SlideShare uma empresa Scribd logo
EBSPMA 2007/2008
_________________________________________________________________________________________________________
Língua Portuguesa - Percursos Curriculares Alternativos
ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PADRE MANUEL ÁLVARES
COMICHÃO DE CÃO
O meu cão está com comichão. Coça-se desenfreadamente, todo o santo dia.
– Queres tomar uma banhoca? – pergunto-lhe eu.
Mas ele foge-me. Diz que não é cão de água
e que as pulgas são dele, só dele, muito dele.
O meu cão tem um azar ao banho que
nunca vi.
– Preferes continuar com essa comichão,
preferes?
Ele diz que sim e coça-se.
Mas isto não me parece bem. Quem o vir
naquele desespero o que dirá? Que o dono é
um porco, porque nunca dá banho ao
desgraçado do cão.
Tive de tomar providências. Fui passear
com ele à praia e, de repente, sem me despir,
atirei-me para o meio das ondas. Ele que me
segue para todo o lado, seguiu-me. Coisas do
instinto, de que rapidamente se arrependeu, mas já era tarde. Estávamos os dois a
nadar, cada qual no seu estilo. Eu tiritava, porque o mar de Março é gelo derretido.
Nunca experimentem.
Quando, ambos a pingar, regressámos a casa, fui logo acender a lareira e mudar de
roupa. Ele ficou com o pêlo de sempre, mas já não se coçava.
As pulgas teriam morrido afogadas ou de frio ou de susto. O meu cão de pêlo salgado
regalava-se ao calor da lareira. Lá para Julho volto a experimentar o truque. Pode não
resultar, mas, ao menos, já não me constipo.
António Torrado in http://www.historiadodia.pt/pt/historias/03/01/
I. Responde, no caderno diário, às questões que se seguem.
Não te esqueças de as numerar devidamente.
1.Quem são as personagens da história que acabaste de ler?
2.Quem conta a história do cão?
3.O que se passa com o cão do narrador?
4.Porque razão se recusa o cão a tomar banho?
5.O narrador dá uma razão para obrigar o seu cão a tomar banho. Diz qual.
6.Conta como é que o narrador conseguiu enganar o cão e enfiá-lo na água.
7.O banho no mar deu resultado? Copia uma frase do texto que prove a tua resposta.
8.Depois do banho o que fizeram o narrador e o cão para se aquecerem?
EBSPMA 2007/2008
_________________________________________________________________________________________________________
Língua Portuguesa - Percursos Curriculares Alternativos
Na Sopa de letras que se segue ,encontrarás algumas palavras que foram retiradas do
texto. Procura-as em todas as direcções.
Banho
Ondas
Instinto
Nadar
Pêlo
Março
Julho
Água
Dono
Cão
Pulgas
Comichão
Praia
Porco
Gelo
Pingar
Dispõe as palavras que encontraste por ordem alfabética.
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________
Banhoca é uma palavra da família de Banho. Escreve mais oito palavras da mesma
família.
A T M O P O R C O Z X
Q W E R U T Y U I O K
A S O I L Q T R Y B J
E R Ã P G T A F G H X
I U H N A G U A U T R
A R C T S A G U S R T
A M I Z A A D E F T G
R G M D C I A C S C D
R I O H N A B Y U N U
Y O C T J R Y T F B J
B T O L Ê P C B G N G
V H T A S T I V F M K
V F R A D A N H V K J
C G O N D A S N J N J
V D G D F G T C M M G
G G N D D O I B I O J
D T J S A D N O L R G
T B I S G A T H K A V
G V N F F G O L E G M
V H F T A O D U G N B
J V H G E M H J T I V
V J M A R Ç O L U P R
H U T B S D N Ç H G Y
V G R G A D O N O O U
H R G G D G H F H U G
V R T Y U H M C H K G

Mais conteúdo relacionado

Mais de Lurdes Sousa

Açao.rede.conc.PPT
Açao.rede.conc.PPTAçao.rede.conc.PPT
Açao.rede.conc.PPT
Lurdes Sousa
 
Lusofonia.pptx
Lusofonia.pptxLusofonia.pptx
Lusofonia.pptx
Lurdes Sousa
 
o_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppt
o_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppto_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppt
o_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppt
Lurdes Sousa
 
O-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptx
O-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptxO-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptx
O-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptx
Lurdes Sousa
 
UTILITARISMO.pdf
UTILITARISMO.pdfUTILITARISMO.pdf
UTILITARISMO.pdf
Lurdes Sousa
 
TEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdf
TEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdfTEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdf
TEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdf
Lurdes Sousa
 
Ulisses16a36
Ulisses16a36Ulisses16a36
Ulisses16a36
Lurdes Sousa
 
Mapa das viagens de ulisses
Mapa das viagens de ulissesMapa das viagens de ulisses
Mapa das viagens de ulisses
Lurdes Sousa
 
Microsoft power point texto narrativo
Microsoft power point   texto narrativo Microsoft power point   texto narrativo
Microsoft power point texto narrativo
Lurdes Sousa
 

Mais de Lurdes Sousa (9)

Açao.rede.conc.PPT
Açao.rede.conc.PPTAçao.rede.conc.PPT
Açao.rede.conc.PPT
 
Lusofonia.pptx
Lusofonia.pptxLusofonia.pptx
Lusofonia.pptx
 
o_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppt
o_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppto_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppt
o_trabalho_sua_evoluao_e_estatuto_no_ocidente.ppt
 
O-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptx
O-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptxO-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptx
O-trabalho-a-sua-evolucao-e-estatuto.pptx
 
UTILITARISMO.pdf
UTILITARISMO.pdfUTILITARISMO.pdf
UTILITARISMO.pdf
 
TEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdf
TEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdfTEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdf
TEORIA-ETICA-DE-MILL-–-O-UTILITARISMO-QUESTOES-DE-ESCOLHA-MULTIPLA.pdf
 
Ulisses16a36
Ulisses16a36Ulisses16a36
Ulisses16a36
 
Mapa das viagens de ulisses
Mapa das viagens de ulissesMapa das viagens de ulisses
Mapa das viagens de ulisses
 
Microsoft power point texto narrativo
Microsoft power point   texto narrativo Microsoft power point   texto narrativo
Microsoft power point texto narrativo
 

Microsoft word comichaodecao

  • 1. EBSPMA 2007/2008 _________________________________________________________________________________________________________ Língua Portuguesa - Percursos Curriculares Alternativos ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA PADRE MANUEL ÁLVARES COMICHÃO DE CÃO O meu cão está com comichão. Coça-se desenfreadamente, todo o santo dia. – Queres tomar uma banhoca? – pergunto-lhe eu. Mas ele foge-me. Diz que não é cão de água e que as pulgas são dele, só dele, muito dele. O meu cão tem um azar ao banho que nunca vi. – Preferes continuar com essa comichão, preferes? Ele diz que sim e coça-se. Mas isto não me parece bem. Quem o vir naquele desespero o que dirá? Que o dono é um porco, porque nunca dá banho ao desgraçado do cão. Tive de tomar providências. Fui passear com ele à praia e, de repente, sem me despir, atirei-me para o meio das ondas. Ele que me segue para todo o lado, seguiu-me. Coisas do instinto, de que rapidamente se arrependeu, mas já era tarde. Estávamos os dois a nadar, cada qual no seu estilo. Eu tiritava, porque o mar de Março é gelo derretido. Nunca experimentem. Quando, ambos a pingar, regressámos a casa, fui logo acender a lareira e mudar de roupa. Ele ficou com o pêlo de sempre, mas já não se coçava. As pulgas teriam morrido afogadas ou de frio ou de susto. O meu cão de pêlo salgado regalava-se ao calor da lareira. Lá para Julho volto a experimentar o truque. Pode não resultar, mas, ao menos, já não me constipo. António Torrado in http://www.historiadodia.pt/pt/historias/03/01/ I. Responde, no caderno diário, às questões que se seguem. Não te esqueças de as numerar devidamente. 1.Quem são as personagens da história que acabaste de ler? 2.Quem conta a história do cão? 3.O que se passa com o cão do narrador? 4.Porque razão se recusa o cão a tomar banho? 5.O narrador dá uma razão para obrigar o seu cão a tomar banho. Diz qual. 6.Conta como é que o narrador conseguiu enganar o cão e enfiá-lo na água. 7.O banho no mar deu resultado? Copia uma frase do texto que prove a tua resposta. 8.Depois do banho o que fizeram o narrador e o cão para se aquecerem?
  • 2. EBSPMA 2007/2008 _________________________________________________________________________________________________________ Língua Portuguesa - Percursos Curriculares Alternativos Na Sopa de letras que se segue ,encontrarás algumas palavras que foram retiradas do texto. Procura-as em todas as direcções. Banho Ondas Instinto Nadar Pêlo Março Julho Água Dono Cão Pulgas Comichão Praia Porco Gelo Pingar Dispõe as palavras que encontraste por ordem alfabética. _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________ Banhoca é uma palavra da família de Banho. Escreve mais oito palavras da mesma família. A T M O P O R C O Z X Q W E R U T Y U I O K A S O I L Q T R Y B J E R Ã P G T A F G H X I U H N A G U A U T R A R C T S A G U S R T A M I Z A A D E F T G R G M D C I A C S C D R I O H N A B Y U N U Y O C T J R Y T F B J B T O L Ê P C B G N G V H T A S T I V F M K V F R A D A N H V K J C G O N D A S N J N J V D G D F G T C M M G G G N D D O I B I O J D T J S A D N O L R G T B I S G A T H K A V G V N F F G O L E G M V H F T A O D U G N B J V H G E M H J T I V V J M A R Ç O L U P R H U T B S D N Ç H G Y V G R G A D O N O O U H R G G D G H F H U G V R T Y U H M C H K G