CYCLONE-4
Uso do veículo lançador Cyclone-4 para lançamento
econômico de satélites de comunicação
Sergiy Guchenkov, Chief ...
De acordo com o Tratado entre o Brasil e a Ucrânia
assinado em 2003, a Empresa Binacional Alcântara
Cyclone Space tem a se...
• Empresa constituída por um Tratado binacional
ratificado pelo Congresso Nacional e promulgado pelo
Decreto presidencial ...
Organização do projeto na fase de
criação do sítio de lançamento
SSAU** AEB
Centro de
Lançamento de
Alcântara
Infra-estrut...
Por que a Ucrânia?
Projetista de 67 tipos de sistemas de satélites e de 12
Sistemas de Lançamento Espaciais, incluindo uma...
Lançadores ucranianos em operação
(em projetos internacionais)
ZENIT-3SL ZENIT-3SLB DNEPR
O último voo do Cyclone-3 ocorre...
Lançamentos de veículos lançadores
produzidos na Ucrânia de 01.01.1991
até 08.10.2013
Número de
lançamentos
14 33 18 22 34...
Outros projetos internacionais da
Ucrânia em andamento
Primeiro estágio
do foguete ANTARES
(Orbital Sciences, EUA)
Último ...
Cyclone-4: uma história de sucesso
O total de 222 lançamentos bem-sucedidos da família Cyclone
CYCLONE-2 CYCLONE-3 CYCLONE...
Veículo Lançador Cyclone-4
10
Vista geral
• A coifa espaçosa (1) permite acomodação confortável de carga útil (2) sobre qu...
Cyclone-4: o lançador que atenderá
plenamente o Programa Espacial Brasileiro
O Cyclone-4 pode lançar todos estes satélites...
Cyclone-4 não compete com o VLS
VLS CYCLONE-4
Capacidade de injeção da carga útil
100 kg 3.155 kg
<31,55 vezes
Na órbita c...
Fabricação e testes do veículo lançador
13
Primeiros dois estágios
Baia de propelente do terceiro estágio Motor principal ...
Fabricação e testes do veículo lançador
14
Sistema inercial de navegação Teste da baia de propelente do tercero estágio
Te...
Fabricação e testes do veículo lançador
15
Teste integrado dos insturumentos do sistema de controle Teste de vibração da b...
Situação do Sítio de Lançamento
16
17
Rastros de solo e áreas de impacto dos
elementos separáveis do veículo lançador
1 – Área de impacto do primeiro estágio...
Centro de Lançamento de
Alcântara – o que já existe
18
Sítio de Lançamento CYCLONE - 4
19
Obras do Sítio de Lançamento
• Número total de prédios e instalações 106
• Área total do terreno da ACS 462,6 hа
• Área to...
Sítio de Lançamento: vista de satélite
21
Complexo de Lançamento
Obras do Sítio de Lançamento
22
Complexo Técnico
Obras do Sítio de Lançamento
23
O chamado Cosmódromo Seco foi construído em Dnipropetrovsk,
Ucrânia para garantir ensaios integrados dos meios de apoio de...
O porquê do Cosmódromo Seco
25
• Redução de tempo e custo de desenvolvimento do Sítio de
Lançamento;
• Equipamentos enviad...
Maioria dos MAS contratada
Melos de Apoio de Solo (MAS)
26
Alguns já fabricados e estão a caminho ou prontos
para serem enviados
Melos de Apoio de Solo (MAS)
27
Alguns já foram entregues para a ACS
Melos de Apoio de Solo (MAS)
28
Capacitação de recursos humanos para a
indústria espacial do Brasil
Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Espacial para br...
Capacitação de recursos humanos para a
indústria espacial do Brasil (+)
A ACS pretende também capacitar os engenheiros do ...
Retorno de investimentos no Projeto Cyclone-4
31
Tratado entre o Brasil e a Ucrânia:
• De acordo com a alínea “n”, Artigo ...
Retorno de investimentos no Projeto Cyclone-4 (+)
32
• Pagará impostos e tributos para os quais não possui
isenção,
• Paga...
Vantagens do Projeto Cyclone-4 para o Brasil
• Desenvolvimento das empresas do setor espacial, as quais são
de maior valor...
Vantagens do Projeto Cyclone-4 para o Brasil (+)
• Obtenção de lucros com a atividade da ACS e compensação
dos recursos in...
Vantagens do Projeto Cyclone-4 para o Brasil (+)
• Especialistas e empresas brasileiras obterão capacitação
tecnológica e ...
Desempenho do Cyclone-4
36
Desempenho Valor
Capacidade de injeção de carga útil
• LEO – Órbita baixa terrestre (circular e...
• Entre 2015 e 2020, será lançada uma média anual de quase 23 satélites
geoestacionários (Fonte: relatório da FAA “2013 Co...
Propulsão elétrica para
satélites geoestacionários
38
Uma tendência atual prometendo redução de até 50% de massa do satéli...
Benefícios de lançamento de satélites
geoestacionáris pelo Cyclone-4
39
• Redução significativa de custo de lançamento com...
Obrigado pela sua atenção!
40
Contato:
Av. L3 Norte, Ed. Finatec, Bloco H
Brasilia-DF, CEP: 70910-900
BRASIL
Fone: +55-61-...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

9 apresentacao sspi_rio_08-10-13_sergiy_guchenkov

89 visualizações

Publicada em

ACS - Projeto Alcântara Cyclone Space - Sergiv Guchenov

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
89
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

9 apresentacao sspi_rio_08-10-13_sergiy_guchenkov

  1. 1. CYCLONE-4 Uso do veículo lançador Cyclone-4 para lançamento econômico de satélites de comunicação Sergiy Guchenkov, Chief Commercial Officer, Alcantara Cyclone Space
  2. 2. De acordo com o Tratado entre o Brasil e a Ucrânia assinado em 2003, a Empresa Binacional Alcântara Cyclone Space tem a seguinte missão: Desenvolvimento e operação do Complexo de Lançamento e lançamento do veículo lançador ucraniano Cyclone-4 a partir do Centro de Lançamento de Alcântara, no Brasil: • Prestação de serviços de lançamento para os Governos do Brasil e da Ucrânia. • Prestação de serviços de lançamento para clientes comerciais. O quê é Alcântara Cyclone Space 2
  3. 3. • Empresa constituída por um Tratado binacional ratificado pelo Congresso Nacional e promulgado pelo Decreto presidencial nº 5.436 de 28.04.2005 – equivale a uma Lei do Brasil • Portaria n° 084/GSIPR/CH de 01.04.10 do Conselho de Defesa Nacional atribuiu ao Projeto Cyclone-4 o status do projeto estratégico de segurança nacional • Ministério de Relações Exteriores é o órgão responsável pela implementação de tratados internacionais no Brasil • Ministério da Ciência e Tecnologia e a Agência Espacial Brasileira são fundadores da ACS responsáveis pela execução do Projeto Alcântara Cyclone Space: um projeto da União 3
  4. 4. Organização do projeto na fase de criação do sítio de lançamento SSAU** AEB Centro de Lançamento de Alcântara Infra-estrutura Geral YUZHNOYE YUZHMASH Desenvolvimento e fabricação do Veículo de Lançamento e equipamentos tecnológicos ACS Construção e comissionamento do sítio de lançamento ; prestação de serviços de lançamento * Fundo para a Propriedade Estatal da Ucrânia, ** Agência Espacial Estatal da Ucrânia SPFU* MCT Autoridades Competentes do Tratado 4 Pago 100% pela Ucrânia Pago 50% pela Ucrânia e 50% pelo Brasil Pago 100% pelo Brasil
  5. 5. Por que a Ucrânia? Projetista de 67 tipos de sistemas de satélites e de 12 Sistemas de Lançamento Espaciais, incluindo uma série de mísseis balísticos intercontinentais, dentre eles o SS-18 e a família de VLs: Kosmos, Dnepr, Zenit e Cyclone. Projetou, também, 17 tipos de motores de foguete e sistemas de propulsão de satélites. Fabricante dos equipamentos projetados pela Yuzhnoye Projetista e fabricante dos sistemas GNC (Guiagem, Navegação e Controle) para a maioria dos Veículos de Lançamento, mísseis balísticos intercontinentais e estações espaciais da ex-União Soviética. 5
  6. 6. Lançadores ucranianos em operação (em projetos internacionais) ZENIT-3SL ZENIT-3SLB DNEPR O último voo do Cyclone-3 ocorreu em 20096
  7. 7. Lançamentos de veículos lançadores produzidos na Ucrânia de 01.01.1991 até 08.10.2013 Número de lançamentos 14 33 18 22 34 9 Número de aparelhos espaciais 14 100 63 28 34 9 Foram feitos 130 lançamentos de foguetes, lançados mais de 250 aparelhos espaciais em interesses dos programas nacionais espaciais e sob a encomenda de 15 estados, inclusive incluindo EUA, Reino Unido, Alemanha, Japão, França, Rússia, Canadá, Suécia, Egito, Israel, Emirados Árabes Unidos e outros. CYCLONE-2 CYCLONE-3 DNEPR ZENIT-2 ZENIT-3SL ZENIT-3SLB 7
  8. 8. Outros projetos internacionais da Ucrânia em andamento Primeiro estágio do foguete ANTARES (Orbital Sciences, EUA) Último estágio do foguete VEGA (União Europeia) 8
  9. 9. Cyclone-4: uma história de sucesso O total de 222 lançamentos bem-sucedidos da família Cyclone CYCLONE-2 CYCLONE-3 CYCLONE-4 9 2015 116/122
  10. 10. Veículo Lançador Cyclone-4 10 Vista geral • A coifa espaçosa (1) permite acomodação confortável de carga útil (2) sobre qualquer adaptador (3) • Primeiro (8) e segundo (7) estágios permanecem desde os Cyclone 2 e 3 (227 voos de sucesso de 228) • Novo último estágio (5) carrega 9 toneladas de propelente e possui o novíssimo motor principal instalado no novo compartimento entre-estágios (6).
  11. 11. Cyclone-4: o lançador que atenderá plenamente o Programa Espacial Brasileiro O Cyclone-4 pode lançar todos estes satélites11 Satélite Massa de lançamento, kg Ano de lançamento Amazônia-1 500 2016 Amazônia-1B 500 2017 Sabiá-Mar 500 2017 Amazônia-2 500 2018 SGB (meteorológico) >1550 2018 SGB (comunicações) >1550 2019 SAR 2500 2019
  12. 12. Cyclone-4 não compete com o VLS VLS CYCLONE-4 Capacidade de injeção da carga útil 100 kg 3.155 kg <31,55 vezes Na órbita circular equatorial (LEO) de 1200 km de altitude12
  13. 13. Fabricação e testes do veículo lançador 13 Primeiros dois estágios Baia de propelente do terceiro estágio Motor principal do terceiro estágio
  14. 14. Fabricação e testes do veículo lançador 14 Sistema inercial de navegação Teste da baia de propelente do tercero estágio Teste do sistema de separação da coifa Teste de destruição dos tanques de propelente
  15. 15. Fabricação e testes do veículo lançador 15 Teste integrado dos insturumentos do sistema de controle Teste de vibração da baia de propelente do 3 estágio Tanque de propelente do primeiro estágio Baia traseira do lançador
  16. 16. Situação do Sítio de Lançamento 16
  17. 17. 17 Rastros de solo e áreas de impacto dos elementos separáveis do veículo lançador 1 – Área de impacto do primeiro estágio 2 – Área de impacto da coifa 3 – Área de impacto do segundo estágio 4 – Rastro de solo para órbitas com inclinação de 2,3 5 – Rastro de solo para órbitas com inclinação de 98,1
  18. 18. Centro de Lançamento de Alcântara – o que já existe 18
  19. 19. Sítio de Lançamento CYCLONE - 4 19
  20. 20. Obras do Sítio de Lançamento • Número total de prédios e instalações 106 • Área total do terreno da ACS 462,6 hа • Área total das principais zonas 50 hа СL -14,5 hа, CT - 15,0 hа, ZAT - 9,8 hа, PC - 2,2 hа, Ferrovia especial - 8,5 hа • Área total da pavimentação em concreto asfáltico 12,6 hа • Área total construída de prédios e instalações 380 000 m2 • Volume total construído de prédios e instalações 328 000 m3 • Comprimento total da rede de cabos e de comunicação 360 km • Comprimento total das tubulações de água, rede de esgotos e gases comprimidos 110 km • Extensão total das vias de acesso externas 10,5 km • Escopo total das escavações 535 000 m3 • Volume de concreto estrutural 48 000 m3 20
  21. 21. Sítio de Lançamento: vista de satélite 21
  22. 22. Complexo de Lançamento Obras do Sítio de Lançamento 22
  23. 23. Complexo Técnico Obras do Sítio de Lançamento 23
  24. 24. O chamado Cosmódromo Seco foi construído em Dnipropetrovsk, Ucrânia para garantir ensaios integrados dos meios de apoio de solo antes de enviá-los para o Brasil Cosmódromo seco na Ucrânia 24
  25. 25. O porquê do Cosmódromo Seco 25 • Redução de tempo e custo de desenvolvimento do Sítio de Lançamento; • Equipamentos enviados em lotes prontos para instalação; • Todos os sistemas e sua interoperação são verificados antes de envio para evitar surpresas de incompatibilidade na sua chegada ao Brasil; • Aumento de confiabilidade e vida útil do sistema de lançamento espacial; • Treinamento de pessoal. O Cosmódromo Seco visando aos ensaios integrados dos meios de apoio de solo na fábrica é único mundialmente.
  26. 26. Maioria dos MAS contratada Melos de Apoio de Solo (MAS) 26
  27. 27. Alguns já fabricados e estão a caminho ou prontos para serem enviados Melos de Apoio de Solo (MAS) 27
  28. 28. Alguns já foram entregues para a ACS Melos de Apoio de Solo (MAS) 28
  29. 29. Capacitação de recursos humanos para a indústria espacial do Brasil Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Espacial para brasileiros • Convênio entre a UnB e a Universidade Nacional de Dnipropetrovsk (Ucrânia) • Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Espacial • Perfil: Tecnologia de Sistemas Eletrônicos e de Controle • Nível: Mestrado Acadêmico • Estágio nas empresas principais espaciais da Ucrânia • Número de vagas: 10 Bolsas foram custeadas pelo CNPq e a ACS. O programa foi realizado com sucesso. 29
  30. 30. Capacitação de recursos humanos para a indústria espacial do Brasil (+) A ACS pretende também capacitar os engenheiros do CLA e contratá- los para execução de missões de lançamento, com os seguintes perfis: - segurança de voo - sistemas ópticas e de vídeo - equipamentos tecnológicos de montagem e meios de transporte - gases comprimidos - abastecimento de oxidante - equipamentos de lançamento - telecomunicações - fornecimento de energia elétrica - condicionamento térmico 30
  31. 31. Retorno de investimentos no Projeto Cyclone-4 31 Tratado entre o Brasil e a Ucrânia: • De acordo com a alínea “n”, Artigo 3º, do Tratado entre a República Federativa do Brasil e Ucrânia, a ACS ao definir o preço dos serviços de lançamento considerará os recursos financeiros necessários ao retorno dos investimentos feitos para a criação do Sítio de Lançamento. • O Artigo 8º, item 2, do Tratado estabelece que as Autoridades Competentes delinearão o mecanismo de retorno sobre os investimentos feitos para a construção do Sítio de Lançamento num acordo em separado.
  32. 32. Retorno de investimentos no Projeto Cyclone-4 (+) 32 • Pagará impostos e tributos para os quais não possui isenção, • Pagará anualmente por conta da cessão de uso do terreno no qual estão localizados o Sítio de Lançamento a Zona de Armazenagem Temporária e o Posto de Comando; • Pagará pelos serviços do CLA relativos à concessão dos elementos da infra-estrutura geral para assegurar a preparação para lançamento, a missão de lançamento e as operações pós-lançamento, a saber, pagamento pelo posto marítimo, aeroporto, Zona de Armazenamento Temporário, Posto de Comando, serviços de telecomunicação, meteorologia, Centro de Controle de Lançamentos, telemetria, esgoto, posto médico e de bombeiros, pelo saneamento de resíduos, e outros. Além disso, a ACS regularmente:
  33. 33. Vantagens do Projeto Cyclone-4 para o Brasil • Desenvolvimento das empresas do setor espacial, as quais são de maior valor científico agregado, além de outros setores de altas tecnologias do Brasil, o que determina o nível do potencial tecnológico e industrial do país. • Adesão do Brasil ao clube de países detentores de modernas tecnologias de construção de foguetes para a colocação de cargas úteis a partir de centro de lançamento próprio, permitindo-lhe realizar política independente no campo das atividades espaciais. • Exploração de moderno complexo espacial em prol da implantação do Programa Espacial do Brasil e da utilização de tecnologias espaciais para a solução de questões econômicas imediatas: garantia das comunicações, tarefas de defesa do meio- ambiente, meteorologia, suporte aos sistemas de navegação, etc. 33
  34. 34. Vantagens do Projeto Cyclone-4 para o Brasil (+) • Obtenção de lucros com a atividade da ACS e compensação dos recursos investidos para o desenvolvimento da infra- estrutura geral do CLA. • Atração de investimentos ucranianos, os quais constituem a contribuição da Ucrânia para a criação do complexo de lançamento em Alcântara, além do valor investido no veículo lançador Cyclone-4. • Criação de postos de trabalho com a construção e operação do complexo de lançamento e com a futura exploração do Complexo Espacial do Cyclone-4, além do desenvolvimento da infra-estrutura geral e de transportes do Estado do Maranhão. 34
  35. 35. Vantagens do Projeto Cyclone-4 para o Brasil (+) • Especialistas e empresas brasileiras obterão capacitação tecnológica e experiência de criação de moderna base terrestre e de sistema de preparação e exploração de serviços de lançamento. • Como resultado desse Projeto, serão incorporadas melhorias na infra-estrutura geral que poderão ser utilizadas para outros complexos de lançamento. • A ACS tornar-se-á uma referência de centro de lançamento de primeira ordem para os países da América Latina, os quais buscam realizar seus programas espaciais e já demonstram interesse em lançar cargas úteis. 35
  36. 36. Desempenho do Cyclone-4 36 Desempenho Valor Capacidade de injeção de carga útil • LEO – Órbita baixa terrestre (circular equatorial de 200 km) 5685 kg • SSO – Órbita sincrônica ao Sol (circular polar de 400 km) 3910 kg • GTO – Órbita de transferência geoestacionária 1600 kg* Precisão de inserção na órbita SSO, melhor de • altitude ± 6...7 km • inclinação ± 0,05º...0,08º Sobrecarga longitudinal máxima 6.8g Zona de Carga Útil Valor • Diâmetro interno 3,650 mm • Comprimento da parte cilíndrica/geral 4,370/8,400 mm • Volume máximo 63 m3 • Classe de pureza 100,000 *Previsto aumento de até aprox. 2100 kg
  37. 37. • Entre 2015 e 2020, será lançada uma média anual de quase 23 satélites geoestacionários (Fonte: relatório da FAA “2013 Commercial Satellite Forecast”, p. 5. • 40% de quantidade total de satélites geoestacionários serão os com massa de menos de 4200 kg, o que significa que será lançada uma média anual de 9 satélites com essa massa (Fonte: relatório da FAA “2013 Commercial Satellite Forecast”, p. 11). 37 Tendência de distribuição de massa de satélites geoestacionários comerciais © FAA COMSTAC
  38. 38. Propulsão elétrica para satélites geoestacionários 38 Uma tendência atual prometendo redução de até 50% de massa do satélite mantendo a mesma potência. A tabea abaixo ostra o estado de desenvolvimento de plataformas geoestacionária com propulsão elétrica (PGPE) Operadoras de satélites podem optar por um satélite de propulsão elétrica de 2 toneladas em vez de um satélite convencional de até 4 toneladas, assim podendo lançar tal satélite pelo Cyclone-4. Empresas já produzindo satélites em PGPE Empresas que já podem oferecer PGPE Empresas que já estão desenvolvendo PGPE Empresas que anunciaram planos de desenvolver PGPE no futuro Boeing OHB System Lockheed Martin ISRO SSTL Astrium Orbital SS Loral Thales Alenia Space MELCO CAST
  39. 39. Benefícios de lançamento de satélites geoestacionáris pelo Cyclone-4 39 • Redução significativa de custo de lançamento comparando com foguetes pesados tradicionais, resultando em redução de custo total do projeto; • Lançamento dedicado de um satélite por vez: não há necessidade da sua empresa depender de um terceiro para lançar seu satélite . Lançamento de satélites de comunicação por lançadores pequenos e médios em vez de pesados pode virar uma mudança de paradigma para a indústria satélital e oferecer grandes economias tanto para operadoras governamentais como comerciais.
  40. 40. Obrigado pela sua atenção! 40 Contato: Av. L3 Norte, Ed. Finatec, Bloco H Brasilia-DF, CEP: 70910-900 BRASIL Fone: +55-61-3410-7777 Fax: +55-61-3410-7719 Email: acs@alcantaracyclonespace.com

×