NÃO
  14. 14. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo  Tipos de tinta em contato com a superfície de zinco  Não se deve aplicar tintas saponificáveis (ex.: esmalte sintético) diretamente sobre as superfícies de zinco. H20 Destilada NaCl 3,5 % Aço Área de exposição : Aprox. 20 cm2 H20 Destilada NaCl 3,5 % Zinco Volume : 130 ml
  15. 15. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo Aplicação de esmalte sintético diretamente na superfície de aço galvanizado
  16. 16. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo Muitos dos Fatores Apresentados a Seguir Aplicam-se Também para o Aço Galvanizado (AZIQ) Envelhecido. • Espessura total do revestimento e de cada demão de tinta : Sempre deve-se ter em mente que o substrato a ser pintado é um revestimento de zinco, até porque a resistência à transmissão ao vapor d’água / umidade é também função da espessura. • Qualidade das tintas e eficiência na aplicação das mesmas : • A espessura de cada demão de tinta do esquema de pintura também tem que ser compatível com as condições de exposição do revestimento (resistência à radiação solar, a variações térmicas, à umidade, aos agentes químicos, etc)
  17. 17. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Novo
  18. 18. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Envelhecido Superfície mais rugosa, o que facilita a aderência de determinados tipos de tinta. Porém, é importante saber onde os produtos de corrosão foram formados, a fim de se eliminar os sais solúveis da superfície. Caso isto não seja feito, falhas prematuras poderão ocorrer no revestimento.
  19. 19. Aspectos Técnicos Importantes na Pintura do Aço Galvanizado (AZIQ) Envelhecido Esquema de pintura aplicado sobre superfície de aço galvanizado envelhecido, contaminada com cloreto. A estrutura estava exposta em atmosfera marinha.
  20. 20. Pintura de Aço Galvanizado (AZIQ) – Novo Lavagem c/ água, se possível, auxilio de escova ou manta abrasiva Jateamento abrasivo ligeiro (sweep blasting) Tinta de fundo (ex.: epóxi/Al) Secagem Fostatização Tinta de aderência (ex.: epóxi) Tinta intermediária (ex.: epóxi/Al) (* ) Tinta acabamento (ex.: PU) Desengorduramento Lixamento enérgico * Primer reativo Tinta intermediária (ex.: epóxi/Al) Tinta acabamento (ex.: PU) A especificação completa do esquema de pintura vai depender das condições de agressividade do meio.
  21. 21. Pintura de Aço Galvanizado (AZIQ) – Novo (Tintas em Pó) Esquema de Pintura com Tinta em Pó Fosfatização Tinta de fundo epóxi em pó (120 µm) Pré-cura Tinta de acabamento poliéster em pó (100 µm)
  22. 22. Pintura de Aço Galvanizado Envelhecido A (setor elétrico) Lavagem c/ água, se possível, com auxílio de escova/manta abrasiva, etc Desengorduramento c/solventes orgânicos isentos de contaminantes Secagem Atmosferas marinha e/ou industrial Escovamento 1 demão de tinta de aderência epóxi (15 a 20)µm Jateamento ligeiro 1 demão epóxi-mástique alumínio (140±10)µm 2 demãos PU acrílico alifático (110±10)µm 2 demãos epóxi-mástique alumínio (280±20)µm 2 demãos PU acrílico alifático (110±10)µm (*) As opções podem ser selecionadas em função da agressividade do meio. (*)
  23. 23. Pintura de Aço Galvanizado Envelhecido B (setor elétrico) Lavagem c/ água, se possível, com auxílio de escova Secagem Desengorduramento c/solventes orgânicos isentos de contaminantes Atmosferas marinha e/ou industrial Escovamento e/ou lixamento Jateamento ligeiro Áreas com ferrugem: mínimo St3 Áreas com ferrugem: mínimo Sa2½ Grau SP 11 será exigido em breve. 1 demão epóxi-mástique alumínio (140±10)µm Bater a ferrugem extratificada 2 demãos PU acrílico alifático (110±10)µm 2 demãos epóxi-mástique alumínio (280±20)µm 2 demãos PU acrílico alifático (110±10)µm (*) As opções podem ser selecionadas em função da agressividade do meio. (*)
  24. 24. Comentários Sobre os Métodos de Preparação de Superfície Jateamento Abrasivo Ligeiro (Sweep Blasting) Lixamento / Escovamento (tratamento com ferramentas manuais e/ou mecânicas Fosfatização
  25. 25. Jateamento Abrasivo Ligeiro (Sweep Blasting)  Jateamento abrasivo ligeiro (para aço zincado pelo processo descontínuo de imersão a quente) : elimina contaminantes da superfície e cria perfil para a aderência mecânica dos revestimentos por pintura. Tem sido utilizado, principalmente, para Aço Galvanizado Novo (AGN), embora se possa utilizá-lo também para AGE. Previsto na ASTM D 6386-99.  Ocorre apenas a quebra do brilho metálico do revestimento de zinco. O perfil é de (5 a10)µm.  As condições operacionais (pressão, granulometria do abrasivo, etc) têm que ser bem controladas.  Tem que ser feito por profissional com qualificação adequada, a fim de evitar a remoção excessiva do revestimento metálico.  Após o jateamento, o pó da superfície deverá ser removido por meio de aspirador / ar comprimido / vassoura de pelo, etc.
  26. 26. Lixamento / Escovamento • Lixamento Manual : Tem que ser executado de forma minuciosa para não deixar áreas sem tratamento. Lixas com grana 60 – 120 podem ser utilizadas, assim como outros métodos que confiram rugosidade à superfície. Após o lixamento, remover resíduos com panos brancos embebidos em solvente orgânico adequado e isento de contaminantes oleosos. Lixamento mecânico : mais rápido, porém deve-se ter muito cuidado para evitar o polimento da superfície, sob risco de comprometimento da aderência. Mais adequado ao AGE-A e AGE-B (áreas com ferrugem).
  27. 27. Fosfatização  Fosfatização : Tratamento bastante eficaz em promover aderência de esquemas de pintura em aço galvanizado. Tratase de um processo de conversão química, com a formação de cristais de fosfato, em geral de zinco.     A camada de fosfato, além de propiciar condições para aderência, melhora substancialmente o desempenho do sistema global de proteção. É indicado para AGN e sobre ele pode-se aplicar esquemas de pintura com tintas líquidas ou em pó. É aplicado em linhas de tratamento químico e tem que ser executado por empresas que tenham experiência no assunto. Erros na execução deste tratamento conduzem a falhas graves, de forma prematura, no sistema global de proteção.
  28. 28. Fosfatização
  29. 29. Falha Prematura em Revestimento por Pintura Aplicado em AGN
  30. 30. Falha Prematura em Revestimento por Pintura Aplicado em AGN
  31. 31. Conclusões  Sem dúvida alguma, o sistema “duplex” é uma das formas mais eficazes de proteção de estruturas e equipamentos, confeccionados em aço-carbono, expostos à atmosfera. O sucesso da pintura aplicada no AZIQ depende de vários fatores como, por exemplo:  Preparação da superfície (etapa vital e mais importante)   Isenta de contaminantes salinos (Cl- ; SO4= ; etc.). O cloreto pode ser proveniente da atmosfera ou da galvanização.  Evitar a cromatização, nos casos em que esteja prevista a pintura.  Rugosidade, principalmente em AZIQ novo.  Tratamentos químicos: bem feitos, conferem excelentes propriedades de proteção. Mal executados, são um desastre.
  32. 32. Conclusões O sucesso da pintura (cont.)   Especificação do esquema de pintura  Seleção de tintas mais adequadas para o substrato em questão e que possuam resistência às de exposição.  Espessura total do revestimento por pintura e de cada demão de tinta. Lembrar que o substrato é AZIQ.  Planejamento da pintura  Caso possível, realizar a pintura antes da montagem. É importante considerar o tempo de vida útil de cada revestimento (galvanização e pintura) para orientar esta decisão.  Respeito pela técnica de proteção por pintura (muito importante)
  33. 33. Agradecimentos e Contatos • Ao amigo Heron Mendes, pela constante colaboração no envio de fotografias de revestimentos por pintura e metálicos . • Às empresas Mangels e B.BOSH pela atenção e envio de amostras Fernando Fragata Telefone: 21 96334361 Email: fragata200@gmail.com Após 13 de Dezembro

×