SlideShare uma empresa Scribd logo
Estude a Bíblia para ser sábio; creia
na mesma para ser salvo; siga os
seus preceitos para ser santo.
Billy Graham
D
eseje
ecida
etermine-se
ependa
D
eseje
ecida
etermine-se
ependa
conhecer e compreender
a Palavra de Deus
“Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro.
Os teus mandamentos me tornam mais sábio que os
meus inimigos, porquanto estão sempre comigo.
Tenho mais discernimento que todos os meus mestres,
pois medito nos teus testemunhos.
Tenho mais entendimento que os anciãos, pois obedeço
aos teus preceitos.” Salmos 119:97-100
D
eseje
ecida
etermine-se
ependa
ter a mente aberta para
descobrir o que o texto diz
“Chegue à tua presença o meu clamor,
SENHOR! Dá-me entendimento conforme a
tua palavra.” Salmos 119:169
D
eseje
ecida
etermine-se
ependa
a obedecer o que
você aprendeu
“Ensina-me, SENHOR, o caminho dos teus decretos, e a
eles obedecerei até o fim.
Dá-me entendimento, para que eu guarde a tua lei e a ela
obedeça de todo o coração.
Dirige-me pelo caminho dos teus mandamentos, pois nele
encontro satisfação.” Salmos 119:33-35
D
eseje
ecida
etermine-se
ependa de Deus para ensinar-lhe
o que vai ensinar a outros
Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um
espírito pronto a obedecer. Então ensinarei os teus caminhos aos
transgressores,para que os pecadores se voltem para ti.
Salmos 51:12-13
Verdades Essenciais
sobre a Bíblia
Verdades Essenciais
sobre a Bíblia 1. A Biblia tem
origem divina
“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o *ensino, para a
repreensão, para a correção e para a instrução na justiça...” 2 Timóteo 3:16
“Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos
antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por
meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de
quem fez o universo.” Hebreus 1:1-2
*ensino - διδασκαλια didaskalia de 1320 ; TDNT -
2:160,161; n f 1) ensino, instrução 2) ensino 2a) aquilo que é
ensinado, doutrina 2b) ensinamentos, preceitos
Verdades Essenciais
sobre a Bíblia
2. A Bíblia é uma
coletânea única de
66 livros
“Antes de mais nada, saibam que nenhuma profecia da Escritura provém de
interpretação pessoal, pois jamais a profecia teve origem na vontade
humana, mas homens falaram da parte de Deus, impelidos pelo Espírito
Santo.” 2 Pedro 1:20-21
A Bíblia foi escrita por aproximadamente 40 autores, entre
1.445 e 450 aC (livros do Antigo Testamento) e entre 45 e 90
dC (livros do Novo Testamento), totalizando um período de
quase 1.600 anos.
Verdades Essenciais
sobre a Bíblia
3. A Bíblia
constitui-se numa
unidade
“A verdade é a essência da tua palavra, e todas as
tuas justas ordenanças são eternas. Salmos 119:160
Verdades Essenciais
sobre a Bíblia
4. A Bíblia é
inspirada, inerrante
e credenciada.
Este é o Deus cujo caminho é perfeito; a palavra do SENHOR é comprovadamente
genuína. Ele é um escudo para todos os que nele se refugiam. Salmos 18:30
Se ele chamou ‘deuses’ àqueles a quem veio a palavra de Deus (e a Escritura não
pode ser anulada), João 10:35
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. 18 Assim como me enviaste ao
mundo, eu os enviei ao mundo. João 17:17-18
Como enxergamos a Palavra
de Deus influenciará
grandemente nossa forma de
estudá-la e pregá-la.
O que é isso?
O que é isso?
O que é isso?
Nove
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação
Revelação significa
descortinar, retirar o véu
de algo que é desconhecido.
O processo pelo qual Deus tornou
possível o conhecimento de Si
mesmo, de Suas obras e de Sua
vontade, assim como o conteúdo
desse próprio conhecimento,
notório aos homens.
E vocês, perguntou ele. Quem
vocês dizem que eu sou?
Simão Pedro respondeu: Tu
és o Cristo, o Filho do Deus
vivo.
Mateus 16:15,16
Respondeu Jesus: Feliz é você,
Simão, filho de Jonas! Porque
isto não lhe foi revelado por
carne ou sangue, mas por meu
Pai que está nos céus.
Mateus 16:17
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação
A Revelação pressupõe que:
1. Deus existe (Ele é) Ex.3.14
2. Deus pode ser conhecido
3. Ele se dá a conhecer (comunica-se)
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação
Categorias da Revelação:
a. Revelação geral (natural) - Deus tornando-Se conhecido através:
- da criação (natureza) (SI 19.1-6; Rm 1.18-21);
- no homem (consciência) (Rm 2.13-16; Ec 3.11);
- e na história (At 17.24-28; Dn 2.19-21)
A revelação geral - torna Deus genericamente conhecido como o
Soberano Criador
A revelação geral revela Deus através das Suas OBRAS.
a. Revelação Geral (natural)
b. Revelação Especial
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação
Categorias da Revelação:
1) é não-verbal
2) demonstra a existência de Deus
3) é suficiente para tornar o homem responsável pelo seu pecado
(indesculpável)
4) não é suficiente para conduzir o homem à salvação
5) pode ser questionada
6) A revelação geral revela Deus através das Suas OBRAS.
a. Revelação Geral (natural)
Os céus declaram a glória de Deus;
o firmamento proclama a obra das
suas mãos.
Salmos 19:1
Pois desde a criação do mundo os atributos
invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua
natureza divina, têm sido vistos claramente,
sendo compreendidos por meio das coisas
criadas, de forma que tais homens são
indesculpáveis;
Romanos 1:20
pois mostram que as exigências da lei
estão gravadas em seus corações. Disso
dão testemunho também a consciência e
os pensamentos deles, ora acusando-os,
ora defendendo-os.
Romanos 2:15
E, no entanto, Deus fez tudo apropriado para
seu devido tempo. Ele colocou um senso de
eternidade no coração humano, mas mesmo
assim ninguém é capaz de entender toda a
obra de Deus, do começo ao fim.
Eclesiastes 3.11
De um só fez ele todos os povos,
para que povoassem toda a terra,
tendo determinado os tempos
anteriormente estabelecidos e os
lugares exatos em que deveriam
habitar.
Atos 17:26
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação
Categorias da Revelação:
b. Revelação especial - Deus dando-se a conhecer verbal e
pessoalmente ao homem (Hb 1.1-3; SI 19.7-14).
- A revelação especial torna Deus conhecido como Salvador e Senhor.
- A revelação especial revela Deus através de Suas PALAVRAS
• A palavra pessoal e viva - Jesus (Jo 1.14,18; Jo 14.8,9; Hb 1.1-3).
• A palavra proposicional e escrita - a Bíblia (2 Tm 3.16). A revelação de
Deus na Bíblia é completa (Judas 3).
a. Revelação Geral (natural)
b. Revelação Especial
1. Verbal (falada ou escrita).
2. Fornece uma compreensão de Deus e de como se
relacionar corretamente com Ele.
3. Torna o homem pessoalmente responsável pelo pecado.
4. Suficiente para conduzir à salvação.
5. Exige uma resposta: aceitação ou rejeição
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação
Categorias da Revelação:
a. Revelação Geral (natural)
b. Revelação Especial
A revelação de Deus ao homem é
suficiente tudo que precisamos
saber acerca de Deus e o homem
está na Bíblia, a qual é a revelação
progressiva que Deus dá de Si
mesmo, que foi preservada em
forma escrita.
Aquele que é a Palavra tornou-se
carne e viveu entre nós. Vimos a
sua glória, glória como do
Unigênito vindo do Pai, cheio de
graça e de verdade.
João 1:14
Há muito tempo Deus falou muitas
vezes e de várias maneiras aos
nossos antepassados por meio dos
profetas, mas nestes últimos dias
falou-nos por meio do Filho.
Hebreus 1:1,2
Toda a Escritura é inspirada por
Deus e útil para o ensino, para a
repreensão, para a correção e para
a instrução na justiça,
2 Timóteo 3:16
Vocês estudam cuidadosamente as
Escrituras, porque pensam que nelas vocês
têm a vida eterna. E são as Escrituras que
testemunham a meu respeito; contudo,
vocês não querem vir a mim para terem
vida. João 5:39-40
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 2. Inpiração
Inspiração significa "exalada
por Deus" (alicerçada em Deus)
e diz respeito á preservação da revelação que Deus dá de Si
mesmo (conteúdo) em forma escrita (revelação escriturada).
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 2. Inpiração
A ênfase da doutrina *ortodoxa é:
a. Fonte divina - as palavras de Deus
b. Agentes humanos - guiados pelo Espírito Santo sem suprimir a
personalidade dos homens que escreveram.
c. O Espírito Santo superintendendo o processo (2 Pe 1.20,21)
d. Revelação verbal - palavras foram inspiradas, não os escritores
(2 Tm 3.16)
*Ortodoxo é aquele que segue fielmente um princípio, uma
norma ou uma doutrina. Do grego “orthos” que significa “reto”
e “doxa” que significa “fé”. É o que está em conforme com a
doutrina religiosa tida como verdadeira.
“porque a profecia nunca foi produzida
por vontade de homem algum, mas os
homens santos de Deus falaram
inspirados pelo Espírito Santo.”
2 Pedro 1:21
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
1. Significa que a Bíblia não contém
erros em Seu original dado por Deus.
2. Significa que a Bíblia é verdadeira
em tudo que afirma.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
Algumas consequências da quebra desse princípio:
a) Alteração da seriedade do casamento, adultério, divórcio e novo
casamento.
b) Visão liberal do sexualidade
c) Reinterpretação “cultural” de alguns ensinos da Bíblia (ex.:
liderança servil masculina, submissão da mulher, obediência civil e
sexo antes do casamento); e
d) Tendência a encarar a Bíblia pela ótica da psicologia, sociologia e
filosofia modernas.
1. A Bíblia é inerrante porque ela é
inspirada.
2. Porque a Bíblia é a Palavra de Deus,
ela tem de estar livre de erro.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
Jesus respondeu: Está escrito: Nem só
de pão viverá o homem, mas de toda
palavra que procede da boca de Deus.
Mateus 4:4
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
A inerrância é uma decorrência lógica da
inspiração. Porque inerrância significa
verdade total, sem erros. E o que Deus
profere (inspira) tem de ser
completamente verdadeiro e sem erros
(inerrante).
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
O Senhor me disse: Você viu bem, pois
estou vigiando para que a minha
palavra se cumpra.
Jeremias 1:12
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade
Autoridade se refere ao direito e
ao poder advindos de Deus que a
Bíblia possui como Palavra de
Deus para:
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade
a. Estabelecer um padrão objetivo confiável e fiel da absoluta
verdade, pelo qual todas as outras coisas são medidas.
b. Determinar qual a crença certa e o comportamento correto para
todos os homens e para a igreja.
c. Constituir a única fonte fidedigna de conhecimento sobre de
Deus e da natureza espiritual do homem (Mt 7.28,29; 28.18)
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade
“Quando Jesus acabou de dizer essas coisas, as multidões
estavam maravilhadas com o seu ensino, porque ele as ensinava
como quem tem autoridade, e não como os mestres da lei.”
Mateus 7:28-29
“Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a
autoridade nos céus e na terra.” Mateus 28:18
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade
A autoridade da Palavra de Deus é
superior à das tradições humanas,
do ensino da igreja, das filosofias e
opiniões pessoais.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade
“Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e
odeie o seu inimigo’. Mas eu digo: Amem os seus
inimigos…” Mateus 5:43-44
Ler Mateus 15.1-9
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade
Avalie todas as tradições, práticas
culturais e ensinamentos à luz da
Palavra de Deus.
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação
Iluminação significa "trazer á
luz" e refere-se ao ministério do
Espírito Santo que capacita os
crentes para:
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação
1) Compreenderem as Escrituras
“Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito procedente de
Deus, para que entendamos as coisas que Deus nos tem dado gratuitamente.
Delas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas
com palavras ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os
que são espirituais. Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do
Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas
são discernidas espiritualmente.” 1 Coríntios 2:12-14
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação
2) Aceitar as Escrituras como Verdade
“Peço que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o glorioso Pai, dê a vocês
espírito de sabedoria e de revelação, no pleno conhecimento dele. Oro
também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que
vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da
gloriosa herança dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para
conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força. “
Efésios 1:17-19
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação
A Iluminação enfatiza:
a. O relacionamento do crente com Cristo, inclusive a
maturidade espiritual.
b. A capacidade de compreender, aceitar e aplicar a verdade de
Deus.
c. Percepção quanto ao significado das Escrituras.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação
“Então lhes abriu o entendimento, para que pudessem compreender as
Escrituras.” Lucas 24:45
“Não lhes dizia nada sem usar alguma parábola. Quando, porém, estava
a sós com os seus discípulos, explicava-lhes tudo.” Marcos 4:34
“Reflita no que estou dizendo, pois o Senhor dará a você entendimento
em tudo.” 2 Timóteo 2:7
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 6. Interpretação
Interpretação diz respeito à
determinação do significado do
texto bíblico, quando escrito.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 6. Interpretação
É preciso primeiro determinarmos o sentido correto da
passagem antes de procedermos à aplicação de sua
relevância. O que o autor quis dizer ao escrever isto?
"Hermenêutica" é o nome técnico dado às regras de
interpretação. (Ler Atos 8.30-35)
DEFINIÇÕES
DE TERMOS
IMPORTANTES
1. Revelação
2. Inspiração
3. Inerrância
4. Autoridade
5. Iluminação
6. Interpretação
7. Estudo Sistemático
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático
Implica numa abordagem ou
procedimento ordeiro e lógico para o
estudo da Biblia, de forma a
determinar seu significado e aplicar
suas verdades.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático
“Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois
receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os
dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo.” Atos 17:11
“Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem
do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da
verdade.”2 Timóteo 2:15
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático
a. O que o estudo sistemático é:
Trata-se apenas de um meio (processo) que utilizamos para
atingir um objetivo: conhecer, obedecer e ensinar a Palavra
de Deus.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático
O estudo sistemático propõe:
1) sempre visar a aplicação e o compartilhar da verdade descoberta
2) centralizar-se primeiramente no próprio texto (o que dizem as
Escrituras?)
3) Ser independente e indutivo, isto é, procuramos enxergar a verdade
das Escrituras, e não impor sobre as Escrituras o que cremos ser a
verdade ou ler em suas palavras o que nelas não está contido.
DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático
a. O que o estudo sistemático NÃO é:
1) um simples curso, mas um processo de estudo que dura a vida
inteira.
2) algo para se colocar no lugar do trabalho árduo, mas sim uma
ferramenta para auxiliar na descoberta das verdades das
Escrituras.
ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf

As 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de Deus
As 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de DeusAs 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de Deus
As 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de DeusFreekidstories
 
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelouLição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelouÉder Tomé
 
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.Gerson G. Ramos
 
2022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 012022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 01JoelSilva477650
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptxJoel Silva
 
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasBibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasErivelton Rodrigues Nunes
 
Manual para novos convertidos2
Manual para novos convertidos2Manual para novos convertidos2
Manual para novos convertidos2Willams Alfaia
 
Panorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação ProgressivaPanorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação ProgressivaRicardo Gondim
 
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSLição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSErberson Pinheiro
 
Ebd escrituras sagradas 01
Ebd escrituras sagradas 01Ebd escrituras sagradas 01
Ebd escrituras sagradas 01Dagmar Wendt
 
Lição 6 a soberania e a autoridade de deus
Lição 6   a soberania e a autoridade de deusLição 6   a soberania e a autoridade de deus
Lição 6 a soberania e a autoridade de deusprvladimir
 

Semelhante a ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf (20)

As 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de Deus
As 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de DeusAs 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de Deus
As 12 pedras do alicerce aula 1A: A Palavra de Deus
 
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelouLição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
Lição 01 - O Deus Todo-Poderoso se revelou
 
Discipulado para crianças
Discipulado para criançasDiscipulado para crianças
Discipulado para crianças
 
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
Deus e a revelação_Resumo_Liç_242012_Esc_Sab.
 
2022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 012022 1º trimestre adulto lição 01
2022 1º trimestre adulto lição 01
 
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
2022 1º Trimestre Adulto Lição 01.pptx
 
Aula 3 e 4 Bibliologia.pdf
Aula 3 e 4 Bibliologia.pdfAula 3 e 4 Bibliologia.pdf
Aula 3 e 4 Bibliologia.pdf
 
A Revelação de Deus
A Revelação de DeusA Revelação de Deus
A Revelação de Deus
 
Port bhc
Port bhcPort bhc
Port bhc
 
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras SagradasBibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
Bibliologia - Inspiração - Cânon das Escrituras Sagradas
 
Manual para novos convertidos2
Manual para novos convertidos2Manual para novos convertidos2
Manual para novos convertidos2
 
Romanos 14
Romanos 14Romanos 14
Romanos 14
 
Bibliologia 2
Bibliologia 2Bibliologia 2
Bibliologia 2
 
Panorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação ProgressivaPanorama do AT - Revelação Progressiva
Panorama do AT - Revelação Progressiva
 
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOSLição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
Lição 12 - A IGREJA E A SALVAÇÃO DOS PERDIDOS
 
GUERRA
GUERRAGUERRA
GUERRA
 
Discipulado
DiscipuladoDiscipulado
Discipulado
 
Apostasia
ApostasiaApostasia
Apostasia
 
Ebd escrituras sagradas 01
Ebd escrituras sagradas 01Ebd escrituras sagradas 01
Ebd escrituras sagradas 01
 
Lição 6 a soberania e a autoridade de deus
Lição 6   a soberania e a autoridade de deusLição 6   a soberania e a autoridade de deus
Lição 6 a soberania e a autoridade de deus
 

Último

Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxCelso Napoleon
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.pptNuno724230
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfFrancisco Baptista
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]ESCRIBA DE CRISTO
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2emprego2
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...edsonjsmarques
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (10)

Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
1- Chuvas de Graça - Hino da Harpa Cristã.ppt
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
JUIZO FINAL [ DOUTRINA DA ESCATOLOGIA E FIM DOS TEMPOS]
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 

ETA LEADERSHIP MÓDULO 1 AULA 02.pptx.pdf

  • 1.
  • 2.
  • 3. Estude a Bíblia para ser sábio; creia na mesma para ser salvo; siga os seus preceitos para ser santo. Billy Graham
  • 5. D eseje ecida etermine-se ependa conhecer e compreender a Palavra de Deus “Como eu amo a tua lei! Medito nela o dia inteiro. Os teus mandamentos me tornam mais sábio que os meus inimigos, porquanto estão sempre comigo. Tenho mais discernimento que todos os meus mestres, pois medito nos teus testemunhos. Tenho mais entendimento que os anciãos, pois obedeço aos teus preceitos.” Salmos 119:97-100
  • 6. D eseje ecida etermine-se ependa ter a mente aberta para descobrir o que o texto diz “Chegue à tua presença o meu clamor, SENHOR! Dá-me entendimento conforme a tua palavra.” Salmos 119:169
  • 7. D eseje ecida etermine-se ependa a obedecer o que você aprendeu “Ensina-me, SENHOR, o caminho dos teus decretos, e a eles obedecerei até o fim. Dá-me entendimento, para que eu guarde a tua lei e a ela obedeça de todo o coração. Dirige-me pelo caminho dos teus mandamentos, pois nele encontro satisfação.” Salmos 119:33-35
  • 8. D eseje ecida etermine-se ependa de Deus para ensinar-lhe o que vai ensinar a outros Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer. Então ensinarei os teus caminhos aos transgressores,para que os pecadores se voltem para ti. Salmos 51:12-13
  • 10. Verdades Essenciais sobre a Bíblia 1. A Biblia tem origem divina “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o *ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça...” 2 Timóteo 3:16 “Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo.” Hebreus 1:1-2 *ensino - διδασκαλια didaskalia de 1320 ; TDNT - 2:160,161; n f 1) ensino, instrução 2) ensino 2a) aquilo que é ensinado, doutrina 2b) ensinamentos, preceitos
  • 11. Verdades Essenciais sobre a Bíblia 2. A Bíblia é uma coletânea única de 66 livros “Antes de mais nada, saibam que nenhuma profecia da Escritura provém de interpretação pessoal, pois jamais a profecia teve origem na vontade humana, mas homens falaram da parte de Deus, impelidos pelo Espírito Santo.” 2 Pedro 1:20-21 A Bíblia foi escrita por aproximadamente 40 autores, entre 1.445 e 450 aC (livros do Antigo Testamento) e entre 45 e 90 dC (livros do Novo Testamento), totalizando um período de quase 1.600 anos.
  • 12. Verdades Essenciais sobre a Bíblia 3. A Bíblia constitui-se numa unidade “A verdade é a essência da tua palavra, e todas as tuas justas ordenanças são eternas. Salmos 119:160
  • 13. Verdades Essenciais sobre a Bíblia 4. A Bíblia é inspirada, inerrante e credenciada. Este é o Deus cujo caminho é perfeito; a palavra do SENHOR é comprovadamente genuína. Ele é um escudo para todos os que nele se refugiam. Salmos 18:30 Se ele chamou ‘deuses’ àqueles a quem veio a palavra de Deus (e a Escritura não pode ser anulada), João 10:35 Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. 18 Assim como me enviaste ao mundo, eu os enviei ao mundo. João 17:17-18
  • 14. Como enxergamos a Palavra de Deus influenciará grandemente nossa forma de estudá-la e pregá-la.
  • 15. O que é isso?
  • 16. O que é isso?
  • 17. O que é isso? Nove
  • 18. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 19. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação Revelação significa descortinar, retirar o véu de algo que é desconhecido.
  • 20. O processo pelo qual Deus tornou possível o conhecimento de Si mesmo, de Suas obras e de Sua vontade, assim como o conteúdo desse próprio conhecimento, notório aos homens.
  • 21. E vocês, perguntou ele. Quem vocês dizem que eu sou? Simão Pedro respondeu: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. Mateus 16:15,16
  • 22. Respondeu Jesus: Feliz é você, Simão, filho de Jonas! Porque isto não lhe foi revelado por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus. Mateus 16:17
  • 23. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação A Revelação pressupõe que: 1. Deus existe (Ele é) Ex.3.14 2. Deus pode ser conhecido 3. Ele se dá a conhecer (comunica-se)
  • 24. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação Categorias da Revelação: a. Revelação geral (natural) - Deus tornando-Se conhecido através: - da criação (natureza) (SI 19.1-6; Rm 1.18-21); - no homem (consciência) (Rm 2.13-16; Ec 3.11); - e na história (At 17.24-28; Dn 2.19-21) A revelação geral - torna Deus genericamente conhecido como o Soberano Criador A revelação geral revela Deus através das Suas OBRAS. a. Revelação Geral (natural) b. Revelação Especial
  • 25. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação Categorias da Revelação: 1) é não-verbal 2) demonstra a existência de Deus 3) é suficiente para tornar o homem responsável pelo seu pecado (indesculpável) 4) não é suficiente para conduzir o homem à salvação 5) pode ser questionada 6) A revelação geral revela Deus através das Suas OBRAS. a. Revelação Geral (natural)
  • 26. Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos. Salmos 19:1
  • 27. Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis; Romanos 1:20
  • 28. pois mostram que as exigências da lei estão gravadas em seus corações. Disso dão testemunho também a consciência e os pensamentos deles, ora acusando-os, ora defendendo-os. Romanos 2:15
  • 29. E, no entanto, Deus fez tudo apropriado para seu devido tempo. Ele colocou um senso de eternidade no coração humano, mas mesmo assim ninguém é capaz de entender toda a obra de Deus, do começo ao fim. Eclesiastes 3.11
  • 30. De um só fez ele todos os povos, para que povoassem toda a terra, tendo determinado os tempos anteriormente estabelecidos e os lugares exatos em que deveriam habitar. Atos 17:26
  • 31. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação Categorias da Revelação: b. Revelação especial - Deus dando-se a conhecer verbal e pessoalmente ao homem (Hb 1.1-3; SI 19.7-14). - A revelação especial torna Deus conhecido como Salvador e Senhor. - A revelação especial revela Deus através de Suas PALAVRAS • A palavra pessoal e viva - Jesus (Jo 1.14,18; Jo 14.8,9; Hb 1.1-3). • A palavra proposicional e escrita - a Bíblia (2 Tm 3.16). A revelação de Deus na Bíblia é completa (Judas 3). a. Revelação Geral (natural) b. Revelação Especial
  • 32. 1. Verbal (falada ou escrita). 2. Fornece uma compreensão de Deus e de como se relacionar corretamente com Ele. 3. Torna o homem pessoalmente responsável pelo pecado. 4. Suficiente para conduzir à salvação. 5. Exige uma resposta: aceitação ou rejeição DEFINIÇÕES IMPORTANTES 1. Revelação Categorias da Revelação: a. Revelação Geral (natural) b. Revelação Especial
  • 33. A revelação de Deus ao homem é suficiente tudo que precisamos saber acerca de Deus e o homem está na Bíblia, a qual é a revelação progressiva que Deus dá de Si mesmo, que foi preservada em forma escrita.
  • 34. Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:14
  • 35. Há muito tempo Deus falou muitas vezes e de várias maneiras aos nossos antepassados por meio dos profetas, mas nestes últimos dias falou-nos por meio do Filho. Hebreus 1:1,2
  • 36. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, 2 Timóteo 3:16
  • 37. Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito; contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida. João 5:39-40
  • 38. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 39. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 2. Inpiração Inspiração significa "exalada por Deus" (alicerçada em Deus) e diz respeito á preservação da revelação que Deus dá de Si mesmo (conteúdo) em forma escrita (revelação escriturada).
  • 40. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 2. Inpiração A ênfase da doutrina *ortodoxa é: a. Fonte divina - as palavras de Deus b. Agentes humanos - guiados pelo Espírito Santo sem suprimir a personalidade dos homens que escreveram. c. O Espírito Santo superintendendo o processo (2 Pe 1.20,21) d. Revelação verbal - palavras foram inspiradas, não os escritores (2 Tm 3.16) *Ortodoxo é aquele que segue fielmente um princípio, uma norma ou uma doutrina. Do grego “orthos” que significa “reto” e “doxa” que significa “fé”. É o que está em conforme com a doutrina religiosa tida como verdadeira.
  • 41. “porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.” 2 Pedro 1:21
  • 42. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 43. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância 1. Significa que a Bíblia não contém erros em Seu original dado por Deus. 2. Significa que a Bíblia é verdadeira em tudo que afirma.
  • 44. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância Algumas consequências da quebra desse princípio: a) Alteração da seriedade do casamento, adultério, divórcio e novo casamento. b) Visão liberal do sexualidade c) Reinterpretação “cultural” de alguns ensinos da Bíblia (ex.: liderança servil masculina, submissão da mulher, obediência civil e sexo antes do casamento); e d) Tendência a encarar a Bíblia pela ótica da psicologia, sociologia e filosofia modernas.
  • 45. 1. A Bíblia é inerrante porque ela é inspirada. 2. Porque a Bíblia é a Palavra de Deus, ela tem de estar livre de erro. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
  • 46. Jesus respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus. Mateus 4:4 DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
  • 47. A inerrância é uma decorrência lógica da inspiração. Porque inerrância significa verdade total, sem erros. E o que Deus profere (inspira) tem de ser completamente verdadeiro e sem erros (inerrante). DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
  • 48. O Senhor me disse: Você viu bem, pois estou vigiando para que a minha palavra se cumpra. Jeremias 1:12 DEFINIÇÕES IMPORTANTES 3. Inerrância
  • 49. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 50. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade Autoridade se refere ao direito e ao poder advindos de Deus que a Bíblia possui como Palavra de Deus para:
  • 51. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade a. Estabelecer um padrão objetivo confiável e fiel da absoluta verdade, pelo qual todas as outras coisas são medidas. b. Determinar qual a crença certa e o comportamento correto para todos os homens e para a igreja. c. Constituir a única fonte fidedigna de conhecimento sobre de Deus e da natureza espiritual do homem (Mt 7.28,29; 28.18)
  • 52. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade “Quando Jesus acabou de dizer essas coisas, as multidões estavam maravilhadas com o seu ensino, porque ele as ensinava como quem tem autoridade, e não como os mestres da lei.” Mateus 7:28-29 “Então, Jesus aproximou-se deles e disse: “Foi-me dada toda a autoridade nos céus e na terra.” Mateus 28:18
  • 53. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade A autoridade da Palavra de Deus é superior à das tradições humanas, do ensino da igreja, das filosofias e opiniões pessoais.
  • 54. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’. Mas eu digo: Amem os seus inimigos…” Mateus 5:43-44 Ler Mateus 15.1-9
  • 55. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 4. Autoridade Avalie todas as tradições, práticas culturais e ensinamentos à luz da Palavra de Deus.
  • 56. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 57. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação Iluminação significa "trazer á luz" e refere-se ao ministério do Espírito Santo que capacita os crentes para:
  • 58. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação 1) Compreenderem as Escrituras “Nós, porém, não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito procedente de Deus, para que entendamos as coisas que Deus nos tem dado gratuitamente. Delas também falamos, não com palavras ensinadas pela sabedoria humana, mas com palavras ensinadas pelo Espírito, interpretando verdades espirituais para os que são espirituais. Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente.” 1 Coríntios 2:12-14
  • 59. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação 2) Aceitar as Escrituras como Verdade “Peço que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o glorioso Pai, dê a vocês espírito de sabedoria e de revelação, no pleno conhecimento dele. Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força. “ Efésios 1:17-19
  • 60. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação A Iluminação enfatiza: a. O relacionamento do crente com Cristo, inclusive a maturidade espiritual. b. A capacidade de compreender, aceitar e aplicar a verdade de Deus. c. Percepção quanto ao significado das Escrituras.
  • 61. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 5. Iluminação “Então lhes abriu o entendimento, para que pudessem compreender as Escrituras.” Lucas 24:45 “Não lhes dizia nada sem usar alguma parábola. Quando, porém, estava a sós com os seus discípulos, explicava-lhes tudo.” Marcos 4:34 “Reflita no que estou dizendo, pois o Senhor dará a você entendimento em tudo.” 2 Timóteo 2:7
  • 62. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 63. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 6. Interpretação Interpretação diz respeito à determinação do significado do texto bíblico, quando escrito.
  • 64. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 6. Interpretação É preciso primeiro determinarmos o sentido correto da passagem antes de procedermos à aplicação de sua relevância. O que o autor quis dizer ao escrever isto? "Hermenêutica" é o nome técnico dado às regras de interpretação. (Ler Atos 8.30-35)
  • 65. DEFINIÇÕES DE TERMOS IMPORTANTES 1. Revelação 2. Inspiração 3. Inerrância 4. Autoridade 5. Iluminação 6. Interpretação 7. Estudo Sistemático
  • 66. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático Implica numa abordagem ou procedimento ordeiro e lógico para o estudo da Biblia, de forma a determinar seu significado e aplicar suas verdades.
  • 67. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático “Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo.” Atos 17:11 “Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem do que se envergonhar e que maneja corretamente a palavra da verdade.”2 Timóteo 2:15
  • 68. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático a. O que o estudo sistemático é: Trata-se apenas de um meio (processo) que utilizamos para atingir um objetivo: conhecer, obedecer e ensinar a Palavra de Deus.
  • 69. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático O estudo sistemático propõe: 1) sempre visar a aplicação e o compartilhar da verdade descoberta 2) centralizar-se primeiramente no próprio texto (o que dizem as Escrituras?) 3) Ser independente e indutivo, isto é, procuramos enxergar a verdade das Escrituras, e não impor sobre as Escrituras o que cremos ser a verdade ou ler em suas palavras o que nelas não está contido.
  • 70. DEFINIÇÕES IMPORTANTES 7. Estudo Sistemático a. O que o estudo sistemático NÃO é: 1) um simples curso, mas um processo de estudo que dura a vida inteira. 2) algo para se colocar no lugar do trabalho árduo, mas sim uma ferramenta para auxiliar na descoberta das verdades das Escrituras.