SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
Estrada de Ferro Campos do Jordão Clique para mudar os slides
"Novos Rumos nos Velhos Trilhos” Clique para mudar os slides
Oportunidade única para você conhecer de perto a Serra da Mantiqueira a bordo de um trem turístico, com todo o conforto, segurança e o acompanhamento de profissionais treinados para tornar seu passeio ainda mais exclusivo.
Suas construções obedecem uma linha arquitetônica que se mantém inalterada através dos anos, formando um conjunto harmonioso, típico das ferrovias do passado.
Os bondes em estilo inglês, que transmitem charme, conforto e tranqüilidade, enquanto de suas janelas pode se avistar as maravilhas naturais. Venha viver este sonho.
UMA HISTÓRIA DE AMOR AO PRÓXIMO No início do século 20, nascia um sonho diretamente ligado à responsabilidade de amor ao próximo.  Do sonho de levar aos que sofriam com doenças respiratórias à cura, um médico  com a coragem de um grande empreendedor fundou a Estrada de Ferro Campos do Jordão. Foi da necessidade de levar os pacientes, ao propício clima de Campos do Jordão, que o médico sanitarista Emílio Marcondes Ribas, apoiado pelo Dr. Victor Godinho, idealizou a construção de uma linha férrea, que pudesse desbravar a Serra da Mantiqueira.
Depois da difícil tarefa, de agregar tecnologia suficiente para tornar este sonho realidade, em pleno ano de 1910, Emílio Ribas acabou criando também um longo caminho a ser trilhado por seus sucessores.  Administradores que encamparam diversos valores a este sonho, perpetuando-o ao longo deste quase um século de vida.  Dos primeiros trens, à vapor, que levavam 12 horas para completar o trajeto de 47 km de trilhos, aos modernos trens turísticos, foram 60 anos de luta, que hoje se traduzem em firmação no mercado de transportes e turismo.
Até 1970, a Estrada de Ferro Campos do Jordão foi um órgão subordinado à Secretaria dos Transportes, no Governo do Estado de São Paulo. A partir desta data, ela voltou sua missão quase que integralmente ao Turismo.
Neste mesmo ano, foram inaugurados o Parque Reino das Águas Claras - Pindamonhangaba, o Parque Capivari com o primeiro Teleférico brasileiro para transporte de turistas, e o Mirante Nossa Senhora Auxiliadora, integrado à Estação de Santo Antonio do Pinhal. Atrativos turístico, que você conhecerá em detalhes, nas próximas páginas.
O passeio inicia-se no receptivo turístico da sede da Estrada de Ferro Campos do Jordão, em Pindamonhangaba, onde a altitude é de apenas 551m.
A medida em que o trem avança pelas belezas da Serra da Mantiqueira, atinge-se as seguintes altitudes: Santo Antonio do Pinhal, 1.161m; Vale do Lajeado, 1.650m e Ponto Culminante Ferroviário do Brasil, 1.743 m. A partir daí, há um pequeno declive até chegar em Campos do Jordão, onde a altitude é de 1.700m.
Viva Este Prazer! Oportunidade excelente para apreciar as belezas naturais da Serra da Mantiqueira, a bordo das Automotrizes Turísticas. Com muito conforto e segurança, os turistas são acompanhados por um guia turístico que discorre sobre a história da Ferrovia e das cidades por onde o trem passa. Também são ressaltados a botânica do trajeto e os principais pontos turísticos.
 
Situada entre as Serras do Mar e Mantiqueira, Pindamonhangaba está a 132Km de São Paulo, a 250Km do Rio de Janeiro e 567Km de Minas Gerais. É considerada uma cidade histórica pois, além de ter sido a única cidade do interior de São Paulo a receber os restos mortais de D. Pedro I (por ocasião de seu traslado para o Brasil em comemoração aos 150 anos da independência), abriga ainda hoje em uma de suas igrejas (Igreja São José) os restos mortais dos guardiões da independência. Durante o percurso é possível observar as fazendas de gado e plantações de arroz.
Situada entre as Serras do Mar e Mantiqueira, Pindamonhangaba está a 132Km de São Paulo, a 250Km do Rio de Janeiro e 567Km de Minas Gerais. É considerada uma cidade histórica pois, além de ter sido a única cidade do interior de São Paulo a receber os restos mortais de D. Pedro I (por ocasião de seu traslado para o Brasil em comemoração aos 150 anos da independência), abriga ainda hoje em uma de suas igrejas (Igreja São José) os restos mortais dos guardiões da independência. Durante o percurso é possível observar as fazendas de gado e plantações de arroz.
A sede da Estrada de Ferro Campos do Jordão em Pindamonhangaba, está instalada em uma antiga estação inaugurada em 1924. Atualmente o prédio abriga a diretoria da empresa.
Os trens que circulam no percurso de Pindamonhangaba à Campos do Jordão, e de Pinda ao Parque Reino das Águas Claras, passam pela ponte metálica sobre o Rio Paraíba do Sul. Esta ponte que foi contruída na França e transportada desmontada para Pindamonhangaba em 1924, possuí extenção de 160m. Seus pilares são de origem portuguesa e foram talhados à mão.
Depois da Ponte Metálica sobre o Rio  Banhado pelo Rio Piracuama, que em Tupi Guarani significa "Cova de Peixes", o Parque ocupa uma área de mais de 20mil m2, e é decorado com os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo. Figuras em argila oca, que mantém viva a história do maior escritor de literatura infantil, Monteiro Lobato. Mais detalhes sobre a história do Parque e suas figuras você poderá consultar na seção de  Parques .
A 1.161 metros de altitude, a antiga estação Eugênio Lefevre, é hoje a Estação Santo Antonio do Pinhal. O local conta ainda com outros atrativos turísticos, como o apiário com diversos produtos derivados do mel, a loja de artesanato, um orquidário e uma lanchonete/restaurante. A Estância Santo Antonio do Pinhal, distante da Ferrovia a 4 km, desenvolve atividade essencialmente agrícola.  "O CORAÇÃO DA FERROVIA" Junto à estação ferroviária acha-se instalada desde 1924, a Subestação retificadora de energia elétrica, responsável pela alimentação de todo o tráfego da Estrada de Ferro.
No alto da Serra da Mantiqueira, km 28 da via férrea, foi edificado em 1971 um mirante com a imagem de Nossa Senhora Auxiliadora, monumento muito bonito que agrada bastante todos os turistas que por ali passam. O monumento da Santa, tem 3m de altura e 1 de largura. Além de ser uma preciosa atração turística, do local podemos observar, a 1.161m de altitude, as belezas naturais do Vale do Paraíba. Durante a parada nesta estação, os turistas têm a oportunidade de conhecer lojas de artesanato da cidade.
Os guias que acompanham os passeios nos trens de Serra, chamam a atenção para os pontos do percurso, onde a natureza faz questão de estar sempre presente. Num destes pontos é possível observar o Vale do Barreiro e Bairro Renópolis, habitado principalmente por japoneses que vivem do cultivo e comercialização de trutas e orquídeas.
A 1.650m de altitude, em plena Serra da Mantiqueira, pode-se observar o horizonte, e ver o recorte das montanhas que fazem divisa com os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Uma das vistas mais interessantes do passeio rumo a Campos de Jordão é o Vale do Lajeado, berço do Ribeirão do Lageado, um afluente do Sapucaí-Mirim que deságua no Rio Sapucaí-Guaçú, em território mineiro.
Depois de aproximadamente 3 horas de apreciação das belezas da Serra da Mantiqueira a Automotriz dá entrada em Campos do Jordão.  Ao chegar no Portal de Entrada da cidade, tem-se a certeza de que a viagem de trem chega ao fim; mas também se sabe que outras atrações estão por vir.
Depois de aproximadamente 3 horas de apreciação das belezas da Serra da Mantiqueira a Automotriz dá entrada em Campos do Jordão.  Ao chegar no Portal de Entrada da cidade, tem-se a certeza de que a viagem de trem chega ao fim; mas também se sabe que outras atrações estão por vir.
Criado em 1970, o Parque Capivari está situado no coração turístico de Campos do Jordão, oferecendo aos seus visitantes de todas as idades, uma variada gama de opções de lazer e entretenimento.  Suas principais atrações são o  teleférico , o lago com botes  infláveis motorizados , o  parque de diversões , o trenzinho da alegria e chalés que vendem malhas e  produtos artesanais .
É uma das principais atrações de Campos do Jordão. A estação de embarque situa-se no interior do Parque, na base do Morro do Elefante. À medida que as cadeirinhas vão subindo o morro, descortina-se uma linda vista da Vila Capivari. Chegando no topo do Morro (1.800 metros de altitude), pode-se curtir o visual no belvedere ou alugar um cavalo para dar uma volta antes de embarcar de volta no teleférico.
Na mesma bilheteria onde se compra o ingresso para o teleférico pode-se adquirir um bilhete para aluguel de bote inflável motorizado, por um período de 10 minutos. Com todo conforto e segurança, o turista "boia" por todo o lago, que tem aproximadamente 2milm²
Com o objetivo de agradar também os turistas infantis, o Parque Capivari mantém em seu interior diversos brinquedos, indicados à todas as idades. Além dos brinquedos fixos, que se mantém em todas as épocas do ano, nas temporadas de inverno (julho), o Parque Capivari recebe novas atrações, que garantem a alegria da criançada.
O Trem Turístico Urbano circula dentro da Estância de Campos do Jordão, fazendo o percurso entre a Estação Emílio Ribas em Capivari e a Estação Abernéssia. Num trajeto de 4 Km, o trem corta as três principais vilas da cidade: Capivari, Jaguaribe e Abernéssia. Uma excelente opção de passeio para o turista que não dispõe de mais de um dia na cidade. A Composição, e formada de uma Automotriz fechada duas classes de passageiros, aberta nas laterais.
Os Bondes atravessam as principais vilas de Campos do Jordão, Capivari, Jaguaribe e Abernéssia. São utilizados por turistas de toda parte. Uma ótima opção para quem tem pouco tempo para curtir uma passeio. O percurso começa na Estação de Capivari, situada no centro turístico de Campos do Jordão, e termina na Estação São Cristóvão, início da Serra da Mantiqueira..
Carinhosamente chamado de 'Vovô', a primeira automotriz da Estrada de Ferro Campos do Jordão, a subir a Serra da Mantiqueira, ainda está longe de se aposentar. Ela fez sua primeira viagem em 1917, com motor a gasolina  Mercedes Benz de 22 HP.
Depois de ficar alguns dias em exposição no topo do Morro do Elefante  Campos do Jordão, passou por uma ampla restauração. Hoje ela aguarda a construção do Museu Ferroviário para permanecer em permanente exposição. Nota-se que a restauração procurou manter as características originais do trem, inclusive seu motor foi recondicionado na própria Mercedes Benz, o que custou 3 vezes mais que um motor moderno. O resultado porém, vale a pena ser conferido de perto.
Os trens que atendem o roteiro turístico, de Pindamonhangaba ao Parque Reino das Águas Claras, realizam o trajeto em 40 minutos. Durante o percurso, o visitante tem a oportunidade de conhecer a zona rual do municipio de Pindamonhangaba, com suas antigas fazendas cafeeiras, ainda da época dos escravos, e os belos campos de cultivo de arroz e gado.
Comemoração No  próximo dia 15 de novembro a Estrada de Ferro Campos do Jordão completa 93 anos desde sua fundação em 1914. Inicialmente utilizada para transportar doentes  que  necessitavam  de  tratamento  na  estância  climática, hoje a ferrovia  transporta  milhares de turistas que desfrutam das paisagens, dos diferentes atrativos e do conforto que a “estradinha” oferece.
Visitar Campos do Jordão é antes de tudo ver os tradicionais bondinhos da  Estrada  de Ferro atravessando a cidade de ponta a ponta, transportando turistas  que  aproveitam  as  paradas para conhecer os mais significativos pontos  turísticos  da  montanha. Essa tradição já faz parte da história da cidade  e  se  mantém  operando da mesma maneira como fora idealizada pelos médicos  sanitaristas  Victor  Godinho  e Emílio Ribas, no começo do século passado.
PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO     No dia de seu aniversário (15 de novembro), haverá as solenidades programadas  para  comemorar  o   aniversário  da Estrada de Ferro Campos do Jordão  que começarão   logo   na   partida   das   automotrizes,   saindo  de Pindamonhangaba  com  destino  a   Campos  do  Jordão,  com  a   exposição de fotografias antigas da EFCJ, apresentação artístico cultural e distribuição de bolo entre os passageiros.  Outras atividades completam a programação. Claury Alves da Silva Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Turismo
Com informações do site www.efcj.com.br
Apresentação por Renato Cardoso Delegado Regional de Turismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pontos Turisticos de Manaus
Pontos Turisticos de ManausPontos Turisticos de Manaus
Pontos Turisticos de Manaus
Luiz Sounier
 
Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010
Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010
Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010
Comunicação Caraguá
 
T R E M D O P A N T A N A L
T R E M  D O  P A N T A N A LT R E M  D O  P A N T A N A L
T R E M D O P A N T A N A L
Damisa
 
Trabalho do rio tua
Trabalho do rio tuaTrabalho do rio tua
Trabalho do rio tua
PedroGil100
 

Mais procurados (17)

Turismo
TurismoTurismo
Turismo
 
Pontos Turisticos de Manaus
Pontos Turisticos de ManausPontos Turisticos de Manaus
Pontos Turisticos de Manaus
 
PIRASSUNUNGA- CIDADE SIMPATIA
PIRASSUNUNGA- CIDADE SIMPATIAPIRASSUNUNGA- CIDADE SIMPATIA
PIRASSUNUNGA- CIDADE SIMPATIA
 
Pirassununga cidade simpatia
Pirassununga  cidade simpatiaPirassununga  cidade simpatia
Pirassununga cidade simpatia
 
Brasil Aracaju
Brasil AracajuBrasil Aracaju
Brasil Aracaju
 
Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010
Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010
Caraguá Verão 02/ 09 de Dezembro de 2010
 
Pirassununga cidade simpatia
Pirassununga  cidade simpatiaPirassununga  cidade simpatia
Pirassununga cidade simpatia
 
Treinamento curitiba e regiao
Treinamento curitiba e regiaoTreinamento curitiba e regiao
Treinamento curitiba e regiao
 
Rio Grande (2)
Rio Grande (2)Rio Grande (2)
Rio Grande (2)
 
T R E M D O P A N T A N A L
T R E M  D O  P A N T A N A LT R E M  D O  P A N T A N A L
T R E M D O P A N T A N A L
 
Manaus-Volta ao Mundo Junho 2014
Manaus-Volta ao Mundo Junho 2014Manaus-Volta ao Mundo Junho 2014
Manaus-Volta ao Mundo Junho 2014
 
Aracaju
AracajuAracaju
Aracaju
 
Trabalho do rio tua
Trabalho do rio tuaTrabalho do rio tua
Trabalho do rio tua
 
Pontos Turísticos Copa 2014
Pontos Turísticos Copa 2014Pontos Turísticos Copa 2014
Pontos Turísticos Copa 2014
 
Oh! Minas Gerais....
Oh! Minas Gerais....Oh! Minas Gerais....
Oh! Minas Gerais....
 
Manaus
ManausManaus
Manaus
 
Guia de icaraizinho - Ceara Hula-Hula Brazil
Guia de icaraizinho - Ceara Hula-Hula BrazilGuia de icaraizinho - Ceara Hula-Hula Brazil
Guia de icaraizinho - Ceara Hula-Hula Brazil
 

Semelhante a Trem Campos

CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
Pery Salgado
 
ItineráRio Caminha Viana Do Castelo
ItineráRio Caminha  Viana Do CasteloItineráRio Caminha  Viana Do Castelo
ItineráRio Caminha Viana Do Castelo
davidrubensilva
 
Pacotes Ferroviários da Serra Verde Express
Pacotes Ferroviários da Serra Verde ExpressPacotes Ferroviários da Serra Verde Express
Pacotes Ferroviários da Serra Verde Express
Serra Verde Express .
 

Semelhante a Trem Campos (20)

Trab lucia(1)
Trab lucia(1)Trab lucia(1)
Trab lucia(1)
 
Lucca Oliva
Lucca OlivaLucca Oliva
Lucca Oliva
 
Destinos Curitiba e região; Vitória e região
Destinos Curitiba e região; Vitória e regiãoDestinos Curitiba e região; Vitória e região
Destinos Curitiba e região; Vitória e região
 
Foz do velho chico
Foz do velho chicoFoz do velho chico
Foz do velho chico
 
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
 
Festa do boi bumba de parintins
Festa do boi bumba de parintinsFesta do boi bumba de parintins
Festa do boi bumba de parintins
 
ItineráRio Caminha Viana Do Castelo
ItineráRio Caminha  Viana Do CasteloItineráRio Caminha  Viana Do Castelo
ItineráRio Caminha Viana Do Castelo
 
Foz do velho Chico
Foz do velho ChicoFoz do velho Chico
Foz do velho Chico
 
Foz do velho chico
Foz do velho chicoFoz do velho chico
Foz do velho chico
 
Pacotes Ferroviários da Serra Verde Express
Pacotes Ferroviários da Serra Verde ExpressPacotes Ferroviários da Serra Verde Express
Pacotes Ferroviários da Serra Verde Express
 
Paraty 2016
Paraty 2016Paraty 2016
Paraty 2016
 
Automobilismo
AutomobilismoAutomobilismo
Automobilismo
 
Trabalhodeparanapiacaba1
Trabalhodeparanapiacaba1Trabalhodeparanapiacaba1
Trabalhodeparanapiacaba1
 
Serra Verde Express - BWT Operadora
Serra Verde Express  - BWT OperadoraSerra Verde Express  - BWT Operadora
Serra Verde Express - BWT Operadora
 
Pindamonhangaba ate
Pindamonhangaba atePindamonhangaba ate
Pindamonhangaba ate
 
Estrada real
Estrada realEstrada real
Estrada real
 
Trem do pantanal
Trem do pantanalTrem do pantanal
Trem do pantanal
 
Guia de viagem: Rio de Janeiro
Guia de viagem: Rio de JaneiroGuia de viagem: Rio de Janeiro
Guia de viagem: Rio de Janeiro
 
Lucas e Anna
Lucas e AnnaLucas e Anna
Lucas e Anna
 
GUIA DE SÃO PEDRO DA UNIÃO
GUIA DE SÃO PEDRO DA UNIÃOGUIA DE SÃO PEDRO DA UNIÃO
GUIA DE SÃO PEDRO DA UNIÃO
 

Mais de Renato Cardoso

Mais de Renato Cardoso (20)

Bauruenses queridos
Bauruenses queridosBauruenses queridos
Bauruenses queridos
 
As aquarelas sensuais de Steve Hanks
As aquarelas sensuais de Steve HanksAs aquarelas sensuais de Steve Hanks
As aquarelas sensuais de Steve Hanks
 
O cé de bauru é mais bonito
O cé de bauru é mais bonito O cé de bauru é mais bonito
O cé de bauru é mais bonito
 
No ano que vem
No ano que vemNo ano que vem
No ano que vem
 
Primavera sem flor 1
Primavera sem flor 1Primavera sem flor 1
Primavera sem flor 1
 
Primavera sem flor
Primavera sem florPrimavera sem flor
Primavera sem flor
 
Primavera sem flor
Primavera sem florPrimavera sem flor
Primavera sem flor
 
Primavera sem flor
Primavera sem florPrimavera sem flor
Primavera sem flor
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito
Sinto muito Sinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito -
Sinto muito - Sinto muito -
Sinto muito -
 
Sinto muito.pps
Sinto muito.ppsSinto muito.pps
Sinto muito.pps
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito
Sinto muito Sinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Aprendi
AprendiAprendi
Aprendi
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Untitled Presentation
Untitled PresentationUntitled Presentation
Untitled Presentation
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)
Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)
Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)
 

Trem Campos

  • 1. Estrada de Ferro Campos do Jordão Clique para mudar os slides
  • 2. "Novos Rumos nos Velhos Trilhos” Clique para mudar os slides
  • 3. Oportunidade única para você conhecer de perto a Serra da Mantiqueira a bordo de um trem turístico, com todo o conforto, segurança e o acompanhamento de profissionais treinados para tornar seu passeio ainda mais exclusivo.
  • 4. Suas construções obedecem uma linha arquitetônica que se mantém inalterada através dos anos, formando um conjunto harmonioso, típico das ferrovias do passado.
  • 5. Os bondes em estilo inglês, que transmitem charme, conforto e tranqüilidade, enquanto de suas janelas pode se avistar as maravilhas naturais. Venha viver este sonho.
  • 6. UMA HISTÓRIA DE AMOR AO PRÓXIMO No início do século 20, nascia um sonho diretamente ligado à responsabilidade de amor ao próximo. Do sonho de levar aos que sofriam com doenças respiratórias à cura, um médico com a coragem de um grande empreendedor fundou a Estrada de Ferro Campos do Jordão. Foi da necessidade de levar os pacientes, ao propício clima de Campos do Jordão, que o médico sanitarista Emílio Marcondes Ribas, apoiado pelo Dr. Victor Godinho, idealizou a construção de uma linha férrea, que pudesse desbravar a Serra da Mantiqueira.
  • 7. Depois da difícil tarefa, de agregar tecnologia suficiente para tornar este sonho realidade, em pleno ano de 1910, Emílio Ribas acabou criando também um longo caminho a ser trilhado por seus sucessores. Administradores que encamparam diversos valores a este sonho, perpetuando-o ao longo deste quase um século de vida. Dos primeiros trens, à vapor, que levavam 12 horas para completar o trajeto de 47 km de trilhos, aos modernos trens turísticos, foram 60 anos de luta, que hoje se traduzem em firmação no mercado de transportes e turismo.
  • 8. Até 1970, a Estrada de Ferro Campos do Jordão foi um órgão subordinado à Secretaria dos Transportes, no Governo do Estado de São Paulo. A partir desta data, ela voltou sua missão quase que integralmente ao Turismo.
  • 9. Neste mesmo ano, foram inaugurados o Parque Reino das Águas Claras - Pindamonhangaba, o Parque Capivari com o primeiro Teleférico brasileiro para transporte de turistas, e o Mirante Nossa Senhora Auxiliadora, integrado à Estação de Santo Antonio do Pinhal. Atrativos turístico, que você conhecerá em detalhes, nas próximas páginas.
  • 10. O passeio inicia-se no receptivo turístico da sede da Estrada de Ferro Campos do Jordão, em Pindamonhangaba, onde a altitude é de apenas 551m.
  • 11. A medida em que o trem avança pelas belezas da Serra da Mantiqueira, atinge-se as seguintes altitudes: Santo Antonio do Pinhal, 1.161m; Vale do Lajeado, 1.650m e Ponto Culminante Ferroviário do Brasil, 1.743 m. A partir daí, há um pequeno declive até chegar em Campos do Jordão, onde a altitude é de 1.700m.
  • 12. Viva Este Prazer! Oportunidade excelente para apreciar as belezas naturais da Serra da Mantiqueira, a bordo das Automotrizes Turísticas. Com muito conforto e segurança, os turistas são acompanhados por um guia turístico que discorre sobre a história da Ferrovia e das cidades por onde o trem passa. Também são ressaltados a botânica do trajeto e os principais pontos turísticos.
  • 13.  
  • 14. Situada entre as Serras do Mar e Mantiqueira, Pindamonhangaba está a 132Km de São Paulo, a 250Km do Rio de Janeiro e 567Km de Minas Gerais. É considerada uma cidade histórica pois, além de ter sido a única cidade do interior de São Paulo a receber os restos mortais de D. Pedro I (por ocasião de seu traslado para o Brasil em comemoração aos 150 anos da independência), abriga ainda hoje em uma de suas igrejas (Igreja São José) os restos mortais dos guardiões da independência. Durante o percurso é possível observar as fazendas de gado e plantações de arroz.
  • 15. Situada entre as Serras do Mar e Mantiqueira, Pindamonhangaba está a 132Km de São Paulo, a 250Km do Rio de Janeiro e 567Km de Minas Gerais. É considerada uma cidade histórica pois, além de ter sido a única cidade do interior de São Paulo a receber os restos mortais de D. Pedro I (por ocasião de seu traslado para o Brasil em comemoração aos 150 anos da independência), abriga ainda hoje em uma de suas igrejas (Igreja São José) os restos mortais dos guardiões da independência. Durante o percurso é possível observar as fazendas de gado e plantações de arroz.
  • 16. A sede da Estrada de Ferro Campos do Jordão em Pindamonhangaba, está instalada em uma antiga estação inaugurada em 1924. Atualmente o prédio abriga a diretoria da empresa.
  • 17. Os trens que circulam no percurso de Pindamonhangaba à Campos do Jordão, e de Pinda ao Parque Reino das Águas Claras, passam pela ponte metálica sobre o Rio Paraíba do Sul. Esta ponte que foi contruída na França e transportada desmontada para Pindamonhangaba em 1924, possuí extenção de 160m. Seus pilares são de origem portuguesa e foram talhados à mão.
  • 18. Depois da Ponte Metálica sobre o Rio Banhado pelo Rio Piracuama, que em Tupi Guarani significa "Cova de Peixes", o Parque ocupa uma área de mais de 20mil m2, e é decorado com os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo. Figuras em argila oca, que mantém viva a história do maior escritor de literatura infantil, Monteiro Lobato. Mais detalhes sobre a história do Parque e suas figuras você poderá consultar na seção de Parques .
  • 19. A 1.161 metros de altitude, a antiga estação Eugênio Lefevre, é hoje a Estação Santo Antonio do Pinhal. O local conta ainda com outros atrativos turísticos, como o apiário com diversos produtos derivados do mel, a loja de artesanato, um orquidário e uma lanchonete/restaurante. A Estância Santo Antonio do Pinhal, distante da Ferrovia a 4 km, desenvolve atividade essencialmente agrícola. "O CORAÇÃO DA FERROVIA" Junto à estação ferroviária acha-se instalada desde 1924, a Subestação retificadora de energia elétrica, responsável pela alimentação de todo o tráfego da Estrada de Ferro.
  • 20. No alto da Serra da Mantiqueira, km 28 da via férrea, foi edificado em 1971 um mirante com a imagem de Nossa Senhora Auxiliadora, monumento muito bonito que agrada bastante todos os turistas que por ali passam. O monumento da Santa, tem 3m de altura e 1 de largura. Além de ser uma preciosa atração turística, do local podemos observar, a 1.161m de altitude, as belezas naturais do Vale do Paraíba. Durante a parada nesta estação, os turistas têm a oportunidade de conhecer lojas de artesanato da cidade.
  • 21. Os guias que acompanham os passeios nos trens de Serra, chamam a atenção para os pontos do percurso, onde a natureza faz questão de estar sempre presente. Num destes pontos é possível observar o Vale do Barreiro e Bairro Renópolis, habitado principalmente por japoneses que vivem do cultivo e comercialização de trutas e orquídeas.
  • 22. A 1.650m de altitude, em plena Serra da Mantiqueira, pode-se observar o horizonte, e ver o recorte das montanhas que fazem divisa com os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
  • 23. Uma das vistas mais interessantes do passeio rumo a Campos de Jordão é o Vale do Lajeado, berço do Ribeirão do Lageado, um afluente do Sapucaí-Mirim que deságua no Rio Sapucaí-Guaçú, em território mineiro.
  • 24. Depois de aproximadamente 3 horas de apreciação das belezas da Serra da Mantiqueira a Automotriz dá entrada em Campos do Jordão. Ao chegar no Portal de Entrada da cidade, tem-se a certeza de que a viagem de trem chega ao fim; mas também se sabe que outras atrações estão por vir.
  • 25. Depois de aproximadamente 3 horas de apreciação das belezas da Serra da Mantiqueira a Automotriz dá entrada em Campos do Jordão. Ao chegar no Portal de Entrada da cidade, tem-se a certeza de que a viagem de trem chega ao fim; mas também se sabe que outras atrações estão por vir.
  • 26. Criado em 1970, o Parque Capivari está situado no coração turístico de Campos do Jordão, oferecendo aos seus visitantes de todas as idades, uma variada gama de opções de lazer e entretenimento. Suas principais atrações são o teleférico , o lago com botes infláveis motorizados , o parque de diversões , o trenzinho da alegria e chalés que vendem malhas e produtos artesanais .
  • 27. É uma das principais atrações de Campos do Jordão. A estação de embarque situa-se no interior do Parque, na base do Morro do Elefante. À medida que as cadeirinhas vão subindo o morro, descortina-se uma linda vista da Vila Capivari. Chegando no topo do Morro (1.800 metros de altitude), pode-se curtir o visual no belvedere ou alugar um cavalo para dar uma volta antes de embarcar de volta no teleférico.
  • 28. Na mesma bilheteria onde se compra o ingresso para o teleférico pode-se adquirir um bilhete para aluguel de bote inflável motorizado, por um período de 10 minutos. Com todo conforto e segurança, o turista "boia" por todo o lago, que tem aproximadamente 2milm²
  • 29. Com o objetivo de agradar também os turistas infantis, o Parque Capivari mantém em seu interior diversos brinquedos, indicados à todas as idades. Além dos brinquedos fixos, que se mantém em todas as épocas do ano, nas temporadas de inverno (julho), o Parque Capivari recebe novas atrações, que garantem a alegria da criançada.
  • 30. O Trem Turístico Urbano circula dentro da Estância de Campos do Jordão, fazendo o percurso entre a Estação Emílio Ribas em Capivari e a Estação Abernéssia. Num trajeto de 4 Km, o trem corta as três principais vilas da cidade: Capivari, Jaguaribe e Abernéssia. Uma excelente opção de passeio para o turista que não dispõe de mais de um dia na cidade. A Composição, e formada de uma Automotriz fechada duas classes de passageiros, aberta nas laterais.
  • 31. Os Bondes atravessam as principais vilas de Campos do Jordão, Capivari, Jaguaribe e Abernéssia. São utilizados por turistas de toda parte. Uma ótima opção para quem tem pouco tempo para curtir uma passeio. O percurso começa na Estação de Capivari, situada no centro turístico de Campos do Jordão, e termina na Estação São Cristóvão, início da Serra da Mantiqueira..
  • 32. Carinhosamente chamado de 'Vovô', a primeira automotriz da Estrada de Ferro Campos do Jordão, a subir a Serra da Mantiqueira, ainda está longe de se aposentar. Ela fez sua primeira viagem em 1917, com motor a gasolina Mercedes Benz de 22 HP.
  • 33. Depois de ficar alguns dias em exposição no topo do Morro do Elefante Campos do Jordão, passou por uma ampla restauração. Hoje ela aguarda a construção do Museu Ferroviário para permanecer em permanente exposição. Nota-se que a restauração procurou manter as características originais do trem, inclusive seu motor foi recondicionado na própria Mercedes Benz, o que custou 3 vezes mais que um motor moderno. O resultado porém, vale a pena ser conferido de perto.
  • 34. Os trens que atendem o roteiro turístico, de Pindamonhangaba ao Parque Reino das Águas Claras, realizam o trajeto em 40 minutos. Durante o percurso, o visitante tem a oportunidade de conhecer a zona rual do municipio de Pindamonhangaba, com suas antigas fazendas cafeeiras, ainda da época dos escravos, e os belos campos de cultivo de arroz e gado.
  • 35. Comemoração No  próximo dia 15 de novembro a Estrada de Ferro Campos do Jordão completa 93 anos desde sua fundação em 1914. Inicialmente utilizada para transportar doentes  que  necessitavam  de  tratamento  na  estância  climática, hoje a ferrovia  transporta  milhares de turistas que desfrutam das paisagens, dos diferentes atrativos e do conforto que a “estradinha” oferece.
  • 36. Visitar Campos do Jordão é antes de tudo ver os tradicionais bondinhos da  Estrada  de Ferro atravessando a cidade de ponta a ponta, transportando turistas  que  aproveitam  as  paradas para conhecer os mais significativos pontos  turísticos  da  montanha. Essa tradição já faz parte da história da cidade  e  se  mantém  operando da mesma maneira como fora idealizada pelos médicos  sanitaristas  Victor  Godinho  e Emílio Ribas, no começo do século passado.
  • 37. PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO     No dia de seu aniversário (15 de novembro), haverá as solenidades programadas  para  comemorar  o  aniversário  da Estrada de Ferro Campos do Jordão que começarão   logo   na   partida   das   automotrizes,   saindo  de Pindamonhangaba  com  destino  a  Campos  do  Jordão,  com  a  exposição de fotografias antigas da EFCJ, apresentação artístico cultural e distribuição de bolo entre os passageiros. Outras atividades completam a programação. Claury Alves da Silva Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Turismo
  • 38. Com informações do site www.efcj.com.br
  • 39. Apresentação por Renato Cardoso Delegado Regional de Turismo