SlideShare uma empresa Scribd logo
Continuous Delivery
“Entrega Contínua”
            Marco Valtas (@mavcunha)
                 ThoughtWorks




Feedback e perguntas: #agilevale #cd
 Material Inspirado nas apresentações de Jez Humble e Tim Brown
Pesquisa Rápida
  Qual é a sua
   profissão?

  Desenvolvedor?
  Gerente de Projeto?
  Administrador de BD?
  Analista de Qualidade?
  Analista de Produto?
Pesquisa Rápida
      Qual é
 o tamanho da sua
     empresa?
    Alguns (entre trinta)
    De respeito (mais de cem)
    Grande (mais de
 quinhentos)
    A perder de vista
       (dez
Pesquisa Rápida
       Quantos
dias p/ funcionalidade
 entrar em produção?

    Alguns (entre trinta)
    De respeito (mais de cem)
    Grande (mais de
 quinhentos)
    A perder de vista
        (dez
Pesquisa Rápida

         "How long would it take
    your organization to deploy a
  change that involves just one single
line of code? Do you do this on a
 repeatable, reliable basis?"
     Mary & Tom Poppendieck - Implement Lean
         Software Development.
Software
Desenvolvedor




                           Usuário
Software
Desenvolvedor




                           Usuário
Software
                  Version
Desenvolvedores   Control




                             Usuário
Software
                  Version   Continuous
Desenvolvedores   Control   Integration




                                          Usuário
Software
                             Version     Continuous
Desenvolvedores              Control     Integration




                  Preview




                            Analista        Novas
                                       funcionalidades
                                                         Usuário
Software
                             Version     Continuous
Desenvolvedores              Control     Integration




                  Preview




     Qualidade
                            Analista        Novas
                                       funcionalidades
                                                         Usuário
Software
                             Version     Continuous
Desenvolvedores              Control     Integration



                                                         Sys Admin


                  Preview




     Qualidade
                            Analista        Novas
                                       funcionalidades
                                                                     Usuário
Software
                             Version     Continuous
                                                                     DBA

Desenvolvedores              Control     Integration



                                                         Sys Admin


                  Preview




     Qualidade
                            Analista        Novas
                                       funcionalidades
                                                                     Usuário
Entrega Contínua
                                          Testes de
Idéia   Planejamento   Dev   Integração               Implantação
                                           Release
Entrega Contínua
                                                  Testes de
        Idéia   Planejamento   Dev   Integração               Implantação
                                                   Release




 a lo
V r




       e ra
E sp
Entrega Contínua
                                              Testes de
Idéia   Planejamento   Dev      Integração                Implantação
                                               Release




                             Agile Movement
Entrega Contínua
                                                 Testes de
Idéia   Planejamento   Dev      Integração                     Implantação
                                                  Release




                             Agile Movement


                                             DevOps Movement
Entrega Contínua
                                                 Testes de
Idéia   Planejamento   Dev      Integração                     Implantação
                                                  Release




                             Agile Movement


                                             DevOps Movement

                                Continuous Delivery
Dicotomia
                  Diretoria de T.I.


       Mais Rápido!                   Mais Estável!




Desenvolvimento                         Operações
É Possível?
É Possível?
  Feedback
      e
Automatização
É Possível?




(18/08/2011) http://code.flickr.com
Testes, testes, testes

Aceitação

Integração

Unitários
Testes, testes, testes

Aceitação

Integração

Unitários

             Quantidade
Testes, testes, testes
                          Custo

Aceitação

Integração

Unitários

             Quantidade
Testes, testes, testes
                          Custo

Aceitação

Integração

Unitários

             Quantidade           Velocidade
Testes, testes, testes
                          Custo         Complexidade

Aceitação

Integração

Unitários

             Quantidade           Velocidade
ão
        Testes, testes, testes
 itaç




            Unitários       Unitários    Unitários
Ace




                     Integração   Integração

80% de cobertura
por tipo de teste.
Integração Contínua
Desenvolvedor                   Controle
                                de Versão

                     Check In
                                                          Artefatos (Binários)
                                                           são um potencial
                                                                release
                                       Mudança
                                       Detectada



                Feedback                           Repositório de artefatos




                                Integração
                                 Contínua
Controle de Versão




          http://derekring.blogspot.com/2010/09/back-to-future-is-now-available.html
Controle de Versão

           Release Branch
Controle de Versão
              Feature Branch
Controle de Versão
              Feature Branch




              Release Branch
Controle de Versão
              Feature Branch



                  OUCH!




              Release Branch
Controle de Versão
              Feature Branch



                  OUCH!




              Release Branch
Controle de Versão
       No Branch / Experimental Branch




   Todos fazem check in na linha
     principal (trunk / head)
Branch por Abstração
                    Biblioteca




Aplicação
Branch por Abstração
                    Biblioteca




Aplicação




                    Biblioteca
Branch por Abstração
                         Biblioteca




Aplicação   Interface   Implementa



                         Biblioteca
Branch por Abstração
                         Biblioteca




Aplicação   Interface   Implementa



                         Biblioteca
Branch por Abstração
                         Biblioteca




Aplicação   Interface   Implementa



                         Biblioteca
Branch por Abstração
                         Biblioteca




Aplicação   Interface   Implementa



                         Biblioteca
Branch por Abstração


Aplicação   Interface   Implementa



                         Biblioteca
Branch por Abstração


Aplicação




                    Biblioteca
Flags de
Funcionalidade


coolNewTheme = false
Flags de
Funcionalidade


coolNewTheme =   true
Banco de Dados



           http://xkcd.com/327/
Banco de Dados

      •Sempre um case “especial”
      •Dados são Persistentes
      •Rollback é doloroso
      •Pouca Colaboração
Banco de Dados
                       Controle
                       de Versão




             Deltas




          •dbdeploy
Estado    •LiquiBase               Estado
Inicial                             Final
Banco de Dados

      •Refatoração
      •Mudanças no BD comunicadas
      aos DBA’s pelo I.C.
      •Pratique os deploys
      •Evite mudanças manuais
Implantação




         http://xkcd.com/918/
Verde - Azul
          Web    App    DB




Router
Verde - Azul
          Web     App     DB


          v 1.1   v 1.1   v 1.1



Router
Verde - Azul
          Web     App     DB


          v 1.1   v 1.1   v 1.1



Router
          v 2.0   v 2.0   v 2.0
Dark Launching
Dark Launching


UI        Aplicação



            Nova
        Funcionalidade
Canary Release
Canary Release



Router
Canary Release



Router
Provisionamento



Sysadmin
Provisionamento



Sysadmin
Provisionamento
                      Puppet!




Sysadmin




http://www.puppetlabs.com/
Princípios
•Crie um processo repetível e confiável para a entrega de software.
•Automatize tudo o que for possível.
•Pessoas devem se ocupar com tarefas de alto valor.
•Todos os envolvidos estão envolvidos (DBA’s, SysAdmins...).
•Tudo no controle de versão.
•Todos são responsáveis pela entrega.
Obrigado


Marco Valtas (@mavcunha)
     ThoughtWorks

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

DevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia II
DevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia IIDevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia II
DevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia II
Alefe Variani
 
Startups e DevOps
Startups e DevOpsStartups e DevOps
Startups e DevOps
José Bringel Filho
 
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBMO que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
Felipe Freire
 
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
Thiago Ganzarolli
 
Devops - A cultura ágil voltada à infra-estrutura
Devops - A cultura ágil voltada à infra-estruturaDevops - A cultura ágil voltada à infra-estrutura
Devops - A cultura ágil voltada à infra-estrutura
Fernando Celarino
 
Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)
Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)
Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)
Claudia Melo
 
GCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de Versões
GCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de VersõesGCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de Versões
GCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de Versões
Misael Santos
 
Gerência de configuração ágil
Gerência de configuração ágilGerência de configuração ágil
Gerência de configuração ágil
Claudia Melo
 
Extreme Programming (XP) e Scrum
Extreme Programming (XP) e ScrumExtreme Programming (XP) e Scrum
Extreme Programming (XP) e Scrum
Rafael Souza
 
Introdução à Qualidade e Testes Ágeis de Software
Introdução à Qualidade e Testes Ágeis de SoftwareIntrodução à Qualidade e Testes Ágeis de Software
Introdução à Qualidade e Testes Ágeis de Software
Claudia Melo
 
DevOps: princípios e práticas para a Entrega Contínua
DevOps: princípios e práticas para a Entrega ContínuaDevOps: princípios e práticas para a Entrega Contínua
DevOps: princípios e práticas para a Entrega Contínua
Otávio Calaça Xavier
 
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOpsQuebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
José Alexandre Macedo
 
Aula 01 engenharia de software
Aula 01   engenharia de softwareAula 01   engenharia de software
Aula 01 engenharia de software
elisanesteilmann
 
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian FerrariDrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
Taller Negócio Digitais
 
DevOps - visão geral
DevOps - visão geralDevOps - visão geral
DevOps - visão geral
Allyson Chiarini
 
Continuous Deployment
Continuous DeploymentContinuous Deployment
Continuous Deployment
Welington Oliveira da Silva
 
DevOps - Estado da Arte
DevOps - Estado da ArteDevOps - Estado da Arte
DevOps - Estado da Arte
ilegra
 
Brateste 2013: Testes Agile em Processos Agile
Brateste 2013:  Testes Agile em Processos AgileBrateste 2013:  Testes Agile em Processos Agile
Brateste 2013: Testes Agile em Processos Agile
ananegrello
 
DevOps, por onde começar
DevOps, por onde começarDevOps, por onde começar
DevOps, por onde começar
Adriano Tavares
 
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoftDevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
Igor Abade
 

Mais procurados (20)

DevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia II
DevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia IIDevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia II
DevOps II - Ambientes padronizados e Monitoramento da Aplicação | Monografia II
 
Startups e DevOps
Startups e DevOpsStartups e DevOps
Startups e DevOps
 
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBMO que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
O que é DevOps? Introdução à abordagem pela IBM
 
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
DevOps, NoOps...afinal que raios é isso?
 
Devops - A cultura ágil voltada à infra-estrutura
Devops - A cultura ágil voltada à infra-estruturaDevops - A cultura ágil voltada à infra-estrutura
Devops - A cultura ágil voltada à infra-estrutura
 
Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)
Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)
Introdução à Programação Extrema (Extreme Programming - XP)
 
GCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de Versões
GCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de VersõesGCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de Versões
GCS - Aula 07 - Sistemas de Controle de Versões
 
Gerência de configuração ágil
Gerência de configuração ágilGerência de configuração ágil
Gerência de configuração ágil
 
Extreme Programming (XP) e Scrum
Extreme Programming (XP) e ScrumExtreme Programming (XP) e Scrum
Extreme Programming (XP) e Scrum
 
Introdução à Qualidade e Testes Ágeis de Software
Introdução à Qualidade e Testes Ágeis de SoftwareIntrodução à Qualidade e Testes Ágeis de Software
Introdução à Qualidade e Testes Ágeis de Software
 
DevOps: princípios e práticas para a Entrega Contínua
DevOps: princípios e práticas para a Entrega ContínuaDevOps: princípios e práticas para a Entrega Contínua
DevOps: princípios e práticas para a Entrega Contínua
 
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOpsQuebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
Quebrando barreiras entre desenvolvimento e operação de software com DevOps
 
Aula 01 engenharia de software
Aula 01   engenharia de softwareAula 01   engenharia de software
Aula 01 engenharia de software
 
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian FerrariDrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
DrupalCamp SP 2015 - DevOps, por onde começar? Por Sebastian Ferrari
 
DevOps - visão geral
DevOps - visão geralDevOps - visão geral
DevOps - visão geral
 
Continuous Deployment
Continuous DeploymentContinuous Deployment
Continuous Deployment
 
DevOps - Estado da Arte
DevOps - Estado da ArteDevOps - Estado da Arte
DevOps - Estado da Arte
 
Brateste 2013: Testes Agile em Processos Agile
Brateste 2013:  Testes Agile em Processos AgileBrateste 2013:  Testes Agile em Processos Agile
Brateste 2013: Testes Agile em Processos Agile
 
DevOps, por onde começar
DevOps, por onde começarDevOps, por onde começar
DevOps, por onde começar
 
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoftDevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
DevOps - Melhores práticas na plataforma microsoft
 

Semelhante a Continuous delivery

Just java 2011
Just java   2011Just java   2011
Just java 2011
Alex Barbosa Coqueiro
 
Cloud Computing e Integração Contínua com o Windows Azure
Cloud Computing e Integração Contínua com o Windows AzureCloud Computing e Integração Contínua com o Windows Azure
Cloud Computing e Integração Contínua com o Windows Azure
Grupo de Testes Carioca
 
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java JavaImplementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
elliando dias
 
Svn - grupo de estudos sol7
Svn - grupo de estudos sol7Svn - grupo de estudos sol7
Svn - grupo de estudos sol7
SOL7 - Tecnologia de Decisão
 
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Adriano Bertucci
 
BaixadaTech 2012 - Qualidade de Software
BaixadaTech 2012 - Qualidade de SoftwareBaixadaTech 2012 - Qualidade de Software
BaixadaTech 2012 - Qualidade de Software
Adriano Bertucci
 
Keynote Visual Studio Summit 2016
Keynote Visual Studio Summit 2016Keynote Visual Studio Summit 2016
Keynote Visual Studio Summit 2016
Ramon Durães
 
Integracao Continua com CruiseControl
Integracao Continua com CruiseControlIntegracao Continua com CruiseControl
Integracao Continua com CruiseControl
Luthiano Vasconcelos
 
Aula2 paradigmas
Aula2 paradigmasAula2 paradigmas
Aula2 paradigmas
Portal_do_estudante_ADS
 
Delphi Conference 2011 - Integração Contínua
Delphi Conference 2011 - Integração ContínuaDelphi Conference 2011 - Integração Contínua
Delphi Conference 2011 - Integração Contínua
José Araújo
 
Modernização de Aplicações
Modernização de AplicaçõesModernização de Aplicações
Modernização de Aplicações
Marcio Sete
 
Domain driven design
Domain driven designDomain driven design
Domain driven design
Milfont Consulting
 
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team SystemTeched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Fábio Câmara
 
Desmistificando agile testing tdc 2011
Desmistificando agile testing tdc 2011Desmistificando agile testing tdc 2011
Desmistificando agile testing tdc 2011
tatiane_fukuda
 
Tendências e Dicas para o Desenvolvimento de Software
Tendências e Dicas para o Desenvolvimento de SoftwareTendências e Dicas para o Desenvolvimento de Software
Tendências e Dicas para o Desenvolvimento de Software
Norberto Santos
 
Ciclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a ponta
Ciclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a pontaCiclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a ponta
Ciclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a ponta
Rodrigo Kono
 
DevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu Software
DevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu SoftwareDevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu Software
DevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu Software
André Dias
 
Sistemas de controle de versão
Sistemas de controle de versãoSistemas de controle de versão
Sistemas de controle de versão
Marcos Pessoa
 
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptxGerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Roberto Nunes
 
Aula1 introducao engsw
Aula1 introducao engswAula1 introducao engsw
Aula1 introducao engsw
Computação Depressão
 

Semelhante a Continuous delivery (20)

Just java 2011
Just java   2011Just java   2011
Just java 2011
 
Cloud Computing e Integração Contínua com o Windows Azure
Cloud Computing e Integração Contínua com o Windows AzureCloud Computing e Integração Contínua com o Windows Azure
Cloud Computing e Integração Contínua com o Windows Azure
 
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java JavaImplementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
Implementando Implementando eXtreme treme Programming rogramming em em Java Java
 
Svn - grupo de estudos sol7
Svn - grupo de estudos sol7Svn - grupo de estudos sol7
Svn - grupo de estudos sol7
 
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012Qualidade de Software com Visual Studio 2012
Qualidade de Software com Visual Studio 2012
 
BaixadaTech 2012 - Qualidade de Software
BaixadaTech 2012 - Qualidade de SoftwareBaixadaTech 2012 - Qualidade de Software
BaixadaTech 2012 - Qualidade de Software
 
Keynote Visual Studio Summit 2016
Keynote Visual Studio Summit 2016Keynote Visual Studio Summit 2016
Keynote Visual Studio Summit 2016
 
Integracao Continua com CruiseControl
Integracao Continua com CruiseControlIntegracao Continua com CruiseControl
Integracao Continua com CruiseControl
 
Aula2 paradigmas
Aula2 paradigmasAula2 paradigmas
Aula2 paradigmas
 
Delphi Conference 2011 - Integração Contínua
Delphi Conference 2011 - Integração ContínuaDelphi Conference 2011 - Integração Contínua
Delphi Conference 2011 - Integração Contínua
 
Modernização de Aplicações
Modernização de AplicaçõesModernização de Aplicações
Modernização de Aplicações
 
Domain driven design
Domain driven designDomain driven design
Domain driven design
 
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team SystemTeched Brasil 2005 -  A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
Teched Brasil 2005 - A Metodologia MSF Agile e o Visual Studio Team System
 
Desmistificando agile testing tdc 2011
Desmistificando agile testing tdc 2011Desmistificando agile testing tdc 2011
Desmistificando agile testing tdc 2011
 
Tendências e Dicas para o Desenvolvimento de Software
Tendências e Dicas para o Desenvolvimento de SoftwareTendências e Dicas para o Desenvolvimento de Software
Tendências e Dicas para o Desenvolvimento de Software
 
Ciclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a ponta
Ciclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a pontaCiclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a ponta
Ciclo de vida do desenvolvimento de software de ponta a ponta
 
DevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu Software
DevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu SoftwareDevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu Software
DevOps Summit Brasil: +10 Ferramentas para Melhorar a Qualidade do seu Software
 
Sistemas de controle de versão
Sistemas de controle de versãoSistemas de controle de versão
Sistemas de controle de versão
 
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptxGerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
 
Aula1 introducao engsw
Aula1 introducao engswAula1 introducao engsw
Aula1 introducao engsw
 

Continuous delivery

Notas do Editor

  1. \n
  2. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  3. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  4. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  5. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  6. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  7. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  8. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  9. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  10. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  11. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  12. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  13. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  14. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  15. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  16. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  17. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  18. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  19. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  20. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  21. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  22. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  23. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  24. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  25. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  26. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  27. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  28. - O que é? E o que fazemos na ThoughtWorks?\n- É um lugar onde os desenvolvedores recebem o respeito que merecem.\n- Onde somos apaixonados por software e desenvolvemos nas horas vagas.\n- Onde levamos muito a sério o que fazemos...\n- ... mas não necessariamente as roupas.\n- Onde usamos legos para mostrar a nós e aos clientes como desenvolvemos software.\n- Onde diversidade é importante.\n- Ás vezes trabalhamos em situações adversas....\n- mas com a colegas talentosos a gente supera o desafio.\n- tudo para entregar o melhor software o melhor valor.\n
  29. - E por último estes são ou foram seus colegas de trabalho.\n
  30. - E por último estes são ou foram seus colegas de trabalho.\n
  31. - E por último estes são ou foram seus colegas de trabalho.\n
  32. - E por último estes são ou foram seus colegas de trabalho.\n
  33. - E por último estes são ou foram seus colegas de trabalho.\n
  34. \n
  35. \n
  36. \n
  37. \n
  38. \n
  39. \n
  40. \n
  41. \n
  42. \n
  43. \n
  44. \n
  45. \n
  46. \n
  47. \n
  48. \n
  49. \n
  50. \n
  51. \n
  52. \n
  53. \n
  54. \n
  55. \n
  56. \n
  57. \n
  58. \n
  59. \n
  60. \n
  61. \n
  62. \n
  63. \n
  64. \n
  65. \n
  66. \n
  67. \n
  68. \n
  69. \n
  70. \n
  71. \n
  72. \n
  73. \n
  74. \n
  75. \n
  76. \n
  77. \n
  78. \n
  79. \n
  80. \n
  81. \n
  82. \n
  83. \n
  84. \n
  85. \n
  86. \n
  87. \n
  88. \n
  89. \n
  90. \n
  91. \n
  92. \n
  93. \n
  94. \n
  95. \n
  96. \n
  97. \n
  98. \n
  99. \n
  100. \n
  101. \n
  102. \n
  103. \n