SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
1
JB NEWSRede Catarinense de Comunicação da Maçonaria Universal
www.radiosintonia33 – jbnews@floripa.com.br
Informativo Nr. 1.064
Filiado à ABIM sob nr. 007/JV
Loja Templários da Nova Era nr. 91
Quintas-feiras às 20h00 - Templo: Obreiros da Paz - Canasvieiras
Editoria: IrJeronimo Borges – JP-2307-MT/SC
Florianópolis (SC) - sexta-feira, 02 de agosto de 2013
Índice:
Bloco 1 - Almanaque
Bloco 2 - Opinião - Mario Gentil Costa - Ideias de uma noite de insônia
Bloco 3 - IrPaulo Roberto "on line" - Misticismo -
Bloco 4 - IrRoberto Borba - Visita às Sessões de outras Oficinas...
Bloco 5 - IrJosé Aparecido dos Santos - Programação Maçônica
Bloco 6 - IrPedro Juk - Perguntas e Respostas - "Dúvidfas "
Bloco 7 - Destaques JB
Pesquisas e artigos:
Acervo JB News - Internet – Colaboradores – Blogs - http:pt.wikipedia.org
- Imagens: próprias e www.google.com.br
Hoje, 02 de agosto de 2013, 214º dia do calendário gregoriano. Faltam 151 para acabar o ano.
Se não deseja receber mais este informativo ou alterou o seu endereço eletrônico, por favor, comunique-nos
2
O Nosso Lado da Escada
João Guilherme
Os Graus do Real Arco chegaram à América no século XVII,
quando os Estados Unidos ainda eram colônia inglesa, herança
direta da Grande Loja dos Antigos e, indireta, das mais antigas
práticas irlandesas. Lá foram conservados e já estavam
consolidados em sua forma definitiva quando o General Grand
Chapter foi criado em 24 de outubro de 1797. Chegaram ao
Brasil em 1993 e, passados quase vinte anos, são praticados com
entusiasmo pelos Maçons brasileiros de todos os Ritos e das três
Potências regulares brasileiras.
Como tudo que é novo, tivemos que começar a partir do zero,
produzindo os materiais necessários, organizando um sistema
administrativo e nos capacitando para um relacionamento internacional constante.
Com a chegada do Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil, em 2001,
crescemos muito, é verdade, o que implicou em responsabilidades ainda maiores. Uma das mais
importantes é preparar bibliografia. Ela existe e é farta, mas está em inglês. Por isto, dadas as
peculiaridades do Real Arco no Brasil, é chegada a hora de começar a dividir o que aprendemos
nestes anos, para preparar talentos que possam prosseguir a jornada.
Este livro é apenas o início, o primeiro passo. Conhecendo tão bem nossos Companheiros, é certo
que será seguido por melhores e mais talentosos escritores. Afinal, é para isto que existem os
Mestres de Liturgia.
 338 a.C. - Filipe da Macedônia dizima as forças de Atenas e Tebas na Batalha da Queronéia.
 216 a.C. - Na Batalha de Canas, considerada uma obra-prima de tática, Aníbal destrói os exércitos
romanos comandados por Lúcio Emílio Paulo e Caio Terêncio Varrão.
 1665 - A Inglaterra ataca navios mercantes holandeses na Batalha de Vågen.
Eventos Históricos
Aprofunde seu conhecimento clicando nas palavras sublinhadas.
1 - ALMANAQUE
Livros Indicados:
3
 1675 - Inauguração da Sinagoga Portuguesa de Amsterdão.
 1766 - Alvará concedido a Augusto Ludovico Thymme para a criação, em Lisboa, de uma fábrica
de folhetas para a cravação de diamantes.
 1918 - É derrubada a República Soviética da Hungria.
 1934 - Adolf Hitler se torna o führer da Alemanha.
 1945 - Termina a Conferência de Potsdam, na qual as potências aliadas decidem o que fazer com a
Alemanha após o fim da Segunda Guerra Mundial.
 1990 - O Iraque invade o Kuwait, acendendo o estopim para a Guerra do Golfo.
 Mitologia grega: Festival das Ninfas
(Fontes: “O Livro dos Dias” 17ª edição e arquivo pessoal)
1806 D. Macedo de Noronha, Conde de Arcos, vice-rei do Brasil, prpoíbe o
trabalho dos Maçons.
1861 Fundada a Grande Loja do Colorado, A.∙. F.∙. & A.∙. M.∙. USA.
1822 Ata da 9ª Sessão do GO Brasileiro, presidida por José Bonifácio. Iniciação
do príncipe D. Pedro, que adotou o nome heróico de Guatimozim, último
imperador asteca, morto no México em 1522. D. Pedro tomou parte da loja
"Comércio e Artes".
1985 Fundação da Loja Fraternidade Imaruiense nr. 42 de Imaruí (GOSC)
que trabalha no Rito Moderno.
feriados e eventos cíclicos
fatos maçônicos do dia
Bethel Fênix: 15 anos
Agende-se: 24 de agosto de 2013 (sábado)
O Bethel Fênix de Florianópolis está se preparando para a sua festa de 15
anos de fundação, programada para o penúltimo sábado de agosto (dia 24).
Será às 18h00 do dia 24 de agosto (sábado) nas dependências da Grande Loja
de Santa Catarina, no Campeche.
Após a cerimônia será servido um jantar e, em seguida, haverá uma festa de
confraternização.
O traje será passeio completo e maiores informações com Ivone (48) 8449-
5001 ou Maria Cecília (48) 99722871. Os ingressos são limitados.
Confirme sua presença até dia 16 de agosto.
4
Mario Gentil Costa.
O autor, é médico em Florianópolis.
Contato: magenco@terra.com.br
Ideias de uma noite de insônia
(Farrapos de ideias)
Coisa engraçada o pensamento; está sempre presente, na maior parte
das vezes errático, abstrato, vadio, inconsequente, mas sempre dentro e ao
redor da gente. "Penso, logo existo" é um pensamento que dá o que pensar...
As idéias existem no espaço e no tempo, cósmicas e intemporais, à
disposição de quem souber usá-las, mas, ao mesmo tempo, ciosas do seu
valor, distribuindo-se em doses mínimas na maioria das cabeças.
Frederico II da Prússia, o Grande, já dizia que "o conhecimento está ao
alcance de muitos, mas a arte de pensar é privilégio de poucos"...
Apesar disso, o pensamento, no sentido mais lato, é automático; não
pára de jorrar, nem mesmo durante o sono, em sonhos ou pesadelos, como
se produzido por uma central em constante atividade.
2 - OPINIÃO - Ideias de uma noite de insônia
Mario Gentil Costa
5
Se todos aprendessem a controlá-lo e canalizá-lo com lógica e
objetividade, quantas ideias brilhantes seriam trazidas à luz? Sim, porque ele
veicula ideias e estas são o substrato da inteligência. Quantas e quantas
vezes tentamos organizá-las e subjugá-las à nossa vontade e, por mais
esforço que façamos, elas se mostram fugidias e volúveis, teimando em se
esconder nos escaninhos do subconsciente?
Foi através delas que o homem inventou a palavra. E o que é a palavra,
senão um mero símbolo do pensamento? O que é o pensamento, senão o
veículo da ideia? Portanto, embora pareça que sim, não pensamos com
palavras; pensamos com idéias, com conceitos.
Muito antes de o homem inventar a palavra, ele já pensava; pensava
com ideias. No começo, provavelmente, pensávamos com gestos e gritos. O
homem tinha necessidade de se comunicar e não sabia falar. Tanto isso é
verdade que uma mesma ideia é expressada em cada língua com uma
palavra diferente. Exemplo oportuno: - o próprio "pensamento", que é, ao
mesmo tempo, "pensamiento", "pensée", "thought", "pensiero" e assim por
diante...
Ele só existe nos humanos?... Ou está também presente no cérebro de
outros animais superiores, no do chimpanzé, do gorila, do golfinho e da
baleia? Tudo faz crer que sim. A diferença é apenas quantitativa, isto é,
pensamos mais e melhor. Mas não há dúvida de que eles também pensam,
nem que seja de maneira rudimentar.
E, no nosso caso em particular, alguns cérebros atingem um nível
altíssimo...; é o caso dos gênios... Sempre fui fascinado por esse poder, que
alguns cérebros têm, de produzir pensamentos raros, à custa de muito
meditar.
Mario Gentil Costa
6
Este Bloco é produzido às sextas-feiras
pelo Ir. Paulo Roberto VM
da ARLS Rei David nr. 58 (GLSC) - Florianópolis
Contato: prp.ephraim58@terra.com.br
Paulo Roberto
Continuidade – “O Misticismo no Antigo Egito”
A religião popular encontrou as suas origens, no período neolítico,
reconhecendo múltiplos deuses, representados, simultaneamente, sob a
forma de animal e antropomórfica, o que a aproximava, bastante, do
primitivo totemismo do neolítico.
Observe-se que Totemismo, é considerado, o culto dos totens e, esses são
animais, plantas, objetos, ou ainda, fenômenos naturais, a que certos povos
primitivos se julgavam ligados de forma sagrada, sendo proibido atentar contra
eles.
A principal característica dessa religião popular totêmica era o seu
regionalismo, pois cada unidade territorial do império egípcio possuía o seu
deus-rei, representado, com frequência, acompanhado de um animal, que
seria a sua encarnação visível aos homens.
Os deuses populares do norte seguiam mais essa característica, como se
pode perceber em Hórus (Falcão), do Delta do rio Nilo; Toth (Íbis), de
Hermópolis; Ra (Sol), de Heliópolis; Hator (Vaca), de Denderá etc. Os deuses
do sul, ao contrário, eram mais políticos e humanos, tais como, Min, de
Coptos; Amon, de Hermonte e Consu, o deus-Lua de Tebas, filho de Amon.
Todos esses deuses locais seguiram o destino político do seu lugar de origem;
desta maneira, houve, a partir da Vª Dinastia, a supremacia do deus Ra, de
Heliópolis, da mesma maneira que, na XIIª Dinastia, o deus Amon, de Tebas,
tornou-se o supremo, propiciando, posteriormente, um sincretismo, sob a
forma de Amon-Ra. Diga-se, todavia, a bem da verdade, que durante muito
tempo, as crenças populares ligaram-se, somente, aos deuses locais,
3 - Paulo Roberto "On Line"
Ir Paulo Roberto Pinto
7
ignorando o dogmatismo e a teologia nacional imposta pelos sacerdotes e
pelo poder real.
Ao lado dessa religião popularizada, cheia de zoolatria e de magia (prática
através de amuletos), encontravam-se as doutrinas esotéricas dos sacerdotes
de Hermópolis e de Heliópolis, dando origem a cosmogonias complexas.
Segundo o dogmatismo sacerdotal, os deuses podiam ficar velhos e morrer,
sendo que os seus filhos podiam herdar os seus poderes e funções; como os
pais, eles geravam os descendentes com as próprias mães, sendo, estas, a
parte constante da tríade pai, mãe e filho; três tríades de deuses formavam
uma Enéade. Originavam-se, daí, muitas e confusas cosmogonias, como a da
criação do mundo através dos Oito ou Nove deuses principais (Octóade, ou
Enéade) saídos do caos primitivo.
O que muito marcava a vida religiosa do povo era a preocupação com o além,
isto é, com o destino do homem, após sua morte física. Acreditavam os
egípcios, que, após a morte física, o Ba (Alma) e o Ka (Espírito e Guardião)
continuariam a viver num outro mundo, desde que existisse a necessária
conservação do corpo, como morada da Alma. Dessa crença, surgiu a prática
do embalsamamento e mumificação dos corpos dos mortos, que, a princípio,
atingia as personalidades mais ilustres, estendendo-se, depois, ao povo,
embora a sofisticação do método estivesse sempre, relacionada com a escala
hierárquica.
Além da mumificação, os mortos passavam para a outra vida em companhia
de tudo aquilo que lhes pertencera na Terra, e que iria servir-lhes em outra
existência. A princípio, o finado de alta classe não era encerrado sozinho na
sua câmara mortuária, que era a réplica de um verdadeiro palácio real; junto
com ele, eram conduzidos seus criados, esposas, concubinas e oficiais. Isso,
evidentemente, ocorria mais com os faraós, pois, morto este, que era o deus
vivo, filho de Hórus e o Sol para os membros de sua casa real, todos estes
deviam morrer, também!
Posteriormente, esse sistema foi abandonado, implantando-se outro, apenas
simbólico: no lugar de pessoas, eram inumadas estatuetas (ushabtis), que as
representavam.
Em relação a essa preocupação religiosa com o além-túmulo, pode-se
observar, na história egípcia, uma evolução em relação à participação do
povo: no Antigo Império, apenas o faraó tinha acesso à vida no além, pela
sua identificação, primeiro a Osíris e, posteriormente, ao deus-sol Ra.
Todavia, a partir do Médio Império, os altos funcionários e, depois, o próprio
povo passaram a gozar dessa regalia, sob a condição, entretanto, de terem
tido uma vida baseada na justiça e na retidão; desenvolveu-se, então, a
doutrina de se efetuar a pesagem das almas (psicostasia), acompanhada,
porém, progressivamente, de práticas de magia, com a finalidade de dissipar
as ameaças do fatal julgamento.
Nota-se, assim, que o progresso na senda de uma moral de vida, totalmente
racional, foi, nitidamente, substituído pelo recurso à magia, prática que
dominaria, completa e perenemente, os costumes egípcios, fazendo com que
se torne discutível à contribuição desse povo no campo intelectual e científico.
PS. Esta matéria terá sua continuidade em 16 de agosto vindouro.
8
VISITA ÀS SESSÕES EM OUTRAS OFICINAS:
SOMOS TODOS IRMÃOS.
Meus Irs:.,
Em Maio do ano de 2009, fui Iniciado em nossa Instituição no REAA – Oriente
de Florianópolis/SC. Naquela ocasião, perguntei ao meu padrinho o que eu
precisaria para me aperfeiçoar perante o meu crescimento interior. Naquele
momento ele disse: BORBA! SE PUDERES, VISITE LOJAS EM SEU GRAU.
Perguntei também para um amigo M:.M:. conhecedor da nossa Ordem e ele
me disse: ALÉM DA LEITURA, PROCURE APRIMORAR SEU CONHECIMENTO,
CONHECER E FAZENDO-SE CONHECER NAS VISITAS REPRESENTANDO SUA
OFICINA E SE POSSIVEL SENDO UM BOM OBSERVADOR. Assim, iniciei minha
caminhada visitando Sessões do meu Rito – REAA.
Posteriormente passei a visitar outros Ritos: Adonhiramita, Brasileiro,
Schroeder, York, Francês ou Moderno. Percebi que poderia também visitar
oficinas de outras Potências.
Entrei em contato com alguns IIr tendo sido bem aceito em todas as Lojas.
Passei também a expandir minhas visitas a outros ritos no eixo entre as
regiões de Imbituba/SC a Timbó/SC.
Certa vez fui telhado, acertei o Interrogatório e, em outra, o V:.M:. solicitou a
minha carteirinha.
Em cada sessão que eu visitava percebia algo que jamais senti em lugar
algum de minha Vida: MESMO NÃO CONHECENDO NENHUM IRMÃO, SENTIA-
ME COMO SE EU ESTIVESSE EM CASA OU MESMO EM MINHA OFICINA.
Em todos os Ritos que frequentei e continuo freqüentando, percebo sempre a
“hierarquia em Loja”, onde a demonstração nas Jóias e Aventais são
aplicáveis nas Sessões.
Porém, sempre lembrava da frase do amigo do meu pai, Dr. Miguel Christakis
– Ex-Grão Mestre de Honra – GOSC quando eu estava Ap:.M:. o encontrei na
Praia de Canasvieiras-Florianópolis/SC e dirigindo-me a ele lhe Disse: Dr.
Miguel, Meu Ir:. Eu agora sou Aprendiz Maçom. Ele me respondeu: O QUE É
ISSO!! NÃO SE PREOCUPE POIS SOMOS TODOS IGUAIS MEU IR:. Então,
todos os momentos que me sinto inseguro por qualquer motivo lembro-me
da frase do Dr. Miguel: SOMOS TODOS IGUAIS.
Hoje eu continuo minha caminhada direcionando-me sempre á todos os IIr:.
E procuro estender o aprendizado para todos da Loja ao qual pertenço: Lara
Ribas nr. 66 pois somente com a Integração, Respeito, Disciplina, é que
poderemos um dia VISLUMBRAR EM QUE UM AMOR FRATERNAL PODERÁ
UNIR Á TODOS.
4 - Visita às Sessões de outras Oficinas: Somos todos Irmãos
IrRoberto Borba
9
Hoje tenho a consciência que devemos constantemente LEVANTAR TEMPLOS
AS VIRTUDES E CAVAR MASMORRAS AO VÍCIO.
Devemos sempre interagir com todos os Irmãos, independentemente de
Lojas, Ritos e Potências, tendo sempre nossos corações abertos, com
RESPEITO, DISCIPLINA E ORDEM.
Já dizia um Velho Amigo que há muito partiu para o Oriente eterno, quando
perguntei-lhe: O levamos dessa vida? Respondeu-me:
NADA, E SIM GESTOS NOBRES DE REALIZAR BOAS AÇÕES SEM QUERER TER
NADA EM TROCA.
IRS:.!!! LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE A TODOS.
ROBERTO BORBA – BORBINHA
C:.M: - A:.R:.L:.S:. – LARA RIBAS – 66
ORIENTE DE FLORIANÓPOLIS
GOSC – Grande Oriente de Santa Catarina
COMAB – Confederação Maçônica do Brasil
10
A.´.R.´.B.´.L.´.S.´. Justiça nº 12 –
Rito REAA – Oriente de Maringá
Ir.´. José Aparecido dos Santos
Programação Maçônica
A Ordem Maçônica vem de longos anos e sempre se teve uma
programação de trabalhos nas Oficinas, e com a vida moderna tão rápida,
turbulenta no dia à a dia de cada obreiro, se exige que os atos individuais e
públicos, grupais ou econômicos, sejam mais programados, para que se
tenha assiduidade.
Nos dias atuais de hoje, a ciência conta com o computador que é o
aparelho eletrônico eficiente para as programações individual e grupal.
Qualquer entidade, religiosa, cultural, recreativa, cientifica, etc. deve
programar as suas atividades, para evitar o caos e faltas nos trabalhos das
oficinas.
A Maçonaria nada faz sem prévia programação; dentro dos trabalhos
modestos de uma Loja Maçônica, o Venerável Mestre somente terá êxito na
sua gestão se programar os seus trabalhos; essa programação apresenta
partes distintas; programação de sua gestão, que poderá ser anual,
consoante o período para que foi eleito, ou abrangendo dois ou mais anos;
poderá ser mensal ou semanal, considerando que cada sessão deve obedecer
uma programação especifica.
Quando há o devido agendamento seja por meio de e-mails, pranchas
ou definido em reunião e diante dessas práticas, o maçom, por sua vez, como
reflexo eficaz, deverá programar a sua vida familiar, profissional e espiritual,
para estar presente nas sessões de trabalho de sua ou da oficina que for
destinado.
Tendo em mente que toda programação obedece a experiências
passadas, a dos mais capazes e a previsão do que possa advir.
Para que o Venerável Mestre e sua Diretoria tenha êxito nos trabalhos
de vossa Oficina, deve e tem que ter sua agenda de Programação Maçônica
bem definida, alinhada com todos o obreiros e quando a agenda é
consolidada, todos os obreiros devem estar presente nas sessões, sendo um
5 - Programação Maçônica
Ir José Aparecido dos Santos
11
dos itens que se pergunta ao profano antes de ingressar na Ordem Maçônica
e para que haja a verdadeira egrégora maçônica, todos os obreiros devem
estar presente e com um único intuito, de crescimento espiritual e mental de
todos.
Nós Maçom, devemos a todo momento, sermos gratos por termos sido
“chamados” e demonstramos essa gratidão pelo nosso viver e estarmos
presentes em nossas oficinas e quando se tem uma Programação Maçônica
efetiva e informada para todos os obreiros, devemos estar presentes e dando
inicio a construção de nosso templo interior e todo trabalho sendo justo e
perfeito.
Que o Grande Arquiteto do Universo nos conceda sempre a nossa
presença em todos os trabalhos de nossa oficina e faça com que haja muita
sabedoria, harmonia entre todos os amigos e irmãos.
Que assim seja!
12
O presente bloco
é produzido pelo Ir. Pedro Juk.
Loja Estrela de Morretes, 3159
Morretes - PR
dúvidas
O Respeitável Irmão João dos Reis Neto, sem declinar o nome da Loja, GOB, Oriente
de Brasília, Distrito Federal.
jreisneto@ig.com.br
1 - Como trabalhar na "PEDRA POLIDA" ou "PEDRA CÚBICA"?
2 - Com qual instrumento?
3 - Como receber três visitantes (Aprendiz, Companheiro e Mestre) que bateu na
porta de uma Loja REAA, como Aprendiz e a Loja estava Trabalhando no Grau III?
Considerações:
Primeiramente gostaria de salientar que o termo “pedra cúbica” é o
mais próprio no conceito doutrinário maçônico, dada à explicação de
que o trato da obra está na elevação da construção por pedras
justapostas. Assim a pedra cúbica se aplica melhor para o
nivelamento e a aprumada. No meu entendimento uma pedra polida
pode assumir diversas características de formato, todavia não
próprias para a aplicação das ferramentas simbólicas.
Quem trabalha na Pedra Cúbica é o Companheiro, dado o simbolismo
de aperfeiçoamento por aquele que aprendeu a desbastar a Pedra
Bruta. Os instrumentos de trabalho do Companheiro no Rito Escocês
6 - Perguntas & Respostas
Ir Pedro Juk
13
Antigo e Aceito são o Maço e a Régua de 24 Polegadas (ver a alegoria
do Companheiro). O Companheiro de idade mais apurada assenta a
Pedra percutindo com o Maço o que em linhas gerais representa que
pelo aprendizado ele não esfacela a pedra – note o primeiro trabalho
do Companheiro com o Maço. Melhor evoluído ele pode também
melhor medir o tempo para o aproveitamento e aperfeiçoamento do
trabalho (Régua de 24 Polegadas). Ainda outros instrumentos de
trabalho estão previstos e podem ser mais bem perscrutados nas
cinco viagens na cerimônia de Elevação assim como no Painel do
Segundo Grau (esse corolário está ligado diretamente aos cinco anos
de aperfeiçoamento).
Nesse sentido há então que se considerar que esse Grau é o mais
genuíno da Maçonaria historicamente se comentando.
Cabe aqui uma consideração. Alguns rituais brasileiros do Rito em
questão apregoam a Régua de 24 Polegadas como instrumento de
trabalho do Aprendiz. Há nesse procedimento um equívoco, pois a
Régua é instrumento de trabalho do Primeiro Grau no Craft (inglês),
ou da Maçonaria de vertente inglesa. Os objetivos são os mesmos,
todavia o método doutrinário é outro. O Rito Escocês é de vertente
latina (francesa).
Em relação ao ingresso em Loja de Mestre após a abertura dos
trabalhos (irmãos atrasados), o único que terá franqueado o ingresso
obviamente será o Mestre.
Havendo Cobridor Externo esse informará o grau de trabalho da Loja
aos retardatários.
Não havendo Cobridor Externo em qualquer situação somente se dá
na porta a bateria universal (Aprendiz). Compete ao Cobridor Interno
verificar pelos paramentos se os retardatários têm grau suficiente
para adentrar.
Não existe o repicar de baterias na porta. Baterias do Grau dadas da
porta somente são praticadas quando o ritual assim determinar.
Como não há institucionalização de atraso, a regra é bater como
Aprendiz.
T.F.A.
PEDRO JUK
jukirm@hotmail.com
MAIO/2013
Na dúvida pergunte ao JB News ( jbnews@floripa.com.br )
que o Ir Pedro Juk responde ( jukirm@hotmail.com )
Não esqueça: envie sua pergunta identificada pelo nome completo, Loja, Oriente, Rito e Potência.
14
Lojas Aniversariantes da GLSC
Data Nome Oriente
28/07 Anhatomirim nr. 94 Florianópolis
31/07 Acácia Palhocense nr. 97 Palhoça
31/07 Obreiros de Hiram nr. 18 Xanxerê
08/08 Fraternidade das Termas nr. 68 Palmitos
13/08 Albert Mackey nr. 56 Tubarão
13/08 Harmonia nr. 42 Itajaí
15/08 Presidente Roosevelt Nr. 2 Criciúma
16/08 Caminhos da Verdade nr. 92 Blumenau
17/08 Ambrósio Peters nr. 74 Florianópolis
18/08 Fraternidade de Itapema nr. 104 Itapema
20/08 Eduardo Teixeira nr. 41 Camboriú
Rádio Sintonia 33 & JB News-
Música, Cultura e Informação o ano inteiro.
www.radiosintonia33.com.br
Desfrute de qualquer um dos e-mails
para melhor comunicar-se com o JB News:
jbf@floripa.com.br
jbnews@floripa.com.br
jbnews@gmail.com
jb-news@floripa.com.br
jbnews33@floripa.com.br
jbnews-33@floripa.com.br
jbnews@radiosintonia33.com.br
7 - DESTAQUES JB
15
Bethel Fênix: 15 anos
EXPEDIÇÃO MAÇÔNICA BUENOS AIRES
e MONTEVIDÉU DE 4 A 11 OUTUBRO 2013
Promoção da
A.R.L.S. Presidente Roosevelt Nº025
Belo Horizonte
Informações e Reservas
ZÊNITHE TRAVELCLUB
BELO HORIZONTE. Minas Gerais. BRASIL.
FONE / FAX: 55(0.31) 3225-7773
E-MAIL: german@zenithe.tur.br - www.zenithe.tur.br
Veja a programação publicada no JB News, edição nr. 1.063.
Outras informações:
Ir Paulo Queiroga (pqueiroga@terra.com.br). Tel. 31 9981 8795
16
Belo Horizonte, 31 de julho de 2013 da EV.
PRANCHA CIRCULAR Nº ___ / 2012 a 2015 / GAB
Às
Lojas Jurisdicionadas de BH e GRANDE BH
A/c do Venerável Mestre
Assunto: Calendário de Instruções da Escola Maçônica.
Estimados Irmãos,
Dando prosseguimento às atividades da Escola Maçônica “Mestre Antônio
Augusto Alves D’Almeida” para o mês de AGOSTO de 2013, faremos realizar os
trabalhos do Círculo de Estudos nos Graus 1, 2 e 3 obedecendo a seguinte
programação:
Calendário de Instruções
DIA: 12/08/2013 GRAU DE APRENDIZ MAÇOM – Horário 20:00 horas.
(Segunda-feira) LOCAL: Templo Nobre da GLMMG
ORDEM DO DIA: 1ª Instrução Comentada
DIA: 20/08/2013 GRAU DE COMPANHEIRO MAÇOM – Horário 20:00 horas.
(Terça-feira) LOCAL: Templo Nobre da GLMMG
ORDEM DO DIA: 1ª Instrução Comentada
DIA: 28/08/2013 GRAU DE MESTRE MAÇOM – Horário 20:00 horas.
(Quarta-feira) LOCAL: Templo Nobre da GLMMG
ORDEM DO DIA: 1ª Instrução Comentada
Solicitamos aos Veneráveis Mestres a divulgação do calendário incentivando os
Irmãos a participarem dos eventos emprestando todo o apoio possível para o bom êxito
das atividades.
Fraternalmente,
Leonel Ricardo de Andrade Joel Ribeiro dos Santos
Grão-Mestre Presidente da Escola Maçônica
17
Templo da Loja “Acácia do Cariri” de Crato Ceará.
18
1 - O futuro
Incredible way of future transportation-Straddling Bus(3D bus)
2 - Assunto: El Buho y el gato
http://www.wimp.com/catowl/
3 - É VER PARA CRER:
http://www.youtube.com/watch_popup?v=fwBzd2U8NVc&vq=medium
19
fechando a cortina

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Jb news informativo nr. 1.064

Jb news informativo nr. 1079
Jb news   informativo nr. 1079Jb news   informativo nr. 1079
Jb news informativo nr. 1079JBNews
 
Jb news informativo nr. 0406
Jb news   informativo nr. 0406Jb news   informativo nr. 0406
Jb news informativo nr. 0406JB News
 
Jb news informativo nr. 1182
Jb news   informativo nr. 1182Jb news   informativo nr. 1182
Jb news informativo nr. 1182JBNews
 
Jb news informativo nr. 2269
Jb news   informativo nr. 2269Jb news   informativo nr. 2269
Jb news informativo nr. 2269JB News
 
Jb news informativo nr. 1.075
Jb news   informativo nr. 1.075Jb news   informativo nr. 1.075
Jb news informativo nr. 1.075Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1021
Jb news   informativo nr. 1021Jb news   informativo nr. 1021
Jb news informativo nr. 1021JBNews
 
Jb news informativo nr. 0372
Jb news   informativo nr. 0372Jb news   informativo nr. 0372
Jb news informativo nr. 0372JB News
 
Jb news informativo nr. 1172
Jb news   informativo nr. 1172Jb news   informativo nr. 1172
Jb news informativo nr. 1172JBNews
 
Jb news informativo nr. 1120
Jb news   informativo nr. 1120Jb news   informativo nr. 1120
Jb news informativo nr. 1120JBNews
 
Jb news informativo nr. 0262
Jb news   informativo nr. 0262Jb news   informativo nr. 0262
Jb news informativo nr. 0262JB News
 
Jb news informativo nr. 0400
Jb news   informativo nr. 0400Jb news   informativo nr. 0400
Jb news informativo nr. 0400JB News
 
Jb news informativo nr. 1147
Jb news   informativo nr. 1147Jb news   informativo nr. 1147
Jb news informativo nr. 1147JBNews
 
Jb news informativo nr. 1229
Jb news   informativo nr. 1229Jb news   informativo nr. 1229
Jb news informativo nr. 1229JBNews
 
Jb news informativo nr. 0466
Jb news   informativo nr. 0466Jb news   informativo nr. 0466
Jb news informativo nr. 0466JB News
 
Jb news informativo nr. 1121
Jb news   informativo nr. 1121Jb news   informativo nr. 1121
Jb news informativo nr. 1121JBNews
 
Jb news informativo nr. 2042
Jb news   informativo nr. 2042Jb news   informativo nr. 2042
Jb news informativo nr. 2042JB News
 
Jb news informativo nr. 1.018
Jb news   informativo nr. 1.018Jb news   informativo nr. 1.018
Jb news informativo nr. 1.018Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.007
Jb news   informativo nr. 1.007Jb news   informativo nr. 1.007
Jb news informativo nr. 1.007Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1142
Jb news   informativo nr. 1142Jb news   informativo nr. 1142
Jb news informativo nr. 1142JBNews
 
Jb news informativo nr. 1.041
Jb news   informativo nr. 1.041Jb news   informativo nr. 1.041
Jb news informativo nr. 1.041Informativojbnews
 

Semelhante a Jb news informativo nr. 1.064 (20)

Jb news informativo nr. 1079
Jb news   informativo nr. 1079Jb news   informativo nr. 1079
Jb news informativo nr. 1079
 
Jb news informativo nr. 0406
Jb news   informativo nr. 0406Jb news   informativo nr. 0406
Jb news informativo nr. 0406
 
Jb news informativo nr. 1182
Jb news   informativo nr. 1182Jb news   informativo nr. 1182
Jb news informativo nr. 1182
 
Jb news informativo nr. 2269
Jb news   informativo nr. 2269Jb news   informativo nr. 2269
Jb news informativo nr. 2269
 
Jb news informativo nr. 1.075
Jb news   informativo nr. 1.075Jb news   informativo nr. 1.075
Jb news informativo nr. 1.075
 
Jb news informativo nr. 1021
Jb news   informativo nr. 1021Jb news   informativo nr. 1021
Jb news informativo nr. 1021
 
Jb news informativo nr. 0372
Jb news   informativo nr. 0372Jb news   informativo nr. 0372
Jb news informativo nr. 0372
 
Jb news informativo nr. 1172
Jb news   informativo nr. 1172Jb news   informativo nr. 1172
Jb news informativo nr. 1172
 
Jb news informativo nr. 1120
Jb news   informativo nr. 1120Jb news   informativo nr. 1120
Jb news informativo nr. 1120
 
Jb news informativo nr. 0262
Jb news   informativo nr. 0262Jb news   informativo nr. 0262
Jb news informativo nr. 0262
 
Jb news informativo nr. 0400
Jb news   informativo nr. 0400Jb news   informativo nr. 0400
Jb news informativo nr. 0400
 
Jb news informativo nr. 1147
Jb news   informativo nr. 1147Jb news   informativo nr. 1147
Jb news informativo nr. 1147
 
Jb news informativo nr. 1229
Jb news   informativo nr. 1229Jb news   informativo nr. 1229
Jb news informativo nr. 1229
 
Jb news informativo nr. 0466
Jb news   informativo nr. 0466Jb news   informativo nr. 0466
Jb news informativo nr. 0466
 
Jb news informativo nr. 1121
Jb news   informativo nr. 1121Jb news   informativo nr. 1121
Jb news informativo nr. 1121
 
Jb news informativo nr. 2042
Jb news   informativo nr. 2042Jb news   informativo nr. 2042
Jb news informativo nr. 2042
 
Jb news informativo nr. 1.018
Jb news   informativo nr. 1.018Jb news   informativo nr. 1.018
Jb news informativo nr. 1.018
 
Jb news informativo nr. 1.007
Jb news   informativo nr. 1.007Jb news   informativo nr. 1.007
Jb news informativo nr. 1.007
 
Jb news informativo nr. 1142
Jb news   informativo nr. 1142Jb news   informativo nr. 1142
Jb news informativo nr. 1142
 
Jb news informativo nr. 1.041
Jb news   informativo nr. 1.041Jb news   informativo nr. 1.041
Jb news informativo nr. 1.041
 

Mais de Informativojbnews

Jb news informativo nr. 1167
Jb news   informativo nr. 1167Jb news   informativo nr. 1167
Jb news informativo nr. 1167Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.076
Jb news   informativo nr. 1.076Jb news   informativo nr. 1.076
Jb news informativo nr. 1.076Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.069
Jb news   informativo nr. 1.069Jb news   informativo nr. 1.069
Jb news informativo nr. 1.069Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.067
Jb news   informativo nr. 1.067Jb news   informativo nr. 1.067
Jb news informativo nr. 1.067Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.066
Jb news   informativo nr. 1.066Jb news   informativo nr. 1.066
Jb news informativo nr. 1.066Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.065
Jb news   informativo nr. 1.065Jb news   informativo nr. 1.065
Jb news informativo nr. 1.065Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.063
Jb news   informativo nr. 1.063Jb news   informativo nr. 1.063
Jb news informativo nr. 1.063Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.062
Jb news   informativo nr. 1.062Jb news   informativo nr. 1.062
Jb news informativo nr. 1.062Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.061
Jb news   informativo nr. 1.061Jb news   informativo nr. 1.061
Jb news informativo nr. 1.061Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.060
Jb news   informativo nr. 1.060Jb news   informativo nr. 1.060
Jb news informativo nr. 1.060Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.059
Jb news   informativo nr. 1.059Jb news   informativo nr. 1.059
Jb news informativo nr. 1.059Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.058
Jb news   informativo nr. 1.058Jb news   informativo nr. 1.058
Jb news informativo nr. 1.058Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.057
Jb news   informativo nr. 1.057Jb news   informativo nr. 1.057
Jb news informativo nr. 1.057Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.056
Jb news   informativo nr. 1.056Jb news   informativo nr. 1.056
Jb news informativo nr. 1.056Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.055
Jb news   informativo nr. 1.055Jb news   informativo nr. 1.055
Jb news informativo nr. 1.055Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.070
Jb news   informativo nr. 1.070Jb news   informativo nr. 1.070
Jb news informativo nr. 1.070Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.068
Jb news   informativo nr. 1.068Jb news   informativo nr. 1.068
Jb news informativo nr. 1.068Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.049
Jb news   informativo nr. 1.049Jb news   informativo nr. 1.049
Jb news informativo nr. 1.049Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.048
Jb news   informativo nr. 1.048Jb news   informativo nr. 1.048
Jb news informativo nr. 1.048Informativojbnews
 
Jb news informativo nr. 1.047
Jb news   informativo nr. 1.047Jb news   informativo nr. 1.047
Jb news informativo nr. 1.047Informativojbnews
 

Mais de Informativojbnews (20)

Jb news informativo nr. 1167
Jb news   informativo nr. 1167Jb news   informativo nr. 1167
Jb news informativo nr. 1167
 
Jb news informativo nr. 1.076
Jb news   informativo nr. 1.076Jb news   informativo nr. 1.076
Jb news informativo nr. 1.076
 
Jb news informativo nr. 1.069
Jb news   informativo nr. 1.069Jb news   informativo nr. 1.069
Jb news informativo nr. 1.069
 
Jb news informativo nr. 1.067
Jb news   informativo nr. 1.067Jb news   informativo nr. 1.067
Jb news informativo nr. 1.067
 
Jb news informativo nr. 1.066
Jb news   informativo nr. 1.066Jb news   informativo nr. 1.066
Jb news informativo nr. 1.066
 
Jb news informativo nr. 1.065
Jb news   informativo nr. 1.065Jb news   informativo nr. 1.065
Jb news informativo nr. 1.065
 
Jb news informativo nr. 1.063
Jb news   informativo nr. 1.063Jb news   informativo nr. 1.063
Jb news informativo nr. 1.063
 
Jb news informativo nr. 1.062
Jb news   informativo nr. 1.062Jb news   informativo nr. 1.062
Jb news informativo nr. 1.062
 
Jb news informativo nr. 1.061
Jb news   informativo nr. 1.061Jb news   informativo nr. 1.061
Jb news informativo nr. 1.061
 
Jb news informativo nr. 1.060
Jb news   informativo nr. 1.060Jb news   informativo nr. 1.060
Jb news informativo nr. 1.060
 
Jb news informativo nr. 1.059
Jb news   informativo nr. 1.059Jb news   informativo nr. 1.059
Jb news informativo nr. 1.059
 
Jb news informativo nr. 1.058
Jb news   informativo nr. 1.058Jb news   informativo nr. 1.058
Jb news informativo nr. 1.058
 
Jb news informativo nr. 1.057
Jb news   informativo nr. 1.057Jb news   informativo nr. 1.057
Jb news informativo nr. 1.057
 
Jb news informativo nr. 1.056
Jb news   informativo nr. 1.056Jb news   informativo nr. 1.056
Jb news informativo nr. 1.056
 
Jb news informativo nr. 1.055
Jb news   informativo nr. 1.055Jb news   informativo nr. 1.055
Jb news informativo nr. 1.055
 
Jb news informativo nr. 1.070
Jb news   informativo nr. 1.070Jb news   informativo nr. 1.070
Jb news informativo nr. 1.070
 
Jb news informativo nr. 1.068
Jb news   informativo nr. 1.068Jb news   informativo nr. 1.068
Jb news informativo nr. 1.068
 
Jb news informativo nr. 1.049
Jb news   informativo nr. 1.049Jb news   informativo nr. 1.049
Jb news informativo nr. 1.049
 
Jb news informativo nr. 1.048
Jb news   informativo nr. 1.048Jb news   informativo nr. 1.048
Jb news informativo nr. 1.048
 
Jb news informativo nr. 1.047
Jb news   informativo nr. 1.047Jb news   informativo nr. 1.047
Jb news informativo nr. 1.047
 

Jb news informativo nr. 1.064

  • 1. 1 JB NEWSRede Catarinense de Comunicação da Maçonaria Universal www.radiosintonia33 – jbnews@floripa.com.br Informativo Nr. 1.064 Filiado à ABIM sob nr. 007/JV Loja Templários da Nova Era nr. 91 Quintas-feiras às 20h00 - Templo: Obreiros da Paz - Canasvieiras Editoria: IrJeronimo Borges – JP-2307-MT/SC Florianópolis (SC) - sexta-feira, 02 de agosto de 2013 Índice: Bloco 1 - Almanaque Bloco 2 - Opinião - Mario Gentil Costa - Ideias de uma noite de insônia Bloco 3 - IrPaulo Roberto "on line" - Misticismo - Bloco 4 - IrRoberto Borba - Visita às Sessões de outras Oficinas... Bloco 5 - IrJosé Aparecido dos Santos - Programação Maçônica Bloco 6 - IrPedro Juk - Perguntas e Respostas - "Dúvidfas " Bloco 7 - Destaques JB Pesquisas e artigos: Acervo JB News - Internet – Colaboradores – Blogs - http:pt.wikipedia.org - Imagens: próprias e www.google.com.br Hoje, 02 de agosto de 2013, 214º dia do calendário gregoriano. Faltam 151 para acabar o ano. Se não deseja receber mais este informativo ou alterou o seu endereço eletrônico, por favor, comunique-nos
  • 2. 2 O Nosso Lado da Escada João Guilherme Os Graus do Real Arco chegaram à América no século XVII, quando os Estados Unidos ainda eram colônia inglesa, herança direta da Grande Loja dos Antigos e, indireta, das mais antigas práticas irlandesas. Lá foram conservados e já estavam consolidados em sua forma definitiva quando o General Grand Chapter foi criado em 24 de outubro de 1797. Chegaram ao Brasil em 1993 e, passados quase vinte anos, são praticados com entusiasmo pelos Maçons brasileiros de todos os Ritos e das três Potências regulares brasileiras. Como tudo que é novo, tivemos que começar a partir do zero, produzindo os materiais necessários, organizando um sistema administrativo e nos capacitando para um relacionamento internacional constante. Com a chegada do Supremo Grande Capítulo de Maçons do Real Arco do Brasil, em 2001, crescemos muito, é verdade, o que implicou em responsabilidades ainda maiores. Uma das mais importantes é preparar bibliografia. Ela existe e é farta, mas está em inglês. Por isto, dadas as peculiaridades do Real Arco no Brasil, é chegada a hora de começar a dividir o que aprendemos nestes anos, para preparar talentos que possam prosseguir a jornada. Este livro é apenas o início, o primeiro passo. Conhecendo tão bem nossos Companheiros, é certo que será seguido por melhores e mais talentosos escritores. Afinal, é para isto que existem os Mestres de Liturgia.  338 a.C. - Filipe da Macedônia dizima as forças de Atenas e Tebas na Batalha da Queronéia.  216 a.C. - Na Batalha de Canas, considerada uma obra-prima de tática, Aníbal destrói os exércitos romanos comandados por Lúcio Emílio Paulo e Caio Terêncio Varrão.  1665 - A Inglaterra ataca navios mercantes holandeses na Batalha de Vågen. Eventos Históricos Aprofunde seu conhecimento clicando nas palavras sublinhadas. 1 - ALMANAQUE Livros Indicados:
  • 3. 3  1675 - Inauguração da Sinagoga Portuguesa de Amsterdão.  1766 - Alvará concedido a Augusto Ludovico Thymme para a criação, em Lisboa, de uma fábrica de folhetas para a cravação de diamantes.  1918 - É derrubada a República Soviética da Hungria.  1934 - Adolf Hitler se torna o führer da Alemanha.  1945 - Termina a Conferência de Potsdam, na qual as potências aliadas decidem o que fazer com a Alemanha após o fim da Segunda Guerra Mundial.  1990 - O Iraque invade o Kuwait, acendendo o estopim para a Guerra do Golfo.  Mitologia grega: Festival das Ninfas (Fontes: “O Livro dos Dias” 17ª edição e arquivo pessoal) 1806 D. Macedo de Noronha, Conde de Arcos, vice-rei do Brasil, prpoíbe o trabalho dos Maçons. 1861 Fundada a Grande Loja do Colorado, A.∙. F.∙. & A.∙. M.∙. USA. 1822 Ata da 9ª Sessão do GO Brasileiro, presidida por José Bonifácio. Iniciação do príncipe D. Pedro, que adotou o nome heróico de Guatimozim, último imperador asteca, morto no México em 1522. D. Pedro tomou parte da loja "Comércio e Artes". 1985 Fundação da Loja Fraternidade Imaruiense nr. 42 de Imaruí (GOSC) que trabalha no Rito Moderno. feriados e eventos cíclicos fatos maçônicos do dia Bethel Fênix: 15 anos Agende-se: 24 de agosto de 2013 (sábado) O Bethel Fênix de Florianópolis está se preparando para a sua festa de 15 anos de fundação, programada para o penúltimo sábado de agosto (dia 24). Será às 18h00 do dia 24 de agosto (sábado) nas dependências da Grande Loja de Santa Catarina, no Campeche. Após a cerimônia será servido um jantar e, em seguida, haverá uma festa de confraternização. O traje será passeio completo e maiores informações com Ivone (48) 8449- 5001 ou Maria Cecília (48) 99722871. Os ingressos são limitados. Confirme sua presença até dia 16 de agosto.
  • 4. 4 Mario Gentil Costa. O autor, é médico em Florianópolis. Contato: magenco@terra.com.br Ideias de uma noite de insônia (Farrapos de ideias) Coisa engraçada o pensamento; está sempre presente, na maior parte das vezes errático, abstrato, vadio, inconsequente, mas sempre dentro e ao redor da gente. "Penso, logo existo" é um pensamento que dá o que pensar... As idéias existem no espaço e no tempo, cósmicas e intemporais, à disposição de quem souber usá-las, mas, ao mesmo tempo, ciosas do seu valor, distribuindo-se em doses mínimas na maioria das cabeças. Frederico II da Prússia, o Grande, já dizia que "o conhecimento está ao alcance de muitos, mas a arte de pensar é privilégio de poucos"... Apesar disso, o pensamento, no sentido mais lato, é automático; não pára de jorrar, nem mesmo durante o sono, em sonhos ou pesadelos, como se produzido por uma central em constante atividade. 2 - OPINIÃO - Ideias de uma noite de insônia Mario Gentil Costa
  • 5. 5 Se todos aprendessem a controlá-lo e canalizá-lo com lógica e objetividade, quantas ideias brilhantes seriam trazidas à luz? Sim, porque ele veicula ideias e estas são o substrato da inteligência. Quantas e quantas vezes tentamos organizá-las e subjugá-las à nossa vontade e, por mais esforço que façamos, elas se mostram fugidias e volúveis, teimando em se esconder nos escaninhos do subconsciente? Foi através delas que o homem inventou a palavra. E o que é a palavra, senão um mero símbolo do pensamento? O que é o pensamento, senão o veículo da ideia? Portanto, embora pareça que sim, não pensamos com palavras; pensamos com idéias, com conceitos. Muito antes de o homem inventar a palavra, ele já pensava; pensava com ideias. No começo, provavelmente, pensávamos com gestos e gritos. O homem tinha necessidade de se comunicar e não sabia falar. Tanto isso é verdade que uma mesma ideia é expressada em cada língua com uma palavra diferente. Exemplo oportuno: - o próprio "pensamento", que é, ao mesmo tempo, "pensamiento", "pensée", "thought", "pensiero" e assim por diante... Ele só existe nos humanos?... Ou está também presente no cérebro de outros animais superiores, no do chimpanzé, do gorila, do golfinho e da baleia? Tudo faz crer que sim. A diferença é apenas quantitativa, isto é, pensamos mais e melhor. Mas não há dúvida de que eles também pensam, nem que seja de maneira rudimentar. E, no nosso caso em particular, alguns cérebros atingem um nível altíssimo...; é o caso dos gênios... Sempre fui fascinado por esse poder, que alguns cérebros têm, de produzir pensamentos raros, à custa de muito meditar. Mario Gentil Costa
  • 6. 6 Este Bloco é produzido às sextas-feiras pelo Ir. Paulo Roberto VM da ARLS Rei David nr. 58 (GLSC) - Florianópolis Contato: prp.ephraim58@terra.com.br Paulo Roberto Continuidade – “O Misticismo no Antigo Egito” A religião popular encontrou as suas origens, no período neolítico, reconhecendo múltiplos deuses, representados, simultaneamente, sob a forma de animal e antropomórfica, o que a aproximava, bastante, do primitivo totemismo do neolítico. Observe-se que Totemismo, é considerado, o culto dos totens e, esses são animais, plantas, objetos, ou ainda, fenômenos naturais, a que certos povos primitivos se julgavam ligados de forma sagrada, sendo proibido atentar contra eles. A principal característica dessa religião popular totêmica era o seu regionalismo, pois cada unidade territorial do império egípcio possuía o seu deus-rei, representado, com frequência, acompanhado de um animal, que seria a sua encarnação visível aos homens. Os deuses populares do norte seguiam mais essa característica, como se pode perceber em Hórus (Falcão), do Delta do rio Nilo; Toth (Íbis), de Hermópolis; Ra (Sol), de Heliópolis; Hator (Vaca), de Denderá etc. Os deuses do sul, ao contrário, eram mais políticos e humanos, tais como, Min, de Coptos; Amon, de Hermonte e Consu, o deus-Lua de Tebas, filho de Amon. Todos esses deuses locais seguiram o destino político do seu lugar de origem; desta maneira, houve, a partir da Vª Dinastia, a supremacia do deus Ra, de Heliópolis, da mesma maneira que, na XIIª Dinastia, o deus Amon, de Tebas, tornou-se o supremo, propiciando, posteriormente, um sincretismo, sob a forma de Amon-Ra. Diga-se, todavia, a bem da verdade, que durante muito tempo, as crenças populares ligaram-se, somente, aos deuses locais, 3 - Paulo Roberto "On Line" Ir Paulo Roberto Pinto
  • 7. 7 ignorando o dogmatismo e a teologia nacional imposta pelos sacerdotes e pelo poder real. Ao lado dessa religião popularizada, cheia de zoolatria e de magia (prática através de amuletos), encontravam-se as doutrinas esotéricas dos sacerdotes de Hermópolis e de Heliópolis, dando origem a cosmogonias complexas. Segundo o dogmatismo sacerdotal, os deuses podiam ficar velhos e morrer, sendo que os seus filhos podiam herdar os seus poderes e funções; como os pais, eles geravam os descendentes com as próprias mães, sendo, estas, a parte constante da tríade pai, mãe e filho; três tríades de deuses formavam uma Enéade. Originavam-se, daí, muitas e confusas cosmogonias, como a da criação do mundo através dos Oito ou Nove deuses principais (Octóade, ou Enéade) saídos do caos primitivo. O que muito marcava a vida religiosa do povo era a preocupação com o além, isto é, com o destino do homem, após sua morte física. Acreditavam os egípcios, que, após a morte física, o Ba (Alma) e o Ka (Espírito e Guardião) continuariam a viver num outro mundo, desde que existisse a necessária conservação do corpo, como morada da Alma. Dessa crença, surgiu a prática do embalsamamento e mumificação dos corpos dos mortos, que, a princípio, atingia as personalidades mais ilustres, estendendo-se, depois, ao povo, embora a sofisticação do método estivesse sempre, relacionada com a escala hierárquica. Além da mumificação, os mortos passavam para a outra vida em companhia de tudo aquilo que lhes pertencera na Terra, e que iria servir-lhes em outra existência. A princípio, o finado de alta classe não era encerrado sozinho na sua câmara mortuária, que era a réplica de um verdadeiro palácio real; junto com ele, eram conduzidos seus criados, esposas, concubinas e oficiais. Isso, evidentemente, ocorria mais com os faraós, pois, morto este, que era o deus vivo, filho de Hórus e o Sol para os membros de sua casa real, todos estes deviam morrer, também! Posteriormente, esse sistema foi abandonado, implantando-se outro, apenas simbólico: no lugar de pessoas, eram inumadas estatuetas (ushabtis), que as representavam. Em relação a essa preocupação religiosa com o além-túmulo, pode-se observar, na história egípcia, uma evolução em relação à participação do povo: no Antigo Império, apenas o faraó tinha acesso à vida no além, pela sua identificação, primeiro a Osíris e, posteriormente, ao deus-sol Ra. Todavia, a partir do Médio Império, os altos funcionários e, depois, o próprio povo passaram a gozar dessa regalia, sob a condição, entretanto, de terem tido uma vida baseada na justiça e na retidão; desenvolveu-se, então, a doutrina de se efetuar a pesagem das almas (psicostasia), acompanhada, porém, progressivamente, de práticas de magia, com a finalidade de dissipar as ameaças do fatal julgamento. Nota-se, assim, que o progresso na senda de uma moral de vida, totalmente racional, foi, nitidamente, substituído pelo recurso à magia, prática que dominaria, completa e perenemente, os costumes egípcios, fazendo com que se torne discutível à contribuição desse povo no campo intelectual e científico. PS. Esta matéria terá sua continuidade em 16 de agosto vindouro.
  • 8. 8 VISITA ÀS SESSÕES EM OUTRAS OFICINAS: SOMOS TODOS IRMÃOS. Meus Irs:., Em Maio do ano de 2009, fui Iniciado em nossa Instituição no REAA – Oriente de Florianópolis/SC. Naquela ocasião, perguntei ao meu padrinho o que eu precisaria para me aperfeiçoar perante o meu crescimento interior. Naquele momento ele disse: BORBA! SE PUDERES, VISITE LOJAS EM SEU GRAU. Perguntei também para um amigo M:.M:. conhecedor da nossa Ordem e ele me disse: ALÉM DA LEITURA, PROCURE APRIMORAR SEU CONHECIMENTO, CONHECER E FAZENDO-SE CONHECER NAS VISITAS REPRESENTANDO SUA OFICINA E SE POSSIVEL SENDO UM BOM OBSERVADOR. Assim, iniciei minha caminhada visitando Sessões do meu Rito – REAA. Posteriormente passei a visitar outros Ritos: Adonhiramita, Brasileiro, Schroeder, York, Francês ou Moderno. Percebi que poderia também visitar oficinas de outras Potências. Entrei em contato com alguns IIr tendo sido bem aceito em todas as Lojas. Passei também a expandir minhas visitas a outros ritos no eixo entre as regiões de Imbituba/SC a Timbó/SC. Certa vez fui telhado, acertei o Interrogatório e, em outra, o V:.M:. solicitou a minha carteirinha. Em cada sessão que eu visitava percebia algo que jamais senti em lugar algum de minha Vida: MESMO NÃO CONHECENDO NENHUM IRMÃO, SENTIA- ME COMO SE EU ESTIVESSE EM CASA OU MESMO EM MINHA OFICINA. Em todos os Ritos que frequentei e continuo freqüentando, percebo sempre a “hierarquia em Loja”, onde a demonstração nas Jóias e Aventais são aplicáveis nas Sessões. Porém, sempre lembrava da frase do amigo do meu pai, Dr. Miguel Christakis – Ex-Grão Mestre de Honra – GOSC quando eu estava Ap:.M:. o encontrei na Praia de Canasvieiras-Florianópolis/SC e dirigindo-me a ele lhe Disse: Dr. Miguel, Meu Ir:. Eu agora sou Aprendiz Maçom. Ele me respondeu: O QUE É ISSO!! NÃO SE PREOCUPE POIS SOMOS TODOS IGUAIS MEU IR:. Então, todos os momentos que me sinto inseguro por qualquer motivo lembro-me da frase do Dr. Miguel: SOMOS TODOS IGUAIS. Hoje eu continuo minha caminhada direcionando-me sempre á todos os IIr:. E procuro estender o aprendizado para todos da Loja ao qual pertenço: Lara Ribas nr. 66 pois somente com a Integração, Respeito, Disciplina, é que poderemos um dia VISLUMBRAR EM QUE UM AMOR FRATERNAL PODERÁ UNIR Á TODOS. 4 - Visita às Sessões de outras Oficinas: Somos todos Irmãos IrRoberto Borba
  • 9. 9 Hoje tenho a consciência que devemos constantemente LEVANTAR TEMPLOS AS VIRTUDES E CAVAR MASMORRAS AO VÍCIO. Devemos sempre interagir com todos os Irmãos, independentemente de Lojas, Ritos e Potências, tendo sempre nossos corações abertos, com RESPEITO, DISCIPLINA E ORDEM. Já dizia um Velho Amigo que há muito partiu para o Oriente eterno, quando perguntei-lhe: O levamos dessa vida? Respondeu-me: NADA, E SIM GESTOS NOBRES DE REALIZAR BOAS AÇÕES SEM QUERER TER NADA EM TROCA. IRS:.!!! LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE A TODOS. ROBERTO BORBA – BORBINHA C:.M: - A:.R:.L:.S:. – LARA RIBAS – 66 ORIENTE DE FLORIANÓPOLIS GOSC – Grande Oriente de Santa Catarina COMAB – Confederação Maçônica do Brasil
  • 10. 10 A.´.R.´.B.´.L.´.S.´. Justiça nº 12 – Rito REAA – Oriente de Maringá Ir.´. José Aparecido dos Santos Programação Maçônica A Ordem Maçônica vem de longos anos e sempre se teve uma programação de trabalhos nas Oficinas, e com a vida moderna tão rápida, turbulenta no dia à a dia de cada obreiro, se exige que os atos individuais e públicos, grupais ou econômicos, sejam mais programados, para que se tenha assiduidade. Nos dias atuais de hoje, a ciência conta com o computador que é o aparelho eletrônico eficiente para as programações individual e grupal. Qualquer entidade, religiosa, cultural, recreativa, cientifica, etc. deve programar as suas atividades, para evitar o caos e faltas nos trabalhos das oficinas. A Maçonaria nada faz sem prévia programação; dentro dos trabalhos modestos de uma Loja Maçônica, o Venerável Mestre somente terá êxito na sua gestão se programar os seus trabalhos; essa programação apresenta partes distintas; programação de sua gestão, que poderá ser anual, consoante o período para que foi eleito, ou abrangendo dois ou mais anos; poderá ser mensal ou semanal, considerando que cada sessão deve obedecer uma programação especifica. Quando há o devido agendamento seja por meio de e-mails, pranchas ou definido em reunião e diante dessas práticas, o maçom, por sua vez, como reflexo eficaz, deverá programar a sua vida familiar, profissional e espiritual, para estar presente nas sessões de trabalho de sua ou da oficina que for destinado. Tendo em mente que toda programação obedece a experiências passadas, a dos mais capazes e a previsão do que possa advir. Para que o Venerável Mestre e sua Diretoria tenha êxito nos trabalhos de vossa Oficina, deve e tem que ter sua agenda de Programação Maçônica bem definida, alinhada com todos o obreiros e quando a agenda é consolidada, todos os obreiros devem estar presente nas sessões, sendo um 5 - Programação Maçônica Ir José Aparecido dos Santos
  • 11. 11 dos itens que se pergunta ao profano antes de ingressar na Ordem Maçônica e para que haja a verdadeira egrégora maçônica, todos os obreiros devem estar presente e com um único intuito, de crescimento espiritual e mental de todos. Nós Maçom, devemos a todo momento, sermos gratos por termos sido “chamados” e demonstramos essa gratidão pelo nosso viver e estarmos presentes em nossas oficinas e quando se tem uma Programação Maçônica efetiva e informada para todos os obreiros, devemos estar presentes e dando inicio a construção de nosso templo interior e todo trabalho sendo justo e perfeito. Que o Grande Arquiteto do Universo nos conceda sempre a nossa presença em todos os trabalhos de nossa oficina e faça com que haja muita sabedoria, harmonia entre todos os amigos e irmãos. Que assim seja!
  • 12. 12 O presente bloco é produzido pelo Ir. Pedro Juk. Loja Estrela de Morretes, 3159 Morretes - PR dúvidas O Respeitável Irmão João dos Reis Neto, sem declinar o nome da Loja, GOB, Oriente de Brasília, Distrito Federal. jreisneto@ig.com.br 1 - Como trabalhar na "PEDRA POLIDA" ou "PEDRA CÚBICA"? 2 - Com qual instrumento? 3 - Como receber três visitantes (Aprendiz, Companheiro e Mestre) que bateu na porta de uma Loja REAA, como Aprendiz e a Loja estava Trabalhando no Grau III? Considerações: Primeiramente gostaria de salientar que o termo “pedra cúbica” é o mais próprio no conceito doutrinário maçônico, dada à explicação de que o trato da obra está na elevação da construção por pedras justapostas. Assim a pedra cúbica se aplica melhor para o nivelamento e a aprumada. No meu entendimento uma pedra polida pode assumir diversas características de formato, todavia não próprias para a aplicação das ferramentas simbólicas. Quem trabalha na Pedra Cúbica é o Companheiro, dado o simbolismo de aperfeiçoamento por aquele que aprendeu a desbastar a Pedra Bruta. Os instrumentos de trabalho do Companheiro no Rito Escocês 6 - Perguntas & Respostas Ir Pedro Juk
  • 13. 13 Antigo e Aceito são o Maço e a Régua de 24 Polegadas (ver a alegoria do Companheiro). O Companheiro de idade mais apurada assenta a Pedra percutindo com o Maço o que em linhas gerais representa que pelo aprendizado ele não esfacela a pedra – note o primeiro trabalho do Companheiro com o Maço. Melhor evoluído ele pode também melhor medir o tempo para o aproveitamento e aperfeiçoamento do trabalho (Régua de 24 Polegadas). Ainda outros instrumentos de trabalho estão previstos e podem ser mais bem perscrutados nas cinco viagens na cerimônia de Elevação assim como no Painel do Segundo Grau (esse corolário está ligado diretamente aos cinco anos de aperfeiçoamento). Nesse sentido há então que se considerar que esse Grau é o mais genuíno da Maçonaria historicamente se comentando. Cabe aqui uma consideração. Alguns rituais brasileiros do Rito em questão apregoam a Régua de 24 Polegadas como instrumento de trabalho do Aprendiz. Há nesse procedimento um equívoco, pois a Régua é instrumento de trabalho do Primeiro Grau no Craft (inglês), ou da Maçonaria de vertente inglesa. Os objetivos são os mesmos, todavia o método doutrinário é outro. O Rito Escocês é de vertente latina (francesa). Em relação ao ingresso em Loja de Mestre após a abertura dos trabalhos (irmãos atrasados), o único que terá franqueado o ingresso obviamente será o Mestre. Havendo Cobridor Externo esse informará o grau de trabalho da Loja aos retardatários. Não havendo Cobridor Externo em qualquer situação somente se dá na porta a bateria universal (Aprendiz). Compete ao Cobridor Interno verificar pelos paramentos se os retardatários têm grau suficiente para adentrar. Não existe o repicar de baterias na porta. Baterias do Grau dadas da porta somente são praticadas quando o ritual assim determinar. Como não há institucionalização de atraso, a regra é bater como Aprendiz. T.F.A. PEDRO JUK jukirm@hotmail.com MAIO/2013 Na dúvida pergunte ao JB News ( jbnews@floripa.com.br ) que o Ir Pedro Juk responde ( jukirm@hotmail.com ) Não esqueça: envie sua pergunta identificada pelo nome completo, Loja, Oriente, Rito e Potência.
  • 14. 14 Lojas Aniversariantes da GLSC Data Nome Oriente 28/07 Anhatomirim nr. 94 Florianópolis 31/07 Acácia Palhocense nr. 97 Palhoça 31/07 Obreiros de Hiram nr. 18 Xanxerê 08/08 Fraternidade das Termas nr. 68 Palmitos 13/08 Albert Mackey nr. 56 Tubarão 13/08 Harmonia nr. 42 Itajaí 15/08 Presidente Roosevelt Nr. 2 Criciúma 16/08 Caminhos da Verdade nr. 92 Blumenau 17/08 Ambrósio Peters nr. 74 Florianópolis 18/08 Fraternidade de Itapema nr. 104 Itapema 20/08 Eduardo Teixeira nr. 41 Camboriú Rádio Sintonia 33 & JB News- Música, Cultura e Informação o ano inteiro. www.radiosintonia33.com.br Desfrute de qualquer um dos e-mails para melhor comunicar-se com o JB News: jbf@floripa.com.br jbnews@floripa.com.br jbnews@gmail.com jb-news@floripa.com.br jbnews33@floripa.com.br jbnews-33@floripa.com.br jbnews@radiosintonia33.com.br 7 - DESTAQUES JB
  • 15. 15 Bethel Fênix: 15 anos EXPEDIÇÃO MAÇÔNICA BUENOS AIRES e MONTEVIDÉU DE 4 A 11 OUTUBRO 2013 Promoção da A.R.L.S. Presidente Roosevelt Nº025 Belo Horizonte Informações e Reservas ZÊNITHE TRAVELCLUB BELO HORIZONTE. Minas Gerais. BRASIL. FONE / FAX: 55(0.31) 3225-7773 E-MAIL: german@zenithe.tur.br - www.zenithe.tur.br Veja a programação publicada no JB News, edição nr. 1.063. Outras informações: Ir Paulo Queiroga (pqueiroga@terra.com.br). Tel. 31 9981 8795
  • 16. 16 Belo Horizonte, 31 de julho de 2013 da EV. PRANCHA CIRCULAR Nº ___ / 2012 a 2015 / GAB Às Lojas Jurisdicionadas de BH e GRANDE BH A/c do Venerável Mestre Assunto: Calendário de Instruções da Escola Maçônica. Estimados Irmãos, Dando prosseguimento às atividades da Escola Maçônica “Mestre Antônio Augusto Alves D’Almeida” para o mês de AGOSTO de 2013, faremos realizar os trabalhos do Círculo de Estudos nos Graus 1, 2 e 3 obedecendo a seguinte programação: Calendário de Instruções DIA: 12/08/2013 GRAU DE APRENDIZ MAÇOM – Horário 20:00 horas. (Segunda-feira) LOCAL: Templo Nobre da GLMMG ORDEM DO DIA: 1ª Instrução Comentada DIA: 20/08/2013 GRAU DE COMPANHEIRO MAÇOM – Horário 20:00 horas. (Terça-feira) LOCAL: Templo Nobre da GLMMG ORDEM DO DIA: 1ª Instrução Comentada DIA: 28/08/2013 GRAU DE MESTRE MAÇOM – Horário 20:00 horas. (Quarta-feira) LOCAL: Templo Nobre da GLMMG ORDEM DO DIA: 1ª Instrução Comentada Solicitamos aos Veneráveis Mestres a divulgação do calendário incentivando os Irmãos a participarem dos eventos emprestando todo o apoio possível para o bom êxito das atividades. Fraternalmente, Leonel Ricardo de Andrade Joel Ribeiro dos Santos Grão-Mestre Presidente da Escola Maçônica
  • 17. 17 Templo da Loja “Acácia do Cariri” de Crato Ceará.
  • 18. 18 1 - O futuro Incredible way of future transportation-Straddling Bus(3D bus) 2 - Assunto: El Buho y el gato http://www.wimp.com/catowl/ 3 - É VER PARA CRER: http://www.youtube.com/watch_popup?v=fwBzd2U8NVc&vq=medium