Falha em sistema permite que hackers
assumam controle de carros de luxo
ETTORE REGINALDO TEDESCHI
Você já pensou em comprar um carro novo, com tudo o que há de
mais moderno e tecnológico e, em vez de comodidade, isso se
...
A má notícia não para por aí: se você está pensando que o
problema afeta apenas a parte digital do carro, saiba que até os...
Somente no Brasil, mais de 18 milhões de carros são
comercializados com a conexão disponível, desde 2010. Vale
ressaltar q...
Para que o golpe seja possível, basta que o dono do veículo
conecte um chip SIM, esse que você tem em seu smartphone,
na e...
Para que os hackers invadam o comando do carro, basta que eles
saibam o número do SIM conectado ao automóvel, o que pode s...
Falha em sistema permite que hackers assumam controle de carros de luxo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Falha em sistema permite que hackers assumam controle de carros de luxo

242 visualizações

Publicada em

Você já pensou em comprar um carro novo, com tudo o que há de mais moderno e tecnológico e, em vez de comodidade, isso se tornar uma grande dor de cabeça? É isso o que pode acontecer se depender de hackers. Segundo um estudo da Universidade da Califórnia, uma falha no sistema do computador de bordo permite que os veículos sejam controlados à distância através de mensagens por SMS. A má notícia não para por aí: se você está pensando que o problema afeta apenas a parte digital do carro, saiba que até os freios do automóvel podem ser afetados pelo golpe. O estudo apontou que um carro de luxo como o Chevrolet Corvette, com valor estimado de R$ 500 mil, pode ser controlado remotamente, com a inutilização dos freios, além da ativação dos limpadores de para-brisa.


Somente no Brasil, mais de 18 milhões de carros são comercializados com a conexão disponível, desde 2010. Vale ressaltar que a tecnologia, dentre outras funções, possibilita que as operadoras de telefonia vendam um plano de dados para o dono dos veículos, com um chip SIM. Para que o golpe seja possível, basta que o dono do veículo conecte um chip SIM, esse que você tem em seu smartphone, na entrada OBD II do automóvel. Essa entrada para o chip, originalmente, foram criadas para testes nos componentes elétricos do automóvel, por mecânicos.

Para que os hackers invadam o comando do carro, basta que eles saibam o número do SIM conectado ao automóvel, o que pode ser descoberto manualmente ou por uma falha de segurança. Para isso, os pesquisadores da Universidade da Califórnia orientam que as fabricantes de carro aumentem a preocupação com segurança, enquanto as empresas que vendem dispositivos com conexão OBD II reforcem a proteção dos números dos chips para que nunca se tornem públicas. No entanto, os responsáveis afirmaram que a descoberta não foi motivada por uma invasão por criminosos, mas sim como um alerta.

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
242
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Falha em sistema permite que hackers assumam controle de carros de luxo

  1. 1. Falha em sistema permite que hackers assumam controle de carros de luxo ETTORE REGINALDO TEDESCHI
  2. 2. Você já pensou em comprar um carro novo, com tudo o que há de mais moderno e tecnológico e, em vez de comodidade, isso se tornar uma grande dor de cabeça? É isso o que pode acontecer se depender de hackers. Segundo um estudo da Universidade da Califórnia, uma falha no sistema do computador de bordo permite que os veículos sejam controlados à distância através de mensagens por SMS.
  3. 3. A má notícia não para por aí: se você está pensando que o problema afeta apenas a parte digital do carro, saiba que até os freios do automóvel podem ser afetados pelo golpe. O estudo apontou que um carro de luxo como o Chevrolet Corvette, com valor estimado de R$ 500 mil, pode ser controlado remotamente, com a inutilização dos freios, além da ativação dos limpadores de para-brisa.
  4. 4. Somente no Brasil, mais de 18 milhões de carros são comercializados com a conexão disponível, desde 2010. Vale ressaltar que a tecnologia, dentre outras funções, possibilita que as operadoras de telefonia vendam um plano de dados para o dono dos veículos, com um chip SIM.
  5. 5. Para que o golpe seja possível, basta que o dono do veículo conecte um chip SIM, esse que você tem em seu smartphone, na entrada OBD II do automóvel. Essa entrada para o chip, originalmente, foram criadas para testes nos componentes elétricos do automóvel, por mecânicos.
  6. 6. Para que os hackers invadam o comando do carro, basta que eles saibam o número do SIM conectado ao automóvel, o que pode ser descoberto manualmente ou por uma falha de segurança. Para isso, os pesquisadores da Universidade da Califórnia orientam que as fabricantes de carro aumentem a preocupação com segurança, enquanto as empresas que vendem dispositivos com conexão OBD II reforcem a proteção dos números dos chips para que nunca se tornem públicas. No entanto, os responsáveis afirmaram que a descoberta não foi motivada por uma invasão por criminosos, mas sim como um alerta.

×