SlideShare uma empresa Scribd logo
  Igrejas de Castro Verde
O aspecto actual da igreja data do tempo de D. João V (1706- 1750), edificada sobre um templo mais antigo, que já havia sofrido alterações durante o reinado de D. Sebastião (1568- 1578).
A igreja Matriz de Castro Verde é constituída por uma nave central, sacristias laterais e duas torres sineiras. As paredes interiores estão revestidas com amplos painéis de azulejos setecentistas, que representam a batalha de Ourique. O tecto é feito de madeira policromada, e os altares são revestidos em talha dourada barroca e joanina.
- A Igreja recebeu os primeiros sinos em 1731 (os sinos actualmente nas torres  datam de 1780; 1795; 1796 e 1887) -O rei D. João, não se esqueceu de fornecer para os quatro altares laterais da Igreja, muitas relíquias, feitas com a prata e o ouro vindos do Brasil. -Em 1784 foi pago com o dinheiro dos cofres da Matriz, o relógio que Deodactus Lombinom, de Faro, colocou na torre lateral direita.  
Igreja de Nossa Senhora dos Remédios No século XVII,a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios que foi fundada por D. Afonso Henriques encontrava-se bastante degradado, então, Filipe II toma medidas para que seja restaurada, e para angariar fundos, dá inicio a uma feira em 1620, que iria suportar os seus custos até 1834, a tão conhecida  Feira de Castro , que ainda hoje é a maior do Baixo Alentejo. O templo é constituído por uma só nave, é interiormente forrado de pequenos azulejos em azul, com flores, aves, moinhos, etc., de fabrico Holandês.   Interior da igreja
O templo é constituído por uma só nave, é interiormente forrado de pequenos azulejos em azul, com flores, aves, moinhos, etc., de fabrico Holandês.
Ermida de S. Miguel A ermida de S. Miguel foi construída entre 1715 e 1728, por ordem de D. João V, sobre as ruínas de uma igreja mais antiga. A sua edificação foi ordenada por D. Maria I, em 1760/1779.
  Ermida de S. Sebastião       Esta Ermida situa-se no sítio onde decorre a feira de S. Sebastião (20 de Janeiro). Época de Construção: séc. XVII/ XVIII  Cronologia: Séc. XVII – construção; séc. XVIII, segunda metade – campanário.
Igreja Matriz de Casével A freguesia de Casével possui uma igreja Matriz, cujo santo é S. João Baptista, no ano de 1533, a Igreja estava a ser reparada, foi novamente reparada em 1940/50, devido ao seu estado de abandono e degradação a que chegou.  Época de Construção : Séc. XIV/ XVI/ XVIII/ XX  Cronologia : Séc.XIV - igreja primitiva; séc. XVI - reedificação; séc. XVIII - remodelação da frontaria; séc. XX, meados - remodelação do interior; 1954 - 1955 - construção da torre; 1969, 2 de Fevereiro - danos causados pelo  sismo.
Igreja Matriz de Entradas A fundação deste templo remonta a 1745, foi dedicada a Santiago Maior e a arquitectura pertence ao século XVIII. Possui um só transepto, uma só nave, três altares, e o seu altar-mor de mármore branco e preto foi avaliado como o mais valioso de toda a Diocese de Beja .
Capela da Nossa Senhora da Esperan ç a de Entradas Época de Construção: Séc. XVI Cronologia: 1575 – construção da capela patrocinada por D. Bartolomeu Leitão, bispo de Cabo Verde, natural de Entradas, no ano em que é eleito; 1969, 2 Fev. - danos causados pelo sismo.   
Igreja de S. Marcos A igreja Matriz de São Marcos da Ataboeira, está situada bem no meio da aldeia, é antecedida por um adro e ladeada por um jardim. Época de Construção: Séc. XVI/ XVIII  Cronologia: Séc. XVI, segunda metade – construção; séc. XVIII, meados – decoração em argamassa da frontaria e campanário; séc. XIX, finais – grade do púlpito, grade do baptistério e teia.
  Igreja Matriz de Santa B á rbara de Padrões A sua construção data do século XIII. Situa-se num monte existindo algumas suspeitas de que esta igreja ocupa o lugar de um antigo templo Muçulmano. Época de Construção: Séc. XVI/ XVII/ XVIII/ XIX  Cronologia: Séc. XVI, primeira metade – construção; séc. XVII. Restauração, 1969, 2 de Fevereiro – danos causados pelo sismo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Segredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadores
Segredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadoresSegredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadores
Segredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadores
Fatima de Luzie Cavalcante
 
Igreja de S.Clara-Porto
Igreja de S.Clara-PortoIgreja de S.Clara-Porto
Igreja de S.Clara-Porto
BiaEsteves
 
O Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos Muçulamos
O Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos MuçulamosO Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos Muçulamos
O Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos Muçulamos
Maria Gomes
 
Igeja Dos Remedios
Igeja Dos RemediosIgeja Dos Remedios
Igeja Dos Remedios
Mateus Bessa
 
Albúm de Fotos
Albúm de FotosAlbúm de Fotos
Albúm de Fotos
Caio Franco
 
Sé catedral do Porto
Sé catedral do PortoSé catedral do Porto
Sé catedral do Porto
Maria Gomes
 
Igreja Dos Remédios
Igreja Dos RemédiosIgreja Dos Remédios
Igreja Dos Remédios
jessicameloo
 
Porto sé catedral
Porto sé catedralPorto sé catedral
Porto sé catedral
Paula Andrade
 
Sé Catedral Do Porto
Sé Catedral Do PortoSé Catedral Do Porto
Sé Catedral Do Porto
cris
 
Monumentos2
Monumentos2Monumentos2
Monumentos2
MARIA NOGUE
 
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
Paula Andrade
 
Convento Sao Bento - Arquitetura no Brasil
Convento Sao Bento - Arquitetura no BrasilConvento Sao Bento - Arquitetura no Brasil
Convento Sao Bento - Arquitetura no Brasil
Mariana Mincarone
 
Igrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa Clara
Igrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa ClaraIgrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa Clara
Igrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa Clara
Irene Aguiar
 
Roteiro religioso
Roteiro religiosoRoteiro religioso
Roteiro religioso
Glaucia Aparecida Be Bento
 
Igrejasd
IgrejasdIgrejasd
Convento e Igreja de Santa Clara
Convento e Igreja de Santa ClaraConvento e Igreja de Santa Clara
Convento e Igreja de Santa Clara
Maria Gomes
 
História do porto igreja de nicolau - artur filipe dos santos
História do porto   igreja de nicolau - artur filipe dos santosHistória do porto   igreja de nicolau - artur filipe dos santos
História do porto igreja de nicolau - artur filipe dos santos
Artur Filipe dos Santos
 
Convento de Mafra
Convento de MafraConvento de Mafra
Convento de Mafra
Tiago Faisca
 
Desdobrável s. cruz de barcelos
Desdobrável s. cruz de barcelosDesdobrável s. cruz de barcelos
Desdobrável s. cruz de barcelos
Joaquim Vinhas
 

Mais procurados (19)

Segredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadores
Segredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadoresSegredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadores
Segredos subterrâneos da igreja da lapa dos mercadores
 
Igreja de S.Clara-Porto
Igreja de S.Clara-PortoIgreja de S.Clara-Porto
Igreja de S.Clara-Porto
 
O Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos Muçulamos
O Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos MuçulamosO Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos Muçulamos
O Porto: a reconquista cristã, o papel dos cristãos face aos Muçulamos
 
Igeja Dos Remedios
Igeja Dos RemediosIgeja Dos Remedios
Igeja Dos Remedios
 
Albúm de Fotos
Albúm de FotosAlbúm de Fotos
Albúm de Fotos
 
Sé catedral do Porto
Sé catedral do PortoSé catedral do Porto
Sé catedral do Porto
 
Igreja Dos Remédios
Igreja Dos RemédiosIgreja Dos Remédios
Igreja Dos Remédios
 
Porto sé catedral
Porto sé catedralPorto sé catedral
Porto sé catedral
 
Sé Catedral Do Porto
Sé Catedral Do PortoSé Catedral Do Porto
Sé Catedral Do Porto
 
Monumentos2
Monumentos2Monumentos2
Monumentos2
 
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)Igrejas do porto   convento e igreja de santa clara (1)
Igrejas do porto convento e igreja de santa clara (1)
 
Convento Sao Bento - Arquitetura no Brasil
Convento Sao Bento - Arquitetura no BrasilConvento Sao Bento - Arquitetura no Brasil
Convento Sao Bento - Arquitetura no Brasil
 
Igrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa Clara
Igrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa ClaraIgrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa Clara
Igrejas do Porto, Convento e Igreja de Santa Clara
 
Roteiro religioso
Roteiro religiosoRoteiro religioso
Roteiro religioso
 
Igrejasd
IgrejasdIgrejasd
Igrejasd
 
Convento e Igreja de Santa Clara
Convento e Igreja de Santa ClaraConvento e Igreja de Santa Clara
Convento e Igreja de Santa Clara
 
História do porto igreja de nicolau - artur filipe dos santos
História do porto   igreja de nicolau - artur filipe dos santosHistória do porto   igreja de nicolau - artur filipe dos santos
História do porto igreja de nicolau - artur filipe dos santos
 
Convento de Mafra
Convento de MafraConvento de Mafra
Convento de Mafra
 
Desdobrável s. cruz de barcelos
Desdobrável s. cruz de barcelosDesdobrável s. cruz de barcelos
Desdobrável s. cruz de barcelos
 

Destaque

Cultura do Mosteiro - Arte Otoniana
Cultura do Mosteiro - Arte OtonianaCultura do Mosteiro - Arte Otoniana
Cultura do Mosteiro - Arte Otoniana
Carlos Vieira
 
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaAula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Lila Donato
 
Cultura do Mosteiro - Arte Românica
Cultura do Mosteiro - Arte RomânicaCultura do Mosteiro - Arte Românica
Cultura do Mosteiro - Arte Românica
Carlos Vieira
 
2.da era cristã ao período bizantino
2.da era cristã ao período bizantino2.da era cristã ao período bizantino
2.da era cristã ao período bizantino
Ana Barreiros
 
A Arte Rococó
A Arte RococóA Arte Rococó
A Arte Rococó
Carlos Pinheiro
 
Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia
Cultura do Mosteiro - Arte carolíngiaCultura do Mosteiro - Arte carolíngia
Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia
Carlos Vieira
 
Arquitetura românica
Arquitetura românicaArquitetura românica
Arquitetura românica
Ana Barreiros
 

Destaque (7)

Cultura do Mosteiro - Arte Otoniana
Cultura do Mosteiro - Arte OtonianaCultura do Mosteiro - Arte Otoniana
Cultura do Mosteiro - Arte Otoniana
 
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantinaAula 03 arquitetura e arte bizantina
Aula 03 arquitetura e arte bizantina
 
Cultura do Mosteiro - Arte Românica
Cultura do Mosteiro - Arte RomânicaCultura do Mosteiro - Arte Românica
Cultura do Mosteiro - Arte Românica
 
2.da era cristã ao período bizantino
2.da era cristã ao período bizantino2.da era cristã ao período bizantino
2.da era cristã ao período bizantino
 
A Arte Rococó
A Arte RococóA Arte Rococó
A Arte Rococó
 
Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia
Cultura do Mosteiro - Arte carolíngiaCultura do Mosteiro - Arte carolíngia
Cultura do Mosteiro - Arte carolíngia
 
Arquitetura românica
Arquitetura românicaArquitetura românica
Arquitetura românica
 

Semelhante a Igrejas de Castro Verde

Mosteiro do Pombeiro
Mosteiro do Pombeiro  Mosteiro do Pombeiro
Mosteiro do Pombeiro
Carlos Vieira
 
Rota do barrroco em Gondomar
Rota do barrroco em GondomarRota do barrroco em Gondomar
Rota do barrroco em Gondomar
Maria Gomes
 
Barroco - rota em gondomar
Barroco - rota em gondomarBarroco - rota em gondomar
Barroco - rota em gondomar
Maria Gomes
 
Barroco - rota em gondomar
 Barroco - rota em  gondomar Barroco - rota em  gondomar
Barroco - rota em gondomar
Maria Gomes
 
Rota do barroco em Gondomar
Rota do barroco em GondomarRota do barroco em Gondomar
Rota do barroco em Gondomar
Maria Gomes
 
Almodovar 3
Almodovar 3Almodovar 3
Almodovar 3
Justi Fica-se
 
Arte religiosa do rio
Arte religiosa do rioArte religiosa do rio
Arte religiosa do rio
Fatima de Luzie Cavalcante
 
Igrejas e capelas do porto
Igrejas e capelas do portoIgrejas e capelas do porto
Igrejas e capelas do porto
José Carlos Mendes
 
Miranda visitacentrohistorico
Miranda visitacentrohistoricoMiranda visitacentrohistorico
Miranda visitacentrohistorico
yousoumirandes
 
Monumentos1
Monumentos1Monumentos1
Monumentos1
MARIA NOGUE
 
Religião e moral
Religião e moralReligião e moral
Igreja do terço 12-04-2013
Igreja do terço   12-04-2013Igreja do terço   12-04-2013
Igreja do terço 12-04-2013
Joaquim Vinhas
 
Mosteiro dos Jeronimos
Mosteiro dos JeronimosMosteiro dos Jeronimos
Mosteiro dos Jeronimos
Carlos Vieira
 
Românico
RomânicoRomânico
Românico
Maria Gomes
 
História do porto igreja de s. nicolau - artur filipe dos santos
História do porto   igreja de s. nicolau - artur filipe dos santosHistória do porto   igreja de s. nicolau - artur filipe dos santos
História do porto igreja de s. nicolau - artur filipe dos santos
Artur Filipe dos Santos
 
Mosteiro dos Jerónimos
Mosteiro dos JerónimosMosteiro dos Jerónimos
Mosteiro dos Jerónimos
Umberto Pacheco
 
Românico
RomânicoRomânico
Românico
Fernando Veloso
 
Mosteiro de s.bento igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)
Mosteiro de s.bento   igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)Mosteiro de s.bento   igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)
Mosteiro de s.bento igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)
Agostinho.Gouveia
 
História do porto igreja carmo e carmelitas
História do porto   igreja carmo e carmelitasHistória do porto   igreja carmo e carmelitas
História do porto igreja carmo e carmelitas
Artur Filipe dos Santos
 
História do porto igreja carmo e carmelitas
História do porto   igreja carmo e carmelitasHistória do porto   igreja carmo e carmelitas
História do porto igreja carmo e carmelitas
Artur Filipe dos Santos
 

Semelhante a Igrejas de Castro Verde (20)

Mosteiro do Pombeiro
Mosteiro do Pombeiro  Mosteiro do Pombeiro
Mosteiro do Pombeiro
 
Rota do barrroco em Gondomar
Rota do barrroco em GondomarRota do barrroco em Gondomar
Rota do barrroco em Gondomar
 
Barroco - rota em gondomar
Barroco - rota em gondomarBarroco - rota em gondomar
Barroco - rota em gondomar
 
Barroco - rota em gondomar
 Barroco - rota em  gondomar Barroco - rota em  gondomar
Barroco - rota em gondomar
 
Rota do barroco em Gondomar
Rota do barroco em GondomarRota do barroco em Gondomar
Rota do barroco em Gondomar
 
Almodovar 3
Almodovar 3Almodovar 3
Almodovar 3
 
Arte religiosa do rio
Arte religiosa do rioArte religiosa do rio
Arte religiosa do rio
 
Igrejas e capelas do porto
Igrejas e capelas do portoIgrejas e capelas do porto
Igrejas e capelas do porto
 
Miranda visitacentrohistorico
Miranda visitacentrohistoricoMiranda visitacentrohistorico
Miranda visitacentrohistorico
 
Monumentos1
Monumentos1Monumentos1
Monumentos1
 
Religião e moral
Religião e moralReligião e moral
Religião e moral
 
Igreja do terço 12-04-2013
Igreja do terço   12-04-2013Igreja do terço   12-04-2013
Igreja do terço 12-04-2013
 
Mosteiro dos Jeronimos
Mosteiro dos JeronimosMosteiro dos Jeronimos
Mosteiro dos Jeronimos
 
Românico
RomânicoRomânico
Românico
 
História do porto igreja de s. nicolau - artur filipe dos santos
História do porto   igreja de s. nicolau - artur filipe dos santosHistória do porto   igreja de s. nicolau - artur filipe dos santos
História do porto igreja de s. nicolau - artur filipe dos santos
 
Mosteiro dos Jerónimos
Mosteiro dos JerónimosMosteiro dos Jerónimos
Mosteiro dos Jerónimos
 
Românico
RomânicoRomânico
Românico
 
Mosteiro de s.bento igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)
Mosteiro de s.bento   igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)Mosteiro de s.bento   igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)
Mosteiro de s.bento igreja matriz de santo tirso (nx power-lite)
 
História do porto igreja carmo e carmelitas
História do porto   igreja carmo e carmelitasHistória do porto   igreja carmo e carmelitas
História do porto igreja carmo e carmelitas
 
História do porto igreja carmo e carmelitas
História do porto   igreja carmo e carmelitasHistória do porto   igreja carmo e carmelitas
História do porto igreja carmo e carmelitas
 

Mais de Turma8B

Criando Raízes
Criando RaízesCriando Raízes
Criando Raízes
Turma8B
 
Jéssica
JéssicaJéssica
Jéssica
Turma8B
 
Internet segura sydney
Internet segura sydneyInternet segura sydney
Internet segura sydney
Turma8B
 
Hugo lopes
Hugo lopesHugo lopes
Hugo lopes
Turma8B
 
351 paulino
351 paulino351 paulino
351 paulino
Turma8B
 
Luís paulino
Luís paulinoLuís paulino
Luís paulino
Turma8B
 
Taxa de actividade feminina no concelho de Castro Verde
Taxa de actividade feminina no concelho de Castro VerdeTaxa de actividade feminina no concelho de Castro Verde
Taxa de actividade feminina no concelho de Castro Verde
Turma8B
 
Taxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidadeTaxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidade
Turma8B
 
População activa por faixas etárias
População activa por faixas etáriasPopulação activa por faixas etárias
População activa por faixas etárias
Turma8B
 
Mortalidade
MortalidadeMortalidade
Mortalidade
Turma8B
 
Índice de envelhecimento da população
Índice de envelhecimento da populaçãoÍndice de envelhecimento da população
Índice de envelhecimento da população
Turma8B
 
Idade média da população
Idade média da populaçãoIdade média da população
Idade média da população
Turma8B
 
Densidade
DensidadeDensidade
Densidade
Turma8B
 
Densidade populacional
Densidade populacionalDensidade populacional
Densidade populacional
Turma8B
 
Abandono escolar
Abandono escolarAbandono escolar
Abandono escolar
Turma8B
 
Evolução populacional 8ºb
Evolução populacional   8ºbEvolução populacional   8ºb
Evolução populacional 8ºb
Turma8B
 
Festividades
FestividadesFestividades
Festividades
Turma8B
 
Futebol - Castro Verde
Futebol - Castro VerdeFutebol - Castro Verde
Futebol - Castro Verde
Turma8B
 
A Gastronomia de Castro Verde
A Gastronomia de Castro VerdeA Gastronomia de Castro Verde
A Gastronomia de Castro Verde
Turma8B
 
Museu da Lucerna
Museu da LucernaMuseu da Lucerna
Museu da Lucerna
Turma8B
 

Mais de Turma8B (20)

Criando Raízes
Criando RaízesCriando Raízes
Criando Raízes
 
Jéssica
JéssicaJéssica
Jéssica
 
Internet segura sydney
Internet segura sydneyInternet segura sydney
Internet segura sydney
 
Hugo lopes
Hugo lopesHugo lopes
Hugo lopes
 
351 paulino
351 paulino351 paulino
351 paulino
 
Luís paulino
Luís paulinoLuís paulino
Luís paulino
 
Taxa de actividade feminina no concelho de Castro Verde
Taxa de actividade feminina no concelho de Castro VerdeTaxa de actividade feminina no concelho de Castro Verde
Taxa de actividade feminina no concelho de Castro Verde
 
Taxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidadeTaxa bruta de natalidade
Taxa bruta de natalidade
 
População activa por faixas etárias
População activa por faixas etáriasPopulação activa por faixas etárias
População activa por faixas etárias
 
Mortalidade
MortalidadeMortalidade
Mortalidade
 
Índice de envelhecimento da população
Índice de envelhecimento da populaçãoÍndice de envelhecimento da população
Índice de envelhecimento da população
 
Idade média da população
Idade média da populaçãoIdade média da população
Idade média da população
 
Densidade
DensidadeDensidade
Densidade
 
Densidade populacional
Densidade populacionalDensidade populacional
Densidade populacional
 
Abandono escolar
Abandono escolarAbandono escolar
Abandono escolar
 
Evolução populacional 8ºb
Evolução populacional   8ºbEvolução populacional   8ºb
Evolução populacional 8ºb
 
Festividades
FestividadesFestividades
Festividades
 
Futebol - Castro Verde
Futebol - Castro VerdeFutebol - Castro Verde
Futebol - Castro Verde
 
A Gastronomia de Castro Verde
A Gastronomia de Castro VerdeA Gastronomia de Castro Verde
A Gastronomia de Castro Verde
 
Museu da Lucerna
Museu da LucernaMuseu da Lucerna
Museu da Lucerna
 

Igrejas de Castro Verde

  • 1.   Igrejas de Castro Verde
  • 2. O aspecto actual da igreja data do tempo de D. João V (1706- 1750), edificada sobre um templo mais antigo, que já havia sofrido alterações durante o reinado de D. Sebastião (1568- 1578).
  • 3. A igreja Matriz de Castro Verde é constituída por uma nave central, sacristias laterais e duas torres sineiras. As paredes interiores estão revestidas com amplos painéis de azulejos setecentistas, que representam a batalha de Ourique. O tecto é feito de madeira policromada, e os altares são revestidos em talha dourada barroca e joanina.
  • 4. - A Igreja recebeu os primeiros sinos em 1731 (os sinos actualmente nas torres datam de 1780; 1795; 1796 e 1887) -O rei D. João, não se esqueceu de fornecer para os quatro altares laterais da Igreja, muitas relíquias, feitas com a prata e o ouro vindos do Brasil. -Em 1784 foi pago com o dinheiro dos cofres da Matriz, o relógio que Deodactus Lombinom, de Faro, colocou na torre lateral direita.  
  • 5. Igreja de Nossa Senhora dos Remédios No século XVII,a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios que foi fundada por D. Afonso Henriques encontrava-se bastante degradado, então, Filipe II toma medidas para que seja restaurada, e para angariar fundos, dá inicio a uma feira em 1620, que iria suportar os seus custos até 1834, a tão conhecida Feira de Castro , que ainda hoje é a maior do Baixo Alentejo. O templo é constituído por uma só nave, é interiormente forrado de pequenos azulejos em azul, com flores, aves, moinhos, etc., de fabrico Holandês.   Interior da igreja
  • 6. O templo é constituído por uma só nave, é interiormente forrado de pequenos azulejos em azul, com flores, aves, moinhos, etc., de fabrico Holandês.
  • 7. Ermida de S. Miguel A ermida de S. Miguel foi construída entre 1715 e 1728, por ordem de D. João V, sobre as ruínas de uma igreja mais antiga. A sua edificação foi ordenada por D. Maria I, em 1760/1779.
  • 8.   Ermida de S. Sebastião       Esta Ermida situa-se no sítio onde decorre a feira de S. Sebastião (20 de Janeiro). Época de Construção: séc. XVII/ XVIII Cronologia: Séc. XVII – construção; séc. XVIII, segunda metade – campanário.
  • 9. Igreja Matriz de Casével A freguesia de Casével possui uma igreja Matriz, cujo santo é S. João Baptista, no ano de 1533, a Igreja estava a ser reparada, foi novamente reparada em 1940/50, devido ao seu estado de abandono e degradação a que chegou. Época de Construção : Séc. XIV/ XVI/ XVIII/ XX Cronologia : Séc.XIV - igreja primitiva; séc. XVI - reedificação; séc. XVIII - remodelação da frontaria; séc. XX, meados - remodelação do interior; 1954 - 1955 - construção da torre; 1969, 2 de Fevereiro - danos causados pelo sismo.
  • 10. Igreja Matriz de Entradas A fundação deste templo remonta a 1745, foi dedicada a Santiago Maior e a arquitectura pertence ao século XVIII. Possui um só transepto, uma só nave, três altares, e o seu altar-mor de mármore branco e preto foi avaliado como o mais valioso de toda a Diocese de Beja .
  • 11. Capela da Nossa Senhora da Esperan ç a de Entradas Época de Construção: Séc. XVI Cronologia: 1575 – construção da capela patrocinada por D. Bartolomeu Leitão, bispo de Cabo Verde, natural de Entradas, no ano em que é eleito; 1969, 2 Fev. - danos causados pelo sismo.  
  • 12. Igreja de S. Marcos A igreja Matriz de São Marcos da Ataboeira, está situada bem no meio da aldeia, é antecedida por um adro e ladeada por um jardim. Época de Construção: Séc. XVI/ XVIII Cronologia: Séc. XVI, segunda metade – construção; séc. XVIII, meados – decoração em argamassa da frontaria e campanário; séc. XIX, finais – grade do púlpito, grade do baptistério e teia.
  • 13.   Igreja Matriz de Santa B á rbara de Padrões A sua construção data do século XIII. Situa-se num monte existindo algumas suspeitas de que esta igreja ocupa o lugar de um antigo templo Muçulmano. Época de Construção: Séc. XVI/ XVII/ XVIII/ XIX Cronologia: Séc. XVI, primeira metade – construção; séc. XVII. Restauração, 1969, 2 de Fevereiro – danos causados pelo sismo.