SlideShare uma empresa Scribd logo
REGULAMENTO
A 10ª Edição do Concurso Nacional de Leitura [CNL] vai cumprir-se entre o dia 20 de
Outubro de 2015, data oficial de abertura, e o final do terceiro período letivo, em data a
tornar precisa no decorrer das atividades.
Como em edições anteriores, o Plano Nacional de Leitura [PNL], com o propósito de dar a
esta cerimónia da leitura e da expressão um carácter mais universal e significativo,
articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares [RBE] com o seu continuado exercício de
aproximação à realidade das escolas; com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das
Bibliotecas (DGLAB), sujeito indispensável da organização da Fase Distrital; com o
Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP) que promove a versão
internacional desta iniciativa – Concurso Internacional de Leitura [CIL] - e com a RTP, que
acompanha o CNL demonstrando, em imagens, o verdadeiro prazer de ler.
Cabe ao Plano Nacional de Leitura a organização geral do CNL e o controlo do seu
desenvolvimento, ao longo de 3 Fases consecutivas: 1ª Fase – Escolas | 2º Fase –
Distrital |3ª Fase – Final Nacional.
A participação no concurso está aberta às escolas do Continente e dos Arquipélagos dos
Açores e da Madeira, das redes pública (para o efeito consideradas individualmente e não
como pertencentes a um Agrupamento) e privada que a ele aderirem, através da inscrição
de alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, qualquer que seja a sua
nacionalidade. Está igualmente aberta aos alunos das EPE, Escolas Portugueses no
Estrangeiro, da esfera de influência do Camões IP.
I.OBJETIVO
O objetivo central do Concurso Nacional de Leitura é estimular o treino da leitura e
desenvolver competências de expressão escrita e oral.
II. DESTINATÁRIOS
 Alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico
 Alunos do Ensino Secundário
III. CALENDÁRIO CNL
O Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2014/2015 desenrola-se em três Fases
consecutivas:
CNL 10ª EDIÇÃO
CALENDÁRIO 2015_2016
INSCRIÇÃO NO CNL
até 08 Novembro 2015
20.Outubro 2015 Abertura - Blogue PNL | Concursos PNL | Sítio DGLAB
Até 08 Novembro 2015 Preencher no SIPNL – CNL.Formulário de Inscrição 2015/2016
Até 18 Novembro 2015 Publicação da lista de escolas inscritas - Concursos PNL
1ª Fase | Escolas
Provas nas Escolas - até 23 Janeiro 2016
Até 23 Janeiro 2016
Provas nas escolas | Apurar vencedores
Preencher no SIPNL - Formulário CNL.Registo de alunos apurados e obras
lidas
Até 08 Fevereiro 2016 Publicação da lista de Alunos apurados - Concursos PNL
2ª Fase | Distrital
Provas nas Bibliotecas Municipais – até 30 Abril 2016
Até 30 Abril 2016 Provas distritais – DGLAB | Apurar vencedores [CNL + CIL*]
08 | 12 Maio 2016 Publicação da lista de Alunos apurados - Concursos PNL
3ª Fase | Final Nacional
Junho | Julho 2016
08 | 12 Maio 2016 Divulgação das obras a ler [CNL + CIL*]
Junho | Julho 2016 [Regulamento da 3ª Fase] Prova Final
*CIL – Concurso Internacional de Leitura | Camões IP
IV.CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO E FASEAMENTO
Inscrição no CNL – 10ª Ed.
As Escolas preenchem o formulário CNL.Formulário de Inscrição 2015/2016
- Até 08 Novembro 2015
O PNL publicará, na sua página de Concursos, a lista de Escolas Inscritas.
- Até 18 Novembro 2015
1ª Fase – Escolas
A 1ª Fase do CNL decorrerá ao longo do 1º período escolar e nas três primeiras semanas
do 2º período, sendo organizada e coordenada por cada uma das escolas do Continente,
e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira que aderirem a esta iniciativa.
Nesta Fase, cada escola constituirá um Júri interno a quem cabe selecionar as obras a
concurso e apurar até ao máximo de 3 vencedores em cada nível de ensino (3º Ciclo e
Ensino Secundário), que competirão na Fase Distrital.
 Alunos, obras* lidas e provas
A Escola propõe, para cada nível de ensino, 3º Ciclo e Ensino Secundário, até ao máximo
de três obras para serem lidas e sobre que incidirão as provas desta fase.
As provas da 1ª Fase do CNL são elaboradas nas diversas Escolas que aderirem ao
projeto, de modo descentralizado e com inteira autonomia, podendo apresentar modelos e
estruturas diferentes entre si.
Após a realização das provas, cada Escola apura os vencedores – máximo de três por
cada nível de ensino a concurso.
- Até 23 Janeiro 2016
As Escolas preenchem o Formulário CNL.Registo de alunos apurados e obras lidas.
O PNL publicará, na sua página de Concursos, a lista dos Alunos apurados nesta fase.
- Até 08 Fevereiro 2016
O PNL enviará à DGLAB a lista de Obras lidas na 1ª Fase, a fim de que as Bibliotecas
Municipais possam gerir, da melhor forma, as sugestões de leitura que vierem a propor na
2ª Fase do CNL.
*O sítio do PNL tem uma lista de livros recomendados para todos os graus de ensino que pode
ser utilizada como referência.
 Júri de Escola - atribuições e competências
Embora, na maioria dos casos, a coordenação seja assegurada por docentes da área do
Português ou pelo Professor Bibliotecário que coordena a Biblioteca Escolar, qualquer
professor de outra área pode ser convidado para esse efeito.
A Direção e o Coordenador do CNL na Escola decidirão sobre a constituição de um Júri
com quem serão estabelecidos os critérios para a escolha das obras a ler, a organização
das provas e o apuramento dos vencedores.
 Prémios
Os prémios a atribuir aos vencedores, em cada Escola, deverão ser decididos a nível
local, variando consoante o que for determinado pelos professores organizadores do
concurso.
2ª Fase – Distrital | Bibliotecas Municipais
A 2ª Fase do CNL traduz-se pela realização de provas públicas, organizadas e realizadas
pelas Bibliotecas Municipais designadas pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das
Bibliotecas, DGLAB, e dirigidas aos vencedores da 1ª Fase.
Para este efeito, devem as Bibliotecas Municipais constituir um Júri Distrital, competente
para organizar, proceder e deliberar sobre todos os aspetos relativos ao CNL, 2ª Fase.
A lista das obras a concurso será elaborada pelos Júris Distritais que poderão propor até
um máximo de três obras para cada nível de ensino.
Nesta prova, serão selecionados dois vencedores por Distrito, um em cada nível de
ensino (3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário), que competirão na Final
Nacional com os vencedores dos restantes Distritos, Regiões Autónomas e EPE.
- Até 30 Abril 2016
A lista dos vencedores será publicada na página Concursos PNL.
- 08 | 12 Maio 2016
 Júris distritais - atribuições e competências
Os Júris Distritais serão constituídos por três membros. O Presidente deste júri será o
Bibliotecário responsável pela Biblioteca Municipal do Concelho onde se realizar a Fase
Distrital. Sugere-se que os dois outros elementos do júri sejam um professor de
reconhecido mérito e uma personalidade, desse distrito, da área da cultura.
Cabe aos Júris Distritais a organização das Finais Distritais, a escolha das obras a ler, a
organização das provas e o apuramento dos vencedores.
 Prémios
Os prémios a atribuir aos vencedores deverão ser decididos a nível distrital, de acordo
com a deliberação do Júri e desejavelmente com o apoio de parceiros e/ou
patrocinadores locais.
3ª Fase – Final Nacional
A 3ª Fase do CNL desenrola-se até ao final do mês de Junho ou princípio do mês de
Julho de 2016, de acordo com as contingências ligadas quer ao calendário de exames
nas Escolas, quer ao protocolo estabelecido com a RTP.
O desfecho desta Fase constitui-se como uma Final Nacional que consiste na realização
de provas públicas em que participarão dois concorrentes de cada Distrito, Região
Autónoma e EPE, um por cada Ciclo de Ensino (3º Ciclo e Ensino Secundário).
O PNL fará a seleção das obras a concurso para a 3ª Fase [Final Nacional] e elaborará
duas listas de, no máximo, duas obras – uma lista para o 3º Ciclo e outra para o Ensino
Secundário - que divulgará nos sítios de todos os parceiros.
- 08 | 12 Maio 2016
Cabe também ao PNL a elaboração de duas matrizes de provas a que os concorrentes
finalistas da Fase Distrital se sujeitarão, numa prova de pré-seleção para apuramento dos
finalistas.
 Júri da final nacional - atribuições e competências
O Júri Nacional é constituído por representantes de cada uma das instituições parceiras:
RBE | DGLAB | CAMÕES IP | RTP. O seu presidente é, por inerência, o Comissário do
Plano Nacional de Leitura.
O Júri Nacional avalia as prestações dos concorrentes finalistas e delibera sobre a sua
hierarquização.
O Júri Nacional reserva-se o direito de intervir em quaisquer questões relativas ao
número, conteúdo, forma e correção das provas, bem como o de tomar qualquer decisão
de supressão, modificação ou manutenção de tais provas.
O Júri Nacional é soberano, não sendo possível, em circunstância alguma, recorrer das
suas decisões.
Ao Júri Nacional compete decidir sobre quaisquer matérias omissas neste Regulamento.
 Prémios
Cada participante na Final Nacional receberá um prémio de presença e um certificado
nominal de participação.
Os três primeiros classificados de cada uma das duas categorias – 3º Ciclo do
Ensino Básico e Ensino Secundário – serão os grandes vencedores e receberão
prémios a anunciar.
V. CLÁUSULAS ESPECÍFICAS
1. No caso de serem selecionados para as Finais Distritais ou para a Final Nacional, os
candidatos menores de 16 anos não poderão participar sem a autorização expressa
dos encarregados de educação.
2. Os concorrentes à Final Nacional receberão um apoio monetário, relativo a despesas
inevitáveis de deslocação e logística (Outros detalhes serão especificados no
Regulamento da Fase Final).
3. As despesas de deslocação dos concorrentes das Regiões Autónomas são encargo
das respetivas Direções Regionais.
4. As despesas de deslocação dos concorrentes das EPE são encargo do Camões IP.
5. É interdita a participação a familiares diretos dos membros dos Júris de cada uma das
três fases do concurso.
6. Não serão admitidos às Finais Distritais, 2ª Fase, alunos que não estejam inscritos.
7. As provas a realizar pelos alunos concorrentes (escritas e orais) deverão,
genericamente, avaliar os conhecimentos dos alunos sobre as obras lidas, podendo
constar de questionários de escolha múltipla, comentários pessoais redigidos pelos
participantes, ou outras provas a definir.
8. As provas específicas da Fase Final deverão tomar em consideração os formatos de
programas da RTP, parceira do PNL.
9. A 3ª Fase do CNL será enquadrada por um Regulamento da Fase Final.
VI. CONSULTAS E APOIOS
Plano Nacional de Leitura
concursonacionaldeleitura@planonacionaldeleitura.gov.pt
Rede de Bibliotecas Escolares
DGLAB
NOTA: A versão CIL, Concurso Internacional de Leitura, a realizar sob a égide do Camões, IP, terá incidências
particulares a constar de regulamento próprio. Na confluência dos resultados a contar para a Fase Final, tornar-se-ão
explícitos os dados a ele relativos que constarão do Regulamento da Final Nacional.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
IsabelPereira2010
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
Cesé Bragança
 
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
IsabelPereira2010
 
Concurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivoConcurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivo
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18
Biblioteca Soares Dos Reis
 
Regulamento cnl 2016 2017
Regulamento cnl 2016  2017Regulamento cnl 2016  2017
Regulamento cnl 2016 2017
bibliotecaprado
 
Regulamento CNL-2ª Fase
Regulamento CNL-2ª FaseRegulamento CNL-2ª Fase
Regulamento CNL-2ª Fase
Fernanda Oliveira
 
Regulamento de concurso leitura de poesia
Regulamento de concurso leitura de poesiaRegulamento de concurso leitura de poesia
Regulamento de concurso leitura de poesia
bibliotecaprado
 
Regulamento cnl 21 22 prado
Regulamento cnl 21 22 pradoRegulamento cnl 21 22 prado
Regulamento cnl 21 22 prado
bibliotecaprado
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
bibdjosei
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv-2
Cnl regulamento 2012-2013_nv-2Cnl regulamento 2012-2013_nv-2
Cnl regulamento 2012-2013_nv-2
Graça Terra
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nvCnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nv
becretav
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
tecnologiase
 
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Biblioteca Soares Dos Reis
 

Mais procurados (14)

13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
 
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
13a ed concurso_nac_leitura_regulamento
 
Concurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivoConcurso nacional de leitura definitivo
Concurso nacional de leitura definitivo
 
Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18Cnl regulamento2017.18
Cnl regulamento2017.18
 
Regulamento cnl 2016 2017
Regulamento cnl 2016  2017Regulamento cnl 2016  2017
Regulamento cnl 2016 2017
 
Regulamento CNL-2ª Fase
Regulamento CNL-2ª FaseRegulamento CNL-2ª Fase
Regulamento CNL-2ª Fase
 
Regulamento de concurso leitura de poesia
Regulamento de concurso leitura de poesiaRegulamento de concurso leitura de poesia
Regulamento de concurso leitura de poesia
 
Regulamento cnl 21 22 prado
Regulamento cnl 21 22 pradoRegulamento cnl 21 22 prado
Regulamento cnl 21 22 prado
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv-2
Cnl regulamento 2012-2013_nv-2Cnl regulamento 2012-2013_nv-2
Cnl regulamento 2012-2013_nv-2
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nvCnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nv
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
 
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
Regulamento (1).pdf miudos a votos 2017
 

Semelhante a Regulamento cnl 2015_2016

Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
Zaara Miranda
 
Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
Zaara Miranda
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
bibliomag
 
Cnl regulamento 2012-2013
Cnl   regulamento 2012-2013Cnl   regulamento 2012-2013
Cnl regulamento 2012-2013
cristinasantos420
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
bibdjosei
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nvCnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nv
bibdjosei
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cesé Bragança
 
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendarioCn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
bibliotecaprado
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
antoniojosetavares
 
Regulamento Fase II CNL
Regulamento Fase II CNLRegulamento Fase II CNL
Regulamento clva
Regulamento clvaRegulamento clva
Regulamento clva
Biblioteca Escolar Aeob
 
Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015
marta.medeiro
 
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
bibliotecaprado
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
RegulamentoCNL2015-16
RegulamentoCNL2015-16RegulamentoCNL2015-16
RegulamentoCNL2015-16
bibliotecasjuliomartins
 
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_altaFolheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Angelina Cristino
 
Regras gerais cnl 2016_-1
Regras gerais cnl 2016_-1Regras gerais cnl 2016_-1
Regras gerais cnl 2016_-1
IsabelPereira2010
 
Regulamento cnl
Regulamento cnlRegulamento cnl
Regulamento cnl
malex86
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
becreebsr2
 
Regras gerais cnl 2015
Regras gerais cnl 2015Regras gerais cnl 2015
Regras gerais cnl 2015
IsabelPereira2010
 

Semelhante a Regulamento cnl 2015_2016 (20)

Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014Regulamento cnl2014
Regulamento cnl2014
 
Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10Cnl Regul 2009 10
Cnl Regul 2009 10
 
Cnl regulamento 2012-2013
Cnl   regulamento 2012-2013Cnl   regulamento 2012-2013
Cnl regulamento 2012-2013
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
Cnl regulamento 2012-2013_nv (6)
 
Cnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nvCnl regulamento 2012-2013_nv
Cnl regulamento 2012-2013_nv
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
 
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendarioCn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
Cn leitura 12ed_regulamento_e_calendario
 
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendarioCnleitura 12ed regulamento_e_calendario
Cnleitura 12ed regulamento_e_calendario
 
Regulamento Fase II CNL
Regulamento Fase II CNLRegulamento Fase II CNL
Regulamento Fase II CNL
 
Regulamento clva
Regulamento clvaRegulamento clva
Regulamento clva
 
Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015Cnl regulamento 2014 2015
Cnl regulamento 2014 2015
 
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
Regulamento cnl distrito_braga_2011_2012
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
RegulamentoCNL2015-16
RegulamentoCNL2015-16RegulamentoCNL2015-16
RegulamentoCNL2015-16
 
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_altaFolheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
Folheto regulamento concurso_leitura_voz_alta
 
Regras gerais cnl 2016_-1
Regras gerais cnl 2016_-1Regras gerais cnl 2016_-1
Regras gerais cnl 2016_-1
 
Regulamento cnl
Regulamento cnlRegulamento cnl
Regulamento cnl
 
Concurso nacional de leitura
Concurso nacional de leituraConcurso nacional de leitura
Concurso nacional de leitura
 
Regras gerais cnl 2015
Regras gerais cnl 2015Regras gerais cnl 2015
Regras gerais cnl 2015
 

Mais de Risoleta Montez

Regulamento flu poema
Regulamento flu poemaRegulamento flu poema
Regulamento flu poema
Risoleta Montez
 
Como fazer... pesquisas na internet
Como fazer... pesquisas na internetComo fazer... pesquisas na internet
Como fazer... pesquisas na internet
Risoleta Montez
 
Regulamento 2019 ajudaris
Regulamento 2019 ajudarisRegulamento 2019 ajudaris
Regulamento 2019 ajudaris
Risoleta Montez
 
Nl dia professor18
Nl dia professor18Nl dia professor18
Nl dia professor18
Risoleta Montez
 
Oc 1 tic_1
Oc 1 tic_1Oc 1 tic_1
Oc 1 tic_1
Risoleta Montez
 
Boletim informativo12
Boletim informativo12Boletim informativo12
Boletim informativo12
Risoleta Montez
 
Boletim informativo11
Boletim informativo11Boletim informativo11
Boletim informativo11
Risoleta Montez
 
Nós e a internet
Nós e a internetNós e a internet
Nós e a internet
Risoleta Montez
 
14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo
Risoleta Montez
 
Boletim informativo10
Boletim informativo10Boletim informativo10
Boletim informativo10
Risoleta Montez
 
Regulamento 2018
Regulamento 2018Regulamento 2018
Regulamento 2018
Risoleta Montez
 
M joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticas
M joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticasM joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticas
M joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticas
Risoleta Montez
 
Mostra documental
Mostra documentalMostra documental
Mostra documental
Risoleta Montez
 
Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Paa bibliotecas escolares 2017 2018Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Risoleta Montez
 
Oficina de ilustração
Oficina de ilustraçãoOficina de ilustração
Oficina de ilustração
Risoleta Montez
 
Oficina de escrita
Oficina de escritaOficina de escrita
Oficina de escrita
Risoleta Montez
 
14 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 1714 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 17
Risoleta Montez
 
Boletim informativo9 2016_2017
Boletim informativo9 2016_2017Boletim informativo9 2016_2017
Boletim informativo9 2016_2017
Risoleta Montez
 
14 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 1714 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 17
Risoleta Montez
 
Boletim informativo8
Boletim informativo8Boletim informativo8
Boletim informativo8
Risoleta Montez
 

Mais de Risoleta Montez (20)

Regulamento flu poema
Regulamento flu poemaRegulamento flu poema
Regulamento flu poema
 
Como fazer... pesquisas na internet
Como fazer... pesquisas na internetComo fazer... pesquisas na internet
Como fazer... pesquisas na internet
 
Regulamento 2019 ajudaris
Regulamento 2019 ajudarisRegulamento 2019 ajudaris
Regulamento 2019 ajudaris
 
Nl dia professor18
Nl dia professor18Nl dia professor18
Nl dia professor18
 
Oc 1 tic_1
Oc 1 tic_1Oc 1 tic_1
Oc 1 tic_1
 
Boletim informativo12
Boletim informativo12Boletim informativo12
Boletim informativo12
 
Boletim informativo11
Boletim informativo11Boletim informativo11
Boletim informativo11
 
Nós e a internet
Nós e a internetNós e a internet
Nós e a internet
 
14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo
14 relatório bibliotecas_escolares_1ºperíodo
 
Boletim informativo10
Boletim informativo10Boletim informativo10
Boletim informativo10
 
Regulamento 2018
Regulamento 2018Regulamento 2018
Regulamento 2018
 
M joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticas
M joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticasM joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticas
M joao neves_mostradocumental_alteracoesclimaticas
 
Mostra documental
Mostra documentalMostra documental
Mostra documental
 
Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Paa bibliotecas escolares 2017 2018Paa bibliotecas escolares 2017 2018
Paa bibliotecas escolares 2017 2018
 
Oficina de ilustração
Oficina de ilustraçãoOficina de ilustração
Oficina de ilustração
 
Oficina de escrita
Oficina de escritaOficina de escrita
Oficina de escrita
 
14 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 1714 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_3_p_16. 17
 
Boletim informativo9 2016_2017
Boletim informativo9 2016_2017Boletim informativo9 2016_2017
Boletim informativo9 2016_2017
 
14 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 1714 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 17
14 relatório bibliotecas_escolares_2_p_16. 17
 
Boletim informativo8
Boletim informativo8Boletim informativo8
Boletim informativo8
 

Último

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 

Último (20)

TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 

Regulamento cnl 2015_2016

  • 1. REGULAMENTO A 10ª Edição do Concurso Nacional de Leitura [CNL] vai cumprir-se entre o dia 20 de Outubro de 2015, data oficial de abertura, e o final do terceiro período letivo, em data a tornar precisa no decorrer das atividades. Como em edições anteriores, o Plano Nacional de Leitura [PNL], com o propósito de dar a esta cerimónia da leitura e da expressão um carácter mais universal e significativo, articula-se com a Rede de Bibliotecas Escolares [RBE] com o seu continuado exercício de aproximação à realidade das escolas; com a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), sujeito indispensável da organização da Fase Distrital; com o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, IP) que promove a versão internacional desta iniciativa – Concurso Internacional de Leitura [CIL] - e com a RTP, que acompanha o CNL demonstrando, em imagens, o verdadeiro prazer de ler. Cabe ao Plano Nacional de Leitura a organização geral do CNL e o controlo do seu desenvolvimento, ao longo de 3 Fases consecutivas: 1ª Fase – Escolas | 2º Fase – Distrital |3ª Fase – Final Nacional. A participação no concurso está aberta às escolas do Continente e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira, das redes pública (para o efeito consideradas individualmente e não como pertencentes a um Agrupamento) e privada que a ele aderirem, através da inscrição de alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, qualquer que seja a sua nacionalidade. Está igualmente aberta aos alunos das EPE, Escolas Portugueses no Estrangeiro, da esfera de influência do Camões IP. I.OBJETIVO O objetivo central do Concurso Nacional de Leitura é estimular o treino da leitura e desenvolver competências de expressão escrita e oral. II. DESTINATÁRIOS  Alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico  Alunos do Ensino Secundário
  • 2. III. CALENDÁRIO CNL O Concurso Nacional de Leitura (CNL) 2014/2015 desenrola-se em três Fases consecutivas: CNL 10ª EDIÇÃO CALENDÁRIO 2015_2016 INSCRIÇÃO NO CNL até 08 Novembro 2015 20.Outubro 2015 Abertura - Blogue PNL | Concursos PNL | Sítio DGLAB Até 08 Novembro 2015 Preencher no SIPNL – CNL.Formulário de Inscrição 2015/2016 Até 18 Novembro 2015 Publicação da lista de escolas inscritas - Concursos PNL 1ª Fase | Escolas Provas nas Escolas - até 23 Janeiro 2016 Até 23 Janeiro 2016 Provas nas escolas | Apurar vencedores Preencher no SIPNL - Formulário CNL.Registo de alunos apurados e obras lidas Até 08 Fevereiro 2016 Publicação da lista de Alunos apurados - Concursos PNL 2ª Fase | Distrital Provas nas Bibliotecas Municipais – até 30 Abril 2016 Até 30 Abril 2016 Provas distritais – DGLAB | Apurar vencedores [CNL + CIL*] 08 | 12 Maio 2016 Publicação da lista de Alunos apurados - Concursos PNL 3ª Fase | Final Nacional Junho | Julho 2016 08 | 12 Maio 2016 Divulgação das obras a ler [CNL + CIL*] Junho | Julho 2016 [Regulamento da 3ª Fase] Prova Final *CIL – Concurso Internacional de Leitura | Camões IP
  • 3. IV.CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO E FASEAMENTO Inscrição no CNL – 10ª Ed. As Escolas preenchem o formulário CNL.Formulário de Inscrição 2015/2016 - Até 08 Novembro 2015 O PNL publicará, na sua página de Concursos, a lista de Escolas Inscritas. - Até 18 Novembro 2015 1ª Fase – Escolas A 1ª Fase do CNL decorrerá ao longo do 1º período escolar e nas três primeiras semanas do 2º período, sendo organizada e coordenada por cada uma das escolas do Continente, e dos Arquipélagos dos Açores e da Madeira que aderirem a esta iniciativa. Nesta Fase, cada escola constituirá um Júri interno a quem cabe selecionar as obras a concurso e apurar até ao máximo de 3 vencedores em cada nível de ensino (3º Ciclo e Ensino Secundário), que competirão na Fase Distrital.  Alunos, obras* lidas e provas A Escola propõe, para cada nível de ensino, 3º Ciclo e Ensino Secundário, até ao máximo de três obras para serem lidas e sobre que incidirão as provas desta fase. As provas da 1ª Fase do CNL são elaboradas nas diversas Escolas que aderirem ao projeto, de modo descentralizado e com inteira autonomia, podendo apresentar modelos e estruturas diferentes entre si. Após a realização das provas, cada Escola apura os vencedores – máximo de três por cada nível de ensino a concurso. - Até 23 Janeiro 2016 As Escolas preenchem o Formulário CNL.Registo de alunos apurados e obras lidas. O PNL publicará, na sua página de Concursos, a lista dos Alunos apurados nesta fase. - Até 08 Fevereiro 2016 O PNL enviará à DGLAB a lista de Obras lidas na 1ª Fase, a fim de que as Bibliotecas Municipais possam gerir, da melhor forma, as sugestões de leitura que vierem a propor na 2ª Fase do CNL.
  • 4. *O sítio do PNL tem uma lista de livros recomendados para todos os graus de ensino que pode ser utilizada como referência.  Júri de Escola - atribuições e competências Embora, na maioria dos casos, a coordenação seja assegurada por docentes da área do Português ou pelo Professor Bibliotecário que coordena a Biblioteca Escolar, qualquer professor de outra área pode ser convidado para esse efeito. A Direção e o Coordenador do CNL na Escola decidirão sobre a constituição de um Júri com quem serão estabelecidos os critérios para a escolha das obras a ler, a organização das provas e o apuramento dos vencedores.  Prémios Os prémios a atribuir aos vencedores, em cada Escola, deverão ser decididos a nível local, variando consoante o que for determinado pelos professores organizadores do concurso. 2ª Fase – Distrital | Bibliotecas Municipais A 2ª Fase do CNL traduz-se pela realização de provas públicas, organizadas e realizadas pelas Bibliotecas Municipais designadas pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, DGLAB, e dirigidas aos vencedores da 1ª Fase. Para este efeito, devem as Bibliotecas Municipais constituir um Júri Distrital, competente para organizar, proceder e deliberar sobre todos os aspetos relativos ao CNL, 2ª Fase. A lista das obras a concurso será elaborada pelos Júris Distritais que poderão propor até um máximo de três obras para cada nível de ensino. Nesta prova, serão selecionados dois vencedores por Distrito, um em cada nível de ensino (3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário), que competirão na Final Nacional com os vencedores dos restantes Distritos, Regiões Autónomas e EPE. - Até 30 Abril 2016 A lista dos vencedores será publicada na página Concursos PNL. - 08 | 12 Maio 2016  Júris distritais - atribuições e competências Os Júris Distritais serão constituídos por três membros. O Presidente deste júri será o Bibliotecário responsável pela Biblioteca Municipal do Concelho onde se realizar a Fase
  • 5. Distrital. Sugere-se que os dois outros elementos do júri sejam um professor de reconhecido mérito e uma personalidade, desse distrito, da área da cultura. Cabe aos Júris Distritais a organização das Finais Distritais, a escolha das obras a ler, a organização das provas e o apuramento dos vencedores.  Prémios Os prémios a atribuir aos vencedores deverão ser decididos a nível distrital, de acordo com a deliberação do Júri e desejavelmente com o apoio de parceiros e/ou patrocinadores locais. 3ª Fase – Final Nacional A 3ª Fase do CNL desenrola-se até ao final do mês de Junho ou princípio do mês de Julho de 2016, de acordo com as contingências ligadas quer ao calendário de exames nas Escolas, quer ao protocolo estabelecido com a RTP. O desfecho desta Fase constitui-se como uma Final Nacional que consiste na realização de provas públicas em que participarão dois concorrentes de cada Distrito, Região Autónoma e EPE, um por cada Ciclo de Ensino (3º Ciclo e Ensino Secundário). O PNL fará a seleção das obras a concurso para a 3ª Fase [Final Nacional] e elaborará duas listas de, no máximo, duas obras – uma lista para o 3º Ciclo e outra para o Ensino Secundário - que divulgará nos sítios de todos os parceiros. - 08 | 12 Maio 2016 Cabe também ao PNL a elaboração de duas matrizes de provas a que os concorrentes finalistas da Fase Distrital se sujeitarão, numa prova de pré-seleção para apuramento dos finalistas.  Júri da final nacional - atribuições e competências O Júri Nacional é constituído por representantes de cada uma das instituições parceiras: RBE | DGLAB | CAMÕES IP | RTP. O seu presidente é, por inerência, o Comissário do Plano Nacional de Leitura. O Júri Nacional avalia as prestações dos concorrentes finalistas e delibera sobre a sua hierarquização. O Júri Nacional reserva-se o direito de intervir em quaisquer questões relativas ao número, conteúdo, forma e correção das provas, bem como o de tomar qualquer decisão de supressão, modificação ou manutenção de tais provas.
  • 6. O Júri Nacional é soberano, não sendo possível, em circunstância alguma, recorrer das suas decisões. Ao Júri Nacional compete decidir sobre quaisquer matérias omissas neste Regulamento.  Prémios Cada participante na Final Nacional receberá um prémio de presença e um certificado nominal de participação. Os três primeiros classificados de cada uma das duas categorias – 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário – serão os grandes vencedores e receberão prémios a anunciar. V. CLÁUSULAS ESPECÍFICAS 1. No caso de serem selecionados para as Finais Distritais ou para a Final Nacional, os candidatos menores de 16 anos não poderão participar sem a autorização expressa dos encarregados de educação. 2. Os concorrentes à Final Nacional receberão um apoio monetário, relativo a despesas inevitáveis de deslocação e logística (Outros detalhes serão especificados no Regulamento da Fase Final). 3. As despesas de deslocação dos concorrentes das Regiões Autónomas são encargo das respetivas Direções Regionais. 4. As despesas de deslocação dos concorrentes das EPE são encargo do Camões IP. 5. É interdita a participação a familiares diretos dos membros dos Júris de cada uma das três fases do concurso. 6. Não serão admitidos às Finais Distritais, 2ª Fase, alunos que não estejam inscritos. 7. As provas a realizar pelos alunos concorrentes (escritas e orais) deverão, genericamente, avaliar os conhecimentos dos alunos sobre as obras lidas, podendo constar de questionários de escolha múltipla, comentários pessoais redigidos pelos participantes, ou outras provas a definir. 8. As provas específicas da Fase Final deverão tomar em consideração os formatos de programas da RTP, parceira do PNL. 9. A 3ª Fase do CNL será enquadrada por um Regulamento da Fase Final.
  • 7. VI. CONSULTAS E APOIOS Plano Nacional de Leitura concursonacionaldeleitura@planonacionaldeleitura.gov.pt Rede de Bibliotecas Escolares DGLAB NOTA: A versão CIL, Concurso Internacional de Leitura, a realizar sob a égide do Camões, IP, terá incidências particulares a constar de regulamento próprio. Na confluência dos resultados a contar para a Fase Final, tornar-se-ão explícitos os dados a ele relativos que constarão do Regulamento da Final Nacional.