SlideShare uma empresa Scribd logo
1/20
COMO ORGANIZAR UM ENCONTRO DE CASAIS EVANGÉLICOS PASSO A PASSO
Graça e Paz queridos!
Ao começar esse ano fui convidada para ser Organizadora de Evento na minha igreja.
A principio fiquei nervosa(rsrs),Mas logo tratei de me acalmar,e receber esse ministério tão serio e
abençoado que esta sendo confiadoa mim.
Trabalhar para Deus tem um sabor muito especial mas não é fácil, pois temos que renunciar muitas coisas.
Todos os crentes são chamados para servir, pois fomos criados para servir
O próprio Jesus deixou-nos o maior exemplo de serviço voluntário. Ele disse dele mesmo: “Bem como o
Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.”
Mateus 20:28.
Trabalhar Para o Senhor Nunca SeráEm Vão
"Você é um instrumento de Deus e Deus quer te usar grandemente, vamos trabalharpara o Senhor e fazer
com que vidas se aproximem de Jesus Cristo Salvador"
Tem versículo que resume em poucas palavras essa pergunta é o de Tiago 2:26 "A fé sem obras é morta".
Não adianta só dizer que somos cristãos e que cremos em Deus, temos que fazer a obra do Pai também,
trabalhar para o Senhor, evangelizando a Palavra, através de louvores, pregações, demostrações no
cotidiano da sua vida, testemunho, atitudes de fé...
Nós como cristãos devemos descobrir nosso papel, por exemplo muitas pessoas que são tímidas mas tem
uma facilidade de escrever, outros ficam nervosos para falar em públicomas para louvar consegue,
descubra qual é o seu dom e qual é a sua função na obra do Senhor através de oração, com certeza você vai
sentir em seu coração qual é o seu papel.
Trabalhar para o Senhor deve ser um ato de amor e de gratidão, é o que o nosso Senhor Jesus Cristo nos
pede em Marcos 16 15 "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas".
Vale muito a pena trabalhar para o Senhor,saiba que através de sua evangelização seja de qualquer forma
você estará plantando em algum coração uma semente que num futuro breve brotará com mudança de
vida e o mais importante aproximandoaquela pessoa mais de Jesus.
Não queira nada em troca irmão e irmã que faz a obra do Senhor, você pode não ganhardinheiro, ou
conquistar os seus desejos, mas você poderá ganhar uma coisa muitomais valiosa, que vale mais que todo
o ouro e toda a prata, que é o céu, junto ao nosso Deus Pai Todo Poderoso.
Já diz um cântico da harpa cristã "trabalhai e orai, na seara e na vinha do Senhor, meu desejo é orar e
ocupado quero está. Sim, na vinha do Senhor".
Então mão a obra !vamos trabalhar para o Senhor.
O objetivo desse blog é orientar você que assim como eu que esta frente de um trabalhona sua igreja,e
que as vezes as ideias somem,ou não tem nenhum experiencia na área a qual você foi resignada.
Então Acompanhe nosso blog que juntos aprenderemos ,a ser mais capacitado para trabalhar para DEUS.
Os artigos aqui serão postados são resultado de um pesquisas detalhada na internet. então certamenteque
os créditos serão dado no final de cada post!
Deus te abençoe!.
O QUE É UM ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO
Encontro de Casais com Cristo é um trabalho religioso voltadoa casais e à instituição do matrimônio.
Um dos ministérios mais comuns nas igrejas evangélicas é o de casais. O principal objetivo dogrupo de
casais é criar base para a formação de uma família forte e unida. A partir do fortalecimento dos casais, as
famílias se tornam mais fortes e sólidas. Nos encontros de casais evangélicos, diversos assuntos colaboram
para o crescimento pessoal, desde saúde e finanças até relacionamento sexual e crescimento espiritual do
casal. O planejamento de uma reunião de casais deve ser feita com cautela e precisão. Muitos convidados
costumam comparecer nestas reuniões e o encontrode casais evangélicos é a primeira experiência em uma
igreja, por isso, um evento mal planejado, feito sem dedicação, acaba sendo um mau testemunho.
2/20
Para quem ainda não está acostumado com essas reuniões, alguns passos simples podem ajudar a realizar
um bom encontro de casais evangélicos. Neste texto, vamos enumerar as principais atividades que podem
fazer parte de uma reunião de uma igreja evangélica. Desde a preparação até o evento, alguns cuidados são
essenciais para um evento de sucesso. O líder que busca como fazer uma boa reunião de casais vai sempre
ter resultados positivos e surpreendentes. O fortalecimento das famílias pode começar nesses encontros.
O encontro de casais evangélicos é fundamental porque nem sempre assuntos relacionados à família
podem ser abordados em pregações. Um pregação de domingo, porexemplo, não vai focar em dificuldades
na relação sexual ou passar dicas de economia familiar. As reuniões de casais servem para trazer este
amparo às famílias cristãs. Além disso, o clima mais informal ajuda as pessoas a se soltarem e se
identificarem com os problemas levantados. Os líderes devem, acima de tudo, proporcionarum clima
amistoso e amável, onde todos se sintam à vontade para falar, dar opinião e fazer perguntas, mas também
devem estar dispostos a atenderem casais individualmente. Em casos de reuniões rotineiras, não são
necessários algumas medidas, como decoração e convites impressos, mas realizamos um levantamento
completo para que você decida o que deve realmente ser feito.
Organização
A organização de uma reunião pode parecersimples, mas dividindo em partes podemos organizar um
encontro de casais evangélicos mais produtivo.
Em primeiro lugar, devemos ter um objetivo claro, seja dar boas-vindas aos membros, fortalecer os casais,
trazer crescimento espiritual, ou usar o encontro paraevangelizar.
Após o objetivo definido, podemos realizar um cronograma. Uma reunião para trazer crescimento
espiritual, por exemplo, pode ter um cronograma bem diferente de uma reunião para abordara
sexualidade. Além disso, o cronograma vai nos ajudar a detalhar o evento, como escolhero local, horário e
público-alvo.
Dois pontos que andam juntos é a escolha do local e o orçamento. Há quem prefira escolher um local
primeiro, para depois definir o orçamentoe há quem ache melhor definir um orçamento(por casal ou
geral) para depois irem atrás do local. Não existe certo ou errado, depende do objetivo, época do ano,
igreja etc. A liderança só não pode esquecer de incluir no orçamento outros gastos, como condução,
alimento e lembranças, por exemplo.
O público-alvo normalmente são os casais da igreja, mas é bom, às vezes, realizar eventos evangelísticos.
Além disso, em igrejas maiores, o público-alvopode estar dentro do universo de casais, como por exemplo,
casais com situação financeira ruim, casais recém casados, casais com filhos…
É importante a liderança eleger a equipe que participará da reuniãoe definir as tarefas de cada pessoa.
Recomenda-se colocar casais para trabalharem juntos, na mesma função. Alguém deve fazer a recepção,
outro casal pode fazer as dinâmicas. Outro casal pode ser responsável pelo orçamentoe assim por diante.
Se a reunião incluir uma refeição, um casal pode ficar responsável por esta tarefa, por exemplo.
Outro fator importante na organizaçãode um encontro de casais evangélicos é a divulgação. Além de
recados no púlpito, nos cultos tradicionais, a divulgação pode incluirredes sociais, cartazes, convites e
folhetos. Uma ideia, que algumas igrejas realizam quando realizam encontros especiais, é fazer um mural
com fotos dos casais que confirmam presença. Isso estimula outros casais a participarem e ainda ajuda os
mais tímidos a se identificarem com este ou aquele casal.
No dia do evento, os participantes devem se concentrarem suas tarefas, sem se esquecer do preparo do
local. A decoração, se houver, disposição de cadeiras, mesa, equipe de som e outros detalhes devem ser
listados antes do evento, para que no dia da reunião possa ser feito um “check list”, lista de checagem.
Realização do evento
Recomendamos que todo encontro de casais evangélicos, especial ou de rotina, devem ter uma recepção.
Ao menos um casal deve recepcionar os convidados, deixando-os confortáveis. Os recepcionistas devem
iniciar o trabalho cerca de uma hora antes. Também é bom que a reunião comece no horário, mesmo com
poucos casais, pois possíveis improvisos podem acontecermais tarde, em outras partes da reunião, e isso
faria a reunião acabar muito tarde, deixandoos casais cansados e desmotivados a participarem do próximo
encontro.
3/20
Alguém da equipe deve iniciar oficialmente a reunião, falandosobre a reunião, uma prévia doque será
feito no decorrer da noite. Depois disso, pode ser realizado algum “quebra-gelo”, ou apresentação. Algo
rápido que não demore mais de 10 ou 15 minutos.
Em uma reunião de rotina, o evento pode ter um momentode louvor. Não precisa ter música evangélica
romântica, mas é bom escolher louvores mais tranquilos. Além disso, não são necessárias muitas músicas
para dar início à reunião. Duas a quatro canções são suficientes. Cerca de 20 minutos de louvor é o
suficiente.
Após o louvor, normalmente, como num cultotradicional, é feita uma oração e a palavra é passada ao
preletor, que pode dar início ao estudoou pode iniciar uma dinâmica.
Cada encontro de casais evangélicos tem um funcionamento próprio, não fique preso à regras, o objetivo é
apresentar uma rotina, um guia, não um cronograma engessado. A dinâmica pode ser até mesmo após a
palavra do preletor, ou no meio. Não é raro, o preletorfazer uma introdução, organizar uma dinâmica e
concluir a reunião após a dinâmica.
Outra forma bem comum de realizar o encontro de casais evangélicos é separando homens e mulheres,
assim a mensagem é mais direcionada. A separação entre homens e mulheres funciona muito bem, pois faz
que o participante se identifique com os demais, e perceba que seu problema é muito semelhante a de
outro casal.
Após a palavra, pode ser feita uma oração final e os agradecimentos. Se houver jantar, ou lanche,
recomenda-se que seja feita ao final de tudo porque alguns vão demorarmais tempo para comer, outros
comem mais rápido, há ainda a questão do banheiro. Não é uma boa ideia planejar algo após os comes e
bebes. Recomenda-se que a última etapa de uma reunião de casais deve ser esta, se houver. Em algumas
igrejas, os encontros de casais evangélicos não possuem tempo de lanche, o que também é bom para evitar
que os convidados saiam muito tarde, ou quando a equipe de casais é pequena e não tem como ficar até o
fim para organizar e limpar o local. Se o evento for durante a semana, a etapa de lanche pode ser evitada
Como organizar um encontro de casais de sua igreja
Sempre postamos diversos textos sobre eventos e encontro de casais, cada qual com um objetivo
específico. Recebemos muitas dúvidas de pessoas que estão iniciando o trabalho e precisam de algumas
orientações mais específicas. Aliás, mesmo líderes mais experientes sempre buscam novas informações e
ideias para seus encontros de casais. Este texto é mais objetivo e direto, facilitando o trabalhode quem não
tem a menor ideia de como começar o evento. O mais importante é o carinhoe dedicação, mas sempre com
leveza e descontração, por mais tradicional que sua igreja seja, lembre-se que as reuniões de casais podem
ser mais informais, como um verdadeiro encontro de amigos, onde todos podem falar e conversar.
Se você não quer perder nada destas dicas, recomendamos que você imprima ou copie e cole este texto em
um arquivo do word pra você nãose esquecer de nenhum detalhe, e nem se atrapalhar na execução das
tarefas.
Para realizar um encontro de casais diferentes as melhores opções são um almoço ou um jantar especial.
Muitos optam pelo jantar, normalmente realizados às sextas ou sábados, mas ultimamente os almoços nos
sábados ou domingos tem ganhado a preferência entre os líderes de casais, isso porque o tempo é mais
flexível, os locais são mais fáceis de acertar e evita-se conflitos com outros eventos da igreja. Outra dica
para realizar seu encontro de casais é planejar este evento diferenciado em um feriado de sexta-feira, por
exemplo. Seja qual for o tema, o horário, o local, recomenda-se que encontronão seja um mero acaso,
alguma palavra pode ser ministrada e o principal alvodo encontrodeve ser o fortalecimento das famílias.
Vamos lá! Quer realizar seu evento? A primeira parte é escolher o dia e o horário. A partir daí, você poderá
realizar as demais etapas do planejamento, mas sem a definição da data e do horário, fica difícil pensar em
um local, um tema, quem vai pregar etc. Recomenda-se que o encontro comece a ser planejado de trintaa
sessenta dias de antecedência. Isso dá tempo para definir o espaço e o confirmar o preletor.
A liderança
4/20
Em igrejas menores, normalmente, os grupos de casais são liderados por um casal. Em igrejas maiores mais
de um casal lidera o grupo e estes casais ficam submetidos a uma autoridade da igreja, um pastor ou um
diácono, por exemplo.
A liderança ficará responsável pelo grupodurante o ano. Devem prepararo calendário, os eventos e tudo
mais, mas para não tornar o texto cansativo, vamos nos ater ao encontrode casais em si.
A liderança da equipe de casais deve se responsabilizar por tudo o que envolve a organização, como por
exemplo, confirmar o local, definir um tema, definir quem levará a palavra, organizar as finanças, fazer a
decoração (se houver), divulgar o evento, distribuir os convites e, se houver música, combinar com as
pessoas responsáveis sobre as músicas a serem tocadas.
Onde fazer?
Há quem prefira já escolher o local do evento assim que o dia e o horário são definidos. No entanto,
algumas vezes você pode definir o local depois que fizer o planejamento completo, assim você terá uma
ideia do espaço necessário, e de tudo mais que vai precisar. Se você está iniciando o grupode casais de sua
igreja, recomendamos que realize o encontro de casais na própria igreja ou um local que você já conheça e
tenha certeza que não terá problemas.
Lembre-se que, ao escolher um local, você deve ter certeza que os convidados tenham facilidade de chegar
(não seja em ruas desconhecidas ou locais muito longes), certifique-se que mesmo que chova o evento
possa acontecer e, claro, que o espaço seja suficiente para o tanto de casais que deve comparecer.
Para quem está começando, talvez, a melhor dica seja realizar o encontro na própria igreja. Mesmo que
seja um almoço ou jantar, a liderança pode utilizar o espaço da igreja para realizar o evento. Na maioria dos
eventos realizados na própria igreja, o encontro é feito no estilo “americano”, onde cadacasal leva um
prato ou uma bebida (suco ou refrigerante).
Tenha um propósito
Não faça um evento por fazer, para dizer que o grupo de casais está movimentado, que as coisas estão
acontecendo e que todos estão gostando. O propósitode um encontro de casais cristãos é fortalecer as
famílias, por isso, é preciso um propósito concreto, um objetivo, que pode ser homenagearas mulheres, os
pais, falar de união, falar de comunicação, evangelizar outros casais (convidados) etc. Com um tema, um
assunto, em mente, os demais passos ficam mais fáceis de se dar. Sem um objetivo claro, o encontro ficará
muito vago e perderá sentido. Lembre-se que um encontro de casais especial (almoço ou jantar) precisa de
algo diferente, que justifique o evento.
O preletor
Agora que você já tem dia, horário, local e tema, fica mais fácil convidar o preletor da noite, a pessoa que
levará o estudo. Muitas vezes, quando o líder de casais é novo, decidem chamar alguém da própria igreja
para isso, ou a própria liderança decide levar o estudo no encontro de casais.
Recomenda-se que o estudo não demore mais de quarenta minutos. Em geral, meia hora de palavra é o
suficiente.
Convites e divulgação
Definidos o dia, horário, local, preletor, tema, você já pode iniciara divulgação do evento e a distribuição
dos convites. Mesmo que o grupo seja pequeno, é bom fazer convites para tornar o encontro de casais mais
organizado. Não precisa ser nada demais, apenas para um controle da equipe.
Se você está organizando seu primeiro encontrode casais, tente fazer uma lista conforme as pessoas
confirmem presença. Assim você terá noção de como realmente será o evento.
Decoração
A liderança do grupo deve definira organizaçãodo espaço. Se for em restaurante, ou pizzaria, a reserva
deve ser feita com antecedência. Se for outro local, o grupodeve ir atrás de mesas, cadeiras, talheres,
toalhas de mesas (o tecido tnt é muito utilizado em encontro de casais como toalha de mesa), guardanapo.
5/20
A decoração não precisa ser como em um casamento, mas a liderança deve se preocupar com que todos se
sintam confortáveis.
Se o evento tiver palavra, música, dinâmica, a liderança deve planejar onde cada coisa será feita, como será
feita, o equipamento que será utilizado deve ser verificado. Por isso, recomendamos que os líderes
iniciantes evitem grandes preocupações e realizem algo mais simples, com um estudo e o jantar apenas,
sem música, louvor ou dinâmicas. Deixe isso para eventos futuros, ou para os encontros de casais semanais.
Encontro à americana
Se o encontro for à moda americana, certifique-se que haverá bastante variedade de comidas e bebidas. A
dica é que a liderança faça uma lista do que levar, e distribua para os participantes, assim evita-se que
vários convidados levem a mesma coisa e que falte outras. Nossa dica do que levar.
Descartáveis (se necessário)
Bebidas (refrigerante e suco. Alguns casais não bebem refrigerante).
Água (sempre esquecem de água, mas sempre tem alguém que quer água)
Carnes variadas (não levar só carne de boi ou só frango)
Acompanhamento(arroz, feijão, legumes, molhos, salada…)
Sobremesa
Talheres para servir (também acontece de esquecerem os talheres de servir, e o grupo não tem como pegar
a comida)
Com essa lista simples já é possível realizar um bom encontro de casais.
No dia
No dia do evento, a liderança deve chegar com antecedência e recepcionar os convidados, explicandocomo
será o encontro de casais, não precisa ser detalhadamente.
Cronograma
Para um encontro de casais simples, a ordem proposta do evento é a seguinte:
Recepção
Abertura (oração e agradecimentopelo comparecimento de todos)
Quebra gelo (não é obrigatório, e deve ser rápido e simples)
Palavra (estudo levado pelo preletor)
Oração pela refeição
Refeição
Finalização (ao perceber que um ou outro casal já está de saída, a liderança pode agradecer a presença de
todos e realizar uma oração final).
DINÂMICAS PARA CASAIS
Uma boa maneira de deixar as reuniões de casais mais interativas é realizar algumas dinâmicas para casais.
A participação das pessoas faz que o grupo se sinta mais amigável e participativo. Essas brincadeiras não
precisam ser realizadas em todas as reuniões, mas é uma boa alternativa para aprendermos de forma lúdica
algumas verdades sobre o casamento e como lidar com algumas rotinas de um relacionamento. São
brincadeiras simples que podem ser realizadas tanto em igrejas pequenas como igrejas com grande número
de participantes, basta organizaçãoe adaptação. Neste texto separamos algumas dinâmicas que podem ser
colocadas em prática por todogrupo de casais.
As dinâmicas para casais podem ser realizadas antes da palavra da reunião, como introduçãodo que será
dito. Outro uso muito comum destas brincadeiras é em retiros. Além de divertir o grupo, as dinâmicas
ajudam a refletir sobre assuntos que muitas vezes não pensamos. Selecionamos algumas dinâmicas que
podem servir de gancho para um assunto a ser abordado num encontrode casais.
Comunicação em dia
6/20
Esta é uma das dinâmicas para casais mais criativas e desafiadoras que existem. É uma ótima oportunidade
de falar sobre saber comunicar e saber ouvir. Um dos parceiros vai receber um desenho, mas não pode
mostrar para o outro. A outra pessoa vai receber um papel em brancoe uma caneta, ou lápis, para tentar
desenhar a mesma coisa. O desafio é que a pessoa com o desenho é quem vai ficar dizendo o que o outro
deve desenhar, sem fazer gestos, apenas falando. Os desenhos devem ser traços simples, mas abstratos.
Exemplos de desenhos.
…………………………………………………………………………………………………………………………………………………
Caixa misteriosa
Esta brincadeira é bem divertia e pode ser realizada indicada para outros grupos, como o de adolescentes
ou jovens. Esta é uma das dinâmicas para casais mais simples de fazer, e interessantes de participar. O líder
deve pegar uma caixa de sapato e encher de papel, jornal, pano, ou qualquer outracoisa que dê um certo
volume na caixa. No fundo da caixa o líder deve colocar uma barra de chocolate, ou qualquer outra
guloseima, e um papel escrito “coma o chocolate”.
No início da brincadeira, o líder explica que vai brincar de batata quente e os participantes devem repassar
a caixa um para o outro. No final, quem ficar com a caixa vai ter que cumprir a tarefa que estiver proposta
lá dentro. O líder pode amedrontar os participantes dizendo que tem que cumprir, mesmo que seja difícil,
ou que não pode ficar com vergonha. Enfim, os participantes devem ficar com medo de serem castigados. A
brincadeira começa ao estilo batataquente. O líder pode ficar de costas para o grupo, cantando uma
música, ou pode colocar um som tocando, e parar de repente. Quem ficar com a caixa na mão pode
escolher em cumprir a tarefa secreta ou sair da roda. Se escolher sair da roda, a brincadeira continua até
alguém decidir que vai cumprir a tarefa, ou até o último participante ficar com a caixa na mão, aí ele não
tem escolha, vai ter que cumprir a tarefa. Ao ver que sua tarefa será comer o chocolate, todos vão perceber
que a tarefa era boa.
Esta dinâmica serve para mostrar que muitas vezes ficamos com medo de uma situação, sem necessidade.
Quando confiamos em Deus, podemos enfrentar as dificuldades sem ficar sofrendo antecipadamente.
Recomendamos a leitura de 1 Pedro 5:7.
Para frente e para trás
Para esta dinâmica, o líder precisa fazer uma marcação no chão. Pode ser com fita adesiva, durex, linha etc.
Esta marcação vai servir como uma espécie de “marco zero”, posição inicial da brincadeira, linha de partida.
Os casais devem ficar alinhados nesta marcação.
O líder vai fazer algumas perguntas sobre o relacionamento. Perguntas simples que sejam respondidas com
SIM e NÃO. Para cada resposta SIM, o participante dá um passo à frente, e para cada resposta NÃO, um
passo para trás. Vence quem , ao final das perguntas, estiver mais à frente.
O líder precisa tomar cuidado com as coerências das perguntas, lembrandoque SIM deve sempre ter um
caráter positivo. Por exemplo, não faz sentido perguntar“o casal teve algum bate boca nesta semana?”,
pois se o casal responder SIM vai dar um passo à frente, mas se eles brigaram nesta semana isso não é bom,
não é mesmo? O ideal seria perguntar “o casal conseguiu ficar sem bater boca nesta semana?”
Exemplos de perguntas que podem ser feitas:
Você disse “eu te amo” hoje?
Você lavou a louça nos últimos três dias?
Você preparou uma refeição nesta semana?
Vocês assistiram um programa de televisão (ou um filme, por exemplo) sozinhos (sem os filhos) nesta
semana? Um programa que os dois gostam de ver.
Você fez massagem em seu parceiro nesta semana, sem “segundas intenções”?
Você comprou algum presente para seu parceiro nesta semana?
Você fez alguma surpresa para seu parceiro nesta semana? Não necessariamente ter comprado algo, mas
uma refeição, levar para sair etc.
7/20
Vocês conversaram sobre a próxima viagem de férias, nesta semana?
Seu parceiro sabe tudo o que você comprou (com o que você gastou) nesta semana?
Seu parceiro te levou para passear nesta semana? Sem você pedir.
Este exemplo é bem simples para que busca dinâmicas para casais que possam ser realizadas sem muita
produção.
Vale cartão
Esta atividade também é bem simples e deve ser feita com grupos que se reúnem sempre. Cada pessoa
receberá 3 cartões. Em cada cartão a pessoa deve escrever um favor ou mimo que deseja receber de seu
cônjuge nos próximos dias. Cada cartão só deve ser uado uma vez, como uma forma de pagamento.
Exemplos de mimos: uma massagem, levar para passear, um café da manhã na cama, um jantar romântico,
um almoço em restaurante que escolher, ganhar um chocolate etc.
O objetivo é conhecer melhor o que o parceirogosta de receber, para que não precise ficar pedindo
sempre. Ressalte também que, com a comunicação em dia, não é preciso que cartões sejam feitos, a
simples conversa pode gerar estes mimos periodicamente. Esta é uma das dinâmicas para casais que podem
ser feitas para que a liderança prepare o grupo parauma reunião específica.
Perguntas ocultas
Esta brincadeira costuma ser bem popular entre os casais. É uma daquelas dinâmicas para casais que
podem ser feitas em retiros, ou reuniões que o grupo já se conheça um pouco. Cada participante responde
uma série de perguntas sobre seu parceiro e depois comparam as respostas para ver quem acertou mais. É
importante ressaltar que para cada pergunta devem existir dois campos de resposta, uma para a resposta
de quem está escrevendo e outra para que ele coloque o que acha que o parceirovai responder. Por
exemplo, para a pergunta “qual a sua cor favorita?”, a esposa tem que responder sua cor favorita e qual a
cor favorita do marido.
É importante que os casais sejam separados, se possível em diferentes salas, ou ambientes. Se não for
possível, a dica é coloca-los de costas um para o outro, e distantes, para que não soprem respostas, ou
deixem escapar alguma resposta.
Cada participante recebe uma folha com as perguntas. Para facilitar, e não haver confusão, paracada
pergunta coloque dois campos. Coloque no primeiro campo“sua resposta” e no outro campo“meu parceiro
vai responder”.
Exemplos de perguntas:
Qual o prato mais saboroso que já comeu?
Qual a sobremesa favorita?
Qual a melhor viagem que já fez?
O que mais gosta de fazer quando tem um dia livre?
Qual seria a viagem dos sonhos?
Qual o dia que se sentiu muito triste?
O que faria se ganhasse R$ 10 mil hoje?
O que faria se ganhasse R$ 1 milhão hoje?
Se pudesse escolher qualquer país (ou cidade) paramorar, qual seria?
Qual o programa de televisão preferido?
Qual o site que mais gosta de visitar?
O que mais gosta de ver no Youtube?
Qual cantor (ou grupo musical) gospel favorito?
Cartão invertido
Esta dinâmica é simples e é mais uma brincadeira para descontrair. O líder distribui cartas para os maridos.
A carta estará fechada, e por fora, o marido só vai escrever seu nome e o da esposa “de: Fulano Para:
8/20
Fulana”. O marido não pode ler a carta, só vai assinar e entregar para as esposas. As mulheres vão ler a
carta. Provavelmente ficarãofuriosas. O líder vai escolher uma mulher para ler o bilhete em voz alta.
Depois, vai escolher um marido e pedir para ele ler o bilhete, só que de traz para frente. O bilhete será o
seguinte:
Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto muito, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais…
Após a leitura desta carta, diversos assuntos podem ser colocados em pauta. Pode-se falar de como é
importante a comunicação do casal. Saber falar as coisas bem claramente as coisas. Não sair interpretando
as coisas como vêm na nossa cabeça. Ou ainda, sobre fazer surpresas, pois assim como as esposas ficaram
surpresas ao ler a carta de trás para frente, pequenos mimos mudam o humor de uma pessoa
instantaneamente.
Boa reunião
Essas são algumas dinâmicas para casais que podem ser realizadas em qualquer situação, reuniãorotineira
ou retiros. Também pode ser adaptadas para grupos pequenos ou grandes. O líder deve sempre estar
atento às opiniões do grupo para realizar quaisquer tipos de mudanças nas dinâmicas, a fim de torna-las
mais agradáveis e divertidas para o seu grupo.
DINÂMICAS RÁPIDAS PARA REUNIÃO DE CASAIS
Quem lidera um grupo de casais sabe como é complicado realizar encontros diferentes do tradicional. Nem
sempre temos tempo, espaço ou material para realizar tudo o que queremos. As dinâmicas rápidas servem
como um coringa na manga dos líderes da equipe de casais. Selecionamos algumas dinâmicas rápidas que
podem ser feitas em qualquer ocasião. Pode ser para momentos que o encontro está adiantado, e a
liderança precisa fazer algo para ganhar tempo, ou complementar um imprevisto; também podem ser feitas
nas reuniões semanais para dar início ao evento. Você pode guardar essas dinâmicas para quandoachar
necessário. Além de servirem em qualquer ocasião, podem ser feitas em igrejas grandes ou pequenas e
ainda podem ser feitas em qualquer espaço.
As dinâmicas aqui selecionadas não precisam ser feitas todas em um único dia. Recomendamos que você
imprima, ou salve o site em seus favoritos, para selecionar uma dessas dinâmicas quando for necessário.
Em outros textos listaremos dinâmicas mais completas e complexas, mas neste texto escolhemos aquelas
que são mais simples de serem realizadas e que não dependem de muito material, nem exigem espaços
grandiosos. Lembre-se que você pode adaptaras brincadeiras para se tornarem mais adequadas à sua
igreja. Outra dica é sempre ouvir a opinião dos próprios participantes. Ao terminar a brincadeira, sempre
pergunte o que acharam e se alguém tem alguma sugestão para uma próxima vez.
9/20
Guia
Nesta dinâmica, a liderança prepara um caminhocom obstáculos, não precisa ser muito longo, mas deve
conter algumas dificuldades como mesa no caminho, cadeiras enfileiradas e rotas estreitas. A brincadeira
consiste em um membro do casal (tanto faz a esposa ou o marido) ficar de olhos vendados e o outro deve
guiá-lo no caminho cheio de obstáculos, apenas por toques. Sem falar e sem segurar na mão.
O objetivo é demonstrar como é importante saber se comunicar mesmo sem palavras. E um confiar no
outro. Esta é uma das dinâmicas rápidas que mais fazem sucesso nas reuniões de casais. É simples, mas
desafiador.
Se houver tempo, depois os casais podem mudar de função, ou seja, quem foi guiado na primeira vez,
passar a dar as coordenadas, e quem coordenou na primeira vez, fica de olhos vendados na segunda
rodada. Para melhor desenvolvera brincadeira, o ideal é que este caminho esteja “escondido”, em uma
sala separada. Os casais só entram na hora que forem brincar. Apenas um casal por vez. Assim, quem fica
de fora não tem como “planejar”, ou memorizar o caminho.
Se não for possível fazer o caminho em uma sala separada, a dica é que a cada casal, o caminho seja
modificado, para que o próximo participante não decore o trajeto.
Quem é seu par?
Esta dinâmica é mais simples ainda. Um membro do casal terá os olhos vendados. A liderança seleciona o
cônjuge desta pessoa com outras parecidas fisicamente. Essas pessoas (podem ser de cinco a dez) ficam
sentadas.
Quem está de olhos vendados deve reconhecerseu cônjuge apenas tocando na cabeça, ou orelhas. O mais
recomendado é que um parceiro reconheçao outroapenas pelas orelhas, pois pela cabeça toda fica mais
fácil por causa do cabelo. Não é permitido falar. Recomendamos que um líder guie a pessoa vendada para
colocar as mãos na orelha e não deixar que a pessoa tente tocar o cabelo, principalmente se a pessoa
vendada for homem, pois tocar no cabelo da mulherfica muito fácil para reconhecer. É melhor que a
pessoa vendada fique por trás das pessoas sentadas, tendo o acesso às orelhas mais facilmente. Além disso,
quem tem cabelo grande deve amarrar, ou segurar paraque não recaiam sobre as orelhas, e quem usa
brinco deve tirá-los.
O objetivo é demonstrar que existem detalhes em nosso parceiro que não conhecemos muito bem. Os
participantes devem percebercomo é difícil reconhecer o parceiro apenas pelas orelhas. Ainda que acertem
seus cônjuges, a tarefa não é fácil.
Cônjuge misterioso
O nome da brincadeira pode ser mudado para “esposa misteriosa ou marido misterioso”. Essa é uma das
dinâmicas rápidas mais fáceis de se aplicar e mais divertidas também.
Cada pessoa recebe um papel em branco e uma caneta. Neste papel a pessoa escreve cinco características
da personalidade de seu parceiro, sem que ninguém mais leia. Quando todos tiverem listado as
características, o líder pega todos os papéis e mistura. Depois, ele lê um por um e o grupo deve acertar
quem é a pessoa listada. Quem escreveu a lista que está sendo lida não pode falar que o papel é dele, deve
agir naturalmente, fingindo que nãosabe de quem é. Depois de um tempo, quem fez a lista pode dizer que
a lista é dele.
O objetivo é fazer os casais refletirem sobre como é visto um pelo outro e, ao mesmo tempo, ressaltar
como é importante destacar as características positivas de nosso cônjuge.
Uma tarefa para você
Esta brincadeira também é bem divertida e pode ser adaptadade diversas formas.
Basicamente, cada pessoa pega um papel e uma caneta e escreve o que deseja que a pessoa ao lado faça
para pagar “um mico”. Depois que todos estiverem escrito o “castigo” do outro, o líder pede para todos
mostrarem os papéis e explica que quem vai executar a tarefa é a própria pessoa que escreveu o castigo.
10/20
Essa brincadeira pode ter inúmeras adaptações e variações. No começo, o líder pode dizer que o castigo
será o próprio cônjuge; pode ser, ainda, que líder peça que um casal escreva um mico para outrocasal. O
líder não precisa dizer que o castigo será para a pessoa ao lado, mas simplesmente para “outra pessoa do
grupo”. Em grupos maiores, é melhor determinar um mico para cada casal, e não um por pessoa.
Outra dica legal para essa brincadeira é que ela pode ficar mais elaborada se a liderança levar alguns
objetos diferentes e, no começo da brincadeira, ele deve dizer que o mico a ser feito deve ser realizado
usando um dos objetos da mesa. Exemplos de objetos a serem levados, bola, panela, batom, maquiagem,
bicho de pelúcia etc.
Por ser fácil de adaptar, essa é uma das dinâmicas rápidas mais flexíveis que existem
Pés trocados
Existem diversas variações de dinâmicas rápidas parecidas com essa. O objetivo é demonstrar como
dependemos um do outro é como é importante o casal se entender em momentos de dificuldades.
A brincadeira básica é a seguinte. Os casais tiram os calçados. Quando o líder disser “já”, os casais devem
colocar os sapatos, mas a esposa coloca o sapato no marido, e o marido coloca o sapato da esposa. Vence o
casal que terminar primeiro. O interessante é que é bem provável que todos usem a mesma estratégia, os
dois vão tentar colocar os calçados ao mesmo tempo, o marido na mulher e a mulher no marido, causando
confusão e bagunça.
Se o líder quiser, para deixar a brincadeira inda mais confusa, depois que todos tirarem os sapatos, ele pode
misturar todos para tornara tarefa ainda mais difícil
Em outras variáveis, ao invés de trocar os sapatos, a brincadeira é feita com um batom e uma gravata. O
marido tem que passar batom na esposa e a mulher deve colocar a gravata no homem, amarrando
corretamente. O líder pode levar a gravata e o batom para a reunião. Neste caso, o líder pode chamar um
casal por vez para a brincadeira. Se o grupo for grande, não precisa que todos participem, apenas alguns
para observarmos a dificuldade em fazer tarefas ao mesmo tempo.
Por fim, outra variável é com roupas. Neste caso, exige um pouco mais de planejamento. O líder pode até
avisar que as roupas serão colocadas uma por cima da outra, paraque o casal já saiba que tipo de roupa
levar. O líder pode avisar uma reunião antes que os casais devem levar uma camisa e um casaco largos para
a brincadeira. A gincana começa com os casais usando apenas uma camisa mais justa, para caber mais uma
camisa e um casaco. A mulher deve vestir o marido e vice-versa. Neste caso, misturar as roupas também é
legal porque causa ainda mais confusão.
Divirta-se
Ao final de cada dinâmica, o líder pode usar a brincadeira de “gancho” para iniciar a reunião. Estas cinco
dinâmicas rápidas podem ser adaptadas e melhoradas por cada líder e até mesmo pelos participantes.
Esperamos ajudar cada equipe de casais a realizar reuniões edificantes e divertidas, onde os participantes
aprendam muito e fortaleçam suas famílias na rocha, Cristo Jesus.
COMO PREPARAR UMA REUNIÃO DE CASAIS CRISTÃOS
A preparação de uma reunião de casais deve ser feita com responsabilidade e dedicação. Normalmente, as
igrejas dedicam um dia do mês para as reuniões, mas em algumas igrejas as reuniões de casais são realizam
quinzenalmente, por isso, é importante que os participantes percebam que houve um preparo, para que
não se decepcionem e acabem abandonandoas reuniões.
Os líderes de casais evangélicos devem contar com apoiode outras pessoas, preferencialmente casais, mas
nada impede que um solteiro ajude a organizar a sala, por exemplo, ou ajude no louvor.
As reuniões devem ser agradáveis e, preferencialmente, não devem ser longas, principalmente se
ocorrerem em dias da semana, pois muitas pessoas trabalham cedo no dia seguinte.
É aconselhável que as reuniões ocorram das 19h às 20h ou, no máximo das 20h às 21h, mas é claro que este
horário pode ser modificado de acordo com o perfil de cada igreja, de cada comunidade.
Preparo
11/20
Sempre que assumimos um compromisso na igreja, devemos começar pela parte espiritual, leitura bíblica e
oração. Depois disso é que podemos buscar temas, assuntos, material e correr atrás de toda a parte
logística. Ao iniciar o processo de preparo para a reuniãode casais cristãos, a liderança deve ter bem claro
qual será o objetivo do encontro, que pode ser desde iniciar um grupo novo, criar entrosamento, até
preparar um jantar ou simplesmente abordarum assunto.
Com um objetivo claro, podemos traçar a necessidade de um tema, caso o encontro seja para debatere
levar conhecimento. É interessante criarum roteirodo encontro, com uma ordem estabelecida. Por
exemplo:
Chegada
Recados
Dinâmica
Palestra
Perguntas
Despedida com “comes e bebes”.
Com esta cronologia, fica mais fácil controlarmos a reunião e evitar imprevistos. Se possível, estabelecer
horário para cada atividade pode facilitar ainda mais a condução doencontrode casais evangélicos. Tudo
depende do líder.
Mesmo quando o encontro for paradebater um assunto, organizar uma festa ou um retiro, a liderança deve
planejar a apresentação das propostas, as opções disponíveis e até prever possíveis controvérsias. Não é
porque o encontroserá para escolher um local para um retiro, que a liderança nãoprecisa organizar nada
pensando “cada um vai dar uma sugestão e depois a gente vota”. Isso mostra despreparo e pode gerar
imprevistos desnecessários.
O ideal é a liderança pesquisar lugares e apresentar as sugestões, fazer levantamento de preços e
apresentar propostas completas, até mesmo com fotos e imagens, mostrando ao grupo domínio sobre o
assunto e informações precisas. Caso isso não seja feito, não adianta cada um apresentar uma proposta de
lugar, sem saberem preço, distância, não verem fotos. A reunião, no fim das contas não vai definir nada.
Material
Por ocorrerem periodicamente em espaços longos, a liderança tem a oportunidade de preparar um bom
material. O caráter mais informal de uma reunião de casais pode possibilitar de a liderança apresentar
temas completos. Neste caso, apresentação de slides ajuda a deixar a reunião mais agradável. Dicas de
livros e leituras bíblicas também são importantes. Ao fim da reunião, a liderança pode indicar um livroque
aborde o tema da reunião, além de sugerir alguma leitura bíblica.
Outra dica para preparar a sua reunião de casais cristãos com eficiência é pesquisar filmes cristãos para
casais, como:
A prova de fogo
Encontro de Casais (não é o filme de comédia popular (com Adam Sandler), que não é cristão, mas sim o
filme da Graça Filmes, dirigido por David de Vos)
Questão de escolha
Espaço físico
A liderança do grupo de casais evangélicos tem o dever de prepararo espaço para o encontro. Isso significa
que o local deve ser organizado, não só com cadeiras e mesas, mas com ‘datashow’ (se forem apresentados
slides), mesa para as pessoas colocarem os “comes e bebes”, iluminação adequada, limpeza e equipamento
de som adequado (se estiver programadoum louvor), são exemplos de cuidados que a liderança deve ter
com o espaço físico a ser utilizado, seja na própria igreja, seja na casa de alguém ou qualquer outro
ambiente.
12/20
Investir em casais é um importante passo da igreja cristã e não devemos desistir quando os problemas
surgirem. Existem ótimas pregações, livros e filmes gospel sobre o assunto, portanto, prepare-se
adequadamente e coloque-se sob a benção do Senhor. Boa reunião!
DECORAÇÃO PARA JANTAR ROMÂNTICO DA EQUIPE DE CASAIS
Um dos pedidos que mais recebemos por e-mail é de ideias para decoração para jantar romântico. Como
não somos especialistas em decoração, vamos te dar algumas dicas preciosas, que valem a pena observar
para você conseguir organizar, com sua equipe, um jantar românticopara todos. Você vai ver que alguns
detalhes podem transformar um evento simples em um jantar com muitos elogios, agradandoaos
convidados. Em primeiro lugar, devemos salientar que é sempre bom organizar um jantar de casais com
pelo menos dois casais, ou seja quatro pessoas. As mulheres podem se atentar aos detalhes e os homens
podem organizar a parte prática, financeira e de logística. Claro que no fim das contas, todos fazem de tudo
um pouco, mas é bom, logo no começo, definir alguns objetivos para cada pessoa, assim vocês não ficam
perdidos fazendo a mesma coisa, deixando outras de lado.
Quando falamos em decoração para jantar romântico precisamos levar muitas coisas em consideração, por
isso é tão difícil achar dicas objetivas na internet. Existem dois pontos que devem ser definidos antes de
tudo: localização e orçamento. Normalmente, muitas igrejas realizam esses jantares de casais na própria
igreja, o que facilita muito no orçamento. Outra dica, que muitas igrejas seguem, é ver se existem pessoas
na igreja que tenham o espaço disponível. A igreja pode alugar este espaço. A primeira proposta é sempre
alugar o espaço e se o proprietário quiser ceder, a igreja tem que se dispor a organizar tudoantes e depois
do evento. Não são poucos problemas criados porque igrejas alugam salão de festa (ou qualquer outro
espaço para o jantar) e depois deixam a bagunça para o proprietário. Enfim, o importante é definir o local.
O orçamento também é primordial, talvez, até mesmo antes de definir o local. Se os organizadores pensam
em fazer o jantar em um restaurante, buffet ou pizzaria, podem fazer um orçamento em vários locais para
se ter uma ideia de quanto vai custar somente o aluguel da área.
Como você está vendo, a organização de um jantar de casais parece até mesmo com a organização de um
casamento. São muitos detalhes e custo. Uma dica para minimizar o impacto financeiro é organizar tudo
com muita antecedência, para que os participantes possam juntar dinheiro. Uma dica, por exemplo, é
definir já no começo do ano quando e onde será este jantar de casais. Normalmente, marca-se para o mês
de maio, mas você pode escolher outra data para encontrar espaços mais em conta. Ao pensar em uma
decoração para jantar romântico de casais evangélicos, pense em ume vento como um casamento, talvez,
isso te ajude a pensar em detalhes, e até mesmo a encontrar coisas na internet como convites, lembranças,
menu e até mesmo a decoração em si.
Definindo os padrões
Para termos uma linha de raciocínio, vamos começar e pensar na decoração para jantar romântico com um
padrão a ser seguido, ou seja, o tema, e as cores. Via de regra, vermelho e branco são as cores que se
costumam usar em decorações românticas, mas você pode fazer pequenas variações. Por exemplo, use
vinho, marsala ou violeta ao invés de vermelho. Se você pesquisar por decorações de casamento, verá que
as possibilidades de cores são bem mais amplas, e mantém a elegância. Cores com verde, rosa, marrom,
dourado, azul real e laranja podem ser bem combinadas para criar um ambiente aconchegante. O
importante é que você escolha duas cores para conseguir montar uma decoraçãoelegante. Pense na
facilidade de encontrar objetos na cor escolhida. Lembre-se que cores muito diferentes vão dificultar suas
escolhas futuras e que, normalmente, objetos em cores mais personalizadas podem sair mais caras. Até
mesmo por isso, vermelho e branco são as favoritas.
Provavelmente você vai pensar em flores. Evite as flores artificiais, pois normalmente tiram a elegância.
Além disso, depois você vai ter que pensar em guardar essas coisas todas. As flores naturais são elegantes e
vão dar um toque mágico ao evento. Talvez você esteja se perguntando quanto vai te custar uma decoração
com flores. Nossa dica é comprá-las na feira, isso mesmo, nas feiras de rua, para comprar suas flores a um
preço mais baixo. Os preços são muito menores do que os verificados em floriculturas. Com R$ 100 a R$ 200
você consegue montar de quatro a oito buquês (preços de maio de 2018) cheios. Esses buquês podem ser
divididos em ornamentos menores, que podem decorar de quinze a trinta mesas.
13/20
Outro tipo de padrão que você pode definir é um tema, como corações, flores ou arabescos, por exemplo.
Como se trata de um jantar romântico, essa definição precisa ser “amarrada”, é possível usar pequenas
variações. O importante é não deixar as coisas muito diferentes.
Salão e mesa
Mais uma vez considerando que o jantarromânticode casais será realizado na própria igreja, ou um
ambiente mais neutro, você pode pesar na decoraçãodo salão pensandonos seguintes itens: paredes,
chãos e objetos decorativos.
Uma observação que poucas pessoas pensam é que as mesas não precisam ser uma para cada casal. É
comum, colar dois casais (e até três, quando as mesas são bem grandes) por mesa, economizando espaço e
até toalhas de mesas.
Em relação às paredes, veja que detalhes em tecido, quadros, molduras e iluminação podem fazer a
diferença. Para incrementar a decoração parajantar romântico que está preparando, veja se é possível
decorar o local com alguns quadros de temas românticos ou florais. Outradica é pedir que os casais lhe
entreguem fotos impressas deles juntos. Essas fotos podem ser colocadas na parede para decorar. Se fizer
isso você pode pensar em pedir até mesmo fotos antigas, para que os casais fiquem curiosos em ver os
demais casais também.
O chão pode ter um tapete ou um caminho. Você não precisa colocartapete por todo o salão, mas apenas
no caminho de entrada, que leva às mesas. Veja se é possível colocar pequenas velas decorativas no chão.
Siga um padrão. As velas poderiam ficar às margens do caminho, ou ao redor do salão. Pense, obviamente e
manter essas velas longes de panos e tecidos ou de locais que a roupa da pessoa possam entrar em contato
direto com a chama. Uma opção é colocar pequenos vasos de flores no chão também, ou no lugar das velas.
As Calandivas(Flor-da-Fortuna) são uma boa opção.
Os objetos decorativos podem ser poucos, mas bem distribuídos. O ideal é que na entrada se tenha um, e
um ou outro nas laterais. Pense nestes objetos, o qual nos referimos, como aparadores ou mesas
decorativas. Basta uma mesa, com uma bela toalha e em cima pode ter flores, velas, pétalas de flores e até
um porta-retratos. Uma flor que dá muita elegância é o girassol. Dois girassóis na entrada do salão, uma de
cada lado, pode dar um toque especial.
Quando se fala em mesas e cadeiras, as variáveis são muitas. Vamos começar pelo mais simples que são as
cadeiras. Basicamente você pode deixar a decoração para jantarromânticomais refinado com capas nas
cadeiras. As mesas podem ser forradas com toalhas. Normalmente usa-se duas; além disso, muitas igrejas
preferem usar o TNT na toalha “de cima”, que tem um custo mais baixo e você consegue encontrarem boa
variedade de cores.
Ao preparar uma decoração para jantar romântico, cuidadocom os exageros, pois muitos objetos na mesa
podem atrapalhar a refeição, em especial as flores. Se for colocar flores nas mesas, use pequenos arranjos e
que não tenham cheiro forte. As Gipsófilas estão cada vez mais em uso por serem baratas, não atraem
insetos e nem possuem o cheiro forte, mas são delicadas e bonitas. Talvez algumas poucas pétalas de rosas
(ou outra flor que achar melhor) podem finalizar a decoraçãode mesa.
Algumas sugestões de flores são; Cravos, Gladíolos Alstroemérias, Copos-de-leite, Gérberas, Lisiantus,
Lírios e Boca-de-leão. Mas a melhor dica mesmo é ira na feira e comprar as flores pelo que você vê
pessoalmente.
Um toque de mestre para a decoração para jantar romântico da rede de casais é usar guardanapo de pano.
Um detalhe que faz muita diferença.
Selecionamos ESTE SITE (em inglês) com 26 fotos que podem te inspirar. Neste outro link são 59 ideias
(também em inglês, mas o que vale são as fotos). Repare nos detalhes das louças, panos e como as mesas
são montadas.
Louça
Por fim, o que torna uma decoração para jantar românticorealmente fina é a louça a ser usada. O problema
da louça é que são caras. Uma alternativa é os organizadores conversarem sobre as possibilidades. Os casais
podem usar o dinheiro arrecadadocom a venda dos convites para isso (mas o valor pode ficar muito alto,
14/20
por isso pense bem), outra alternativa é ver com o pastor da igreja a possibilidade de uma verba só para
isso (a louça seria da igreja, obviamente). Os casais também podem combinar de comprarem juntos a louça.
Se os organizadores tiverem que pagardo bolso pela louça, nada mais justo do que cada um ser dono do
que comprou e lavar para casa seus utensílios ao final do jantar. Se a verba for pequena, pense em comprar
apenas um item, como copos, com o dinheiro e o resto ser montado com o que não vá desprender muito
dinheiro. Os copos, realmente dão um toque especial em toda decoração para jantar romântico. O simples
pode ser elegante, basta seguir um padrão. Se a aquisição de louça for impossível, pense apenas em seguir
um padrão e capriche nos demais detalhes.
Para concluir nossas dicas de decoração para jantar romântico, vamos citar os sousplats, ou toalha
americana. Um toque que vai deixar seu evento realmente lindo. Assim como a louça, sabemos que não é
um material barato, principalmente se tiverem que comprarem grande quantidade, mas é uma opção para
quem puder arcar. Pense em sousplat de tecido ou jogo americanocom material mais delicado e elegante.
Nesta mesma linha, pense nos guardanapos de pano, que são mais caros, mas trazem o charme da ocasião.
Vasculhe os mercados de sua cidade para ver onde você consegue acharestes utensílios em grande
quantidade e por um preço mais acessível.
Por fim, uma alternativa é ir comprando os objetos pouco a pouco. No primeiro encontro, por exemplo,
compre os copos. Meses depois, quando outro jantar foi programado, junte mais um poucode dinheiroe
compre as toalhas; no próximo jantar, compre os talheres e assim até que a igreja tenha um bom número
de utensílios para fazer a decoração para jantar romântico nos próximos anos sem precisar ficar comprando
mais nada.
Esperamos que essas dicas ajudem você a montar seu checklist para organizaruma decoração para jantar
romântico. Não somos especialistas em decoração, mas acreditamos que essas dicas vão te ajudar a realizar
um evento abençoado.
OS ERROS QUE UM LÍDER DO MINISTÉRIO DE CASAIS NÃO PODE COMETER
Ao assumir a liderança de um grupo, normalmente, somos tomados por muitas sensações, como medo,
ansiedade, alegria e euforia. O líder do ministério de casais de uma igreja cristã precisa pensar em assuntos,
temas, jantares, retiro e atividades fora da igreja. Não é fácil, mesmo porque, muitas vezes, há pouco
tempo entre a indicação do líder e o início das atividades. Com este texto, queremos ajudar os líderes a
perceberem que muitos erros que cometemos acontecem por pequena falta de atenção. Mesmo com boa
vontade e empenho, algumas vezes caímos em erros que podem prejudicar todoo andamentodo trabalho
desenvolvido na igreja.
Para este estudo para os líderes do ministério de casais, selecionamos sete personagens bíblicos que
cometeram erros em áreas diferentes. Muitas vezes, quando lemos a bíblia, ou ouvimos falar de pessoas
cristãs que cometeram alguma falha, pensamos “isso nunca vai acontecer comigo”. Vamos considerar este
pensamento um erro “bônus” nesta lista. Precisamos estar atentos e ser humildes para saber que todos nós
estamos sujeitos a cometer algum tipo de erro. Precisamos estar atentos, principalmente quando
assumimos a liderança de um grupo e passamos a ser referência para tantas pessoas. O líder do ministério
de casais não pode achar que está alheio aos problemas que lhe cercam.
Josué
Em primeiro lugar, vamos mencionar o líder guerreiro Josué, sempre muito lembradopor sua coragem é fé
quando foi espionar Jericó. Por outro lado, ao lermos Josué 9, lemos sobre uma decisão que Josué tomou
sem antes consultar o Senhor. Muitas vezes agimos assim também, tomamos uma decisão primeiro, para
depois orar. Não devemos nunca perder o costume de orar, pedir direcionamentoa Deus, para depois
agirmos.
Assim como Josué, muitas vezes o líder cai no erro de achar que já sabe tomar decisões por si. De fato, até
sabemos, mas precisamos consultar a Deus para agirmos corretamente. Na história de Josué aprendemos
que não podemos perder a humildade de sempre buscar orientaçãocom nosso Deus. Com o passar do
tempo, com a experiência, podemos cair no erro de começarmos a querer fazer tudo com nossa decisão,
por nossa vontade.
15/20
Se você é líder do ministério de casais de sua igreja, não deixe que a experiência faça que você coloque sua
opinião antes da vontade de Deus. Mantenha sua oração, sua leitura e humildade de aceitaropiniões de
outras pessoas. Ao planejar sua programação, iniciar uma reunião, planejar uma palestra, ore, peça
orientação a Deus e esteja com o coração aberto para possíveis mudanças de planos.
Adão
Inúmeros estudos bíblicos sobre Adão tentam explicar a queda dohomem, sua relação com Eva e os
motivos que fizeram o homem cair. Não importa a linha teológica que siga, podemos ver claramente que
Adão negligenciou sua convivência com a mulher. Para piorar, aindatentou jogara culpa em Eva.
Aprendemos muito com os líderes bíblicos. Uma coisa que é possível perceber é que todos que
negligenciaram sua casa, sua família, enfrentaram problemas. Adão, Davi, Eli ou Isaque, por exemplo. Adão
não assumiu sua responsabilidade quando deveria, Davi cometeu adultérioe trouxe divisão a sua família e
Isaque tinha um filho favorito, causando uma grande trama familiar por causa deste tratamento
diferenciado.
Ao assumir a liderança do ministério de casais, não deixe sua família em segundo plano. Saiba se planejar,
priorize seu tempo, mude sua rotina. Se você vai liderar um grupo na igreja, estude comovocê vai
administrar seu tempo para assumir essa responsabilidade sem deixar sua família em segundo plano. Você
vai ser referência para muitas pessoas. Você vai precisar, mais do que nunca, de tempo para o seu filho,
para sua esposa, para os afazeres domésticos. Como você vai falar, por exemplo, de marido que ajuda em
casa se você não tem tempo para isso? Não negligencie sua família.
Davi
Provavelmente, você pensou, “Davi adulterou”. Mas neste texto vamos apontarum outroerro que Davi
cometeu. Pois é, adulterar não foi o único erro de Davi. Ao ler 1 Crônicas 21, vemos que o rei decidiu fazer
um censo para contar o povo de Israel. No entanto, claramente, Joabe o advertiu para que não fizesse isso.
No entanto, Davi não deu bola para Joabe e fez o que bem entendeu. O resultado, obviamente, foi
desastroso. Aqui, aprendemos a não ser autoconfiantes, intolerantes, autoritários.
Muitos líderes, quando assumem um posto, caem no erro de se acharem superiores. Em muitos casos, essa
soberba não é imediata. Até chegar a este ponto, o rei Davi havia passado por inúmeras situações que
demonstrou humildade, mas, depois de tantas vitórias, chegou um ponto que ele não quis saber de
sugestões e orientações.
Às vezes, com o passar do tempo, achamos que somos autosuficientes. Depois de tantas vitórias, achamos
que fazemos melhor que os outros, que conseguimos fazer tudo bem feito. Ão negligencia a opiniãodos
outros.
Moisés
Ignorando a orientaçãode Deus, Moisés feriu a rocha quando deveria ter apenas falado, Números 20. Aqui
temos uma situação bem delicada. Moisés estava decidido a seguir as ordens Deus, mas à sua própria
maneira. Muitas vezes, agimos assim também, não só como líderes, mas como cristãos. Temos a vontade de
fazer a vontade de Deus, mas queremos que as coisas sejam feitas de nossa maneira.
O líder do ministério de casais precisa ser sensível para entender quando sua forma de pensar e agir está
mesmo sendo coerente com a forma que Deus quer que ele aja. Ore, tenha intimidade com Deus e esteja
com o coração aberto para não cair noerro de fazer o que não é para ser feito. Assim como aconteceu com
Moisés, muitas vezes tomamos a decisão errada quando estamos insatisfeitos. Moisés estava insatisfeito
com o a rebeldia do povo, mas isso não significava que deveria agir como agiu. Muitas vezes, nervoso,
inconformado, com os outros, queremos agir como achamos melhores e acabamos falando ou fazendoo
que não deveríamos. O líder do ministério de casais precisa ser paciente e equilibrado para agir sempre da
forma que agrada a Deus.
Tiago e João
16/20
Mais uma vez, você deve ter sido pego de surpresa. João? Essa lista está certa? Mas quando lemos Marcos
10:37, podemos ver algo curioso acontecendo. Tiago e João pediram um lugarde prestígiono reino de
Deus.
Eles responderam: — Quando o senhor sentar-se no trono do seu Reino glorioso, deixe que um de nós se
sente à sua direita, e o outro, à sua esquerda. Marcos 10:37
Acostumados com os conceitos terrenos, Tiago e João pensaram em ficar próximo de Jesus no Reino de
Deus.
Muitos líderes gostam de sentarem em lugares de prestígio, passam a usar uma roupa diferenciada, querem
privilégios no estacionamento, por exemplo. Não entendem que o nosso líder principal, Jesus, ensinou que
não podemos exigir destaque, o “destaque” que os homens desejam é dado naturalmente porDeus, a
quem Ele quer. Há quem faça questão de ser chamado de “bispo” ou “apóstolo”, por exemplo, e ainda
usam o versículo Romanos 13:7 para exigirem honra, mas esquecem de Mateus 23:11 ou Marcos 9:35,
quando Jesus disse que quem quer ser o primeiro deve servir e ser o último.
Pedro
Quando Pedro afirmou que nunca deixaria que Jesus sofresse, Mateus 16:22, logo foi repreendido por
Jesus. Curiosamente, pouco antes, Pedro tinha sido elogiado porJesus. Vale ressaltar que, observando as
palavras de Pedro e a situação em si, Pedro até estava bem intencionado, mas falava por si.
Muitas vezes até somos bem intencionados, mas cometemos o erro de achar que podemos ou sabemos
mais que os outros. Queremos fazer nossos planos darem certo “custe o que custar”, queremos mostrar
que somos “mais espirituais” e assim por diante. O líder do ministério de casais deve tomar cuidadopara
não deixar a soberba e a vaidade lhe subam ao coração. Não devemos nos achar que somos “mais” que os
outros porque somos líderes, pregadores ou porque temos algum outro título, ou cargo, na igreja.
Os discípulos
Por fim, mais um lembrete contra a soberba. Momentos antes de sua morte, Jesus alertou seus discípulos
sobre as dores iminentes, mas todos os discípulos se disseram prontos para sofrer com Jesus. Como
podemos ler em Marcos, na verdade, todos eles fugiram. Então todos os discípulos abandonaram Jesus e
fugiram (Marcos 14:50).
Muitas vezes o líder acha que é capaz de tudo, pode fazer tudo, pode fazer melhor, pode corrigir tudo, pode
mudar etc. Precisamos ter os pés no chão e entender que somos falhos. Todos os dias erramos e não
podemos cometer um erro ainda maior achando que conseguiremos cumprirpropostas grandiosas demais.
Colocamos tudo como “promessa de Deus”, e depois nos frustramos. E, o que é pior, frustramos outras
vidas. Portanto, não crie expectativas grandiosas e depois batize com “promessa de Deus” ou “Deus falou
no meu coração”. O líder do ministério de casais não pode cometer o erro de confundir seus sonhos e
expectativas com “promessas de Deus”.
ESTUDO SOBRE CASAIS CRISTÃOS, INTERNET E REDES SOCIAIS
Com certa frequência recebemos pedidos de estudo sobre casais evangélicos e redes sociais, pois este novo
“aparato” da vida moderna tem atrapalhado muitos relacionamentos. Sejam cristãos ou não, casais estão
cada vez mais passando por crises no lar por causa da internet, das redes sociais e dos computadores. São
jogos de vídeo games, redes sociais e sites de entretenimento que tiram o tempo do casal, abalandoa
estrutura do lar. Desejamos que as famílias desfrutem do que o Senhor tem para suas vidas sem deixar que
as redes sociais tirem nossa aliança. Se, por um lado, a internet traz bons conteúdos (como o deste site),
por outro lado, não podemos nos apartar docontado humanoe nem mesmo da leitura de livros.
Com este estudo sobre casais, internet e redes sociais queremos fazer que marido e esposa pensem bem
em como lidam com a tecnologia em suas vidas e também como suas famílias se relacionam com a
tecnologia. Será que estamos ensinando nossos filhos a lidarem bem com a internet, ou para nós (pais) é
mais cômodo deixar nossos filhos no computador para não termos que nos preocuparmos com ele.
Precisamos realizar uma reflexão ampla e inteligente sobre família e mídia, pois pensamos que saber usar a
internet significa que sabemos usá-la beneficamente. Uma criança com nove ou dez anos sabe usar as redes
sociais, fazer login, acessar sites e fazer comentários. Mas sabe evitar hackers, pedófilos, fazer comentários
17/20
saudáveis, buscar informações em sites confiáveis, diferença de notícia e boato, evitar contendas ou não
passar informações pessoais em sites que pedem cadastro? Percebe que saber usar a internet é diferente
de usá-la com responsabilidade?
Pesquisas e dados
Algumas pesquisas recentes podem nos ajudar a compreender como a relação entre família e internet pode
ser perigosa. Separamos para este estudo sobre casais cristãos e internet algumas informações preciosas. A
Universidade de Baylor, nos Estados Unidos, realizou uma pesquisa que constatou que os celulares estão
prejudicando os relacionamentos amorosos e ainda levam as pessoas a um certo nível de depressão. Neste
estudo, os pesquisadores fizeram uma série de experiências e entrevistas com casais adultos e chegaram ao
resultado que apenas 32% destes entrevistados se disseram não ter problemas de relacionamento causados
pelo celular. Cerca de 46% dos entrevistados se acham ignorados quando o cônjuge está no celular. Um dos
professores que comandou o estudo, Meredith David, explicou que muitas vezes achamos que pequenos
momentos nos distraindo no celular nãofaz mal a ninguém, mas a pesquisa mostrou o contrário. Este
tempo que passamos no celular afeta o relacionamento com quem está próximo, que se sente ignorado.
Estas informações foram publicadas no jornal O Globo, em 2 de outubro de 2016.
Já o jornal Daily Mail, da Grã-Bretanha, publicou o resultado de uma pesquisa que aponta que já chega a
15% a proporção de divórcios ligados ao uso exagerado do computador. As mulheres reclamam que seus
maridos passam muito tempo na internet e em jogos de vídeo game. Além disso, um em cada cinco
divórcios na terra da rainha Elizabeth estão ligados ao uso do Facebook. Já o uso de celulares é o
responsável por um divórcio em cada oito.
Na Itália, pesquisa aponta que cerca de metade dos divórcios poradultério que ocorrem no país são
causados pelo uso indevido do Whatsapp. Segundoo jornal britânicoIndependent, está se tornando
comum os homens manterem mais de um relacionamento amoroso com seus contatos do Whatsapp.
Como você usa essas ferramentas?
Os números são assustadores e tendem a aumentar conforme as pessoas passem a se acostumar com o uso
das redes sociais em diversos dispositivos. Por isso, precisamos entender como as famílias cristãs estão
usando a internet, as redes sociais e seus celulares. Precisamos ressaltar neste estudo sobre casais e redes
sociais que o uso destes equipamentos não pode ser banalizado. Aliás, nas próprias igrejas, o uso de celular
aumenta bruscamente. Sob o discurso de levarem “uma bíbliavirtual”, jovens e adultos abrem mão da
bíblia tradicional (de papel) paralevarem apenas a versão de seus celulares. O problema é que continuam
conectados às redes sociais em pleno culto.
Talvez, os pastores e pregadores devessem insistir para que seus fieis abrem mão da bíblia virtual para
continuarem levando as versões impressas. Não queremos condenar tal uso, mas esta é apenas uma ideia
para que as pessoas percebam que muitas vezes usamos estes dispositivos sem necessidades. Sob o
pretexto de estarmos usando o celular, ou tablet, para um bom fim, ler a bíblia, acabamos nos distraindo e
caindo no erro comum de passar tempo nos aplicativos, ignorandoo que ocorre a nossa volta, inclusive a
própria pregação. Desejando que estes aplicativos sejam menos frequentes no convívio das famílias, talvez
seja uma boa ideia incentivarmos as pessoas a não usarem uma bíblia virtual quando forem à igreja.
Distanciamento estando perto
Como vimos na pesquisa apontada no iníciodo texto, o tempo que passamos com dispositivos eletrônicos
faz que aqueles que estão perto de nós se sintam ignorados. A situação está ficando tãofora de controle
que um restaurante em Los Angeles, Eva, chegou a oferecer desconto a quem conseguisse ficar uma
refeição sem mexer em celulares. Ainda assim, apenas um em cada quatro clientes obtiveram o desconto.
Além de todos os perigos e tentações que a interne nos expõe, o simples fato de nos isolarmos de quem
está a nossa falta já representa um grande perigo às famílias. Ainda que não estejamos fazendo nada de
errado na internet, o seu uso incontrolável nos coloca longe de quem mais deseja nossa presença, nossa
família, nosso cônjuge.
18/20
A exposição nas redes sociais indica que o casal está passando por um período preocupante. Casais
realmente felizes aproveitam o tempo agora, não priorizam o que postam nas redes sociais. Ao levar este
estudo sobre casais e tecnologia para sua igreja, ou seus familiares, fale desta questão de exposição na
internet.
Outra pesquisa, publicada na revista Personality and Social Psychology Bulletin, indica que a maior parte
dos casais que postam frequentemente em redes sociais, na verdade, enfrentam mais problemas do que os
que não postam. Pessoas mais ansiosas são as que postam mais sobre seus relacionamentos, no intuitode
mostrar aos outros que sua vida conjugal (ou de namoro) está ótima o tempo todo.
Aproxime-se
Para superar este desafio, os casais devem regulamentar o uso da internet e celular. As pessoas precisam se
regrar com o uso dos equipamentos de tecnologia. Como falamos anteriormente, saber usar os recursos das
redes sociais não significa que sabemos usá-la de forma saudável. Precisamos viver o aqui e o agora.
Para terminar este estudo sobre casais cristãos, pense em uma atividade que faça os participantes
refletirem sobre o uso das redes sociais. O grupo pode debater ou respondera um questionáriosem
precisar se identificar sobre os seguintes aspectos.
Você acha que seu parceiro utiliza muito as redes sociais e o celular?
Seu parceiro já reclamou que você passa muito tempo no celular?
Você sabe dizer quanto tempo cada pessoa em sua família passa no celular e computadorpor dia?
Quanto tempo uma pessoa deve usar o computar e o celular por dia de uma forma saudável?
Como você poderia diminuir seu tempo nas redes sociais?
Quais as redes sociais que você utiliza?
Seria possível determinar um horário para que todos em sua casa parem de usar a internet?
Com estes pontos de reflexão você pode concluir seu estudo sobre casais evangélicos. Se preferir, você
também pode realizar este debate e entregar o questionárioantes do estudo. Assim, todos ficam atentos
em cada ponto chave da ministração.
DICAS DE TEMAS PARA ENCONTRO DE CASAIS
Os assuntos para reuniões de casais cristãos podem ser tratos de uma forma ampla, ou minuciosa,
dependendo de cada grupo, de cada igreja e de cada propósito, no entanto, podemos elaborar temas
específicos que podem ser estudados pelos líderes de casais para discutir com a igreja. O objetivo deste
texto é apontar alguns temas para encontro de casais mais específicos, que podem ser trabalhados em
encontros de uma ou duas horas. As reuniões de casais servem para estruturar e fortalecera família cristã,
por isso, todo assunto deve ser tratado de forma delicada, tomando-se o cuidado de não expor ninguéme
de, ao mesmo tempo, oferecer oportunidades iguais para que todos falem, se manifestem, mesmo que por
escrito ou de forma anônima.
O Casamento é plano de Deus
Este é um assunto que deve ser sempre abordado nas reuniões. Por mais que falemos de sexo, criação de
filhos ou finanças, não podemos nunca menosprezar o propósitode Deus para as famílias. Recomenda-se
que ao menos uma vez por ano um dos temas para encontro de casais seja o propósito de Deus para a
família, com exemplos de Adão e Eva, Jezabel, Salomão ou até mesmo a relação entre Cristo e a Igreja,
como maior exemplo que um casal deve ter de entrega e dedicação – Efésios 5:25.
Comunicação
É senso comum dizer que todo bom relacionamento precisa de uma boa comunicação. No casamento
cristão não pode ser diferente. Mais do que falar da importância da comunicação, as reuniões de casais
podem falar sobre as formas de se comunicar. Como a mulher dizer algo, como o homem comunica, quais
as diferenças na forma de dizer algo do homem e da mulher, a comunicação não verbal, o poder das
palavras, o controle da língua. Este tema pode rendervárias reuniões, basta a leitura de alguns bons livros e
uma rápida pesquisa na internet para acharmos informações preciosas sobre a comunicação no casamento.
19/20
Emoções
Embora existam muitos bons livros para casais sobre o assunto, poucas vezes se toca neste tema nos
encontros de casais. Mais do que apontar as diferenças emocionais entre homem e mulher, esta é uma boa
oportunidade para falarmos de controlaras emoções, saber comunicar as emoções, saber falar o que
estamos sentido e saber respeitar as emoções do cônjuge são alguns assuntos que podem ser debatidos
nestas reuniões.
Planejamento
Mais um assunto que pouco, ou nunca, se fala nas reuniões de casais. O planejamento familiar é
fundamental para a família moderna. Saber organizar as finanças, programar o melhor tempopara ter
filhos, fazer reservas financeiras para a educação dos filhos, priorizar o que realmente importe – o que é
mais importante: pagar a prestação de um carroou um curso de inglês para o filho; fazer uma viagem ou
juntar verbas para comprar uma casa – planejar objetivos a curto, médio e longoprazo.
Muitas igrejas desprezam o planejamento familiar porque não conhecem o vasto campode debates e
informações que se pode obter, fortalecendoa família, levando os fiéis a conquistas honrosas.
Dicas de livros e filmes
Nunca vi uma reunião com este propósito, mas acho que seria inteligente se os líderes de casais indicassem
filmes ou livros para fortalecer a família. Uma opção seria realizar uma reunião para este tema, mas acho
que seria mais proveitoso ao fim de cada reunião que um livro ou filme fosse indicado, deixando espaço
para que os participantes também pudessem colaborar com opiniões e dicas de livros cristãos para casais.
Temas para encontro de casais –
Estes tópicos levantados podem render diversas reuniões, conversas e muito debate. A liderança deste
departamento precisa ser criativa, trabalhadora e gostar de ler, pois não se pode realizar reuniões
proveitosas sem a leitura de bons livros cristãos para casais e, claro, a Bíblia.
APLIQUE AMÓS 3:3 NO CASAMENTO – ANDARÃO DOIS JUNTOS SE NÃO ESTIVEREM DE ACORDO?
Um texto bem conhecido sobre relacionamentodiz: “andarão dois jutos se não estiverem de acordo?”
Amós 3:3. Neste texto vamos ver como aplicar isso em nosso casamento. Na verdade, o ideal é até mesmo
pensar sobre isso antes mesmo do casamento, ou no início da união, pois essa verdade deve ser aplicada
em todo relacionamento. Vamos ver como a Bíblia nos ensina que é importante que maridoe mulher
tenham a mesma forma de pensar em diversos aspectos. No entanto, um olhar mais atencioso das
Escrituras nos leva a perceber que não basta andarmos juntos, com os mesmos propósitos, devemos andar
juntos fazendo o que é correto.
Só para lembrar, o texto referido está em um contexto de alerta ao povo de Israel e em seu relacionamento
com Deus. O Senhor está enfatizando sua aliança com o povo, mas alertandoque eles precisavam andar
junto com o Criador, por isso, o profeta escreve – andarão dois juntos se não estiverem de acordo? O
Senhor não vai andar com um povoque não andade acordocom seus padrões. Um povo que deseja
caminhar com o Senhor precisa estar pertodele e de seus ensinamentos. Essa é a primeira coisa que o casal
precisa aprender com essa frase. É preciso caminharmos juntos com o Senhor.
Ao relatar o caso de Safira e Ananias, em atos 4:32 a Atos 5:14, o escritor nos revela a história de um casal
que tiveram o mesmo propósito, mas que iam contra o santo julgamentode Deus. Eles, portanto,
caminharam juntos, mas para a desgraça. Portanto, o casal que deseja caminhar junto nomatrimônio,
precisa começar caminhando junto a Jesus, pois, caso contrário, todo padrão moral é quebrado e o
relacionamento pode desfalecer mesmo o casal tentando andarem união, pois sem as Escrituras o padrão
de harmonia, fidelidade e comunhão é corrompido. Por isso, devemos enfatizar que a frase estudada revela
nossa comunhão com o Senhor.
Juntos em santidade
20/20
A partir daí, o primeiro aspecto que devemos unir, em um relacionamento, é a visão espiritual do casal.
Quanto mais o casal tiver a mesma perspectiva de santidade e pecado, melhor para que caminhem juntos.
Um casal que possui olhar diferente para esta questão poderá enfrentar muitos outros problemas
conjugais.
Olhemos, por exemplo, para Adão e Eva. Eva foi enganada pela serpente e, depois, persuadiu seu marido a
comer da fruta proibida. Adão questionou aquilo, mas assumiu o risco. Mais tarde, ao escrever aos
romanos, Paulo alerta que o pecado entrou nomundopor um homem, e não por uma mulher, isso tem
uma representatividade ampla, que o papel do marido é assumir os erros da família, a responsabilidade do
que sai dos trilhos é do marido. Quando um casal perde o padrão de santidade, eles perdem a comunhão
com Deus.
O papel do homem era repreender Eva. Não sei se isso mudaria o destino da humanidade, mas esse era o
que Adão deveria fazer.
Quando uma pessoa do relacionamento perde o padrãoda santidade, a outra pessoa deve discordare
ambos precisam ser restaurados nessa visão. Se uma pessoa do relacionamento acha normal beber
socialmente, ouvir algumas músicas, ou ver filmes e seriados que a outra pessoa discorda, então o casal
precisa conversar, orar e se acertar nessa visão de andarem juntos.
Poderíamos questionar, neste caso, “andarãodois juntos se não estiverem de acordo? Se não tiverem o
mesmo padrão de santidade?”. Evidente que se um acha aceitável algo que o outrocondena, as contendas
tendem a surgir.
Juntos no trabalho e nas finanças
Outro ponto crucial é a vida financeira e as expectativas e planos futuros para a vida profissional. No
começo de casamento, normalmente, o casal tem uma visão superficial sobre os sonhos profissionais da
outra pessoa, mas conforme a vida avança, a carreira de um dos dois pode influenciar diretamente na vida
do outro. Uma oportunidade para trabalhar em outra cidade, ou até país, a aprovaçãoem concurso em um
município distante, o sonho de ter um negócio, mas que exige alto investimento de risco. Esses são alguns
pequenos exemplos de como a vida profissional de uma pessoa pode interferir diretamente na vida da
outra, por isso também precisamos pensar “andarão dois juntos se não estiverem de acordo?” quando
pensamos em vida profissional.
A administração financeira também é fundamental no convívio a dois. O que é melhor: juntar dinheiropara
comprar um carro, ou para dar entrada em um imóvel? Fazer fundo de reserva? Ajudar pai e mãe? Quais os
limites para ajudar financeiramente uma irmã que ficou desempregada, por exemplo?
No decorrer da vida alguns imprevistos acontecem, não só conosco, mas com nossos pais e irmãos e eles
podem precisar de algum tipo de ajuda. Pode ser também que as consequências de suas decisões e
personalidade leve-os a precisar sempre de ajuda. O casal precisa saber, por exemplo, os limites para ajudar
alguém da família, quando necessário. Dentro do casamento, é preciso pensar juntos nos objetivos
financeiros, limites de gastos e onde gastar dinheiro.
Outros aspectos importantes
Poderíamos fazer um amplo estudo sobre a reflexão – “andarão dois juntos se não estiverem de acordo?”.
No entanto, para ser breve, quero deixar apenas mais alguns assuntos que o casal precisa saber entrar em
acordo para não gerar crise no casamento.
Filhos – como criar filhos, qual escola colocar, como será a correção deles, como eles vão se relacionar com
avós, tios, primos e primas, principalmente quando começarem a ficar adolescentes. Enfatizo sempre que a
maior parte dos casos de abusos é feita por parentes, por isso, a importância de saber as liberdades que o
casal pretende dar aos filhos.
Vida íntima – como dito antes, é preciso que ambos caminhem juntos para discernir até que ponto algoé
aceitável. Na vida íntima é preciso coragem para dizer não e amor para aceitar o não.
Vida ministerial – Se um dos dois deseja ter uma vida voltada à igreja, é possível que precise viajar muito,
ficar dias fora de casa e ir para lugares perigosos. Os dois precisam estar de acordo com essa rotina.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

APOSTILA DE PRE CATEQUESE
APOSTILA DE PRE CATEQUESEAPOSTILA DE PRE CATEQUESE
APOSTILA DE PRE CATEQUESE
Catequista Josivaldo
 
Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹
Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹
Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹
Joemille Leal
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Curso de noivos
Curso de noivosCurso de noivos
Curso de noivos
Cristiano Roncy
 
Meu amigo o espirito santo - Estudo para crianças
Meu amigo o espirito santo - Estudo para criançasMeu amigo o espirito santo - Estudo para crianças
Meu amigo o espirito santo - Estudo para crianças
Alessandra Lucas Leite Rocha
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
Ednaldo Santos de Jesus
 
Lição 1 - Família, Onde Tudo Começa
Lição 1 - Família, Onde Tudo ComeçaLição 1 - Família, Onde Tudo Começa
Lição 1 - Família, Onde Tudo Começa
Cleonilson Freitas
 
Apostila ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestre
Apostila   ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestreApostila   ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestre
Apostila ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestre
Sergio Silva
 
Ministério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a InfânciaMinistério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a Infância
Maria Bárbara Floriano
 
Temas para escola bíblica dominical infantil
Temas para escola bíblica dominical infantilTemas para escola bíblica dominical infantil
Temas para escola bíblica dominical infantil
Cursos Ministeriais
 
Ordem de culto, 05 01-2020
Ordem de culto, 05 01-2020Ordem de culto, 05 01-2020
Ordem de culto, 05 01-2020
Wherbert Linhares
 
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de DeusEscola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Geandre Costa Costa
 
Uma vida com propósitos
Uma  vida com propósitosUma  vida com propósitos
Uma vida com propósitos
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Material crianças ebd professor
Material crianças ebd   professorMaterial crianças ebd   professor
Material crianças ebd professor
Sergio Silva
 
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e  primários 2016 lição biblica infantilJuniores e  primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
Marilene Rangel Rangel
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
Catequese Anjos dos Céus
 
A vida de José do Egito lições para crianças 4
A vida de José do Egito lições para crianças  4A vida de José do Egito lições para crianças  4
A vida de José do Egito lições para crianças 4
Marilene Rangel Rangel
 
Dinâmica a parábola do semeador
Dinâmica a parábola do semeadorDinâmica a parábola do semeador
Dinâmica a parábola do semeador
GRUPO ESCOTEIRO JOÃO OSCALINO
 
Namoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideNamoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slide
Seduc MT
 
Manual escola de lideres
Manual escola de lideresManual escola de lideres
Manual escola de lideres
Roberto Wagner Fernandes
 

Mais procurados (20)

APOSTILA DE PRE CATEQUESE
APOSTILA DE PRE CATEQUESEAPOSTILA DE PRE CATEQUESE
APOSTILA DE PRE CATEQUESE
 
Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹
Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹
Sugestões nomes de grupos Evangélicos.¹
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Curso de noivos
Curso de noivosCurso de noivos
Curso de noivos
 
Meu amigo o espirito santo - Estudo para crianças
Meu amigo o espirito santo - Estudo para criançasMeu amigo o espirito santo - Estudo para crianças
Meu amigo o espirito santo - Estudo para crianças
 
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBDPLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
PLANO DE AULA PARA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL - EBD
 
Lição 1 - Família, Onde Tudo Começa
Lição 1 - Família, Onde Tudo ComeçaLição 1 - Família, Onde Tudo Começa
Lição 1 - Família, Onde Tudo Começa
 
Apostila ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestre
Apostila   ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestreApostila   ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestre
Apostila ebd - classe kids - professor - cresça com deus - 2º quadrimestre
 
Ministério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a InfânciaMinistério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a Infância
 
Temas para escola bíblica dominical infantil
Temas para escola bíblica dominical infantilTemas para escola bíblica dominical infantil
Temas para escola bíblica dominical infantil
 
Ordem de culto, 05 01-2020
Ordem de culto, 05 01-2020Ordem de culto, 05 01-2020
Ordem de culto, 05 01-2020
 
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de DeusEscola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
 
Uma vida com propósitos
Uma  vida com propósitosUma  vida com propósitos
Uma vida com propósitos
 
Material crianças ebd professor
Material crianças ebd   professorMaterial crianças ebd   professor
Material crianças ebd professor
 
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e  primários 2016 lição biblica infantilJuniores e  primários 2016 lição biblica infantil
Juniores e primários 2016 lição biblica infantil
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
 
A vida de José do Egito lições para crianças 4
A vida de José do Egito lições para crianças  4A vida de José do Egito lições para crianças  4
A vida de José do Egito lições para crianças 4
 
Dinâmica a parábola do semeador
Dinâmica a parábola do semeadorDinâmica a parábola do semeador
Dinâmica a parábola do semeador
 
Namoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slideNamoro Cristão. Palestra em slide
Namoro Cristão. Palestra em slide
 
Manual escola de lideres
Manual escola de lideresManual escola de lideres
Manual escola de lideres
 

Semelhante a Encontro de casais

Curso introdução pós matrimonial
Curso introdução pós matrimonialCurso introdução pós matrimonial
Curso introdução pós matrimonial
familiaregsul4
 
Treinamento de gc
Treinamento de gcTreinamento de gc
Treinamento de gc
Luciano Campos
 
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de FlorianópolisLivrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Bernadetecebs .
 
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e MissãoEspecial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
uniaolestebrasileira
 
Boletim pg out/10 - n15
Boletim pg   out/10 - n15Boletim pg   out/10 - n15
Boletim pg out/10 - n15
Igreja Batista Betel
 
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igrejaComo Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Robson Santana
 
Manual de Discipulador
Manual de DiscipuladorManual de Discipulador
Manual de Discipulador
Christian Lepelletier
 
SUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de Deus
SUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de DeusSUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de Deus
SUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de Deus
aelav550vitorcardoso
 
Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração
Iasd Jardim Paulista
 
Apostila PGs PIB Araruama
Apostila PGs PIB AraruamaApostila PGs PIB Araruama
Apostila PGs PIB Araruama
Andre Nascimento
 
Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)
Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)
Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)
Geazi San
 
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
Sundar Andrade
 
Boletim Abril 2015
Boletim Abril 2015Boletim Abril 2015
Boletim Abril 2015
willams
 
Partindo o pão diretrizes
Partindo o pão   diretrizesPartindo o pão   diretrizes
Partindo o pão diretrizes
Paulo De Tarso Fernandes
 
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
oselybsantos
 
Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012
willams
 
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIALAPOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
Maria Thereza Tosta Camillo
 
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIALAPOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
Maria Thereza Tosta Camillo
 
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiaresA estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
Gilberto Santos
 
Grupos pequenos
Grupos pequenosGrupos pequenos
Grupos pequenos
Cíntia Santana
 

Semelhante a Encontro de casais (20)

Curso introdução pós matrimonial
Curso introdução pós matrimonialCurso introdução pós matrimonial
Curso introdução pós matrimonial
 
Treinamento de gc
Treinamento de gcTreinamento de gc
Treinamento de gc
 
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de FlorianópolisLivrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
 
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e MissãoEspecial Comunhão Relacionamento e Missão
Especial Comunhão Relacionamento e Missão
 
Boletim pg out/10 - n15
Boletim pg   out/10 - n15Boletim pg   out/10 - n15
Boletim pg out/10 - n15
 
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igrejaComo Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
Como Levar sua Igreja para Frente: Revitalização de igreja
 
Manual de Discipulador
Manual de DiscipuladorManual de Discipulador
Manual de Discipulador
 
SUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de Deus
SUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de DeusSUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de Deus
SUO-guia-2022 : Shabat - Viver se acordo com o ritmo de Deus
 
Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração
 
Apostila PGs PIB Araruama
Apostila PGs PIB AraruamaApostila PGs PIB Araruama
Apostila PGs PIB Araruama
 
Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)
Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)
Cms%2 ffiles%2f18003%2f1467838057como+transformar+seu+ministério+de+jovens+(2)
 
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos8 habitos   treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
8 habitos treinamento de liderança de pequenos grupos - os 8 hábitos
 
Boletim Abril 2015
Boletim Abril 2015Boletim Abril 2015
Boletim Abril 2015
 
Partindo o pão diretrizes
Partindo o pão   diretrizesPartindo o pão   diretrizes
Partindo o pão diretrizes
 
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
livreto de por do sol 2024 livreto de por do sol 2024
 
Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012Boletim Fevereiro 2012
Boletim Fevereiro 2012
 
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIALAPOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
 
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIALAPOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
APOSTILA SETOR PÓS-MATRIMONIAL
 
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiaresA estrategia de evangelização através dos grupos familiares
A estrategia de evangelização através dos grupos familiares
 
Grupos pequenos
Grupos pequenosGrupos pequenos
Grupos pequenos
 

Mais de JooAlbertoSoaresdaSi

manual_celula_goye.pdf
manual_celula_goye.pdfmanual_celula_goye.pdf
manual_celula_goye.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Estudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdf
Estudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdfEstudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdf
Estudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
As-Abominacoes-do-Templo.pdf
As-Abominacoes-do-Templo.pdfAs-Abominacoes-do-Templo.pdf
As-Abominacoes-do-Templo.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
A-Lideranca-de-Moises.pdf
A-Lideranca-de-Moises.pdfA-Lideranca-de-Moises.pdf
A-Lideranca-de-Moises.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Quando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdf
Quando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdfQuando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdf
Quando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
A-Pessoa-do-Lider.pdf
A-Pessoa-do-Lider.pdfA-Pessoa-do-Lider.pdf
A-Pessoa-do-Lider.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdfEzequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Contra-os-Falsos-Profetas.pdf
Contra-os-Falsos-Profetas.pdfContra-os-Falsos-Profetas.pdf
Contra-os-Falsos-Profetas.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
A Falta que Faz um Líder.pdf
 A Falta que Faz um Líder.pdf A Falta que Faz um Líder.pdf
A Falta que Faz um Líder.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
A-Lideranca-de-Josue.pdf
A-Lideranca-de-Josue.pdfA-Lideranca-de-Josue.pdf
A-Lideranca-de-Josue.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Livros_da_biblia.pdf
Livros_da_biblia.pdfLivros_da_biblia.pdf
Livros_da_biblia.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pptx
10 Resumo Discipulado  3 a 9.pptx10 Resumo Discipulado  3 a 9.pptx
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pptx
JooAlbertoSoaresdaSi
 
O Batismo nas Águas.pdf
O Batismo nas Águas.pdfO Batismo nas Águas.pdf
O Batismo nas Águas.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Estudo sobre os Batismos.pdf
Estudo sobre os Batismos.pdfEstudo sobre os Batismos.pdf
Estudo sobre os Batismos.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Curso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdf
Curso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdfCurso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdf
Curso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docxESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
JooAlbertoSoaresdaSi
 
escola-de-batismo-2021 (1).pdf
escola-de-batismo-2021 (1).pdfescola-de-batismo-2021 (1).pdf
escola-de-batismo-2021 (1).pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
escola-de-batismo-2021.pdf
escola-de-batismo-2021.pdfescola-de-batismo-2021.pdf
escola-de-batismo-2021.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Discipulado-para-o-batismo-consciente.pdf
Discipulado-para-o-batismo-consciente.pdfDiscipulado-para-o-batismo-consciente.pdf
Discipulado-para-o-batismo-consciente.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pdf
10 Resumo Discipulado  3 a 9.pdf10 Resumo Discipulado  3 a 9.pdf
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 

Mais de JooAlbertoSoaresdaSi (20)

manual_celula_goye.pdf
manual_celula_goye.pdfmanual_celula_goye.pdf
manual_celula_goye.pdf
 
Estudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdf
Estudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdfEstudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdf
Estudos Bíblicos Ouvindo a Voz de Deus.pdf
 
As-Abominacoes-do-Templo.pdf
As-Abominacoes-do-Templo.pdfAs-Abominacoes-do-Templo.pdf
As-Abominacoes-do-Templo.pdf
 
A-Lideranca-de-Moises.pdf
A-Lideranca-de-Moises.pdfA-Lideranca-de-Moises.pdf
A-Lideranca-de-Moises.pdf
 
Quando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdf
Quando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdfQuando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdf
Quando-se-Vai-a-Gloria-de-Deus.pdf
 
A-Pessoa-do-Lider.pdf
A-Pessoa-do-Lider.pdfA-Pessoa-do-Lider.pdf
A-Pessoa-do-Lider.pdf
 
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdfEzequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
 
Contra-os-Falsos-Profetas.pdf
Contra-os-Falsos-Profetas.pdfContra-os-Falsos-Profetas.pdf
Contra-os-Falsos-Profetas.pdf
 
A Falta que Faz um Líder.pdf
 A Falta que Faz um Líder.pdf A Falta que Faz um Líder.pdf
A Falta que Faz um Líder.pdf
 
A-Lideranca-de-Josue.pdf
A-Lideranca-de-Josue.pdfA-Lideranca-de-Josue.pdf
A-Lideranca-de-Josue.pdf
 
Livros_da_biblia.pdf
Livros_da_biblia.pdfLivros_da_biblia.pdf
Livros_da_biblia.pdf
 
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pptx
10 Resumo Discipulado  3 a 9.pptx10 Resumo Discipulado  3 a 9.pptx
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pptx
 
O Batismo nas Águas.pdf
O Batismo nas Águas.pdfO Batismo nas Águas.pdf
O Batismo nas Águas.pdf
 
Estudo sobre os Batismos.pdf
Estudo sobre os Batismos.pdfEstudo sobre os Batismos.pdf
Estudo sobre os Batismos.pdf
 
Curso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdf
Curso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdfCurso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdf
Curso-de-Batismo-e-Novos-Membros.pdf
 
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docxESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
ESTUDO PREPARATÓRIO AO BATISMO.docx
 
escola-de-batismo-2021 (1).pdf
escola-de-batismo-2021 (1).pdfescola-de-batismo-2021 (1).pdf
escola-de-batismo-2021 (1).pdf
 
escola-de-batismo-2021.pdf
escola-de-batismo-2021.pdfescola-de-batismo-2021.pdf
escola-de-batismo-2021.pdf
 
Discipulado-para-o-batismo-consciente.pdf
Discipulado-para-o-batismo-consciente.pdfDiscipulado-para-o-batismo-consciente.pdf
Discipulado-para-o-batismo-consciente.pdf
 
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pdf
10 Resumo Discipulado  3 a 9.pdf10 Resumo Discipulado  3 a 9.pdf
10 Resumo Discipulado 3 a 9.pdf
 

Último

Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 

Último (10)

Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 

Encontro de casais

  • 1. 1/20 COMO ORGANIZAR UM ENCONTRO DE CASAIS EVANGÉLICOS PASSO A PASSO Graça e Paz queridos! Ao começar esse ano fui convidada para ser Organizadora de Evento na minha igreja. A principio fiquei nervosa(rsrs),Mas logo tratei de me acalmar,e receber esse ministério tão serio e abençoado que esta sendo confiadoa mim. Trabalhar para Deus tem um sabor muito especial mas não é fácil, pois temos que renunciar muitas coisas. Todos os crentes são chamados para servir, pois fomos criados para servir O próprio Jesus deixou-nos o maior exemplo de serviço voluntário. Ele disse dele mesmo: “Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos.” Mateus 20:28. Trabalhar Para o Senhor Nunca SeráEm Vão "Você é um instrumento de Deus e Deus quer te usar grandemente, vamos trabalharpara o Senhor e fazer com que vidas se aproximem de Jesus Cristo Salvador" Tem versículo que resume em poucas palavras essa pergunta é o de Tiago 2:26 "A fé sem obras é morta". Não adianta só dizer que somos cristãos e que cremos em Deus, temos que fazer a obra do Pai também, trabalhar para o Senhor, evangelizando a Palavra, através de louvores, pregações, demostrações no cotidiano da sua vida, testemunho, atitudes de fé... Nós como cristãos devemos descobrir nosso papel, por exemplo muitas pessoas que são tímidas mas tem uma facilidade de escrever, outros ficam nervosos para falar em públicomas para louvar consegue, descubra qual é o seu dom e qual é a sua função na obra do Senhor através de oração, com certeza você vai sentir em seu coração qual é o seu papel. Trabalhar para o Senhor deve ser um ato de amor e de gratidão, é o que o nosso Senhor Jesus Cristo nos pede em Marcos 16 15 "Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas". Vale muito a pena trabalhar para o Senhor,saiba que através de sua evangelização seja de qualquer forma você estará plantando em algum coração uma semente que num futuro breve brotará com mudança de vida e o mais importante aproximandoaquela pessoa mais de Jesus. Não queira nada em troca irmão e irmã que faz a obra do Senhor, você pode não ganhardinheiro, ou conquistar os seus desejos, mas você poderá ganhar uma coisa muitomais valiosa, que vale mais que todo o ouro e toda a prata, que é o céu, junto ao nosso Deus Pai Todo Poderoso. Já diz um cântico da harpa cristã "trabalhai e orai, na seara e na vinha do Senhor, meu desejo é orar e ocupado quero está. Sim, na vinha do Senhor". Então mão a obra !vamos trabalhar para o Senhor. O objetivo desse blog é orientar você que assim como eu que esta frente de um trabalhona sua igreja,e que as vezes as ideias somem,ou não tem nenhum experiencia na área a qual você foi resignada. Então Acompanhe nosso blog que juntos aprenderemos ,a ser mais capacitado para trabalhar para DEUS. Os artigos aqui serão postados são resultado de um pesquisas detalhada na internet. então certamenteque os créditos serão dado no final de cada post! Deus te abençoe!. O QUE É UM ENCONTRO DE CASAIS COM CRISTO Encontro de Casais com Cristo é um trabalho religioso voltadoa casais e à instituição do matrimônio. Um dos ministérios mais comuns nas igrejas evangélicas é o de casais. O principal objetivo dogrupo de casais é criar base para a formação de uma família forte e unida. A partir do fortalecimento dos casais, as famílias se tornam mais fortes e sólidas. Nos encontros de casais evangélicos, diversos assuntos colaboram para o crescimento pessoal, desde saúde e finanças até relacionamento sexual e crescimento espiritual do casal. O planejamento de uma reunião de casais deve ser feita com cautela e precisão. Muitos convidados costumam comparecer nestas reuniões e o encontrode casais evangélicos é a primeira experiência em uma igreja, por isso, um evento mal planejado, feito sem dedicação, acaba sendo um mau testemunho.
  • 2. 2/20 Para quem ainda não está acostumado com essas reuniões, alguns passos simples podem ajudar a realizar um bom encontro de casais evangélicos. Neste texto, vamos enumerar as principais atividades que podem fazer parte de uma reunião de uma igreja evangélica. Desde a preparação até o evento, alguns cuidados são essenciais para um evento de sucesso. O líder que busca como fazer uma boa reunião de casais vai sempre ter resultados positivos e surpreendentes. O fortalecimento das famílias pode começar nesses encontros. O encontro de casais evangélicos é fundamental porque nem sempre assuntos relacionados à família podem ser abordados em pregações. Um pregação de domingo, porexemplo, não vai focar em dificuldades na relação sexual ou passar dicas de economia familiar. As reuniões de casais servem para trazer este amparo às famílias cristãs. Além disso, o clima mais informal ajuda as pessoas a se soltarem e se identificarem com os problemas levantados. Os líderes devem, acima de tudo, proporcionarum clima amistoso e amável, onde todos se sintam à vontade para falar, dar opinião e fazer perguntas, mas também devem estar dispostos a atenderem casais individualmente. Em casos de reuniões rotineiras, não são necessários algumas medidas, como decoração e convites impressos, mas realizamos um levantamento completo para que você decida o que deve realmente ser feito. Organização A organização de uma reunião pode parecersimples, mas dividindo em partes podemos organizar um encontro de casais evangélicos mais produtivo. Em primeiro lugar, devemos ter um objetivo claro, seja dar boas-vindas aos membros, fortalecer os casais, trazer crescimento espiritual, ou usar o encontro paraevangelizar. Após o objetivo definido, podemos realizar um cronograma. Uma reunião para trazer crescimento espiritual, por exemplo, pode ter um cronograma bem diferente de uma reunião para abordara sexualidade. Além disso, o cronograma vai nos ajudar a detalhar o evento, como escolhero local, horário e público-alvo. Dois pontos que andam juntos é a escolha do local e o orçamento. Há quem prefira escolher um local primeiro, para depois definir o orçamentoe há quem ache melhor definir um orçamento(por casal ou geral) para depois irem atrás do local. Não existe certo ou errado, depende do objetivo, época do ano, igreja etc. A liderança só não pode esquecer de incluir no orçamento outros gastos, como condução, alimento e lembranças, por exemplo. O público-alvo normalmente são os casais da igreja, mas é bom, às vezes, realizar eventos evangelísticos. Além disso, em igrejas maiores, o público-alvopode estar dentro do universo de casais, como por exemplo, casais com situação financeira ruim, casais recém casados, casais com filhos… É importante a liderança eleger a equipe que participará da reuniãoe definir as tarefas de cada pessoa. Recomenda-se colocar casais para trabalharem juntos, na mesma função. Alguém deve fazer a recepção, outro casal pode fazer as dinâmicas. Outro casal pode ser responsável pelo orçamentoe assim por diante. Se a reunião incluir uma refeição, um casal pode ficar responsável por esta tarefa, por exemplo. Outro fator importante na organizaçãode um encontro de casais evangélicos é a divulgação. Além de recados no púlpito, nos cultos tradicionais, a divulgação pode incluirredes sociais, cartazes, convites e folhetos. Uma ideia, que algumas igrejas realizam quando realizam encontros especiais, é fazer um mural com fotos dos casais que confirmam presença. Isso estimula outros casais a participarem e ainda ajuda os mais tímidos a se identificarem com este ou aquele casal. No dia do evento, os participantes devem se concentrarem suas tarefas, sem se esquecer do preparo do local. A decoração, se houver, disposição de cadeiras, mesa, equipe de som e outros detalhes devem ser listados antes do evento, para que no dia da reunião possa ser feito um “check list”, lista de checagem. Realização do evento Recomendamos que todo encontro de casais evangélicos, especial ou de rotina, devem ter uma recepção. Ao menos um casal deve recepcionar os convidados, deixando-os confortáveis. Os recepcionistas devem iniciar o trabalho cerca de uma hora antes. Também é bom que a reunião comece no horário, mesmo com poucos casais, pois possíveis improvisos podem acontecermais tarde, em outras partes da reunião, e isso faria a reunião acabar muito tarde, deixandoos casais cansados e desmotivados a participarem do próximo encontro.
  • 3. 3/20 Alguém da equipe deve iniciar oficialmente a reunião, falandosobre a reunião, uma prévia doque será feito no decorrer da noite. Depois disso, pode ser realizado algum “quebra-gelo”, ou apresentação. Algo rápido que não demore mais de 10 ou 15 minutos. Em uma reunião de rotina, o evento pode ter um momentode louvor. Não precisa ter música evangélica romântica, mas é bom escolher louvores mais tranquilos. Além disso, não são necessárias muitas músicas para dar início à reunião. Duas a quatro canções são suficientes. Cerca de 20 minutos de louvor é o suficiente. Após o louvor, normalmente, como num cultotradicional, é feita uma oração e a palavra é passada ao preletor, que pode dar início ao estudoou pode iniciar uma dinâmica. Cada encontro de casais evangélicos tem um funcionamento próprio, não fique preso à regras, o objetivo é apresentar uma rotina, um guia, não um cronograma engessado. A dinâmica pode ser até mesmo após a palavra do preletor, ou no meio. Não é raro, o preletorfazer uma introdução, organizar uma dinâmica e concluir a reunião após a dinâmica. Outra forma bem comum de realizar o encontro de casais evangélicos é separando homens e mulheres, assim a mensagem é mais direcionada. A separação entre homens e mulheres funciona muito bem, pois faz que o participante se identifique com os demais, e perceba que seu problema é muito semelhante a de outro casal. Após a palavra, pode ser feita uma oração final e os agradecimentos. Se houver jantar, ou lanche, recomenda-se que seja feita ao final de tudo porque alguns vão demorarmais tempo para comer, outros comem mais rápido, há ainda a questão do banheiro. Não é uma boa ideia planejar algo após os comes e bebes. Recomenda-se que a última etapa de uma reunião de casais deve ser esta, se houver. Em algumas igrejas, os encontros de casais evangélicos não possuem tempo de lanche, o que também é bom para evitar que os convidados saiam muito tarde, ou quando a equipe de casais é pequena e não tem como ficar até o fim para organizar e limpar o local. Se o evento for durante a semana, a etapa de lanche pode ser evitada Como organizar um encontro de casais de sua igreja Sempre postamos diversos textos sobre eventos e encontro de casais, cada qual com um objetivo específico. Recebemos muitas dúvidas de pessoas que estão iniciando o trabalho e precisam de algumas orientações mais específicas. Aliás, mesmo líderes mais experientes sempre buscam novas informações e ideias para seus encontros de casais. Este texto é mais objetivo e direto, facilitando o trabalhode quem não tem a menor ideia de como começar o evento. O mais importante é o carinhoe dedicação, mas sempre com leveza e descontração, por mais tradicional que sua igreja seja, lembre-se que as reuniões de casais podem ser mais informais, como um verdadeiro encontro de amigos, onde todos podem falar e conversar. Se você não quer perder nada destas dicas, recomendamos que você imprima ou copie e cole este texto em um arquivo do word pra você nãose esquecer de nenhum detalhe, e nem se atrapalhar na execução das tarefas. Para realizar um encontro de casais diferentes as melhores opções são um almoço ou um jantar especial. Muitos optam pelo jantar, normalmente realizados às sextas ou sábados, mas ultimamente os almoços nos sábados ou domingos tem ganhado a preferência entre os líderes de casais, isso porque o tempo é mais flexível, os locais são mais fáceis de acertar e evita-se conflitos com outros eventos da igreja. Outra dica para realizar seu encontro de casais é planejar este evento diferenciado em um feriado de sexta-feira, por exemplo. Seja qual for o tema, o horário, o local, recomenda-se que encontronão seja um mero acaso, alguma palavra pode ser ministrada e o principal alvodo encontrodeve ser o fortalecimento das famílias. Vamos lá! Quer realizar seu evento? A primeira parte é escolher o dia e o horário. A partir daí, você poderá realizar as demais etapas do planejamento, mas sem a definição da data e do horário, fica difícil pensar em um local, um tema, quem vai pregar etc. Recomenda-se que o encontro comece a ser planejado de trintaa sessenta dias de antecedência. Isso dá tempo para definir o espaço e o confirmar o preletor. A liderança
  • 4. 4/20 Em igrejas menores, normalmente, os grupos de casais são liderados por um casal. Em igrejas maiores mais de um casal lidera o grupo e estes casais ficam submetidos a uma autoridade da igreja, um pastor ou um diácono, por exemplo. A liderança ficará responsável pelo grupodurante o ano. Devem prepararo calendário, os eventos e tudo mais, mas para não tornar o texto cansativo, vamos nos ater ao encontrode casais em si. A liderança da equipe de casais deve se responsabilizar por tudo o que envolve a organização, como por exemplo, confirmar o local, definir um tema, definir quem levará a palavra, organizar as finanças, fazer a decoração (se houver), divulgar o evento, distribuir os convites e, se houver música, combinar com as pessoas responsáveis sobre as músicas a serem tocadas. Onde fazer? Há quem prefira já escolher o local do evento assim que o dia e o horário são definidos. No entanto, algumas vezes você pode definir o local depois que fizer o planejamento completo, assim você terá uma ideia do espaço necessário, e de tudo mais que vai precisar. Se você está iniciando o grupode casais de sua igreja, recomendamos que realize o encontro de casais na própria igreja ou um local que você já conheça e tenha certeza que não terá problemas. Lembre-se que, ao escolher um local, você deve ter certeza que os convidados tenham facilidade de chegar (não seja em ruas desconhecidas ou locais muito longes), certifique-se que mesmo que chova o evento possa acontecer e, claro, que o espaço seja suficiente para o tanto de casais que deve comparecer. Para quem está começando, talvez, a melhor dica seja realizar o encontro na própria igreja. Mesmo que seja um almoço ou jantar, a liderança pode utilizar o espaço da igreja para realizar o evento. Na maioria dos eventos realizados na própria igreja, o encontro é feito no estilo “americano”, onde cadacasal leva um prato ou uma bebida (suco ou refrigerante). Tenha um propósito Não faça um evento por fazer, para dizer que o grupo de casais está movimentado, que as coisas estão acontecendo e que todos estão gostando. O propósitode um encontro de casais cristãos é fortalecer as famílias, por isso, é preciso um propósito concreto, um objetivo, que pode ser homenagearas mulheres, os pais, falar de união, falar de comunicação, evangelizar outros casais (convidados) etc. Com um tema, um assunto, em mente, os demais passos ficam mais fáceis de se dar. Sem um objetivo claro, o encontro ficará muito vago e perderá sentido. Lembre-se que um encontro de casais especial (almoço ou jantar) precisa de algo diferente, que justifique o evento. O preletor Agora que você já tem dia, horário, local e tema, fica mais fácil convidar o preletor da noite, a pessoa que levará o estudo. Muitas vezes, quando o líder de casais é novo, decidem chamar alguém da própria igreja para isso, ou a própria liderança decide levar o estudo no encontro de casais. Recomenda-se que o estudo não demore mais de quarenta minutos. Em geral, meia hora de palavra é o suficiente. Convites e divulgação Definidos o dia, horário, local, preletor, tema, você já pode iniciara divulgação do evento e a distribuição dos convites. Mesmo que o grupo seja pequeno, é bom fazer convites para tornar o encontro de casais mais organizado. Não precisa ser nada demais, apenas para um controle da equipe. Se você está organizando seu primeiro encontrode casais, tente fazer uma lista conforme as pessoas confirmem presença. Assim você terá noção de como realmente será o evento. Decoração A liderança do grupo deve definira organizaçãodo espaço. Se for em restaurante, ou pizzaria, a reserva deve ser feita com antecedência. Se for outro local, o grupodeve ir atrás de mesas, cadeiras, talheres, toalhas de mesas (o tecido tnt é muito utilizado em encontro de casais como toalha de mesa), guardanapo.
  • 5. 5/20 A decoração não precisa ser como em um casamento, mas a liderança deve se preocupar com que todos se sintam confortáveis. Se o evento tiver palavra, música, dinâmica, a liderança deve planejar onde cada coisa será feita, como será feita, o equipamento que será utilizado deve ser verificado. Por isso, recomendamos que os líderes iniciantes evitem grandes preocupações e realizem algo mais simples, com um estudo e o jantar apenas, sem música, louvor ou dinâmicas. Deixe isso para eventos futuros, ou para os encontros de casais semanais. Encontro à americana Se o encontro for à moda americana, certifique-se que haverá bastante variedade de comidas e bebidas. A dica é que a liderança faça uma lista do que levar, e distribua para os participantes, assim evita-se que vários convidados levem a mesma coisa e que falte outras. Nossa dica do que levar. Descartáveis (se necessário) Bebidas (refrigerante e suco. Alguns casais não bebem refrigerante). Água (sempre esquecem de água, mas sempre tem alguém que quer água) Carnes variadas (não levar só carne de boi ou só frango) Acompanhamento(arroz, feijão, legumes, molhos, salada…) Sobremesa Talheres para servir (também acontece de esquecerem os talheres de servir, e o grupo não tem como pegar a comida) Com essa lista simples já é possível realizar um bom encontro de casais. No dia No dia do evento, a liderança deve chegar com antecedência e recepcionar os convidados, explicandocomo será o encontro de casais, não precisa ser detalhadamente. Cronograma Para um encontro de casais simples, a ordem proposta do evento é a seguinte: Recepção Abertura (oração e agradecimentopelo comparecimento de todos) Quebra gelo (não é obrigatório, e deve ser rápido e simples) Palavra (estudo levado pelo preletor) Oração pela refeição Refeição Finalização (ao perceber que um ou outro casal já está de saída, a liderança pode agradecer a presença de todos e realizar uma oração final). DINÂMICAS PARA CASAIS Uma boa maneira de deixar as reuniões de casais mais interativas é realizar algumas dinâmicas para casais. A participação das pessoas faz que o grupo se sinta mais amigável e participativo. Essas brincadeiras não precisam ser realizadas em todas as reuniões, mas é uma boa alternativa para aprendermos de forma lúdica algumas verdades sobre o casamento e como lidar com algumas rotinas de um relacionamento. São brincadeiras simples que podem ser realizadas tanto em igrejas pequenas como igrejas com grande número de participantes, basta organizaçãoe adaptação. Neste texto separamos algumas dinâmicas que podem ser colocadas em prática por todogrupo de casais. As dinâmicas para casais podem ser realizadas antes da palavra da reunião, como introduçãodo que será dito. Outro uso muito comum destas brincadeiras é em retiros. Além de divertir o grupo, as dinâmicas ajudam a refletir sobre assuntos que muitas vezes não pensamos. Selecionamos algumas dinâmicas que podem servir de gancho para um assunto a ser abordado num encontrode casais. Comunicação em dia
  • 6. 6/20 Esta é uma das dinâmicas para casais mais criativas e desafiadoras que existem. É uma ótima oportunidade de falar sobre saber comunicar e saber ouvir. Um dos parceiros vai receber um desenho, mas não pode mostrar para o outro. A outra pessoa vai receber um papel em brancoe uma caneta, ou lápis, para tentar desenhar a mesma coisa. O desafio é que a pessoa com o desenho é quem vai ficar dizendo o que o outro deve desenhar, sem fazer gestos, apenas falando. Os desenhos devem ser traços simples, mas abstratos. Exemplos de desenhos. ………………………………………………………………………………………………………………………………………………… Caixa misteriosa Esta brincadeira é bem divertia e pode ser realizada indicada para outros grupos, como o de adolescentes ou jovens. Esta é uma das dinâmicas para casais mais simples de fazer, e interessantes de participar. O líder deve pegar uma caixa de sapato e encher de papel, jornal, pano, ou qualquer outracoisa que dê um certo volume na caixa. No fundo da caixa o líder deve colocar uma barra de chocolate, ou qualquer outra guloseima, e um papel escrito “coma o chocolate”. No início da brincadeira, o líder explica que vai brincar de batata quente e os participantes devem repassar a caixa um para o outro. No final, quem ficar com a caixa vai ter que cumprir a tarefa que estiver proposta lá dentro. O líder pode amedrontar os participantes dizendo que tem que cumprir, mesmo que seja difícil, ou que não pode ficar com vergonha. Enfim, os participantes devem ficar com medo de serem castigados. A brincadeira começa ao estilo batataquente. O líder pode ficar de costas para o grupo, cantando uma música, ou pode colocar um som tocando, e parar de repente. Quem ficar com a caixa na mão pode escolher em cumprir a tarefa secreta ou sair da roda. Se escolher sair da roda, a brincadeira continua até alguém decidir que vai cumprir a tarefa, ou até o último participante ficar com a caixa na mão, aí ele não tem escolha, vai ter que cumprir a tarefa. Ao ver que sua tarefa será comer o chocolate, todos vão perceber que a tarefa era boa. Esta dinâmica serve para mostrar que muitas vezes ficamos com medo de uma situação, sem necessidade. Quando confiamos em Deus, podemos enfrentar as dificuldades sem ficar sofrendo antecipadamente. Recomendamos a leitura de 1 Pedro 5:7. Para frente e para trás Para esta dinâmica, o líder precisa fazer uma marcação no chão. Pode ser com fita adesiva, durex, linha etc. Esta marcação vai servir como uma espécie de “marco zero”, posição inicial da brincadeira, linha de partida. Os casais devem ficar alinhados nesta marcação. O líder vai fazer algumas perguntas sobre o relacionamento. Perguntas simples que sejam respondidas com SIM e NÃO. Para cada resposta SIM, o participante dá um passo à frente, e para cada resposta NÃO, um passo para trás. Vence quem , ao final das perguntas, estiver mais à frente. O líder precisa tomar cuidado com as coerências das perguntas, lembrandoque SIM deve sempre ter um caráter positivo. Por exemplo, não faz sentido perguntar“o casal teve algum bate boca nesta semana?”, pois se o casal responder SIM vai dar um passo à frente, mas se eles brigaram nesta semana isso não é bom, não é mesmo? O ideal seria perguntar “o casal conseguiu ficar sem bater boca nesta semana?” Exemplos de perguntas que podem ser feitas: Você disse “eu te amo” hoje? Você lavou a louça nos últimos três dias? Você preparou uma refeição nesta semana? Vocês assistiram um programa de televisão (ou um filme, por exemplo) sozinhos (sem os filhos) nesta semana? Um programa que os dois gostam de ver. Você fez massagem em seu parceiro nesta semana, sem “segundas intenções”? Você comprou algum presente para seu parceiro nesta semana? Você fez alguma surpresa para seu parceiro nesta semana? Não necessariamente ter comprado algo, mas uma refeição, levar para sair etc.
  • 7. 7/20 Vocês conversaram sobre a próxima viagem de férias, nesta semana? Seu parceiro sabe tudo o que você comprou (com o que você gastou) nesta semana? Seu parceiro te levou para passear nesta semana? Sem você pedir. Este exemplo é bem simples para que busca dinâmicas para casais que possam ser realizadas sem muita produção. Vale cartão Esta atividade também é bem simples e deve ser feita com grupos que se reúnem sempre. Cada pessoa receberá 3 cartões. Em cada cartão a pessoa deve escrever um favor ou mimo que deseja receber de seu cônjuge nos próximos dias. Cada cartão só deve ser uado uma vez, como uma forma de pagamento. Exemplos de mimos: uma massagem, levar para passear, um café da manhã na cama, um jantar romântico, um almoço em restaurante que escolher, ganhar um chocolate etc. O objetivo é conhecer melhor o que o parceirogosta de receber, para que não precise ficar pedindo sempre. Ressalte também que, com a comunicação em dia, não é preciso que cartões sejam feitos, a simples conversa pode gerar estes mimos periodicamente. Esta é uma das dinâmicas para casais que podem ser feitas para que a liderança prepare o grupo parauma reunião específica. Perguntas ocultas Esta brincadeira costuma ser bem popular entre os casais. É uma daquelas dinâmicas para casais que podem ser feitas em retiros, ou reuniões que o grupo já se conheça um pouco. Cada participante responde uma série de perguntas sobre seu parceiro e depois comparam as respostas para ver quem acertou mais. É importante ressaltar que para cada pergunta devem existir dois campos de resposta, uma para a resposta de quem está escrevendo e outra para que ele coloque o que acha que o parceirovai responder. Por exemplo, para a pergunta “qual a sua cor favorita?”, a esposa tem que responder sua cor favorita e qual a cor favorita do marido. É importante que os casais sejam separados, se possível em diferentes salas, ou ambientes. Se não for possível, a dica é coloca-los de costas um para o outro, e distantes, para que não soprem respostas, ou deixem escapar alguma resposta. Cada participante recebe uma folha com as perguntas. Para facilitar, e não haver confusão, paracada pergunta coloque dois campos. Coloque no primeiro campo“sua resposta” e no outro campo“meu parceiro vai responder”. Exemplos de perguntas: Qual o prato mais saboroso que já comeu? Qual a sobremesa favorita? Qual a melhor viagem que já fez? O que mais gosta de fazer quando tem um dia livre? Qual seria a viagem dos sonhos? Qual o dia que se sentiu muito triste? O que faria se ganhasse R$ 10 mil hoje? O que faria se ganhasse R$ 1 milhão hoje? Se pudesse escolher qualquer país (ou cidade) paramorar, qual seria? Qual o programa de televisão preferido? Qual o site que mais gosta de visitar? O que mais gosta de ver no Youtube? Qual cantor (ou grupo musical) gospel favorito? Cartão invertido Esta dinâmica é simples e é mais uma brincadeira para descontrair. O líder distribui cartas para os maridos. A carta estará fechada, e por fora, o marido só vai escrever seu nome e o da esposa “de: Fulano Para:
  • 8. 8/20 Fulana”. O marido não pode ler a carta, só vai assinar e entregar para as esposas. As mulheres vão ler a carta. Provavelmente ficarãofuriosas. O líder vai escolher uma mulher para ler o bilhete em voz alta. Depois, vai escolher um marido e pedir para ele ler o bilhete, só que de traz para frente. O bilhete será o seguinte: Não te amo mais. Estarei mentindo dizendo que Ainda te quero como sempre quis. Tenho certeza que Nada foi em vão. Sinto dentro de mim que Você não significa nada. Não poderia dizer jamais que Alimento um grande amor. Sinto cada vez mais que Já te esqueci! E jamais usarei a frase EU TE AMO! Sinto muito, mas tenho que dizer a verdade É tarde demais… Após a leitura desta carta, diversos assuntos podem ser colocados em pauta. Pode-se falar de como é importante a comunicação do casal. Saber falar as coisas bem claramente as coisas. Não sair interpretando as coisas como vêm na nossa cabeça. Ou ainda, sobre fazer surpresas, pois assim como as esposas ficaram surpresas ao ler a carta de trás para frente, pequenos mimos mudam o humor de uma pessoa instantaneamente. Boa reunião Essas são algumas dinâmicas para casais que podem ser realizadas em qualquer situação, reuniãorotineira ou retiros. Também pode ser adaptadas para grupos pequenos ou grandes. O líder deve sempre estar atento às opiniões do grupo para realizar quaisquer tipos de mudanças nas dinâmicas, a fim de torna-las mais agradáveis e divertidas para o seu grupo. DINÂMICAS RÁPIDAS PARA REUNIÃO DE CASAIS Quem lidera um grupo de casais sabe como é complicado realizar encontros diferentes do tradicional. Nem sempre temos tempo, espaço ou material para realizar tudo o que queremos. As dinâmicas rápidas servem como um coringa na manga dos líderes da equipe de casais. Selecionamos algumas dinâmicas rápidas que podem ser feitas em qualquer ocasião. Pode ser para momentos que o encontro está adiantado, e a liderança precisa fazer algo para ganhar tempo, ou complementar um imprevisto; também podem ser feitas nas reuniões semanais para dar início ao evento. Você pode guardar essas dinâmicas para quandoachar necessário. Além de servirem em qualquer ocasião, podem ser feitas em igrejas grandes ou pequenas e ainda podem ser feitas em qualquer espaço. As dinâmicas aqui selecionadas não precisam ser feitas todas em um único dia. Recomendamos que você imprima, ou salve o site em seus favoritos, para selecionar uma dessas dinâmicas quando for necessário. Em outros textos listaremos dinâmicas mais completas e complexas, mas neste texto escolhemos aquelas que são mais simples de serem realizadas e que não dependem de muito material, nem exigem espaços grandiosos. Lembre-se que você pode adaptaras brincadeiras para se tornarem mais adequadas à sua igreja. Outra dica é sempre ouvir a opinião dos próprios participantes. Ao terminar a brincadeira, sempre pergunte o que acharam e se alguém tem alguma sugestão para uma próxima vez.
  • 9. 9/20 Guia Nesta dinâmica, a liderança prepara um caminhocom obstáculos, não precisa ser muito longo, mas deve conter algumas dificuldades como mesa no caminho, cadeiras enfileiradas e rotas estreitas. A brincadeira consiste em um membro do casal (tanto faz a esposa ou o marido) ficar de olhos vendados e o outro deve guiá-lo no caminho cheio de obstáculos, apenas por toques. Sem falar e sem segurar na mão. O objetivo é demonstrar como é importante saber se comunicar mesmo sem palavras. E um confiar no outro. Esta é uma das dinâmicas rápidas que mais fazem sucesso nas reuniões de casais. É simples, mas desafiador. Se houver tempo, depois os casais podem mudar de função, ou seja, quem foi guiado na primeira vez, passar a dar as coordenadas, e quem coordenou na primeira vez, fica de olhos vendados na segunda rodada. Para melhor desenvolvera brincadeira, o ideal é que este caminho esteja “escondido”, em uma sala separada. Os casais só entram na hora que forem brincar. Apenas um casal por vez. Assim, quem fica de fora não tem como “planejar”, ou memorizar o caminho. Se não for possível fazer o caminho em uma sala separada, a dica é que a cada casal, o caminho seja modificado, para que o próximo participante não decore o trajeto. Quem é seu par? Esta dinâmica é mais simples ainda. Um membro do casal terá os olhos vendados. A liderança seleciona o cônjuge desta pessoa com outras parecidas fisicamente. Essas pessoas (podem ser de cinco a dez) ficam sentadas. Quem está de olhos vendados deve reconhecerseu cônjuge apenas tocando na cabeça, ou orelhas. O mais recomendado é que um parceiro reconheçao outroapenas pelas orelhas, pois pela cabeça toda fica mais fácil por causa do cabelo. Não é permitido falar. Recomendamos que um líder guie a pessoa vendada para colocar as mãos na orelha e não deixar que a pessoa tente tocar o cabelo, principalmente se a pessoa vendada for homem, pois tocar no cabelo da mulherfica muito fácil para reconhecer. É melhor que a pessoa vendada fique por trás das pessoas sentadas, tendo o acesso às orelhas mais facilmente. Além disso, quem tem cabelo grande deve amarrar, ou segurar paraque não recaiam sobre as orelhas, e quem usa brinco deve tirá-los. O objetivo é demonstrar que existem detalhes em nosso parceiro que não conhecemos muito bem. Os participantes devem percebercomo é difícil reconhecer o parceiro apenas pelas orelhas. Ainda que acertem seus cônjuges, a tarefa não é fácil. Cônjuge misterioso O nome da brincadeira pode ser mudado para “esposa misteriosa ou marido misterioso”. Essa é uma das dinâmicas rápidas mais fáceis de se aplicar e mais divertidas também. Cada pessoa recebe um papel em branco e uma caneta. Neste papel a pessoa escreve cinco características da personalidade de seu parceiro, sem que ninguém mais leia. Quando todos tiverem listado as características, o líder pega todos os papéis e mistura. Depois, ele lê um por um e o grupo deve acertar quem é a pessoa listada. Quem escreveu a lista que está sendo lida não pode falar que o papel é dele, deve agir naturalmente, fingindo que nãosabe de quem é. Depois de um tempo, quem fez a lista pode dizer que a lista é dele. O objetivo é fazer os casais refletirem sobre como é visto um pelo outro e, ao mesmo tempo, ressaltar como é importante destacar as características positivas de nosso cônjuge. Uma tarefa para você Esta brincadeira também é bem divertida e pode ser adaptadade diversas formas. Basicamente, cada pessoa pega um papel e uma caneta e escreve o que deseja que a pessoa ao lado faça para pagar “um mico”. Depois que todos estiverem escrito o “castigo” do outro, o líder pede para todos mostrarem os papéis e explica que quem vai executar a tarefa é a própria pessoa que escreveu o castigo.
  • 10. 10/20 Essa brincadeira pode ter inúmeras adaptações e variações. No começo, o líder pode dizer que o castigo será o próprio cônjuge; pode ser, ainda, que líder peça que um casal escreva um mico para outrocasal. O líder não precisa dizer que o castigo será para a pessoa ao lado, mas simplesmente para “outra pessoa do grupo”. Em grupos maiores, é melhor determinar um mico para cada casal, e não um por pessoa. Outra dica legal para essa brincadeira é que ela pode ficar mais elaborada se a liderança levar alguns objetos diferentes e, no começo da brincadeira, ele deve dizer que o mico a ser feito deve ser realizado usando um dos objetos da mesa. Exemplos de objetos a serem levados, bola, panela, batom, maquiagem, bicho de pelúcia etc. Por ser fácil de adaptar, essa é uma das dinâmicas rápidas mais flexíveis que existem Pés trocados Existem diversas variações de dinâmicas rápidas parecidas com essa. O objetivo é demonstrar como dependemos um do outro é como é importante o casal se entender em momentos de dificuldades. A brincadeira básica é a seguinte. Os casais tiram os calçados. Quando o líder disser “já”, os casais devem colocar os sapatos, mas a esposa coloca o sapato no marido, e o marido coloca o sapato da esposa. Vence o casal que terminar primeiro. O interessante é que é bem provável que todos usem a mesma estratégia, os dois vão tentar colocar os calçados ao mesmo tempo, o marido na mulher e a mulher no marido, causando confusão e bagunça. Se o líder quiser, para deixar a brincadeira inda mais confusa, depois que todos tirarem os sapatos, ele pode misturar todos para tornara tarefa ainda mais difícil Em outras variáveis, ao invés de trocar os sapatos, a brincadeira é feita com um batom e uma gravata. O marido tem que passar batom na esposa e a mulher deve colocar a gravata no homem, amarrando corretamente. O líder pode levar a gravata e o batom para a reunião. Neste caso, o líder pode chamar um casal por vez para a brincadeira. Se o grupo for grande, não precisa que todos participem, apenas alguns para observarmos a dificuldade em fazer tarefas ao mesmo tempo. Por fim, outra variável é com roupas. Neste caso, exige um pouco mais de planejamento. O líder pode até avisar que as roupas serão colocadas uma por cima da outra, paraque o casal já saiba que tipo de roupa levar. O líder pode avisar uma reunião antes que os casais devem levar uma camisa e um casaco largos para a brincadeira. A gincana começa com os casais usando apenas uma camisa mais justa, para caber mais uma camisa e um casaco. A mulher deve vestir o marido e vice-versa. Neste caso, misturar as roupas também é legal porque causa ainda mais confusão. Divirta-se Ao final de cada dinâmica, o líder pode usar a brincadeira de “gancho” para iniciar a reunião. Estas cinco dinâmicas rápidas podem ser adaptadas e melhoradas por cada líder e até mesmo pelos participantes. Esperamos ajudar cada equipe de casais a realizar reuniões edificantes e divertidas, onde os participantes aprendam muito e fortaleçam suas famílias na rocha, Cristo Jesus. COMO PREPARAR UMA REUNIÃO DE CASAIS CRISTÃOS A preparação de uma reunião de casais deve ser feita com responsabilidade e dedicação. Normalmente, as igrejas dedicam um dia do mês para as reuniões, mas em algumas igrejas as reuniões de casais são realizam quinzenalmente, por isso, é importante que os participantes percebam que houve um preparo, para que não se decepcionem e acabem abandonandoas reuniões. Os líderes de casais evangélicos devem contar com apoiode outras pessoas, preferencialmente casais, mas nada impede que um solteiro ajude a organizar a sala, por exemplo, ou ajude no louvor. As reuniões devem ser agradáveis e, preferencialmente, não devem ser longas, principalmente se ocorrerem em dias da semana, pois muitas pessoas trabalham cedo no dia seguinte. É aconselhável que as reuniões ocorram das 19h às 20h ou, no máximo das 20h às 21h, mas é claro que este horário pode ser modificado de acordo com o perfil de cada igreja, de cada comunidade. Preparo
  • 11. 11/20 Sempre que assumimos um compromisso na igreja, devemos começar pela parte espiritual, leitura bíblica e oração. Depois disso é que podemos buscar temas, assuntos, material e correr atrás de toda a parte logística. Ao iniciar o processo de preparo para a reuniãode casais cristãos, a liderança deve ter bem claro qual será o objetivo do encontro, que pode ser desde iniciar um grupo novo, criar entrosamento, até preparar um jantar ou simplesmente abordarum assunto. Com um objetivo claro, podemos traçar a necessidade de um tema, caso o encontro seja para debatere levar conhecimento. É interessante criarum roteirodo encontro, com uma ordem estabelecida. Por exemplo: Chegada Recados Dinâmica Palestra Perguntas Despedida com “comes e bebes”. Com esta cronologia, fica mais fácil controlarmos a reunião e evitar imprevistos. Se possível, estabelecer horário para cada atividade pode facilitar ainda mais a condução doencontrode casais evangélicos. Tudo depende do líder. Mesmo quando o encontro for paradebater um assunto, organizar uma festa ou um retiro, a liderança deve planejar a apresentação das propostas, as opções disponíveis e até prever possíveis controvérsias. Não é porque o encontroserá para escolher um local para um retiro, que a liderança nãoprecisa organizar nada pensando “cada um vai dar uma sugestão e depois a gente vota”. Isso mostra despreparo e pode gerar imprevistos desnecessários. O ideal é a liderança pesquisar lugares e apresentar as sugestões, fazer levantamento de preços e apresentar propostas completas, até mesmo com fotos e imagens, mostrando ao grupo domínio sobre o assunto e informações precisas. Caso isso não seja feito, não adianta cada um apresentar uma proposta de lugar, sem saberem preço, distância, não verem fotos. A reunião, no fim das contas não vai definir nada. Material Por ocorrerem periodicamente em espaços longos, a liderança tem a oportunidade de preparar um bom material. O caráter mais informal de uma reunião de casais pode possibilitar de a liderança apresentar temas completos. Neste caso, apresentação de slides ajuda a deixar a reunião mais agradável. Dicas de livros e leituras bíblicas também são importantes. Ao fim da reunião, a liderança pode indicar um livroque aborde o tema da reunião, além de sugerir alguma leitura bíblica. Outra dica para preparar a sua reunião de casais cristãos com eficiência é pesquisar filmes cristãos para casais, como: A prova de fogo Encontro de Casais (não é o filme de comédia popular (com Adam Sandler), que não é cristão, mas sim o filme da Graça Filmes, dirigido por David de Vos) Questão de escolha Espaço físico A liderança do grupo de casais evangélicos tem o dever de prepararo espaço para o encontro. Isso significa que o local deve ser organizado, não só com cadeiras e mesas, mas com ‘datashow’ (se forem apresentados slides), mesa para as pessoas colocarem os “comes e bebes”, iluminação adequada, limpeza e equipamento de som adequado (se estiver programadoum louvor), são exemplos de cuidados que a liderança deve ter com o espaço físico a ser utilizado, seja na própria igreja, seja na casa de alguém ou qualquer outro ambiente.
  • 12. 12/20 Investir em casais é um importante passo da igreja cristã e não devemos desistir quando os problemas surgirem. Existem ótimas pregações, livros e filmes gospel sobre o assunto, portanto, prepare-se adequadamente e coloque-se sob a benção do Senhor. Boa reunião! DECORAÇÃO PARA JANTAR ROMÂNTICO DA EQUIPE DE CASAIS Um dos pedidos que mais recebemos por e-mail é de ideias para decoração para jantar romântico. Como não somos especialistas em decoração, vamos te dar algumas dicas preciosas, que valem a pena observar para você conseguir organizar, com sua equipe, um jantar românticopara todos. Você vai ver que alguns detalhes podem transformar um evento simples em um jantar com muitos elogios, agradandoaos convidados. Em primeiro lugar, devemos salientar que é sempre bom organizar um jantar de casais com pelo menos dois casais, ou seja quatro pessoas. As mulheres podem se atentar aos detalhes e os homens podem organizar a parte prática, financeira e de logística. Claro que no fim das contas, todos fazem de tudo um pouco, mas é bom, logo no começo, definir alguns objetivos para cada pessoa, assim vocês não ficam perdidos fazendo a mesma coisa, deixando outras de lado. Quando falamos em decoração para jantar romântico precisamos levar muitas coisas em consideração, por isso é tão difícil achar dicas objetivas na internet. Existem dois pontos que devem ser definidos antes de tudo: localização e orçamento. Normalmente, muitas igrejas realizam esses jantares de casais na própria igreja, o que facilita muito no orçamento. Outra dica, que muitas igrejas seguem, é ver se existem pessoas na igreja que tenham o espaço disponível. A igreja pode alugar este espaço. A primeira proposta é sempre alugar o espaço e se o proprietário quiser ceder, a igreja tem que se dispor a organizar tudoantes e depois do evento. Não são poucos problemas criados porque igrejas alugam salão de festa (ou qualquer outro espaço para o jantar) e depois deixam a bagunça para o proprietário. Enfim, o importante é definir o local. O orçamento também é primordial, talvez, até mesmo antes de definir o local. Se os organizadores pensam em fazer o jantar em um restaurante, buffet ou pizzaria, podem fazer um orçamento em vários locais para se ter uma ideia de quanto vai custar somente o aluguel da área. Como você está vendo, a organização de um jantar de casais parece até mesmo com a organização de um casamento. São muitos detalhes e custo. Uma dica para minimizar o impacto financeiro é organizar tudo com muita antecedência, para que os participantes possam juntar dinheiro. Uma dica, por exemplo, é definir já no começo do ano quando e onde será este jantar de casais. Normalmente, marca-se para o mês de maio, mas você pode escolher outra data para encontrar espaços mais em conta. Ao pensar em uma decoração para jantar romântico de casais evangélicos, pense em ume vento como um casamento, talvez, isso te ajude a pensar em detalhes, e até mesmo a encontrar coisas na internet como convites, lembranças, menu e até mesmo a decoração em si. Definindo os padrões Para termos uma linha de raciocínio, vamos começar e pensar na decoração para jantar romântico com um padrão a ser seguido, ou seja, o tema, e as cores. Via de regra, vermelho e branco são as cores que se costumam usar em decorações românticas, mas você pode fazer pequenas variações. Por exemplo, use vinho, marsala ou violeta ao invés de vermelho. Se você pesquisar por decorações de casamento, verá que as possibilidades de cores são bem mais amplas, e mantém a elegância. Cores com verde, rosa, marrom, dourado, azul real e laranja podem ser bem combinadas para criar um ambiente aconchegante. O importante é que você escolha duas cores para conseguir montar uma decoraçãoelegante. Pense na facilidade de encontrar objetos na cor escolhida. Lembre-se que cores muito diferentes vão dificultar suas escolhas futuras e que, normalmente, objetos em cores mais personalizadas podem sair mais caras. Até mesmo por isso, vermelho e branco são as favoritas. Provavelmente você vai pensar em flores. Evite as flores artificiais, pois normalmente tiram a elegância. Além disso, depois você vai ter que pensar em guardar essas coisas todas. As flores naturais são elegantes e vão dar um toque mágico ao evento. Talvez você esteja se perguntando quanto vai te custar uma decoração com flores. Nossa dica é comprá-las na feira, isso mesmo, nas feiras de rua, para comprar suas flores a um preço mais baixo. Os preços são muito menores do que os verificados em floriculturas. Com R$ 100 a R$ 200 você consegue montar de quatro a oito buquês (preços de maio de 2018) cheios. Esses buquês podem ser divididos em ornamentos menores, que podem decorar de quinze a trinta mesas.
  • 13. 13/20 Outro tipo de padrão que você pode definir é um tema, como corações, flores ou arabescos, por exemplo. Como se trata de um jantar romântico, essa definição precisa ser “amarrada”, é possível usar pequenas variações. O importante é não deixar as coisas muito diferentes. Salão e mesa Mais uma vez considerando que o jantarromânticode casais será realizado na própria igreja, ou um ambiente mais neutro, você pode pesar na decoraçãodo salão pensandonos seguintes itens: paredes, chãos e objetos decorativos. Uma observação que poucas pessoas pensam é que as mesas não precisam ser uma para cada casal. É comum, colar dois casais (e até três, quando as mesas são bem grandes) por mesa, economizando espaço e até toalhas de mesas. Em relação às paredes, veja que detalhes em tecido, quadros, molduras e iluminação podem fazer a diferença. Para incrementar a decoração parajantar romântico que está preparando, veja se é possível decorar o local com alguns quadros de temas românticos ou florais. Outradica é pedir que os casais lhe entreguem fotos impressas deles juntos. Essas fotos podem ser colocadas na parede para decorar. Se fizer isso você pode pensar em pedir até mesmo fotos antigas, para que os casais fiquem curiosos em ver os demais casais também. O chão pode ter um tapete ou um caminho. Você não precisa colocartapete por todo o salão, mas apenas no caminho de entrada, que leva às mesas. Veja se é possível colocar pequenas velas decorativas no chão. Siga um padrão. As velas poderiam ficar às margens do caminho, ou ao redor do salão. Pense, obviamente e manter essas velas longes de panos e tecidos ou de locais que a roupa da pessoa possam entrar em contato direto com a chama. Uma opção é colocar pequenos vasos de flores no chão também, ou no lugar das velas. As Calandivas(Flor-da-Fortuna) são uma boa opção. Os objetos decorativos podem ser poucos, mas bem distribuídos. O ideal é que na entrada se tenha um, e um ou outro nas laterais. Pense nestes objetos, o qual nos referimos, como aparadores ou mesas decorativas. Basta uma mesa, com uma bela toalha e em cima pode ter flores, velas, pétalas de flores e até um porta-retratos. Uma flor que dá muita elegância é o girassol. Dois girassóis na entrada do salão, uma de cada lado, pode dar um toque especial. Quando se fala em mesas e cadeiras, as variáveis são muitas. Vamos começar pelo mais simples que são as cadeiras. Basicamente você pode deixar a decoração para jantarromânticomais refinado com capas nas cadeiras. As mesas podem ser forradas com toalhas. Normalmente usa-se duas; além disso, muitas igrejas preferem usar o TNT na toalha “de cima”, que tem um custo mais baixo e você consegue encontrarem boa variedade de cores. Ao preparar uma decoração para jantar romântico, cuidadocom os exageros, pois muitos objetos na mesa podem atrapalhar a refeição, em especial as flores. Se for colocar flores nas mesas, use pequenos arranjos e que não tenham cheiro forte. As Gipsófilas estão cada vez mais em uso por serem baratas, não atraem insetos e nem possuem o cheiro forte, mas são delicadas e bonitas. Talvez algumas poucas pétalas de rosas (ou outra flor que achar melhor) podem finalizar a decoraçãode mesa. Algumas sugestões de flores são; Cravos, Gladíolos Alstroemérias, Copos-de-leite, Gérberas, Lisiantus, Lírios e Boca-de-leão. Mas a melhor dica mesmo é ira na feira e comprar as flores pelo que você vê pessoalmente. Um toque de mestre para a decoração para jantar romântico da rede de casais é usar guardanapo de pano. Um detalhe que faz muita diferença. Selecionamos ESTE SITE (em inglês) com 26 fotos que podem te inspirar. Neste outro link são 59 ideias (também em inglês, mas o que vale são as fotos). Repare nos detalhes das louças, panos e como as mesas são montadas. Louça Por fim, o que torna uma decoração para jantar românticorealmente fina é a louça a ser usada. O problema da louça é que são caras. Uma alternativa é os organizadores conversarem sobre as possibilidades. Os casais podem usar o dinheiro arrecadadocom a venda dos convites para isso (mas o valor pode ficar muito alto,
  • 14. 14/20 por isso pense bem), outra alternativa é ver com o pastor da igreja a possibilidade de uma verba só para isso (a louça seria da igreja, obviamente). Os casais também podem combinar de comprarem juntos a louça. Se os organizadores tiverem que pagardo bolso pela louça, nada mais justo do que cada um ser dono do que comprou e lavar para casa seus utensílios ao final do jantar. Se a verba for pequena, pense em comprar apenas um item, como copos, com o dinheiro e o resto ser montado com o que não vá desprender muito dinheiro. Os copos, realmente dão um toque especial em toda decoração para jantar romântico. O simples pode ser elegante, basta seguir um padrão. Se a aquisição de louça for impossível, pense apenas em seguir um padrão e capriche nos demais detalhes. Para concluir nossas dicas de decoração para jantar romântico, vamos citar os sousplats, ou toalha americana. Um toque que vai deixar seu evento realmente lindo. Assim como a louça, sabemos que não é um material barato, principalmente se tiverem que comprarem grande quantidade, mas é uma opção para quem puder arcar. Pense em sousplat de tecido ou jogo americanocom material mais delicado e elegante. Nesta mesma linha, pense nos guardanapos de pano, que são mais caros, mas trazem o charme da ocasião. Vasculhe os mercados de sua cidade para ver onde você consegue acharestes utensílios em grande quantidade e por um preço mais acessível. Por fim, uma alternativa é ir comprando os objetos pouco a pouco. No primeiro encontro, por exemplo, compre os copos. Meses depois, quando outro jantar foi programado, junte mais um poucode dinheiroe compre as toalhas; no próximo jantar, compre os talheres e assim até que a igreja tenha um bom número de utensílios para fazer a decoração para jantar romântico nos próximos anos sem precisar ficar comprando mais nada. Esperamos que essas dicas ajudem você a montar seu checklist para organizaruma decoração para jantar romântico. Não somos especialistas em decoração, mas acreditamos que essas dicas vão te ajudar a realizar um evento abençoado. OS ERROS QUE UM LÍDER DO MINISTÉRIO DE CASAIS NÃO PODE COMETER Ao assumir a liderança de um grupo, normalmente, somos tomados por muitas sensações, como medo, ansiedade, alegria e euforia. O líder do ministério de casais de uma igreja cristã precisa pensar em assuntos, temas, jantares, retiro e atividades fora da igreja. Não é fácil, mesmo porque, muitas vezes, há pouco tempo entre a indicação do líder e o início das atividades. Com este texto, queremos ajudar os líderes a perceberem que muitos erros que cometemos acontecem por pequena falta de atenção. Mesmo com boa vontade e empenho, algumas vezes caímos em erros que podem prejudicar todoo andamentodo trabalho desenvolvido na igreja. Para este estudo para os líderes do ministério de casais, selecionamos sete personagens bíblicos que cometeram erros em áreas diferentes. Muitas vezes, quando lemos a bíblia, ou ouvimos falar de pessoas cristãs que cometeram alguma falha, pensamos “isso nunca vai acontecer comigo”. Vamos considerar este pensamento um erro “bônus” nesta lista. Precisamos estar atentos e ser humildes para saber que todos nós estamos sujeitos a cometer algum tipo de erro. Precisamos estar atentos, principalmente quando assumimos a liderança de um grupo e passamos a ser referência para tantas pessoas. O líder do ministério de casais não pode achar que está alheio aos problemas que lhe cercam. Josué Em primeiro lugar, vamos mencionar o líder guerreiro Josué, sempre muito lembradopor sua coragem é fé quando foi espionar Jericó. Por outro lado, ao lermos Josué 9, lemos sobre uma decisão que Josué tomou sem antes consultar o Senhor. Muitas vezes agimos assim também, tomamos uma decisão primeiro, para depois orar. Não devemos nunca perder o costume de orar, pedir direcionamentoa Deus, para depois agirmos. Assim como Josué, muitas vezes o líder cai no erro de achar que já sabe tomar decisões por si. De fato, até sabemos, mas precisamos consultar a Deus para agirmos corretamente. Na história de Josué aprendemos que não podemos perder a humildade de sempre buscar orientaçãocom nosso Deus. Com o passar do tempo, com a experiência, podemos cair no erro de começarmos a querer fazer tudo com nossa decisão, por nossa vontade.
  • 15. 15/20 Se você é líder do ministério de casais de sua igreja, não deixe que a experiência faça que você coloque sua opinião antes da vontade de Deus. Mantenha sua oração, sua leitura e humildade de aceitaropiniões de outras pessoas. Ao planejar sua programação, iniciar uma reunião, planejar uma palestra, ore, peça orientação a Deus e esteja com o coração aberto para possíveis mudanças de planos. Adão Inúmeros estudos bíblicos sobre Adão tentam explicar a queda dohomem, sua relação com Eva e os motivos que fizeram o homem cair. Não importa a linha teológica que siga, podemos ver claramente que Adão negligenciou sua convivência com a mulher. Para piorar, aindatentou jogara culpa em Eva. Aprendemos muito com os líderes bíblicos. Uma coisa que é possível perceber é que todos que negligenciaram sua casa, sua família, enfrentaram problemas. Adão, Davi, Eli ou Isaque, por exemplo. Adão não assumiu sua responsabilidade quando deveria, Davi cometeu adultérioe trouxe divisão a sua família e Isaque tinha um filho favorito, causando uma grande trama familiar por causa deste tratamento diferenciado. Ao assumir a liderança do ministério de casais, não deixe sua família em segundo plano. Saiba se planejar, priorize seu tempo, mude sua rotina. Se você vai liderar um grupo na igreja, estude comovocê vai administrar seu tempo para assumir essa responsabilidade sem deixar sua família em segundo plano. Você vai ser referência para muitas pessoas. Você vai precisar, mais do que nunca, de tempo para o seu filho, para sua esposa, para os afazeres domésticos. Como você vai falar, por exemplo, de marido que ajuda em casa se você não tem tempo para isso? Não negligencie sua família. Davi Provavelmente, você pensou, “Davi adulterou”. Mas neste texto vamos apontarum outroerro que Davi cometeu. Pois é, adulterar não foi o único erro de Davi. Ao ler 1 Crônicas 21, vemos que o rei decidiu fazer um censo para contar o povo de Israel. No entanto, claramente, Joabe o advertiu para que não fizesse isso. No entanto, Davi não deu bola para Joabe e fez o que bem entendeu. O resultado, obviamente, foi desastroso. Aqui, aprendemos a não ser autoconfiantes, intolerantes, autoritários. Muitos líderes, quando assumem um posto, caem no erro de se acharem superiores. Em muitos casos, essa soberba não é imediata. Até chegar a este ponto, o rei Davi havia passado por inúmeras situações que demonstrou humildade, mas, depois de tantas vitórias, chegou um ponto que ele não quis saber de sugestões e orientações. Às vezes, com o passar do tempo, achamos que somos autosuficientes. Depois de tantas vitórias, achamos que fazemos melhor que os outros, que conseguimos fazer tudo bem feito. Ão negligencia a opiniãodos outros. Moisés Ignorando a orientaçãode Deus, Moisés feriu a rocha quando deveria ter apenas falado, Números 20. Aqui temos uma situação bem delicada. Moisés estava decidido a seguir as ordens Deus, mas à sua própria maneira. Muitas vezes, agimos assim também, não só como líderes, mas como cristãos. Temos a vontade de fazer a vontade de Deus, mas queremos que as coisas sejam feitas de nossa maneira. O líder do ministério de casais precisa ser sensível para entender quando sua forma de pensar e agir está mesmo sendo coerente com a forma que Deus quer que ele aja. Ore, tenha intimidade com Deus e esteja com o coração aberto para não cair noerro de fazer o que não é para ser feito. Assim como aconteceu com Moisés, muitas vezes tomamos a decisão errada quando estamos insatisfeitos. Moisés estava insatisfeito com o a rebeldia do povo, mas isso não significava que deveria agir como agiu. Muitas vezes, nervoso, inconformado, com os outros, queremos agir como achamos melhores e acabamos falando ou fazendoo que não deveríamos. O líder do ministério de casais precisa ser paciente e equilibrado para agir sempre da forma que agrada a Deus. Tiago e João
  • 16. 16/20 Mais uma vez, você deve ter sido pego de surpresa. João? Essa lista está certa? Mas quando lemos Marcos 10:37, podemos ver algo curioso acontecendo. Tiago e João pediram um lugarde prestígiono reino de Deus. Eles responderam: — Quando o senhor sentar-se no trono do seu Reino glorioso, deixe que um de nós se sente à sua direita, e o outro, à sua esquerda. Marcos 10:37 Acostumados com os conceitos terrenos, Tiago e João pensaram em ficar próximo de Jesus no Reino de Deus. Muitos líderes gostam de sentarem em lugares de prestígio, passam a usar uma roupa diferenciada, querem privilégios no estacionamento, por exemplo. Não entendem que o nosso líder principal, Jesus, ensinou que não podemos exigir destaque, o “destaque” que os homens desejam é dado naturalmente porDeus, a quem Ele quer. Há quem faça questão de ser chamado de “bispo” ou “apóstolo”, por exemplo, e ainda usam o versículo Romanos 13:7 para exigirem honra, mas esquecem de Mateus 23:11 ou Marcos 9:35, quando Jesus disse que quem quer ser o primeiro deve servir e ser o último. Pedro Quando Pedro afirmou que nunca deixaria que Jesus sofresse, Mateus 16:22, logo foi repreendido por Jesus. Curiosamente, pouco antes, Pedro tinha sido elogiado porJesus. Vale ressaltar que, observando as palavras de Pedro e a situação em si, Pedro até estava bem intencionado, mas falava por si. Muitas vezes até somos bem intencionados, mas cometemos o erro de achar que podemos ou sabemos mais que os outros. Queremos fazer nossos planos darem certo “custe o que custar”, queremos mostrar que somos “mais espirituais” e assim por diante. O líder do ministério de casais deve tomar cuidadopara não deixar a soberba e a vaidade lhe subam ao coração. Não devemos nos achar que somos “mais” que os outros porque somos líderes, pregadores ou porque temos algum outro título, ou cargo, na igreja. Os discípulos Por fim, mais um lembrete contra a soberba. Momentos antes de sua morte, Jesus alertou seus discípulos sobre as dores iminentes, mas todos os discípulos se disseram prontos para sofrer com Jesus. Como podemos ler em Marcos, na verdade, todos eles fugiram. Então todos os discípulos abandonaram Jesus e fugiram (Marcos 14:50). Muitas vezes o líder acha que é capaz de tudo, pode fazer tudo, pode fazer melhor, pode corrigir tudo, pode mudar etc. Precisamos ter os pés no chão e entender que somos falhos. Todos os dias erramos e não podemos cometer um erro ainda maior achando que conseguiremos cumprirpropostas grandiosas demais. Colocamos tudo como “promessa de Deus”, e depois nos frustramos. E, o que é pior, frustramos outras vidas. Portanto, não crie expectativas grandiosas e depois batize com “promessa de Deus” ou “Deus falou no meu coração”. O líder do ministério de casais não pode cometer o erro de confundir seus sonhos e expectativas com “promessas de Deus”. ESTUDO SOBRE CASAIS CRISTÃOS, INTERNET E REDES SOCIAIS Com certa frequência recebemos pedidos de estudo sobre casais evangélicos e redes sociais, pois este novo “aparato” da vida moderna tem atrapalhado muitos relacionamentos. Sejam cristãos ou não, casais estão cada vez mais passando por crises no lar por causa da internet, das redes sociais e dos computadores. São jogos de vídeo games, redes sociais e sites de entretenimento que tiram o tempo do casal, abalandoa estrutura do lar. Desejamos que as famílias desfrutem do que o Senhor tem para suas vidas sem deixar que as redes sociais tirem nossa aliança. Se, por um lado, a internet traz bons conteúdos (como o deste site), por outro lado, não podemos nos apartar docontado humanoe nem mesmo da leitura de livros. Com este estudo sobre casais, internet e redes sociais queremos fazer que marido e esposa pensem bem em como lidam com a tecnologia em suas vidas e também como suas famílias se relacionam com a tecnologia. Será que estamos ensinando nossos filhos a lidarem bem com a internet, ou para nós (pais) é mais cômodo deixar nossos filhos no computador para não termos que nos preocuparmos com ele. Precisamos realizar uma reflexão ampla e inteligente sobre família e mídia, pois pensamos que saber usar a internet significa que sabemos usá-la beneficamente. Uma criança com nove ou dez anos sabe usar as redes sociais, fazer login, acessar sites e fazer comentários. Mas sabe evitar hackers, pedófilos, fazer comentários
  • 17. 17/20 saudáveis, buscar informações em sites confiáveis, diferença de notícia e boato, evitar contendas ou não passar informações pessoais em sites que pedem cadastro? Percebe que saber usar a internet é diferente de usá-la com responsabilidade? Pesquisas e dados Algumas pesquisas recentes podem nos ajudar a compreender como a relação entre família e internet pode ser perigosa. Separamos para este estudo sobre casais cristãos e internet algumas informações preciosas. A Universidade de Baylor, nos Estados Unidos, realizou uma pesquisa que constatou que os celulares estão prejudicando os relacionamentos amorosos e ainda levam as pessoas a um certo nível de depressão. Neste estudo, os pesquisadores fizeram uma série de experiências e entrevistas com casais adultos e chegaram ao resultado que apenas 32% destes entrevistados se disseram não ter problemas de relacionamento causados pelo celular. Cerca de 46% dos entrevistados se acham ignorados quando o cônjuge está no celular. Um dos professores que comandou o estudo, Meredith David, explicou que muitas vezes achamos que pequenos momentos nos distraindo no celular nãofaz mal a ninguém, mas a pesquisa mostrou o contrário. Este tempo que passamos no celular afeta o relacionamento com quem está próximo, que se sente ignorado. Estas informações foram publicadas no jornal O Globo, em 2 de outubro de 2016. Já o jornal Daily Mail, da Grã-Bretanha, publicou o resultado de uma pesquisa que aponta que já chega a 15% a proporção de divórcios ligados ao uso exagerado do computador. As mulheres reclamam que seus maridos passam muito tempo na internet e em jogos de vídeo game. Além disso, um em cada cinco divórcios na terra da rainha Elizabeth estão ligados ao uso do Facebook. Já o uso de celulares é o responsável por um divórcio em cada oito. Na Itália, pesquisa aponta que cerca de metade dos divórcios poradultério que ocorrem no país são causados pelo uso indevido do Whatsapp. Segundoo jornal britânicoIndependent, está se tornando comum os homens manterem mais de um relacionamento amoroso com seus contatos do Whatsapp. Como você usa essas ferramentas? Os números são assustadores e tendem a aumentar conforme as pessoas passem a se acostumar com o uso das redes sociais em diversos dispositivos. Por isso, precisamos entender como as famílias cristãs estão usando a internet, as redes sociais e seus celulares. Precisamos ressaltar neste estudo sobre casais e redes sociais que o uso destes equipamentos não pode ser banalizado. Aliás, nas próprias igrejas, o uso de celular aumenta bruscamente. Sob o discurso de levarem “uma bíbliavirtual”, jovens e adultos abrem mão da bíblia tradicional (de papel) paralevarem apenas a versão de seus celulares. O problema é que continuam conectados às redes sociais em pleno culto. Talvez, os pastores e pregadores devessem insistir para que seus fieis abrem mão da bíblia virtual para continuarem levando as versões impressas. Não queremos condenar tal uso, mas esta é apenas uma ideia para que as pessoas percebam que muitas vezes usamos estes dispositivos sem necessidades. Sob o pretexto de estarmos usando o celular, ou tablet, para um bom fim, ler a bíblia, acabamos nos distraindo e caindo no erro comum de passar tempo nos aplicativos, ignorandoo que ocorre a nossa volta, inclusive a própria pregação. Desejando que estes aplicativos sejam menos frequentes no convívio das famílias, talvez seja uma boa ideia incentivarmos as pessoas a não usarem uma bíblia virtual quando forem à igreja. Distanciamento estando perto Como vimos na pesquisa apontada no iníciodo texto, o tempo que passamos com dispositivos eletrônicos faz que aqueles que estão perto de nós se sintam ignorados. A situação está ficando tãofora de controle que um restaurante em Los Angeles, Eva, chegou a oferecer desconto a quem conseguisse ficar uma refeição sem mexer em celulares. Ainda assim, apenas um em cada quatro clientes obtiveram o desconto. Além de todos os perigos e tentações que a interne nos expõe, o simples fato de nos isolarmos de quem está a nossa falta já representa um grande perigo às famílias. Ainda que não estejamos fazendo nada de errado na internet, o seu uso incontrolável nos coloca longe de quem mais deseja nossa presença, nossa família, nosso cônjuge.
  • 18. 18/20 A exposição nas redes sociais indica que o casal está passando por um período preocupante. Casais realmente felizes aproveitam o tempo agora, não priorizam o que postam nas redes sociais. Ao levar este estudo sobre casais e tecnologia para sua igreja, ou seus familiares, fale desta questão de exposição na internet. Outra pesquisa, publicada na revista Personality and Social Psychology Bulletin, indica que a maior parte dos casais que postam frequentemente em redes sociais, na verdade, enfrentam mais problemas do que os que não postam. Pessoas mais ansiosas são as que postam mais sobre seus relacionamentos, no intuitode mostrar aos outros que sua vida conjugal (ou de namoro) está ótima o tempo todo. Aproxime-se Para superar este desafio, os casais devem regulamentar o uso da internet e celular. As pessoas precisam se regrar com o uso dos equipamentos de tecnologia. Como falamos anteriormente, saber usar os recursos das redes sociais não significa que sabemos usá-la de forma saudável. Precisamos viver o aqui e o agora. Para terminar este estudo sobre casais cristãos, pense em uma atividade que faça os participantes refletirem sobre o uso das redes sociais. O grupo pode debater ou respondera um questionáriosem precisar se identificar sobre os seguintes aspectos. Você acha que seu parceiro utiliza muito as redes sociais e o celular? Seu parceiro já reclamou que você passa muito tempo no celular? Você sabe dizer quanto tempo cada pessoa em sua família passa no celular e computadorpor dia? Quanto tempo uma pessoa deve usar o computar e o celular por dia de uma forma saudável? Como você poderia diminuir seu tempo nas redes sociais? Quais as redes sociais que você utiliza? Seria possível determinar um horário para que todos em sua casa parem de usar a internet? Com estes pontos de reflexão você pode concluir seu estudo sobre casais evangélicos. Se preferir, você também pode realizar este debate e entregar o questionárioantes do estudo. Assim, todos ficam atentos em cada ponto chave da ministração. DICAS DE TEMAS PARA ENCONTRO DE CASAIS Os assuntos para reuniões de casais cristãos podem ser tratos de uma forma ampla, ou minuciosa, dependendo de cada grupo, de cada igreja e de cada propósito, no entanto, podemos elaborar temas específicos que podem ser estudados pelos líderes de casais para discutir com a igreja. O objetivo deste texto é apontar alguns temas para encontro de casais mais específicos, que podem ser trabalhados em encontros de uma ou duas horas. As reuniões de casais servem para estruturar e fortalecera família cristã, por isso, todo assunto deve ser tratado de forma delicada, tomando-se o cuidado de não expor ninguéme de, ao mesmo tempo, oferecer oportunidades iguais para que todos falem, se manifestem, mesmo que por escrito ou de forma anônima. O Casamento é plano de Deus Este é um assunto que deve ser sempre abordado nas reuniões. Por mais que falemos de sexo, criação de filhos ou finanças, não podemos nunca menosprezar o propósitode Deus para as famílias. Recomenda-se que ao menos uma vez por ano um dos temas para encontro de casais seja o propósito de Deus para a família, com exemplos de Adão e Eva, Jezabel, Salomão ou até mesmo a relação entre Cristo e a Igreja, como maior exemplo que um casal deve ter de entrega e dedicação – Efésios 5:25. Comunicação É senso comum dizer que todo bom relacionamento precisa de uma boa comunicação. No casamento cristão não pode ser diferente. Mais do que falar da importância da comunicação, as reuniões de casais podem falar sobre as formas de se comunicar. Como a mulher dizer algo, como o homem comunica, quais as diferenças na forma de dizer algo do homem e da mulher, a comunicação não verbal, o poder das palavras, o controle da língua. Este tema pode rendervárias reuniões, basta a leitura de alguns bons livros e uma rápida pesquisa na internet para acharmos informações preciosas sobre a comunicação no casamento.
  • 19. 19/20 Emoções Embora existam muitos bons livros para casais sobre o assunto, poucas vezes se toca neste tema nos encontros de casais. Mais do que apontar as diferenças emocionais entre homem e mulher, esta é uma boa oportunidade para falarmos de controlaras emoções, saber comunicar as emoções, saber falar o que estamos sentido e saber respeitar as emoções do cônjuge são alguns assuntos que podem ser debatidos nestas reuniões. Planejamento Mais um assunto que pouco, ou nunca, se fala nas reuniões de casais. O planejamento familiar é fundamental para a família moderna. Saber organizar as finanças, programar o melhor tempopara ter filhos, fazer reservas financeiras para a educação dos filhos, priorizar o que realmente importe – o que é mais importante: pagar a prestação de um carroou um curso de inglês para o filho; fazer uma viagem ou juntar verbas para comprar uma casa – planejar objetivos a curto, médio e longoprazo. Muitas igrejas desprezam o planejamento familiar porque não conhecem o vasto campode debates e informações que se pode obter, fortalecendoa família, levando os fiéis a conquistas honrosas. Dicas de livros e filmes Nunca vi uma reunião com este propósito, mas acho que seria inteligente se os líderes de casais indicassem filmes ou livros para fortalecer a família. Uma opção seria realizar uma reunião para este tema, mas acho que seria mais proveitoso ao fim de cada reunião que um livro ou filme fosse indicado, deixando espaço para que os participantes também pudessem colaborar com opiniões e dicas de livros cristãos para casais. Temas para encontro de casais – Estes tópicos levantados podem render diversas reuniões, conversas e muito debate. A liderança deste departamento precisa ser criativa, trabalhadora e gostar de ler, pois não se pode realizar reuniões proveitosas sem a leitura de bons livros cristãos para casais e, claro, a Bíblia. APLIQUE AMÓS 3:3 NO CASAMENTO – ANDARÃO DOIS JUNTOS SE NÃO ESTIVEREM DE ACORDO? Um texto bem conhecido sobre relacionamentodiz: “andarão dois jutos se não estiverem de acordo?” Amós 3:3. Neste texto vamos ver como aplicar isso em nosso casamento. Na verdade, o ideal é até mesmo pensar sobre isso antes mesmo do casamento, ou no início da união, pois essa verdade deve ser aplicada em todo relacionamento. Vamos ver como a Bíblia nos ensina que é importante que maridoe mulher tenham a mesma forma de pensar em diversos aspectos. No entanto, um olhar mais atencioso das Escrituras nos leva a perceber que não basta andarmos juntos, com os mesmos propósitos, devemos andar juntos fazendo o que é correto. Só para lembrar, o texto referido está em um contexto de alerta ao povo de Israel e em seu relacionamento com Deus. O Senhor está enfatizando sua aliança com o povo, mas alertandoque eles precisavam andar junto com o Criador, por isso, o profeta escreve – andarão dois juntos se não estiverem de acordo? O Senhor não vai andar com um povoque não andade acordocom seus padrões. Um povo que deseja caminhar com o Senhor precisa estar pertodele e de seus ensinamentos. Essa é a primeira coisa que o casal precisa aprender com essa frase. É preciso caminharmos juntos com o Senhor. Ao relatar o caso de Safira e Ananias, em atos 4:32 a Atos 5:14, o escritor nos revela a história de um casal que tiveram o mesmo propósito, mas que iam contra o santo julgamentode Deus. Eles, portanto, caminharam juntos, mas para a desgraça. Portanto, o casal que deseja caminhar junto nomatrimônio, precisa começar caminhando junto a Jesus, pois, caso contrário, todo padrão moral é quebrado e o relacionamento pode desfalecer mesmo o casal tentando andarem união, pois sem as Escrituras o padrão de harmonia, fidelidade e comunhão é corrompido. Por isso, devemos enfatizar que a frase estudada revela nossa comunhão com o Senhor. Juntos em santidade
  • 20. 20/20 A partir daí, o primeiro aspecto que devemos unir, em um relacionamento, é a visão espiritual do casal. Quanto mais o casal tiver a mesma perspectiva de santidade e pecado, melhor para que caminhem juntos. Um casal que possui olhar diferente para esta questão poderá enfrentar muitos outros problemas conjugais. Olhemos, por exemplo, para Adão e Eva. Eva foi enganada pela serpente e, depois, persuadiu seu marido a comer da fruta proibida. Adão questionou aquilo, mas assumiu o risco. Mais tarde, ao escrever aos romanos, Paulo alerta que o pecado entrou nomundopor um homem, e não por uma mulher, isso tem uma representatividade ampla, que o papel do marido é assumir os erros da família, a responsabilidade do que sai dos trilhos é do marido. Quando um casal perde o padrão de santidade, eles perdem a comunhão com Deus. O papel do homem era repreender Eva. Não sei se isso mudaria o destino da humanidade, mas esse era o que Adão deveria fazer. Quando uma pessoa do relacionamento perde o padrãoda santidade, a outra pessoa deve discordare ambos precisam ser restaurados nessa visão. Se uma pessoa do relacionamento acha normal beber socialmente, ouvir algumas músicas, ou ver filmes e seriados que a outra pessoa discorda, então o casal precisa conversar, orar e se acertar nessa visão de andarem juntos. Poderíamos questionar, neste caso, “andarãodois juntos se não estiverem de acordo? Se não tiverem o mesmo padrão de santidade?”. Evidente que se um acha aceitável algo que o outrocondena, as contendas tendem a surgir. Juntos no trabalho e nas finanças Outro ponto crucial é a vida financeira e as expectativas e planos futuros para a vida profissional. No começo de casamento, normalmente, o casal tem uma visão superficial sobre os sonhos profissionais da outra pessoa, mas conforme a vida avança, a carreira de um dos dois pode influenciar diretamente na vida do outro. Uma oportunidade para trabalhar em outra cidade, ou até país, a aprovaçãoem concurso em um município distante, o sonho de ter um negócio, mas que exige alto investimento de risco. Esses são alguns pequenos exemplos de como a vida profissional de uma pessoa pode interferir diretamente na vida da outra, por isso também precisamos pensar “andarão dois juntos se não estiverem de acordo?” quando pensamos em vida profissional. A administração financeira também é fundamental no convívio a dois. O que é melhor: juntar dinheiropara comprar um carro, ou para dar entrada em um imóvel? Fazer fundo de reserva? Ajudar pai e mãe? Quais os limites para ajudar financeiramente uma irmã que ficou desempregada, por exemplo? No decorrer da vida alguns imprevistos acontecem, não só conosco, mas com nossos pais e irmãos e eles podem precisar de algum tipo de ajuda. Pode ser também que as consequências de suas decisões e personalidade leve-os a precisar sempre de ajuda. O casal precisa saber, por exemplo, os limites para ajudar alguém da família, quando necessário. Dentro do casamento, é preciso pensar juntos nos objetivos financeiros, limites de gastos e onde gastar dinheiro. Outros aspectos importantes Poderíamos fazer um amplo estudo sobre a reflexão – “andarão dois juntos se não estiverem de acordo?”. No entanto, para ser breve, quero deixar apenas mais alguns assuntos que o casal precisa saber entrar em acordo para não gerar crise no casamento. Filhos – como criar filhos, qual escola colocar, como será a correção deles, como eles vão se relacionar com avós, tios, primos e primas, principalmente quando começarem a ficar adolescentes. Enfatizo sempre que a maior parte dos casos de abusos é feita por parentes, por isso, a importância de saber as liberdades que o casal pretende dar aos filhos. Vida íntima – como dito antes, é preciso que ambos caminhem juntos para discernir até que ponto algoé aceitável. Na vida íntima é preciso coragem para dizer não e amor para aceitar o não. Vida ministerial – Se um dos dois deseja ter uma vida voltada à igreja, é possível que precise viajar muito, ficar dias fora de casa e ir para lugares perigosos. Os dois precisam estar de acordo com essa rotina.