SlideShare uma empresa Scribd logo
Casos práticos de avaliação de condição de
funcionamento pela técnica de comparação
com modelo matemático - MCM
Base solta
PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2020
Para mais
informações
ver
www.dmc.pt
Sobre a DMC e a D4VIB
equipamentos e serviços de manutenção preditiva
Adaptamo-nos
às suas
necessidades !
Software
Hardware
Formação
Implementação
Medições
Apoio técnico
Relatórios
Vibrações
Termografia
Ultrassons
Análise de
motores
elétricos
Tecnologias preditivas
Emissão
acústica
Medição de
tensão em
veios
Equilibragem
no local
Proteção
de
rolamentos
Tecnologias corretivas
Alinhamento
de veios
Calibração de
cadeias de
monitorização
de vibrações
O motor elétrico modelado como uma função de
transferência – deteção de avarias com base na
comparação com modelo
u y
Sistema
O motor elétrico modelado como uma função de transferência –
deteção de avarias com base na comparação com modelo
Tensão Corrente
Tempo (msec)
Tempo (msec)
Frequência (Hz)
Frequência (Hz)
Deteção de avarias com base na comparação com modelo
Frequência (Hz)
Frequência (Hz)
Corrente 1
Tensão
Σ
Corrente 2
Dif
+
-
Frequência (Hz)
Deteção de avarias com base na comparação com modelo
Frequência (Hz)
Frequência (Hz)
Corrente 1
Tensão
Σ
Corrente 2
Dif
+
-
Frequência (Hz)
Relação Causa - Efeito
Entrada Saída
VARIAÇÃO DE TENSÃO
Distorção Harmónica
Flutuação de Voltagem
Desequilíbrio de
Voltagens, etc…
VARIAÇÃO DE
CORRENTE
Processo
Avarias
Tensão Corrente
Frequência (Hz) Frequência (Hz)
O espetro de Densidade Espetral de Potência (PSD)
No espetro de Densidade Espetral de
Potência (PSD), medido com o MCM, a
escala vertical é um parâmetro
estatístico que representa o desvio de
uma média de motores similares.
A Azul está o espetro medido e são
também apresentados os perfis
espetrais de Alerta e Alarme, gerados
automaticamente pela base de dados
do sistema.
Avarias com correias e elementos de transmissão manifestam-se em torno de 0,5 x rpm a
0,75x rpm ± frequência de alimentação e múltiplos.
Falta de
tensão nas
correias
Tensão de alimentação :
380 V
Frequência da rede : 50 Hz
RPM do motor: 1493 rpm
Compressor acionado por
correias.
Industrial alimentar
Correias e elementos de transmissão
O desequilíbrio no motor manifesta-se em torno da frequência de alimentação ± 1 x
rpm e múltiplos.
Desequilíbrio
Tensão de alimentação: 380 V
Frequência da rede: 50 Hz
RPM do motor: 1493 rpm
Equipamento acionado por correias
Desequilíbrio
Base solta aparece a frequências entre 0.5 a 0.75xrpm
Base solta
Tensão de alimentação: 6300V
Frequência da rede: 50 Hz
RPM do motor: 990 rpm
LNG / Bomba de agua quente
Base solta
Foram testados dois motores de ventilador
com o AMT. Num dos motores foi detetada
uma base solta devido à montagem incorreta.
Caso prático
Indústria: Semi condutores Equipamento: Unidade de
tratamento de ar
Avaria: Base solta Características
nominais:
199V- 44.4A
A base solta, como mostrado acima no espetro de PSD, também foi
confirmada pela equipe de manutenção.
Base solta
Caso prático
Indústria: Semi condutores Equipamento: Unidade de
tratamento de ar
Avaria: Base solta Características
nominais:
199V- 44.4A
Aqui pode ver uma apresentação sobre a técnica do MCM
•https://www.youtube.com/watch?v=oUpkhd25rV0
Sistemas protetivos e preditivos
Ex
Meggitt Vibro-Meter®
Transmissores de vibrações
Monitorização permanente de vibrações
Sistemas wireless
Análise da assinatura de motores elétricos pela técnica do MCM
Sistemas de monitorização permanente
• Vibrometros
• Analisadores de vibrações
• Coletores de dados
• Medidores de ultrassons
• Sensores de vibrações
Equipamentos portáteis
OBRIGADO
Esperamos que esta
apresentação tenho
sido interessante

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Analisador de vibraçôes IX Funções de um canal no tempo
Analisador de vibraçôes IX   Funções de um canal no tempoAnalisador de vibraçôes IX   Funções de um canal no tempo
Analisador de vibraçôes IX Funções de um canal no tempo
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
00 Introdução ao curso de diagnóstico de motores eléctricos
00 Introdução ao  curso de diagnóstico de motores eléctricos00 Introdução ao  curso de diagnóstico de motores eléctricos
00 Introdução ao curso de diagnóstico de motores eléctricos
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Monitorização temporária de vibrações
Monitorização temporária de vibraçõesMonitorização temporária de vibrações
Monitorização temporária de vibrações
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações XII - unidades dos eixos do espetro de frequência
Analisador de vibrações XII -   unidades dos eixos do espetro de frequênciaAnalisador de vibrações XII -   unidades dos eixos do espetro de frequência
Analisador de vibrações XII - unidades dos eixos do espetro de frequência
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VI
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VIAnalisador de vibrações - Modo de funcionamento VI
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VI
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Análise de vibrações em engrenagens 3 - Técnicas de diagnóstico
Análise de vibrações em engrenagens 3  - Técnicas de diagnósticoAnálise de vibrações em engrenagens 3  - Técnicas de diagnóstico
Análise de vibrações em engrenagens 3 - Técnicas de diagnóstico
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Curso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos Práticos
Curso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos PráticosCurso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos Práticos
Curso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos Práticos
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Análise de vibraçoes e envelope
Análise de vibraçoes e envelopeAnálise de vibraçoes e envelope
Análise de vibraçoes e envelope
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
II Análise de vibrações em rolamentos - análise do envelope
II Análise de vibrações em rolamentos  - análise do envelopeII Análise de vibrações em rolamentos  - análise do envelope
II Análise de vibrações em rolamentos - análise do envelope
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...
Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...
Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisadores de vibrações
Analisadores de vibraçõesAnalisadores de vibrações
Analisadores de vibrações
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Análise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avarias
Análise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avariasAnálise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avarias
Análise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avarias
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
III Analise de vibrações em rolamentos - Exemplos de análise do envelope
III Analise de vibrações em rolamentos   - Exemplos de análise do envelopeIII Analise de vibrações em rolamentos   - Exemplos de análise do envelope
III Analise de vibrações em rolamentos - Exemplos de análise do envelope
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
I Conceitos de análise de vibrações em rolamentos
I Conceitos de análise de vibrações em rolamentosI Conceitos de análise de vibrações em rolamentos
I Conceitos de análise de vibrações em rolamentos
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IV
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IVAnalisador de vibrações - modo de funcionamento IV
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IV
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Análise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos Gerais
Análise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos GeraisAnálise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos Gerais
Análise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos Gerais
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
01 Diagnóstico de Motores Eléctricos Controlo de Condição - uma perspetiva
01 Diagnóstico de Motores Eléctricos  Controlo de Condição  - uma perspetiva01 Diagnóstico de Motores Eléctricos  Controlo de Condição  - uma perspetiva
01 Diagnóstico de Motores Eléctricos Controlo de Condição - uma perspetiva
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Sistemas de monitorização de vibrações wireless casos práticos
Sistemas de monitorização de vibrações wireless   casos práticosSistemas de monitorização de vibrações wireless   casos práticos
Sistemas de monitorização de vibrações wireless casos práticos
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Atenuadorintervideo
AtenuadorintervideoAtenuadorintervideo
Atenuadorintervideo
wolverine
 
Controlo de condição em engrenagens - integração de técnicas
Controlo de condição em engrenagens  -  integração de técnicasControlo de condição em engrenagens  -  integração de técnicas
Controlo de condição em engrenagens - integração de técnicas
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 

Mais procurados (20)

Analisador de vibraçôes IX Funções de um canal no tempo
Analisador de vibraçôes IX   Funções de um canal no tempoAnalisador de vibraçôes IX   Funções de um canal no tempo
Analisador de vibraçôes IX Funções de um canal no tempo
 
00 Introdução ao curso de diagnóstico de motores eléctricos
00 Introdução ao  curso de diagnóstico de motores eléctricos00 Introdução ao  curso de diagnóstico de motores eléctricos
00 Introdução ao curso de diagnóstico de motores eléctricos
 
Monitorização temporária de vibrações
Monitorização temporária de vibraçõesMonitorização temporária de vibrações
Monitorização temporária de vibrações
 
Analisador de vibrações XII - unidades dos eixos do espetro de frequência
Analisador de vibrações XII -   unidades dos eixos do espetro de frequênciaAnalisador de vibrações XII -   unidades dos eixos do espetro de frequência
Analisador de vibrações XII - unidades dos eixos do espetro de frequência
 
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VI
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VIAnalisador de vibrações - Modo de funcionamento VI
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VI
 
Análise de vibrações em engrenagens 3 - Técnicas de diagnóstico
Análise de vibrações em engrenagens 3  - Técnicas de diagnósticoAnálise de vibrações em engrenagens 3  - Técnicas de diagnóstico
Análise de vibrações em engrenagens 3 - Técnicas de diagnóstico
 
Curso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos Práticos
Curso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos PráticosCurso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos Práticos
Curso de Análise de Vibrações em Engrenagens V Casos Práticos
 
Análise de vibraçoes e envelope
Análise de vibraçoes e envelopeAnálise de vibraçoes e envelope
Análise de vibraçoes e envelope
 
II Análise de vibrações em rolamentos - análise do envelope
II Análise de vibrações em rolamentos  - análise do envelopeII Análise de vibrações em rolamentos  - análise do envelope
II Análise de vibrações em rolamentos - análise do envelope
 
Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...
Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...
Análise de vibrações num motor elétrico - avaria no rotor de um motor AC de 2...
 
Analisadores de vibrações
Analisadores de vibraçõesAnalisadores de vibrações
Analisadores de vibrações
 
Análise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avarias
Análise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avariasAnálise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avarias
Análise de vibrações em engrenagens IV Deteção de defeitos e avarias
 
III Analise de vibrações em rolamentos - Exemplos de análise do envelope
III Analise de vibrações em rolamentos   - Exemplos de análise do envelopeIII Analise de vibrações em rolamentos   - Exemplos de análise do envelope
III Analise de vibrações em rolamentos - Exemplos de análise do envelope
 
I Conceitos de análise de vibrações em rolamentos
I Conceitos de análise de vibrações em rolamentosI Conceitos de análise de vibrações em rolamentos
I Conceitos de análise de vibrações em rolamentos
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IV
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IVAnalisador de vibrações - modo de funcionamento IV
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IV
 
Análise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos Gerais
Análise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos GeraisAnálise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos Gerais
Análise de vibrações em engrenagens 1 - Conceitos Gerais
 
01 Diagnóstico de Motores Eléctricos Controlo de Condição - uma perspetiva
01 Diagnóstico de Motores Eléctricos  Controlo de Condição  - uma perspetiva01 Diagnóstico de Motores Eléctricos  Controlo de Condição  - uma perspetiva
01 Diagnóstico de Motores Eléctricos Controlo de Condição - uma perspetiva
 
Sistemas de monitorização de vibrações wireless casos práticos
Sistemas de monitorização de vibrações wireless   casos práticosSistemas de monitorização de vibrações wireless   casos práticos
Sistemas de monitorização de vibrações wireless casos práticos
 
Atenuadorintervideo
AtenuadorintervideoAtenuadorintervideo
Atenuadorintervideo
 
Controlo de condição em engrenagens - integração de técnicas
Controlo de condição em engrenagens  -  integração de técnicasControlo de condição em engrenagens  -  integração de técnicas
Controlo de condição em engrenagens - integração de técnicas
 

Semelhante a MCM exemplo prático de aplicação - Base solta

Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM CASO...
Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM  CASO...Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM  CASO...
Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM CASO...
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
vdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.ppt
vdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.pptvdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.ppt
vdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.ppt
Geraldo Leao Lana
 
Normalizacao em-testes-eletricos - vitek
Normalizacao em-testes-eletricos - vitekNormalizacao em-testes-eletricos - vitek
Normalizacao em-testes-eletricos - vitek
eavargas2512
 
weg_bc_ualgarve.pdf
weg_bc_ualgarve.pdfweg_bc_ualgarve.pdf
weg_bc_ualgarve.pdf
filipeisep
 
cesar
cesarcesar
cesar
pcbg
 
Hangout servo motor 2016 2810
Hangout  servo motor 2016 2810Hangout  servo motor 2016 2810
Hangout servo motor 2016 2810
Kalatec Automação
 
Inversor
InversorInversor
Inversor
fjcoimbra
 
Dimensionamento de servo motores.pdf
Dimensionamento de servo motores.pdfDimensionamento de servo motores.pdf
Dimensionamento de servo motores.pdf
PatrickFerreira67
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
Teoria Teoria
inversor de frequencia
inversor de frequenciainversor de frequencia
inversor de frequencia
Renato Amorim
 
Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...
Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...
Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...
Reativa Service
 
Manual Inversor FC 300
Manual Inversor FC 300Manual Inversor FC 300
Manual Inversor FC 300
Luizb13775
 
Manual fc300 port
Manual fc300 portManual fc300 port
Newtoncbraga.inversor de frequencia
Newtoncbraga.inversor de frequenciaNewtoncbraga.inversor de frequencia
Newtoncbraga.inversor de frequencia
Gilvan Veloso
 
Artigo inversor freq
Artigo inversor freqArtigo inversor freq
Artigo inversor freq
Ana Paula Lima
 
Apostila soft inversor
Apostila soft inversorApostila soft inversor
Apostila soft inversor
Ivanir Silva
 
Soft starters
Soft startersSoft starters
Soft starters
Angelo Hafner
 
Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02
Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02
Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02
Miguel Eletricista
 
Siemens guia do eletricista (192)
Siemens   guia do eletricista (192)Siemens   guia do eletricista (192)
Siemens guia do eletricista (192)
Marcellus Figueiredo
 

Semelhante a MCM exemplo prático de aplicação - Base solta (20)

Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM CASO...
Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM  CASO...Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM  CASO...
Deteção de avarias no estator de um motor eléctrico pela técnica de MCM CASO...
 
vdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.ppt
vdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.pptvdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.ppt
vdocuments.com.br_inversor-de-frequencia-5584942fc5b72.ppt
 
Normalizacao em-testes-eletricos - vitek
Normalizacao em-testes-eletricos - vitekNormalizacao em-testes-eletricos - vitek
Normalizacao em-testes-eletricos - vitek
 
weg_bc_ualgarve.pdf
weg_bc_ualgarve.pdfweg_bc_ualgarve.pdf
weg_bc_ualgarve.pdf
 
cesar
cesarcesar
cesar
 
Hangout servo motor 2016 2810
Hangout  servo motor 2016 2810Hangout  servo motor 2016 2810
Hangout servo motor 2016 2810
 
Inversor
InversorInversor
Inversor
 
Dimensionamento de servo motores.pdf
Dimensionamento de servo motores.pdfDimensionamento de servo motores.pdf
Dimensionamento de servo motores.pdf
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
 
Teoria
Teoria Teoria
Teoria
 
inversor de frequencia
inversor de frequenciainversor de frequencia
inversor de frequencia
 
Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...
Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...
Reativa Service - Apresentação atualizados dos nossos serviços e alguns clien...
 
Manual Inversor FC 300
Manual Inversor FC 300Manual Inversor FC 300
Manual Inversor FC 300
 
Manual fc300 port
Manual fc300 portManual fc300 port
Manual fc300 port
 
Newtoncbraga.inversor de frequencia
Newtoncbraga.inversor de frequenciaNewtoncbraga.inversor de frequencia
Newtoncbraga.inversor de frequencia
 
Artigo inversor freq
Artigo inversor freqArtigo inversor freq
Artigo inversor freq
 
Apostila soft inversor
Apostila soft inversorApostila soft inversor
Apostila soft inversor
 
Soft starters
Soft startersSoft starters
Soft starters
 
Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02
Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02
Manualdoeletricista 120321090924-phpapp02
 
Siemens guia do eletricista (192)
Siemens   guia do eletricista (192)Siemens   guia do eletricista (192)
Siemens guia do eletricista (192)
 

Mais de DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda

Caso práctico ventilador
Caso práctico ventiladorCaso práctico ventilador
Caso práctico ventilador
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Caso practico bomba
Caso practico bombaCaso practico bomba
Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...
Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...
Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações VIII Função de dois canais no domínio do tempo - or...
Analisador de vibrações VIII   Função de dois canais no domínio do tempo - or...Analisador de vibrações VIII   Função de dois canais no domínio do tempo - or...
Analisador de vibrações VIII Função de dois canais no domínio do tempo - or...
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações 7 - Funções de dois canais no domínio da frequência
Analisador de vibrações 7   - Funções de dois canais no domínio da frequênciaAnalisador de vibrações 7   - Funções de dois canais no domínio da frequência
Analisador de vibrações 7 - Funções de dois canais no domínio da frequência
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento V
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VAnalisador de vibrações - Modo de funcionamento V
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento V
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagens
Analise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagensAnalise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagens
Analise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagens
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento III
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IIIAnalisador de vibrações - modo de funcionamento III
Analisador de vibrações - modo de funcionamento III
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento II
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IIAnalisador de vibrações - modo de funcionamento II
Analisador de vibrações - modo de funcionamento II
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 
Analisador de vibrações I - Modo de funcionamento
Analisador de vibrações I - Modo de funcionamentoAnalisador de vibrações I - Modo de funcionamento
Analisador de vibrações I - Modo de funcionamento
DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda
 

Mais de DMC Engenharia e Sistemas Ibéricos Lda (11)

Caso práctico ventilador
Caso práctico ventiladorCaso práctico ventilador
Caso práctico ventilador
 
Caso practico bomba
Caso practico bombaCaso practico bomba
Caso practico bomba
 
Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...
Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...
Identificação de avarias em rolamentos, a rodar a muito baixa velocidade de r...
 
Analisador de vibrações VIII Função de dois canais no domínio do tempo - or...
Analisador de vibrações VIII   Função de dois canais no domínio do tempo - or...Analisador de vibrações VIII   Função de dois canais no domínio do tempo - or...
Analisador de vibrações VIII Função de dois canais no domínio do tempo - or...
 
Analisador de vibrações 7 - Funções de dois canais no domínio da frequência
Analisador de vibrações 7   - Funções de dois canais no domínio da frequênciaAnalisador de vibrações 7   - Funções de dois canais no domínio da frequência
Analisador de vibrações 7 - Funções de dois canais no domínio da frequência
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
Analisador de vibrações - modo de funcionamento - 0
 
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento V
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento VAnalisador de vibrações - Modo de funcionamento V
Analisador de vibrações - Modo de funcionamento V
 
Analise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagens
Analise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagensAnalise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagens
Analise de vibrações em engrenagens 2 - vibrações em engrenagens
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento III
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IIIAnalisador de vibrações - modo de funcionamento III
Analisador de vibrações - modo de funcionamento III
 
Analisador de vibrações - modo de funcionamento II
Analisador de vibrações - modo de funcionamento IIAnalisador de vibrações - modo de funcionamento II
Analisador de vibrações - modo de funcionamento II
 
Analisador de vibrações I - Modo de funcionamento
Analisador de vibrações I - Modo de funcionamentoAnalisador de vibrações I - Modo de funcionamento
Analisador de vibrações I - Modo de funcionamento
 

MCM exemplo prático de aplicação - Base solta

  • 1. Casos práticos de avaliação de condição de funcionamento pela técnica de comparação com modelo matemático - MCM Base solta
  • 2. PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2020 Para mais informações ver www.dmc.pt
  • 3. Sobre a DMC e a D4VIB equipamentos e serviços de manutenção preditiva Adaptamo-nos às suas necessidades ! Software Hardware Formação Implementação Medições Apoio técnico Relatórios
  • 5. Equilibragem no local Proteção de rolamentos Tecnologias corretivas Alinhamento de veios Calibração de cadeias de monitorização de vibrações
  • 6. O motor elétrico modelado como uma função de transferência – deteção de avarias com base na comparação com modelo u y Sistema
  • 7. O motor elétrico modelado como uma função de transferência – deteção de avarias com base na comparação com modelo Tensão Corrente Tempo (msec) Tempo (msec) Frequência (Hz) Frequência (Hz)
  • 8. Deteção de avarias com base na comparação com modelo Frequência (Hz) Frequência (Hz) Corrente 1 Tensão Σ Corrente 2 Dif + - Frequência (Hz)
  • 9. Deteção de avarias com base na comparação com modelo Frequência (Hz) Frequência (Hz) Corrente 1 Tensão Σ Corrente 2 Dif + - Frequência (Hz)
  • 10. Relação Causa - Efeito Entrada Saída VARIAÇÃO DE TENSÃO Distorção Harmónica Flutuação de Voltagem Desequilíbrio de Voltagens, etc… VARIAÇÃO DE CORRENTE Processo Avarias Tensão Corrente Frequência (Hz) Frequência (Hz)
  • 11. O espetro de Densidade Espetral de Potência (PSD) No espetro de Densidade Espetral de Potência (PSD), medido com o MCM, a escala vertical é um parâmetro estatístico que representa o desvio de uma média de motores similares. A Azul está o espetro medido e são também apresentados os perfis espetrais de Alerta e Alarme, gerados automaticamente pela base de dados do sistema.
  • 12. Avarias com correias e elementos de transmissão manifestam-se em torno de 0,5 x rpm a 0,75x rpm ± frequência de alimentação e múltiplos. Falta de tensão nas correias Tensão de alimentação : 380 V Frequência da rede : 50 Hz RPM do motor: 1493 rpm Compressor acionado por correias. Industrial alimentar Correias e elementos de transmissão
  • 13. O desequilíbrio no motor manifesta-se em torno da frequência de alimentação ± 1 x rpm e múltiplos. Desequilíbrio Tensão de alimentação: 380 V Frequência da rede: 50 Hz RPM do motor: 1493 rpm Equipamento acionado por correias Desequilíbrio
  • 14. Base solta aparece a frequências entre 0.5 a 0.75xrpm Base solta Tensão de alimentação: 6300V Frequência da rede: 50 Hz RPM do motor: 990 rpm LNG / Bomba de agua quente Base solta
  • 15. Foram testados dois motores de ventilador com o AMT. Num dos motores foi detetada uma base solta devido à montagem incorreta. Caso prático Indústria: Semi condutores Equipamento: Unidade de tratamento de ar Avaria: Base solta Características nominais: 199V- 44.4A
  • 16. A base solta, como mostrado acima no espetro de PSD, também foi confirmada pela equipe de manutenção. Base solta Caso prático Indústria: Semi condutores Equipamento: Unidade de tratamento de ar Avaria: Base solta Características nominais: 199V- 44.4A
  • 17. Aqui pode ver uma apresentação sobre a técnica do MCM •https://www.youtube.com/watch?v=oUpkhd25rV0
  • 18. Sistemas protetivos e preditivos Ex Meggitt Vibro-Meter® Transmissores de vibrações Monitorização permanente de vibrações Sistemas wireless Análise da assinatura de motores elétricos pela técnica do MCM Sistemas de monitorização permanente
  • 19. • Vibrometros • Analisadores de vibrações • Coletores de dados • Medidores de ultrassons • Sensores de vibrações Equipamentos portáteis