SlideShare uma empresa Scribd logo
Acesso ao documento
      primário




          Helen de Castro Silva
Documento primário
Apresentam informações originais
São produzidos com a interferência direta
do autor (MULLER, 2000)
Primeiro meio de divulgação de resultados
originais, análises teóricas, dados
empíricos por pesquisadores e produtores
da informação (SONDERGAARD et. al.
2003)
Características do documento
           primário

Dispersão e desorganização quanto a
produção, divulgação e controle

Difíceis de serem localizadas e
identificadas
Ex.: Teses e dissertações
Relatórios de pesquisa, produzidas junto
a Programas de Pós-Graduação Stricto
Sensu com a finalidade de obtenção dos
títulos de mestre (dissertações) e de
doutor (tese) – Brasil
Grã-Bretanha – thesis todo gênero
EUA – dissertation termo mais usado
Características
Não contam com sistema de distribuição
e publicação específico
Número reduzido de exemplares
Identificação: catálogos coletivos e
publicações específicas
Acesso: Repositórios, Empréstimo entre
Bibliotecas, solicitação de cópias serviços
comerciais e COMUT.
Bancos de teses e
        dissertações
Movimento global de disponibilização
teses e dissertações acessíveis
eletrônicamente

Início: 1987 EUA – evento UMI
– Inovações de publicações eletrônica e sua
  possível aplicação para produção de
  dissertations
1987 – 1996 realização de pesquisas
para aperfeiçoamento do projeto
1996 – US Department of Education
encampa a idéia – início interesse
internacional
Networked Digital Library of Thesis and
Dissertations (NDLTD) – coordena
esforços na área e realiza eventos
anuais
http://www.ndltd.org/
Bancos de teses internacionais
University Microfilms International –
UMI

NDLTD - Networked digital Library of
Theses and Dissertations - Virginia
Tech
Controle de teses no Brasil
Década de 1970 – ampliação dos cursos
de pós-graduação
IBBD (IBICT) coleta e divulgação no
suplemento Livro do Jornal do Brasil
CAPES (1974) - Lista de dissertações e
teses
MEC (1977- 82) – Catálogo do Banco de
Teses
Informações, Microformas Sistemas SA
(1977) – Índice Cenate - comercial
IBICT (1986) – Índice de teses –
– gerado a partir da Base de dados Tese
– registros de 1982 e em Ciência da
  Informação desde 1971 (bolsistas CNPq e
  USP, UFRGS, UFMG, PUC-RJ,UNICAMP,
  FGV, BN)
Sistema de Informação sobre teses
(1996) – Prossiga
Biblioteca Digital de Teses e
Dissertações
CAPES
Bancos de teses no Brasil
C@tedra – UNESP

Portal de Periódicos CAPES -
Exercícios:
Localizar no banco de teses da CAPES
 – teses de: Sadao Omote, Marta Ligia P.
   Valentim, Lin Chau Ming, Clodoaldo
   Bueno e Maria Anice Sallum
 – é possível obter texto completo ?
 – se não, qual é a opção ?
Fazer uma busca no UMI e verificar quanto
ficaria a cópia do material recuperado.
Verificar a quantidade de teses e dissertações
brasileiras na NDLTD dos últimos 5 anos
Exercícios
Para casa: dividir grupos e verificar como as
bibl. Universitárias de Marília obtém
informações e o texto completo de teses
Levantar em pelo menos 4 bancos de teses
nacionais e estrangeiros documentos
relacionados ao tema do guia de seu grupo.
Encontros científicos

Comunicação científica:

– Canais formais: publicações


– Canais informais: contatos pessoais
  (cartas, telefones, e-mails, eventos)
Função dos encontros
        científicos
Mecanismo para aperfeiçoamento dos
estudos – retroalimentação estantânea

São reflexo do “estado da arte” em um
assunto

Oportunidade de comunicação informal
Tipos de evento
Congresso
– 1 semana, âmbito nacional / internacional,
  composto por vários tipos de atividades
Conferência:
– apresentação formal
– Figura de destaque na área
Palestra : idem + debate com a platéia
Mesas redondas, painéis:
– Apresentação de pequenos grupos e de
  debates
Informação sobre eventos:
                 eventos:

Informações sobre a ocorrência de
eventos – diretórios, calendários



Documentos gerados durante os
eventos – catálogos, index e abstracts
e repositórios
Informações sobre a ocorrência
         de eventos
 Canais utilizados pela organização
 dos eventos:
  – mala, direta, anúncios em periódicos em
   boletins de entidades científicas, e. g.


 Instituições que sistematizam em
 divulgam informações
Informações geradas em
              eventos
•Base de dados cooperativa, coordenada pelo
CIN/CNEN.
•Inclui dados bibliográficos anais de eventos
brasileiros ou internacionais que se encontram
disponíveis nos acervos de bibliotecas brasileiras e
de algumas latino-americanas.
•As informações contidas nos registros são
fornecidas pelas bibliotecas cooperantes e
padronizadas pelo CIN.
•Período: Ilimitado - inclui informações a partir de
qualquer data.
•Atualização: mensal
Serviços oferecidos pela British
            Library
Publicação do Index of Conference
Proceedings – ICP anualmente na
versão impressa .
Acesso ao Catálogo Integrado para
informações atualizadas: possui
coleção de 400 mil itens
Document supply -
Fontes para identificação
Ulrich's International Periodicals
Directory
– R. R. Bowker, a division of Reed Elsevier Inc.
– Traz informações sobre 210.000 periódicos e
  seriados desde 1979.
– Identifica 90.000 editores em 200 países
ISI Proceedings
– cobre anais de eventos científicos em
  ciências, ciências sociais e humanidades
Pesquisas em andamento
Pesquisas em andamento:
            objetivos
Evitar pesquisas repetitivas
Orientar aplicação de recursos em
áreas carentes de pesquisa
–   Localizar fontes de apoio
–   Identificar líderes na literatura
–   Localizar especialistas
–   Identificar lacunas em áreas de
    investigação
Fontes para identificação:
Canais informais:
– Contatos pessoais
– Listas de discussões, e-mails


Canais formais:
– Divulgação pelos órgãos produtores -
  revistas, boletins, notícias no site
  institucional, etc.
– Divulgação pelos órgãos financiadores ou
  governamentais
Fontes para identificação -
          Brasil
Projetos de pesquisa e de apoio a formação de RH
financiados por agências de fomento brasileiras
Exercícios:
Verificar na página do Prossiga a
ocorrência de eventos da área de
engenharia para 2011/2
verificar a disponibilidade de anais de
eventos na British Library 2008-
Ulrich´s – verificar a existência de
informações sobre anais de evento,
Verificar os periódicos da área de ciência da
informação.
Identifique o tipo de informação sobre os
títulos;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)
Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)
Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)
Liber UFPE
 
Financiamento acadêmico com Pivot
Financiamento acadêmico com PivotFinanciamento acadêmico com Pivot
Financiamento acadêmico com Pivot
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira RosaCONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
Elisabeth Dudziak
 
Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015
Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015
Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015
Geise Ribeiro da Silva
 
Recursos de informação para trabalhos de conclusão de curso
Recursos de informação para trabalhos de conclusão de cursoRecursos de informação para trabalhos de conclusão de curso
Recursos de informação para trabalhos de conclusão de curso
Serviço de Biblioteca EESC/USP
 
Literacia da informação
Literacia da informaçãoLiteracia da informação
Literacia da informação
Escola D.Inês de Castro
 
Senai 2013
Senai 2013Senai 2013
Senai 2013
Elisabeth Dudziak
 
Seminário SBUFRGS e SABi
Seminário SBUFRGS e SABiSeminário SBUFRGS e SABi

Mais procurados (8)

Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)
Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)
Acesso e uso de dados de pesquisa(uma análise preliminar do figshare)
 
Financiamento acadêmico com Pivot
Financiamento acadêmico com PivotFinanciamento acadêmico com Pivot
Financiamento acadêmico com Pivot
 
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira RosaCONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
CONFOA 2012 - Biblioteca da Produção Intelectual da USP - Célia de Oliveira Rosa
 
Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015
Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015
Apresentacao geise silva_i_fórum_compet_inf_05maio2015
 
Recursos de informação para trabalhos de conclusão de curso
Recursos de informação para trabalhos de conclusão de cursoRecursos de informação para trabalhos de conclusão de curso
Recursos de informação para trabalhos de conclusão de curso
 
Literacia da informação
Literacia da informaçãoLiteracia da informação
Literacia da informação
 
Senai 2013
Senai 2013Senai 2013
Senai 2013
 
Seminário SBUFRGS e SABi
Seminário SBUFRGS e SABiSeminário SBUFRGS e SABi
Seminário SBUFRGS e SABi
 

Semelhante a Fonte primaria [modo de compatibilidade]

Workshop CI 2004
Workshop CI 2004Workshop CI 2004
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
UFSC
 
Curriculo lattes
Curriculo lattesCurriculo lattes
Repositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na Rede
Repositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na RedeRepositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na Rede
Repositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na Rede
Miguel Angel Mardero Arellano
 
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadasPublicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
Angela Pereira de Farias
 
Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
Sistema de Bibliotecas da UEL
 
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituiçãoPortal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos UFSC
 
Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?
Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?
Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?
Centro de Informações Nucleares - CIN/CNEN
 
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTDACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
UFSC
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Essevalter de Sousa
 
Acesso `a informação - estratégias
Acesso `a informação - estratégiasAcesso `a informação - estratégias
Acesso `a informação - estratégias
Kelley Cristine Gasque
 
Selecção de fontes de Informação Científica
Selecção  de fontes de Informação CientíficaSelecção  de fontes de Informação Científica
Selecção de fontes de Informação Científica
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09
Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09
Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09
Serviço de Biblioteca EESC/USP
 
Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre Out 09
Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre   Out 09Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre   Out 09
Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre Out 09
Serviço de Biblioteca EESC/USP
 
DOI e SEER Persistência
DOI e SEER PersistênciaDOI e SEER Persistência
DOI e SEER Persistência
Miguel Angel Mardero Arellano
 
DOI e SEER Persistência
DOI e SEER PersistênciaDOI e SEER Persistência
DOI e SEER Persistência
Miguel Angel Mardero Arellano
 
Divulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos
Divulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - ManguinhosDivulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos
Divulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos
Portal de Periódicos UFSC
 
Oficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecas
Oficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecasOficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecas
Oficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecas
Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta
 
Acesso aberto confoa nov10 portugal
Acesso aberto confoa nov10 portugalAcesso aberto confoa nov10 portugal
Acesso aberto confoa nov10 portugal
Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta
 

Semelhante a Fonte primaria [modo de compatibilidade] (20)

Workshop CI 2004
Workshop CI 2004Workshop CI 2004
Workshop CI 2004
 
Arquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicosArquitetura da informação em periódicos científicos
Arquitetura da informação em periódicos científicos
 
Curriculo lattes
Curriculo lattesCurriculo lattes
Curriculo lattes
 
Repositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na Rede
Repositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na RedeRepositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na Rede
Repositórios Institucionais: nova estratégia para publicação científica na Rede
 
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadasPublicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
 
Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
 
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituiçãoPortal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
Portal de Periódicos como estratégia de valorização da instituição
 
Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?
Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?
Há futuro para as bibliotecas de pesquisa?
 
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTDACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES:  O CASO BDTD
ACESSO E USO DE TECNOLOGIAS EM TESES DE DISSERTAÇÕES: O CASO BDTD
 
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica  - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
Minicurso Prática de Revisão Bibliográfica - Encontro de Saberes/UFOP - Esse...
 
Acesso `a informação - estratégias
Acesso `a informação - estratégiasAcesso `a informação - estratégias
Acesso `a informação - estratégias
 
Selecção de fontes de Informação Científica
Selecção  de fontes de Informação CientíficaSelecção  de fontes de Informação Científica
Selecção de fontes de Informação Científica
 
Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09
Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09
Teses Digitais E Conhecimento de Acesso Livre_Out 09
 
Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre Out 09
Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre   Out 09Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre   Out 09
Teses Digitais E Conhecimento De Acesso Livre Out 09
 
DOI e SEER Persistência
DOI e SEER PersistênciaDOI e SEER Persistência
DOI e SEER Persistência
 
DOI e SEER Persistência
DOI e SEER PersistênciaDOI e SEER Persistência
DOI e SEER Persistência
 
Divulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos
Divulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - ManguinhosDivulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos
Divulgação científica na revista História, Ciências, Saúde - Manguinhos
 
Oficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecas
Oficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecasOficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecas
Oficina 4 - Gestao de dados cientificos: o papel das bibliotecas
 
Acesso aberto confoa nov10 portugal
Acesso aberto confoa nov10 portugalAcesso aberto confoa nov10 portugal
Acesso aberto confoa nov10 portugal
 

Fonte primaria [modo de compatibilidade]

  • 1. Acesso ao documento primário Helen de Castro Silva
  • 2. Documento primário Apresentam informações originais São produzidos com a interferência direta do autor (MULLER, 2000) Primeiro meio de divulgação de resultados originais, análises teóricas, dados empíricos por pesquisadores e produtores da informação (SONDERGAARD et. al. 2003)
  • 3. Características do documento primário Dispersão e desorganização quanto a produção, divulgação e controle Difíceis de serem localizadas e identificadas
  • 4. Ex.: Teses e dissertações Relatórios de pesquisa, produzidas junto a Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu com a finalidade de obtenção dos títulos de mestre (dissertações) e de doutor (tese) – Brasil Grã-Bretanha – thesis todo gênero EUA – dissertation termo mais usado
  • 5. Características Não contam com sistema de distribuição e publicação específico Número reduzido de exemplares Identificação: catálogos coletivos e publicações específicas Acesso: Repositórios, Empréstimo entre Bibliotecas, solicitação de cópias serviços comerciais e COMUT.
  • 6. Bancos de teses e dissertações Movimento global de disponibilização teses e dissertações acessíveis eletrônicamente Início: 1987 EUA – evento UMI – Inovações de publicações eletrônica e sua possível aplicação para produção de dissertations
  • 7. 1987 – 1996 realização de pesquisas para aperfeiçoamento do projeto 1996 – US Department of Education encampa a idéia – início interesse internacional Networked Digital Library of Thesis and Dissertations (NDLTD) – coordena esforços na área e realiza eventos anuais
  • 9. Bancos de teses internacionais University Microfilms International – UMI NDLTD - Networked digital Library of Theses and Dissertations - Virginia Tech
  • 10. Controle de teses no Brasil Década de 1970 – ampliação dos cursos de pós-graduação IBBD (IBICT) coleta e divulgação no suplemento Livro do Jornal do Brasil CAPES (1974) - Lista de dissertações e teses MEC (1977- 82) – Catálogo do Banco de Teses Informações, Microformas Sistemas SA (1977) – Índice Cenate - comercial
  • 11. IBICT (1986) – Índice de teses – – gerado a partir da Base de dados Tese – registros de 1982 e em Ciência da Informação desde 1971 (bolsistas CNPq e USP, UFRGS, UFMG, PUC-RJ,UNICAMP, FGV, BN) Sistema de Informação sobre teses (1996) – Prossiga Biblioteca Digital de Teses e Dissertações CAPES
  • 12. Bancos de teses no Brasil C@tedra – UNESP Portal de Periódicos CAPES -
  • 13. Exercícios: Localizar no banco de teses da CAPES – teses de: Sadao Omote, Marta Ligia P. Valentim, Lin Chau Ming, Clodoaldo Bueno e Maria Anice Sallum – é possível obter texto completo ? – se não, qual é a opção ? Fazer uma busca no UMI e verificar quanto ficaria a cópia do material recuperado. Verificar a quantidade de teses e dissertações brasileiras na NDLTD dos últimos 5 anos
  • 14. Exercícios Para casa: dividir grupos e verificar como as bibl. Universitárias de Marília obtém informações e o texto completo de teses Levantar em pelo menos 4 bancos de teses nacionais e estrangeiros documentos relacionados ao tema do guia de seu grupo.
  • 15. Encontros científicos Comunicação científica: – Canais formais: publicações – Canais informais: contatos pessoais (cartas, telefones, e-mails, eventos)
  • 16. Função dos encontros científicos Mecanismo para aperfeiçoamento dos estudos – retroalimentação estantânea São reflexo do “estado da arte” em um assunto Oportunidade de comunicação informal
  • 17. Tipos de evento Congresso – 1 semana, âmbito nacional / internacional, composto por vários tipos de atividades Conferência: – apresentação formal – Figura de destaque na área Palestra : idem + debate com a platéia Mesas redondas, painéis: – Apresentação de pequenos grupos e de debates
  • 18. Informação sobre eventos: eventos: Informações sobre a ocorrência de eventos – diretórios, calendários Documentos gerados durante os eventos – catálogos, index e abstracts e repositórios
  • 19. Informações sobre a ocorrência de eventos Canais utilizados pela organização dos eventos: – mala, direta, anúncios em periódicos em boletins de entidades científicas, e. g. Instituições que sistematizam em divulgam informações
  • 20.
  • 21.
  • 22. Informações geradas em eventos •Base de dados cooperativa, coordenada pelo CIN/CNEN. •Inclui dados bibliográficos anais de eventos brasileiros ou internacionais que se encontram disponíveis nos acervos de bibliotecas brasileiras e de algumas latino-americanas. •As informações contidas nos registros são fornecidas pelas bibliotecas cooperantes e padronizadas pelo CIN. •Período: Ilimitado - inclui informações a partir de qualquer data. •Atualização: mensal
  • 23.
  • 24.
  • 25. Serviços oferecidos pela British Library Publicação do Index of Conference Proceedings – ICP anualmente na versão impressa . Acesso ao Catálogo Integrado para informações atualizadas: possui coleção de 400 mil itens Document supply -
  • 26. Fontes para identificação Ulrich's International Periodicals Directory – R. R. Bowker, a division of Reed Elsevier Inc. – Traz informações sobre 210.000 periódicos e seriados desde 1979. – Identifica 90.000 editores em 200 países ISI Proceedings – cobre anais de eventos científicos em ciências, ciências sociais e humanidades
  • 28. Pesquisas em andamento: objetivos Evitar pesquisas repetitivas Orientar aplicação de recursos em áreas carentes de pesquisa – Localizar fontes de apoio – Identificar líderes na literatura – Localizar especialistas – Identificar lacunas em áreas de investigação
  • 29. Fontes para identificação: Canais informais: – Contatos pessoais – Listas de discussões, e-mails Canais formais: – Divulgação pelos órgãos produtores - revistas, boletins, notícias no site institucional, etc. – Divulgação pelos órgãos financiadores ou governamentais
  • 31. Projetos de pesquisa e de apoio a formação de RH financiados por agências de fomento brasileiras
  • 32.
  • 33. Exercícios: Verificar na página do Prossiga a ocorrência de eventos da área de engenharia para 2011/2 verificar a disponibilidade de anais de eventos na British Library 2008-
  • 34. Ulrich´s – verificar a existência de informações sobre anais de evento, Verificar os periódicos da área de ciência da informação. Identifique o tipo de informação sobre os títulos;