Apresentação Pública Apimec SP 25 DE NOVEMBRO DE 2011
<ul><li></li></ul>Estrutura Organizacional OSX Leasing OSX Construção Naval OSX Serviços Free Float Holding 10% 90% 100% 1...
<ul><li></li></ul>OSX histórico Constituição OSX Aquisição FPSO OSX-1 3T09 4T09 2T10 Início Licenciamento da UCN em Açu Fi...
<ul><li></li></ul>Pilares da OSX  Condições de Mercado Atraentes no Brasil  Requerimento de Conteúdo Local  Forte Demanda ...
Cliente Âncora: OGX
<ul><li>Maior player privado de E&P no Brasil em termos de área exploratória offshore </li></ul><ul><li>10,8 bilhões de bo...
<ul><li></li></ul>OGX: Cliente Âncora Fonte: Relatório D&M e apresentações da OGX (1) Recursos potenciais brutos *  3C + D...
<ul><li>1º FPSO já contratado por um período de 20 anos, a uma taxa média diária de US$263.000 (bare boat) </li></ul><ul><...
<ul><li></li></ul>OGX: Expectativa de Demanda Cenário base para uma demanda de 48 plataformas offshore de E&P equivalentes...
Mercado & Conteúdo Local
<ul><li>182 unidades a serem entregues nos próximos 10 anos </li></ul><ul><li>Demanda projetada da OGX: 48 unidades (19 FP...
<ul><li></li></ul>Estaleiros no Brasil  Estaleiros locais não estão preparados para atender a demanda de unidades offshore...
Parceiro Estratégico: Hyundai
<ul><li>Participação de 10% na OSX Construção Naval </li></ul><ul><li>Tecnologia de ponta </li></ul><ul><li>Transferência ...
UCN AÇU:  Unidade de Construção Naval
UCN Açu: Licenciamento  <ul><li></li></ul> Out-10 Jan-11 Jun-11 Jul-11 Feb-11     Audiências Públicas  Emissão da Lic...
<ul><li>Linha de crédito: 80% CAPEX </li></ul><ul><li>Prazo total entre 18 e 20 anos com carência de até 3 anos e taxas qu...
<ul><li></li></ul>Complexo Industrial do Açu Um novo pólo para indústria pesada e  offshore   90 km² Complexo Industrial (...
<ul><li>Investimento de US$ 1,7 bilhões </li></ul><ul><li>Capacidade de processamento de aço de 180.000 ton/ano e capacida...
UCN Açu: Resgate da Flora <ul><li></li></ul>
UCN Açu: Resgate da Fauna <ul><li></li></ul>
<ul><li></li></ul>UCN Açu: Terreno após resgate de flora e fauna
<ul><li></li></ul>UCN Açu: Construção do canal
<ul><li></li></ul>UCN Açu: Construção do canal
UCN Açu: Construção do canal <ul><li></li></ul>
<ul><li></li></ul>UCN Açu: Quebra mar
UCN Açu: Comunidade <ul><li></li></ul>
Portfolio de Produtos
<ul><li></li></ul>Portfolio de Produtos FPSO TLWP WHP <ul><li>Unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência...
Carteira de Pedidos Atual
Carteira de Pedidos Atual: OGX <ul><li></li></ul>* Entrega física no estaleiro desconsiderando instalação Equipamento Capa...
FPSO OSX-1
FPSO OSX-1: Travessia   <ul><li></li></ul>
FPSO OSX-1: Chegada ao Rio de Janeiro 6/10/11   <ul><li></li></ul>
FPSO OSX-1: Chegada ao Rio de Janeiro 6/10/11   <ul><li></li></ul>
FPSO OSX-1: Destino Waimea <ul><li></li></ul>Marco Data Início da Instalação de amarração Setembro  de 2011 Chegada no Bra...
FPSO OSX-1: Tripulação total - 89 pessoas <ul><li></li></ul>
Sistema’s OSX e WHP
Sistema’s OSX e WHP  <ul><li></li></ul>
Instituto Tecnológico Naval
<ul><li>O ITN está sendo desenhado para  ter 4 etapas  de desenvolvimento. A fase I teve inicio ao longo do 3º trimestre 2...
<ul><li>Fase II- Treinamento na UCN Açu:  </li></ul><ul><ul><li>contempla diversas ações de treinamento, assistência técni...
<ul><li></li></ul>ITN – Instituto Tecnológico Naval <ul><li>Fase III- Fortalecimento de cadeia de fornecedores </li></ul><...
Desempenho Financeiro
<ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: R$ Mil Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação
<ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: Resultado Liquido 9M <ul><li>O resultado financeiro líquido positivo em R$ 134,7 ...
<ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro:  Endividamento Consolidado  <ul><li>O Endividamento consolidado da Companhia em 3...
<ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: CAPEX <ul><li>Os principais investimentos no imobilizado (CAPEX) da Companhia no ...
[email_address] +55 21 2555 6914
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Osx apresentacao apimec_final

1.034 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.034
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
445
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 11/25/11 11/25/11 11/25/11
  • 11/25/11 11/25/11 11/25/11
  • Osx apresentacao apimec_final

    1. 1. Apresentação Pública Apimec SP 25 DE NOVEMBRO DE 2011
    2. 2. <ul><li></li></ul>Estrutura Organizacional OSX Leasing OSX Construção Naval OSX Serviços Free Float Holding 10% 90% 100% 100% 21.2% 78.8% Provedor de equipamentos e serviços integrados para exploração e produção de petróleo e gás natural
    3. 3. <ul><li></li></ul>OSX histórico Constituição OSX Aquisição FPSO OSX-1 3T09 4T09 2T10 Início Licenciamento da UCN em Açu Financiamento OSX-1 3T10 <ul><li>Aquisição de 2 VLCCs para serem convertidos nos FPSOs OSX-4 e OSX-5 </li></ul><ul><li>Início GDR Nível I </li></ul><ul><li>Contratação Credit Suisse como Formador de Mercado </li></ul>4T10 1T11 <ul><li>Emissão da Licença Prévia UCN Açu </li></ul><ul><li>LOI Techint WHP 1 e 2 </li></ul>2T11 <ul><li>Encomenda da OGX de 3 novos FPSOs </li></ul><ul><li>Contrato SBM FPSO OSX-2 </li></ul><ul><li>Emissão LI UCN Açu </li></ul><ul><li>Financiamento UCN Açu - FMM </li></ul>1T10 <ul><li>IPO: R$ 2,4 bilhões </li></ul><ul><li>Acordo de Cooperação Estratégica com OGX </li></ul><ul><li>Acordo de Cooperação Técnica com Hyundai </li></ul><ul><li>Contrato de Fretamento OSX-1 </li></ul>3T11 Contrato Modec FPSO OSX-3 Chegada FPSO OSX-1 4T11 Outubro 2011 <ul><li>Financiamento </li></ul><ul><li>OSX-2 </li></ul><ul><li>Stock Split </li></ul><ul><li>(1:25) </li></ul>
    4. 4. <ul><li></li></ul>Pilares da OSX Condições de Mercado Atraentes no Brasil Requerimento de Conteúdo Local Forte Demanda da OGX Parceria estratégica com Hyundai Equipe Experiente e Motivada <ul><li>Mais de 30 anos de experiência, em média, no setor de E&P </li></ul><ul><li>US$ 30 bilhões em projetos implementados e mais de 50.000 pessoas gerenciadas </li></ul><ul><li>Aproximadamente 70% do investimento da indústria de E&P precisa ser suprido localmente </li></ul><ul><li>Pilar do desenvolvimento sócio-econômico de longo prazo do Brasil (285.000 empregos em 5 anos) </li></ul><ul><li>Direito de prioridade recíproco entre OSX e OGX </li></ul><ul><li>Demanda de 48 unidades de produção offshore, investimento de US$30 bi </li></ul><ul><li>Potencial de upside conforme campanha exploratória da OGX </li></ul><ul><li>Parceria com o líder mundial </li></ul><ul><li>Tecnologia de ponta e transferência de know-how </li></ul><ul><li>Estaleiro com escala e de extensa área no Distrito Industrial do Super Porto do Açu </li></ul><ul><li>Expectativa de aumento dos recursos de petróleo e gás natural para 100 bilhões boe, com investimentos anunciados de mais de US$ 140 bilhões </li></ul><ul><li>Mercado doméstico de equipamentos e serviços sub-atendido </li></ul>Treinamento (ITN) <ul><li>ITN – Instituto Tecnológico Naval, parcerias com escolas técnicas e universidades </li></ul><ul><li>Absorção e aplicação de tecnologia coreana </li></ul><ul><li>Qualificação de 7.800 pessoas até o final de 2013 </li></ul>
    5. 5. Cliente Âncora: OGX
    6. 6. <ul><li>Maior player privado de E&P no Brasil em termos de área exploratória offshore </li></ul><ul><li>10,8 bilhões de boe de volume potencial, com mais de 80% localizados offshore no Brasil </li></ul><ul><li>22 blocos offshore e 8 blocos onshore em 5 bacias sedimentares no Brasil e 5 blocos onshore em 3 bacias sedimentares na Colômbia </li></ul><ul><li></li></ul>OGX: Cliente Âncora Destaques da OGX Sucesso Exploratório na Campanha de Perfuração 57 poços com O&G encontrados OGX blocks Oil Field Campos Basin <ul><ul><li>Vesuvio Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 57 meters </li></ul></ul><ul><ul><li>Discovery between 500 - 1,500 M boe </li></ul></ul><ul><ul><li>Pipeline Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 165 meters </li></ul></ul><ul><ul><li>Discovery between 1,000 – 2,000 M boe </li></ul></ul>Santos Basin <ul><li>Waimea Prospect </li></ul><ul><li>Netpay of 130 meters </li></ul><ul><li>Discovery between </li></ul><ul><li>500 – 900 M boe </li></ul>D B G <ul><ul><li>Etna Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 91 meters </li></ul></ul><ul><ul><li>Discovery between 500 – 1.000 M boe </li></ul></ul>H <ul><ul><li>Huna Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 52 meters </li></ul></ul>J <ul><ul><li>Vesúvio Direcional Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 60 meters </li></ul></ul>L <ul><ul><li>Hawaii Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 64 meter </li></ul></ul>S <ul><ul><li> Ingá Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 12 meters </li></ul></ul><ul><ul><li>Aracaju Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 40 meters </li></ul></ul>T <ul><ul><li>Belém Prospect </li></ul></ul><ul><ul><li>Netpay of 43 meters </li></ul></ul>R C
    7. 7. <ul><li></li></ul>OGX: Cliente Âncora Fonte: Relatório D&M e apresentações da OGX (1) Recursos potenciais brutos * 3C + Delineação + Prospectivo + 30% Blocos Offshore da OGX (set/09) Bacia Blocos Recursos Comprovados total – bboe Probabilidade de Sucesso Geológico Recursos Estimados total – bboe Recursos Estimados OGX – bboe Campos 7 9.350 44,10% 4.124 3.693 Santos 5 6.659 27% 1.796 1.688 Espírito Santo 5 5.017 32,60% 1.634 817 Pará Maranhão 5 2.104 21,30% 447 447 Total 22 23.130 34,59% 8.001 6.645 Bacia Relatório D&M 2011 Campos 5.700* Santos 1.688 Espírito Santo 817 Pará Maranhão 447 Total 8.652
    8. 8. <ul><li>1º FPSO já contratado por um período de 20 anos, a uma taxa média diária de US$263.000 (bare boat) </li></ul><ul><li>CAGR estimado de 70% entre 2011 e 2019 </li></ul><ul><li></li></ul>OGX: Expectativa de Demanda Cenário base para uma demanda de 48 plataformas offshore de E&P equivalentes a US$30 bi Metas de Produção da OGX - mil boepd 2019E 2015E 2011E 20 730 1.380 CAGR: 70% 2015E 2011E
    9. 9. <ul><li></li></ul>OGX: Expectativa de Demanda Cenário base para uma demanda de 48 plataformas offshore de E&P equivalentes a US$30 bi Metas de Produção da OGX - mil boepd * Considerando Relatório D&M 2009 Demanda estimada de plataformas offshore (2011-2019) em número de unidades Fonte: OGX Cronograma de Entrega <ul><li>OSX2: entrega prevista para meados de 2013 (IPO:Dec12) </li></ul><ul><li>OSX5: entrega prevista para 4T2014 (IPO:Dec14) </li></ul>FPSO 19 TLWP 5 WHP 24 Total 48* 1 2 4 5 3 1 1 1 2 1 1 3 5 6 6 2 2 1 2011E 2012E 2013E 2014E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 1 5 6 12 13 6 4 1 1 5 1
    10. 10. Mercado & Conteúdo Local
    11. 11. <ul><li>182 unidades a serem entregues nos próximos 10 anos </li></ul><ul><li>Demanda projetada da OGX: 48 unidades (19 FPSOs, 24 WHPs, 5 TLWPs) </li></ul><ul><li></li></ul>Expressiva demanda: Plataformas Offshore de E&P no Brasil 3 3 22 8 32 18 27 13 16 11 2011E 2012E 2013E 2014E 2015E 2016E 2017E 2018E 2019E 2020E Capacidade Existente Obs.: Incluindo equipamentos já encomendados Fonte: Verax Estimativas de Capacidade: Fonte OSX Demanda Potencial Consolidada (número de equipamentos de E&P) OGX (Somente FPSOs) Petrobras (FPSOs + 28 Sondas)
    12. 12. <ul><li></li></ul>Estaleiros no Brasil Estaleiros locais não estão preparados para atender a demanda de unidades offshore “ Um slot no estaleiro da OSX vale mais do que ouro ” Slots ocupados Área do site (km 2 ) Parceiro tecnológico Capacidade de processamento de aço (kton/ano) Foco em equipamentos offshore Logística EAS ERG Brasfels Mauá MacLaren Mão-de-obra Fonte: Verax 1,6 0,5 0,5 0,4 0,1 160 60 50 36 6 Mac Laren Brasfels Mauá Principais Estaleiros do Brasil Condição Atual dos Estaleiros no Brasil
    13. 13. Parceiro Estratégico: Hyundai
    14. 14. <ul><li>Participação de 10% na OSX Construção Naval </li></ul><ul><li>Tecnologia de ponta </li></ul><ul><li>Transferência de know-how e treinamento </li></ul><ul><li>Curva de aprendizado acelerado: 38 anos de experiência em 2 anos </li></ul><ul><li>Contrato de prestação de serviços e tecnologia para design de estaleiros, e transferência de know-how por pelo menos 10 anos </li></ul><ul><li></li></ul>Parceiro Estratégico: Hyundai Heavy Industries Racional e Sumário Por que a Hyundai? <ul><li>Histórico comprovado: desde 1972 </li></ul><ul><li>Maior estaleiro do mundo: 10% de market share (2010) </li></ul><ul><li>Entregou mais de 1.600 navios para mais de 250 armadores em 47 países até hoje </li></ul><ul><li>Um dos líderes mundiais em fabricação de equipamentos offshore, tendo entregue mais de 100 projetos para contratos EPIC turnkey para mais de 30 grandes companhias de óleo e gás no mundo </li></ul><ul><li>Entregou FPSOs e plataformas fixas para clientes como ExxonMobil, Petrobras, Shell, Chevron e BP </li></ul>Comparação de Eficiência <ul><li>Alto potencial de valorização para a OSX </li></ul><ul><ul><li>A divisão offshore da HHI processa 550.000 toneladas de aço/ano em uma área de 2.500.000 m² </li></ul></ul><ul><ul><li>A OSX deve processar, em sua fase inicial, 180.000 toneladas de aço/ano e integrar 220.000 toneladas/ano em uma área de 2.000.000 m² </li></ul></ul><ul><li>Ganhos de eficiência podem expandir a capacidade potencial de processamento </li></ul><ul><li>O objetivo da OSX é atingir o nível de produtividade asiático em 2 anos de operação </li></ul>UCN da OSX desenvolvido em parceria com o maior construtor naval do mundo
    15. 15. UCN AÇU: Unidade de Construção Naval
    16. 16. UCN Açu: Licenciamento <ul><li></li></ul> Out-10 Jan-11 Jun-11 Jul-11 Feb-11     Audiências Públicas Emissão da Licença Prévia Emissão da Licença de Instalação Início da Construção EIA/RIMA
    17. 17. <ul><li>Linha de crédito: 80% CAPEX </li></ul><ul><li>Prazo total entre 18 e 20 anos com carência de até 3 anos e taxas que podem variar entre US$ + 2% aa à US$ + 4% aa </li></ul><ul><li>Agentes repassadores: BNDES, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, BNB e Banco da Amazônia </li></ul>UCN Açu : Financiamento (Fundo da Marinha Mercante) <ul><li></li></ul>US$ MM OSX LLX Dragagem - Engenharia 93 90 Quebra Mar 135 129 Cais 262 - Prédios 339 - Dique Seco 133 - Ruas e Pavimentação 146 - Equipamentos e Outros 487 - Total de US$ 1.933 MM 1.714 219
    18. 18. <ul><li></li></ul>Complexo Industrial do Açu Um novo pólo para indústria pesada e offshore 90 km² Complexo Industrial (1,5x maior que a ilha de Manhattan)
    19. 19. <ul><li>Investimento de US$ 1,7 bilhões </li></ul><ul><li>Capacidade de processamento de aço de 180.000 ton/ano e capacidade de integração de 220.000 ton/ano </li></ul><ul><li>Até 3.525 m de cais (2.400 m na primeira fase) </li></ul><ul><li>Layout aprovado pela Hyundai Heavy Industries </li></ul><ul><li></li></ul>UCN Açu
    20. 20. UCN Açu: Resgate da Flora <ul><li></li></ul>
    21. 21. UCN Açu: Resgate da Fauna <ul><li></li></ul>
    22. 22. <ul><li></li></ul>UCN Açu: Terreno após resgate de flora e fauna
    23. 23. <ul><li></li></ul>UCN Açu: Construção do canal
    24. 24. <ul><li></li></ul>UCN Açu: Construção do canal
    25. 25. UCN Açu: Construção do canal <ul><li></li></ul>
    26. 26. <ul><li></li></ul>UCN Açu: Quebra mar
    27. 27. UCN Açu: Comunidade <ul><li></li></ul>
    28. 28. Portfolio de Produtos
    29. 29. <ul><li></li></ul>Portfolio de Produtos FPSO TLWP WHP <ul><li>Unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência </li></ul><ul><li>Casco: conversão de petroleiro ou novas unidades </li></ul><ul><li>Plataforma do tipo Tension-Leg Wellhead </li></ul><ul><li>Adequada para águas profundas </li></ul><ul><li>Plataforma do tipo Wellhead ou plataforma fixa de produção, em geral </li></ul><ul><li>Adequada para águas rasas </li></ul><ul><li>Unidade de perfuração para exploração </li></ul><ul><li>Alta demanda para águas ultra profundas </li></ul><ul><li>Unidade de transporte marítimo </li></ul><ul><li>Demanda para unidades de navegação de longo curso, cabotagem e aliviadores de plataformas de produção </li></ul><ul><li>Engenharia OSX Flex </li></ul><ul><li>Concebido para processar óleos de diferentes características (distintos graus API, razão gás/óleo, razão água/óleo) </li></ul><ul><li>Cascos Gêmeos </li></ul><ul><li>Redução de prazos de projeto e custos de conversão </li></ul><ul><li>Acelera curva de aprendizado na operação e na manutenção </li></ul><ul><li>Padronização de WHP ’ s </li></ul><ul><li>Otimização na montagem e fabricação </li></ul><ul><li>Concebidas para operar em um intervalo de lâmina d ’ água </li></ul><ul><li>Padronização de Equipamentos </li></ul><ul><li>Seleção de equipamentos “ chaves ” </li></ul><ul><li>Rapidez e suprimento assegurado no longo prazo </li></ul><ul><li>Negociação prévia de contratos com garantia mínima de demanda </li></ul><ul><li>Otimização de estoques e manutenção </li></ul>Navio-Sonda Navio-Tanque Descrição Aceleradores de Projetos
    30. 30. Carteira de Pedidos Atual
    31. 31. Carteira de Pedidos Atual: OGX <ul><li></li></ul>* Entrega física no estaleiro desconsiderando instalação Equipamento Capacidade CAPEX Estimado (US$ MM) Entrega * FPSO OSX-1 80K bopd 610 3T11 FPSO OSX-2 100K bopd 775 2T13 FPSO OSX-3 100K bopd 800 3T13 FPSO OSX-4 100K bopd 850-900 2T14 FPSO OSX-5 100K bopd 850-900 4T14 WHP-1 30 poços 400-450 3T13 WHP-2 30 poços 400-450 4T13 Total 4.685-4.885
    32. 32. FPSO OSX-1
    33. 33. FPSO OSX-1: Travessia <ul><li></li></ul>
    34. 34. FPSO OSX-1: Chegada ao Rio de Janeiro 6/10/11 <ul><li></li></ul>
    35. 35. FPSO OSX-1: Chegada ao Rio de Janeiro 6/10/11 <ul><li></li></ul>
    36. 36. FPSO OSX-1: Destino Waimea <ul><li></li></ul>Marco Data Início da Instalação de amarração Setembro de 2011 Chegada no Brasil da bóia (de Batam) Setembro de 2011 Chegada OSX-1 no Rio de Janeiro, Brasil 6 de Outubro de 2011 Instalação da Bóia STP Novembro de 2011 Primeiro óleo OGX Dezembro de 2011
    37. 37. FPSO OSX-1: Tripulação total - 89 pessoas <ul><li></li></ul>
    38. 38. Sistema’s OSX e WHP
    39. 39. Sistema’s OSX e WHP <ul><li></li></ul>
    40. 40. Instituto Tecnológico Naval
    41. 41. <ul><li>O ITN está sendo desenhado para ter 4 etapas de desenvolvimento. A fase I teve inicio ao longo do 3º trimestre 2011 </li></ul><ul><li>Fase I- Qualificação e Treinamento </li></ul><ul><li></li></ul>ITN – Instituto Tecnológico Naval <ul><ul><li>10 de Julho, assinatura do contrato com a FIRJAN que prevê a qualificação de até 3.100 pessoas em 23 funções (soldadores, mecânicos, entre outras) até o inicio de 2013 </li></ul></ul><ul><ul><li>utilização das instalações físicas e corpo docente do SENAI na cidade de Campos bem como unidades móveis em São João da Barra nesta primeira fase </li></ul></ul><ul><ul><li>inicio das aulas previsto para Janeiro 2012 </li></ul></ul><ul><ul><li>investimento previsto para essa etapa de aproximadamente R$ 12,7 milhões </li></ul></ul>
    42. 42. <ul><li>Fase II- Treinamento na UCN Açu: </li></ul><ul><ul><li>contempla diversas ações de treinamento, assistência técnica e supervisão da operação, em parceria com a Hyundai (40 especialistas baseados no Brasil durante 5 anos) </li></ul></ul><ul><ul><li>50 colaboradores da UCN Açu em treinamento no estaleiro Hyndai em Ulsan, Coréia do Sul </li></ul></ul><ul><ul><li>implantação do ITN na UCN Açu, com área approx. de 1.800 m2 </li></ul></ul><ul><ul><li>instalações para oficinas, laboratórios, salas de aula, auditório e biblioteca </li></ul></ul><ul><ul><li>implantação de sistemas de operações de unidades offshore </li></ul></ul><ul><li></li></ul>ITN – Instituto Tecnológico Naval <ul><li>Construção Naval </li></ul><ul><li>Operação & manutenção de unidades marítimas </li></ul>Fase 1 – Formação de Pessoal Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação Tempo Dedicação
    43. 43. <ul><li></li></ul>ITN – Instituto Tecnológico Naval <ul><li>Fase III- Fortalecimento de cadeia de fornecedores </li></ul><ul><ul><li>Identificação de fornecedores com potencial de desenvolvimento de novos materiais, equipamentos e metodologia de trabalho inovadoras, focados na demanda potencial da OSX </li></ul></ul><ul><li>Fase IV- Inovação Tecnológica </li></ul><ul><ul><li>ITN estabelecerá parcerias com instituições acadêmicas e de pesquisa, brasileiras e internacionais, orientadas para o desenvolvimento e assimilação de novas tecnologias. </li></ul></ul>Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação
    44. 44. Desempenho Financeiro
    45. 45. <ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: R$ Mil Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação
    46. 46. <ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: Resultado Liquido 9M <ul><li>O resultado financeiro líquido positivo em R$ 134,7 milhões, nos 9 meses findos em 30 de setembro de 2011, pode ser detalhado em: </li></ul><ul><li>Aplicações Financeiras +157,4 MM </li></ul><ul><li>Variação Cambial (2,2) MM </li></ul><ul><li>Instrumentos Derivativos (17,4) MM </li></ul><ul><li>Despesas Financeiras (3,0) MM </li></ul><ul><li>Total 134,7 MM </li></ul><ul><li>Aplicações Financeiras com taxa média de rentabilidade de 103,3% do CDI. </li></ul><ul><li>Instrumentos de derivativos refletem a variação da taxa de câmbio de 1,6662 em Dezembro de 2010 para 1,8544 em Setembro de 2011. </li></ul>Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação
    47. 47. <ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: Endividamento Consolidado <ul><li>O Endividamento consolidado da Companhia em 30/09/2011 era de R$ 904 milhões sendo: R$ 335 milhões (Bradesco) e R$ 569 milhões (DVB) . Em setembro de 2010 o endividamento consolidado da empresa era de R$ 818 milhões </li></ul><ul><li>FPSO OSX-1 : Obtenção junto a um sindicato de bancos liderado pelo banco DVB Group Merchant Bank :US$ 420,0 milhões (contrato de 8,5 anos, com prazo de pagamento de 8 anos, à taxa de Libor + 4,25% a.a.). </li></ul><ul><li>FPSO OSX-2 : Obtenção junto a um sindicato de bancos liderado pelos bancos Itaú BBA, ING e Santander: valor de US$ 850 milhões . Demais bancos participantes do sindicato: ABN, HSBC, NIBC, Citibank e Banco do Brasil. </li></ul><ul><li>Unidade de Construção Naval : O Fundo da Marinha Mercante (FMM) aprovou linha de crédito que poderá chegar a R$ 2,7 bilhões, com prazo total de 18 a 20 anos, carência de até 3 anos e taxas entre US$ + 2% aa à US$ + 4% aa. Os Bancos BNDES e Caixa Econômica Federal já aprovaram crédito no valor de R$ 1.350 milhões cada, atuando como agentes repassadores do FMM. </li></ul>Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação
    48. 48. <ul><li></li></ul>Desempenho Financeiro: CAPEX <ul><li>Os principais investimentos no imobilizado (CAPEX) da Companhia no 3° trimestre de 2011 foram feitos nas unidades offshore que serão fretadas à OGX. </li></ul><ul><li>Considerando somente os custos de construção seguem os principais investimentos do trimestre: </li></ul>Fase 2 – Conhecimento, Tecnologia e Inovação
    49. 49. [email_address] +55 21 2555 6914

    ×