SlideShare uma empresa Scribd logo
CG125 TITAN KS_ES_KSE_CA no.fh8 17.03.2003 13:42 Page 1
Composite
C M Y CM MY CY CMY K
00X6B-KGA-603 Moto Honda da Amazônia Ltda.
MANUAL DE SERVIÇOS
CG125 TITAN KS • ES • KSE
CG125 CARGO
SUPLEMENTO
SUPLEMENTO CG125(3)
INTRODUÇÃO
Este suplemento descreve os procedimentos de serviço
para a motocicleta CG125(3).
Verifique no manual de serviços base os procedimentos
de serviços não incluídos neste suplemento.
Data da edição: Janeiro, 2003
©Honda Motor Co., Ltd.
MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA.
Departamento de Serviços Pós-Venda
Setor de Publicações Técnicas
TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES,
INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS NESTA
PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES
MAIS RECENTES DISPONÍVEIS NA OCASIÃO DA
APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO DO MANUAL. A MOTO
HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. SE RESERVA O
DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DA
MOTOCICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEM
PRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM
OBRIGAÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA
PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER
REPRODUZIDA SEM PERMISSÃO POR ESCRITO. ESTE
MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUE
TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A
MANUTENÇÃO DAS MOTOCICLETAS, SCOOTERS E
ATVS HONDA.
ÍNDICE
IDENTIFICAÇÃO DO MODELO .......................... 23-1
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ........................... 23-2
VALORES DE TORQUE .................................... 23-10
FERRAMENTAS ESPECIAIS .............................. 23-12
PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO ......... 23-13
PASSAGEM DE CABOS E FIAÇÃO .................... 23-15
SISTEMAS DE CONTROLE DE EMISSÕES
(apenas tipo BR)............................................. 23-29
ETIQUETA DE INFORMAÇÕES SOBRE O
CONTROLE DE EMISÕES (apenas tipo BR) ........ 23-30
PLANO DE MANUTENÇÃO .............................. 23-31
ÓLEO DO MOTOR........................................... 23-33
MARCHA-LENTA DO MOTOR ........................... 23-33
SISTEMA DE ESCAPAMENTO (apenas tipo BR) .. 23-34
DIAGRAMA DO SISTEMA DE COMBUSTÍVEL .... 23-35
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO ............................ 23-36
CARBURADOR ............................................... 23-38
AJUSTE DO PARAFUSO DA MISTURA.............. 23-45
REMOÇÃO DO MOTOR ................................... 23-47
GUIDÃO ........................................................ 23-48
BATERIA/DIAGRAMA DO SISTEMA DE CARGA.. 23-49
BATERIA........................................................ 23-50
DIAGRAMA DO SISTEMA DE IGNIÇÃO ............. 23-51
INSPEÇÃO DO SISTEMA DE IGNIÇÃO ............... 23-52
BOBINA DE IGNIÇÃO ...................................... 23-52
MÓDULO DE CONTROLE DA IGNIÇÃO (ICM) ..... 23-53
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO............................. 23-53
INTERRUPTORES DO GUIDÃO
(apenas tipo AG) ............................................ 23-53
DIAGRAMA ELÉTRICO .................................... 23-54
NOTAS IMPORTANTES DE SEGURANÇA
Indica grande possibilidade de graves ferimentos pessoais ou perigo de vida se as instruções não forem
seguidas.
ATENÇÃO: Indica a possibilidade de danos ao equipamento se as instruções não forem seguidas.
NOTA: Apresenta informações úteis.
As descrições detalhadas dos procedimentos padrão de oficina, princípios de segurança e operações de serviço não
estão incluídas. É importante observar que este manual contém algumas advertências e precauções sobre alguns
métodos específicos de serviço que podem causar FERIMENTOS PESSOAIS e danos ao veículo, ou ainda torná-lo
inseguro. Tenha em mente que estas advertências podem não englobar todas as maneiras possíveis que um serviço,
recomendado ou não pela Honda, possa ser realizado ou de suas possíveis conseqüências de risco. Qualquer pessoa
que siga os procedimentos de serviço ou utilize as ferramentas, recomendadas ou não pela Honda, deve compreender
que sua segurança pessoal ou a segurança do veículo não serão postas em risco pelos métodos de serviço ou
ferramentas selecionadas.
CUIDADO
CÓDIGO
• Neste Manual, as abreviaturas a seguir são utilizadas para a identificação do modelo.
CÓDIGO LOCAL
BR Brasil
LA América Latina
AG Argentina
SUPLEMENTO CG125(3)
23-1
IDENTIFICAÇÃO DO MODELO
O número de série do chassi está gravado no lado direito
da coluna de direção.
O número de série do motor está gravado no lado esquerdo
inferior do motor.
O número de identificação do carburador está gravado no
lado direito do carburador.
NÚMERO DE SÉRIE DO CHASSI NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR
NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO CARBURADOR
23-2
SUPLEMENTO CG125(3)
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
GERAL
ITEM ESPECIFICAÇÃO
Dimensões Comprimento total CG125 KS,ES,KSE 1,982 mm
CG125CA 2,030 mm
Largura total CG125KS, CA, KSE 736 mm
CG125ES 744 mm
Altura total CG125KS, CA, KSE 1,059 mm
CG125ES 1,067 mm
Distância entre eixos 1,297 mm
Altura do assento CG125KS, ES, KSE 781 mm
CG125CA 783 mm
Altura do pedal de apoio 298 mm
Distância mínima do solo 173 mm
Peso seco CG125ES 114 kg
CG125KS, CA 110 kg
CG125KSE 112 kg
Peso em ordem de marcha CG125ES 125 kg
CG125KS, CA 120 kg
CG125KSE 123 kg
Chassi Tipo Diamond
Suspensão dianteira Garfo telescópico
Suspensão dianteira, curso 103 mm
Suspensão traseira Braço oscilante
Suspensão traseira, curso 82 mm
Amortecedor traseiro Duplo
Medida do pneu dianteiro 2,75-18 42P
Medida do pneu traseiro 90/90-18 57P
Marca dos pneus Dianteiro/Traseiro: PIRELLI
Freio dianteiro CG125 ES Disco hidráulico simples
CG125KS, CA, KSE Sapata de expansão interna
Freio traseiro Sapata de expansão interna
Ângulo do Cáster 26°30'
Comprimento do Trail 89 mm
Capacidade do tanque de combustível 13,5 l
Capacidade da reserva de combustível 2,0 l
Motor Tipo 4 tempos, OHV
Diâmetro e curso 56,5 x 49,5 mm
Cilindrada 124, 1 cm3
Relação de compressão 9,5 : 1
Comando de válvulas OHV
Válvula de admissão Abre a 1 mm 11° APMS
Fecha a 1 mm 29° DPMI
Válvula de escape Abre a 1 mm 41° APMI
Fecha a 1 mm -1° DPMS
Sistema de lubrificação Forçada por bomba de óleo
e cárter úmido
Tipo de bomba de óleo Trocoidal
Sistema de arrefecimento Arrefecido a ar
Sistema de filtragem de ar Filtro de papel
Tipo de árvore de manivelas Tipo montada
SUPLEMENTO CG125(3)
23-3
GERAL (Continuação)
ITEM ESPECIFICAÇÃO
Peso seco do motor CG125ES, KSE 29,6 kg
CG125KS, CA 26,8 kg
Disposição do cilindro Monocilíndrico, inclinado 15°
em relação à vertical
Carburador Tipo Válvula de pistão
Diâmetro do venturi 22 mm
Transmissão Embreagem Multidisco em banho de óleo
Sistema de acionamento da embreagem Por cabo
Transmissão 5 velocidades constantemente
engrenadas
Redução primária 3,333 (60/18D)
Redução final 3,142 (44/14D)
Relação de transmissão 1ª 2,769 (36/13D)
2ª 1,882 (32/17D)
3ª 1,400 (28/20D)
4ª 1,130 (26/23D)
5ª 0,960 (24/25D)
Sistema de mudança de marchas Operado pelo pé esquerdo
1-N-2-3-4-5
Sistema Sistema de ignição (CDI) Ignição por
Elétrico descarga capacitiva
Sistema de partida CG125ES, KSE Motor de partida elétrico com pedal
CG125KS, CA Pedal de partida
Sistema de carga Alternador monofásico
Regulador/retificador Semi-condutor em curto/monofásico,
retificação por meia onda
Sistema de iluminação Alternador
23-4
SUPLEMENTO CG125(3)
Número de identificação do carburador PDC3S
Giclê principal #95
Giclê de marcha lenta #38 x #38
Posição da presilha da agulha 3ª ranhura a partir do topo
Abertura inicial do parafuso de mistura 2-1/4 voltas para fora
Nível da bóia 14 mm
Marcha lenta 1.400 ± 100 rpm
Folga livre da manopla do acelerador 2 - 6 mm
ITEM PADRÃO
SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO
Capacidade de Na drenagem 0,9 l –
óleo do motor Na desmontagem 1,1 l –
Óleo para motor recomendado MOBIL SUPERMOTO 4T
Classificação de serviço
API: SF –
Viscosidade: SAE 20W-50
Rotor da bomba Folga entre os rotores interno e externo 0,15 0,20
de óleo
Folga entre o rotor externo e a carcaça da bomba 0,30 - 0,36 0,40
Folga entre os rotores e a face da carcaça da bomba 0,15 - 0,20 0,25
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO Unidade: mm
Compressão do cilindro 1.294 kPa (13,2 kgf/cm2
,
187,7 psi) a 450 rpm -
Empenamento do cabeçote - 0,05
Válvula, guia Folga da válvula ADM 0,08 ± 0,02 -
da válvula ESC 0,08 ± 0,02 -
Diâmetro externo da haste da válvula ADM 4,975 - 4,990 4,92
ESC 4,955 - 4,970 4,90
Diâmetro interno da guia da válvula ADM/ESC 5,000 - 5,012 5,02
Folga entre a haste da válvula e guia ADM 0,010 - 0,037 0,12
ESC 0,030 - 0,057 0,14
Largura da sede da válvula ADM/ESC 1,2 - 1,5 2,0
Comprimento livre das molas das válvulas 38,94 36,4
Comprimento da haste de acionamento 141,15 - 141,45 141,0
Balancim D.E. do eixo do balancim 11,977 - 11,995 11,75
D.I. do balancim 12,000 - 12,018 12,05
D.I. do suporte dos balancins 12,000 - 12,027 12,05
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
CABEÇOTE/VÁLVULAS Unidade: mm
SUPLEMENTO CG125(3)
23-5
CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE COMANDO Unidade: mm
Árvore de Altura do ressalto 32,768 - 32,928 32,63
comando D.I. da árvore de comando 14,060 - 14,078 14,123
D.E. do eixo da engrenagem de comando 14,033 - 14,044 14,017
Folga entre o eixo da engrenagem e a 0,016 - 0,045 0,106
árvore de comando
D.I. do braço oscilante 12,000 - 12,018 12,03
D.E. do eixo dos braços oscilantes 11,976 - 11,994 11,96
Folga entre o eixo e o braço oscilante 0,006 - 0,042 0,07
Cilindro D.I. 56,500 - 56,510 56,60
Conicidade - 0,10
Ovalização - 0,10
Empenamento no topo - 0,10
Pistão, anéis Direção da marca do pistão Marca “IN” voltada para o lado -
do pistão de admissão
D.E. do pistão 56,470 - 56,490 56,40
Ponto de medição do D.E. do pistão 10 mm da base da saia -
D.I. da cavidade do pino do pistão 13,002 - 13,008 13,04
D.E. do pino do pistão 12,994 - 13,000 12,96
Folga entre o pistão e o pino 0,002 - 0,014 0,020
Folga entre o anel e a canaleta 1º anel 0,015 - 0,045 0,09
2º anel 0,015 - 0,045 0,09
Folga entre as extremidades dos 1º anel 0,05 - 0,20 0,5
anéis do pistão 2º anel 0,05 - 0,20 0,5
Anel de óleo 0,20 - 0,90 -
(anel lateral)
Folga entre o cilindro e o pistão 0,010 - 0,040 0,10
Diâmetro interno da cabeça da biela 13,010 - 13,028 13,06
Folga entre a biela e o pino do pistão 0,010 - 0,034 0,10
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS Unidade: mm
Embreagem Folga livre da alavanca 10 - 20 -
Espessura do disco 2,92 - 3,08 2,6
Empenamento do separador - 0,20
Comprimento livre da mola 35,50 34,20
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
23-6
SUPLEMENTO CG125(3)
ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/CONJUNTO DE PARTIDA Unidade: mm
Árvore de Folga lateral da biela 0,05 - 0,30 0,5
manivelas Folga radial da biela 0 - 0,011 0,05
Empenamento - 0,1
Transmissão Diâmetro interno da engrenagem M3 20,020 - 20,041 20,07
M5 20,020 - 20,041 20,07
C1 19,520 - 19,541 19,57
C2 23,020 - 23,041 23,07
C4 20,020 - 20,041 20,07
Diâmetro externo da bucha C1 19,479 - 19,500 19,43
C2 22,979 - 23,000 22,93
Diâmetro interno da bucha C1 16,516 - 16,534 16,60
C2 20,000 - 20,021 20,09
Folga entre a engrenagem e a bucha C1 0,020 - 0,062 0,10
C2 0,020 - 0,062 0,10
Diâmetro externo da árvore primária M3 19,959 - 19,980 19,91
Diâmetro externo da árvore secundária C1 16,466 - 16,484 16,41
C2 19,974 - 19,987 19,91
C4 19,974 - 19,987 19,91
Folga entre a árvore e a engrenagem M3 0,040 - 0,082 0,10
C4 0,033 - 0,067 0,10
Folga entre a árvore e a bucha C1 0,032 - 0,088 0,10
C2 0,013 - 0,047 0,06
Garfo seletor Diâmetro interno do garfo seletor 12,000 - 12,018 12,05
Espessura das garras do garfo seletor 4,93 - 5,00 4,50
Diâmetro externo do eixo dos garfos seletores 11,976 - 11,994 11,96
Conjunto de Diâmetro interno da engrenagem 20,000 - 20,021 20,05
partida Diâmetro externo do eixo de partida 19,959 - 19,980 19,90
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO Unidade: mm
Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu - Até o indicador
Pressão do Somente piloto 175 kPa (1,75 kgf/cm2
, 25 psi) -
pneu “frio” Piloto e passageiro 175 kPa (1,75 kgf/cm2
, 25 psi) -
Empenamento do eixo - 0,20
Excentricidade Radial - 2,0
da roda Axial - 2,0
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-7
Fluido de freio especificado DOT3 ou DOT4 -
Indicador de desgaste da pastilha do freio - Até a ranhura
Espessura do disco do freio 4,0 3,5
Empenamento do disco do freio - 0,30
D.I. do cilindro mestre 11,000 - 11,043 11,055
D.E. do pistão do cilindro mestre 10,957 - 10,984 10,945
D.I. do cilindro do cáliper 30,23 - 30,28 30,29
D.E. do pistão do cáliper 30,148 - 30,198 30,14
FREIO HIDRÁULICO (COM FREIO A DISCO) Unidade: mm
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO Unidade: mm
Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu - Até o indicador
Pressão do Somente piloto 200 kPa (2,00 kg/cm2
, 29 psi) -
pneu “frio” Piloto e passageiro 225 kPa (2,25 kg/cm2
, 33 psi) -
Empenamento do eixo - 0,20
Excentricidade Radial - 2,0
da roda Axial - 2,0
Distância entre o cubo da roda e o aro Página 13-6 -
Corrente de Tamanho/elos 428 - 116 -
transmissão Folga 10 - 20 -
Freio Folga livre do pedal do freio 20 - 30 -
D.I. do tambor de freio 130,0 131,0
Espessura da lona de freio - Até o indicador
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
Distância entre o cubo da roda e o aro Página 12-3 -
Garfo Comprimento livre da mola 462 453
Direção da mola Com a extremidade cônica virada -
para baixo
Empenamento do cilindro interno - 0,20
Fluido recomendado Fluido para suspensão -
Nível de óleo 164 -
Capacidade de fluido 75,5 cm3
-
Freio (com Folga livre da alavanca 10 - 20 -
freio a tambor) D.I. do tambor do freio 130,0 131,0
Espessura da lona - Até o indicador
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
23-8
SUPLEMENTO CG125(3)
SISTEMA DE IGNIÇÃO
Comprimento da escova do motor de partida 7,0 3,5
PARTIDA ELÉTRICA (COM PARTIDA ELÉTRICA) Unidade: mm
ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
BATERIA/SISTEMA DE CARGA Unidade: mm
Bateria Capacidade CG125ES, KSE 12 V - 4,0 Ah
CG125KS, CA 12 V - 3 Ah
Fuga de corrente 0,01 mA máx.
Voltagem (20°C/68°F) Totalmente carregada Acima de 12,8 V
Necessita de carga Abaixo de 12,3 V
Corrente de carga Normal Rápida
CG125ES, KSE 0,4 A/5 - 10 h 4,0 A/0,5 h
CG125KS, CA 0,3 A/5 - 10 h 3,0 A/0,5 h
Alternador Capacidade 0,088 kW/5.000 rpm
Resistência da bobina de carga (20°C/68°F) 0,3 - 1,1 9
Resistência da bobina de iluminação (20°C/68°F) 0,2 - 1,0 9
ITEM ESPECIFICAÇÃO
Vela de ignição NGK DENSO
Padrão DPR8EA-9 X24EPR-U9
Velocidade alta DPR9EA-9 X27EPR-U9
Folga da vela de ignição 0,8 - 0,9 mm
Pico de voltagem da bobina de ignição 100 V mínimo
Pico de voltagem do gerador de pulsos da ignição 0,7 V mínimo
Marca “F” do ponto de ignição 15° APMS a 1.500 rpm
Avanço total 38° APMS a 9.200 rpm
ITEM ESPECIFICAÇÃO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-9
Lâmpadas Farol (alto/baixo) 12 V - 35 W/35 W
Lanterna traseira/luz de freio 12 V - 5 W/21 W
Sinaleira dianteira 12 V - 16 W x 2
Sinaleira traseira 12 V - 16 W x 2
Luz do painel de instrumentos 12 V - 2 W x 2
Indicador da sinaleira 12 V - 3 W
Indicador de farol alto 12 V - 3 W
Indicador de ponto morto 12 V - 3 W
Fusível CG125ES, KSE 15 A
CG125KS, CA 10 A
ITEM ESPECIFICAÇÃO
LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES
23-10
SUPLEMENTO CG125(3)
• As especificações de torque listadas abaixo são para os pontos de aperto mais importantes.
• Se alguma especificação não estiver listada, siga os valores de torque padrão indicados acima.
NOTAS: 1. Aplique trava química nas roscas.
2. Aplique óleo nas roscas e superfícies de assentamento.
3. Porca U
4. Parafuso ALOC: substitua por um novo.
VALORES DE TORQUE
TORQUE
N.m (kg.m)
Parafuso sextavado e porca 5 mm 5 (0,5) Parafuso 5 mm 4 (0,4)
Parafuso sextavado e porca 6 mm 10 (1,0) Parafuso 6 mm 9 (0,9)
Parafuso sextavado e porca 8 mm 22 (2,2) Parafuso flange e porca 6 mm 12 (1,2)
Parafuso sextavado e porca 10 mm 34 (3,5) Parafuso flange e porca 8 mm 26 (2,7)
Parafuso sextavado e porca 12 mm 54 (5,5) Parafuso flange e porca 10 mm 39 (4,0)
TIPO DE FIXADOR
TORQUE
N.m (kg.m)
TIPO DE FIXADOR
DIÂMETRO DA
ROSCA (mm)
MANUTENÇÃO:
Copo do filtro de combustível 1 - 3 (0,3)
Tampa do orifício de sincronismo 1 14 10 (1,0)
Tampa do orifício da árvore de manivelas 1 30 15 (1,5)
Bujão da tela do filtro de óleo 1 36 15 (1,5)
Contraporca de ajuste da válvula 2 6 14 (1,4) NOTA 2
Parafuso da tampa do rotor do filtro de óleo 3 5 5 (0,5)
Vela de ignição 1 12 18 (1,8)
SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO:
Parafuso da tampa da bomba de óleo 2 4 3 (0,3)
Parafuso de fixação da bomba de óleo 2 6 10 (1,0)
CABEÇOTE/VÁLVULAS:
Porca do cabeçote 4 8 32 (3,3) NOTA 2
Parafuso do cabeçote 1 8 20 (2,0)
EMBREAGEM/SISTEMA DE MUDANÇA DE MARCHAS:
Parafuso da placa de acionamento da embreagem 4 6 12 (1,2)
Parafuso Allen do gerador de pulsos da ignição 2 5 5 (0,5) NOTA 1
Parafuso do posicionador de marchas do tambor seletor 1 6 12 (1,2)
Contraporca do rotor do filtro de óleo 1 16 54 (5,5) NOTA 2
ALTERNADOR:
Parafuso torx da embreagem unidirecional de partida 6 6 16 (1,6) NOTA 1
Parafuso-trava do volante do motor 1 10 74 (7,5) NOTA 2
ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/
PEDAL DE PARTIDA:
Parafuso do suporte do pino de empuxo 1 6 13 (1,3)
ITEM
TORQUE
N.m (kg.m)
OBSERVAÇÕES
MOTOR
QTDE.
SUPLEMENTO CG125(3)
23-11
DIÂMETRO DA
ROSCA (mm)
FIXAÇÃO DO MOTOR:
Parafuso/porca de fixação do motor Dianteiro: 4 8 32 (3,3)
Traseiro: 2 8 45 (4,6)
RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO:
Porca da coluna de direção 1 24 Consulte a
página 12-25, 26
Porca de ajuste da coluna de direção 1 26 Consulte a
página 12-26
Parafuso da mesa superior 2 8 27 (2,8)
Parafuso/porca do braço do freio dianteiro
(COM FREIO A TAMBOR) 1 6 10 (1,0, 7)
Parafuso da mesa inferior 2 8 32 (3,3)
Parafuso do suporte do guidão 4 6 12 (1,2)
Porca do eixo dianteiro 1 12 62 (6,3) NOTA 3
Raios 36 BC 3,5 3,7 (0,38)
Parafuso superior do garfo 2 20 44 (4,5)
Parafuso Allen do garfo 2 8 20 (2,0) NOTA 1
Porca do disco de freio dianteiro (COM FREIO A DISCO) 5 6 15 (1,5) NOTA 3
RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO:
Porca do eixo traseiro 1 14 88 (9,0) NOTA 3
Raios 36 BC 3,5 3,7 (0,38)
Parafuso do deslizador da corrente 2 5 6 (0,6)
Parafuso/porca do braço do freio traseiro 1 6 10 (1,0)
Parafuso do braço limitador do freio Dianteiro: 1 8 22 (2,2)
Traseiro: 1 8 22 (2,2)
Porca de fixação do amortecedor Superior: 2 10 34 (3,5)
Inferior: 2 10 34 (3,5)
Porca da articulação do braço oscilante 1 14 88 (9,0) NOTA 3
FREIO HIDRÁULICO (COM FREIO A DISCO):
Parafuso de fixação do cáliper do freio dianteiro 2 8 26 (2,7) NOTA 4
Parafuso do interruptor da luz do freio dianteiro 1 4 1,2 (0,12)
Parafuso da tampa do cilindro mestre 2 4 1,5 (0,15)
Parafuso/porca de articulação da alavanca do freio 1 6 5,9 (0,60)
Parafuso da mangueira do freio 1 10 34 (3,5)
Válvula de sangria 1 8 5,4 (0,55)
Pino das pastilhas de freio 2 8 17 (1,7)
CHASSI:
Parafuso de fixação do pedal de câmbio 1 6 12 (1,2)
Parafuso de fixação do pedal de partida 1 8 27 (2,8)
Parafuso de fixação do pedal de apoio 4 8 27 (2,8)
Porca do cavalete lateral 1 10 45 (4,6) NOTA 3
ITEM
TORQUE
N.m (kg.m)
OBSERVAÇÕES
CHASSI
QTDE.
23-12
SUPLEMENTO CG125(3)
NOTAS: 1. Modelo equivalente disponível comercialmente
2. Ferramenta alternativa
FERRAMENTAS
NÚMERO DA
FERRAMENTA
Medidor de nível da bóia 07401 - 0010000 5
Chave de raio, 5,8 x 6,1 mm 07701 - 0020300 3, 12, 13
Chave de ajuste da válvula 07908 - 0030400 3
Chave para porca-trava, 20 x 24 mm 07716 - 0020100 9
Barra de extensão 07716 - 0020500 9
Fixador da engrenagem 07724 - 0010200 9
Fixador do estator 07725 - 0040000 10
Acessório, 28 x 30 mm 07746 - 0010800 11
Acessório, 32 x 35 mm 07746 - 0010100 11
Acessório, 37 x 40 mm 07746 - 0010200 12
Acessório, 42 x 47 mm 07746 - 0010300 11, 12, 13
Acessório, 52 x 55 mm 07746 - 0010400 11
Acessório, 72 x 75 mm 07746 - 0010600 11
Guia, 12 mm 07746 - 0040200 12
Guia, 15mm 07746 - 0040300 11,13
Guia, 20 mm 07746 - 0040500 11
Guia, 28 mm 07746 - 0041100 11
Guia, 30 mm 07746 - 0040700 11
Eixo do extrator de rolamento 07746 - 0050100 12, 13
Cabeçote do extrator de rolamento, 12 mm 07746 - 0050300 12
Cabeçote do extrator de rolamento, 15 mm 07746 - 0050400 13
Instalador do retentor de óleo do garfo 07747 - 0010100 12
Acessório instalador do retentor de óleo do garfo 07747 - 0010300 12
Compressor da mola da válvula 07757 - 0010000 7
Fresa da sede da válvula NOTA 1 7
Fresa da sede, 33 mm (45° ESC) 07780 - 0010800
Fresa da sede, 24,5 mm (45° ADM) 07780 - 0010100
Fresa plana, 25 mm (32° ESC) 07780 - 0012000
Fresa plana, 33 mm (32° ADM) 07780 - 0012900
Fresa interna, 30 mm (60° ADM/ESC) 07780 - 0014000
Suporte para fresa, 5,0 mm 07781 - 0010400
Instalador de rolamento 07749 - 0010000 11 ,12, 13
Chave soquete da coluna de direção 07916 - 3710101 12
Instalador do rolamento da coluna de direção 07946 - MB0000 12
Extrator do volante do motor 07733 - 0020001 10
Extrator de rolamento, 15 mm 07936 - KC10500 11
Contrapeso do extrator 07741 - 0010201 11
Extrator/lnstalador da guia da válvula 07942 - MA60000 7
Alargador da guia da válvula 07984 - MA60001 7
Adaptador de pico de voltagem 07HGJ - 0020100 NOTA 2:
(Testador Imrie
modelo 625) 16
Extrator de pista 07GMD - KS40100 12
Extrator do retentor de óleo 07748 - 0010001 12
DESCRIÇÃO
APLICAÇÃO
CAPÍTULO
OBSERVAÇÕES
SUPLEMENTO CG125(3)
23-13
PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO
Regiões deslizantes Óleo de motor
Parede interna do cilindro
Superfície de assentamento e roscas da porca do cabeçote
Saia e anéis do pistão
Rolamento da extremidade da árvore de manivelas
Roscas do parafuso do volante do motor e superfície de assentamento
Superfície de assentamento e roscas da contraporca do rotor do
filtro de óleo
Rotores da bomba de óleo
Superfície de assentamento e roscas da porca de ajuste da válvula
Superfície do eixo dos balancins
Superfície do eixo da engrenagem redutora
Superfície do eixo da engrenagem intermediária de partida
Superfície dos roletes da embreagem unidirecional de partida
Superfície deslizante da engrenagem de partida na árvore de manivelas
Extremidades das hastes de empuxo
Superfície do disco da embreagem
Cada lábio do vedador de óleo e anéis em “O”
Todos os rolamentos de esferas e rolamentos de agulhas
Superfície completa da engrenagem primária de acionamento
Superfície completa da haste de acionamento da embreagem
Superfície interna do filtro de óleo
Superfície completa do eixo da engrenagem de excêntrica
Área de inserção do interruptor de ponto-morto do alojamento
Área do pino de empuxo da árvore de comando Óleo à base de bissulfeto
Superfície do pino do pistão de molibdênio (Mistura
Ressaltos do comando, mancais e superfície das engrenagens de 1/2 de óleo de motor
Área do eixo dos braços oscilantes (D.E. 12 mm) e 1/2 de graxa à base
Superfície externa de todas as hastes das válvulas de bissulfeto de
Dentes das engrenagens e buchas da transmissão molibdênio)
Superfície interna e engrenagem de partida
Superfície interna e engrenagem intermediária de partida
Superfície interna e engrenagem do pedal de partida
Roscas do parafuso Allen do gerador de pulsos de ignição Trava química
Borracha da fiação do alternador
Parafuso torx da embreagem unidirecional de partida
LOCALIZAÇÃO MATERIAL
MOTOR
OBSERVAÇÕES
23-14
SUPLEMENTO CG125(3)
Pista de esferas e pista cônica da coluna de direção Graxa Alvania
Lábios do retentor de pó do rolamento da roda Graxa de uso geral
Lábios do retentor de pó do espelho de freio dianteiro
Eixo do pino de ancoragem da sapata de freio
Superfície de contato do came do freio
Eixo do came do freio
Dentes da engrenagem do velocímetro
Superfície interna da engrenagem do velocímetro
Eixo do pinhão do velocímetro
Retentor de pó e buchas de articulação do braço oscilante
Articulação da alavanca do freio/embreagem
Superfície deslizante do tubo do acelerador
Articulação do pedal do freio
Articulação do cavalete lateral
Superfície deslizante do pedal de partida
Roscas do parafuso Allen do garfo Trava química
Lábios do vedador de óleo do garfo Fluido para garfo
Vedador de feltro da excêntrica de freio Óleo para motor
Copo dianteiro do cilindro-mestre Fluido de freio
Borracha da manopla esquerda Adesivo Honda A,
ou equivalente
Pino deslizante do cáliper de freio Graxa de silicone
Cabo do acelerador dentro da caixa de junção e borracha
Cabo da embreagem dentro da borracha
Cabo de freio dianteiro dentro da borracha
Alojamento interno do cabo do acelerador Lubrificante para cabos
Alojamento interno do cabo da embreagem
Alojamento interno do cabo do freio dianteiro
Alojamento interno do cabo do velocímetro
LOCALIZAÇÃO MATERIAL
CHASSI
OBSERVAÇÕES
SUPLEMENTO CG125(3)
23-15
PASSAGEM DE CABOS E DA FIAÇÃO
CG125ES:
CABO DA EMBREAGEMFIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DO GUIDÃO DIREITO
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DO GUIDÃO ESQUERDO
CABO DO ACELERERADOR
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA DIREITA
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA ESQUERDA
CABO DO VELOCÍMETRO
MANGUEIRA DO
FREIO DIANTEIRO
23-16
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KS, CA, KSE:
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO GUIDÃO DIREITO
(EXCETO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DE PARTIDA:
SOMENTE CG125KSE)
CABO DO VELOCÍMETRO
CABO DA EMBREAGEM
CABO DO FREIO DIANTEIRO
CABO DO ACELERADOR
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DO GUIDÃO ESQUERDO
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA DIREITA
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA ESQUERDA
SUPLEMENTO CG125(3)
23-17
CG125ES:
FIAÇÃO DA BUZINA
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
ESQUERDO DO GUIDÃO
FIAÇÃO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA ESQUERDA
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DE PARTIDA
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DE IGNIÇÃO
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DIREITO DO GUIDÃO FIAÇÃO PRINCIPAL
23-18
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KS, CA, KS, KSE:
FIAÇÃO DA BUZINA
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DO FREIO DIANTEIRO
FIAÇÃO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
ESQUERDO DO GUIDÃO
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA ESQUERDA
FIAÇÃO DA SINALEIRA
DIANTEIRA DIREITA
FIAÇÃO PRINCIPAL
SUPLEMENTO CG125(3)
23-19
CG125ES:
CABO DO VELOCÍMETRO
MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DIREITO DO GUIDÃO
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
ESQUERDO DO GUIDÃO
CABO DA EMBREAGEM
CABO DO ACELERADOR
FIAÇÃO PRINCIPAL
MANGUEIRA DO
FREIO DIANTEIRO
CABO DA EMBREAGEM
23-20
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KS, CA:
CABO DO FREIO DIANTEIRO
CABO DO FREIO DIANTEIRO
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
ESQUERDO DO GUIDÃO
CABO DA EMBREAGEM
FIAÇÃO PRINCIPAL
CABO DO VELOCÍMETRO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-21
CG125KSE:
CABO DO FREIO DIANTEIRO
CABO DO FREIO DIANTEIRO
FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
ESQUERDO DO GUIDÃO
CABO DA EMBREAGEM
FIAÇÃO PRINCIPAL
CABO DO VELOCÍMETRO
23-22
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125ES:
CABO DA EMBREAGEM
CABO DO ACELERADOR
MANGUEIRA DO
FREIO DIANTEIRO
MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO
FIAÇÃO TERRA
DE PARTIDA
TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR
INTERRUPTOR
DA LUZ DO
FREIO
TRASEIRO
CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-23
CG125KS, CA:
TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR
CABO DA EMBREAGEM
CABO DO ACELERADOR
MÓDULO DE CONTROLE
DE IGNIÇÃO (ICM)
INTERRUPTOR
DA LUZ DO
FREIO
TRASEIRO
CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
23-24
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KSE:
TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR
CABO DA EMBREAGEM
CABO DO ACELERADOR
MÓDULO DE CONTROLE
DE IGNIÇÃO (ICM)
INTERRUPTOR DA
LUZ DO FREIO
TRASEIRO
CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-25
CG125ES, KSE:
CABO DO
ACELERADOR
CABO DA VELA
DE IGNIÇÃO
MÓDULO DE CONTROLE
DE IGNIÇÃO (ICM)FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DA LUZ DO FREIO TRASEIRO
CABO DA
EMBREAGEM
TUBO DE DRENAGEM
DO CARBURADOR
CABO TERRA DE PARTIDA
FIAÇÃO PRINCIPAL
TUBO DE RESPIRO
BATERIA
MANGUEIRA DE RESPIRO
DO CÁRTER DO MOTOR
RELÉ DE PARTIDA
CABO
POSITIVO (+)
DA BATERIA
CABO
NEGATIVO (-)
DA BATERIA
CABO DO MOTOR
DE PARTIDA
RELÉ DO SINALIZADOR
23-26
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KS, CA:
RELÉ DO SINALIZADOR
CABO DO ACELERADOR
MÓDULO DE CONTROLE
DE IGNIÇÃOFIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DA LUZ DO FREIO TRASEIRO
CABO DA EMBREAGEM
TUBO DE DRENAGEM
DO CARBURADOR
FIAÇÃO PRINCIPAL
TUBO DE RESPIRO
BATERIA
CABO
POSITIVO (+)
DA BATERIA
CABO
NEGATIVO (-)
DA BATERIA
MANGUEIRA DE RESPIRO
DO CÁRTER DO MOTOR
CABO DA VELA
DE IGNIÇÃO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-27
CG125ES, KSE:
FIAÇÃO PRINCIPAL
FIAÇÃO DA SINALEIRA
TRASEIRA
BATERIA
CABO DO MOTOR
DE PARTIDA
CABO POSITIVO (+) DA BATERIA
RELÉ DE PARTIDA
REGULADOR/
RETIFICADOR
23-28
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KS, CA:
REGULADOR/
RETIFICADOR
FIAÇÃO PRINCIPAL
FIAÇÃO DA SINALEIRA
TRASEIRA
BATERIA
CABO POSITIVO (+) DA BATERIA
SUPLEMENTO CG125(3)
23-29
SISTEMAS DE CONTROLE DE EMISSÕES (apenas tipo BR)
Este veículo atende as exigências do Programa de Controle de Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares - PROMOT
(Resolução nº 297 de 26/02/2002, do CONAMA - Conselho Nacional do Meio-Ambiente).
EMISSÕES DE POLUENTES
O processo de combustão produz monóxido de carbono, óxido de nitrogênio e hidrocarbonetos, entre outros elementos. O
controle de hidrocarbonetos e de óxido de nitrogênio é muito importante porque, sob determinadas condições, eles reagem
formando fumaça e névoa foto-química quando expostos à luz solar. O monóxido de carbono não reage da mesma forma,
mas também é tóxico.
Moto Honda da Amazônia Ltda. utiliza ajustes pobres de carburador e outros sistemas para reduzir a emissão de monóxido
de carbono e de hidrocarbonetos.
SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÕES DO ESCAPAMENTO
O sistema de controle de emissões do escapamento é composto por um ajuste pobre do carburador e nenhum ajuste
deve ser feito, exceto o ajuste de marcha-lenta, através do parafuso de aceleração. O sistema de controle de emissões de
escapamento está separado do sistema de controle de emissões do cárter do motor.
SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÕES DO CÁRTER DO MOTOR
O motor é equipado com um sistema fechado do cárter do motor, para evitar a descarga de emissões do cárter na atmosfera.
O gás expelido retorna à câmara de combustão através do filtro de ar e do carburador.
CARBURADOR
FILTRO DE AR
MANGUEIRA DE RESPIRO
DO CÁRTER DO MOTOR
Ar Fresco
Gás Expelido
23-30
SUPLEMENTO CG125(3)
SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÃO DE RUÍDOS
É PROIBIDO ADULTERAR O SISTEMA DE CONTROLE DE RUÍDOS: As leis locais proíbem os seguintes atos ou causas a
seguir: (1) Remover ou tornar inoperante, por alguma pessoa, exceto para os propósitos de manutenção, reparação ou
substituição, de qualquer dispositivo ou elemento de projeto incorporado a qualquer veículo, cujo objetivo seja controlar
o nível de ruído antes da venda ou entrega ao último comprador ou enquanto em uso; (2) a utilização do veículo após tal
dispositivo ou elemento de projeto ter sido removido ou se tornado inoperante por alguém.
ENTRE OS ATOS QUE PRESUMIDAMENTE SE CONSTITUEM EM ADULTERAÇÃO PODEM INCLUIR-SE:
1. Remoção ou perfuração do silenciador, defletor, tubos coletores ou qualquer outro componente que conduza os gases
de escapamento.
2. Remoção ou perfuração de alguma peça do sistema de escapamento.
3. Falta de manutenção apropriada.
4. Substituição de peças móveis do veículo ou de peças dos sistemas de escapamento ou de admissão por peças diferentes
daquelas especificadas pelo fabricante.
ETIQUETA DE INFORMAÇÕES SOBRE O
CONTROLE DE EMISSÕES (apenas tipo BR)
A etiqueta de informações para controle de emissões está
fixada no lado esquerdo do chassi. A fim de assegurar que a
motocicleta esteja de acordo com as exigências legais,
verifique se as emissões de CO e de HC estão dentro dos
níveis recomendados para a marcha-lenta (Resolução nº 297/
02, artigo 16, do CONAMA) (Veja a página 23/34).
ETIQUETA DE INFORMAÇÕES SOBRE O CONTROLE DE
EMISSÕES
SUPLEMENTO CG125(3)
23-31
TABELA DE MANUTENÇÃO
Item Operações
Período
1.000 km 3.000 km 6.000 km a cada... km
Óleo do motor Trocar (obs.1) 1.500
Filtro de tela de óleo Limpar 1.500
Filtro centrífugo Limpar 6.000
Filtro de ar Limpar (obs. 2) 3.000
Trocar 12.000
Vela de ignição Limpar, ajustar ou trocar 3.000
Folga das válvulas Verificar e ajustar 3.000
Carburador Regular a marcha lenta 3.000
Limpar 6.000
Funcionamento do afogador Verificar e ajustar 3.000
Funcionamento do acelerador Verificar e ajustar 3.000
Tanque/tubulações Verificar 6.000
Registro/filtro de combustível Limpar 6.000
Cabo da embreagem Verificar, ajustar e lubrificar 6.000
Facho do farol Ajustar 3.000
Sistema de escapamento Verificar 3.000
Fluido do freio dianteiro Verificar o nível 3.000
(CG125 TITAN ES) Trocar (obs. 3) 18.000
Desgaste da pastilha do freio
Verificar 3.000
(CG125 TITAN ES)
Tambor do freio Limpar 3.000
Cabo do freio dianteiro Verificar, ajustar e lubrificar 3.000
Freios dianteiro/traseiro Verificar e ajustar 3.000
Sapatas dos freios Verificar o desgaste 3.000
Interruptor da luz do freio Ajustar 3.000
Pneus Verificar e calibrar 1.000
Aros e raios das rodas Verificar e ajustar 3.000
Corrente de transmissão Verificar, ajustar e lubrificar 1.000
Suspensões dianteira e traseira Verificar 6.000
Óleo da suspensão dianteira Trocar 9.000
Interruptores/instrumentos Verificar o funcionamento 3.000
Rolamentos da coluna de direção Verificar, ajustar e lubrificar 3.000
Sistema de iluminação/sinalização Verificar o funcionamento 3.000
Parafusos, porcas e fixações Verificar e reapertar 3.000
Cavalete lateral Verificar 3.000
Obs: 1. Verifique diariamente o nível de óleo e complete, se necessário.
As três primeiras trocas de óleo devem ser efetuadas a cada 1.000 km e as demais em intervalos de 1.500 km.
2. Efetue o serviço com mais freqüência, quando utilizar a motocicleta sob condições de muita poeira e umidade.
3. Substitua a cada 18.000 km ou a cada 2 anos de uso, o que ocorrer primeiro.
23-32
SUPLEMENTO CG125(3)
NOTAS
SUPLEMENTO CG125(3)
23-33
CUIDADO
MARCHA-LENTA DO MOTOR
Caso o motor deva ficar em funcionamento para que algum
serviço seja efetuado, certifique-se de que o local esteja bem
ventilado. Nunca deixe o motor funcionar em local fechado.
Os gases de escapamento contém gás venenoso (monóxido
de carbono), que pode causar perda de consciência e morte.
Acione o motor em um local aberto ou caso seja um local
fechado, que disponha de um sistema de exaustão de gases.
NOTA:
• Inspecione e ajuste a marcha-lenta após efetuar todos os
demais itens de manutenção do motor que estejam dentro
das especificações.
• O motor deve estar quente para que seja efetuada uma
inspeção e ajuste precisos da marcha-lenta.
Aqueça o motor por aproximadamente dez minutos.
Conecte um tacômetro.
Gire o parafuso de aceleração, conforme requerido, para obter
a marcha-lenta especificada.
MARCHA-LENTA: 1.400 ± 100 rpm
Remova o tacômetro.
ÓLEO DO MOTOR
INSPEÇÃO DO NÍVEL DE ÓLEO
Inspecione a abasteça com óleo recomendado até atingir a
marca superior.
NOTA:
Outras viscosidades mostradas na tabela podem ser utilizadas
quando a temperatura média na área em que o veículo é
utilizado estiver dentro da faixa indicada.
ÓLEO RECOMENDADO PARA MOTOR:
MOBIL SUPER MOTO 4T
Classificação de serviço: API-SF
Viscosidade: SAE 20W-50
PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
23-34
SUPLEMENTO CG125(3)
SISTEMA DE ESCAPAMENTO (apenas tipo BR)
MEDIÇÃO DA EMISSÃO DOS GASES DE
ESCAPAMENTO EM MARCHA-LENTA
Verifique os seguintes itens antes da inspeção:
– Condição das velas de ignição
– Condição do elemento do filtro de ar
– Sistema de controle de emissões do cárter do motor
– Ponto de ignição
1. Coloque a motocicleta no seu cavalete central (ou lateral)
2. Conecte um tubo ou mangueira apropriado (resistente ao
calor e a produtos químicos) no silenciador, de maneira
que a ponta de prova possa ser inserida mais de 60 cm
(0,24 pol.).
NOTA:
Temperatura do óleo do motor (referência): 60°C.
3. Aqueça o motor até a temperatura de funcionamento.
Interrompa e a seguir dirija por 10 minutos. Isto é suficiente.
4. Ajuste a rotação de marcha-lenta do motor, se necessário.
ROTAÇÃO DA MARCHA-LENTA: 1.400 ± 100 rpm
5. Introduza a ponta de prova no silenciador e meça a
concentração de monóxido de carbono (porcentagem de
CO) e de hidrocarbonetos (HC, ppm).
Medição de CO em marcha-lenta: Abaixo de 4,5 ± 1%
Medição de HC em marcha-lenta: Abaixo de 1.000 ppm
Se houver concentração de CO e/ou HC, ajuste o parafuso da
mistura (página 23-46).
FERRAMENTA PARA
MEDIÇÃO DE CO/HC
PONTA DE PROVA
60 cm (0,24 pol.)
SUPLEMENTO CG125(3)
23-35
DIAGRAMA DO SISTEMA DE COMBUSTÍVEL
23-36
SUPLEMENTO CG125(3)
CUIDADO
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO
A gasolina é extremamente inflamável e explosiva sob
determinadas condições. MANTENHA-A À DISTÂNCIA DO
ALCANCE DE CRIANÇAS.
REMOÇÃO
Remova a tampa lateral (página 2-2).
Solte a parte superior do carburador.
Remova a parte superior do carburador e a válvula de
aceleração do carburador.
NOTA:
Não danifique a agulha do giclê.
Remova o cabo do acelerador da válvula de aceleração enquanto
comprime a mola da válvula de aceleração.
Remova a trava da agulha do giclê e a agulha do giclê.
Inspecione a válvula de aceleração e a agulha do giclê quanto
a riscos, desgaste ou danos.
PARTE SUPERIOR DO CARBURADOR
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO MOLA
CABO DO ACELERADOR
AGULHA DO GICLÊ
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO GRAMPO DA AGULHA
TRAVA
SUPLEMENTO CG125(3)
23-37
INSTALAÇÃO
Instale o grampo da agulha na agulha do giclê.
POSIÇÃO PADRÃO: terceira ranhura a partir da parte superior
Instale a agulha do giclê na válvula de aceleração.
Instale a trava da agulha do giclê.
Instale a mola da válvula de aceleração no cabo do acelerador.
Conecte o cabo do acelerador na válvula de aceleração
enquanto comprime a mola de aceleração.
Instale a válvula de aceleração no corpo do carburador,
alinhando seu corte com o parafuso de aceleração.
Aperte a parte superior do carburador firmemente.
NOTA:
• Após a instalação, acione a válvula de combustível (ON) e
inspecione quanto a vazamentos de combustível.
• Não danifique a agulha do giclê.
AGULHA DO GICLÊ GRAMPO DA AGULHA
AGULHA DO GICLÊ
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO TRAVA
VÁLVULA DE ACELERAÇÃO MOLA
CABO DO ACELERADOR
CORTE VÁLVULA DE ACELERAÇÃO
PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
23-38
SUPLEMENTO CG125(3)
CUIDADO
CARBURADOR
REMOÇÃO
A gasolina é extremamente inflamável e explosiva sob
determinadas condições. Trabalhe em um local bem
ventilado. Não fume e evite a formação de faíscas ou chamas
no local de trabalho ou onde a gasolina estiver armazenada;
isto poderia ocasionar um incêndio ou uma explosão.
Remova a tampa lateral (página 2-2).
Desconecte a válvula de combustível.
Solte o parafuso de drenagem e drene o combustível da
câmara da bóia em um recipiente específico para a
conservação de gasolina.
Desconecte o tubo de combustível da válvula de combustível.
Remova a válvula de aceleração (página 23-32).
Remova o tubo de respiro de ar.
Solte o parafuso da cinta do tubo de conexão do filtro de ar.
Remova as porcas de fixação do carburador e o carburador.
Remova o anel em “O”.
DESMONTAGEM
Remova o tubo de combustível e o tubo de drenagem do
carburador.
TUBO DE RESPIRO DE AR
PARAFUSO
PORCAS
TUBO DE
COMBUSTÍVEL
PARAFUSO DE
DRENAGEM
ANEL EM “O”
TUBO DE COMBUSTÍVEL
TUBO DE DRENAGEM
SUPLEMENTO CG125(3)
23-39
Remova o parafuso e a placa de ajuste.
Remova a alavanca do afogador e a arruela.
Remova os parafusos e a câmara da bóia.
Remova o pino da bóia, a bóia e a respectiva válvula
cuidadosamente.
PARAFUSO
PLACA DE AJUSTE
ARRUELA ALAVANCA DO AFOGADOR
CÂMARA DA BÓIA
PARAFUSOS
BÓIA VÁLVULA DA BÓIA PINO DA BÓIA
23-40
SUPLEMENTO CG125(3)
Inspecione o funcionamento da válvula da bóia.
Inspecione o assento da válvula da bóia quanto a riscos,
arranhões, entupimentos e danos.
Inspecione a extremidade da válvula no ponto onde o assento
de válvula é tocado, quanto a desgaste gradual ou
contaminação.
Substitua a válvula, caso a sua extremidade esteja desgastada
ou contaminada.
Caso o assento esteja danificado, substitua o corpo do
carburador.
Remova as seguintes peças:
– Giclê principal
– Giclê da agulha
– Suporte do giclê da agulha
– Giclê de marcha-lenta
– Parafuso da mistura/mola/arruela/anel em “O”
– Parafuso de aceleração/mola
NOTA:
Antes de remover o parafuso da mistura, registre o número de
voltas até que ele fique levemente assentado. A seguir
remova o parafuso da mistura.
CUIDADO:
O assento do parafuso da mistura poderá ser danificado, caso
o mesmo seja apertado contra o seu assento.
Aplique ar comprimido em cada uma das passagens de ar e
de combustível, no corpo do carburador.
Inspecione cada peça quanto a desgaste ou danos e substitua-
as, caso seja necessário.
VÁLVULA DA BÓIA
GICLÊ DE
MARCHA-
LENTA
GICLÊ
PRINCIPAL
SUPORTE DO GICLÊ
DE AGULHA/GICLÊ
DE AGULHA
PARAFUSO DE
ACELERAÇÃO/MOLA
PARAFUSO DA MISTURA/
MOLA/ARRUELA/ANEL EM “O”
SUPLEMENTO CG125(3)
23-41
MONTAGEM
Instale as seguintes peças:
Parafuso de aceleração/mola/novo anel em “O”
Giclê de marcha-lenta
Suporte do giclê de agulha
Giclê de agulha
Giclê principal
CUIDADO:
Manuseie todos os giclês com bastante cuidado. Eles podem
ser facilmente arranhados ou riscados.
Instale o anel em “O”, a arruela, a mola e o parafuso da mistura.
Coloque-os na posição original, conforme indicado durante a
remoção. Efetue o procedimento de ajuste do parafuso da
mistura, caso seja instalado um novo parafuso da mistura
(página 23-41).
Instale a válvula da bóia no corpo do carburador.
Instale a bóia e a válvula da bóia, e a seguir o respectivo pino,
através do corpo e da bóia.
MOLA
TRAVA
GRAMPO DA
AGULHA
AGULHA
DO GICLÊ
VÁLVULA DE
ACELERAÇÃO
PARAFUSO DE
ACELERAÇÃO
ANEL EM “O”
MOLA
CORPO DO CARBURADOR
ARRUELA
ALAVANCA DO AFOGADOR
PLACA DE AJUSTE
PARAFUSO
GICLÊ DE AGULHA/
SUPORTE DO GICLÊ
DE AGULHA/GICLÊ
PRINCIPAL
CÂMARA
DA BÓIA
PARAFUSOS
PARAFUSO DE
DRENAGEM
VÁLVULA DA BÓIA
PINO DA BÓIA
BÓIA
PARAFUSO
DA MISTURA
MOLA
ARRUELA
GICLÊ DE
MARCHA-LENTA
ANEL EM “O”
ANEL EM “O”
ANEL
EM “O”
MOLA
GICLÊ DE AGULHA
GICLÊ PRINCIPAL
PARAFUSO DA MISTURA
ANEL EM “O”
SUPORTE DO GICLÊ
DE AGULHA
GICLÊ DE
MARCHA-LENTA
BÓIA VÁLVULA DA BÓIA PINO DA BÓIA
MOLAARRUELA
PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
23-42
SUPLEMENTO CG125(3)
INSPEÇÃO DO NÍVEL DA BÓIA
Com a válvula da bóia assentada e o braço da bóia apenas
tocando a válvula, meça o nível da bóia, utilizando a
ferramenta especial conforme indicado.
NÍVEL DA BÓIA: 14 mm (0,55 pol.)
FERRAMENTA:
MEDIDOR DO NÍVEL DA BÓIA DO CARBURADOR
07401–0010000
A bóia não pode ser ajustada.
Substitua o conjunto da bóia, caso o seu nível esteja fora da
especificação.
Instale um novo anel em “O” na ranhura da câmara da bóia.
Instale a câmara da bóia.
Instale e aperte o parafuso da câmara da bóia.
Instale a arruela e a alavanca do afogador.
MEDIDOR DO NÍVEL DA BÓIA
ANEL EM “O” CÂMARA DA BÓIA
PARAFUSOS
CÂMARA DA BÓIA
ARRUELA ALAVANCA DO AFOGADOR
SUPLEMENTO CG125(3)
23-43
Instale a placa de ajuste.
Instale e aperte o parafuso na placa de ajuste.
Instale o tubo de combustível e o tubo de drenagem do
carburador.
CORPO DO
CARBURADOR
PLACA DE AJUSTE
PARAFUSO
PLACA DE AJUSTE
TUBO DE COMBUSTÍVEL
TUBO DE DRENAGEM
23-44
SUPLEMENTO CG125(3)
INSTALAÇÃO
Aplique óleo para motor limpo no novo anel em “O”.
Instale o novo anel em “O” no carburador.
Instale o carburador no tubo de conexão.
8,5-10 mm
(0,33-0,39 pol.)
Aperte as porcas firmemente.
Aperte o parafuso da cinta do tubo de conexão, de maneira
que a folga das extremidades da cinta seja de 8,5 – 10 mm
(0,33 – 0,39 pol.).
Instale a válvula de aceleração e a parte superior do
carburador (página 23-33).
Conecte o tubo de combustível da válvula de combustível
(página 2-3).
Instale o tubo de respiro de ar e o tubo de drenagem.
NOTA:
Encaminhe os tubos adequadamente (página 23-15).
Aperte o parafuso de drenagem.
Instale a tampa lateral (página 2-2).
Conecte a válvula de combustível.
Após instalar o carburador, inspecione os seguintes
componentes:
– Folga da manopla do acelerador (página 3-5)
– Marcha-lenta do motor (página 23-30)
– Ajuste do parafuso da mistura
PARAFUSO
PORCAS
ANEL EM “O”
TUBO DE RESPIRO DE AR
PARAFUSO DE
DRENAGEM
TUBO DE
DRENAGEM
SUPLEMENTO CG125(3)
23-45
CUIDADO
AJUSTE DO PARAFUSO DA MISTURA
PROCEDIMENTO DE AJUSTE DA MARCHA-
LENTA
Caso o motor deva permanecer em funcionamento ao efetuar
algum trabalho, assegure-se de que o local esteja bem
ventilado. Jamais acione o motor em um local fechado. Os
gases de escapamento contêm monóxido de carbono, que é
venenoso e que pode levar à perda de consciência e à morte.
Acione o motor em um local ventilado ou com um sistema
para exaustão de gases, caso o local seja fechado.
NOTA:
• O parafuso da mistura é corretamente ajustado na fábrica.
Devido ao fato do ajuste do parafuso da mistura ser crítico
para a emissão dos gases CO e HC, este ajuste deve ser
efetuado com bastante cuidado.
• Temperatura de referência do óleo do motor: 60°C
• O parafuso da mistura é pré-ajustado na fábrica e nenhum
ajuste pode ser efetuado, a não ser que o mesmo seja
substituído.
• O motor deve estar aquecido para um ajuste preciso. O
funcionamento por 10 minutos é suficiente.
• Use um tacômetro com graduação de 50 rpm, ou inferior, o
qual irá indicar precisamente uma alteração de 50 rpm.
1. Gire o parafuso da mistura no sentido horário, até que ele
esteja ligeiramente assentado. A seguir, gire-o para fora,
até o número de voltas especificado. Isto é um ajuste inicial
anterior ao ajuste final do parafuso da mistura.
ABERTURA INICIAL: 2-1/4 voltas para fora
CUIDADO:
Caso o parafuso seja apertado contra o assento, o mesmo
poderá ser danificado.
2. Aqueça o motor até que ele alcance a temperatura de
funcionamento. Um percurso de 10 minutos é suficiente.
3. Interrompa o funcionamento do motor e conecte um
tacômetro, de acordo com as instruções do fabricante do
mesmo.
4. Dê partida ao motor e ajuste a marcha-lenta através do
botão do parafuso de aceleração.
MARCHA-LENTA: 1.400 ± 100 rpm
5. Gire o parafuso da mistura para dentro e para fora
vagarosamente, a fim de obter a rotação mais alta do motor.
6. Abra ligeiramente o acelerador duas ou três vezes. A seguir
ajuste a marcha-lenta através do botão do parafuso de
aceleração.
7. Gire o parafuso da mistura gradualmente, até que a marcha-
lenta do motor caia 100 rpm.
PARAFUSO DA MISTURA
PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
23-46
SUPLEMENTO CG125(3)
8. Gire o parafuso da mistura para fora até a abertura final.
ABERTURA FINAL: 1/4 de volta para fora.
9. Ajuste novamente a rotação da marcha-lenta, através do
parafuso de aceleração.
10. Inspecione novamente a medição dos gases de escape em
marcha-lenta (página 23-34) (tipo BR).
Caso exista concentração de CO e/ou HC, siga o diagnóstico
de falhas (Desempenho deficiente, em baixa rotação e em
marcha-lenta (20-3) (tipo BR).
SUPLEMENTO CG125(3)
23-47
45 N.m (4,6 kgf.m, 33 lbf.pé)
REMOÇÃO DO MOTOR
26 N.m (2,7 kgf.m, 20 lbf.pé)
32 N.m (3,3 kgf.m, 23 lbf.pé)
23-48
SUPLEMENTO CG125(3)
GUIDÃO
EXTREMIDADE DA MANOPLA
REMOÇÃO
Remova o parafuso e a extremidade da manopla.
INSTALAÇÃO
Instale a extremidade da manopla no peso interno, alinhando o
respectivo ressalto com a ranhura existente no peso interno.
Instale a extremidade da manopla e aperte o parafuso.
Substituição do Peso Interno
Caso o peso interno tenha sido removido, alinhe a lingüeta
do retentor do peso, utilizando uma chave de fenda ou
punção.
NOTA:
• Aplique lubrificante em spray através do orifício de trava
da lingüeta na borracha, a fim de facilitar a remoção.
• O guidão não deve ser removido de seu suporte, ao
substituir o peso interno.
Instale provisoriamente a extremidade da manopla e o
parafuso. A seguir, remova o peso interno, girando a
extremidade da manopla.
Remova a extremidade da manopla, do peso interno.
Descarte o retentor.
Instale um novo retentor e um coxim de borracha no peso
interno.
Instale a extremidade da manopla no peso interno, alinhando
o seu ressalto com a ranhura existente no peso interno.
Instale um novo parafuso de fixação.
LINGÜETA DO RETENTOR RETENTOR
COXIM DE
BORRACHA
PESO INTERNO
ORIFÍCIO DO RETENTOR
PESO INTERNO
RETENTOR
PARAFUSO
COXIM DE BORRACHA
EXTREMIDADE DA MANOPLA
ALINHAMENTO
PARAFUSO
EXTREMIDADE
DA MANOPLA
EXTREMIDADE DA MANOPLA
PARAFUSO
SUPLEMENTO CG125(3)
23-49
BATERIA/DIAGRAMA DO SISTEMA DE CARGA
INTERRUPTOR DE ILUMINAÇÃO
BATERIA
REGULADOR/RETIFICADOR
ALTERNADOR
*1 Com motor de partida:
12V – 4AH
Sem motor de partida:
12V – 3AH
*2 Com motor de partida:
R
Sem motor de partida:
R/W
*3 Com motor de partida:
15A
Sem motor de partida:
10A
W: Branco
Y: Amarelo
R: Vermelho
G: Verde
Br: Marrom
COM
INTERRUPTOR
DEILUMINAÇÃO
SEM INTERRUPTOR
DE ILUMINAÇÃO
REGULADOR/
RETIFICADOR
FUSÍVEL
BATERIA
INTERRUPTOR
DE ILUMINAÇÃO
ALTERNADOR
23-50
SUPLEMENTO CG125(3)
BATERIA
REMOÇÃO
Remova a tampa lateral esquerda (página 2-2).
Remova o parafuso e a cinta da bateria.
Desconecte primeiramente o conector do cabo negativo, e
a seguir o conector do cabo positivo; finalmente, remova a
bateria.
INSTALAÇÃO
Instale a bateria na seqüência inversa de remoção, com a
fiação apropriada, conforme mostrado.
NOTA:
Conecte primeiramente o terminal positivo, e a seguir o cabo
negativo.
Após instalar a bateria, lubrifique os terminais com graxa
limpa.
Instale a tampa lateral esquerda (página 2-2).
BATERIA
CINTA DA BATERIA PARAFUSO
TERMINAL NEGATIVO DA BATERIA (-)
TERMINAL POSITIVO
DA BATERIA (+)
SUPLEMENTO CG125(3)
23-51
DIAGRAMA DO SISTEMA DE IGNIÇÃO
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO (ICM)
BOBINA DE IGNIÇÃO
ALTERNADOR
GERADOR DE PULSOS
DA IGNIÇÃO
VELA DE IGNIÇÃO
* Com motor de partida:
15 A
Sem motor de partida:
10 A
Bl: Preto
Bu: Azul
W: Branco
Y: Amarelo
R: Vermelho
G: Verde
FUSÍVEL (*) INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
BATERIA
BOBINA DE
IGNIÇÃO
VELA DE
IGNIÇÃO
GERADOR DE PULSOS
DE IGNIÇÃO
Ao REGULADOR/
RETIFICADOR
ALTERNADOR
23-52
SUPLEMENTO CG125(3)
CUIDADO
INSPEÇÃO DO SISTEMA DE IGNIÇÃO
PICO DE VOLTAGEM DA BOBINA PRIMÁRIA
DE IGNIÇÃO
NOTA:
• Inspecione todas as conexões do sistema antes da inspeção.
Caso o sistema esteja desconectado, a medição da voltagem
de pico poderá não estar correta.
• Inspecione a compressão do cilindro e verifique se a bobina
de ignição foi instalada corretamente.
Coloque a motocicleta em seu cavalete central.
Remova a tampa lateral esquerda (página 2-2).
Com o cabo da bobina primária de ignição conectado, conecte
o adaptador de pico de voltagem ou o testador Imrie, na bobina
de ignição.
CONEXÃO:
Terminal preto/amarelo (-) – Terra (+)
Ligue o interruptor de ignição.
Acione o motor através do mecanismo de partida ou do motor
de partida e faça a leitura do pico de voltagem da bobina primária
de ignição.
PICO DE VOLTAGEM: mínima de 100 V
Evite tocar a vela de ignição e as pontas de prova do testador,
a fim de evitar choque elétrico.
Caso o pico de voltagem esteja anormal, inspecione quanto a
circuito aberto ou quanto a conexões deficientes entre os cabos
preto/amarelo. Caso nenhum defeito seja encontrado, consulte
a Tabela de Diagnóstico de Falhas na página 16-3.
BOBINA DE IGNIÇÃO
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO
Remova o tanque de combustível (página 2-3).
Desconecte o supressor de ruídos da vela de ignição.
Solte o cabo da vela de ignição das respectivas presilhas.
Desconecte os conectores.
Remova os parafusos e a bobina de ignição.
O procedimento de instalação deverá ser efetuado na
seqüência inversa ao de remoção.
PONTA DE PROVA NEGATIVA (-)
PONTA DE PROVA POSITIVA (+)
PRESILHAS DO CABO CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
SUPRESSOR DE RUÍDOS
PRESILHA DO CABO BOBINA DE IGNIÇÃO
CONECTOR PARAFUSOS
SUPLEMENTO CG125(3)
23-53
MÓDULO DE CONTROLE DA IGNIÇÃO (ICM)
REMOÇÃO E INSTALAÇÃO
Desconecte o conector 4P.
Remova o módulo de controle da ignição (ICM) do suporte.
Instale o ICM na seqüência inversa à de remoção.
INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO
INSPEÇÃO
Remova o conjunto do farol (página 18-2).
Desconecte o conector 2P do interruptor de ignição.
Inspecione a continuidade entre os terminais em cada posição
do interruptor, de acordo com a tabela abaixo.
INTERRUPTORES DO GUIDÃO (apenas tipo AG)
INSPEÇÃO
Remova o conjunto do farol (página 18-2).
Desconecte o conector 9P do interruptor do guidão.
Inspecione quanto a continuidade entre os terminais em cada
posição do interruptor, de acordo com a tabela abaixo.
COMUTADOR DO FAROL
INTERRUPTOR DA BUZINA
INTERRUPTOR DA SINALEIRA
BAT1 BAT2
OFF
ON
COR R R/BI
HI HL LO
(H)
(N)
L
COR Bu Br W
Terminal
Posição
HO BAT
SOLTO
ACIONADO
COR Lg BI
L W R
L
(N)
R
COR O Gr Lb
CONECTOR 2P
MÓDULO DE CONTROLE DA IGNIÇÃO (ICM)
CONECTOR
CONECTOR 9P
INTERRUPTOR DO GUIDÃO ESQUERDO
23-54
SUPLEMENTO CG125(3)
DIAGRAMA ELÉTRICO
CG125KS (EXCETO TIPO AG):
SUPLEMENTO CG125(3)
23-55
CG125CA (EXCETO TIPO AG):
23-56
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125ES (EXCETO TIPO AG):
SUPLEMENTO CG125(3)
23-57
CG125KSE (EXCETO TIPO AG):
23-58
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125KS (TIPO AG):
SUPLEMENTO CG125(3)
23-59
CG125CA (TIPO AG):
23-60
SUPLEMENTO CG125(3)
CG125ES (TIPO AG):
SUPLEMENTO CG125(3)
23-61
CG125KSE (TIPO AG):
23-62
SUPLEMENTO CG125(3)
NOTAS
CG125 TITAN KS_ES_KSE_CA no.fh8 17.03.2003 13:42 Page 1
Composite
C M Y CM MY CY CMY K
00X6B-KGA-603 Moto Honda da Amazônia Ltda.
MANUAL DE SERVIÇOS
CG125 TITAN KS • ES • KSE
CG125 CARGO
SUPLEMENTO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual de serviço cg150 titan ks es esd manutenc
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manutencManual de serviço cg150 titan ks es esd manutenc
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manutenc
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd embreagem
Manual de serviço cg150 titan ks es esd embreagemManual de serviço cg150 titan ks es esd embreagem
Manual de serviço cg150 titan ks es esd embreagem
Thiago Huari
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 inform-gerais
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 inform-geraisManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 inform-gerais
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 inform-gerais
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutencManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informacManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeralManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Thiago Huari
 
Manual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falconManual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falcon
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiant
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiantManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiant
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiant
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manivela
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manivelaManual de serviço cg150 titan ks es esd manivela
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manivela
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informacManual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagramaManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindroManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindro
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindroManual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindro
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiant
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiantManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiant
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiant
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd cilindro
Manual de serviço cg150 titan ks es esd cilindroManual de serviço cg150 titan ks es esd cilindro
Manual de serviço cg150 titan ks es esd cilindro
Thiago Huari
 
Tabela retentores motos
Tabela retentores motosTabela retentores motos
Tabela retentores motos
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd partida
Manual de serviço cg150 titan ks es esd partidaManual de serviço cg150 titan ks es esd partida
Manual de serviço cg150 titan ks es esd partida
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiant
Manual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiantManual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiant
Manual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiant
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecoteManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Thiago Huari
 

Mais procurados (20)

Manual de serviço cg150 titan ks es esd manutenc
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manutencManual de serviço cg150 titan ks es esd manutenc
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manutenc
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd embreagem
Manual de serviço cg150 titan ks es esd embreagemManual de serviço cg150 titan ks es esd embreagem
Manual de serviço cg150 titan ks es esd embreagem
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 inform-gerais
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 inform-geraisManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 inform-gerais
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 inform-gerais
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutencManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) manutenc
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informacManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) informac
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) informac
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeralManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo infgeral
 
Manual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falconManual de serviço supl nx4 falcon
Manual de serviço supl nx4 falcon
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiant
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiantManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiant
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodadiant
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manivela
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manivelaManual de serviço cg150 titan ks es esd manivela
Manual de serviço cg150 titan ks es esd manivela
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informacManual de serviço cg150 titan ks es esd informac
Manual de serviço cg150 titan ks es esd informac
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagramaManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo diagrama
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindroManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo cilindro
 
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindro
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindroManual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindro
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 cilindro
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiant
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiantManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiant
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo rodadiant
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd cilindro
Manual de serviço cg150 titan ks es esd cilindroManual de serviço cg150 titan ks es esd cilindro
Manual de serviço cg150 titan ks es esd cilindro
 
Tabela retentores motos
Tabela retentores motosTabela retentores motos
Tabela retentores motos
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd partida
Manual de serviço cg150 titan ks es esd partidaManual de serviço cg150 titan ks es esd partida
Manual de serviço cg150 titan ks es esd partida
 
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001Manual de serviço ms cg125 suplemento   00 x6b-kgaz-001
Manual de serviço ms cg125 suplemento 00 x6b-kgaz-001
 
Manual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiant
Manual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiantManual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiant
Manual de serviço cg150 titan ks es esd rodadiant
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecoteManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 cabecote
 

Destaque

Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) diagrama
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) diagramaManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) diagrama
Thiago Huari
 
Manual serviço 125 ml
Manual serviço 125 mlManual serviço 125 ml
Manual serviço 125 ml
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodatras
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodatrasManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodatras
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodatras
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) embreagem
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) embreagemManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) embreagem
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) embreagem
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) luzes
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) luzesManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) luzes
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) luzes
Thiago Huari
 
Diagrama
DiagramaDiagrama
Diagrama
Ramires Moreira
 
Manual de serviço cargotod diagrama
Manual de serviço cargotod diagramaManual de serviço cargotod diagrama
Manual de serviço cargotod diagrama
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informac
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informacManual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informac
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informac
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcao
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcaoManual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcao
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcao
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p dia...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p dia...Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p dia...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p dia...
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo aliment
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo alimentManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo aliment
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo aliment
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partida
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partidaManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partida
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partida
Thiago Huari
 
Manual de serviço nx 4 falc infgeral
Manual de serviço nx 4 falc infgeralManual de serviço nx 4 falc infgeral
Manual de serviço nx 4 falc infgeral
Thiago Huari
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindroManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivela
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivelaManual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivela
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivela
Thiago Huari
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) capa
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) capaManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) capa
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) capa
Thiago Huari
 
Manual s10 2010
Manual s10 2010Manual s10 2010
Manual s10 2010
Afonso Camargo
 
Manual de serviço nx200 xr bateria2
Manual de serviço nx200 xr bateria2Manual de serviço nx200 xr bateria2
Manual de serviço nx200 xr bateria2
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms cg150 sport suplemento 00 x6b-krm-003
Manual de serviço ms cg150 sport suplemento   00 x6b-krm-003Manual de serviço ms cg150 sport suplemento   00 x6b-krm-003
Manual de serviço ms cg150 sport suplemento 00 x6b-krm-003
Thiago Huari
 
Manual de serviço nx200 xr alterna
Manual de serviço nx200 xr alternaManual de serviço nx200 xr alterna
Manual de serviço nx200 xr alterna
Thiago Huari
 

Destaque (20)

Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) diagrama
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) diagramaManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) diagrama
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) diagrama
 
Manual serviço 125 ml
Manual serviço 125 mlManual serviço 125 ml
Manual serviço 125 ml
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodatras
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodatrasManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) rodatras
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) rodatras
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) embreagem
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) embreagemManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) embreagem
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) embreagem
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) luzes
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) luzesManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) luzes
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) luzes
 
Diagrama
DiagramaDiagrama
Diagrama
 
Manual de serviço cargotod diagrama
Manual de serviço cargotod diagramaManual de serviço cargotod diagrama
Manual de serviço cargotod diagrama
 
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informac
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informacManual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informac
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) informac
 
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcao
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcaoManual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcao
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) direcao
 
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p dia...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p dia...Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994)   mskch941 p dia...
Manual de serviço cg125 today cg125 titan cg125 cargo (1994) mskch941 p dia...
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo aliment
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo alimentManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo aliment
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo aliment
 
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partida
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partidaManual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partida
Manual de serviço cg125 titan ks es cg125 cargo partida
 
Manual de serviço nx 4 falc infgeral
Manual de serviço nx 4 falc infgeralManual de serviço nx 4 falc infgeral
Manual de serviço nx 4 falc infgeral
 
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindroManual serviço biz125 ks es   00 x6b-kss-001 cilindro
Manual serviço biz125 ks es 00 x6b-kss-001 cilindro
 
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivela
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivelaManual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivela
Manual de serviço cg125 cg125 ml (1983) manivela
 
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) capa
Manual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) capaManual de serviço cg125 titan  ks es kse cg125 cargo (2002) capa
Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo (2002) capa
 
Manual s10 2010
Manual s10 2010Manual s10 2010
Manual s10 2010
 
Manual de serviço nx200 xr bateria2
Manual de serviço nx200 xr bateria2Manual de serviço nx200 xr bateria2
Manual de serviço nx200 xr bateria2
 
Manual de serviço ms cg150 sport suplemento 00 x6b-krm-003
Manual de serviço ms cg150 sport suplemento   00 x6b-krm-003Manual de serviço ms cg150 sport suplemento   00 x6b-krm-003
Manual de serviço ms cg150 sport suplemento 00 x6b-krm-003
 
Manual de serviço nx200 xr alterna
Manual de serviço nx200 xr alternaManual de serviço nx200 xr alterna
Manual de serviço nx200 xr alterna
 

Semelhante a Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603

Cg 150 sport suplemento
Cg 150 sport suplementoCg 150 sport suplemento
Cg 150 sport suplemento
Amauri Silva
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1
Thiago Huari
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Thiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
Thiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informaçõesManaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento 00 x6b-kre-001
Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento   00 x6b-kre-001Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento   00 x6b-kre-001
Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento 00 x6b-kre-001
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falcon
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falconManual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falcon
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falcon
Thiago Huari
 
Manual de serviço ms cg150 job suplemento 00 x6b-krm-002
Manual de serviço ms cg150 job suplemento   00 x6b-krm-002Manual de serviço ms cg150 job suplemento   00 x6b-krm-002
Manual de serviço ms cg150 job suplemento 00 x6b-krm-002
Thiago Huari
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250
Thiago Huari
 
Manual de serviço supl cbx250
Manual de serviço supl cbx250Manual de serviço supl cbx250
Manual de serviço supl cbx250
Thiago Huari
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Thiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informacManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Thiago Huari
 
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Thiago Huari
 
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
Thiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemenManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Thiago Huari
 
Manual de Servico CB400 1983.pdf
Manual de Servico CB400 1983.pdfManual de Servico CB400 1983.pdf
Manual de Servico CB400 1983.pdf
EddyRibeiro1
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemenManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Thiago Huari
 
Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250
Thiago Huari
 

Semelhante a Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603 (20)

Cg 150 sport suplemento
Cg 150 sport suplementoCg 150 sport suplemento
Cg 150 sport suplemento
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem1
 
Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1Manual de serviço cbx750 f suplem1
Manual de serviço cbx750 f suplem1
 
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
Manual de serviço cbx750 f (1990) suplem1
 
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informaçõesManaul de serviço ms cbx250 (2006)   00 x6b-kpf-003 01. informações
Manaul de serviço ms cbx250 (2006) 00 x6b-kpf-003 01. informações
 
Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento 00 x6b-kre-001
Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento   00 x6b-kre-001Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento   00 x6b-kre-001
Manual de serviço ms nxr150 bros esd suplemento 00 x6b-kre-001
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (~1999) suplem2
 
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falcon
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falconManual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falcon
Manual de serviço ms nx 4 falcon - 00 x6b-mcg-002 supl-nx4-falcon
 
Manual de serviço ms cg150 job suplemento 00 x6b-krm-002
Manual de serviço ms cg150 job suplemento   00 x6b-krm-002Manual de serviço ms cg150 job suplemento   00 x6b-krm-002
Manual de serviço ms cg150 job suplemento 00 x6b-krm-002
 
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250
Manaul de serviço ms cbx250 (2001) supl cbx250
 
Manual de serviço supl cbx250
Manual de serviço supl cbx250Manual de serviço supl cbx250
Manual de serviço supl cbx250
 
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05Manual de serviço vt600 c   00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
Manual de serviço vt600 c 00x6b-mz8-601 suplemento vt600c-05
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informacManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) informac
 
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
Manual serviço cb40083 su supl cb400 83
 
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83Manual serviço cb400 (1983) suplemento   ms443831 p-s supl cb400 83
Manual serviço cb400 (1983) suplemento ms443831 p-s supl cb400 83
 
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemenManual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
Manual serviço c 100 biz - 00 x6b-gce-761 suplemen
 
Manual de Servico CB400 1983.pdf
Manual de Servico CB400 1983.pdfManual de Servico CB400 1983.pdf
Manual de Servico CB400 1983.pdf
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemenManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) suplemen
 
Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250Manual de serviço supl xr250
Manual de serviço supl xr250
 

Mais de Thiago Huari

Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitos
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacao
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes ind
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introd
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacao
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indice
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicao
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagrama
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapa
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindro
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassi
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capa
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecote
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateria
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternador
Thiago Huari
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Thiago Huari
 

Mais de Thiago Huari (20)

Manual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitosManual de serviço xr250 defeitos
Manual de serviço xr250 defeitos
 
Manual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacaoManual de serviço xr250 alimentacao
Manual de serviço xr250 alimentacao
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadianManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p rodadian
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p rodadian
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indiceManual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p indice
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p indice
 
Manual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes indManual de serviço xr250 luzes ind
Manual de serviço xr250 luzes ind
 
Manual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacaoManual de serviço xr250 lubrificacao
Manual de serviço xr250 lubrificacao
 
Manual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introdManual de serviço xr250 introd
Manual de serviço xr250 introd
 
Manual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacaoManual de serviço xr250 informacao
Manual de serviço xr250 informacao
 
Manual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indiceManual de serviço xr250 indice
Manual de serviço xr250 indice
 
Manual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicaoManual de serviço xr250 ignicao
Manual de serviço xr250 ignicao
 
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulicoManual de serviço xr250 freio hidraulico
Manual de serviço xr250 freio hidraulico
 
Manual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagramaManual de serviço xr250 diagrama
Manual de serviço xr250 diagrama
 
Manual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapaManual de serviço xr250 ctracapa
Manual de serviço xr250 ctracapa
 
Manual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindroManual de serviço xr250 cilindro
Manual de serviço xr250 cilindro
 
Manual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassiManual de serviço xr250 chassi
Manual de serviço xr250 chassi
 
Manual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capaManual de serviço xr250 capa
Manual de serviço xr250 capa
 
Manual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecoteManual de serviço xr250 cabecote
Manual de serviço xr250 cabecote
 
Manual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateriaManual de serviço xr250 bateria
Manual de serviço xr250 bateria
 
Manual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternadorManual de serviço xr250 alternador
Manual de serviço xr250 alternador
 
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s   mskbb931p suplemen2
Manual de serviço xr200 r nx200 cbx200s mskbb931p suplemen2
 

Manual de serviço cg125 titan ks es kse cg125 cargo suplemento 00 x6b-kga-603

  • 1. CG125 TITAN KS_ES_KSE_CA no.fh8 17.03.2003 13:42 Page 1 Composite C M Y CM MY CY CMY K 00X6B-KGA-603 Moto Honda da Amazônia Ltda. MANUAL DE SERVIÇOS CG125 TITAN KS • ES • KSE CG125 CARGO SUPLEMENTO
  • 2. SUPLEMENTO CG125(3) INTRODUÇÃO Este suplemento descreve os procedimentos de serviço para a motocicleta CG125(3). Verifique no manual de serviços base os procedimentos de serviços não incluídos neste suplemento. Data da edição: Janeiro, 2003 ©Honda Motor Co., Ltd. MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. Departamento de Serviços Pós-Venda Setor de Publicações Técnicas TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES, INSTRUÇÕES E ESPECIFICAÇÕES INCLUÍDAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS RECENTES DISPONÍVEIS NA OCASIÃO DA APROVAÇÃO DA IMPRESSÃO DO MANUAL. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. SE RESERVA O DIREITO DE ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DA MOTOCICLETA A QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, NÃO INCORRENDO, ASSIM, EM OBRIGAÇÕES DE QUALQUER ESPÉCIE. NENHUMA PARTE DESTA PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM PERMISSÃO POR ESCRITO. ESTE MANUAL FOI ELABORADO PARA PESSOAS QUE TENHAM CONHECIMENTOS BÁSICOS SOBRE A MANUTENÇÃO DAS MOTOCICLETAS, SCOOTERS E ATVS HONDA. ÍNDICE IDENTIFICAÇÃO DO MODELO .......................... 23-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ........................... 23-2 VALORES DE TORQUE .................................... 23-10 FERRAMENTAS ESPECIAIS .............................. 23-12 PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO ......... 23-13 PASSAGEM DE CABOS E FIAÇÃO .................... 23-15 SISTEMAS DE CONTROLE DE EMISSÕES (apenas tipo BR)............................................. 23-29 ETIQUETA DE INFORMAÇÕES SOBRE O CONTROLE DE EMISÕES (apenas tipo BR) ........ 23-30 PLANO DE MANUTENÇÃO .............................. 23-31 ÓLEO DO MOTOR........................................... 23-33 MARCHA-LENTA DO MOTOR ........................... 23-33 SISTEMA DE ESCAPAMENTO (apenas tipo BR) .. 23-34 DIAGRAMA DO SISTEMA DE COMBUSTÍVEL .... 23-35 VÁLVULA DE ACELERAÇÃO ............................ 23-36 CARBURADOR ............................................... 23-38 AJUSTE DO PARAFUSO DA MISTURA.............. 23-45 REMOÇÃO DO MOTOR ................................... 23-47 GUIDÃO ........................................................ 23-48 BATERIA/DIAGRAMA DO SISTEMA DE CARGA.. 23-49 BATERIA........................................................ 23-50 DIAGRAMA DO SISTEMA DE IGNIÇÃO ............. 23-51 INSPEÇÃO DO SISTEMA DE IGNIÇÃO ............... 23-52 BOBINA DE IGNIÇÃO ...................................... 23-52 MÓDULO DE CONTROLE DA IGNIÇÃO (ICM) ..... 23-53 INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO............................. 23-53 INTERRUPTORES DO GUIDÃO (apenas tipo AG) ............................................ 23-53 DIAGRAMA ELÉTRICO .................................... 23-54
  • 3. NOTAS IMPORTANTES DE SEGURANÇA Indica grande possibilidade de graves ferimentos pessoais ou perigo de vida se as instruções não forem seguidas. ATENÇÃO: Indica a possibilidade de danos ao equipamento se as instruções não forem seguidas. NOTA: Apresenta informações úteis. As descrições detalhadas dos procedimentos padrão de oficina, princípios de segurança e operações de serviço não estão incluídas. É importante observar que este manual contém algumas advertências e precauções sobre alguns métodos específicos de serviço que podem causar FERIMENTOS PESSOAIS e danos ao veículo, ou ainda torná-lo inseguro. Tenha em mente que estas advertências podem não englobar todas as maneiras possíveis que um serviço, recomendado ou não pela Honda, possa ser realizado ou de suas possíveis conseqüências de risco. Qualquer pessoa que siga os procedimentos de serviço ou utilize as ferramentas, recomendadas ou não pela Honda, deve compreender que sua segurança pessoal ou a segurança do veículo não serão postas em risco pelos métodos de serviço ou ferramentas selecionadas. CUIDADO CÓDIGO • Neste Manual, as abreviaturas a seguir são utilizadas para a identificação do modelo. CÓDIGO LOCAL BR Brasil LA América Latina AG Argentina
  • 4. SUPLEMENTO CG125(3) 23-1 IDENTIFICAÇÃO DO MODELO O número de série do chassi está gravado no lado direito da coluna de direção. O número de série do motor está gravado no lado esquerdo inferior do motor. O número de identificação do carburador está gravado no lado direito do carburador. NÚMERO DE SÉRIE DO CHASSI NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO CARBURADOR
  • 5. 23-2 SUPLEMENTO CG125(3) ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GERAL ITEM ESPECIFICAÇÃO Dimensões Comprimento total CG125 KS,ES,KSE 1,982 mm CG125CA 2,030 mm Largura total CG125KS, CA, KSE 736 mm CG125ES 744 mm Altura total CG125KS, CA, KSE 1,059 mm CG125ES 1,067 mm Distância entre eixos 1,297 mm Altura do assento CG125KS, ES, KSE 781 mm CG125CA 783 mm Altura do pedal de apoio 298 mm Distância mínima do solo 173 mm Peso seco CG125ES 114 kg CG125KS, CA 110 kg CG125KSE 112 kg Peso em ordem de marcha CG125ES 125 kg CG125KS, CA 120 kg CG125KSE 123 kg Chassi Tipo Diamond Suspensão dianteira Garfo telescópico Suspensão dianteira, curso 103 mm Suspensão traseira Braço oscilante Suspensão traseira, curso 82 mm Amortecedor traseiro Duplo Medida do pneu dianteiro 2,75-18 42P Medida do pneu traseiro 90/90-18 57P Marca dos pneus Dianteiro/Traseiro: PIRELLI Freio dianteiro CG125 ES Disco hidráulico simples CG125KS, CA, KSE Sapata de expansão interna Freio traseiro Sapata de expansão interna Ângulo do Cáster 26°30' Comprimento do Trail 89 mm Capacidade do tanque de combustível 13,5 l Capacidade da reserva de combustível 2,0 l Motor Tipo 4 tempos, OHV Diâmetro e curso 56,5 x 49,5 mm Cilindrada 124, 1 cm3 Relação de compressão 9,5 : 1 Comando de válvulas OHV Válvula de admissão Abre a 1 mm 11° APMS Fecha a 1 mm 29° DPMI Válvula de escape Abre a 1 mm 41° APMI Fecha a 1 mm -1° DPMS Sistema de lubrificação Forçada por bomba de óleo e cárter úmido Tipo de bomba de óleo Trocoidal Sistema de arrefecimento Arrefecido a ar Sistema de filtragem de ar Filtro de papel Tipo de árvore de manivelas Tipo montada
  • 6. SUPLEMENTO CG125(3) 23-3 GERAL (Continuação) ITEM ESPECIFICAÇÃO Peso seco do motor CG125ES, KSE 29,6 kg CG125KS, CA 26,8 kg Disposição do cilindro Monocilíndrico, inclinado 15° em relação à vertical Carburador Tipo Válvula de pistão Diâmetro do venturi 22 mm Transmissão Embreagem Multidisco em banho de óleo Sistema de acionamento da embreagem Por cabo Transmissão 5 velocidades constantemente engrenadas Redução primária 3,333 (60/18D) Redução final 3,142 (44/14D) Relação de transmissão 1ª 2,769 (36/13D) 2ª 1,882 (32/17D) 3ª 1,400 (28/20D) 4ª 1,130 (26/23D) 5ª 0,960 (24/25D) Sistema de mudança de marchas Operado pelo pé esquerdo 1-N-2-3-4-5 Sistema Sistema de ignição (CDI) Ignição por Elétrico descarga capacitiva Sistema de partida CG125ES, KSE Motor de partida elétrico com pedal CG125KS, CA Pedal de partida Sistema de carga Alternador monofásico Regulador/retificador Semi-condutor em curto/monofásico, retificação por meia onda Sistema de iluminação Alternador
  • 7. 23-4 SUPLEMENTO CG125(3) Número de identificação do carburador PDC3S Giclê principal #95 Giclê de marcha lenta #38 x #38 Posição da presilha da agulha 3ª ranhura a partir do topo Abertura inicial do parafuso de mistura 2-1/4 voltas para fora Nível da bóia 14 mm Marcha lenta 1.400 ± 100 rpm Folga livre da manopla do acelerador 2 - 6 mm ITEM PADRÃO SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO Capacidade de Na drenagem 0,9 l – óleo do motor Na desmontagem 1,1 l – Óleo para motor recomendado MOBIL SUPERMOTO 4T Classificação de serviço API: SF – Viscosidade: SAE 20W-50 Rotor da bomba Folga entre os rotores interno e externo 0,15 0,20 de óleo Folga entre o rotor externo e a carcaça da bomba 0,30 - 0,36 0,40 Folga entre os rotores e a face da carcaça da bomba 0,15 - 0,20 0,25 ITEM PADRÃO LIMITE DE USO SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO Unidade: mm Compressão do cilindro 1.294 kPa (13,2 kgf/cm2 , 187,7 psi) a 450 rpm - Empenamento do cabeçote - 0,05 Válvula, guia Folga da válvula ADM 0,08 ± 0,02 - da válvula ESC 0,08 ± 0,02 - Diâmetro externo da haste da válvula ADM 4,975 - 4,990 4,92 ESC 4,955 - 4,970 4,90 Diâmetro interno da guia da válvula ADM/ESC 5,000 - 5,012 5,02 Folga entre a haste da válvula e guia ADM 0,010 - 0,037 0,12 ESC 0,030 - 0,057 0,14 Largura da sede da válvula ADM/ESC 1,2 - 1,5 2,0 Comprimento livre das molas das válvulas 38,94 36,4 Comprimento da haste de acionamento 141,15 - 141,45 141,0 Balancim D.E. do eixo do balancim 11,977 - 11,995 11,75 D.I. do balancim 12,000 - 12,018 12,05 D.I. do suporte dos balancins 12,000 - 12,027 12,05 ITEM PADRÃO LIMITE DE USO CABEÇOTE/VÁLVULAS Unidade: mm
  • 8. SUPLEMENTO CG125(3) 23-5 CILINDRO/PISTÃO/ÁRVORE DE COMANDO Unidade: mm Árvore de Altura do ressalto 32,768 - 32,928 32,63 comando D.I. da árvore de comando 14,060 - 14,078 14,123 D.E. do eixo da engrenagem de comando 14,033 - 14,044 14,017 Folga entre o eixo da engrenagem e a 0,016 - 0,045 0,106 árvore de comando D.I. do braço oscilante 12,000 - 12,018 12,03 D.E. do eixo dos braços oscilantes 11,976 - 11,994 11,96 Folga entre o eixo e o braço oscilante 0,006 - 0,042 0,07 Cilindro D.I. 56,500 - 56,510 56,60 Conicidade - 0,10 Ovalização - 0,10 Empenamento no topo - 0,10 Pistão, anéis Direção da marca do pistão Marca “IN” voltada para o lado - do pistão de admissão D.E. do pistão 56,470 - 56,490 56,40 Ponto de medição do D.E. do pistão 10 mm da base da saia - D.I. da cavidade do pino do pistão 13,002 - 13,008 13,04 D.E. do pino do pistão 12,994 - 13,000 12,96 Folga entre o pistão e o pino 0,002 - 0,014 0,020 Folga entre o anel e a canaleta 1º anel 0,015 - 0,045 0,09 2º anel 0,015 - 0,045 0,09 Folga entre as extremidades dos 1º anel 0,05 - 0,20 0,5 anéis do pistão 2º anel 0,05 - 0,20 0,5 Anel de óleo 0,20 - 0,90 - (anel lateral) Folga entre o cilindro e o pistão 0,010 - 0,040 0,10 Diâmetro interno da cabeça da biela 13,010 - 13,028 13,06 Folga entre a biela e o pino do pistão 0,010 - 0,034 0,10 ITEM PADRÃO LIMITE DE USO EMBREAGEM/SELETOR DE MARCHAS Unidade: mm Embreagem Folga livre da alavanca 10 - 20 - Espessura do disco 2,92 - 3,08 2,6 Empenamento do separador - 0,20 Comprimento livre da mola 35,50 34,20 ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
  • 9. 23-6 SUPLEMENTO CG125(3) ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/CONJUNTO DE PARTIDA Unidade: mm Árvore de Folga lateral da biela 0,05 - 0,30 0,5 manivelas Folga radial da biela 0 - 0,011 0,05 Empenamento - 0,1 Transmissão Diâmetro interno da engrenagem M3 20,020 - 20,041 20,07 M5 20,020 - 20,041 20,07 C1 19,520 - 19,541 19,57 C2 23,020 - 23,041 23,07 C4 20,020 - 20,041 20,07 Diâmetro externo da bucha C1 19,479 - 19,500 19,43 C2 22,979 - 23,000 22,93 Diâmetro interno da bucha C1 16,516 - 16,534 16,60 C2 20,000 - 20,021 20,09 Folga entre a engrenagem e a bucha C1 0,020 - 0,062 0,10 C2 0,020 - 0,062 0,10 Diâmetro externo da árvore primária M3 19,959 - 19,980 19,91 Diâmetro externo da árvore secundária C1 16,466 - 16,484 16,41 C2 19,974 - 19,987 19,91 C4 19,974 - 19,987 19,91 Folga entre a árvore e a engrenagem M3 0,040 - 0,082 0,10 C4 0,033 - 0,067 0,10 Folga entre a árvore e a bucha C1 0,032 - 0,088 0,10 C2 0,013 - 0,047 0,06 Garfo seletor Diâmetro interno do garfo seletor 12,000 - 12,018 12,05 Espessura das garras do garfo seletor 4,93 - 5,00 4,50 Diâmetro externo do eixo dos garfos seletores 11,976 - 11,994 11,96 Conjunto de Diâmetro interno da engrenagem 20,000 - 20,021 20,05 partida Diâmetro externo do eixo de partida 19,959 - 19,980 19,90 ITEM PADRÃO LIMITE DE USO RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO Unidade: mm Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu - Até o indicador Pressão do Somente piloto 175 kPa (1,75 kgf/cm2 , 25 psi) - pneu “frio” Piloto e passageiro 175 kPa (1,75 kgf/cm2 , 25 psi) - Empenamento do eixo - 0,20 Excentricidade Radial - 2,0 da roda Axial - 2,0 ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
  • 10. SUPLEMENTO CG125(3) 23-7 Fluido de freio especificado DOT3 ou DOT4 - Indicador de desgaste da pastilha do freio - Até a ranhura Espessura do disco do freio 4,0 3,5 Empenamento do disco do freio - 0,30 D.I. do cilindro mestre 11,000 - 11,043 11,055 D.E. do pistão do cilindro mestre 10,957 - 10,984 10,945 D.I. do cilindro do cáliper 30,23 - 30,28 30,29 D.E. do pistão do cáliper 30,148 - 30,198 30,14 FREIO HIDRÁULICO (COM FREIO A DISCO) Unidade: mm ITEM PADRÃO LIMITE DE USO RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO Unidade: mm Profundidade mínima da banda de rodagem do pneu - Até o indicador Pressão do Somente piloto 200 kPa (2,00 kg/cm2 , 29 psi) - pneu “frio” Piloto e passageiro 225 kPa (2,25 kg/cm2 , 33 psi) - Empenamento do eixo - 0,20 Excentricidade Radial - 2,0 da roda Axial - 2,0 Distância entre o cubo da roda e o aro Página 13-6 - Corrente de Tamanho/elos 428 - 116 - transmissão Folga 10 - 20 - Freio Folga livre do pedal do freio 20 - 30 - D.I. do tambor de freio 130,0 131,0 Espessura da lona de freio - Até o indicador ITEM PADRÃO LIMITE DE USO Distância entre o cubo da roda e o aro Página 12-3 - Garfo Comprimento livre da mola 462 453 Direção da mola Com a extremidade cônica virada - para baixo Empenamento do cilindro interno - 0,20 Fluido recomendado Fluido para suspensão - Nível de óleo 164 - Capacidade de fluido 75,5 cm3 - Freio (com Folga livre da alavanca 10 - 20 - freio a tambor) D.I. do tambor do freio 130,0 131,0 Espessura da lona - Até o indicador ITEM PADRÃO LIMITE DE USO
  • 11. 23-8 SUPLEMENTO CG125(3) SISTEMA DE IGNIÇÃO Comprimento da escova do motor de partida 7,0 3,5 PARTIDA ELÉTRICA (COM PARTIDA ELÉTRICA) Unidade: mm ITEM PADRÃO LIMITE DE USO BATERIA/SISTEMA DE CARGA Unidade: mm Bateria Capacidade CG125ES, KSE 12 V - 4,0 Ah CG125KS, CA 12 V - 3 Ah Fuga de corrente 0,01 mA máx. Voltagem (20°C/68°F) Totalmente carregada Acima de 12,8 V Necessita de carga Abaixo de 12,3 V Corrente de carga Normal Rápida CG125ES, KSE 0,4 A/5 - 10 h 4,0 A/0,5 h CG125KS, CA 0,3 A/5 - 10 h 3,0 A/0,5 h Alternador Capacidade 0,088 kW/5.000 rpm Resistência da bobina de carga (20°C/68°F) 0,3 - 1,1 9 Resistência da bobina de iluminação (20°C/68°F) 0,2 - 1,0 9 ITEM ESPECIFICAÇÃO Vela de ignição NGK DENSO Padrão DPR8EA-9 X24EPR-U9 Velocidade alta DPR9EA-9 X27EPR-U9 Folga da vela de ignição 0,8 - 0,9 mm Pico de voltagem da bobina de ignição 100 V mínimo Pico de voltagem do gerador de pulsos da ignição 0,7 V mínimo Marca “F” do ponto de ignição 15° APMS a 1.500 rpm Avanço total 38° APMS a 9.200 rpm ITEM ESPECIFICAÇÃO
  • 12. SUPLEMENTO CG125(3) 23-9 Lâmpadas Farol (alto/baixo) 12 V - 35 W/35 W Lanterna traseira/luz de freio 12 V - 5 W/21 W Sinaleira dianteira 12 V - 16 W x 2 Sinaleira traseira 12 V - 16 W x 2 Luz do painel de instrumentos 12 V - 2 W x 2 Indicador da sinaleira 12 V - 3 W Indicador de farol alto 12 V - 3 W Indicador de ponto morto 12 V - 3 W Fusível CG125ES, KSE 15 A CG125KS, CA 10 A ITEM ESPECIFICAÇÃO LUZES/INSTRUMENTOS/INTERRUPTORES
  • 13. 23-10 SUPLEMENTO CG125(3) • As especificações de torque listadas abaixo são para os pontos de aperto mais importantes. • Se alguma especificação não estiver listada, siga os valores de torque padrão indicados acima. NOTAS: 1. Aplique trava química nas roscas. 2. Aplique óleo nas roscas e superfícies de assentamento. 3. Porca U 4. Parafuso ALOC: substitua por um novo. VALORES DE TORQUE TORQUE N.m (kg.m) Parafuso sextavado e porca 5 mm 5 (0,5) Parafuso 5 mm 4 (0,4) Parafuso sextavado e porca 6 mm 10 (1,0) Parafuso 6 mm 9 (0,9) Parafuso sextavado e porca 8 mm 22 (2,2) Parafuso flange e porca 6 mm 12 (1,2) Parafuso sextavado e porca 10 mm 34 (3,5) Parafuso flange e porca 8 mm 26 (2,7) Parafuso sextavado e porca 12 mm 54 (5,5) Parafuso flange e porca 10 mm 39 (4,0) TIPO DE FIXADOR TORQUE N.m (kg.m) TIPO DE FIXADOR DIÂMETRO DA ROSCA (mm) MANUTENÇÃO: Copo do filtro de combustível 1 - 3 (0,3) Tampa do orifício de sincronismo 1 14 10 (1,0) Tampa do orifício da árvore de manivelas 1 30 15 (1,5) Bujão da tela do filtro de óleo 1 36 15 (1,5) Contraporca de ajuste da válvula 2 6 14 (1,4) NOTA 2 Parafuso da tampa do rotor do filtro de óleo 3 5 5 (0,5) Vela de ignição 1 12 18 (1,8) SISTEMA DE LUBRIFICAÇÃO: Parafuso da tampa da bomba de óleo 2 4 3 (0,3) Parafuso de fixação da bomba de óleo 2 6 10 (1,0) CABEÇOTE/VÁLVULAS: Porca do cabeçote 4 8 32 (3,3) NOTA 2 Parafuso do cabeçote 1 8 20 (2,0) EMBREAGEM/SISTEMA DE MUDANÇA DE MARCHAS: Parafuso da placa de acionamento da embreagem 4 6 12 (1,2) Parafuso Allen do gerador de pulsos da ignição 2 5 5 (0,5) NOTA 1 Parafuso do posicionador de marchas do tambor seletor 1 6 12 (1,2) Contraporca do rotor do filtro de óleo 1 16 54 (5,5) NOTA 2 ALTERNADOR: Parafuso torx da embreagem unidirecional de partida 6 6 16 (1,6) NOTA 1 Parafuso-trava do volante do motor 1 10 74 (7,5) NOTA 2 ÁRVORE DE MANIVELAS/TRANSMISSÃO/ PEDAL DE PARTIDA: Parafuso do suporte do pino de empuxo 1 6 13 (1,3) ITEM TORQUE N.m (kg.m) OBSERVAÇÕES MOTOR QTDE.
  • 14. SUPLEMENTO CG125(3) 23-11 DIÂMETRO DA ROSCA (mm) FIXAÇÃO DO MOTOR: Parafuso/porca de fixação do motor Dianteiro: 4 8 32 (3,3) Traseiro: 2 8 45 (4,6) RODA DIANTEIRA/SUSPENSÃO/DIREÇÃO: Porca da coluna de direção 1 24 Consulte a página 12-25, 26 Porca de ajuste da coluna de direção 1 26 Consulte a página 12-26 Parafuso da mesa superior 2 8 27 (2,8) Parafuso/porca do braço do freio dianteiro (COM FREIO A TAMBOR) 1 6 10 (1,0, 7) Parafuso da mesa inferior 2 8 32 (3,3) Parafuso do suporte do guidão 4 6 12 (1,2) Porca do eixo dianteiro 1 12 62 (6,3) NOTA 3 Raios 36 BC 3,5 3,7 (0,38) Parafuso superior do garfo 2 20 44 (4,5) Parafuso Allen do garfo 2 8 20 (2,0) NOTA 1 Porca do disco de freio dianteiro (COM FREIO A DISCO) 5 6 15 (1,5) NOTA 3 RODA TRASEIRA/FREIO/SUSPENSÃO: Porca do eixo traseiro 1 14 88 (9,0) NOTA 3 Raios 36 BC 3,5 3,7 (0,38) Parafuso do deslizador da corrente 2 5 6 (0,6) Parafuso/porca do braço do freio traseiro 1 6 10 (1,0) Parafuso do braço limitador do freio Dianteiro: 1 8 22 (2,2) Traseiro: 1 8 22 (2,2) Porca de fixação do amortecedor Superior: 2 10 34 (3,5) Inferior: 2 10 34 (3,5) Porca da articulação do braço oscilante 1 14 88 (9,0) NOTA 3 FREIO HIDRÁULICO (COM FREIO A DISCO): Parafuso de fixação do cáliper do freio dianteiro 2 8 26 (2,7) NOTA 4 Parafuso do interruptor da luz do freio dianteiro 1 4 1,2 (0,12) Parafuso da tampa do cilindro mestre 2 4 1,5 (0,15) Parafuso/porca de articulação da alavanca do freio 1 6 5,9 (0,60) Parafuso da mangueira do freio 1 10 34 (3,5) Válvula de sangria 1 8 5,4 (0,55) Pino das pastilhas de freio 2 8 17 (1,7) CHASSI: Parafuso de fixação do pedal de câmbio 1 6 12 (1,2) Parafuso de fixação do pedal de partida 1 8 27 (2,8) Parafuso de fixação do pedal de apoio 4 8 27 (2,8) Porca do cavalete lateral 1 10 45 (4,6) NOTA 3 ITEM TORQUE N.m (kg.m) OBSERVAÇÕES CHASSI QTDE.
  • 15. 23-12 SUPLEMENTO CG125(3) NOTAS: 1. Modelo equivalente disponível comercialmente 2. Ferramenta alternativa FERRAMENTAS NÚMERO DA FERRAMENTA Medidor de nível da bóia 07401 - 0010000 5 Chave de raio, 5,8 x 6,1 mm 07701 - 0020300 3, 12, 13 Chave de ajuste da válvula 07908 - 0030400 3 Chave para porca-trava, 20 x 24 mm 07716 - 0020100 9 Barra de extensão 07716 - 0020500 9 Fixador da engrenagem 07724 - 0010200 9 Fixador do estator 07725 - 0040000 10 Acessório, 28 x 30 mm 07746 - 0010800 11 Acessório, 32 x 35 mm 07746 - 0010100 11 Acessório, 37 x 40 mm 07746 - 0010200 12 Acessório, 42 x 47 mm 07746 - 0010300 11, 12, 13 Acessório, 52 x 55 mm 07746 - 0010400 11 Acessório, 72 x 75 mm 07746 - 0010600 11 Guia, 12 mm 07746 - 0040200 12 Guia, 15mm 07746 - 0040300 11,13 Guia, 20 mm 07746 - 0040500 11 Guia, 28 mm 07746 - 0041100 11 Guia, 30 mm 07746 - 0040700 11 Eixo do extrator de rolamento 07746 - 0050100 12, 13 Cabeçote do extrator de rolamento, 12 mm 07746 - 0050300 12 Cabeçote do extrator de rolamento, 15 mm 07746 - 0050400 13 Instalador do retentor de óleo do garfo 07747 - 0010100 12 Acessório instalador do retentor de óleo do garfo 07747 - 0010300 12 Compressor da mola da válvula 07757 - 0010000 7 Fresa da sede da válvula NOTA 1 7 Fresa da sede, 33 mm (45° ESC) 07780 - 0010800 Fresa da sede, 24,5 mm (45° ADM) 07780 - 0010100 Fresa plana, 25 mm (32° ESC) 07780 - 0012000 Fresa plana, 33 mm (32° ADM) 07780 - 0012900 Fresa interna, 30 mm (60° ADM/ESC) 07780 - 0014000 Suporte para fresa, 5,0 mm 07781 - 0010400 Instalador de rolamento 07749 - 0010000 11 ,12, 13 Chave soquete da coluna de direção 07916 - 3710101 12 Instalador do rolamento da coluna de direção 07946 - MB0000 12 Extrator do volante do motor 07733 - 0020001 10 Extrator de rolamento, 15 mm 07936 - KC10500 11 Contrapeso do extrator 07741 - 0010201 11 Extrator/lnstalador da guia da válvula 07942 - MA60000 7 Alargador da guia da válvula 07984 - MA60001 7 Adaptador de pico de voltagem 07HGJ - 0020100 NOTA 2: (Testador Imrie modelo 625) 16 Extrator de pista 07GMD - KS40100 12 Extrator do retentor de óleo 07748 - 0010001 12 DESCRIÇÃO APLICAÇÃO CAPÍTULO OBSERVAÇÕES
  • 16. SUPLEMENTO CG125(3) 23-13 PONTOS DE LUBRIFICAÇÃO E VEDAÇÃO Regiões deslizantes Óleo de motor Parede interna do cilindro Superfície de assentamento e roscas da porca do cabeçote Saia e anéis do pistão Rolamento da extremidade da árvore de manivelas Roscas do parafuso do volante do motor e superfície de assentamento Superfície de assentamento e roscas da contraporca do rotor do filtro de óleo Rotores da bomba de óleo Superfície de assentamento e roscas da porca de ajuste da válvula Superfície do eixo dos balancins Superfície do eixo da engrenagem redutora Superfície do eixo da engrenagem intermediária de partida Superfície dos roletes da embreagem unidirecional de partida Superfície deslizante da engrenagem de partida na árvore de manivelas Extremidades das hastes de empuxo Superfície do disco da embreagem Cada lábio do vedador de óleo e anéis em “O” Todos os rolamentos de esferas e rolamentos de agulhas Superfície completa da engrenagem primária de acionamento Superfície completa da haste de acionamento da embreagem Superfície interna do filtro de óleo Superfície completa do eixo da engrenagem de excêntrica Área de inserção do interruptor de ponto-morto do alojamento Área do pino de empuxo da árvore de comando Óleo à base de bissulfeto Superfície do pino do pistão de molibdênio (Mistura Ressaltos do comando, mancais e superfície das engrenagens de 1/2 de óleo de motor Área do eixo dos braços oscilantes (D.E. 12 mm) e 1/2 de graxa à base Superfície externa de todas as hastes das válvulas de bissulfeto de Dentes das engrenagens e buchas da transmissão molibdênio) Superfície interna e engrenagem de partida Superfície interna e engrenagem intermediária de partida Superfície interna e engrenagem do pedal de partida Roscas do parafuso Allen do gerador de pulsos de ignição Trava química Borracha da fiação do alternador Parafuso torx da embreagem unidirecional de partida LOCALIZAÇÃO MATERIAL MOTOR OBSERVAÇÕES
  • 17. 23-14 SUPLEMENTO CG125(3) Pista de esferas e pista cônica da coluna de direção Graxa Alvania Lábios do retentor de pó do rolamento da roda Graxa de uso geral Lábios do retentor de pó do espelho de freio dianteiro Eixo do pino de ancoragem da sapata de freio Superfície de contato do came do freio Eixo do came do freio Dentes da engrenagem do velocímetro Superfície interna da engrenagem do velocímetro Eixo do pinhão do velocímetro Retentor de pó e buchas de articulação do braço oscilante Articulação da alavanca do freio/embreagem Superfície deslizante do tubo do acelerador Articulação do pedal do freio Articulação do cavalete lateral Superfície deslizante do pedal de partida Roscas do parafuso Allen do garfo Trava química Lábios do vedador de óleo do garfo Fluido para garfo Vedador de feltro da excêntrica de freio Óleo para motor Copo dianteiro do cilindro-mestre Fluido de freio Borracha da manopla esquerda Adesivo Honda A, ou equivalente Pino deslizante do cáliper de freio Graxa de silicone Cabo do acelerador dentro da caixa de junção e borracha Cabo da embreagem dentro da borracha Cabo de freio dianteiro dentro da borracha Alojamento interno do cabo do acelerador Lubrificante para cabos Alojamento interno do cabo da embreagem Alojamento interno do cabo do freio dianteiro Alojamento interno do cabo do velocímetro LOCALIZAÇÃO MATERIAL CHASSI OBSERVAÇÕES
  • 18. SUPLEMENTO CG125(3) 23-15 PASSAGEM DE CABOS E DA FIAÇÃO CG125ES: CABO DA EMBREAGEMFIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO GUIDÃO DIREITO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO GUIDÃO ESQUERDO CABO DO ACELERERADOR FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA DIREITA FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA ESQUERDA CABO DO VELOCÍMETRO MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO
  • 19. 23-16 SUPLEMENTO CG125(3) CG125KS, CA, KSE: FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO GUIDÃO DIREITO (EXCETO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DE PARTIDA: SOMENTE CG125KSE) CABO DO VELOCÍMETRO CABO DA EMBREAGEM CABO DO FREIO DIANTEIRO CABO DO ACELERADOR FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO GUIDÃO ESQUERDO FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA DIREITA FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA ESQUERDA
  • 20. SUPLEMENTO CG125(3) 23-17 CG125ES: FIAÇÃO DA BUZINA FIAÇÃO DO INTERRUPTOR ESQUERDO DO GUIDÃO FIAÇÃO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA ESQUERDA FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DE PARTIDA FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DIREITO DO GUIDÃO FIAÇÃO PRINCIPAL
  • 21. 23-18 SUPLEMENTO CG125(3) CG125KS, CA, KS, KSE: FIAÇÃO DA BUZINA FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO FREIO DIANTEIRO FIAÇÃO DO PAINEL DE INSTRUMENTOS FIAÇÃO DO INTERRUPTOR ESQUERDO DO GUIDÃO FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA ESQUERDA FIAÇÃO DA SINALEIRA DIANTEIRA DIREITA FIAÇÃO PRINCIPAL
  • 22. SUPLEMENTO CG125(3) 23-19 CG125ES: CABO DO VELOCÍMETRO MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DIREITO DO GUIDÃO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR ESQUERDO DO GUIDÃO CABO DA EMBREAGEM CABO DO ACELERADOR FIAÇÃO PRINCIPAL MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO CABO DA EMBREAGEM
  • 23. 23-20 SUPLEMENTO CG125(3) CG125KS, CA: CABO DO FREIO DIANTEIRO CABO DO FREIO DIANTEIRO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR ESQUERDO DO GUIDÃO CABO DA EMBREAGEM FIAÇÃO PRINCIPAL CABO DO VELOCÍMETRO
  • 24. SUPLEMENTO CG125(3) 23-21 CG125KSE: CABO DO FREIO DIANTEIRO CABO DO FREIO DIANTEIRO FIAÇÃO DO INTERRUPTOR ESQUERDO DO GUIDÃO CABO DA EMBREAGEM FIAÇÃO PRINCIPAL CABO DO VELOCÍMETRO
  • 25. 23-22 SUPLEMENTO CG125(3) CG125ES: CABO DA EMBREAGEM CABO DO ACELERADOR MANGUEIRA DO FREIO DIANTEIRO MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO FIAÇÃO TERRA DE PARTIDA TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
  • 26. SUPLEMENTO CG125(3) 23-23 CG125KS, CA: TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR CABO DA EMBREAGEM CABO DO ACELERADOR MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO (ICM) INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
  • 27. 23-24 SUPLEMENTO CG125(3) CG125KSE: TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR CABO DA EMBREAGEM CABO DO ACELERADOR MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO (ICM) INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
  • 28. SUPLEMENTO CG125(3) 23-25 CG125ES, KSE: CABO DO ACELERADOR CABO DA VELA DE IGNIÇÃO MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO (ICM)FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CABO DA EMBREAGEM TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR CABO TERRA DE PARTIDA FIAÇÃO PRINCIPAL TUBO DE RESPIRO BATERIA MANGUEIRA DE RESPIRO DO CÁRTER DO MOTOR RELÉ DE PARTIDA CABO POSITIVO (+) DA BATERIA CABO NEGATIVO (-) DA BATERIA CABO DO MOTOR DE PARTIDA RELÉ DO SINALIZADOR
  • 29. 23-26 SUPLEMENTO CG125(3) CG125KS, CA: RELÉ DO SINALIZADOR CABO DO ACELERADOR MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃOFIAÇÃO DO INTERRUPTOR DA LUZ DO FREIO TRASEIRO CABO DA EMBREAGEM TUBO DE DRENAGEM DO CARBURADOR FIAÇÃO PRINCIPAL TUBO DE RESPIRO BATERIA CABO POSITIVO (+) DA BATERIA CABO NEGATIVO (-) DA BATERIA MANGUEIRA DE RESPIRO DO CÁRTER DO MOTOR CABO DA VELA DE IGNIÇÃO
  • 30. SUPLEMENTO CG125(3) 23-27 CG125ES, KSE: FIAÇÃO PRINCIPAL FIAÇÃO DA SINALEIRA TRASEIRA BATERIA CABO DO MOTOR DE PARTIDA CABO POSITIVO (+) DA BATERIA RELÉ DE PARTIDA REGULADOR/ RETIFICADOR
  • 31. 23-28 SUPLEMENTO CG125(3) CG125KS, CA: REGULADOR/ RETIFICADOR FIAÇÃO PRINCIPAL FIAÇÃO DA SINALEIRA TRASEIRA BATERIA CABO POSITIVO (+) DA BATERIA
  • 32. SUPLEMENTO CG125(3) 23-29 SISTEMAS DE CONTROLE DE EMISSÕES (apenas tipo BR) Este veículo atende as exigências do Programa de Controle de Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares - PROMOT (Resolução nº 297 de 26/02/2002, do CONAMA - Conselho Nacional do Meio-Ambiente). EMISSÕES DE POLUENTES O processo de combustão produz monóxido de carbono, óxido de nitrogênio e hidrocarbonetos, entre outros elementos. O controle de hidrocarbonetos e de óxido de nitrogênio é muito importante porque, sob determinadas condições, eles reagem formando fumaça e névoa foto-química quando expostos à luz solar. O monóxido de carbono não reage da mesma forma, mas também é tóxico. Moto Honda da Amazônia Ltda. utiliza ajustes pobres de carburador e outros sistemas para reduzir a emissão de monóxido de carbono e de hidrocarbonetos. SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÕES DO ESCAPAMENTO O sistema de controle de emissões do escapamento é composto por um ajuste pobre do carburador e nenhum ajuste deve ser feito, exceto o ajuste de marcha-lenta, através do parafuso de aceleração. O sistema de controle de emissões de escapamento está separado do sistema de controle de emissões do cárter do motor. SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÕES DO CÁRTER DO MOTOR O motor é equipado com um sistema fechado do cárter do motor, para evitar a descarga de emissões do cárter na atmosfera. O gás expelido retorna à câmara de combustão através do filtro de ar e do carburador. CARBURADOR FILTRO DE AR MANGUEIRA DE RESPIRO DO CÁRTER DO MOTOR Ar Fresco Gás Expelido
  • 33. 23-30 SUPLEMENTO CG125(3) SISTEMA DE CONTROLE DE EMISSÃO DE RUÍDOS É PROIBIDO ADULTERAR O SISTEMA DE CONTROLE DE RUÍDOS: As leis locais proíbem os seguintes atos ou causas a seguir: (1) Remover ou tornar inoperante, por alguma pessoa, exceto para os propósitos de manutenção, reparação ou substituição, de qualquer dispositivo ou elemento de projeto incorporado a qualquer veículo, cujo objetivo seja controlar o nível de ruído antes da venda ou entrega ao último comprador ou enquanto em uso; (2) a utilização do veículo após tal dispositivo ou elemento de projeto ter sido removido ou se tornado inoperante por alguém. ENTRE OS ATOS QUE PRESUMIDAMENTE SE CONSTITUEM EM ADULTERAÇÃO PODEM INCLUIR-SE: 1. Remoção ou perfuração do silenciador, defletor, tubos coletores ou qualquer outro componente que conduza os gases de escapamento. 2. Remoção ou perfuração de alguma peça do sistema de escapamento. 3. Falta de manutenção apropriada. 4. Substituição de peças móveis do veículo ou de peças dos sistemas de escapamento ou de admissão por peças diferentes daquelas especificadas pelo fabricante. ETIQUETA DE INFORMAÇÕES SOBRE O CONTROLE DE EMISSÕES (apenas tipo BR) A etiqueta de informações para controle de emissões está fixada no lado esquerdo do chassi. A fim de assegurar que a motocicleta esteja de acordo com as exigências legais, verifique se as emissões de CO e de HC estão dentro dos níveis recomendados para a marcha-lenta (Resolução nº 297/ 02, artigo 16, do CONAMA) (Veja a página 23/34). ETIQUETA DE INFORMAÇÕES SOBRE O CONTROLE DE EMISSÕES
  • 34. SUPLEMENTO CG125(3) 23-31 TABELA DE MANUTENÇÃO Item Operações Período 1.000 km 3.000 km 6.000 km a cada... km Óleo do motor Trocar (obs.1) 1.500 Filtro de tela de óleo Limpar 1.500 Filtro centrífugo Limpar 6.000 Filtro de ar Limpar (obs. 2) 3.000 Trocar 12.000 Vela de ignição Limpar, ajustar ou trocar 3.000 Folga das válvulas Verificar e ajustar 3.000 Carburador Regular a marcha lenta 3.000 Limpar 6.000 Funcionamento do afogador Verificar e ajustar 3.000 Funcionamento do acelerador Verificar e ajustar 3.000 Tanque/tubulações Verificar 6.000 Registro/filtro de combustível Limpar 6.000 Cabo da embreagem Verificar, ajustar e lubrificar 6.000 Facho do farol Ajustar 3.000 Sistema de escapamento Verificar 3.000 Fluido do freio dianteiro Verificar o nível 3.000 (CG125 TITAN ES) Trocar (obs. 3) 18.000 Desgaste da pastilha do freio Verificar 3.000 (CG125 TITAN ES) Tambor do freio Limpar 3.000 Cabo do freio dianteiro Verificar, ajustar e lubrificar 3.000 Freios dianteiro/traseiro Verificar e ajustar 3.000 Sapatas dos freios Verificar o desgaste 3.000 Interruptor da luz do freio Ajustar 3.000 Pneus Verificar e calibrar 1.000 Aros e raios das rodas Verificar e ajustar 3.000 Corrente de transmissão Verificar, ajustar e lubrificar 1.000 Suspensões dianteira e traseira Verificar 6.000 Óleo da suspensão dianteira Trocar 9.000 Interruptores/instrumentos Verificar o funcionamento 3.000 Rolamentos da coluna de direção Verificar, ajustar e lubrificar 3.000 Sistema de iluminação/sinalização Verificar o funcionamento 3.000 Parafusos, porcas e fixações Verificar e reapertar 3.000 Cavalete lateral Verificar 3.000 Obs: 1. Verifique diariamente o nível de óleo e complete, se necessário. As três primeiras trocas de óleo devem ser efetuadas a cada 1.000 km e as demais em intervalos de 1.500 km. 2. Efetue o serviço com mais freqüência, quando utilizar a motocicleta sob condições de muita poeira e umidade. 3. Substitua a cada 18.000 km ou a cada 2 anos de uso, o que ocorrer primeiro.
  • 36. SUPLEMENTO CG125(3) 23-33 CUIDADO MARCHA-LENTA DO MOTOR Caso o motor deva ficar em funcionamento para que algum serviço seja efetuado, certifique-se de que o local esteja bem ventilado. Nunca deixe o motor funcionar em local fechado. Os gases de escapamento contém gás venenoso (monóxido de carbono), que pode causar perda de consciência e morte. Acione o motor em um local aberto ou caso seja um local fechado, que disponha de um sistema de exaustão de gases. NOTA: • Inspecione e ajuste a marcha-lenta após efetuar todos os demais itens de manutenção do motor que estejam dentro das especificações. • O motor deve estar quente para que seja efetuada uma inspeção e ajuste precisos da marcha-lenta. Aqueça o motor por aproximadamente dez minutos. Conecte um tacômetro. Gire o parafuso de aceleração, conforme requerido, para obter a marcha-lenta especificada. MARCHA-LENTA: 1.400 ± 100 rpm Remova o tacômetro. ÓLEO DO MOTOR INSPEÇÃO DO NÍVEL DE ÓLEO Inspecione a abasteça com óleo recomendado até atingir a marca superior. NOTA: Outras viscosidades mostradas na tabela podem ser utilizadas quando a temperatura média na área em que o veículo é utilizado estiver dentro da faixa indicada. ÓLEO RECOMENDADO PARA MOTOR: MOBIL SUPER MOTO 4T Classificação de serviço: API-SF Viscosidade: SAE 20W-50 PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
  • 37. 23-34 SUPLEMENTO CG125(3) SISTEMA DE ESCAPAMENTO (apenas tipo BR) MEDIÇÃO DA EMISSÃO DOS GASES DE ESCAPAMENTO EM MARCHA-LENTA Verifique os seguintes itens antes da inspeção: – Condição das velas de ignição – Condição do elemento do filtro de ar – Sistema de controle de emissões do cárter do motor – Ponto de ignição 1. Coloque a motocicleta no seu cavalete central (ou lateral) 2. Conecte um tubo ou mangueira apropriado (resistente ao calor e a produtos químicos) no silenciador, de maneira que a ponta de prova possa ser inserida mais de 60 cm (0,24 pol.). NOTA: Temperatura do óleo do motor (referência): 60°C. 3. Aqueça o motor até a temperatura de funcionamento. Interrompa e a seguir dirija por 10 minutos. Isto é suficiente. 4. Ajuste a rotação de marcha-lenta do motor, se necessário. ROTAÇÃO DA MARCHA-LENTA: 1.400 ± 100 rpm 5. Introduza a ponta de prova no silenciador e meça a concentração de monóxido de carbono (porcentagem de CO) e de hidrocarbonetos (HC, ppm). Medição de CO em marcha-lenta: Abaixo de 4,5 ± 1% Medição de HC em marcha-lenta: Abaixo de 1.000 ppm Se houver concentração de CO e/ou HC, ajuste o parafuso da mistura (página 23-46). FERRAMENTA PARA MEDIÇÃO DE CO/HC PONTA DE PROVA 60 cm (0,24 pol.)
  • 38. SUPLEMENTO CG125(3) 23-35 DIAGRAMA DO SISTEMA DE COMBUSTÍVEL
  • 39. 23-36 SUPLEMENTO CG125(3) CUIDADO VÁLVULA DE ACELERAÇÃO A gasolina é extremamente inflamável e explosiva sob determinadas condições. MANTENHA-A À DISTÂNCIA DO ALCANCE DE CRIANÇAS. REMOÇÃO Remova a tampa lateral (página 2-2). Solte a parte superior do carburador. Remova a parte superior do carburador e a válvula de aceleração do carburador. NOTA: Não danifique a agulha do giclê. Remova o cabo do acelerador da válvula de aceleração enquanto comprime a mola da válvula de aceleração. Remova a trava da agulha do giclê e a agulha do giclê. Inspecione a válvula de aceleração e a agulha do giclê quanto a riscos, desgaste ou danos. PARTE SUPERIOR DO CARBURADOR VÁLVULA DE ACELERAÇÃO VÁLVULA DE ACELERAÇÃO MOLA CABO DO ACELERADOR AGULHA DO GICLÊ VÁLVULA DE ACELERAÇÃO GRAMPO DA AGULHA TRAVA
  • 40. SUPLEMENTO CG125(3) 23-37 INSTALAÇÃO Instale o grampo da agulha na agulha do giclê. POSIÇÃO PADRÃO: terceira ranhura a partir da parte superior Instale a agulha do giclê na válvula de aceleração. Instale a trava da agulha do giclê. Instale a mola da válvula de aceleração no cabo do acelerador. Conecte o cabo do acelerador na válvula de aceleração enquanto comprime a mola de aceleração. Instale a válvula de aceleração no corpo do carburador, alinhando seu corte com o parafuso de aceleração. Aperte a parte superior do carburador firmemente. NOTA: • Após a instalação, acione a válvula de combustível (ON) e inspecione quanto a vazamentos de combustível. • Não danifique a agulha do giclê. AGULHA DO GICLÊ GRAMPO DA AGULHA AGULHA DO GICLÊ VÁLVULA DE ACELERAÇÃO TRAVA VÁLVULA DE ACELERAÇÃO MOLA CABO DO ACELERADOR CORTE VÁLVULA DE ACELERAÇÃO PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
  • 41. 23-38 SUPLEMENTO CG125(3) CUIDADO CARBURADOR REMOÇÃO A gasolina é extremamente inflamável e explosiva sob determinadas condições. Trabalhe em um local bem ventilado. Não fume e evite a formação de faíscas ou chamas no local de trabalho ou onde a gasolina estiver armazenada; isto poderia ocasionar um incêndio ou uma explosão. Remova a tampa lateral (página 2-2). Desconecte a válvula de combustível. Solte o parafuso de drenagem e drene o combustível da câmara da bóia em um recipiente específico para a conservação de gasolina. Desconecte o tubo de combustível da válvula de combustível. Remova a válvula de aceleração (página 23-32). Remova o tubo de respiro de ar. Solte o parafuso da cinta do tubo de conexão do filtro de ar. Remova as porcas de fixação do carburador e o carburador. Remova o anel em “O”. DESMONTAGEM Remova o tubo de combustível e o tubo de drenagem do carburador. TUBO DE RESPIRO DE AR PARAFUSO PORCAS TUBO DE COMBUSTÍVEL PARAFUSO DE DRENAGEM ANEL EM “O” TUBO DE COMBUSTÍVEL TUBO DE DRENAGEM
  • 42. SUPLEMENTO CG125(3) 23-39 Remova o parafuso e a placa de ajuste. Remova a alavanca do afogador e a arruela. Remova os parafusos e a câmara da bóia. Remova o pino da bóia, a bóia e a respectiva válvula cuidadosamente. PARAFUSO PLACA DE AJUSTE ARRUELA ALAVANCA DO AFOGADOR CÂMARA DA BÓIA PARAFUSOS BÓIA VÁLVULA DA BÓIA PINO DA BÓIA
  • 43. 23-40 SUPLEMENTO CG125(3) Inspecione o funcionamento da válvula da bóia. Inspecione o assento da válvula da bóia quanto a riscos, arranhões, entupimentos e danos. Inspecione a extremidade da válvula no ponto onde o assento de válvula é tocado, quanto a desgaste gradual ou contaminação. Substitua a válvula, caso a sua extremidade esteja desgastada ou contaminada. Caso o assento esteja danificado, substitua o corpo do carburador. Remova as seguintes peças: – Giclê principal – Giclê da agulha – Suporte do giclê da agulha – Giclê de marcha-lenta – Parafuso da mistura/mola/arruela/anel em “O” – Parafuso de aceleração/mola NOTA: Antes de remover o parafuso da mistura, registre o número de voltas até que ele fique levemente assentado. A seguir remova o parafuso da mistura. CUIDADO: O assento do parafuso da mistura poderá ser danificado, caso o mesmo seja apertado contra o seu assento. Aplique ar comprimido em cada uma das passagens de ar e de combustível, no corpo do carburador. Inspecione cada peça quanto a desgaste ou danos e substitua- as, caso seja necessário. VÁLVULA DA BÓIA GICLÊ DE MARCHA- LENTA GICLÊ PRINCIPAL SUPORTE DO GICLÊ DE AGULHA/GICLÊ DE AGULHA PARAFUSO DE ACELERAÇÃO/MOLA PARAFUSO DA MISTURA/ MOLA/ARRUELA/ANEL EM “O”
  • 44. SUPLEMENTO CG125(3) 23-41 MONTAGEM Instale as seguintes peças: Parafuso de aceleração/mola/novo anel em “O” Giclê de marcha-lenta Suporte do giclê de agulha Giclê de agulha Giclê principal CUIDADO: Manuseie todos os giclês com bastante cuidado. Eles podem ser facilmente arranhados ou riscados. Instale o anel em “O”, a arruela, a mola e o parafuso da mistura. Coloque-os na posição original, conforme indicado durante a remoção. Efetue o procedimento de ajuste do parafuso da mistura, caso seja instalado um novo parafuso da mistura (página 23-41). Instale a válvula da bóia no corpo do carburador. Instale a bóia e a válvula da bóia, e a seguir o respectivo pino, através do corpo e da bóia. MOLA TRAVA GRAMPO DA AGULHA AGULHA DO GICLÊ VÁLVULA DE ACELERAÇÃO PARAFUSO DE ACELERAÇÃO ANEL EM “O” MOLA CORPO DO CARBURADOR ARRUELA ALAVANCA DO AFOGADOR PLACA DE AJUSTE PARAFUSO GICLÊ DE AGULHA/ SUPORTE DO GICLÊ DE AGULHA/GICLÊ PRINCIPAL CÂMARA DA BÓIA PARAFUSOS PARAFUSO DE DRENAGEM VÁLVULA DA BÓIA PINO DA BÓIA BÓIA PARAFUSO DA MISTURA MOLA ARRUELA GICLÊ DE MARCHA-LENTA ANEL EM “O” ANEL EM “O” ANEL EM “O” MOLA GICLÊ DE AGULHA GICLÊ PRINCIPAL PARAFUSO DA MISTURA ANEL EM “O” SUPORTE DO GICLÊ DE AGULHA GICLÊ DE MARCHA-LENTA BÓIA VÁLVULA DA BÓIA PINO DA BÓIA MOLAARRUELA PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
  • 45. 23-42 SUPLEMENTO CG125(3) INSPEÇÃO DO NÍVEL DA BÓIA Com a válvula da bóia assentada e o braço da bóia apenas tocando a válvula, meça o nível da bóia, utilizando a ferramenta especial conforme indicado. NÍVEL DA BÓIA: 14 mm (0,55 pol.) FERRAMENTA: MEDIDOR DO NÍVEL DA BÓIA DO CARBURADOR 07401–0010000 A bóia não pode ser ajustada. Substitua o conjunto da bóia, caso o seu nível esteja fora da especificação. Instale um novo anel em “O” na ranhura da câmara da bóia. Instale a câmara da bóia. Instale e aperte o parafuso da câmara da bóia. Instale a arruela e a alavanca do afogador. MEDIDOR DO NÍVEL DA BÓIA ANEL EM “O” CÂMARA DA BÓIA PARAFUSOS CÂMARA DA BÓIA ARRUELA ALAVANCA DO AFOGADOR
  • 46. SUPLEMENTO CG125(3) 23-43 Instale a placa de ajuste. Instale e aperte o parafuso na placa de ajuste. Instale o tubo de combustível e o tubo de drenagem do carburador. CORPO DO CARBURADOR PLACA DE AJUSTE PARAFUSO PLACA DE AJUSTE TUBO DE COMBUSTÍVEL TUBO DE DRENAGEM
  • 47. 23-44 SUPLEMENTO CG125(3) INSTALAÇÃO Aplique óleo para motor limpo no novo anel em “O”. Instale o novo anel em “O” no carburador. Instale o carburador no tubo de conexão. 8,5-10 mm (0,33-0,39 pol.) Aperte as porcas firmemente. Aperte o parafuso da cinta do tubo de conexão, de maneira que a folga das extremidades da cinta seja de 8,5 – 10 mm (0,33 – 0,39 pol.). Instale a válvula de aceleração e a parte superior do carburador (página 23-33). Conecte o tubo de combustível da válvula de combustível (página 2-3). Instale o tubo de respiro de ar e o tubo de drenagem. NOTA: Encaminhe os tubos adequadamente (página 23-15). Aperte o parafuso de drenagem. Instale a tampa lateral (página 2-2). Conecte a válvula de combustível. Após instalar o carburador, inspecione os seguintes componentes: – Folga da manopla do acelerador (página 3-5) – Marcha-lenta do motor (página 23-30) – Ajuste do parafuso da mistura PARAFUSO PORCAS ANEL EM “O” TUBO DE RESPIRO DE AR PARAFUSO DE DRENAGEM TUBO DE DRENAGEM
  • 48. SUPLEMENTO CG125(3) 23-45 CUIDADO AJUSTE DO PARAFUSO DA MISTURA PROCEDIMENTO DE AJUSTE DA MARCHA- LENTA Caso o motor deva permanecer em funcionamento ao efetuar algum trabalho, assegure-se de que o local esteja bem ventilado. Jamais acione o motor em um local fechado. Os gases de escapamento contêm monóxido de carbono, que é venenoso e que pode levar à perda de consciência e à morte. Acione o motor em um local ventilado ou com um sistema para exaustão de gases, caso o local seja fechado. NOTA: • O parafuso da mistura é corretamente ajustado na fábrica. Devido ao fato do ajuste do parafuso da mistura ser crítico para a emissão dos gases CO e HC, este ajuste deve ser efetuado com bastante cuidado. • Temperatura de referência do óleo do motor: 60°C • O parafuso da mistura é pré-ajustado na fábrica e nenhum ajuste pode ser efetuado, a não ser que o mesmo seja substituído. • O motor deve estar aquecido para um ajuste preciso. O funcionamento por 10 minutos é suficiente. • Use um tacômetro com graduação de 50 rpm, ou inferior, o qual irá indicar precisamente uma alteração de 50 rpm. 1. Gire o parafuso da mistura no sentido horário, até que ele esteja ligeiramente assentado. A seguir, gire-o para fora, até o número de voltas especificado. Isto é um ajuste inicial anterior ao ajuste final do parafuso da mistura. ABERTURA INICIAL: 2-1/4 voltas para fora CUIDADO: Caso o parafuso seja apertado contra o assento, o mesmo poderá ser danificado. 2. Aqueça o motor até que ele alcance a temperatura de funcionamento. Um percurso de 10 minutos é suficiente. 3. Interrompa o funcionamento do motor e conecte um tacômetro, de acordo com as instruções do fabricante do mesmo. 4. Dê partida ao motor e ajuste a marcha-lenta através do botão do parafuso de aceleração. MARCHA-LENTA: 1.400 ± 100 rpm 5. Gire o parafuso da mistura para dentro e para fora vagarosamente, a fim de obter a rotação mais alta do motor. 6. Abra ligeiramente o acelerador duas ou três vezes. A seguir ajuste a marcha-lenta através do botão do parafuso de aceleração. 7. Gire o parafuso da mistura gradualmente, até que a marcha- lenta do motor caia 100 rpm. PARAFUSO DA MISTURA PARAFUSO DE ACELERAÇÃO
  • 49. 23-46 SUPLEMENTO CG125(3) 8. Gire o parafuso da mistura para fora até a abertura final. ABERTURA FINAL: 1/4 de volta para fora. 9. Ajuste novamente a rotação da marcha-lenta, através do parafuso de aceleração. 10. Inspecione novamente a medição dos gases de escape em marcha-lenta (página 23-34) (tipo BR). Caso exista concentração de CO e/ou HC, siga o diagnóstico de falhas (Desempenho deficiente, em baixa rotação e em marcha-lenta (20-3) (tipo BR).
  • 50. SUPLEMENTO CG125(3) 23-47 45 N.m (4,6 kgf.m, 33 lbf.pé) REMOÇÃO DO MOTOR 26 N.m (2,7 kgf.m, 20 lbf.pé) 32 N.m (3,3 kgf.m, 23 lbf.pé)
  • 51. 23-48 SUPLEMENTO CG125(3) GUIDÃO EXTREMIDADE DA MANOPLA REMOÇÃO Remova o parafuso e a extremidade da manopla. INSTALAÇÃO Instale a extremidade da manopla no peso interno, alinhando o respectivo ressalto com a ranhura existente no peso interno. Instale a extremidade da manopla e aperte o parafuso. Substituição do Peso Interno Caso o peso interno tenha sido removido, alinhe a lingüeta do retentor do peso, utilizando uma chave de fenda ou punção. NOTA: • Aplique lubrificante em spray através do orifício de trava da lingüeta na borracha, a fim de facilitar a remoção. • O guidão não deve ser removido de seu suporte, ao substituir o peso interno. Instale provisoriamente a extremidade da manopla e o parafuso. A seguir, remova o peso interno, girando a extremidade da manopla. Remova a extremidade da manopla, do peso interno. Descarte o retentor. Instale um novo retentor e um coxim de borracha no peso interno. Instale a extremidade da manopla no peso interno, alinhando o seu ressalto com a ranhura existente no peso interno. Instale um novo parafuso de fixação. LINGÜETA DO RETENTOR RETENTOR COXIM DE BORRACHA PESO INTERNO ORIFÍCIO DO RETENTOR PESO INTERNO RETENTOR PARAFUSO COXIM DE BORRACHA EXTREMIDADE DA MANOPLA ALINHAMENTO PARAFUSO EXTREMIDADE DA MANOPLA EXTREMIDADE DA MANOPLA PARAFUSO
  • 52. SUPLEMENTO CG125(3) 23-49 BATERIA/DIAGRAMA DO SISTEMA DE CARGA INTERRUPTOR DE ILUMINAÇÃO BATERIA REGULADOR/RETIFICADOR ALTERNADOR *1 Com motor de partida: 12V – 4AH Sem motor de partida: 12V – 3AH *2 Com motor de partida: R Sem motor de partida: R/W *3 Com motor de partida: 15A Sem motor de partida: 10A W: Branco Y: Amarelo R: Vermelho G: Verde Br: Marrom COM INTERRUPTOR DEILUMINAÇÃO SEM INTERRUPTOR DE ILUMINAÇÃO REGULADOR/ RETIFICADOR FUSÍVEL BATERIA INTERRUPTOR DE ILUMINAÇÃO ALTERNADOR
  • 53. 23-50 SUPLEMENTO CG125(3) BATERIA REMOÇÃO Remova a tampa lateral esquerda (página 2-2). Remova o parafuso e a cinta da bateria. Desconecte primeiramente o conector do cabo negativo, e a seguir o conector do cabo positivo; finalmente, remova a bateria. INSTALAÇÃO Instale a bateria na seqüência inversa de remoção, com a fiação apropriada, conforme mostrado. NOTA: Conecte primeiramente o terminal positivo, e a seguir o cabo negativo. Após instalar a bateria, lubrifique os terminais com graxa limpa. Instale a tampa lateral esquerda (página 2-2). BATERIA CINTA DA BATERIA PARAFUSO TERMINAL NEGATIVO DA BATERIA (-) TERMINAL POSITIVO DA BATERIA (+)
  • 54. SUPLEMENTO CG125(3) 23-51 DIAGRAMA DO SISTEMA DE IGNIÇÃO INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO MÓDULO DE CONTROLE DE IGNIÇÃO (ICM) BOBINA DE IGNIÇÃO ALTERNADOR GERADOR DE PULSOS DA IGNIÇÃO VELA DE IGNIÇÃO * Com motor de partida: 15 A Sem motor de partida: 10 A Bl: Preto Bu: Azul W: Branco Y: Amarelo R: Vermelho G: Verde FUSÍVEL (*) INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO BATERIA BOBINA DE IGNIÇÃO VELA DE IGNIÇÃO GERADOR DE PULSOS DE IGNIÇÃO Ao REGULADOR/ RETIFICADOR ALTERNADOR
  • 55. 23-52 SUPLEMENTO CG125(3) CUIDADO INSPEÇÃO DO SISTEMA DE IGNIÇÃO PICO DE VOLTAGEM DA BOBINA PRIMÁRIA DE IGNIÇÃO NOTA: • Inspecione todas as conexões do sistema antes da inspeção. Caso o sistema esteja desconectado, a medição da voltagem de pico poderá não estar correta. • Inspecione a compressão do cilindro e verifique se a bobina de ignição foi instalada corretamente. Coloque a motocicleta em seu cavalete central. Remova a tampa lateral esquerda (página 2-2). Com o cabo da bobina primária de ignição conectado, conecte o adaptador de pico de voltagem ou o testador Imrie, na bobina de ignição. CONEXÃO: Terminal preto/amarelo (-) – Terra (+) Ligue o interruptor de ignição. Acione o motor através do mecanismo de partida ou do motor de partida e faça a leitura do pico de voltagem da bobina primária de ignição. PICO DE VOLTAGEM: mínima de 100 V Evite tocar a vela de ignição e as pontas de prova do testador, a fim de evitar choque elétrico. Caso o pico de voltagem esteja anormal, inspecione quanto a circuito aberto ou quanto a conexões deficientes entre os cabos preto/amarelo. Caso nenhum defeito seja encontrado, consulte a Tabela de Diagnóstico de Falhas na página 16-3. BOBINA DE IGNIÇÃO REMOÇÃO/INSTALAÇÃO Remova o tanque de combustível (página 2-3). Desconecte o supressor de ruídos da vela de ignição. Solte o cabo da vela de ignição das respectivas presilhas. Desconecte os conectores. Remova os parafusos e a bobina de ignição. O procedimento de instalação deverá ser efetuado na seqüência inversa ao de remoção. PONTA DE PROVA NEGATIVA (-) PONTA DE PROVA POSITIVA (+) PRESILHAS DO CABO CABO DA VELA DE IGNIÇÃO SUPRESSOR DE RUÍDOS PRESILHA DO CABO BOBINA DE IGNIÇÃO CONECTOR PARAFUSOS
  • 56. SUPLEMENTO CG125(3) 23-53 MÓDULO DE CONTROLE DA IGNIÇÃO (ICM) REMOÇÃO E INSTALAÇÃO Desconecte o conector 4P. Remova o módulo de controle da ignição (ICM) do suporte. Instale o ICM na seqüência inversa à de remoção. INTERRUPTOR DE IGNIÇÃO INSPEÇÃO Remova o conjunto do farol (página 18-2). Desconecte o conector 2P do interruptor de ignição. Inspecione a continuidade entre os terminais em cada posição do interruptor, de acordo com a tabela abaixo. INTERRUPTORES DO GUIDÃO (apenas tipo AG) INSPEÇÃO Remova o conjunto do farol (página 18-2). Desconecte o conector 9P do interruptor do guidão. Inspecione quanto a continuidade entre os terminais em cada posição do interruptor, de acordo com a tabela abaixo. COMUTADOR DO FAROL INTERRUPTOR DA BUZINA INTERRUPTOR DA SINALEIRA BAT1 BAT2 OFF ON COR R R/BI HI HL LO (H) (N) L COR Bu Br W Terminal Posição HO BAT SOLTO ACIONADO COR Lg BI L W R L (N) R COR O Gr Lb CONECTOR 2P MÓDULO DE CONTROLE DA IGNIÇÃO (ICM) CONECTOR CONECTOR 9P INTERRUPTOR DO GUIDÃO ESQUERDO
  • 66. CG125 TITAN KS_ES_KSE_CA no.fh8 17.03.2003 13:42 Page 1 Composite C M Y CM MY CY CMY K 00X6B-KGA-603 Moto Honda da Amazônia Ltda. MANUAL DE SERVIÇOS CG125 TITAN KS • ES • KSE CG125 CARGO SUPLEMENTO