Gb2013 fabio domingos pannoni_gerdau

376 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gb2013 fabio domingos pannoni_gerdau

  1. 1. Galvanização Gestão Responsável dos Recursos e Infraestrutura Fabio Domingos Pannoni Consultor Técnico Gerdau Aços Brasil
  2. 2. Programa Exaustão dos recursos naturais Vida útil & exigências normativas Galvanização a quente Futuro?
  3. 3. Exaustão dos recursos naturais
  4. 4. O Tilacino (Thylacinus cynocephalus) foi o maior marsupial carnívoro conhecido dos tempos modernos. Nativo da Austrália, Tansmânia e Nova Guiné, foi extinto no século XX pelos imigrantes ocidentais. O tilacino era o último membro sobrevivente de seu gênero.
  5. 5. O Gálio, é um metal descoberto em 1831 que compõe cerca de 0,0015% da crosta terrestre. Muito utilizado na indústria óptica e eletro-eletrônica especialmente nas telas de cristal líquido. Não se recicla Gálio; extinto em 2018.
  6. 6. !
  7. 7. Em uma vida média (77,8 anos), cada cidadão norte-americano consumirá: Elemento químico Quantidade % atendido por reciclados Fósforo 8.322 toneladas 0 Alumínio 1.576 toneladas 49 Cobre 630 kg 31 Zinco 410 kg 26 Cromo 349 kg 25 Níquel 131 kg 35 Estanho 58,4 kg 26 Antimônio 7,1 kg ? Urânio 5,6 kg 0 Chumbo 5,3 kg 72 Prata 1,6 kg 16 Ouro 48 g 43 Platina 45 g 16 Germânio 10 g 35 Gálio 5g 0 http://www.science.org.au/nova/newscientist/027ns_005.htm
  8. 8. Cimento Portland -Produção anual de 1,7 x 109 toneladas -1 tonelada de cimento ≈ 1 tonelada de CO2 na atmosfera Concreto -Produção anual de 13,3 x 109 toneladas -Reciclabilidade moderada Aço -Produção anual de 1,5 x 109 toneladas -1 tonelada de aço ≈ 1,8 toneladas de CO2 na atmosfera -100% reciclável
  9. 9. Exigências normativas
  10. 10. ABNT NBR 15575-1: 2013 “Edificações habitacionais – Desempenho Parte 1: Requisitos gerais” Vida útil de uma edificação é o período de tempo em que um edifício e/ou seus sistemas se prestam às atividades para as quais foram projetados e construídos, em atendimento a níveis de desempenho mínimo. Vida útil de projeto (VUP) corresponde à uma estimativa teórica do tempo que compõe o tempo de vida útil. Sistema VUP mínima em anos Estrutura ≥ 50 Pisos internos ≥ 13 Vedação vertical externa ≥ 40 Vedação vertical interna ≥ 20 Cobertura ≥ 20 Hidrossanitário ≥ 20 * Considerando periodicidade e processos de manutenção segundo a ABNT NBR 5674 e especificados no respectivo manual de uso, operação e manutenção entregue ao usuário, elaborado em atendimento à ABNT NBR 14037.
  11. 11. ABNT NBR 6118: 2013 “Projeto de estruturas de concreto - Procedimento” Classe de agressividade do ambiente, classe de concreto, relação água/cimento e cobrimento Em condições de exposição adversas devem ser tomadas medidas especiais de proteção e conservação do tipo: aplicação de revestimentos hidrofugantes e pinturas impermeabilizantes sobre as superfícies do concreto, revestimentos de argamassas, de cerâmicas ou outros sobre a superfície do concreto, galvanização da armadura, proteção catódica da armadura e outros.
  12. 12. ABNT NBR 8800: 2008 “Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios” Anexo N (normativo): Durabilidade de componentes de aço frente à corrosão -Qualificação da agressividade do ambiente -Escolha do sistema de proteção -Detalhamento de projeto
  13. 13. Galvanização a quente
  14. 14. Proteção por barreira Proteção catódica
  15. 15. Desempenho em Diferentes Atmosféricas Local Taxa de corrosão (mm/ano) Razão Aço/Zinco Tempo de exposição (anos) Durabilidade estimada para espessura de 84 mm (anos) Aço Zinco Caratinga, MG 6,6 0,43 15,3 4 195 Belém, PA 17,3 1,18 14,7 2 71 Brasilia, DF 8,7 1,12 7,8 2 75 Paulo Afonso, BA 17,3 1,6 10,8 1 53 São Paulo, SP 8,3 1,16 7,2 4 72 Ipatinga, MG 24,7 0,60 41,2 4 140 Cubatão, SP 85,2 0,94 90,6 4 89 Arraial do Cabo, RJ 437,7 1,74 251,6 4 48 Ubatuba, SP 400,3 2,08 192,5 4 40 Rio de Janeiro, RJ 58,5 1,21 48,3 4 69 M. Morcillo et al., ed., Corrosión y Proteccion de Metales em las Atmosferas de IberoAmerica (Proyecto MICAT), p. 746, 1998.
  16. 16. Futuro?
  17. 17. ABNT NBR 15575-1: 2013 “Edificações habitacionais – Desempenho Parte 1: Requisitos gerais” VUP da estrutura de 50 anos... ABNT NBR 6118: 2013 “Projeto de estruturas de concreto - Procedimento” Norma específica de durabilidade... ABNT NBR 8800: 2008 “Projeto de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto de edifícios” Revisão da Norma e do Anexo N...
  18. 18. Fabio Domingos Pannoni fabio.pannoni@gerdau.com.br

×