SlideShare uma empresa Scribd logo
Texto narrativo: Uma menina chamada Chapeuzinho Azul - 5º ano
Uma menina chamada Chapeuzinho Azul
Aposto que você adivinhou que essa menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Azul era
irmã daquela outra menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Vermelho. As duas meninas
ganharam seus chapeuzinhos no mesmo dia. Foi no Dia da Criança de mil, seiscentos e me esqueci.
Elas gostaram tanto de ganhar seus chapeuzinhos que até se esqueceram de ficar bravas porque
não tinham ganhado as bonecas que tanto queriam.Esses chapeuzinhos na verdade eram duas
capinhas com capuz, mas todo mundo conhece a história da menina que ganhou a roupinha vermelha
como “Chapeuzinho Vermelho”, então vamos fingir que as capinhas com capuz eram chapeuzinhos,
está bem?
Naquele dia em que a menina do chapeuzinho vermelho saiu de casa para levar doces para a
vovozinha que estava doente e se encontrou com o lobo etc. e tal, a irmã dela ficou em casa. Ela
passou o dia todo no quarto porque estava com gripe. Ninguém nunca ouviu falar na Chapeuzinho
Azul porque ela nunca teve um dia tão agitado como o da irmã dela. Ninguém nunca ouviu falar
também do pai das duas meninas porque quando a Chapeuzinho Vermelho foi pela estrada afora
bem sozinha, o pai dela estava na cidade, que ficava não muito ali por perto. Ele saía de casa todo
dia bem cedinho e só voltava de noite. Porque trabalhava, junto com muitos outros homens, na
construção de uma ponte que estava sendo feita sobre um grande rio. Nunca ficou sabendo
também que a Chapeuzinho Vermelho tinha uma outra avó. Isso é fácil de imaginar, porque afinal
as crianças geralmente têm duas avós, a mãe da mãe e a mãe do pai. Essa outra avó era mãe do pai.
Aquela que quase virou comida de lobo era a mãe da mãe.
Essa outra avó das Chapeuzinhos se chamava Iolanda, mas todo mundo a chamava de Vó
Gorda, você pode imaginar por quê, né?!! Mas, ela não se importava com esse apelido, e até achava
graça. Então, a Vó Gorda saiu lá da casinha dela com uma cestinha de doces para levar para a
Chapeuzinho Azul que, como eu já contei, estava gripada, coitadinha.
No caminho para a casa da netinha, a avó se encontrou com um lobo. Um lobo tão Lobo Mau
quanto aquele que enganou a Chapeuzinho Vermelho. E esse outro Lobo Mau tentou enganar a Vó
Gorda, dizendo para ela ir pelo caminho da floresta. Mas como ela não era boba, foi pelo caminho
mais curto e chegou antes do Lobo Mau. E quando ele chegou pronto para comer a Chapeuzinho
Azul e a avó dela, deu de cara com o pai das meninas, que já tinha voltado do trabalho. Ele estava
esperando pelo lobo na frente da casa com sua espingarda em punho. Lá dentro a Chapeuzinho
Azul, a mãe dela e a Vó Gorda espiavam pela janela e riam.
O lobo, que era tão Lobo Mau quanto o outro, mas também tão esperto quanto a Vó Gorda,
quando viu a espingarda, deu um tchauzinho de longe e deu no pé. Na noite desse mesmo dia, a
Chapeuzinho Vermelho chegou acompanhada pelo caçador e contou sua aventura. Foi por isso que
os pais das meninas nunca mais deixaram as duas andarem sozinhas pela floresta. Depois do
jantar, as duas irmãs pediram para comer os doces que a Vó Gorda tinha trazido em sua cestinha.
Mas ela deu uma gargalhada e confessou que tinha ficado com fome no caminho e foi beliscando,
beliscando, beliscando e, quando chegou, a cesta já estava vazia.
(De Flávio de Souza, livro: Que história é essa? 2. São Paulo, Companhia das Letrinhas, 2000)
____________________________________________________ Fim
Responda as questões a seguir, de acordo com o texto que você acabou de ler.
QUESTÃO 1 MARQUE, com um X, a alternativa CORRETA.
A história que você acabou de ler é
A) um poema C) uma lenda
B) um conto D) uma história em quadrinhos
QUESTÃO 2 EXPLIQUE o significado das palavras/expressões destacadas, de acordo com o
texto.
a) “E quando ele chegou pronto para comer a Chapeuzinho Azul e a avó dela, deu de cara com o pai
das meninas, que já tinha voltado do trabalho.”
______________________________________________________________
b) “O lobo, que era tão Lobo Mau quanto o outro, mas também tão esperto quanto a Vó Gorda,
quando viu a espingarda, deu um tchauzinho de longe e deu no pé.”
c) “Mas ela deu uma gargalhada e confessou que tinha ficado com fome no caminho e foi
beliscando, beliscando, beliscando e, quando chegou, a cesta já estava vazia.”
_____________________________________________________________
d) “Aposto que você adivinhou que essa menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Azul
era irmã daquela outra menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Vermelho.”
____________________________________________________________
QUESTÃO 3 No Dia das Crianças de mil, seiscentos e me esqueci as irmãs ganharam
A) bonecas C) cestas de doces
B) chapeuzinhos D) chocolates
QUESTÃO 4 No texto, o autor concluiu que as meninas gostaram muito do presente que
elas ganharam.
O autor chegou a esta conclusão porque as meninas
A) agradeceram muitas vezes a pessoa que lhes dera o presente.
B) deram pulos de alegria, beijaram e abraçaram quem as deu o presente.
C) esqueceram de ficar bravas porque não tinham ganhado as bonecas que tanto
queriam.
D) usaram o presente logo que ganharam.
QUESTÃO 5 Chapeuzinho Azul e o pai das meninas não ficaram conhecidos na história
de Chapeuzinho Vermelho por que
COLOQUE V se as explicações forem verdadeiras e F se forem falsas.
___ A menina enganava as pessoas e ficou de castigo no quarto.
___ O pai tinha falecido e não pode participar das aventuras da filha.
___ Chapeuzinho Azul passou o dia em casa porque estava gripada.
___ O pai da menina trabalhava na cidade que não era perto da casa deles.
QUESTÃO 6 LEIA e COMPARE algumas informações da história contada no texto e a
história tradicional de Chapeuzinho Vermelho.
INFORMAÇÕES Chapeuzinho Azul Chapeuzinho Vermelho
Quais os personagens que
mais participam da
história?
Chapeuzinho Azul, Vó Gorda,
o pai da menina e o Lobo
Mau.
Chapeuzinho Vermelho, sua
mãe, uma avó, o caçador e o
Lobo Mau.
Quem leva doces para
quem?
A avó Iolanda leva doces
para Chapeuzinho Azul.
Chapeuzinho Vermelho leva
doces para a avó doente.
Quem encontra com o lobo
primeiro?
Vó Gorda Chapeuzinho Vermelho
O que aconteceu com a
avó?
Foi para a casa da neta pelo
caminho mais curto e não foi
atacada pelo lobo.
Foi engolida pelo lobo e
depois salva pelo caçador.
O que aconteceu com o
lobo?
Quando viu a espingarda,
deu no pé.
Foi morto pelo caçador.
CONSULTE a tabela da página anterior e CITE uma semelhança e uma diferença entre as
duas histórias comparadas (Chapeuzinho Azul e Chapeuzinho Vermelho)
SEMELHANÇA DIFERENÇA
QUESTÃO 7 LEIA o trecho.
“Essa outra avó das Chapeuzinhos se chamava Iolanda, mas todo mundo a chamava de Vó
Gorda, você pode imaginar por quê, né?!! Ela não se importava com esse apelido...”
MARQUE, com um X, qual era a atitude da avó das Chapeuzinhos que demonstrava que ela
não se importava com o apelido de Vó Gorda.
A) fingia que não escutava.
B) achava graça.
C) criava outros apelidos também.
D) ignorava as pessoas.
QUESTÃO 8 LEIA outro trecho (adaptado).
“No caminho para a casa da netinha, a avó se encontrou com um lobo. (...) E esse Lobo Mau
tentou enganar a Vó Gorda (...) e ainda chegou pronto para comer a Chapeuzinho Azul,
mas...”
PINTE a alternativa que indica o que impediu o lobo Mau de comer a Chapeuzinho Azul.
o caçador apareceu e atirou no lobo.
a mãe da menina preparou um lanche envenenado e deu a ele.
o pai da menina esperou o lobo com uma espingarda em punho.
o celular dele tocou o lembrando de um compromisso inadiável.
QUESTÃO 9 Segundo o texto, os pais das meninas nunca mais deixaram as duas andarem
sozinhas pela floresta porque
A) descobriram que as duas filhas viveram aventuras com lobos.
B) haviam obras que dificultavam o deslocamento por lá.
C) haviam caçadores perigosos circulando na região.
D) achavam que floresta não era lugar de menina brincar.
QUESTÃO 10 “Depois do jantar, as duas irmãs pediram para comer os doces que a Vó
Gorda tinha trazido em sua cestinha.”
As meninas não puderam comer os doces da avó porque
A) a avó deu os doces para o Lobo Mau.
B) os doces estragaram.
C) o caçador recebeu a cesta de doces como premiação pelos seus atos.
D) a avó ficou com fome e comeu os doces pelo caminho.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades lendas variadas
Atividades lendas variadasAtividades lendas variadas
Atividades lendas variadas
Josianne Lacerda
 
Matemática + ortografia (S ou Z)
Matemática + ortografia (S ou Z)Matemática + ortografia (S ou Z)
Matemática + ortografia (S ou Z)
Mary Alvarenga
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Silvânia Silveira
 
Word: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editável
Word: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editávelWord: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editável
Word: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editável
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Sitio do picapau amarelo
Sitio do picapau amareloSitio do picapau amarelo
Sitio do picapau amarelo
Sonia Amaral
 
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
SirleneMazotti2
 
Produzindo texto informativo - Aedes aegypti
Produzindo texto informativo - Aedes aegypti  Produzindo texto informativo - Aedes aegypti
Produzindo texto informativo - Aedes aegypti
Mary Alvarenga
 
Camaleão atividade interpretação
Camaleão atividade interpretaçãoCamaleão atividade interpretação
Camaleão atividade interpretação
Jairtes Lima
 
Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
Patricia Fernandes
 
Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano
Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano
Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Dançando com o morto
Dançando com o mortoDançando com o morto
Dançando com o morto
Rose Tavares
 
Sequência didática - resenha e sinopse
Sequência didática  - resenha e sinopse Sequência didática  - resenha e sinopse
Sequência didática - resenha e sinopse
Roberta Vuaden
 
Prova de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIAProva de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIA
Katia Lopes
 
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º anoAvaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Maria Terra
 
calendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdf
calendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdfcalendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdf
calendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdf
simone Stela
 
Trabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasTrabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notícias
Letras Mágicas
 
Coleção desafio mate caderno de produção textual e redação para o 5º ano
Coleção desafio mate   caderno de produção textual e redação para o 5º anoColeção desafio mate   caderno de produção textual e redação para o 5º ano
Coleção desafio mate caderno de produção textual e redação para o 5º ano
Nivea Neves
 
Prova de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º anoProva de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º ano
Jasmine Leme
 
Simulacro de Matemática - 5° ano - Prova Brasil
Simulacro de Matemática  -  5° ano - Prova BrasilSimulacro de Matemática  -  5° ano - Prova Brasil
Simulacro de Matemática - 5° ano - Prova Brasil
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Sequencia didática - O gato xadrez
Sequencia didática - O gato xadrezSequencia didática - O gato xadrez
Sequencia didática - O gato xadrez
Iveline Cordeiro
 

Mais procurados (20)

Atividades lendas variadas
Atividades lendas variadasAtividades lendas variadas
Atividades lendas variadas
 
Matemática + ortografia (S ou Z)
Matemática + ortografia (S ou Z)Matemática + ortografia (S ou Z)
Matemática + ortografia (S ou Z)
 
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º anoSimulado com descritores PROEB português 5º ano
Simulado com descritores PROEB português 5º ano
 
Word: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editável
Word: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editávelWord: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editável
Word: Atividade de português:Verbos de ligação – 8º ano – Modelo editável
 
Sitio do picapau amarelo
Sitio do picapau amareloSitio do picapau amarelo
Sitio do picapau amarelo
 
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
Produzindo texto informativo - Aedes aegypti
Produzindo texto informativo - Aedes aegypti  Produzindo texto informativo - Aedes aegypti
Produzindo texto informativo - Aedes aegypti
 
Camaleão atividade interpretação
Camaleão atividade interpretaçãoCamaleão atividade interpretação
Camaleão atividade interpretação
 
Ensino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 anoEnsino religioso 3 ano
Ensino religioso 3 ano
 
Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano
Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano
Gabarito: Atividade de português: Complete as lacunas – 4º ou 5º ano
 
Dançando com o morto
Dançando com o mortoDançando com o morto
Dançando com o morto
 
Sequência didática - resenha e sinopse
Sequência didática  - resenha e sinopse Sequência didática  - resenha e sinopse
Sequência didática - resenha e sinopse
 
Prova de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIAProva de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIA
 
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º anoAvaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
Avaliação bimestral de educação religiosa 2º ano
 
calendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdf
calendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdfcalendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdf
calendários 2022 turma da Mônica - www.oespacoeducar.com.br.pdf
 
Trabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasTrabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notícias
 
Coleção desafio mate caderno de produção textual e redação para o 5º ano
Coleção desafio mate   caderno de produção textual e redação para o 5º anoColeção desafio mate   caderno de produção textual e redação para o 5º ano
Coleção desafio mate caderno de produção textual e redação para o 5º ano
 
Prova de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º anoProva de Ciências 5º ano
Prova de Ciências 5º ano
 
Simulacro de Matemática - 5° ano - Prova Brasil
Simulacro de Matemática  -  5° ano - Prova BrasilSimulacro de Matemática  -  5° ano - Prova Brasil
Simulacro de Matemática - 5° ano - Prova Brasil
 
Sequencia didática - O gato xadrez
Sequencia didática - O gato xadrezSequencia didática - O gato xadrez
Sequencia didática - O gato xadrez
 

Semelhante a Texto narrativo

Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]
sallesz
 
Chapeuzinho Vermelho Parodizado
Chapeuzinho Vermelho ParodizadoChapeuzinho Vermelho Parodizado
Chapeuzinho Vermelho Parodizado
Espaço da Criatividade Encantado
 
Capuchinho Vermelho[1]
Capuchinho Vermelho[1]Capuchinho Vermelho[1]
Capuchinho Vermelho[1]
Li Tagarelinhas
 
Fatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.ppt
Fatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.pptFatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.ppt
Fatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.ppt
SimoneMelo78
 
Histórias em família
Histórias em famíliaHistórias em família
Histórias em família
Marcia Neves
 
Chapeuzinho Vermelho Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho Maianny e Monique
Milena Sampaio
 
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Milena Sampaio
 
Chapeuzinho Vermelho -Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho -Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho -Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho -Maianny e Monique
Milena Sampaio
 
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho -  Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho -  Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Milena Sampaio
 
Livro digital folclore professora suse mendes
Livro digital folclore professora suse mendesLivro digital folclore professora suse mendes
Livro digital folclore professora suse mendes
Susete Rodrigues Mendes
 
114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo
114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo
114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo
Maiara Siqueira
 
A menina do capuchinho vermelho no século xxi
A menina do capuchinho vermelho no século xxiA menina do capuchinho vermelho no século xxi
A menina do capuchinho vermelho no século xxi
Fernanda Sousa
 
Chapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho VermelhoChapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho Vermelho
ANDRÉA FERREIRA
 
Slaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escolaSlaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escola
anaparecidaraca
 
História 3º ano B
História 3º ano BHistória 3º ano B
História 3º ano B
Marilena
 
A menina do chapelinho vermelho
 A menina do chapelinho vermelho A menina do chapelinho vermelho
A menina do chapelinho vermelho
Maria Manuela Torres Paredes
 
Contando Histórias
Contando HistóriasContando Histórias
Contando Histórias
Cassiano Santana
 
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Eloí Bocheco
 
Webquest
WebquestWebquest
Webquest
WebquestWebquest

Semelhante a Texto narrativo (20)

Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]Nx zero e chapeuzinho[1]
Nx zero e chapeuzinho[1]
 
Chapeuzinho Vermelho Parodizado
Chapeuzinho Vermelho ParodizadoChapeuzinho Vermelho Parodizado
Chapeuzinho Vermelho Parodizado
 
Capuchinho Vermelho[1]
Capuchinho Vermelho[1]Capuchinho Vermelho[1]
Capuchinho Vermelho[1]
 
Fatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.ppt
Fatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.pptFatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.ppt
Fatores Pragmáticos intencionalidade e intertextualidade.ppt
 
Histórias em família
Histórias em famíliaHistórias em família
Histórias em família
 
Chapeuzinho Vermelho Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho Maianny e Monique
 
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
 
Chapeuzinho Vermelho -Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho -Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho -Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho -Maianny e Monique
 
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho -  Maianny e MoniqueChapeuzinho Vermelho -  Maianny e Monique
Chapeuzinho Vermelho - Maianny e Monique
 
Livro digital folclore professora suse mendes
Livro digital folclore professora suse mendesLivro digital folclore professora suse mendes
Livro digital folclore professora suse mendes
 
114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo
114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo
114836076 interpretacao-de-conto-fita-verde-no-cabelo
 
A menina do capuchinho vermelho no século xxi
A menina do capuchinho vermelho no século xxiA menina do capuchinho vermelho no século xxi
A menina do capuchinho vermelho no século xxi
 
Chapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho VermelhoChapeuzinho Vermelho
Chapeuzinho Vermelho
 
Slaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escolaSlaides contos infantis na pré escola
Slaides contos infantis na pré escola
 
História 3º ano B
História 3º ano BHistória 3º ano B
História 3º ano B
 
A menina do chapelinho vermelho
 A menina do chapelinho vermelho A menina do chapelinho vermelho
A menina do chapelinho vermelho
 
Contando Histórias
Contando HistóriasContando Histórias
Contando Histórias
 
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
Leitura e criação a partir da obra Casa de Consertos de Eloí E. Bocheco ( Mel...
 
Webquest
WebquestWebquest
Webquest
 
Webquest
WebquestWebquest
Webquest
 

Texto narrativo

  • 1. Texto narrativo: Uma menina chamada Chapeuzinho Azul - 5º ano Uma menina chamada Chapeuzinho Azul Aposto que você adivinhou que essa menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Azul era irmã daquela outra menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Vermelho. As duas meninas ganharam seus chapeuzinhos no mesmo dia. Foi no Dia da Criança de mil, seiscentos e me esqueci. Elas gostaram tanto de ganhar seus chapeuzinhos que até se esqueceram de ficar bravas porque não tinham ganhado as bonecas que tanto queriam.Esses chapeuzinhos na verdade eram duas capinhas com capuz, mas todo mundo conhece a história da menina que ganhou a roupinha vermelha como “Chapeuzinho Vermelho”, então vamos fingir que as capinhas com capuz eram chapeuzinhos, está bem? Naquele dia em que a menina do chapeuzinho vermelho saiu de casa para levar doces para a vovozinha que estava doente e se encontrou com o lobo etc. e tal, a irmã dela ficou em casa. Ela passou o dia todo no quarto porque estava com gripe. Ninguém nunca ouviu falar na Chapeuzinho Azul porque ela nunca teve um dia tão agitado como o da irmã dela. Ninguém nunca ouviu falar também do pai das duas meninas porque quando a Chapeuzinho Vermelho foi pela estrada afora bem sozinha, o pai dela estava na cidade, que ficava não muito ali por perto. Ele saía de casa todo dia bem cedinho e só voltava de noite. Porque trabalhava, junto com muitos outros homens, na construção de uma ponte que estava sendo feita sobre um grande rio. Nunca ficou sabendo também que a Chapeuzinho Vermelho tinha uma outra avó. Isso é fácil de imaginar, porque afinal as crianças geralmente têm duas avós, a mãe da mãe e a mãe do pai. Essa outra avó era mãe do pai. Aquela que quase virou comida de lobo era a mãe da mãe. Essa outra avó das Chapeuzinhos se chamava Iolanda, mas todo mundo a chamava de Vó Gorda, você pode imaginar por quê, né?!! Mas, ela não se importava com esse apelido, e até achava graça. Então, a Vó Gorda saiu lá da casinha dela com uma cestinha de doces para levar para a Chapeuzinho Azul que, como eu já contei, estava gripada, coitadinha. No caminho para a casa da netinha, a avó se encontrou com um lobo. Um lobo tão Lobo Mau quanto aquele que enganou a Chapeuzinho Vermelho. E esse outro Lobo Mau tentou enganar a Vó Gorda, dizendo para ela ir pelo caminho da floresta. Mas como ela não era boba, foi pelo caminho mais curto e chegou antes do Lobo Mau. E quando ele chegou pronto para comer a Chapeuzinho Azul e a avó dela, deu de cara com o pai das meninas, que já tinha voltado do trabalho. Ele estava esperando pelo lobo na frente da casa com sua espingarda em punho. Lá dentro a Chapeuzinho Azul, a mãe dela e a Vó Gorda espiavam pela janela e riam. O lobo, que era tão Lobo Mau quanto o outro, mas também tão esperto quanto a Vó Gorda, quando viu a espingarda, deu um tchauzinho de longe e deu no pé. Na noite desse mesmo dia, a Chapeuzinho Vermelho chegou acompanhada pelo caçador e contou sua aventura. Foi por isso que os pais das meninas nunca mais deixaram as duas andarem sozinhas pela floresta. Depois do jantar, as duas irmãs pediram para comer os doces que a Vó Gorda tinha trazido em sua cestinha. Mas ela deu uma gargalhada e confessou que tinha ficado com fome no caminho e foi beliscando, beliscando, beliscando e, quando chegou, a cesta já estava vazia. (De Flávio de Souza, livro: Que história é essa? 2. São Paulo, Companhia das Letrinhas, 2000) ____________________________________________________ Fim Responda as questões a seguir, de acordo com o texto que você acabou de ler. QUESTÃO 1 MARQUE, com um X, a alternativa CORRETA.
  • 2. A história que você acabou de ler é A) um poema C) uma lenda B) um conto D) uma história em quadrinhos QUESTÃO 2 EXPLIQUE o significado das palavras/expressões destacadas, de acordo com o texto. a) “E quando ele chegou pronto para comer a Chapeuzinho Azul e a avó dela, deu de cara com o pai das meninas, que já tinha voltado do trabalho.” ______________________________________________________________ b) “O lobo, que era tão Lobo Mau quanto o outro, mas também tão esperto quanto a Vó Gorda, quando viu a espingarda, deu um tchauzinho de longe e deu no pé.” c) “Mas ela deu uma gargalhada e confessou que tinha ficado com fome no caminho e foi beliscando, beliscando, beliscando e, quando chegou, a cesta já estava vazia.” _____________________________________________________________ d) “Aposto que você adivinhou que essa menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Azul era irmã daquela outra menina conhecida pelo apelido de Chapeuzinho Vermelho.” ____________________________________________________________ QUESTÃO 3 No Dia das Crianças de mil, seiscentos e me esqueci as irmãs ganharam A) bonecas C) cestas de doces B) chapeuzinhos D) chocolates QUESTÃO 4 No texto, o autor concluiu que as meninas gostaram muito do presente que elas ganharam. O autor chegou a esta conclusão porque as meninas A) agradeceram muitas vezes a pessoa que lhes dera o presente. B) deram pulos de alegria, beijaram e abraçaram quem as deu o presente. C) esqueceram de ficar bravas porque não tinham ganhado as bonecas que tanto queriam. D) usaram o presente logo que ganharam. QUESTÃO 5 Chapeuzinho Azul e o pai das meninas não ficaram conhecidos na história de Chapeuzinho Vermelho por que COLOQUE V se as explicações forem verdadeiras e F se forem falsas.
  • 3. ___ A menina enganava as pessoas e ficou de castigo no quarto. ___ O pai tinha falecido e não pode participar das aventuras da filha. ___ Chapeuzinho Azul passou o dia em casa porque estava gripada. ___ O pai da menina trabalhava na cidade que não era perto da casa deles. QUESTÃO 6 LEIA e COMPARE algumas informações da história contada no texto e a história tradicional de Chapeuzinho Vermelho. INFORMAÇÕES Chapeuzinho Azul Chapeuzinho Vermelho Quais os personagens que mais participam da história? Chapeuzinho Azul, Vó Gorda, o pai da menina e o Lobo Mau. Chapeuzinho Vermelho, sua mãe, uma avó, o caçador e o Lobo Mau. Quem leva doces para quem? A avó Iolanda leva doces para Chapeuzinho Azul. Chapeuzinho Vermelho leva doces para a avó doente. Quem encontra com o lobo primeiro? Vó Gorda Chapeuzinho Vermelho O que aconteceu com a avó? Foi para a casa da neta pelo caminho mais curto e não foi atacada pelo lobo. Foi engolida pelo lobo e depois salva pelo caçador. O que aconteceu com o lobo? Quando viu a espingarda, deu no pé. Foi morto pelo caçador. CONSULTE a tabela da página anterior e CITE uma semelhança e uma diferença entre as duas histórias comparadas (Chapeuzinho Azul e Chapeuzinho Vermelho) SEMELHANÇA DIFERENÇA QUESTÃO 7 LEIA o trecho. “Essa outra avó das Chapeuzinhos se chamava Iolanda, mas todo mundo a chamava de Vó Gorda, você pode imaginar por quê, né?!! Ela não se importava com esse apelido...” MARQUE, com um X, qual era a atitude da avó das Chapeuzinhos que demonstrava que ela não se importava com o apelido de Vó Gorda. A) fingia que não escutava. B) achava graça. C) criava outros apelidos também. D) ignorava as pessoas. QUESTÃO 8 LEIA outro trecho (adaptado).
  • 4. “No caminho para a casa da netinha, a avó se encontrou com um lobo. (...) E esse Lobo Mau tentou enganar a Vó Gorda (...) e ainda chegou pronto para comer a Chapeuzinho Azul, mas...” PINTE a alternativa que indica o que impediu o lobo Mau de comer a Chapeuzinho Azul. o caçador apareceu e atirou no lobo. a mãe da menina preparou um lanche envenenado e deu a ele. o pai da menina esperou o lobo com uma espingarda em punho. o celular dele tocou o lembrando de um compromisso inadiável. QUESTÃO 9 Segundo o texto, os pais das meninas nunca mais deixaram as duas andarem sozinhas pela floresta porque A) descobriram que as duas filhas viveram aventuras com lobos. B) haviam obras que dificultavam o deslocamento por lá. C) haviam caçadores perigosos circulando na região. D) achavam que floresta não era lugar de menina brincar. QUESTÃO 10 “Depois do jantar, as duas irmãs pediram para comer os doces que a Vó Gorda tinha trazido em sua cestinha.” As meninas não puderam comer os doces da avó porque A) a avó deu os doces para o Lobo Mau. B) os doces estragaram. C) o caçador recebeu a cesta de doces como premiação pelos seus atos. D) a avó ficou com fome e comeu os doces pelo caminho.