SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
DINÂMICA DO AFETO
- PARTICIPANTES: 7 A 30 PESSOAS
- TEMPO ESTIMADO: 20 MINUTOS
- MODALIDADE: DEMONSTRAÇÃO DE
AFETO.
- OBJETIVO: EXERCITAR
MANIFESTAÇÕES DE CARINHO E
AFETO.
- MATERIAL: UM BICHINHO DE
PELÚCIA.
DESCRIÇÃO: APÓS EXPLICAR O
OBJETIVO, O COORDENADOR PEDE
PARA QUE TODOS FORMEM UM
CÍRCULO E PASSA ENTRE ELES O
BICHINHO DE PELÚCIA, AO QUAL
CADA INTEGRANTE DEVE
DEMONSTRAR CONCRETAMENTE SEU
SENTIMENTO (CARINHO, AFETO,
ETC.). DEVE-SE FICAR ATENTO A
MANIFESTAÇÕES VERBAIS DOS
INTEGRANTES. APÓS A EXPERIÊNCIA,
OS INTEGRANTES SÃO CONVIDADOS
A FAZER O MESMO GESTO DE
CARINHO NO INTEGRANTE DA
ESQUERDA. POR ÚLTIMO, DEVE-SE
DEBATER SOBRE AS REAÇÕES DOS
INTEGRANTES COM RELAÇÃO A
SENTIMENTOS DE CARINHO, MEDO E
INIBIÇÃO QUE TIVERAM.
A TEIA
PRIMEIRAMENTE TODOS OS PARTICIPANTES DEVEM
FORMAR UM CÍRCULO, PODEM ESTAR SENTADOS OU EM PÉ.
ESTANDO TODOS PRESENTES O COORDENADOR DEVE
PROVIDENCIAR UM ROLO DE BARBANTE, SEGURANDO A
PONTA DO BARBANTE O ROLO É LANÇADO PARA UM DOS
PARTICIPANTES, O COORDENADOR SEMPRE SEGURARÁ A
LINHA, ESSE PARTICIPANTE, PODE SER UM ALUNO OU UMA
MÃE DEVERÁ RESPONDER ALGUMAS PERGUNTAS
PREVIAMENTE DEFINIDAS COMO POR EXEMPLO:
PARA UMA MÃE: O QUE VOCÊ PODERIA DIZER SOBRE COMO
SEU FILHO VÊ A INSTITUIÇÃO DE ENSINO E O QUE PODE SER
FEITO PARA MELHORAR TANTO NAS INSTALAÇÕES QUANTO
NO ENSINO.
PARA UM ALUNO: O QUE VOCÊ GOSTARIA DE SER QUANDO
ADULTO E POR QUE?
PARA UM PROFESSOR, PERGUNTA DE MÃE: COMO TEM SIDO
O PROGRESSO DA SALA DE AULA NESTE SEMESTRE?
E ASSIM POR DIANTE, CABE AO COORDENADOR PREPARAR
AS PERGUNTAS E DEIXÁ-LAS NO QUADRO NEGRO PARA QUE
PAIS, ALUNOS E DEMAIS PARTICIPANTES POSSAM LER OU
SE PREFERIREM FAZER SUAS PRÓPRIAS PERGUNTAS.
CADA PESSOA QUE RECEBE O ROLO DEVE RESPONDER UMA
PERGUNTA, DEPOIS SEGURA A LINHA E JOGA O ROLO PARA
OUTRO PARTICIPANTE, E ASSIM POR DIANTE.
NO FINAL TEREMOS UMA GRANDE TEIA DE BARBANTE,
NESSE MOMENTO O COORDENADOR DEVE EXPLICAR QUE
ESSA TEIA REPRESENTA OS LAÇOS E RELACIONAMENTOS
CRIADOS DURANTE A ATIVIDADE E QUE DEVEM SER
MANTIDOS PARA UM PROGRESSO TANTO DA INSTITUIÇÃO,
QUANTO DOS PROFESSORES, ALUNOS E PAIS.
A TEIA DE RELACIONAMENTOS SERÁ A BASE PARA QUE OS
ALUNOS ENTENDAM QUE NO MUNDO GLOBALIZADO E
DOMINADO PELA INTERNET OS RELACIONAMENTOS PODEM
SER DETERMINANTES NA FORMAÇÃO E DO PROGRESSO
PESSOAL E PROFISSIONAL DO ALUNO.
DINAMICA DAS BALAS
O OBJETIVO DESSA DINÂMICA DE GRUPO PARA O DIA DAS
MÃES É INTEGRAR ALUNOS, PROFESSORES E PAIS NUMA
ATIVIDADE EM QUE O TRABALHO EM GRUPO É
FUNDAMENTAL PARA O SUCESSO.
DA MESMA MANEIRA SUGERIMOS QUE OS PROFESSORES
COMUNIQUEM COM ANTECEDÊNCIA AS MÃES DOS ALUNOS
PARA QUE AQUELAS QUE QUEIRAM PARTICIPAR
COMPAREÇAM NO DIA DA ATIVIDADE E COLABOREM COM O
DESENVOLVIMENTO.
MATERIAL NECESSÁRIO: UM SACO DE BALAS E UMA
BANDEJA.
O COORDENADOR PEDIRÁ QUE TODOS SENTEM EM
CÍRCULO. DEVE PEGAR TODAS AS BALAS E COLOCAR SOBRE
A BANDEJA NO MEIO DA RODA. A TAREFA É SIMPLES, PAIS E
ALUNOS DEVEM IR, UM DE CADA VEZ, ATÉ A BANDEJA E
PEGAR UMA BALA PARA CHUPAR, SÓ QUE AÍ ENTRA O
DETALHE. NINGUÉM PODE USAR AS MÃOS PARA
DESCASCAR A BALA E POR NA BOCA.
FOI APRESENTADO O DESAFIO QUE SOMENTE COM O
TRABALHO EM GRUPO PODERÁ SER SOLUCIONADO.
ESSA É UMA DINÂMICA DE DIA DAS MÃES DIVERTIDA E
ENGRAÇADA, AS PESSOAS SE ESFORÇAM E TODOS RIEM
MUITO E NO FINAL CONCLUEM QUE A AJUDA DOS DEMAIS
PARTICIPANTES É FUNDAMENTAL PARA CUMPRIR A TAREFA.
NO FINAL DA ATIVIDADE O PROFESSOR OU COORDENADOR
DEVERÁ EXPLICAR QUE TAL COMO NA DINÂMICA, A ESCOLA
TAMBÉM PRECISA DA COLABORAÇÃO DOS PAIS E ALUNOS
PARA DESENVOLVER SUAS ATIVIDADES. O TRABALHO EM
GRUPO ENTRE PAIS, PROFESSORES, ALUNOS E
FUNCIONÁRIOS DA ESCOLA É A BASE PARA O SUCESSO DA
INSTITUIÇÃO.
DA MESMA MANEIRA, AO LONGO DA VIDA PESSOAL E
PROFISSIONAL O ALUNO VAI ENTENDER QUE O TRABALHO
EM EQUIPE É A ALAVANCA QUE MOVE AS GRANDES
INSTITUIÇÕES.
POR QUE AS MÃES CHORAM
" POR QUE VOCÊ ESTÁ CHORANDO? " ,
ELE PERGUNTOU À SUA MÃE." PORQUE EU SOU MÃE " ,
ELA RESPONDEU. " EU NÃO ENTENDI " , ELE DISSE.
ELA APENAS O ABRAÇOU E SUSSURROU:
" VOCÊ NUNCA ENTENDERÁ ".
MAIS TARDE O MENINO PERGUNTOU AO PAI PORQUE AS MÃES
PARECEMCHORAR SEM NENHUMA APARENTE RAZÃO.
" TODAS AS MÃES CHORAM SEM MOTIVO ",
FOI O QUE O PAI CONSEGUIU RESPONDER.
O MENINO CRESCEU, TORNOU-SE UM HOMEM E AINDA TENTAVA ENTENDER
PORQUE MÃES VOLTA E MEIA ESTÃO CHORANDO.
APÓS MUITOS ANOS, JÁ EM AVANÇADA IDADE,
ELE DEIXOU O MUNDO. QUANDO SUA ALMA VIU-SE FRENTE A
FRENTE COM DEUS, LOGO DISSE: "SENHOR, NUNCA ENTENDI
PORQUE MÃES CHORAM TÃO FACILMENTE "
DISSE DEUS:
" QUANDO EU CRIEI AS MÃES TINHA QUE SER ALGO ESPECIAL.
EU FIZ SEUS OMBROS FORTES O SUFICIENTEPARA CARREGAR O
PESO DO MUNDOE, AINDA, SUFICIENTEMENTE CONFORTÁVEIS
PARA DAR APOIO.
EU DEI A ELAS A FORÇA PARA A HORA DO NASCIMENTO DOS FILHOS
E PARA SUPORTAR A REJEIÇÃOQUE TANTAS VEZES VEM DELES.
EU DEI A ELAS A FIBRA QUE PERMITEA CONTINUAÇÃO DA LUTA
QUANDO TODOS À SUA VOLTA JÁ DESISTIRAM.
DEI-LHES A PERSEVERANÇA EM PROTEGERA FAMÍLIA POR ENTRE DOENÇAS
E TRISTEZASSEM JAMAIS DESISTIR DE AMAR.
DEI-LHES A SENSIBILIDADE PARA AMAR SEUS FILHOSDIANTE DE
QUAISQUER CIRCUNSTÂNCIAS,MESMO QUE ELES A TENHAM
MAGOADO PROFUNDAMENTE.
ESSA MESMA SENSIBILIDADE AS AJUDA A SILENCIAR O CHORINHO
DOS SEUS BEBÊS, FAZENDO COM QUE SE ACALMEM E, QUANDO
ADOLESCENTES, QUE COMPARTILHEM COM ELA
SUAS ANSIEDADES E MEDOS.
... E, FINALMENTE, DEI-LHES A LÁGRIMA PARA DERRAMAREM
SEM NENHUMA RAZÃO APARENTE. É SUA ÚNICA FRAQUEZA.
POR QUE FIZ ISSO? PARA NÃO DIFERENCIÁ-LAS POR COMPLETO
DO RESTANTE DA ESPÉCIE HUMANA ".
BOM DIA!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Textos reflexivos trabalho em equipe
Textos reflexivos   trabalho em equipeTextos reflexivos   trabalho em equipe
Textos reflexivos trabalho em equipeAlekson Morais
 
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de DeusEscola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de DeusGeandre Costa Costa
 
Brincadeiras para o natal e confraternizações
Brincadeiras para o natal  e confraternizaçõesBrincadeiras para o natal  e confraternizações
Brincadeiras para o natal e confraternizaçõesSimoneHelenDrumond
 
Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!DanielD15
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápisfatimacris123
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilJeovany Anjos
 
Texto Reflexivo a Loja da Educação
Texto Reflexivo a Loja da EducaçãoTexto Reflexivo a Loja da Educação
Texto Reflexivo a Loja da EducaçãoAdilson P Motta Motta
 
Família e escola: A união como solução da educação no mundo.
Família e escola: A união como solução da educação no mundo.Família e escola: A união como solução da educação no mundo.
Família e escola: A união como solução da educação no mundo.Kássia Quadros Ferreira
 
Ebd classe kids 1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - aluno
Ebd classe kids   1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - alunoEbd classe kids   1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - aluno
Ebd classe kids 1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - alunoSergio Silva
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de paisRoseli Tejo
 
Sequência didática cantigas de roda
Sequência didática cantigas de roda Sequência didática cantigas de roda
Sequência didática cantigas de roda Rosilane
 

Mais procurados (20)

A história do nascimento de jesus
A história do nascimento de jesusA história do nascimento de jesus
A história do nascimento de jesus
 
Textos reflexivos trabalho em equipe
Textos reflexivos   trabalho em equipeTextos reflexivos   trabalho em equipe
Textos reflexivos trabalho em equipe
 
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de DeusEscola Bíblica de Férias_O amor de Deus
Escola Bíblica de Férias_O amor de Deus
 
Brincadeiras para o natal e confraternizações
Brincadeiras para o natal  e confraternizaçõesBrincadeiras para o natal  e confraternizações
Brincadeiras para o natal e confraternizações
 
Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!Carta Para Encontrista!
Carta Para Encontrista!
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápis
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
 
Jesus a verdadeira Páscoa 2.pdf
Jesus a verdadeira Páscoa 2.pdfJesus a verdadeira Páscoa 2.pdf
Jesus a verdadeira Páscoa 2.pdf
 
Texto Reflexivo a Loja da Educação
Texto Reflexivo a Loja da EducaçãoTexto Reflexivo a Loja da Educação
Texto Reflexivo a Loja da Educação
 
Família e escola: A união como solução da educação no mundo.
Família e escola: A união como solução da educação no mundo.Família e escola: A união como solução da educação no mundo.
Família e escola: A união como solução da educação no mundo.
 
Historia da Menina bonita do laço de fita
Historia da Menina  bonita do laço de fitaHistoria da Menina  bonita do laço de fita
Historia da Menina bonita do laço de fita
 
Semana Santa Maquetes
Semana Santa MaquetesSemana Santa Maquetes
Semana Santa Maquetes
 
Projeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racialProjeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racial
 
Ebd classe kids 1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - aluno
Ebd classe kids   1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - alunoEbd classe kids   1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - aluno
Ebd classe kids 1º quadrimestre 2012 - o que é a bíblia - aluno
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Dinâmicas divertidas
Dinâmicas divertidasDinâmicas divertidas
Dinâmicas divertidas
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Dinamicas de grupo andreia
Dinamicas de grupo andreiaDinamicas de grupo andreia
Dinamicas de grupo andreia
 
Sequência didática cantigas de roda
Sequência didática cantigas de roda Sequência didática cantigas de roda
Sequência didática cantigas de roda
 

Destaque

8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 88 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8Clara Veiga
 
Mulheres Cristãs em Ação - domingo dia das mães
Mulheres Cristãs em Ação  - domingo dia das mãesMulheres Cristãs em Ação  - domingo dia das mães
Mulheres Cristãs em Ação - domingo dia das mãesJaque Godinho
 
Projeto - Dia Das Mães
Projeto - Dia Das MãesProjeto - Dia Das Mães
Projeto - Dia Das MãesCirlei Santos
 
Concurso biblico Maes
Concurso biblico MaesConcurso biblico Maes
Concurso biblico MaesRogerio Sena
 
Slide Mensagem Dia Das MãEs 3
Slide Mensagem Dia Das MãEs 3Slide Mensagem Dia Das MãEs 3
Slide Mensagem Dia Das MãEs 3adriana.25
 
Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)grupodepaisceb
 
Projeto dia das mães (simone helen drumond)
Projeto dia das mães (simone helen drumond)Projeto dia das mães (simone helen drumond)
Projeto dia das mães (simone helen drumond)SimoneHelenDrumond
 
PROJETO: “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...
PROJETO:  “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...PROJETO:  “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...
PROJETO: “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...Seduc MT
 
53 brincadeiras e_dinmicas_infantis
53 brincadeiras e_dinmicas_infantis53 brincadeiras e_dinmicas_infantis
53 brincadeiras e_dinmicas_infantisSusana Garcia
 
Ação Promocional Dia Da Mulher
Ação Promocional Dia Da MulherAção Promocional Dia Da Mulher
Ação Promocional Dia Da MulherCatarina Veríssimo
 
Pessoas fortes
Pessoas fortesPessoas fortes
Pessoas fortesFer Nanda
 
Receitas Dia das Mães
Receitas Dia das MãesReceitas Dia das Mães
Receitas Dia das MãesMesh.up
 
8 dicas para o dia das mães
8 dicas para o dia das mães8 dicas para o dia das mães
8 dicas para o dia das mãesBusca Descontos
 
Plano de aula dia das mães pdf
Plano de aula dia das mães pdfPlano de aula dia das mães pdf
Plano de aula dia das mães pdfAndré Moraes
 

Destaque (20)

8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 88 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
8 poemas 8 mulheres 8 imagens 8
 
Mulheres Cristãs em Ação - domingo dia das mães
Mulheres Cristãs em Ação  - domingo dia das mãesMulheres Cristãs em Ação  - domingo dia das mães
Mulheres Cristãs em Ação - domingo dia das mães
 
Projeto - Dia Das Mães
Projeto - Dia Das MãesProjeto - Dia Das Mães
Projeto - Dia Das Mães
 
Concurso biblico Maes
Concurso biblico MaesConcurso biblico Maes
Concurso biblico Maes
 
Slide Mensagem Dia Das MãEs 3
Slide Mensagem Dia Das MãEs 3Slide Mensagem Dia Das MãEs 3
Slide Mensagem Dia Das MãEs 3
 
Projeto Dengue
Projeto Dengue Projeto Dengue
Projeto Dengue
 
Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)Minha mãe não faz nada (texto)
Minha mãe não faz nada (texto)
 
Projeto dia das mães (simone helen drumond)
Projeto dia das mães (simone helen drumond)Projeto dia das mães (simone helen drumond)
Projeto dia das mães (simone helen drumond)
 
PROJETO: “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...
PROJETO:  “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...PROJETO:  “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...
PROJETO: “Escola educada, escola bem cuidada. Conscientização e conservação ...
 
Brincadeiras para Sala de Aula
Brincadeiras para Sala de AulaBrincadeiras para Sala de Aula
Brincadeiras para Sala de Aula
 
53 brincadeiras e_dinmicas_infantis
53 brincadeiras e_dinmicas_infantis53 brincadeiras e_dinmicas_infantis
53 brincadeiras e_dinmicas_infantis
 
O que você viu no espelho - Dinâmica
O que você viu no espelho - DinâmicaO que você viu no espelho - Dinâmica
O que você viu no espelho - Dinâmica
 
Mulher única
Mulher únicaMulher única
Mulher única
 
Ação Promocional Dia Da Mulher
Ação Promocional Dia Da MulherAção Promocional Dia Da Mulher
Ação Promocional Dia Da Mulher
 
O laco e o abraco
O laco e o abracoO laco e o abraco
O laco e o abraco
 
Homenagem dia das mães
Homenagem dia das mãesHomenagem dia das mães
Homenagem dia das mães
 
Pessoas fortes
Pessoas fortesPessoas fortes
Pessoas fortes
 
Receitas Dia das Mães
Receitas Dia das MãesReceitas Dia das Mães
Receitas Dia das Mães
 
8 dicas para o dia das mães
8 dicas para o dia das mães8 dicas para o dia das mães
8 dicas para o dia das mães
 
Plano de aula dia das mães pdf
Plano de aula dia das mães pdfPlano de aula dia das mães pdf
Plano de aula dia das mães pdf
 

Semelhante a Dinamicas dia das maes

Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)Alice Lirio
 
GUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDES
GUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDESGUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDES
GUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDESGuilherme354900
 
DOCENTES 2024 Planejamento Escolar início do ano
DOCENTES 2024 Planejamento  Escolar início do anoDOCENTES 2024 Planejamento  Escolar início do ano
DOCENTES 2024 Planejamento Escolar início do anoEscolasMunicipaisdeP
 
Ebook guia-de-dinamicas
Ebook guia-de-dinamicasEbook guia-de-dinamicas
Ebook guia-de-dinamicasWania Andrade
 
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp0112731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01Sarah Gmiranda
 
Diadamaejardinssaudaveis
Diadamaejardinssaudaveis Diadamaejardinssaudaveis
Diadamaejardinssaudaveis Glicéria Gil
 
Deixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviarDeixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviarWanderley Soares
 
Deixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviarDeixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviarWanderley Soares
 
Relatório 1º Sem2
Relatório 1º Sem2Relatório 1º Sem2
Relatório 1º Sem2Amaloan
 

Semelhante a Dinamicas dia das maes (15)

Bricadeiras
BricadeirasBricadeiras
Bricadeiras
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
 
Brincadeiras - OFICIAL
Brincadeiras - OFICIALBrincadeiras - OFICIAL
Brincadeiras - OFICIAL
 
De clara17
De clara17De clara17
De clara17
 
Brincadeiras
BrincadeirasBrincadeiras
Brincadeiras
 
Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)Dinamicas de grupo mocidade (1)
Dinamicas de grupo mocidade (1)
 
GUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDES
GUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDESGUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDES
GUIA DE DE DINAMICAS GRUPOS PEQUENOS E GRANDES
 
DOCENTES 2024 Planejamento Escolar início do ano
DOCENTES 2024 Planejamento  Escolar início do anoDOCENTES 2024 Planejamento  Escolar início do ano
DOCENTES 2024 Planejamento Escolar início do ano
 
Ebook guia-de-dinamicas
Ebook guia-de-dinamicasEbook guia-de-dinamicas
Ebook guia-de-dinamicas
 
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp0112731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
12731394514936111 dinamicas-110520085038-phpapp01
 
Diadamaejardinssaudaveis
Diadamaejardinssaudaveis Diadamaejardinssaudaveis
Diadamaejardinssaudaveis
 
Deixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviarDeixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviar
 
Deixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviarDeixa que eu resolvo geometria enviar
Deixa que eu resolvo geometria enviar
 
Relatório 1º Sem2
Relatório 1º Sem2Relatório 1º Sem2
Relatório 1º Sem2
 
Jornal zé
Jornal zéJornal zé
Jornal zé
 

Dinamicas dia das maes

  • 1. DINÂMICA DO AFETO - PARTICIPANTES: 7 A 30 PESSOAS - TEMPO ESTIMADO: 20 MINUTOS - MODALIDADE: DEMONSTRAÇÃO DE AFETO. - OBJETIVO: EXERCITAR MANIFESTAÇÕES DE CARINHO E AFETO. - MATERIAL: UM BICHINHO DE PELÚCIA. DESCRIÇÃO: APÓS EXPLICAR O OBJETIVO, O COORDENADOR PEDE PARA QUE TODOS FORMEM UM CÍRCULO E PASSA ENTRE ELES O BICHINHO DE PELÚCIA, AO QUAL CADA INTEGRANTE DEVE DEMONSTRAR CONCRETAMENTE SEU SENTIMENTO (CARINHO, AFETO, ETC.). DEVE-SE FICAR ATENTO A MANIFESTAÇÕES VERBAIS DOS INTEGRANTES. APÓS A EXPERIÊNCIA, OS INTEGRANTES SÃO CONVIDADOS A FAZER O MESMO GESTO DE CARINHO NO INTEGRANTE DA ESQUERDA. POR ÚLTIMO, DEVE-SE DEBATER SOBRE AS REAÇÕES DOS INTEGRANTES COM RELAÇÃO A SENTIMENTOS DE CARINHO, MEDO E INIBIÇÃO QUE TIVERAM.
  • 2. A TEIA PRIMEIRAMENTE TODOS OS PARTICIPANTES DEVEM FORMAR UM CÍRCULO, PODEM ESTAR SENTADOS OU EM PÉ. ESTANDO TODOS PRESENTES O COORDENADOR DEVE PROVIDENCIAR UM ROLO DE BARBANTE, SEGURANDO A PONTA DO BARBANTE O ROLO É LANÇADO PARA UM DOS PARTICIPANTES, O COORDENADOR SEMPRE SEGURARÁ A LINHA, ESSE PARTICIPANTE, PODE SER UM ALUNO OU UMA MÃE DEVERÁ RESPONDER ALGUMAS PERGUNTAS PREVIAMENTE DEFINIDAS COMO POR EXEMPLO: PARA UMA MÃE: O QUE VOCÊ PODERIA DIZER SOBRE COMO SEU FILHO VÊ A INSTITUIÇÃO DE ENSINO E O QUE PODE SER FEITO PARA MELHORAR TANTO NAS INSTALAÇÕES QUANTO NO ENSINO. PARA UM ALUNO: O QUE VOCÊ GOSTARIA DE SER QUANDO ADULTO E POR QUE? PARA UM PROFESSOR, PERGUNTA DE MÃE: COMO TEM SIDO O PROGRESSO DA SALA DE AULA NESTE SEMESTRE? E ASSIM POR DIANTE, CABE AO COORDENADOR PREPARAR AS PERGUNTAS E DEIXÁ-LAS NO QUADRO NEGRO PARA QUE PAIS, ALUNOS E DEMAIS PARTICIPANTES POSSAM LER OU SE PREFERIREM FAZER SUAS PRÓPRIAS PERGUNTAS. CADA PESSOA QUE RECEBE O ROLO DEVE RESPONDER UMA PERGUNTA, DEPOIS SEGURA A LINHA E JOGA O ROLO PARA OUTRO PARTICIPANTE, E ASSIM POR DIANTE. NO FINAL TEREMOS UMA GRANDE TEIA DE BARBANTE, NESSE MOMENTO O COORDENADOR DEVE EXPLICAR QUE ESSA TEIA REPRESENTA OS LAÇOS E RELACIONAMENTOS CRIADOS DURANTE A ATIVIDADE E QUE DEVEM SER MANTIDOS PARA UM PROGRESSO TANTO DA INSTITUIÇÃO, QUANTO DOS PROFESSORES, ALUNOS E PAIS. A TEIA DE RELACIONAMENTOS SERÁ A BASE PARA QUE OS ALUNOS ENTENDAM QUE NO MUNDO GLOBALIZADO E DOMINADO PELA INTERNET OS RELACIONAMENTOS PODEM SER DETERMINANTES NA FORMAÇÃO E DO PROGRESSO PESSOAL E PROFISSIONAL DO ALUNO.
  • 3. DINAMICA DAS BALAS O OBJETIVO DESSA DINÂMICA DE GRUPO PARA O DIA DAS MÃES É INTEGRAR ALUNOS, PROFESSORES E PAIS NUMA ATIVIDADE EM QUE O TRABALHO EM GRUPO É FUNDAMENTAL PARA O SUCESSO. DA MESMA MANEIRA SUGERIMOS QUE OS PROFESSORES COMUNIQUEM COM ANTECEDÊNCIA AS MÃES DOS ALUNOS PARA QUE AQUELAS QUE QUEIRAM PARTICIPAR COMPAREÇAM NO DIA DA ATIVIDADE E COLABOREM COM O DESENVOLVIMENTO. MATERIAL NECESSÁRIO: UM SACO DE BALAS E UMA BANDEJA. O COORDENADOR PEDIRÁ QUE TODOS SENTEM EM CÍRCULO. DEVE PEGAR TODAS AS BALAS E COLOCAR SOBRE A BANDEJA NO MEIO DA RODA. A TAREFA É SIMPLES, PAIS E ALUNOS DEVEM IR, UM DE CADA VEZ, ATÉ A BANDEJA E PEGAR UMA BALA PARA CHUPAR, SÓ QUE AÍ ENTRA O DETALHE. NINGUÉM PODE USAR AS MÃOS PARA DESCASCAR A BALA E POR NA BOCA. FOI APRESENTADO O DESAFIO QUE SOMENTE COM O TRABALHO EM GRUPO PODERÁ SER SOLUCIONADO. ESSA É UMA DINÂMICA DE DIA DAS MÃES DIVERTIDA E ENGRAÇADA, AS PESSOAS SE ESFORÇAM E TODOS RIEM MUITO E NO FINAL CONCLUEM QUE A AJUDA DOS DEMAIS PARTICIPANTES É FUNDAMENTAL PARA CUMPRIR A TAREFA. NO FINAL DA ATIVIDADE O PROFESSOR OU COORDENADOR DEVERÁ EXPLICAR QUE TAL COMO NA DINÂMICA, A ESCOLA TAMBÉM PRECISA DA COLABORAÇÃO DOS PAIS E ALUNOS PARA DESENVOLVER SUAS ATIVIDADES. O TRABALHO EM GRUPO ENTRE PAIS, PROFESSORES, ALUNOS E FUNCIONÁRIOS DA ESCOLA É A BASE PARA O SUCESSO DA INSTITUIÇÃO. DA MESMA MANEIRA, AO LONGO DA VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL O ALUNO VAI ENTENDER QUE O TRABALHO EM EQUIPE É A ALAVANCA QUE MOVE AS GRANDES INSTITUIÇÕES.
  • 4. POR QUE AS MÃES CHORAM " POR QUE VOCÊ ESTÁ CHORANDO? " , ELE PERGUNTOU À SUA MÃE." PORQUE EU SOU MÃE " , ELA RESPONDEU. " EU NÃO ENTENDI " , ELE DISSE. ELA APENAS O ABRAÇOU E SUSSURROU: " VOCÊ NUNCA ENTENDERÁ ". MAIS TARDE O MENINO PERGUNTOU AO PAI PORQUE AS MÃES PARECEMCHORAR SEM NENHUMA APARENTE RAZÃO. " TODAS AS MÃES CHORAM SEM MOTIVO ", FOI O QUE O PAI CONSEGUIU RESPONDER. O MENINO CRESCEU, TORNOU-SE UM HOMEM E AINDA TENTAVA ENTENDER PORQUE MÃES VOLTA E MEIA ESTÃO CHORANDO. APÓS MUITOS ANOS, JÁ EM AVANÇADA IDADE, ELE DEIXOU O MUNDO. QUANDO SUA ALMA VIU-SE FRENTE A FRENTE COM DEUS, LOGO DISSE: "SENHOR, NUNCA ENTENDI PORQUE MÃES CHORAM TÃO FACILMENTE " DISSE DEUS: " QUANDO EU CRIEI AS MÃES TINHA QUE SER ALGO ESPECIAL. EU FIZ SEUS OMBROS FORTES O SUFICIENTEPARA CARREGAR O PESO DO MUNDOE, AINDA, SUFICIENTEMENTE CONFORTÁVEIS PARA DAR APOIO. EU DEI A ELAS A FORÇA PARA A HORA DO NASCIMENTO DOS FILHOS E PARA SUPORTAR A REJEIÇÃOQUE TANTAS VEZES VEM DELES. EU DEI A ELAS A FIBRA QUE PERMITEA CONTINUAÇÃO DA LUTA QUANDO TODOS À SUA VOLTA JÁ DESISTIRAM. DEI-LHES A PERSEVERANÇA EM PROTEGERA FAMÍLIA POR ENTRE DOENÇAS E TRISTEZASSEM JAMAIS DESISTIR DE AMAR. DEI-LHES A SENSIBILIDADE PARA AMAR SEUS FILHOSDIANTE DE QUAISQUER CIRCUNSTÂNCIAS,MESMO QUE ELES A TENHAM MAGOADO PROFUNDAMENTE. ESSA MESMA SENSIBILIDADE AS AJUDA A SILENCIAR O CHORINHO DOS SEUS BEBÊS, FAZENDO COM QUE SE ACALMEM E, QUANDO ADOLESCENTES, QUE COMPARTILHEM COM ELA SUAS ANSIEDADES E MEDOS. ... E, FINALMENTE, DEI-LHES A LÁGRIMA PARA DERRAMAREM SEM NENHUMA RAZÃO APARENTE. É SUA ÚNICA FRAQUEZA. POR QUE FIZ ISSO? PARA NÃO DIFERENCIÁ-LAS POR COMPLETO DO RESTANTE DA ESPÉCIE HUMANA ". BOM DIA!!