SlideShare uma empresa Scribd logo
FACULDADES INTEGRADAS DE CACOAL - UNESC
GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO
CAMILA ALVES DIAS
CAMILLA LOPES DE FARIA
CARLOS HENRIQUE PITTELKOW
CARLOS VINYCIOS GRAMMELISKI
HOSLLEAN RENNAN DE OLIVEIRA
THIAGO GODOY SOUZA
RAFAEL FONSECA QUEIROZ
WILTON WILL DE PAULO
SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCAS DE TCC
CACOAL – RO
2013
CAMILA ALVES DIAS
CAMILLA LOPES DE FARIA
CARLOS HENRIQUE PITTELKOW
CARLOS VINYCIOS GRAMMELISKI
HOSLLEAN RENNAN DE OLIVEIRA
THIAGO GODOY SOUZA
RAFAEL FONSECA QUEIROZ
WILTON WILL DE PAULO
SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCAS DE TCC
Pré-projeto, apresentado a UNESC, na disciplina
Formação Geral I, do I Período de Sistemas de
Informação com a finalidade de aprimorar meus
conhecimentos e obtenção parcial de nota no
bimestre. Sob a orientação da Professora Mestre
Fátima Gravioli.
CACOAL – RO
2013
AGRADECIMENTO
Aos nossos professores, por todo o ensino dedicado e orientação.
Dedicamos esse trabalho as
nossas famílias e amigos, pelo o
apoio e incentivo.
"Você pode encarar um erro como
uma besteira a ser esquecida, ou
como um resultado que aponta uma
nova direção".
(STEVE JOBS)
1 OBJETIVOS
1.1 OBJETIVO GERAL
Implantar um sistema de gerenciamento de bancas avaliadoras de Trabalhos
de Conclusão de curso buscando agilizar o processo de avaliação na Faculdades
Integradas de Cacoal – RO.
1.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Desenvolver um software para facilitar o processo de avaliação em
Trabalhos de Conclusão de curso;
Promover um Banco de Dados, onde possibilite informações do cadastro dos
docentes, dos discentes, das linhas de pesquisa, dos critérios de avaliação e ainda
organizar o cronograma e conteúdos necessários para avaliação dos trabalhos;
Estabelecer um acordo com a finalidade da implantação desta ferramenta
computacional na Faculdades Integradas de Cacoal – RO.
1.3 PROBLEMATIZAÇÃO
Considerando a necessidade apresentada de um software que agilize o
processo de correção, levantou-se a seguinte questão: Como reduzir o tempo de
feedbacks discentes, reduzir os materiais organizacionais (de apresentação) e
redução de custos por parte dos alunos, examinadores e instituição?
O programa a seu desenvolvido pretende ajudar em todo o processo de
avaliação das bancas de TCC da Unesc. O problema de quem convive com essas
avaliações, é a falta de agilidade durante o procedimento, a ausência da
documentação digitalizada, de um banco de dados (cadastro de docentes,
trabalhos já realizados e outros.). Todos esses elementos resultam em um
processo extenso.
1.4 HIPÓTESE
A partir da realização desta pesquisa, estima-se facultar o processo de
avaliação e correção das bancas de Trabalho de Conclusão de Curso por parte dos
docentes, visando reduzir o tempo de correção e facilitar o processo de
aprendizagem na Unesc.
1.5 DELIMITAÇÃO
Criação de um software livre para o melhor gerenciamento das bancas de
TCC e destinado ao curso de Sistemas de Informação da instituição Faculdades
Integradas de Cacoal (Unesc). A pesquisa será desenvolvida no período de
fevereiro a julho de 2013.
2 JUSTIFICATIVA
Analisando o processo atual de avaliação de Trabalhos de Conclusão de
Curso (TCC) utilizado pelas Faculdades Integradas de Cacoal - Unesc, destaca-se
a demora no tempo de correção, o acúmulo e descarte de materiais necessários
para a avaliação. Observou-se a importância do desenvolvimento de um sistema
que agilize este processo, a fim de torná-lo mais rápido, ágil, eficiente e acessível -
em vista a necessidade de facilitar o gerenciamento de bancas avaliadoras de
TCC.
O sistema referente à pesquisa tem sua finalidade voltada para o corpo
discente e docente da Unesc - tendo a possibilidade proporcionar uma expansão
considerável no âmbito científico de toda a comunidade universitária de Cacoal e
região. Sua relevância destinada ao corpo discente concebe o embasamento
teórico para novos temas, ou também facilitar a interação no momento de avaliação
dos temas apresentados - uma vez que disponibiliza o conteúdo de outros TCC's,
podendo fornecer as funcionalidades mais notáveis desse sistema. Sendo também
designados para o corpo docente, facilitando a interação entre docente e discente,
com relação à análise do tema, correção e retorno de resultados.
Esta pesquisa se faz relevante por sua contribuição aos discentes e ao
corpo docente da Unesc sendo que a tendência de armazenamento de
informações em qualquer organização aumenta a cada momento, tendo em vista a
dificuldade da manipulação desses dados manualmente, o sistema de
gerenciamento de Bancas de TCC tende a oferecer uma maior praticidade no
manuseio e na utilização dessas informações.
3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
3.1 Processo Histórico da Implantação dos Programas de Gerenciamento.
Atualmente, a humanidade cruza uma fase consideravelmente específica,
onde as informações tem um valor maior do que as ferramentas para obtê-las.
Considerando o fato de o estudo do processamento de dados ter sido algo
relativamente novo em nosso cotidiano, a busca por informações é algo que vem
desde os primórdios da humanidade. O Homo Neanderthalis1
já contava os dias, a
quantidade de rebanho, ou mesmo realizava mensurações simples em troncos de
árvores ou em pedra bruta. O homem sempre buscou métodos para que houvesse
mais facilidade no gerenciamento de informações. Com o decorrer do tempo, a
humanidade adquiriu o papel como um importante aliado desde a utilização do
papiro até os primeiros livros impressos. Esse material detinha todo o poder de
armazenar dados e transmitir conhecimento. Mesmo hoje, em meio a uma
extraordinária revolução tecnológica, o papel ainda garante a sua importância, pois,
apesar de a tentativa de se reduzir a sua utilização, não é possível que ele seja
extinto por completo do nosso cotidiano.
Segundo Petry (2012, p. 37), "A transição para era digital é a mais radical
transformação da nossa história intelectual". A quantidade de dados produzida hoje
em dia é absurdamente grande e de certa forma, em proporções incontroláveis.
Constantemente ouvimos o termo Big Data, que é o armazenamento gigantesco de
dados e que já se tornou comum entre as pessoas que consomem e geram
informações constantemente na rede mundial de computadores. Vilic (2013) afirma
que toda essa materialização do Big Data só foi possível pelo fato de o custo de
armazenagem de dados cair drasticamente nos últimos anos. Para ele, essa fase é
tão revolucionária na vida humana quanto a descoberta do fogo ou o início da
agricultura. No mundo do Big Data, qualquer pessoa pode ter acesso ilimitado a
uma gama muito grande de informações. Vilic (2013) destaca ainda: "Hoje o iPhone
1
O homem-de-neandertal é uma espécie extinta, fóssil, do gênero Homo que habitou a Europa e
partes do oeste da Ásia, de cerca de 300 000 anos atrás até aproximadamente 29 000 anos atrás,
tendo coexistido com os Homo sapiens.
de um camelô na praia de Ipanema acessa, numa semana, mais informação do
que Napoleão Bonaparte teve em toda vida."
3.2 O armazenamento de Informações
Para que se haja o armazenamento de informações, são utilizados os
Bancos de Dados que segundo Date (2010), é a coleção de dados persistentes
utilizados pelos sistemas para armazenar informações, bem como a inclusão,
alteração e exclusão de dados. Em uma visão mais prática, pode-se ilustrar os
bancos de dados como os armários-arquivos, utilizados nas ultimas décadas com a
finalidade de armazenar informações de maneira organizada, ou ainda as pastas
que continham planilhas, tabelas e formulários, que também “armazenavam”
informações. No entanto, era necessário que houvesse alguém que manipulasse
esses dados, caso houvesse o desejo de localizar, alterar ou mesmo apagar
qualquer informação. Felizmente, com o surgimento do computador e sua
constante evolução, foi possível criar alternativas rápidas que fossem mais seguras
e rápidas, fornecendo os detalhes desse armazenamento e busca em questão de
milésimos de segundo.
Em um cenário onde o uso de informações é constante, onde a busca por
métodos simplificados, rápidos e eficientes é necessário para que se facilite o
processo de controle e organização das informações, é preciso que se use
ferramentas para que se gerencie esses processos, para isto, utiliza-se os
Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD’s). Tais sistemas
permitem a construção de bancos de dados, assim como o controle, organização e
verificação desses bancos, o que permite que quantidades inimagináveis de
informações sejam guardadas. Dentre os principais benefícios no uso dos bancos
de dado, Date (2000) destaca em sua obra:
As vantagens de um sistema de banco de dados sobre os métodos
tradicionais baseados em papel para a manutenção de registros
talvez sejam mais fáceis de observar nos seguintes casos:
 Densidade: não há a necessidade de arquivos de papel,
possivelmente volumosos;
 Velocidade: a máquina pode obter e atualizar dados com
rapidez maior que o ser humano.
 Menor trabalho monótono: grande parte do tédio de manter
arquivos à mão é eliminada. As tarefas mecânicas são sempre
feitas om melhor qualidade pelas máquinas.
 Atualidade: informações precisas e atualizadas estão
disponíveis a qualquer momento sob consulta.
Pode-se perceber que o banco de dados talvez seja um dos bens mais
valiosos de uma empresa ou organização. Hoje em da, há vários softwares de
sistemas de gerenciamento de bancos de dados disponíveis no mercado, alguns
de forma gratuita, porém, cada software apresenta funcionalidades especiais,
assim como cada organização e/ou instituição apresenta necessidades
diferenciadas, portanto é preciso que cada caso seja analisado, com a finalidade de
se propor a melhor ferramenta que cumpra satisfatoriamente os objetivos
desejados.
3.3 O Sistema de Gerenciamento de Bancas de TCC na UNESC.
Ao que se refere ás instituições de ensino, mais especificamente á
Faculdades Integradas de Cacoal – UNESC, em uma ferramenta própria para a
análise e avaliação de Trabalhos de Conclusão de Curso, um banco de é
imprescindível, uma vez que, além das correções das monografias por parte dos
docentes, ainda é pretendido que todo esse material seja disponibilizado para
consulta posteriormente. Todas essas informações, armazenadas em várias
páginas de dissertação sobre temas distintos, necessitariam ser alocadas em um
ambiente digital com eficácia e de rápido acesso. Esse sistema precisaria, ainda,
de um profissional da área que manipulasse os dados e que em períodos
periódicos realizasse os Backups2
dos arquivos. Essa pessoa é denominada de
Administrador de Banco de Dados. Date (2010) detalha o Administrador de Banco
de Dados como sendo a pessoa responsável por decidir quais dados devem ser
armazenados no banco de dados, e também estabelecer normas para manter e
tratar esses dados, uma vez que eles tenham sido armazenados.
Um exemplo de tal norma seria a de determinar quem pode executar
2
Processo de salvar todas as informações já armazenadas em discos, pastas ou drivers com a finalidade de se
evitar que os arquivos sejam perdidos acidentalmente.
quais operações sobre quais dados em que circunstâncias. Em outras palavras,
uma norma para a segurança dos dados.
Em suma, para este Software, um banco de dados de excelência em sua
performance, associado á uma boa ferramenta de programação e ao esforço da
equipe e a outros pequenos fatores, garantiriam o sucesso do projeto, atendendo
as necessidades analisadas pela equipe por parte da instituição de ensino.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Pre projeto

BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS
Antonio Pedro
 
GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...
GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS  NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS  NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...
GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...
Dasi Unijorge
 
Módulo 9 gids
Módulo 9 gidsMódulo 9 gids
Módulo 9 gids
Diogo Marques
 
Conteudos Digitais
Conteudos DigitaisConteudos Digitais
Conteudos Digitais
UFSC
 
1ª Apresentação Intercalar
1ª Apresentação Intercalar1ª Apresentação Intercalar
1ª Apresentação Intercalar
Grupo3ProjBliblio
 
Gestão de Entidades que se relacionam com a LCTDI
Gestão de Entidades que se relacionam com a LCTDIGestão de Entidades que se relacionam com a LCTDI
Gestão de Entidades que se relacionam com a LCTDI
FabioMDias
 
Prointer oficcial biblioteca virtual
Prointer oficcial   biblioteca virtualProinter oficcial   biblioteca virtual
Prointer oficcial biblioteca virtual
Viviane Macedo
 
Desafios da preservação de dados de pesquisa no Brasil
Desafios da preservação de dados de pesquisa no BrasilDesafios da preservação de dados de pesquisa no Brasil
Desafios da preservação de dados de pesquisa no Brasil
Cariniana Rede
 
Governanca e mo req2010 parte1
Governanca e mo req2010 parte1Governanca e mo req2010 parte1
Governanca e mo req2010 parte1
Rafael Antonio
 
Modelo de pre projeto de monografia
Modelo de pre projeto de monografiaModelo de pre projeto de monografia
Modelo de pre projeto de monografia
Augusto Cezar Pinheiro
 
APRESETACAO Tratibo.ppt
APRESETACAO  Tratibo.pptAPRESETACAO  Tratibo.ppt
APRESETACAO Tratibo.ppt
Saryfa
 
Gestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data miningGestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data mining
Talita Lima
 
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
Talita Lima
 
Gestão de Autoescola.pptx
Gestão de Autoescola.pptxGestão de Autoescola.pptx
Gestão de Autoescola.pptx
albertorauljose2
 
Fontes digitais
Fontes digitaisFontes digitais
Fontes digitais
UFSC
 
Arquivos gerenciamento e organizacao de arquivos
Arquivos gerenciamento e organizacao de arquivosArquivos gerenciamento e organizacao de arquivos
Arquivos gerenciamento e organizacao de arquivos
Claudiomar Borduchi
 
PETIC Casa Civil 2009-2010
PETIC Casa Civil 2009-2010PETIC Casa Civil 2009-2010
PETIC Casa Civil 2009-2010
alberto.santos1301
 
Seminário lu'
Seminário lu'Seminário lu'
Seminário lu'
Alinebataglia
 
Sistema de computacao e informacao u1
Sistema de computacao e informacao u1Sistema de computacao e informacao u1
Sistema de computacao e informacao u1
Art IT
 
Mota Werner TCC
Mota Werner TCCMota Werner TCC
Mota Werner TCC
Werner Johnson
 

Semelhante a Pre projeto (20)

BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS BANCO DE DADOS RELACIONAIS
BANCO DE DADOS RELACIONAIS
 
GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...
GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS  NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS  NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...
GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO DEPARTAMENTO NACIONAL DE PRODUÇÃO ...
 
Módulo 9 gids
Módulo 9 gidsMódulo 9 gids
Módulo 9 gids
 
Conteudos Digitais
Conteudos DigitaisConteudos Digitais
Conteudos Digitais
 
1ª Apresentação Intercalar
1ª Apresentação Intercalar1ª Apresentação Intercalar
1ª Apresentação Intercalar
 
Gestão de Entidades que se relacionam com a LCTDI
Gestão de Entidades que se relacionam com a LCTDIGestão de Entidades que se relacionam com a LCTDI
Gestão de Entidades que se relacionam com a LCTDI
 
Prointer oficcial biblioteca virtual
Prointer oficcial   biblioteca virtualProinter oficcial   biblioteca virtual
Prointer oficcial biblioteca virtual
 
Desafios da preservação de dados de pesquisa no Brasil
Desafios da preservação de dados de pesquisa no BrasilDesafios da preservação de dados de pesquisa no Brasil
Desafios da preservação de dados de pesquisa no Brasil
 
Governanca e mo req2010 parte1
Governanca e mo req2010 parte1Governanca e mo req2010 parte1
Governanca e mo req2010 parte1
 
Modelo de pre projeto de monografia
Modelo de pre projeto de monografiaModelo de pre projeto de monografia
Modelo de pre projeto de monografia
 
APRESETACAO Tratibo.ppt
APRESETACAO  Tratibo.pptAPRESETACAO  Tratibo.ppt
APRESETACAO Tratibo.ppt
 
Gestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data miningGestão do conhecimento usando data mining
Gestão do conhecimento usando data mining
 
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining15.03.26   gestão do conhecimento usando data mining
15.03.26 gestão do conhecimento usando data mining
 
Gestão de Autoescola.pptx
Gestão de Autoescola.pptxGestão de Autoescola.pptx
Gestão de Autoescola.pptx
 
Fontes digitais
Fontes digitaisFontes digitais
Fontes digitais
 
Arquivos gerenciamento e organizacao de arquivos
Arquivos gerenciamento e organizacao de arquivosArquivos gerenciamento e organizacao de arquivos
Arquivos gerenciamento e organizacao de arquivos
 
PETIC Casa Civil 2009-2010
PETIC Casa Civil 2009-2010PETIC Casa Civil 2009-2010
PETIC Casa Civil 2009-2010
 
Seminário lu'
Seminário lu'Seminário lu'
Seminário lu'
 
Sistema de computacao e informacao u1
Sistema de computacao e informacao u1Sistema de computacao e informacao u1
Sistema de computacao e informacao u1
 
Mota Werner TCC
Mota Werner TCCMota Werner TCC
Mota Werner TCC
 

Último

Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
EliakimArajo2
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
tnrlucas
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
anpproferick
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Annelise Gripp
 
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Ian Oliveira
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Rafael Santos
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
anpproferick
 

Último (7)

Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
 
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
 

Pre projeto

  • 1. FACULDADES INTEGRADAS DE CACOAL - UNESC GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CAMILA ALVES DIAS CAMILLA LOPES DE FARIA CARLOS HENRIQUE PITTELKOW CARLOS VINYCIOS GRAMMELISKI HOSLLEAN RENNAN DE OLIVEIRA THIAGO GODOY SOUZA RAFAEL FONSECA QUEIROZ WILTON WILL DE PAULO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCAS DE TCC CACOAL – RO 2013
  • 2. CAMILA ALVES DIAS CAMILLA LOPES DE FARIA CARLOS HENRIQUE PITTELKOW CARLOS VINYCIOS GRAMMELISKI HOSLLEAN RENNAN DE OLIVEIRA THIAGO GODOY SOUZA RAFAEL FONSECA QUEIROZ WILTON WILL DE PAULO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCAS DE TCC Pré-projeto, apresentado a UNESC, na disciplina Formação Geral I, do I Período de Sistemas de Informação com a finalidade de aprimorar meus conhecimentos e obtenção parcial de nota no bimestre. Sob a orientação da Professora Mestre Fátima Gravioli. CACOAL – RO 2013
  • 3. AGRADECIMENTO Aos nossos professores, por todo o ensino dedicado e orientação.
  • 4. Dedicamos esse trabalho as nossas famílias e amigos, pelo o apoio e incentivo.
  • 5. "Você pode encarar um erro como uma besteira a ser esquecida, ou como um resultado que aponta uma nova direção". (STEVE JOBS)
  • 6. 1 OBJETIVOS 1.1 OBJETIVO GERAL Implantar um sistema de gerenciamento de bancas avaliadoras de Trabalhos de Conclusão de curso buscando agilizar o processo de avaliação na Faculdades Integradas de Cacoal – RO. 1.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Desenvolver um software para facilitar o processo de avaliação em Trabalhos de Conclusão de curso; Promover um Banco de Dados, onde possibilite informações do cadastro dos docentes, dos discentes, das linhas de pesquisa, dos critérios de avaliação e ainda organizar o cronograma e conteúdos necessários para avaliação dos trabalhos; Estabelecer um acordo com a finalidade da implantação desta ferramenta computacional na Faculdades Integradas de Cacoal – RO. 1.3 PROBLEMATIZAÇÃO Considerando a necessidade apresentada de um software que agilize o processo de correção, levantou-se a seguinte questão: Como reduzir o tempo de feedbacks discentes, reduzir os materiais organizacionais (de apresentação) e redução de custos por parte dos alunos, examinadores e instituição? O programa a seu desenvolvido pretende ajudar em todo o processo de avaliação das bancas de TCC da Unesc. O problema de quem convive com essas avaliações, é a falta de agilidade durante o procedimento, a ausência da documentação digitalizada, de um banco de dados (cadastro de docentes,
  • 7. trabalhos já realizados e outros.). Todos esses elementos resultam em um processo extenso. 1.4 HIPÓTESE A partir da realização desta pesquisa, estima-se facultar o processo de avaliação e correção das bancas de Trabalho de Conclusão de Curso por parte dos docentes, visando reduzir o tempo de correção e facilitar o processo de aprendizagem na Unesc. 1.5 DELIMITAÇÃO Criação de um software livre para o melhor gerenciamento das bancas de TCC e destinado ao curso de Sistemas de Informação da instituição Faculdades Integradas de Cacoal (Unesc). A pesquisa será desenvolvida no período de fevereiro a julho de 2013.
  • 8. 2 JUSTIFICATIVA Analisando o processo atual de avaliação de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) utilizado pelas Faculdades Integradas de Cacoal - Unesc, destaca-se a demora no tempo de correção, o acúmulo e descarte de materiais necessários para a avaliação. Observou-se a importância do desenvolvimento de um sistema que agilize este processo, a fim de torná-lo mais rápido, ágil, eficiente e acessível - em vista a necessidade de facilitar o gerenciamento de bancas avaliadoras de TCC. O sistema referente à pesquisa tem sua finalidade voltada para o corpo discente e docente da Unesc - tendo a possibilidade proporcionar uma expansão considerável no âmbito científico de toda a comunidade universitária de Cacoal e região. Sua relevância destinada ao corpo discente concebe o embasamento teórico para novos temas, ou também facilitar a interação no momento de avaliação dos temas apresentados - uma vez que disponibiliza o conteúdo de outros TCC's, podendo fornecer as funcionalidades mais notáveis desse sistema. Sendo também designados para o corpo docente, facilitando a interação entre docente e discente, com relação à análise do tema, correção e retorno de resultados. Esta pesquisa se faz relevante por sua contribuição aos discentes e ao corpo docente da Unesc sendo que a tendência de armazenamento de informações em qualquer organização aumenta a cada momento, tendo em vista a dificuldade da manipulação desses dados manualmente, o sistema de gerenciamento de Bancas de TCC tende a oferecer uma maior praticidade no manuseio e na utilização dessas informações.
  • 9. 3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 3.1 Processo Histórico da Implantação dos Programas de Gerenciamento. Atualmente, a humanidade cruza uma fase consideravelmente específica, onde as informações tem um valor maior do que as ferramentas para obtê-las. Considerando o fato de o estudo do processamento de dados ter sido algo relativamente novo em nosso cotidiano, a busca por informações é algo que vem desde os primórdios da humanidade. O Homo Neanderthalis1 já contava os dias, a quantidade de rebanho, ou mesmo realizava mensurações simples em troncos de árvores ou em pedra bruta. O homem sempre buscou métodos para que houvesse mais facilidade no gerenciamento de informações. Com o decorrer do tempo, a humanidade adquiriu o papel como um importante aliado desde a utilização do papiro até os primeiros livros impressos. Esse material detinha todo o poder de armazenar dados e transmitir conhecimento. Mesmo hoje, em meio a uma extraordinária revolução tecnológica, o papel ainda garante a sua importância, pois, apesar de a tentativa de se reduzir a sua utilização, não é possível que ele seja extinto por completo do nosso cotidiano. Segundo Petry (2012, p. 37), "A transição para era digital é a mais radical transformação da nossa história intelectual". A quantidade de dados produzida hoje em dia é absurdamente grande e de certa forma, em proporções incontroláveis. Constantemente ouvimos o termo Big Data, que é o armazenamento gigantesco de dados e que já se tornou comum entre as pessoas que consomem e geram informações constantemente na rede mundial de computadores. Vilic (2013) afirma que toda essa materialização do Big Data só foi possível pelo fato de o custo de armazenagem de dados cair drasticamente nos últimos anos. Para ele, essa fase é tão revolucionária na vida humana quanto a descoberta do fogo ou o início da agricultura. No mundo do Big Data, qualquer pessoa pode ter acesso ilimitado a uma gama muito grande de informações. Vilic (2013) destaca ainda: "Hoje o iPhone 1 O homem-de-neandertal é uma espécie extinta, fóssil, do gênero Homo que habitou a Europa e partes do oeste da Ásia, de cerca de 300 000 anos atrás até aproximadamente 29 000 anos atrás, tendo coexistido com os Homo sapiens.
  • 10. de um camelô na praia de Ipanema acessa, numa semana, mais informação do que Napoleão Bonaparte teve em toda vida." 3.2 O armazenamento de Informações Para que se haja o armazenamento de informações, são utilizados os Bancos de Dados que segundo Date (2010), é a coleção de dados persistentes utilizados pelos sistemas para armazenar informações, bem como a inclusão, alteração e exclusão de dados. Em uma visão mais prática, pode-se ilustrar os bancos de dados como os armários-arquivos, utilizados nas ultimas décadas com a finalidade de armazenar informações de maneira organizada, ou ainda as pastas que continham planilhas, tabelas e formulários, que também “armazenavam” informações. No entanto, era necessário que houvesse alguém que manipulasse esses dados, caso houvesse o desejo de localizar, alterar ou mesmo apagar qualquer informação. Felizmente, com o surgimento do computador e sua constante evolução, foi possível criar alternativas rápidas que fossem mais seguras e rápidas, fornecendo os detalhes desse armazenamento e busca em questão de milésimos de segundo. Em um cenário onde o uso de informações é constante, onde a busca por métodos simplificados, rápidos e eficientes é necessário para que se facilite o processo de controle e organização das informações, é preciso que se use ferramentas para que se gerencie esses processos, para isto, utiliza-se os Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD’s). Tais sistemas permitem a construção de bancos de dados, assim como o controle, organização e verificação desses bancos, o que permite que quantidades inimagináveis de informações sejam guardadas. Dentre os principais benefícios no uso dos bancos de dado, Date (2000) destaca em sua obra: As vantagens de um sistema de banco de dados sobre os métodos tradicionais baseados em papel para a manutenção de registros talvez sejam mais fáceis de observar nos seguintes casos:  Densidade: não há a necessidade de arquivos de papel, possivelmente volumosos;  Velocidade: a máquina pode obter e atualizar dados com rapidez maior que o ser humano.
  • 11.  Menor trabalho monótono: grande parte do tédio de manter arquivos à mão é eliminada. As tarefas mecânicas são sempre feitas om melhor qualidade pelas máquinas.  Atualidade: informações precisas e atualizadas estão disponíveis a qualquer momento sob consulta. Pode-se perceber que o banco de dados talvez seja um dos bens mais valiosos de uma empresa ou organização. Hoje em da, há vários softwares de sistemas de gerenciamento de bancos de dados disponíveis no mercado, alguns de forma gratuita, porém, cada software apresenta funcionalidades especiais, assim como cada organização e/ou instituição apresenta necessidades diferenciadas, portanto é preciso que cada caso seja analisado, com a finalidade de se propor a melhor ferramenta que cumpra satisfatoriamente os objetivos desejados. 3.3 O Sistema de Gerenciamento de Bancas de TCC na UNESC. Ao que se refere ás instituições de ensino, mais especificamente á Faculdades Integradas de Cacoal – UNESC, em uma ferramenta própria para a análise e avaliação de Trabalhos de Conclusão de Curso, um banco de é imprescindível, uma vez que, além das correções das monografias por parte dos docentes, ainda é pretendido que todo esse material seja disponibilizado para consulta posteriormente. Todas essas informações, armazenadas em várias páginas de dissertação sobre temas distintos, necessitariam ser alocadas em um ambiente digital com eficácia e de rápido acesso. Esse sistema precisaria, ainda, de um profissional da área que manipulasse os dados e que em períodos periódicos realizasse os Backups2 dos arquivos. Essa pessoa é denominada de Administrador de Banco de Dados. Date (2010) detalha o Administrador de Banco de Dados como sendo a pessoa responsável por decidir quais dados devem ser armazenados no banco de dados, e também estabelecer normas para manter e tratar esses dados, uma vez que eles tenham sido armazenados. Um exemplo de tal norma seria a de determinar quem pode executar 2 Processo de salvar todas as informações já armazenadas em discos, pastas ou drivers com a finalidade de se evitar que os arquivos sejam perdidos acidentalmente.
  • 12. quais operações sobre quais dados em que circunstâncias. Em outras palavras, uma norma para a segurança dos dados. Em suma, para este Software, um banco de dados de excelência em sua performance, associado á uma boa ferramenta de programação e ao esforço da equipe e a outros pequenos fatores, garantiriam o sucesso do projeto, atendendo as necessidades analisadas pela equipe por parte da instituição de ensino.