SlideShare uma empresa Scribd logo
Crise dos Mísseis
Às Margens da Guerra
• Foi a crise que mais aproximou o mundo de
uma guerra nuclear.
• Tudo começou quando o então líder da
União Soviética Nikita Khrushchov
caminhava com seu líder da defesa nas
margens do Mar Negro.A Guerra Fria
estava em seu apogeu e ele precisava de um
próximo passo.Nos dias claros era possível
ver as margens do litoral turco e seu líder
de defesa o alertou que haviam mísseis
americanos lá.A Rússia precisava de algo
parecido.
Cenário Cubano
• Cuba era uma Ilha Comunista em um mar
dominado pelos americanos.Era uma base
de apoio russa no mar ocidental.
• Os americanos estavam tentando
derrubar Fidel Castro desde 1961,porém
sem sucesso.
• Percebendo a intenção dos EUA de
intervir na ilha,Khrushchov faz em Cuba
o mesmo que os americanos fizeram na
Turquia.
Anadyr
• Após o consentimento de Castro,a maior
operação marina da história soviética se
inicia.
• Os soviéticos tinham apenas 4 meses
para instalar 60 mísseis nucleares em
uma ilha à 13.000Km de distância,tudo
em segredo.
Sinais de Perigo
• Através de um jato espião os EUA
começaram a perceber o perigo e
descobriram os mísseis.
• Porém no momento em que Kennedy
percebeu a ameaça,os mísseis já estavam
prontos.
• A marinha americana bloqueava o
mar,porém estavam na mira de um
submarino soviético com um míssil nuclear.
• O maior perigo porém,ainda estava por se
descobrir.
• Se uma intervenção americana ocorresse
todos os EUA tinham a chance de ser
Nada a Fazer
• Se um ataque ocorresse em Cuba,os Soviéticos
atacariam Berlim.
• Uma operação bloqueia o submarino soviético.
• Os EUA planejam um ataque,porém não tem
ideia do tamanho da força soviética.
• Em Cuba,Fidel se prepara para o ataque e para o
discurso de Kennedy.
• O presidente afirma que se algum míssil for
disparado contra algum país americano,a URSS
sofreria retaliação.
• A URSS nega a presença de mísseis e Kennedy
está relutante em começar uma guerra.
Tensão Extrema e Negociação
• Em 26 de Outubro,os navios soviéticos recuam,porém no
terra e no ar o perigo é iminente.
• Algumas armas nucleares poderiam ser usadas usadas sem
autorização dos líderes de ambos os lados,o que era o
maior risco.
• 134 ogivas nucleares já haviam sido desembarcadas em
Cuba e 3 mísseis SS-4 estavam sendo preparadas para
lançamento.
• Os Cubanos disparam armas anti-aéreas contra aviões
americanos.
• Khrushchov manda uma carta a Kennedy negociando o fim
da crise.
• Não se sabe quem realmente está no comando da União
Soviética.
• Um piloto americano é morte sobrevoando Cuba.
• Os governos negociam a paz.
• No dia 28 de Outubro de 1962 Khrushchov afirma retirar
Fontes
• InfoEscola e documentário do Youtube.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guerra fria a chegada do homem a lua.
Guerra fria  a chegada do homem a lua.Guerra fria  a chegada do homem a lua.
Guerra fria a chegada do homem a lua.
Karen Assis
 
DistensãO Entre Eua E Cuba
DistensãO Entre Eua E CubaDistensãO Entre Eua E Cuba
DistensãO Entre Eua E Cuba
ecsette
 
A (contra) ameaça nuclear
A (contra) ameaça nuclearA (contra) ameaça nuclear
A (contra) ameaça nuclear
Leonam Guimarães
 
Guerra do Iraque
Guerra do IraqueGuerra do Iraque
Guerra do iraque
Guerra do iraqueGuerra do iraque
Guerra do iraque
grupodois
 
As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)
As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)
As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)
Jennifer Helen
 
Guerra do Iraque
Guerra do IraqueGuerra do Iraque
Guerra do Iraque
Beatriz Mello
 
Bomba Atomica
Bomba AtomicaBomba Atomica
Bomba Atomica
anuxka
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
A guerra do golfo e do iraque
A guerra do golfo e do iraqueA guerra do golfo e do iraque
A guerra do golfo e do iraque
Nelia Salles Nantes
 
A16v1747
A16v1747A16v1747
A16v1747
Carlos Carvalho
 
2 guerra japão e estados unidos
2 guerra   japão e estados unidos2 guerra   japão e estados unidos
2 guerra japão e estados unidos
Nelia Salles Nantes
 
2 guerra japão e estados unidos - 2017
2 guerra   japão e estados unidos - 20172 guerra   japão e estados unidos - 2017
2 guerra japão e estados unidos - 2017
Nelia Salles Nantes
 
As bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki
As bombas atómicas sobre Hiroxima e NagasakiAs bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki
As bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki
tiatex
 
Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.
Willi Roger
 
Pós 2 guerra
Pós   2 guerraPós   2 guerra
Pós 2 guerra
Luciano Pessanha
 
O japão na 2ª guerra mundial
O japão na 2ª guerra mundialO japão na 2ª guerra mundial
O japão na 2ª guerra mundial
Hakudoushi
 

Mais procurados (17)

Guerra fria a chegada do homem a lua.
Guerra fria  a chegada do homem a lua.Guerra fria  a chegada do homem a lua.
Guerra fria a chegada do homem a lua.
 
DistensãO Entre Eua E Cuba
DistensãO Entre Eua E CubaDistensãO Entre Eua E Cuba
DistensãO Entre Eua E Cuba
 
A (contra) ameaça nuclear
A (contra) ameaça nuclearA (contra) ameaça nuclear
A (contra) ameaça nuclear
 
Guerra do Iraque
Guerra do IraqueGuerra do Iraque
Guerra do Iraque
 
Guerra do iraque
Guerra do iraqueGuerra do iraque
Guerra do iraque
 
As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)
As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)
As Guerras do Golfo (Guerra do Golfo e do Iraque)
 
Guerra do Iraque
Guerra do IraqueGuerra do Iraque
Guerra do Iraque
 
Bomba Atomica
Bomba AtomicaBomba Atomica
Bomba Atomica
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
A guerra do golfo e do iraque
A guerra do golfo e do iraqueA guerra do golfo e do iraque
A guerra do golfo e do iraque
 
A16v1747
A16v1747A16v1747
A16v1747
 
2 guerra japão e estados unidos
2 guerra   japão e estados unidos2 guerra   japão e estados unidos
2 guerra japão e estados unidos
 
2 guerra japão e estados unidos - 2017
2 guerra   japão e estados unidos - 20172 guerra   japão e estados unidos - 2017
2 guerra japão e estados unidos - 2017
 
As bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki
As bombas atómicas sobre Hiroxima e NagasakiAs bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki
As bombas atómicas sobre Hiroxima e Nagasaki
 
Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.Guerra fria prof. josédna. wr.
Guerra fria prof. josédna. wr.
 
Pós 2 guerra
Pós   2 guerraPós   2 guerra
Pós 2 guerra
 
O japão na 2ª guerra mundial
O japão na 2ª guerra mundialO japão na 2ª guerra mundial
O japão na 2ª guerra mundial
 

Semelhante a Crise dos mísseis

Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba
turmac12
 
geografia 12
geografia 12geografia 12
geografia 12
turmac12
 
Geografia 12
Geografia 12Geografia 12
Geografia 12
turmac12
 
Crise dos misseis de cuba trab. geo.
Crise dos misseis de cuba   trab. geo.Crise dos misseis de cuba   trab. geo.
Crise dos misseis de cuba trab. geo.
turmac12
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
Jorge Almeida
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Valéria Shoujofan
 
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
Nelia Salles Nantes
 
A 2ª guerra mundial a guerra no pacífico e as bombas atômicas
A 2ª guerra mundial   a guerra no pacífico e as bombas atômicasA 2ª guerra mundial   a guerra no pacífico e as bombas atômicas
A 2ª guerra mundial a guerra no pacífico e as bombas atômicas
Nelia Salles Nantes
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
Jorge Almeida
 
Especifica de História e Atualidades (1)
Especifica de História e Atualidades (1)Especifica de História e Atualidades (1)
Especifica de História e Atualidades (1)
DOUGLASRODARTE2012
 
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria  de paz armada a rev. chinesaA guerra fria  de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
Nelia Salles Nantes
 
A revolução cubana
A revolução cubanaA revolução cubana
A revolução cubana
historiando
 
A revolução cubana
A revolução cubanaA revolução cubana
A revolução cubana
Nelia Salles Nantes
 
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria  de paz armada a rev. chinesaA guerra fria  de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
Nelia Salles Nantes
 
A revolução cubana
A revolução cubanaA revolução cubana
A revolução cubana
historiando
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
Vitor Pereira Rodrigues
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Luciano Pessanha
 
2º guerra mundial cronologia
2º guerra mundial   cronologia2º guerra mundial   cronologia
2º guerra mundial cronologia
cecilianoclaro
 
Submarinos Nazista - Prof. Altair Aguilar
Submarinos Nazista - Prof. Altair AguilarSubmarinos Nazista - Prof. Altair Aguilar
Submarinos Nazista - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 

Semelhante a Crise dos mísseis (20)

Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba
 
geografia 12
geografia 12geografia 12
geografia 12
 
Geografia 12
Geografia 12Geografia 12
Geografia 12
 
Crise dos misseis de cuba trab. geo.
Crise dos misseis de cuba   trab. geo.Crise dos misseis de cuba   trab. geo.
Crise dos misseis de cuba trab. geo.
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
A guerra fria   1945 a 1989 - 2016A guerra fria   1945 a 1989 - 2016
A guerra fria 1945 a 1989 - 2016
 
A 2ª guerra mundial a guerra no pacífico e as bombas atômicas
A 2ª guerra mundial   a guerra no pacífico e as bombas atômicasA 2ª guerra mundial   a guerra no pacífico e as bombas atômicas
A 2ª guerra mundial a guerra no pacífico e as bombas atômicas
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Especifica de História e Atualidades (1)
Especifica de História e Atualidades (1)Especifica de História e Atualidades (1)
Especifica de História e Atualidades (1)
 
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria  de paz armada a rev. chinesaA guerra fria  de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
 
A revolução cubana
A revolução cubanaA revolução cubana
A revolução cubana
 
A revolução cubana
A revolução cubanaA revolução cubana
A revolução cubana
 
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria  de paz armada a rev. chinesaA guerra fria  de paz armada a rev. chinesa
A guerra fria de paz armada a rev. chinesa
 
A revolução cubana
A revolução cubanaA revolução cubana
A revolução cubana
 
Corrida armamentista completo
Corrida armamentista completoCorrida armamentista completo
Corrida armamentista completo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
2º guerra mundial cronologia
2º guerra mundial   cronologia2º guerra mundial   cronologia
2º guerra mundial cronologia
 
Submarinos Nazista - Prof. Altair Aguilar
Submarinos Nazista - Prof. Altair AguilarSubmarinos Nazista - Prof. Altair Aguilar
Submarinos Nazista - Prof. Altair Aguilar
 

Último

livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 

Último (20)

livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 

Crise dos mísseis

  • 2. Às Margens da Guerra • Foi a crise que mais aproximou o mundo de uma guerra nuclear. • Tudo começou quando o então líder da União Soviética Nikita Khrushchov caminhava com seu líder da defesa nas margens do Mar Negro.A Guerra Fria estava em seu apogeu e ele precisava de um próximo passo.Nos dias claros era possível ver as margens do litoral turco e seu líder de defesa o alertou que haviam mísseis americanos lá.A Rússia precisava de algo parecido.
  • 3. Cenário Cubano • Cuba era uma Ilha Comunista em um mar dominado pelos americanos.Era uma base de apoio russa no mar ocidental. • Os americanos estavam tentando derrubar Fidel Castro desde 1961,porém sem sucesso. • Percebendo a intenção dos EUA de intervir na ilha,Khrushchov faz em Cuba o mesmo que os americanos fizeram na Turquia.
  • 4. Anadyr • Após o consentimento de Castro,a maior operação marina da história soviética se inicia. • Os soviéticos tinham apenas 4 meses para instalar 60 mísseis nucleares em uma ilha à 13.000Km de distância,tudo em segredo.
  • 5. Sinais de Perigo • Através de um jato espião os EUA começaram a perceber o perigo e descobriram os mísseis. • Porém no momento em que Kennedy percebeu a ameaça,os mísseis já estavam prontos. • A marinha americana bloqueava o mar,porém estavam na mira de um submarino soviético com um míssil nuclear. • O maior perigo porém,ainda estava por se descobrir. • Se uma intervenção americana ocorresse todos os EUA tinham a chance de ser
  • 6. Nada a Fazer • Se um ataque ocorresse em Cuba,os Soviéticos atacariam Berlim. • Uma operação bloqueia o submarino soviético. • Os EUA planejam um ataque,porém não tem ideia do tamanho da força soviética. • Em Cuba,Fidel se prepara para o ataque e para o discurso de Kennedy. • O presidente afirma que se algum míssil for disparado contra algum país americano,a URSS sofreria retaliação. • A URSS nega a presença de mísseis e Kennedy está relutante em começar uma guerra.
  • 7. Tensão Extrema e Negociação • Em 26 de Outubro,os navios soviéticos recuam,porém no terra e no ar o perigo é iminente. • Algumas armas nucleares poderiam ser usadas usadas sem autorização dos líderes de ambos os lados,o que era o maior risco. • 134 ogivas nucleares já haviam sido desembarcadas em Cuba e 3 mísseis SS-4 estavam sendo preparadas para lançamento. • Os Cubanos disparam armas anti-aéreas contra aviões americanos. • Khrushchov manda uma carta a Kennedy negociando o fim da crise. • Não se sabe quem realmente está no comando da União Soviética. • Um piloto americano é morte sobrevoando Cuba. • Os governos negociam a paz. • No dia 28 de Outubro de 1962 Khrushchov afirma retirar
  • 8. Fontes • InfoEscola e documentário do Youtube.