SlideShare uma empresa Scribd logo
Público
SE VOCÊ BUSCA POR AJUDA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO
QUE PODEMOS TE AUXILIAR NESSE TRABALHO!
ALUNO:
CURSO:
COMPONENTE CURRICULAR:
PROGRAMA DE EXTENSÃO:
FINALIDADE E MOTIVAÇÃO:
SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL
PROGRAMA DE AÇÃO E DIFUSÃO CULTURAL.
(11) 91467-6527
(11) 91467-6527
Público
COMPETÊNCIAS:
PERFIL DE EGRESSO:
1
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do curso,
está relacionado ao fomento à cultura locorregional, fomentando a difusão, a
transparência e a democratização das ações culturais, por meio de projetos que
possibilitem a transferência para a sociedade de conhecimentos multidisciplinares
desenvolvidos no curso e a possibilidade de potencializar a geração de conhecimentos
aplicados, permitindo ao egresso um maior envolvimento junto às ações culturais e
sociais no âmbito das diversas ciências como também da tecnologia, articulados com
os anseios da comunidade. Os conteúdos programáticos sugeridos para correlacionar
as ações são:
Matrizes clássicas do pensamento social, econômico, filosófico e político; Análise do
sistema capitalista segundo as perspectivas liberal, marxista, socialdemocrata e
neoliberal e Herança colonial, escravista e patriarcal na formação social, política,
cultural e econômica do Brasil.
Os locais que poderão contemplar esse projeto são: Entidades pertencentes à
Administração Pública municipal, estadual ou federal; escolas; colégios; Organizações
não governamentais (ONG); Instituições privadas com ações sociais; fundações;
entidades do Judiciário como Procons e Tribunais; Entidades religiosas como igrejas,
ordens, templos, congregações,missões e casas de acolhimento ou assistência; Asilos,
entidades de saúde e assistência social; Organizações da Sociedade Civil de Interesse
Público (OSCIPs); Organizações de moradores e Cooperativas, entre outras.
I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base nas particularidades da
formação sócio-histórica da sociedade brasileira, para formular respostas
profissionais;
II - Estimular a participação de usuários(as) nos espaços de controle social e nos
espaços de decisões institucionais para o fortalecimento de processos de
democratização;
III - Democratizar e socializar informações à população que acessa as políticas públicas
e sociais.
Público
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporciona a
formação do profissional que atua nas expressões da questão social, formulando e
implementando propostas de intervenção para seu enfrentamento; formulando e
implementando propostas de intervenção para seu enfrentamento; com capacidade
de promover o exercício pleno da cidadania e a inserção criativa e propositiva dos
usuários do Serviço Social no conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho.
SOFT SKILLS (COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS):
OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM:
CONTEÚDOS:
INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS:
TEMPLATE PDCA
Aluno e Aluna, essa atividade é para sua organização e uso da metodologia PDCA. Por isso é
um documento orientativo e não precisa ser entregue. Veja as orientações apresentadas no
MANUAL DE ATIVIDADES EXTENSIONISTAS.
1. PLANEJAMENTO (PLAN)
Antes de definir sua proposta, explore os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da
Organização das Nações Unidas (ONU) no link https://brasil.un.org/pt-br/sdgs. Se preferir, pode
baixar o documento pelo link https://brasil.un.org/sites/default/files/2020-09/agenda2030-pt-
br.pdf.
2
Análise e resolução de problemas
Comunicação Interpessoal
Gestão do Tempo
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a
disseminação e articulação de conhecimentos adquiridos no curso para promover as
ações de difusão cultural no âmbito das ciências, relacionados diretamente às
Relações Internacionais, ás ciências correlatas como ciências políticas e história, com
a articulação da tecnologia junto à comunidade.
I - Matrizes clássicas do pensamento social, econômico, filosófico e político;
II - Análise do sistema capitalista segundo as perspectivas liberal, marxista,
socialdemocrata e neoliberal;
III - Herança colonial, escravista e patriarcal na formação social
MARCUSSO, Marcus Fernandes; VIEIRA, Lívia Carolina. Formação social, econômica e
política do Brasil. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2017.
CIZOTO, Sonelise Auxiliadora; CARTONI, Daniela Maria. Ética, política e sociedade.
Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2017.
CARDOSO, Fernando Henrique. A arte da política: a história que vivi. 7. ed. Rio de
Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.
Público
Compreenda a proposta da ONU e engaje-se nessa oportunidade de contribuir com as
metas de um organismo internacional tão importante ao mesmo tempo em que participa de
soluções de seu contexto!
Analise os 17 objetivos e escolha quais metas podem ser aderentes à sua proposta e ao seu
projeto. Para isso, clique no ícone de cada objetivo e observe a listagem de metas disponível
em cada um. É necessário que você escolha pelo menos uma meta. Pode ser que você
encontre metas aderentes à sua proposta em diferentes objetivos, mas não se restrinja.
Pode escolher dessa forma e mantenha o foco da essência de sua proposta.
Feito isso, liste aqui suas escolhas. Essa informação também deverá ser declarada em seu
Relatório Final de Atividades Extensionistas.
LISTAR METAS DOS ODS ADERENTES AO SEU PROJETO
DEFINA A PROPOSTA.
IMERSÃO:
DEFINA OS ITENS DA IMERSÃO
Segue sugestão de perguntas para utilizar na entrevista com o parceiro.
SUGESTÃO DE SCRIPT DE ENTREVISTA
1. Quais os principais problemas, fragilidades ou dificuldades que a instituição/parceiro convive com
maior frequência?
1.1. Os problemas estão articulados com o programa/conteúdo proposto no componente
curricular?
Se não estiver, será necessário voltar à pergunta 1.
1.2. É possível resolver ou mitigar os problemas identificados no prazo de duração de projeto de
extensão.
Se não for possível deve voltar à pergunta 1.
1.3. A solução ou mitigação auxiliará a comunidade ou um grupo de pessoas da comunidade?
Se não auxiliar deve voltar à pergunta 1.
2. Quais serão as pessoas envolvidas na ação para buscar resolver ou mitigar os problemas
identificados?
3. Onde será realizada a ação?
4. Há limitação de pessoas ou restrição para acesso ao local indicado?
5. Quais serão as pessoas beneficiadas diretamente?
6. Necessitará de insumos/recursos financeiros para a realização da ação?
7. Será necessário agendamento?
8. Qual o período, dia da semana, horário que será realizada a ação?
3
Público
IDEAÇÃO:
DEFINA OS ITENS DA IDEAÇÃO.
PROTOTIPAÇÃO:
DEFINA OS ITENS DA PROTOTIPAÇÃO.
IDEIAS E ANOTAÇÕES:
2. REALIZAÇÃO (DO)
CRONOGRAMA:
ATIVIDADES PER. 1 PER. 2 PER. 3 PER.4
3. VERIFICAÇÃO (CHECK)
Planejamento:
Imersão realizada?
Ideação realizada?
Prototipação realizada?
Planejamento está ok?
Realização:
Cronograma realizado?
Cronograma atende a realização do projeto?
4
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM
Público
Verificação:
Cronograma atende a realização do projeto?
Projeto atende a proposta da instituição escolhida?
Houve necessidade de mudança de estratégia?
Em caso positivo, mencione as mudanças e novas estratégias?
4. AÇÃO (ACT)
AÇÃO PROPOSTA:
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
CAMPO OBRIGATÓRIO – Siga a normas ABNT, para isso consulte sua Biblioteca Virtual.
5
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM
() NÃO
() SIM

Mais conteúdo relacionado

Mais de Colaborar Educacional

ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdfATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
Colaborar Educacional
 
Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...
Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...
Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...
Colaborar Educacional
 
PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...
PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...
PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...
Colaborar Educacional
 
Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...
Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...
Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...
Colaborar Educacional
 
Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...
Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...
Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...
Colaborar Educacional
 
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESCST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
Colaborar Educacional
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESPROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
Colaborar Educacional
 
II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...
II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...
II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...
Colaborar Educacional
 
COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...
COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...
COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...
Colaborar Educacional
 
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...
Colaborar Educacional
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAIS
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAISPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAIS
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAIS
Colaborar Educacional
 
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...
Colaborar Educacional
 
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...
Colaborar Educacional
 
COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...
COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...
COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...
Colaborar Educacional
 
III - Conduzir comunicação interna e externa.
III - Conduzir comunicação interna e externa.III - Conduzir comunicação interna e externa.
III - Conduzir comunicação interna e externa.
Colaborar Educacional
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADO
Colaborar Educacional
 
Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...
Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...
Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...
Colaborar Educacional
 
O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...
O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...
O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...
Colaborar Educacional
 
III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.
III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.
III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.
Colaborar Educacional
 
II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...
II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...
II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...
Colaborar Educacional
 

Mais de Colaborar Educacional (20)

ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdfATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
ATIVIDADE 2 - PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL - ok.pdf
 
Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...
Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...
Uma vez que as proposições tenham sido testadas e refinadas, os alunos propõe...
 
PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...
PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...
PROJETO DE EXTENSÃO - SEGURANÇA, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O BEM COMUM...
 
Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...
Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...
Apresente de forma sucinta as atividades realizadas ao longo do semestre, con...
 
Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...
Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...
Temática – Promovendo o Cuidado e a Saúde na Comunidade com base nos Objetivo...
 
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESCST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
CST EM TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARESPROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
PROJETO DE EXTENSÃO I - TERAPIAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES
 
II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...
II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...
II - Realizar a preparação e a organização de documentos e procedimentos rela...
 
COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...
COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...
COMPETÊNCIAS: I - Compreender, identificar e aplicar normas legais atribuídas...
 
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...
A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do...
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAIS
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAISPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAIS
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇOS JURÍDICOS, CARTORÁRIOS E NOTARIAIS
 
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...
O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a di...
 
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...
O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporcio...
 
COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...
COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...
COMPETÊNCIAS: I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base n...
 
III - Conduzir comunicação interna e externa.
III - Conduzir comunicação interna e externa.III - Conduzir comunicação interna e externa.
III - Conduzir comunicação interna e externa.
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SECRETARIADO/CST EM SECRETARIADO
 
Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...
Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...
Os objetivos da extensão no Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computad...
 
O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...
O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...
O perfil do egresso idealizado pela IES para o Curso Superior de Tecnologia e...
 
III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.
III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.
III - Aplicar metodologias e técnicas no gerenciamento de projetos.
 
II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...
II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...
II - Otimizar tarefas de administração e manutenção dos recursos e serviços d...
 

Último

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 

Último (20)

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 

III - Democratizar e socializar informações à população que acessa as políticas públicas e sociais.

  • 1. Público SE VOCÊ BUSCA POR AJUDA, ENTRE EM CONTATO CONOSCO QUE PODEMOS TE AUXILIAR NESSE TRABALHO! ALUNO: CURSO: COMPONENTE CURRICULAR: PROGRAMA DE EXTENSÃO: FINALIDADE E MOTIVAÇÃO: SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL PROGRAMA DE AÇÃO E DIFUSÃO CULTURAL. (11) 91467-6527 (11) 91467-6527
  • 2. Público COMPETÊNCIAS: PERFIL DE EGRESSO: 1 A finalidade do projeto de extensão no Programa de Ação e Difusão Cultural do curso, está relacionado ao fomento à cultura locorregional, fomentando a difusão, a transparência e a democratização das ações culturais, por meio de projetos que possibilitem a transferência para a sociedade de conhecimentos multidisciplinares desenvolvidos no curso e a possibilidade de potencializar a geração de conhecimentos aplicados, permitindo ao egresso um maior envolvimento junto às ações culturais e sociais no âmbito das diversas ciências como também da tecnologia, articulados com os anseios da comunidade. Os conteúdos programáticos sugeridos para correlacionar as ações são: Matrizes clássicas do pensamento social, econômico, filosófico e político; Análise do sistema capitalista segundo as perspectivas liberal, marxista, socialdemocrata e neoliberal e Herança colonial, escravista e patriarcal na formação social, política, cultural e econômica do Brasil. Os locais que poderão contemplar esse projeto são: Entidades pertencentes à Administração Pública municipal, estadual ou federal; escolas; colégios; Organizações não governamentais (ONG); Instituições privadas com ações sociais; fundações; entidades do Judiciário como Procons e Tribunais; Entidades religiosas como igrejas, ordens, templos, congregações,missões e casas de acolhimento ou assistência; Asilos, entidades de saúde e assistência social; Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs); Organizações de moradores e Cooperativas, entre outras. I - Identificar demandas oriundas da questão social, com base nas particularidades da formação sócio-histórica da sociedade brasileira, para formular respostas profissionais; II - Estimular a participação de usuários(as) nos espaços de controle social e nos espaços de decisões institucionais para o fortalecimento de processos de democratização; III - Democratizar e socializar informações à população que acessa as políticas públicas e sociais.
  • 3. Público O perfil do egresso do curso de Serviço Social, idealizado pela IES proporciona a formação do profissional que atua nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas de intervenção para seu enfrentamento; formulando e implementando propostas de intervenção para seu enfrentamento; com capacidade de promover o exercício pleno da cidadania e a inserção criativa e propositiva dos usuários do Serviço Social no conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho. SOFT SKILLS (COMPETÊNCIAS SOCIOEMOCIONAIS): OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM: CONTEÚDOS: INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS: TEMPLATE PDCA Aluno e Aluna, essa atividade é para sua organização e uso da metodologia PDCA. Por isso é um documento orientativo e não precisa ser entregue. Veja as orientações apresentadas no MANUAL DE ATIVIDADES EXTENSIONISTAS. 1. PLANEJAMENTO (PLAN) Antes de definir sua proposta, explore os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) no link https://brasil.un.org/pt-br/sdgs. Se preferir, pode baixar o documento pelo link https://brasil.un.org/sites/default/files/2020-09/agenda2030-pt- br.pdf. 2 Análise e resolução de problemas Comunicação Interpessoal Gestão do Tempo O objetivo do programa de extensão em Difusão Cultural, está relacionado a disseminação e articulação de conhecimentos adquiridos no curso para promover as ações de difusão cultural no âmbito das ciências, relacionados diretamente às Relações Internacionais, ás ciências correlatas como ciências políticas e história, com a articulação da tecnologia junto à comunidade. I - Matrizes clássicas do pensamento social, econômico, filosófico e político; II - Análise do sistema capitalista segundo as perspectivas liberal, marxista, socialdemocrata e neoliberal; III - Herança colonial, escravista e patriarcal na formação social MARCUSSO, Marcus Fernandes; VIEIRA, Lívia Carolina. Formação social, econômica e política do Brasil. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2017. CIZOTO, Sonelise Auxiliadora; CARTONI, Daniela Maria. Ética, política e sociedade. Londrina: Editora e Distribuidora Educacional S.A., 2017. CARDOSO, Fernando Henrique. A arte da política: a história que vivi. 7. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.
  • 4. Público Compreenda a proposta da ONU e engaje-se nessa oportunidade de contribuir com as metas de um organismo internacional tão importante ao mesmo tempo em que participa de soluções de seu contexto! Analise os 17 objetivos e escolha quais metas podem ser aderentes à sua proposta e ao seu projeto. Para isso, clique no ícone de cada objetivo e observe a listagem de metas disponível em cada um. É necessário que você escolha pelo menos uma meta. Pode ser que você encontre metas aderentes à sua proposta em diferentes objetivos, mas não se restrinja. Pode escolher dessa forma e mantenha o foco da essência de sua proposta. Feito isso, liste aqui suas escolhas. Essa informação também deverá ser declarada em seu Relatório Final de Atividades Extensionistas. LISTAR METAS DOS ODS ADERENTES AO SEU PROJETO DEFINA A PROPOSTA. IMERSÃO: DEFINA OS ITENS DA IMERSÃO Segue sugestão de perguntas para utilizar na entrevista com o parceiro. SUGESTÃO DE SCRIPT DE ENTREVISTA 1. Quais os principais problemas, fragilidades ou dificuldades que a instituição/parceiro convive com maior frequência? 1.1. Os problemas estão articulados com o programa/conteúdo proposto no componente curricular? Se não estiver, será necessário voltar à pergunta 1. 1.2. É possível resolver ou mitigar os problemas identificados no prazo de duração de projeto de extensão. Se não for possível deve voltar à pergunta 1. 1.3. A solução ou mitigação auxiliará a comunidade ou um grupo de pessoas da comunidade? Se não auxiliar deve voltar à pergunta 1. 2. Quais serão as pessoas envolvidas na ação para buscar resolver ou mitigar os problemas identificados? 3. Onde será realizada a ação? 4. Há limitação de pessoas ou restrição para acesso ao local indicado? 5. Quais serão as pessoas beneficiadas diretamente? 6. Necessitará de insumos/recursos financeiros para a realização da ação? 7. Será necessário agendamento? 8. Qual o período, dia da semana, horário que será realizada a ação? 3
  • 5. Público IDEAÇÃO: DEFINA OS ITENS DA IDEAÇÃO. PROTOTIPAÇÃO: DEFINA OS ITENS DA PROTOTIPAÇÃO. IDEIAS E ANOTAÇÕES: 2. REALIZAÇÃO (DO) CRONOGRAMA: ATIVIDADES PER. 1 PER. 2 PER. 3 PER.4 3. VERIFICAÇÃO (CHECK) Planejamento: Imersão realizada? Ideação realizada? Prototipação realizada? Planejamento está ok? Realização: Cronograma realizado? Cronograma atende a realização do projeto? 4 () NÃO () SIM () NÃO () SIM () NÃO () SIM () NÃO () SIM () NÃO () SIM
  • 6. Público Verificação: Cronograma atende a realização do projeto? Projeto atende a proposta da instituição escolhida? Houve necessidade de mudança de estratégia? Em caso positivo, mencione as mudanças e novas estratégias? 4. AÇÃO (ACT) AÇÃO PROPOSTA: REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CAMPO OBRIGATÓRIO – Siga a normas ABNT, para isso consulte sua Biblioteca Virtual. 5 () NÃO () SIM () NÃO () SIM () NÃO () SIM () NÃO () SIM