28 do Tempo Comum
5ª Parte do evangelho de Mateus ((ccaapp.. 2211--2255)):: 
““TTeeuu RReeii eennttrraa hhuummiillddeemmeennttee eemm JJeerr...
Último convite de Jesus aos 
judeus, para que entrem na 
festa do Reino 
Muçulman 
o orando 
no lugar 
do 
Templo
MMtt 2222,, 11--1144 
NNaaqquueellee tteemmppoo,, JJeessuuss ddiirriiggiiuu--SSee ddee nnoovvoo aaooss 
pprríínncciippeess...
DDeeuuss ccoonnvviiddaa--nnooss ppaarraa aa bbooddaa 
ddee sseeuu FFiillhhoo ccoomm aa HHuummaanniiddaaddee 
Judeus tocand...
Mandou ainda oouuttrrooss sseerrvvooss,, 
oorrddeennaannddoo--llhheess:: ‘‘ddiizzeeii aaooss 
ccoonnvviiddaaddooss:: PPrre...
Ano após ano, Deus cchhaammaa ppaarraa aa FFeessttaa 
Jerusalém, 
detrás da 
vidraça da 
igreja que 
comemora o 
choro de ...
O rei ficou mmuuiittoo iinnddiiggnnaa--ddoo ee 
eennvviioouu ooss sseeuuss eexxéérrcciittooss,, qquuee 
aaccaabbaarraamm c...
Casa queimada no 
incêndio do ano 70, que 
Jesus predisse 
Morrendo, JJeessuuss aassssuummiiuu 
eessttee iinnccêênnddiioo ...
Disse então aos servos: ‘‘OO bbaannqquueettee eessttáá 
pprroonnttoo,, mmaass ooss ccoonnvviiddaaddooss nnããoo eerraamm 
d...
Beduí 
d’Israel 
AA rreeccuussaa ddooss jjuuddeeuuss aabbrriiuu aa 
ppoorrttaa ppaarraa qquuee ttooddooss eennttrreemmooss...
O rei, quando eennttrroouu ppaarraa vveerr ooss 
ccoonnvviiddaaddooss,, vviiuu uumm hhoommeemm qquuee 
nnããoo eessttaavvaa...
SSeemm vveessttee ddee ffeessttaa nnããoo ssee ppooddee 
ppaarrttiicciippaarr nnoo BBaannqquueettee 
Vestir-te, é encher-te...
O rei disse eennttããoo aaooss sseerrvvooss:: 
‘‘AAmmaarrrraaii--llhhee ooss ppééss ee aass 
mmããooss ee llaannççaaii--oo à...
Israel 
Afganistã 
o 
Síria 
Estado 
islâmico 
IRAQU 
E 
O mundo é um 
fogo violento 
SSeemm FFEESSTTAA...... 
http://www....
TTaammbbéémm ttuu,, sseejjaass 
qquueemm ffoorreess,, ééss 
ccoonnvviiddaaddoo ppoorr DDeeuuss.. 
EEnnttrraa nnoo BBaannqq...
Monjas de St. Benet de Montserrat 
www.benedictinescat.com/montserrat
Somos convidados 
Todos têm lugar
SÓ DEUS BASTA
Nada te turbe; 
Nada te espante; 
Tudo passa; 
Deus não muda; 
A paciência 
Nada lhe falta; 
Só Deus basta; 
. 
Tudo alcan...
Eleva o pensamento; 
Ao céu sobe; 
Por nada te aflijas; 
Nada te turbe. 
. 
.
A Jesus Cristo segue 
Com grande esforço; 
E venha o que vier, 
Nada te espante. 
. 
.
Vês a glória do mundo? 
É sombra vã; 
Nada tem de estável; 
Tudo passa. 
. 
.
Aspira ao celeste, 
Que sempre dura, 
Fiel e rico em promessas 
Deus não muda. 
. 
.
Ama-O como merece, 
Bondade imensa; 
Mas não há amor delicado 
Sem a paciência. 
. 
.
Confiança e fé viva 
Mantenha a alma; 
Pois quem crê e espera 
Tudo alcança. 
. 
.
Pelo inferno acossado 
Embora alguém se veja 
Rirá dos seus furores 
Quem a Deus tem. 
. 
.
Venham-lhe desamparados, 
Cruzes, desgraças, 
Sendo Deus seu tesouro 
Nada lhe falta. 
. 
.
Ide, . 
pois, bens do mundo; 
Ide, ditas vãs; 
Embora tudo perca 
Só Deus basta. Santa Teresa de Jesus 
. .
Somos convidados 
Todos têm lugar
. 
AAss lloonnggaass ccoollhheerreess 
Uma vez, num reino não muito distante daqui, havia um rei . 
. 
que era famoso, tan...
. 
Um dia ele mandou anunciar por toda aa ppaarrttee qquuee ddaarriiaa aa 
mmaaiioorr ee mmaaiiss bbeellaa ffeessttaa ddoo...
. 
Os convidados, vestidos com os mmaaiiss rriiccooss ttrraajjeess,, cchheeggaarraamm 
aaoo ppaalláácciioo,, qquuee rreess...
. 
. 
As apresentações correram 
segundo o protocolo, e os 
espectáculos começaram: 
dançarinos de todos os países 
sucedi...
Entretanto, apesar da primorosa organização ddaa ffeessttaa,, ooss 
ccoonnvviiddaaddooss ccoommeeççaarraamm aa ppeerrcceeb...
. 
. 
NNããoo ssee ppooddiiaa eennccoonnttrraarr 
nnaaddaa ppaarraa aaccaallmmaarr aa 
ffoommee qquuee ttooddooss sseenntti...
. 
. 
A festa não parava de acontecer para atingir o 
auge, oferecendo ao público uma profusão de 
músicos maravilhosos e ...
. 
. 
. 
Pouco a pouco o mal-estar ddooss eessppeeccttaaddoorreess ssee 
ttrraannssffoorrmmoouu nnuummaa ssuurrddaa mmaass...
. 
. 
OOss ccaannttooss 
ccoonnttiinnuuaarraamm ppoorr 
hhoorraass ee hhoorraass.. 
. 
. 
DDeeppooiiss ffoorraamm ddiisstt...
FFiinnaallmmeennttee,, qquuaannddoo aa 
ssiittuuaaççããoo ssee ttoorrnnoouu 
iinnssuusstteennttáávveell,, ee aa ffoommee 
i...
. 
. Ninguém se fez esperar. TTooddooss,, ccoommoo uumm ccoonnjjuunnttoo 
hhaarrmmoonniioossoo,, ccoorrrreerraamm eemm ddi...
Os convidados quiseram serrvviirr--se ssee,, mmaass ffooii ggrraannddee aa ssuuaa 
. 
ssuurrpprreessaa aaoo ddeessccoobbrr...
HHoouuvvee tteennttaattiivvaass,, mmaass 
ssóó pprroovvooccaarraamm ggrriittooss 
ddee ddoorr ee ddeecceeppççããoo.. OOss 
...
Desesperados, todos tentavam comer, sseemm rreessuullttaaddoo.. AAttéé qquuee 
uumm ddooss ccoonnvviiddaaddooss,, mmaaiiss...
Todos o imitaram e se saciaram, ccoommpprreeeennddeennddoo eennffiimm 
qquuee aa úúnniiccaa ffoorrmmaa ddee ssee aalliimme...
Somos convidados 
Todos têm lugar
DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARIA 
Quero sentir o pó do caminho 
para chegar até Deus desprendido de 
tudo.
Quero confiar na Palavra 
E não me sustentar apenas do 
alimento quotidiano.
DÁ-ME AS TUAS 
SANDÁLIAS, MARIA 
Para transformar o meu 
caminho em encontro 
pessoal e definitivo com 
Deus
… para confiar n’Aquele 
que fala do alto quando eu me 
empenho a olhar para o chão
DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARIA 
Para ser e viver um pouco como Tu 
sem mais nada que a tua fé, 
nem mais amparo que a luz ...
DÁ-ME AS TUAS 
SANDÁLIAS, MARIA 
Para dizer a Jesus 
que, apesar das minhas 
debilidades, a Sua 
ressurreição é para 
mim ...
…chamada à 
conversão, 
oportunidade para 
uma vida nova, 
água fresca na 
minha existência 
obscura e sedenta
DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARiA 
e, se queres e podes, 
Diz-me qual é o teu passo e o teu número 
para caminhar da mesma fo...
Na plenitude do Teu SIM, 
nos deste Jesus!
Somos convidados 
Todos têm lugar
CCoommoo ssuuppeerraarr aa 
ddooeennççaa 
.
SSee aa ttuuaa ffoorrççaa ffííssiiccaa eessttáá ddee aallgguumm 
mmooddoo lliimmiittaaddaa,, ssêê ccrriiaattiivvoo.. 
OOss...
Quando te sseennttiirreess ffrruussttrraaddoo ddeevviiddoo ààss 
ttuuaass lliimmiittaaççõõeess,, ssêê ppaacciieennttee cco...
Liberta-tee t ddee ttooddoo oo sseennttiimmeennttoo ddee 
ccuullppaa qquuee ppoossssaass sseennttiirr –– ppoorr tteerreess...
A recuperação nnããoo pprreecciissaa ddee sseerr uumm 
tteemmppoo aabboorrrreecciiddoo.. 
UUttiilliizzaa eessssee tteemmppo...
t Lembra-tee qquuee DDeeuuss eessttáá ppoorr ppeerrttoo 
ee ssooffrree ccoonnttiiggoo.. 
CCoommoo GGrraannddee MMééddiicco...
TTuu ppooddeess ccoonnhheecceerr aa ppaazz ddee 
eessppíírriittoo ee aa ffeelliicciiddaaddee nnoo mmeeiioo ddee 
uummaa cc...
TTeennttaa nnããoo ppeennssaarr nnaa ttuuaa ddooeennççaa 
ccoommoo uumm ccaassttiiggoo.. 
SSee sseennttiirreess ddiiffiiccu...
Receber vviissiittaass éé uummaa ooppççããoo ee nnããoo 
uummaa oobbrriiggaaççããoo.. 
AA ttuuaa ffuunnççããoo nnããoo éé eennt...
Somos convidados 
Todos têm lugar
VIDA 
Texto de Charles Chaplin
“Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir 
pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis”.
Já fiz coisas por impulso, Já me decepcionei com pessoas 
quando nunca pensei me decepcionar, mas também 
decepcionei algu...
Já abracei pra proteger,
Já dei risada quando não podia,
Já fiz amigos eternos,
já amei e fui amado, 
mas também 
já fui rejeitado,
Já fui amado e não soube amar.
Já gritei e pulei 
de tanta felicidade, 
já vivi de amor 
e fiz juras eternas, 
mas "quebrei a cara" 
muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
Já liguei só pra escutar uma voz, 
Já me apaixonei por um sorriso,
Já pensei que fosse morrer de tanta saudade 
e...
...tive medo ddee ppeerrddeerr aallgguuéémm eessppeecciiaall 
((ee aaccaabbeeii ppeerrddeennddoo))!! MMaass ssoobbrreevvii...
E ainda vivo! 
Não passo pela vida... 
e você também não deveria passar. Viva!!!
Bom mesmo é ir a luta com determinação, 
abraçar a vida e viver com paixão, 
perder com classe e vencer com ousadia, 
porq...
Somos convidados 
Todos têm lugar
O padre de uma igreja decidiu observar as 
pessoas que entravam para orar. 
A porta se abriu e um homem de camisa 
esfarra...
O homem se ajoelhou, inclinou a cabeça, 
levantou-se e foi embora. 
Nos dias seguintes, sempre ao meio-dia, a 
mesma cena ...
A curiosidade do padre crescia e também o 
receio de que fosse um assaltante, então 
decidiu aproximar-se e perguntar o qu...
Disse que o almoço havia sido há meia 
hora atrás e que reservava o tempo 
restante para orar, que 
ficava apenas alguns m...
E disse a oração que fazia: 
“Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe 
dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos 
tornam...
O padre, um tanto aturdido, disse que ele 
seria sempre bem-vindo e que viesse à 
igreja sempre que desejasse. 
“É hora de...
O padre ajoelhou-se diante do altar, de 
um modo como nunca havia feito antes. 
Teve então, um lindo encontro com Jesus. 
...
“Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer 
quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos 
amigos e que o Senhor me l...
Certo dia, o padre notou que Jim não havia 
aparecido. 
Percebendo que sua ausência se estendeu pelos dias 
seguintes, com...
A chefe das enfermeiras, contudo, não pôde 
entender porque um homem tão simpático 
como Jim não recebia flores, telefonem...
Ao encontrá-lo, o padre colocou-se ao lado de 
sua cama. Foi quando Jim ouviu o comentário 
da enfermeira: 
- Nenhum amigo...
Parecendo surpreso, o velho virou-se 
para o padre e disse com um largo sorriso: 
- A enfermeira está enganada, ela não sa...
"Eu vim só pra lhe dizer qquuããoo ffeelliizz eeuu ssoouu ddeessddee 
qquuee nnooss ttoorrnnaammooss aammiiggooss.. GGoosst...
Somos convidados 
Todos têm lugar
28ºdomingo tc14a Somos Convidados. Todos têm lugar
28ºdomingo tc14a Somos Convidados. Todos têm lugar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

28ºdomingo tc14a Somos Convidados. Todos têm lugar

664 visualizações

Publicada em

Somos convidados
Todos têm lugar

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

28ºdomingo tc14a Somos Convidados. Todos têm lugar

  1. 1. 28 do Tempo Comum
  2. 2. 5ª Parte do evangelho de Mateus ((ccaapp.. 2211--2255)):: ““TTeeuu RReeii eennttrraa hhuummiillddeemmeennttee eemm JJeerruussaalléémm”” NNaass ttrrêêss ppaarráábboollaass ddoo TTeemmpplloo,, JJeessuuss ooppõõee-- SSee àà aattiittuuddee oorrgguullhhoossaa ddooss ppooddeerroossooss:: - Dizem “sim” e fazem “não”. Dom 26 - Fazer-se donos, em lugar de servir. Dom 27 - Recusam-se a participar no banquete. HOJE
  3. 3. Último convite de Jesus aos judeus, para que entrem na festa do Reino Muçulman o orando no lugar do Templo
  4. 4. MMtt 2222,, 11--1144 NNaaqquueellee tteemmppoo,, JJeessuuss ddiirriiggiiuu--SSee ddee nnoovvoo aaooss pprríínncciippeess ddooss ssaacceerrddootteess ee aaooss aanncciiããooss ddoo ppoovvoo ee,, ffaallaannddoo eemm ppaarráábboollaass,, ddiissssee--llhheess:: «OO rreeiinnoo ddooss CCééuuss ppooddee ccoommppaarraarr--ssee aa uumm rreeii qquuee pprreeppaarroouu uumm bbaannqquueettee nnuuppcciiaall ppaarraa sseeuu ffiillhhoo.. MMaannddoouu ooss sseerrvvooss cchhaammaarr ooss ccoonnvviiddaaddooss ppaarraa aass bbooddaass,, mmaass eelleess nnããoo qquuiisseEersracaammda vvs iiprra.. ra subir à esplanada do lugar do Templo
  5. 5. DDeeuuss ccoonnvviiddaa--nnooss ppaarraa aa bbooddaa ddee sseeuu FFiillhhoo ccoomm aa HHuummaanniiddaaddee Judeus tocando Cada dia nos manda convites o shofar
  6. 6. Mandou ainda oouuttrrooss sseerrvvooss,, oorrddeennaannddoo--llhheess:: ‘‘ddiizzeeii aaooss ccoonnvviiddaaddooss:: PPrreeppaarreeii oo mmeeuu bbaannqquueettee,, ooss bbooiiss ee ooss cceevvaaddooss ffoorraamm aabbaattiiddooss,, ttuuddoo eessttáá pprroonnttoo.. VViinnddee ààss bbooddaass’’.. MMaass eelleess,, sseemm ffaazzeerreemm ccaassoo,, ffoorraamm uumm ppaarraa oo sseeuu ccaammppoo,, ee oouuttrroo ppaarraa oo sseeuu nneeggóócciioo;; ooss oouuttrrooss aappooddeerraarraamm--ssee ddooss sseerrvvooss,, ttrraattaarraamm--nnooss mmaall ee mmaattaarraamm--nnooss..
  7. 7. Ano após ano, Deus cchhaammaa ppaarraa aa FFeessttaa Jerusalém, detrás da vidraça da igreja que comemora o choro de Jesus, porque a cidade não fez caso do seu convite Também hoje nos recusamos
  8. 8. O rei ficou mmuuiittoo iinnddiiggnnaa--ddoo ee eennvviioouu ooss sseeuuss eexxéérrcciittooss,, qquuee aaccaabbaarraamm ccoomm aaqquueelleess aassssaassssiinnooss ee iinncceennddiiaarraamm aa cciiddaaddee..
  9. 9. Casa queimada no incêndio do ano 70, que Jesus predisse Morrendo, JJeessuuss aassssuummiiuu eessttee iinnccêênnddiioo ppaarraa ssaallvvaarr oo sseeuu ppoovvoo “Eu nunca tinha vivido uma missa como aquela. O Sacrifício estava ali presente, vivo e sangrante, como se Cristo voltasse a morrer pelos homens, e outra vez no Cenáculo tivesse deixado o seu Corpo e o seu Sangue no Pão e no Vinho. O Pão e o Vinho pareciam frescos: a Hóstia parecia palpitar, e o vinho parecia o sangue que brotava... Eu nunca tinha vivido uma Missa como aquela” Igreja queimada (Maragall)
  10. 10. Disse então aos servos: ‘‘OO bbaannqquueettee eessttáá pprroonnttoo,, mmaass ooss ccoonnvviiddaaddooss nnããoo eerraamm ddiiggnnooss.. IIddee ààss eennccrruuzziillhhaaddaass ddooss ccaammiinnhhooss ee ccoonnvviiddaaii ppaarraa aass bbooddaass ttooddooss ooss qquuee eennccoonnttrraarrddeess’’.. EEnnttããoo ooss sseerrvvooss,, ssaaiinnddoo ppeellooss ccaammiinnhhooss,, rreeuunniirraamm ttooddooss ooss qquuee eennccoonnttrraarraamm,, mmaauuss ee bboonnss.. EE aa ssaallaa ddoo bbaannqquueettee eenncchheeuu--ssee ddee ccoonnvviiddaaddooss..
  11. 11. Beduí d’Israel AA rreeccuussaa ddooss jjuuddeeuuss aabbrriiuu aa ppoorrttaa ppaarraa qquuee ttooddooss eennttrreemmooss nnoo bbaannqquueettee ((RRoomm 1111,, 1111)) Hubert Haddad, escritor «judeu-árabe» que cura feridas e luta pela PAZ Numa terra sem privilegiados, há lugar para TODOS
  12. 12. O rei, quando eennttrroouu ppaarraa vveerr ooss ccoonnvviiddaaddooss,, vviiuu uumm hhoommeemm qquuee nnããoo eessttaavvaa vveessttiiddoo ccoomm oo ttrraajjee nnuuppcciiaall ee ddiissssee--llhhee:: ‘‘AAmmiiggoo,, ccoommoo eennttrraassttee aaqquuii sseemm oo ttrraajjee nnuuppcciiaall??’’ MMaass eellee ffiiccoouu ccaallaaddoo..
  13. 13. SSeemm vveessttee ddee ffeessttaa nnããoo ssee ppooddee ppaarrttiicciippaarr nnoo BBaannqquueettee Vestir-te, é encher-te do GOZO da festa, que o último convidado não aceitou AAnnttiiggaammeennttee,, aaoo eennttrraarr,, hhaavviiaa vveesstteess ddee ffeessttaa ppaarraa ooss qquuee nnããoo ttiinnhhaamm
  14. 14. O rei disse eennttããoo aaooss sseerrvvooss:: ‘‘AAmmaarrrraaii--llhhee ooss ppééss ee aass mmããooss ee llaannççaaii--oo ààss ttrreevvaass eexxtteerriioorreess;; aaíí hhaavveerráá cchhoorroo ee rraannggeerr ddee ddeenntteess’’.. NNaa vveerrddaaddee,, mmuuiittooss ssããoo ooss cchhaa-- mmaaddooss,, mmaass ppoouuccooss ooss eessccoollhhii--ddooss»..
  15. 15. Israel Afganistã o Síria Estado islâmico IRAQU E O mundo é um fogo violento SSeemm FFEESSTTAA...... http://www.catalunyareligio.cat/ca/articles/62546
  16. 16. TTaammbbéémm ttuu,, sseejjaass qquueemm ffoorreess,, ééss ccoonnvviiddaaddoo ppoorr DDeeuuss.. EEnnttrraa nnoo BBaannqquueettee..
  17. 17. Monjas de St. Benet de Montserrat www.benedictinescat.com/montserrat
  18. 18. Somos convidados Todos têm lugar
  19. 19. SÓ DEUS BASTA
  20. 20. Nada te turbe; Nada te espante; Tudo passa; Deus não muda; A paciência Nada lhe falta; Só Deus basta; . Tudo alcança; Quem a Deus tem
  21. 21. Eleva o pensamento; Ao céu sobe; Por nada te aflijas; Nada te turbe. . .
  22. 22. A Jesus Cristo segue Com grande esforço; E venha o que vier, Nada te espante. . .
  23. 23. Vês a glória do mundo? É sombra vã; Nada tem de estável; Tudo passa. . .
  24. 24. Aspira ao celeste, Que sempre dura, Fiel e rico em promessas Deus não muda. . .
  25. 25. Ama-O como merece, Bondade imensa; Mas não há amor delicado Sem a paciência. . .
  26. 26. Confiança e fé viva Mantenha a alma; Pois quem crê e espera Tudo alcança. . .
  27. 27. Pelo inferno acossado Embora alguém se veja Rirá dos seus furores Quem a Deus tem. . .
  28. 28. Venham-lhe desamparados, Cruzes, desgraças, Sendo Deus seu tesouro Nada lhe falta. . .
  29. 29. Ide, . pois, bens do mundo; Ide, ditas vãs; Embora tudo perca Só Deus basta. Santa Teresa de Jesus . .
  30. 30. Somos convidados Todos têm lugar
  31. 31. . AAss lloonnggaass ccoollhheerreess Uma vez, num reino não muito distante daqui, havia um rei . . que era famoso, tanto por sua majestade como por sua fantasia meio excêntrica.
  32. 32. . Um dia ele mandou anunciar por toda aa ppaarrttee qquuee ddaarriiaa aa mmaaiioorr ee mmaaiiss bbeellaa ffeessttaa ddoo sseeuu rreeiinnoo.. TTooddaa aa ccoorrttee ee ttooddooss ooss aammiiggooss ddoo rreeii ffoorraamm ccoonnvviiddaaddooss.. .
  33. 33. . Os convidados, vestidos com os mmaaiiss rriiccooss ttrraajjeess,, cchheeggaarraamm aaoo ppaalláácciioo,, qquuee rreessppllaannddeecciiaa ccoomm ttooddaass aass ssuuaass lluuzzeess.. .
  34. 34. . . As apresentações correram segundo o protocolo, e os espectáculos começaram: dançarinos de todos os países sucediam-se a estranhos jogos e a divertimentos mais refinados. Tudo, até o mínimo detalhe, era só esplendor. E todos os convidados admiravam fascinados e proclamavam a magnificência do rei. .
  35. 35. Entretanto, apesar da primorosa organização ddaa ffeessttaa,, ooss ccoonnvviiddaaddooss ccoommeeççaarraamm aa ppeerrcceebbeerr qquuee aa aarrttee ddaa mmeessaa nnããoo eessttaavvaa rreepprreesseennttaaddaa eemm ppaarrttee aallgguummaa.. . .
  36. 36. . . NNããoo ssee ppooddiiaa eennccoonnttrraarr nnaaddaa ppaarraa aaccaallmmaarr aa ffoommee qquuee ttooddooss sseennttiiaamm mmaaiiss dduurraammeennttee àà mmeeddiiddaa qquuee aass hhoorraass ppaassssaavvaamm.. EEssssaa ffaallttaa llooggoo ssee ttoorrnnoouu iinnccoonnttrroolláávveell.. JJaammaaiiss nnaaqquueellee ppaalláácciioo nneemm eemm ttooddoo oo ppaaííss aaqquuiilloo ttiinnhhaa aaccoonntteecciiddoo.. . .
  37. 37. . . A festa não parava de acontecer para atingir o auge, oferecendo ao público uma profusão de músicos maravilhosos e excelentes dançarinos. .
  38. 38. . . . Pouco a pouco o mal-estar ddooss eessppeeccttaaddoorreess ssee ttrraannssffoorrmmoouu nnuummaa ssuurrddaa mmaass vviissíívveell ccoonnttrraarriieeddaaddee.. NNiinngguuéémm nnoo eennttaannttoo oouussaavvaa eelleevvaarr aa vvoozz ddiiaannttee ddee uumm rreeii ttããoo nnoottáávveell..
  39. 39. . . OOss ccaannttooss ccoonnttiinnuuaarraamm ppoorr hhoorraass ee hhoorraass.. . . DDeeppooiiss ffoorraamm ddiissttrriibbuuííddooss pprreesseenntteess,, mmaass nneennhhuumm ddeelleess eerraa ccoommeessttíívveell..
  40. 40. FFiinnaallmmeennttee,, qquuaannddoo aa ssiittuuaaççããoo ssee ttoorrnnoouu iinnssuusstteennttáávveell,, ee aa ffoommee iinnttoolleerráávveell,, oo rreeii ccoonnvviiddoouu ooss sseeuuss hhóóssppeeddeess aa ppaassssaarreemm ppaarraa aa uummaa ssaallaa eessppeecciiaall,, oonnddee uummaa rreeffeeiiççããoo ooss aagguuaarrddaavvaa.. . . .
  41. 41. . . Ninguém se fez esperar. TTooddooss,, ccoommoo uumm ccoonnjjuunnttoo hhaarrmmoonniioossoo,, ccoorrrreerraamm eemm ddiirreeccççããoo aaoo ddeelliicciioossoo aarroommaa ddee uummaa ssooppaa qquuee eessttaavvaa nnuumm eennoorrmmee ccaallddeeiirrããoo nnoo cceennttrroo ddaa mmeessaa..
  42. 42. Os convidados quiseram serrvviirr--se ssee,, mmaass ffooii ggrraannddee aa ssuuaa . ssuurrpprreessaa aaoo ddeessccoobbrriirreemm,, nnoo ccaallddeeiirrããoo,, eennoorrmmeess ccoollhheerreess ddee . mmeettaall,, ccoomm mmaaiiss ddee uumm mmeettrroo ddee ccoommpprriimmeennttoo.. EE nneennhhuumm pprraattoo,, nneennhhuummaa ttiiggeellaa,, nneennhhuummaa ccoollhheerr ddee ffoorrmmaattoo mmaaiiss aacceessssíívveell..
  43. 43. HHoouuvvee tteennttaattiivvaass,, mmaass ssóó pprroovvooccaarraamm ggrriittooss ddee ddoorr ee ddeecceeppççããoo.. OOss ccaabbooss ddeessmmeessuurraaddooss nnããoo ppeerrmmiittiiaamm qquuee oo bbrraaççoo lleevvaassssee àà bbooccaa aa ssooppaa ssuuccuulleennttaa,, ppoorrqquuee nnããoo ssee ppooddiiaamm sseegguurraarr aass eessccaallddaanntteess ccoollhheerreess aa nnããoo sseerr ppoorr uummaa ppeeqquueennaa hhaassttee ddee mmaaddeeiirraa nnaass ssuuaass eexxttrreemmiiddaaddeess.. . . .
  44. 44. Desesperados, todos tentavam comer, sseemm rreessuullttaaddoo.. AAttéé qquuee uumm ddooss ccoonnvviiddaaddooss,, mmaaiiss eessppeerrttoo oouu mmaaiiss eessffaaiimmaaddoo,, eennccoonnttrroouu . . aa ssoolluuççããoo:: sseemmpprree aa sseegguurraarr aa ccoollhheerr ppeellaa hhaassttee ssiittuuaaddaa nnaa . . ssuuaa eexxttrreemmiiddaaddee,, lleevvoouu--aa àà ...... bbooccaa ddee sseeuu vviizziinnhhoo,, qquuee ppôôddee ccoommeerr àà vvoonnttaaddee..
  45. 45. Todos o imitaram e se saciaram, ccoommpprreeeennddeennddoo eennffiimm qquuee aa úúnniiccaa ffoorrmmaa ddee ssee aalliimmeennttaarreemm,, nnaaqquueellee ppaalláácciioo mmaaggnnííffiiccoo,, eerraa uumm sseerrvviinnddoo oo oouuttrroo.. . . . .
  46. 46. Somos convidados Todos têm lugar
  47. 47. DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARIA Quero sentir o pó do caminho para chegar até Deus desprendido de tudo.
  48. 48. Quero confiar na Palavra E não me sustentar apenas do alimento quotidiano.
  49. 49. DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARIA Para transformar o meu caminho em encontro pessoal e definitivo com Deus
  50. 50. … para confiar n’Aquele que fala do alto quando eu me empenho a olhar para o chão
  51. 51. DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARIA Para ser e viver um pouco como Tu sem mais nada que a tua fé, nem mais amparo que a luz da lua.
  52. 52. DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARIA Para dizer a Jesus que, apesar das minhas debilidades, a Sua ressurreição é para mim motivo de alegria.
  53. 53. …chamada à conversão, oportunidade para uma vida nova, água fresca na minha existência obscura e sedenta
  54. 54. DÁ-ME AS TUAS SANDÁLIAS, MARiA e, se queres e podes, Diz-me qual é o teu passo e o teu número para caminhar da mesma forma que Tu caminhas. Amén.
  55. 55. Na plenitude do Teu SIM, nos deste Jesus!
  56. 56. Somos convidados Todos têm lugar
  57. 57. CCoommoo ssuuppeerraarr aa ddooeennççaa .
  58. 58. SSee aa ttuuaa ffoorrççaa ffííssiiccaa eessttáá ddee aallgguumm mmooddoo lliimmiittaaddaa,, ssêê ccrriiaattiivvoo.. OOss tteerraappeeuuttaass ooccuuppaacciioonnaaiiss ee ffiissiiootteerraappeeuuttaass,, bbeemm ccoommoo aass eennffeerrmmeeiirraass ddee sseerrvviiççoo aaoo ddoommiiccíílliioo ppooddeerrããoo eennssiinnaarr--ttee ttééccnniiccaass ppaarraa ppoouuppaarreess aa ttuuaa eenneerrggiiaa ee aajjuuddaarr--ttee nnaass ttuuaass . . aaccttiivviiddaaddeess ddiiáárriiaass..
  59. 59. Quando te sseennttiirreess ffrruussttrraaddoo ddeevviiddoo ààss ttuuaass lliimmiittaaççõõeess,, ssêê ppaacciieennttee ccoonnttiiggoo mmeessmmoo.. TTrraattaa--ttee aa ttii pprróópprriioo ccoommoo ttrraattaarriiaass uumm eennttee qquueerriiddoo aa qquueemm eessttiivveesssseess aa aajjuuddaarr nnaa rreeccuuppeerraaççããoo –– éé iissssoo mmeessmmoo qquuee ttuu eessttááss aa ffaazzeerr.. . .
  60. 60. Liberta-tee t ddee ttooddoo oo sseennttiimmeennttoo ddee ccuullppaa qquuee ppoossssaass sseennttiirr –– ppoorr tteerreess ccoonnttrraaííddoo aa ttuuaa ddooeennççaa,, ppoorr oobbrriiggaaççõõeess qquuee ppoorr eennqquuaannttoo nnããoo ppooddeess ccuummpprriirr,, oouu ssiimmpplleessmmeennttee ppoorr nnããoo eessttaarreess bbeemm.. TTuu ssóó ééss rreessppoonnssáávveell ppoorr aaqquuiilloo qquuee . . ppooddeess ddoommiinnaarr..
  61. 61. A recuperação nnããoo pprreecciissaa ddee sseerr uumm tteemmppoo aabboorrrreecciiddoo.. UUttiilliizzaa eessssee tteemmppoo ppaarraa ffaazzeerreess aaqquuiilloo qquuee nnuunnccaa ccoonnsseegguueess:: oorrggaanniizzaarr uumm áállbbuumm ddee ffoottooggrraaffiiaass,, ccoommeeççaarr uumm ddiiáárriioo,, ppôôrr ooss ttrraabbaallhhooss eessccoollaarreess ddooss tteeuuss ffiillhhooss nnuumm ddoossssiieerr,, . . aarrrruummaarr aa ccaaiixxaa ddaass rreecceeiittaass..
  62. 62. t Lembra-tee qquuee DDeeuuss eessttáá ppoorr ppeerrttoo ee ssooffrree ccoonnttiiggoo.. CCoommoo GGrraannddee MMééddiiccoo qquuee éé,, oo qquuee DDeeuuss qquueerr,, ssoobbrreettuuddoo,, éé qquuee oo tteeuu eessppíírriittoo sseejjaa rreennoovvaaddoo.. . .
  63. 63. TTuu ppooddeess ccoonnhheecceerr aa ppaazz ddee eessppíírriittoo ee aa ffeelliicciiddaaddee nnoo mmeeiioo ddee uummaa ccrriissee ddee ssaaúúddee.. OO bbeemm--eessttaarr aabbrraannggee ttaannttoo oo tteeuu eessttaaddoo ddee eessppíírriittoo ccoommoo aa ttuuaa . . ccoonnddiiççããoo ccoorrppoorraall..
  64. 64. TTeennttaa nnããoo ppeennssaarr nnaa ttuuaa ddooeennççaa ccoommoo uumm ccaassttiiggoo.. SSee sseennttiirreess ddiiffiiccuullddaaddee eemm ttee lleemmbbrraarr qquuee DDeeuuss qquueerr oo tteeuu bbeemm--eessttaarr,, uumm ccoolleeggaa oouu ddiirreeccttoorr eessppiirriittuuaall ppooddeerráá aajjuuddaarr--ttee aa ffoorrmmaarr uummaa nnoovvaa iimmaaggeemm ddee uumm CCrriiaaddoorr mmaaiiss aammoorroossoo.. . .
  65. 65. Receber vviissiittaass éé uummaa ooppççããoo ee nnããoo uummaa oobbrriiggaaççããoo.. AA ttuuaa ffuunnççããoo nnããoo éé eennttrreetteerr aaqquueelleess qquuee vvêêmm ddeesseejjaarr--ttee aass mmeellhhoorraass.. . . EEssttaabbeelleeccee ooss tteeuuss lliimmiitteess ppeessssooaaiiss..
  66. 66. Somos convidados Todos têm lugar
  67. 67. VIDA Texto de Charles Chaplin
  68. 68. “Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis”.
  69. 69. Já fiz coisas por impulso, Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.
  70. 70. Já abracei pra proteger,
  71. 71. Já dei risada quando não podia,
  72. 72. Já fiz amigos eternos,
  73. 73. já amei e fui amado, mas também já fui rejeitado,
  74. 74. Já fui amado e não soube amar.
  75. 75. Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, mas "quebrei a cara" muitas vezes!
  76. 76. Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
  77. 77. Já liguei só pra escutar uma voz, Já me apaixonei por um sorriso,
  78. 78. Já pensei que fosse morrer de tanta saudade e...
  79. 79. ...tive medo ddee ppeerrddeerr aallgguuéémm eessppeecciiaall ((ee aaccaabbeeii ppeerrddeennddoo))!! MMaass ssoobbrreevviivvii!!
  80. 80. E ainda vivo! Não passo pela vida... e você também não deveria passar. Viva!!!
  81. 81. Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e A VIDA É MUITO para ser insignificante"
  82. 82. Somos convidados Todos têm lugar
  83. 83. O padre de uma igreja decidiu observar as pessoas que entravam para orar. A porta se abriu e um homem de camisa esfarrapada adentrou pelo corredor central.
  84. 84. O homem se ajoelhou, inclinou a cabeça, levantou-se e foi embora. Nos dias seguintes, sempre ao meio-dia, a mesma cena se repetia. Cada vez que se ajoelhava por alguns instantes, deixava de lado uma marmita.
  85. 85. A curiosidade do padre crescia e também o receio de que fosse um assaltante, então decidiu aproximar-se e perguntar o que fazia ali. O velho homem disse que trabalhava numa fábrica, num outro bairro da cidade e que se chamava Jim.
  86. 86. Disse que o almoço havia sido há meia hora atrás e que reservava o tempo restante para orar, que ficava apenas alguns momentos porque a fábrica era longe dali.
  87. 87. E disse a oração que fazia: “Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar, mas eu penso em você todos os dias. Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando."
  88. 88. O padre, um tanto aturdido, disse que ele seria sempre bem-vindo e que viesse à igreja sempre que desejasse. “É hora de ir” - disse Jim sorrindo. Agradeceu e dirigiu-se apressadamente para a porta.
  89. 89. O padre ajoelhou-se diante do altar, de um modo como nunca havia feito antes. Teve então, um lindo encontro com Jesus. Enquanto lágrimas escorriam por seu rosto, ele repetiu a oração do velho homem...
  90. 90. “Vim aqui novamente, Senhor, só pra lhe dizer quão feliz eu tenho sido desde que nos tornamos amigos e que o Senhor me livrou dos meus pecados. Não sei bem como devo orar mas penso em você todos os dias. Assim, Jesus, hoje estou aqui, só observando.“
  91. 91. Certo dia, o padre notou que Jim não havia aparecido. Percebendo que sua ausência se estendeu pelos dias seguintes, começou a ficar preocupado. Foi à fábrica perguntar por ele e descobriu que estava enfermo. Durante a semana em que Jim esteve no hospital, a rotina da enfermaria mudou. Sua alegria era contagiante.
  92. 92. A chefe das enfermeiras, contudo, não pôde entender porque um homem tão simpático como Jim não recebia flores, telefonemas, cartões de amigos, parentes... Nada!
  93. 93. Ao encontrá-lo, o padre colocou-se ao lado de sua cama. Foi quando Jim ouviu o comentário da enfermeira: - Nenhum amigo veio pra mostrar que se importa com ele. Ele não deve ter ninguém com quem contar!!
  94. 94. Parecendo surpreso, o velho virou-se para o padre e disse com um largo sorriso: - A enfermeira está enganada, ela não sabe, mas desde que estou aqui, sempre ao meio-dia ELE VEM! Um querido amigo meu, que se senta bem junto a mim, Ele segura minha mão, inclina-se em minha direção e diz:
  95. 95. "Eu vim só pra lhe dizer qquuããoo ffeelliizz eeuu ssoouu ddeessddee qquuee nnooss ttoorrnnaammooss aammiiggooss.. GGoossttoo ddee oouuvviirr ssuuaa oorraaççããoo ee ppeennssoo eemm vvooccêê ttooddooss ooss ddiiaass.. AAggoorraa ssoouu eeuu qquueemm oo eessttáá oobbsseerrvvaannddoo...... ee ccuuiiddaannddoo!! ””
  96. 96. Somos convidados Todos têm lugar

×