SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Baixar para ler offline
CADERNO DE ATIVIDADES DE Língua Portuguesa – 7ºano
Conteúdo: Texto Publicitário, Poema, Entrevista, Notícia, Reportagem, Cartum,
Palavras Homônimas e Parônimas e Pronomes.
ATIVIDADE 01
Observe a imagem abaixo:
TEXTO 01
01.Você conhece essa embalagem? Já comeu o bombom que vem embrulhado nela?
__________________________________________________________________________
02. Além do nome do bombom, o que mais podemos ver na embalagem?
__________________________________________________________________________
03.Você acha que o desenho tem alguma relação com o nome do doce?
__________________________________________________________________________
04.Por que você acha que o bombom tem esse nome: Sonho de valsa?
__________________________________________________________________________
05. Observe, na embalagem, o desenho acima do nome Sonho de valsa. Você conhece esse
instrumento musical? Qual a relação dele com o nome do chocolate e o desenho do casal na
parte inferior da embalagem?
___________________________________________________________________________
06. Que tipo de dança, provavelmente, o casal está executando na embalagem do bombom?
___________________________________________________________________________
07. Esse tipo de dança é utilizada em que tipo de celebrações?
_____________________________________________________________________________
08. Na sua opinião, em qual (quais) data(s) comemorativas é maior o consumo desse tipo de
produto?
______________________________________________________________________________
TEXTO 02
VALSINHA
É tão fácil
dançar
uma valsa,
rapaz...
Pezinho
pra frente
Pezinho
pra trás.
Pra dançar
uma valsa
é preciso
só dois
O sol
com a lua
Feijão
com arroz. ( José Paulo Paes)
09. Qual é a relação de semelhança (intertextualidade) entre o poema e a embalagem do
bombom?
_______________________________________________________________________
09.1 Por que o poema afirma “ ...é preciso só dois/ O Sol com a Lua/ Feijão com arroz.”?
______________________________________________________________________
Veja, a seguir, uma campanha publicitária do bombom realizada em 1956:
TEXTO 03
10. Pode-se afirmar, que quanto a sua finalidade, o texto acima tem por objetivo:
a) informar b) instruir c) convencer d) entreter
ATIVIDADE 02
HOMÔNIMOS
As palavras que têm pronúncia ou grafia iguais, mas que possuem significados diferentes, são
chamadas de palavras homônimas.
TIPOS DE HOMÔNIMOS:
HOMÔNIMOS HOMÓFONOS: são palavras que se escrevem de forma diferente, mas se
pronunciam da mesma maneira.
EXEMPLOS: sessão /seção , conserto/concerto, cela / sela, assento / acento.
HOMÔNIMOS HOMÓGRAFOS: são palavras que se escrevem da mesma forma, mas se
pronunciam de maneira diferente.
EXEMPLOS: gosto (verbo gostar) / gosto (substantivo), colher (verbo) / colher (substantivo) / olho
(verbo olhar) / olho (substantivo).
HOMÔNINOS PERFEITOS: são palavras que têm grafia e pronúncia iguais.
EXEMPLOS: leve (verbo lavar) / leve (adjetivo) , cedo (verbo ceder)/ cedo (advérbio de tempo),
vendo (verbo vender) / vendo (verbo ver).
01. Observe a tira abaixo:
TEXTO 04
a) Que sentido Armandinho atribuiu à palavra vendo em sua placa?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
b) Como seu interlocutor interpretou a placa?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
02. Observe, nas frases a seguir, a mesma palavra em contextos diferentes.
I - Eu gosto de ler contos com criaturas fantásticas.
II – O gosto pela leitura sempre me acompanhou.
a) Qual é a diferença entre as duas palavras destacadas?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________
03. Procure no dicionário ou na internet e transcreva no caderno a definição das palavras abaixo:
a) seção:________________________________________________________
b)sessão:_______________________________________________________
c)cessão:________________________________________________________
d) conserto:______________________________________________________
e) concerto:______________________________________________________
f)cela:__________________________________________________________
g)sela:__________________________________________________________
h) assento:______________________________________________________
i) acento:________________________________________________________
04. Levando em consideração o contexto atribuído pelos enunciados, empregue corretamente um
dos termos propostos pelas alternativas entre parênteses.
a )O atacante aproveitou a jogada distraída e deu o ___________ no adversário. (cheque/xeque)
b) O visitante pôs a _____________ no cavalo, despediu-se de todos e seguiu viagem. (cela/sela)
c ) No presídio, todos os ocupantes foram trocados de _____________. (cela/sela)
d )O filme a que assisti pertence à ______ das dez. (seção/sessão/cessão)
ATIVIDADE 03
PARÔNIMOS
Parônimas são palavras que apresentam significados diferentes, embora sejam parecidas na
grafia e / ou na pronúncia. É o caso das palavras absorver e absolver.
Leia as definições destas palavras:
Tráfego: trânsito de veículos Tráfico: comércio ilegal
Inflação: alta dos preços Infração: violação
Descrição: ato de descrever Discrição: qualidade de quem é discreto
Eminente: elevado Iminente: algo que está prestes a
acontecer
Dispensa: isenção, licença Despensa: compartimento onde se
guardam mantimentos.
01. Agora que você já sabe o significado de cada um dos parônimos do quadro, complete as
frases a seguir utilizando o termo adequado.
a) O ________________ cientista ganhou o prêmio Nobel.
b) Os alimentos foram colocados na _____________________.
c) O ______________ nas estradas foi intenso durante o feriado.
d) O menino agia com ____________________ e cautela.
e) O _____________ foi combatido naquele país.
f) Aquele era um perigo ______________________ .
g) A ________________________ superou todas as marcas históricas.
h) Os alunos fizeram boas _______________ na produção de texto.
i) Como estava doente, o funcionário recebeu _________________ para ir ao mercado.
j) Estacionar em local proibido é considerado uma _________________ às leis de trânsito.
02. Leias as definições que seguem. Depois, elabore um parágrafo em que haja ao menos cinco
dessas palavras:
Descriminar: tirar a culpa, absolver de
crime, inocentar
Discriminar: diferenciar, distinguir
Flagrante: evidente, manifesto. Fragrante: perfumado, aromático
Fluir: correr em estado líquido. Fruir: desfrutar, usufruir
Soar: produzir som, emitir som Suar: transpirar
Retificar: corrigir, emendar Ratificar: validar, confirmar, comprovar
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________
__________________
ATIVIDADE 04
Gênero Textual – a entrevista e sua função informativa
A entrevista é um tipo de texto que tem a utilidade de informar as pessoas sobre algum
acontecimento social ou fazer com que o público conheça sobre as ideias e opiniões da pessoa que
é entrevistada.
Desta maneira, tanto o entrevistado quanto o entrevistador devem se posicionar de maneira
correta, procurando pronunciar as palavras de forma correta e mantendo uma boa aparência, para
que possa causar uma boa impressão diante daqueles que irão assistir ou a uma entrevista ou lê-
la. Mas não podemos nos esquecer de que tudo aquilo é planejado com antecedência, tem mais
chances de obter um bom resultado. Dessa forma, é muito importante elaborar as perguntas de
maneira clara e objetiva, procurando sempre facilitar o entendimento. Essa fase é chamada de
roteiro.
Estruturalmente, a entrevista compõe-se dos seguintes elementos:
 Manchete ou título – Essa é uma parte que deverá despertar interesse no interlocutor
envolvido, podendo ser uma frase criativa ou pergunta interessante.
 Apresentação – É o momento em que se apresentam os pontos de maior relevância da
entrevista, como também se destaca o perfil do entrevistado, sua experiência profissional e
seu domínio em relação ao assunto abordado.
 Perguntas e respostas – Basicamente, é a entrevista propriamente dita, na qual são
retratadas as falas de cada um dos envolvidos.
TEXTO 05
Vamos falar de banana, a fruta preferida de muitos leitores
Ele não era um banana. Mas também não era superdescolado. E mesmo assim, ficou muito
popular!
O 'normalzinho' Jeff Kinney, de 40 anos, é autor de uma das séries de livros mais vendidas no
mundo - o Diário de um Banana.
A inspiração para escrever os livros vem de sua própria história. Ele também enfeitava seus
diários com desenhos. Depois, criou uma tirinha para o jornal da faculdade em que estudava, só
que a história não fez muito sucesso (não parece a história do Greg?).
Mesmo assim, Jeff resolveu que sua vocação era ser escritor e desenhista de quadrinhos. Por
isso, escreveu as maluquices do Banana e, depois de nove anos aperfeiçoando o livro, ele lançou
a história e se tornou muito famoso!
Numa entrevista exclusiva à RECREIO, ele conta mais sobre como foi sua vida na época em que
ele tinha a idade do Greg - e ainda dá uma dica genial para se livrar dos professores chatos. Dê
uma olhada:
RECREIO: Você escrevia diários quando era criança?
Jeff: Eu não escrevia, mas queria ter feito isso. Eu comecei a escrever diários quando tinha uns
25 anos. Decidi fazer isso porque só assim eu conseguia parar de jogar videogame e desenhava
mais quadrinhos. Meus diários eram cheios de texto e de desenhos. Quando eu os folheei, tive a
ideia para escrever o Diário de um Banana.
RECREIO: Você se sentia um banana quando era mais novo?
Jeff: Eu era um garoto normal, mas com alguns momentos de banana. Eu não era o melhor
atleta, mas também não era o pior.
RECREIO: O que você mais detestava na escola?
Jeff: Eu não gostava de estar na 5ª série. Era muito assustador... Havia muitas crianças que eu
não conhecia e poucos professores por perto.
RECREIO: No primeiro livro da série, Rowley comeu o queijo nojento para salvar a vida de Greg.
Você já salvou a vida de alguém?
Jeff: Não, eu nunca fiz algo realmente heroico quando era criança!
RECREIO: Que personagem do livro se parece mais com você?
Jeff: Eu sou um pouco parecido com o Greg, mas só nas piores características. As imperfeições
de Greg são uma ampliação de mim mesmo.
RECREIO: Qual personagem é o seu preferido?
Jeff: Eu gosto mais do Rowley. Ao contrário do Greg, ele é uma criança inocente e não tem
pressa de crescer logo.
RECREIO: Greg se parece com alguém que você conhece na vida real?
Jeff: Não, ele é único!
RECREIO: Aqui no Brasil, a galera leva seus livros para as escolas, mas vive levando bronca dos
professores, por lerem durante as aulas. Que dica você dá para todo mundo ler escondido e com
segurança?
Jeff: Escondam os livros dentro de capas e escrevam algumas tabuadas do lado de fora, para
disfarçar.
RECREIO: Você está escrevendo algum livro? Qual é o título dele?
Jeff: Estou escrevendo outro livro sobre o Banana agora, mas eu não posso dizer o título!
FONTE: REVISTA RECREIO
01. Sobre qual tipo de “banana” o texto se refere?
__________________________________________________________.
02. Quem é o entrevistador?
__________________________________________________________.
03. Quem é o entrevistado?
__________________________________________________________.
04. Qual é o significado da palavra “superdescolado” no texto?
__________________________________________________________.
05.Quanto a sua finalidade, podemos classificar o TEXTO 05 como:
a) Notícia b) Entrevista c) Publicitário d) Reportagem
06. Retire do texto acima a manchete:
___________________________________________________________.
07. Produza uma entrevista com um ente familiar sobre o tema “O relacionamento familiar no
isolamento social”.
Orientações:
 Primeiramente, formule as perguntas sobre o tema (roteiro). Lembre-se: perguntas
inteligentes, respostas inteligentes.
 Escolha o seu entrevistado. Dica: as respostas do seu entrevistado não podem ser
apenas “sim” ou “não”.
 Logo após à realização da entrevista, produza uma manchete que chame a atenção
do leitor.
 Na sequência, produza o parágrafo de apresentação do tema de sua entrevista e
sobre o seu entrevistado (nome/idade/ profissão...).
 Finalizando, insira as perguntas (entrevistador) e as respostas (entrevistado).
Entrevistador (alterar para 7º ano) e Entrevistado (alterar para o primeiro nome da
pessoa que você entrevistou).
ENTREVISTA
ATIVIDADE 05
TEXTO 06
01. Observe o título da notícia. Perceba que há uma inversão. Qual é essa inversão? O que isso
provoca? Será que foi proposital?
______________________________________________________________________________
________________________.
02- O que significa o uso das aspas no título do texto?
______________________________________________________________________________
________________________.
03- Na equipe do Taiti, alguns jogadores exercem outras profissões. Que profissões são essas?
______________________________________________________________________________
________________________.
04- O jogo, entre as equipes, aconteceu em qual campeonato?
______________________________________________________________________________
________________________.
05- No trecho “Tudo bem que levou seis na estreia dos dois times na Copa das Confederações,
mas os 20 187 presentes no Mineirão não sabiam que o grande feito era taitiano, e abraçaram o
time.” a palavra em destaque estabelece uma ideia de oposição. Que oposição é essa?
______________________________________________________________________________
________________________.
ATIVIDADE 06
REPORTAGEM
Texto jornalístico amplamente divulgado nos meios de comunicação de massa, a reportagem
informa, de modo mais aprofundado, fatos de interesse público. Ela situa-se no questionamento de
causa e efeito, na interpretação e no impacto, somando às diferentes versões de um mesmo
acontecimento.
A reportagem não possui uma estrutura rígida, mas geralmente costuma estabelecer conexões
com o fato central, anunciado no que chamamos de lead. A partir daí, desenvolve-se a narrativa do
fato principal, ampliada e composta por meio de citações, trechos de entrevistas, depoimentos,
dados estatísticos, pequenos resumos, dentre outros recursos. É sempre iniciada por um título,
como todo texto jornalístico.
O objetivo de uma reportagem é apresentar ao leitor várias versões para um mesmo fato,
informando-o, orientando-o e contribuindo para formar sua opinião.
A linguagem utilizada nesse tipo de texto é objetiva, dinâmica e clara, ajustada ao padrão linguístico
divulgado nos meios de comunicação de massa, que se caracteriza como uma linguagem acessível
a todos os públicos, mas pode variar de formal para mais informal dependendo do público a que se
destina. Embora seja impessoal, às vezes é possível perceber a opinião do repórter sobre os fatos
ou sua interpretação.
Para se produzir uma boa reportagem, é fundamental que o repórter ouça todas as versões de um
fato, a fim de que a verdade apurada seja realmente a verdade que possa ser comprovada, não
aquela que se imagina que é a verdade.
Fontes
CEREJA, William Roberto & MAGALHÃES, Thereza Cochar. Texto e interação. São Paulo, Atual
Editora, 2000, p.158-68.
TEXTO 07
AMAZÔNIA GRANDES REPORTAGENS
O maior bioma do mundo
Nenhum outro país chega perto do Brasil em número de espécies
Macaco Uacari vermelho, na floresta do Instituto Floresta Viva, no Amazonas. Foto: Dida
Sampaio/AE
MANAUS - O Brasil abriga 13% das espécies da fauna e da flora existentes em todo o mundo – e
a maior parte delas está na Amazônia. A floresta de 4,2 milhões de quilômetros quadrados é
habitada por centenas de milhares de espécies de plantas, animais, fungos, bactérias. Um refúgio
de suas matas ou um braço de seus rios pode conter mais espécies do que continentes inteiros.
A Amazônia brasileira tem 1 200 espécies conhecidas de aves. Só num raio de 150 km de Manaus
é possível encontrar 800 delas, mais do que nos Estados Unidos e Canadá juntos (que têm 700). E
ocorre o mesmo com os peixes: o número de espécies descritas na Amazônia (mais de 2 mil) é dez
vezes maior que o de toda a Europa – apenas 200. Só no Lago Catalão, entre os Rios Negro e
Solimões, em frente a Manaus, há 300 espécies conhecidas, segundo os especialistas do Instituto
Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).
As estimativas dos cientistas são de que só 10% das espécies existentes na Amazônia brasileira
sejam conhecidas. Talvez menos. Ainda assim, na escala amazônica, 10% já englobam números
espantosos. Só de anfíbios são 250 espécies catalogadas, ante as 81 da Europa. Os mamíferos
são 311, com mais de 70 espécies de macacos e 122 de morcegos. As abelhas são 3 mil; borboletas
e lagartas, 1800. Em uma única árvore da Amazônia já foram encontradas 95 espécies de formigas
– 10 a menos do que em toda a Alemanha.
Mas há uma imensidão ainda a ser desbravada. E não é preciso ir longe para encontrar novas
espécies: mesmo no Rio Amazonas, o mais explorado da região, as descobertas são rotineiras –
em 2005, foi identificado um exemplar de Piraíba, que pode chegar as mais de 2 metros.
Levantamentos recentes feitos com redes de arrasto revelaram um universo de peixes elétricos e
outros animais exóticos que vivem nas regiões mais profundas do rio, em áreas de escuridão
total. “Mesmo o que pensamos ser muito conhecido é pouco conhecido. É impressionante”, diz o
especialista Jansen Zuanon, do INPA. A média para o Brasil é de uma nova espécie de peixe de
água doce descrita por semana. No Museu Paraense Emílio Goeldi, em Belém, 70 novas espécies
foram descritas nos últimos seis anos, incluindo vespas, aranhas, peixes, macacos, cobras e
plantas. “Se tivéssemos mais pesquisadores, certamente descobriríamos muito mais”, diz a diretora
do museu, Ima Vieira.
A maior parte da Amazônia ainda é território inexplorado pela ciência. Estima-se que até 70% das
coletas feitas sobre biodiversidade na região estão restritas aos entornos de Manaus e Belém –
onde estão o INPA, o Museu Goeldi e as principais universidades da região. Diante do tamanho e
da heterogeneidade da Amazônia, é o mesmo que observar a região por um buraco de fechadura.
Faltam respostas para perguntas básicas: quantas espécies existem na região? Como elas estão
distribuídas? Qual o papel de cada uma na natureza? Ninguém sabe dizer ao certo. A maior
biodiversidade do planeta é também a mais desconhecida.
Organismos menores e altamente diversos, como os invertebrados (que constituem 95% das
espécies animais do planeta), não têm nem estimativas. “Não chamo isso nem de lacuna; é uma
cratera gigantesca de informação”, diz o ecólogo Thomas Lewinsohn, da Universidade Estadual de
Campinas (Unicamp), coordenador do maior levantamento sobre biodiversidade já feito no Brasil. E
completa: “Nem é incapacidade dos cientistas, é um buraco negro mesmo. Não dá nem para chutar
números.”
Não se trata apenas de saciar uma curiosidade científica. A falta de informações é uma ameaça
direta à conservação da biodiversidade e dos serviços ambientais prestados por ela. “Como é que
vamos entender o funcionamento de um ecossistema se nem conhecemos as espécies que fazem
parte dele?”, pergunta o zoólogo Miguel Trefaut Rodrigues, da Universidade de São Paulo (USP).
O planejamento de obras e a definição de áreas para conservação, por exemplo, dependem
diretamente desse conhecimento. “Produzimos muitas informações sobre a Amazônia, mas elas
não estão organizadas de uma forma prática que possa nos dar respostas rápidas para perguntas
importantes”, resume José Maria Cardoso da Silva, da ONG Conservação Internacional (CI).
A última Avaliação do Estado do Conhecimento da Biodiversidade Brasileira calculou o número de
espécies conhecidas no Brasil entre 168 mil e 212 mil – uma diferença de 44 mil. Prever o número
real de espécies (incluindo as desconhecidas) é ainda mais difícil. Lewinsohn estima um total entre
1,4 milhão e 2,4 milhões de espécies. Baseando-se no ritmo atual, com uma média de 700 novas
espécies descritas por ano, serão necessários 1 200 anos até que seja conhecida toda a
biodiversidade brasileira – incluindo a da Amazônia. A lista oficial da fauna ameaçada do Brasil
inclui 58 espécies da Amazônia – 9% do total. É pouco, se for levado em conta que muitas espécies
provavelmente estão ameaçadas ou já foram extintas sem que os cientistas tenham tido chance de
conhecê-las. “Certamente já perdemos muito mais do que conseguimos avaliar”, lamenta o
ornitólogo Alexandre Aleixo, do Museu Goeldi.
01. Qual é o assunto da reportagem?
__________________________________________________________________________
02. Quantas espécies estão na lista oficial da fauna ameaçada de extinção no Brasil?
________________________________________________________________________
03. No 2º parágrafo, o repórter afirma que “Só no Lago Catalão, entre os Rios Negro e Solimões,
em frente a Manaus, há 300 espécies conhecidas, segundo os especialistas do Instituto Nacional
de Pesquisas da Amazônia (Inpa).” Com que sentido ele usa a expressão em destaque?
_____________________________________________________________________________
04. Explique a afirmativa contida no trecho “A maior parte da Amazônia ainda é território inexplorado
pela ciência.”
__________________________________________________________________________.
05. Observe o título da reportagem: “O maior bioma do mundo.” Pesquise o significado da
palavra em destaque e reescreva-a aqui, citando a fonte.
______________________________________________________________________________
____________________________________________________.
06. 2- As reportagens podem apresentar subtítulos. Retire o subtítulo desse texto e diga
qual é a sua função?
________________________________________________________________________
___________________________.
07. “Organismos menores e altamente diversos, como os invertebrados (que constituem 95% das
espécies animais do planeta), não têm nem estimativas. “Não chamo isso nem de lacuna; é
uma cratera gigantesca de informação”, diz o ecólogo Thomas Lewinsohn, da Universidade
Estadual de Campinas (Unicamp), coordenador do maior levantamento sobre biodiversidade já
feito no Brasil. E completa: “Nem é incapacidade dos cientistas, é um buraco negro mesmo. Não
dá nem para chutar números.”
Analise a fala em destaque do ecólogo Thomas Lewinsohn, da Unicamp. Que sentido o trecho em
destaque assume nesta afirmação?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________.
08. Não se trata apenas de saciar uma curiosidade científica. A falta de informações é uma
ameaça direta à conservação da biodiversidade e dos serviços ambientais prestados por
ela. “Como é que vamos entender o funcionamento de um ecossistema se nem conhecemos as
espécies que fazem parte dele?”, pergunta o zoólogo Miguel Trefaut Rodrigues, da Universidade
de São Paulo (USP). Por que “a falta de informação é uma ameaça direta à conservação da
biodiversidade e dos serviços ambientais prestados por ela”?
______________________________________________________________________________
_________________.
09. Qual é a finalidade dessa reportagem?
ATIVIDADE 07
REPORTAGEM
Você, agora, vai produzir uma reportagem jornalística:
 Pegue um rascunho para anotações e procure informações que possam aprofundar
o tema tratado (livro, revista, site, entrevista com professor de Ciências ou
Geografia).
 A dica é que a sua reportagem tenha foco na natureza de nossa região(bairro, cidade
ou Pantanal).
 Realizando a reportagem, é muito importante que o repórter apresente respostas
para as seguintes indagações: O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?
ATIVIDADE 08
TEXTO 08
Há situações em que se torna necessário utilizar conhecimentos linguísticos para transmitir uma
imagem – de uma pessoa ou de um personagem, de um animal, de uma paisagem ou de um
ambiente. Veja o que ocorre nos quadros de Quino ao lado:
Responda às questões que norteiam a observação da sequência criada por Quino,
desenhista de humor nascido em 1932, em Mendoza, Argentina, criador de Mafalda e de toda
a turma de personagens que a acompanha.
01. O que está fazendo a personagem que se encontra na cabine telefônica? A quem ela dirige
sua mensagem?
______________________________________________________________________________
___________________________________________.
02.A julgar pela atitude das pessoas que estão na fila, o que podemos dizer sobre a duração
dessa conversa telefônica? Por quê?
______________________________________________________________________________
___________________________.
03.O que, provavelmente, a personagem que está na cabine telefônica diz ao pintor.
______________________________________________________________________________
_________________________________________________.
04. Considerando a tela produzida, o que se pode dizer sobre a eficiência da mensagem enviada?
Por quê?
______________________________________________________________________________
________________________.
05. Produza uma narrativa que conte com detalhes (descrição) o enredo do cartum de Quino.
Orientações:
 Qual fato será narrado?
 Quem são as personagens? (Descrição física e psicológica)
 Como ocorreu o fato?
 Quando ocorreu o fato?
 Onde ocorreu o fato? (descrição do ambiente)
 Desfecho (como terminou o fato narrado).
 Releia o seu texto.
 Faça as devidas correções e coloque-se no lugar de quem fará a leitura do seu texto.
 Verifique pontuação e organização dos parágrafos.
 Dê um título bem sugestivo.
ATIVIDADE 09
TEXTO 09
01.O cartum é organizado em quatro partes, cada uma delas com três cenas, num total de
doze. Observe a 1ª parte.
a) Pela caracterização física da personagem, deduza: Qual é o papel social ou profissional que
essa mulher desempenha?
___________________________________________________________________________
b) O que o gesto da 1ª cena demonstra?
____________________________________________________________________________
c) Levante hipóteses: Que vínculo ela tem com o homem com quem fala na 2ª cena? O que ela
diz a ele? Como você chegou a essa conclusão?
____________________________________________________________________________
d) Observe a expressão facial da mulher na 3ª cena. Como ela se sente?
____________________________________________________________________________
02. Observe a 2ª e 3ª partes do cartum e compare-as com a 1ª parte.
a) O que há de semelhante entre elas?
___________________________________________________________________________
b) Com base nos fatos das três partes iniciais, que palavra você utilizaria para caracterizar a
mulher quanto ao comportamento que ela tem? Justifique sua resposta.
____________________________________________________________________________
3. Observe as cenas da última parte do cartum. Na 1ª cena dessa parte, ela observa a cama
com um gesto conhecido.
a) O que ela provavelmente está pensando?
______________________________________________________________________________
b) O que ela pretendia fazer na cena seguinte? Por que não consegue?
______________________________________________________________________________
4. A última cena do cartum retrata o marido em outro ambiente.
a) Onde ele está?
_____________________________________________________________________________
b) Ele aparenta estar feliz ou triste?
____________________________________________________________________________
c) A personagem teve de fazer uma escolha. Quais eram as opções que tinha?
_____________________________________________________________________________
d) Na sua opinião, a esposa é culpada ou vítima? Por quê?
______________________________________________________________________________
ATIVIDADE 10
01.Observe o trecho abaixo, transcreva os pronomes nele contidos e classifique-os.
“Comigo exerceu com calma ferocidade o seu autoritarismo. Na minha ânsia de ler, eu
nem notava as humilhações a que ela me submetia: continuava a implorar-lhe emprestados os
livros que ela não lia.”
_____________________________________________________________________________
02. Leia o trecho abaixo e faça o que se pede.
“...- Você pode me dar uma carona? – pediu o menino.
- Quem lhe deu permissão para tratar-me de você? – respondeu ela, rispidamente. Para
você, pirralhinho, eu serei sempre senhora! ...”
a)Destaque do texto os pronomes de tratamento.
______________________________________________________________________.
b)Como a mulher gostaria de ser tratada? Por que ela exigiu esse tratamento?
_____________________________________________________________________.
03. Identifique no trecho abaixo a que substantivo se referem os pronomes pessoais
destacados:
“Duvido que se hoje pegasse uma bola de gude conseguisse equilibrá-la na dobra do
dedo indicador sobre a unha do polegar, quanto mais jogá-la com a precisão que tinha
quando era garoto.”
_______________________________________________________________________.
04. Leia estes versos de Manuel Bandeira.
“Vamos viver no Nordeste, Anarina.
Deixarei aqui meus amigos, meus livros,
Minhas riquezas, minha vergonha.”
a) Que palavras indicam de quem são os amigos, os livros, as riquezas e a vergonha?
_______________________________________________________________________.
b) Como se classificam esses pronomes?
_______________________________________________________________________.
c) Esses pronomes empregados no texto estão relacionados a que pessoa gramatical?
_______________________________________________________________________.
d) Reescreva a estrofe acima, utilizando a 1ª pessoa do plural.
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________.
05. Leia estes versos.
“ Esta estrada onde moro, entre duas voltas do caminho,
interessa mais que uma avenida urbana.”
a) Marque a alternativa que indica onde está a estrada.
( ) Perto daquele que está falando.
( ) Perto daquele com quem se está falando.
( ) Longe dos dois.
b) Como se classifica o pronome acima destacado?
_____________________________________________________________________________.
06.Leia e responda.
Os adeptos dos transgênicos defendem sua comercialização em massa. Os opositores
não querem acreditar em seus argumentos. Se estes são cautelosos, aqueles são apressados
demais.
a) A quem se referem no texto os pronomes estes e aqueles?
______________________________________________________________________________.
07. Leia esta história para responder ao que se pede.
História da preguiça
Esta é uma história sobre quatro pessoas. Todo Mundo, Alguém, Qualquer Um e Ninguém. Havia
um grande trabalho a ser feito e Todo Mundo tinha certeza de que Alguém o faria. Qualquer Um
poderia tê-lo feito, mas Ninguém o fez. Alguém se zangou porque era um trabalho de Todo Mundo.
Todo Mundo pensou que Qualquer Um poderia fazê-lo, mas Ninguém imaginou que Todo Mundo
deixasse de fazê-lo. Ao final Todo Mundo culpou Alguém quando Ninguém fez o que Qualquer Um
poderia ter feito.
a) Quem faria o trabalho?
_____________________________________________________________________________.
b) Quem o fez?
_____________________________________________________________________________.
c) De quem era o trabalho?
_____________________________________________________________________________.
d) Quem poderia tê-lo feito?
_____________________________________________________________________________.
08. Marque a alternativa que indica corretamente a troca de função gramatical feita para
nomear as personagens:
( ) pronomes indefinidos -- substantivos próprios.
( ) pronomes adjetivos – pronomes substantivos.
( ) pronomes pessoais – substantivos próprios.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Caderno de lp iii 7º ano

Aula1 - Inglês Instrumental
Aula1 - Inglês InstrumentalAula1 - Inglês Instrumental
Aula1 - Inglês InstrumentalJeanR15
 
Quero saber mais...
Quero saber mais...Quero saber mais...
Quero saber mais...bibliotecap
 
Aula sobre texto empresarial turma 04 - aux. adm
Aula sobre texto empresarial   turma 04 - aux. admAula sobre texto empresarial   turma 04 - aux. adm
Aula sobre texto empresarial turma 04 - aux. admMaximus Maylson
 
Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021
Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021
Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021Nivea Neves
 
Port. inst.aluno
Port. inst.alunoPort. inst.aluno
Port. inst.alunotatilf
 
Port. inst.aluno
Port. inst.aluno Port. inst.aluno
Port. inst.aluno tatilf
 
www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...
www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...
www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...Vídeo Aulas Apoio
 
Aula1 atividade cursinho_ingles
Aula1 atividade cursinho_inglesAula1 atividade cursinho_ingles
Aula1 atividade cursinho_inglesManuEmbu
 

Semelhante a Caderno de lp iii 7º ano (20)

Aula1 - Inglês Instrumental
Aula1 - Inglês InstrumentalAula1 - Inglês Instrumental
Aula1 - Inglês Instrumental
 
5-ANO.pdf
5-ANO.pdf5-ANO.pdf
5-ANO.pdf
 
Quero saber mais...
Quero saber mais...Quero saber mais...
Quero saber mais...
 
Aula sobre texto empresarial turma 04 - aux. adm
Aula sobre texto empresarial   turma 04 - aux. admAula sobre texto empresarial   turma 04 - aux. adm
Aula sobre texto empresarial turma 04 - aux. adm
 
Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021
Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021
Bateria de-exercicios portugues-6o-ano_1o-tri_2021
 
2 ff7
2 ff72 ff7
2 ff7
 
Port. inst.aluno
Port. inst.alunoPort. inst.aluno
Port. inst.aluno
 
Port. inst.aluno
Port. inst.aluno Port. inst.aluno
Port. inst.aluno
 
www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...
www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...
www.CentroApoio.com - Vídeo Aulas - Português - Palavras Semelhantes - Armadi...
 
Apostila 1
Apostila 1Apostila 1
Apostila 1
 
English votorantim
English votorantimEnglish votorantim
English votorantim
 
Ingles2em
Ingles2emIngles2em
Ingles2em
 
Ingles2em
Ingles2emIngles2em
Ingles2em
 
Apostila
ApostilaApostila
Apostila
 
Ingles2em
Ingles2emIngles2em
Ingles2em
 
Expressões
ExpressõesExpressões
Expressões
 
ingles básico.pdf
ingles básico.pdfingles básico.pdf
ingles básico.pdf
 
Aula1 atividade cursinho_ingles
Aula1 atividade cursinho_inglesAula1 atividade cursinho_ingles
Aula1 atividade cursinho_ingles
 
Recursos
RecursosRecursos
Recursos
 
Recursos
RecursosRecursos
Recursos
 

Caderno de lp iii 7º ano

  • 1. CADERNO DE ATIVIDADES DE Língua Portuguesa – 7ºano Conteúdo: Texto Publicitário, Poema, Entrevista, Notícia, Reportagem, Cartum, Palavras Homônimas e Parônimas e Pronomes. ATIVIDADE 01 Observe a imagem abaixo: TEXTO 01 01.Você conhece essa embalagem? Já comeu o bombom que vem embrulhado nela? __________________________________________________________________________ 02. Além do nome do bombom, o que mais podemos ver na embalagem? __________________________________________________________________________ 03.Você acha que o desenho tem alguma relação com o nome do doce? __________________________________________________________________________ 04.Por que você acha que o bombom tem esse nome: Sonho de valsa? __________________________________________________________________________ 05. Observe, na embalagem, o desenho acima do nome Sonho de valsa. Você conhece esse instrumento musical? Qual a relação dele com o nome do chocolate e o desenho do casal na parte inferior da embalagem? ___________________________________________________________________________ 06. Que tipo de dança, provavelmente, o casal está executando na embalagem do bombom? ___________________________________________________________________________ 07. Esse tipo de dança é utilizada em que tipo de celebrações? _____________________________________________________________________________ 08. Na sua opinião, em qual (quais) data(s) comemorativas é maior o consumo desse tipo de produto? ______________________________________________________________________________ TEXTO 02 VALSINHA É tão fácil dançar uma valsa, rapaz... Pezinho pra frente Pezinho pra trás. Pra dançar uma valsa é preciso só dois O sol
  • 2. com a lua Feijão com arroz. ( José Paulo Paes) 09. Qual é a relação de semelhança (intertextualidade) entre o poema e a embalagem do bombom? _______________________________________________________________________ 09.1 Por que o poema afirma “ ...é preciso só dois/ O Sol com a Lua/ Feijão com arroz.”? ______________________________________________________________________ Veja, a seguir, uma campanha publicitária do bombom realizada em 1956: TEXTO 03 10. Pode-se afirmar, que quanto a sua finalidade, o texto acima tem por objetivo: a) informar b) instruir c) convencer d) entreter ATIVIDADE 02 HOMÔNIMOS As palavras que têm pronúncia ou grafia iguais, mas que possuem significados diferentes, são chamadas de palavras homônimas. TIPOS DE HOMÔNIMOS: HOMÔNIMOS HOMÓFONOS: são palavras que se escrevem de forma diferente, mas se pronunciam da mesma maneira. EXEMPLOS: sessão /seção , conserto/concerto, cela / sela, assento / acento. HOMÔNIMOS HOMÓGRAFOS: são palavras que se escrevem da mesma forma, mas se pronunciam de maneira diferente. EXEMPLOS: gosto (verbo gostar) / gosto (substantivo), colher (verbo) / colher (substantivo) / olho (verbo olhar) / olho (substantivo). HOMÔNINOS PERFEITOS: são palavras que têm grafia e pronúncia iguais. EXEMPLOS: leve (verbo lavar) / leve (adjetivo) , cedo (verbo ceder)/ cedo (advérbio de tempo), vendo (verbo vender) / vendo (verbo ver).
  • 3. 01. Observe a tira abaixo: TEXTO 04 a) Que sentido Armandinho atribuiu à palavra vendo em sua placa? ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ b) Como seu interlocutor interpretou a placa? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 02. Observe, nas frases a seguir, a mesma palavra em contextos diferentes. I - Eu gosto de ler contos com criaturas fantásticas. II – O gosto pela leitura sempre me acompanhou. a) Qual é a diferença entre as duas palavras destacadas? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________ 03. Procure no dicionário ou na internet e transcreva no caderno a definição das palavras abaixo: a) seção:________________________________________________________ b)sessão:_______________________________________________________ c)cessão:________________________________________________________ d) conserto:______________________________________________________ e) concerto:______________________________________________________ f)cela:__________________________________________________________ g)sela:__________________________________________________________ h) assento:______________________________________________________ i) acento:________________________________________________________ 04. Levando em consideração o contexto atribuído pelos enunciados, empregue corretamente um dos termos propostos pelas alternativas entre parênteses. a )O atacante aproveitou a jogada distraída e deu o ___________ no adversário. (cheque/xeque) b) O visitante pôs a _____________ no cavalo, despediu-se de todos e seguiu viagem. (cela/sela) c ) No presídio, todos os ocupantes foram trocados de _____________. (cela/sela) d )O filme a que assisti pertence à ______ das dez. (seção/sessão/cessão)
  • 4. ATIVIDADE 03 PARÔNIMOS Parônimas são palavras que apresentam significados diferentes, embora sejam parecidas na grafia e / ou na pronúncia. É o caso das palavras absorver e absolver. Leia as definições destas palavras: Tráfego: trânsito de veículos Tráfico: comércio ilegal Inflação: alta dos preços Infração: violação Descrição: ato de descrever Discrição: qualidade de quem é discreto Eminente: elevado Iminente: algo que está prestes a acontecer Dispensa: isenção, licença Despensa: compartimento onde se guardam mantimentos. 01. Agora que você já sabe o significado de cada um dos parônimos do quadro, complete as frases a seguir utilizando o termo adequado. a) O ________________ cientista ganhou o prêmio Nobel. b) Os alimentos foram colocados na _____________________. c) O ______________ nas estradas foi intenso durante o feriado. d) O menino agia com ____________________ e cautela. e) O _____________ foi combatido naquele país. f) Aquele era um perigo ______________________ . g) A ________________________ superou todas as marcas históricas. h) Os alunos fizeram boas _______________ na produção de texto. i) Como estava doente, o funcionário recebeu _________________ para ir ao mercado. j) Estacionar em local proibido é considerado uma _________________ às leis de trânsito. 02. Leias as definições que seguem. Depois, elabore um parágrafo em que haja ao menos cinco dessas palavras: Descriminar: tirar a culpa, absolver de crime, inocentar Discriminar: diferenciar, distinguir Flagrante: evidente, manifesto. Fragrante: perfumado, aromático Fluir: correr em estado líquido. Fruir: desfrutar, usufruir Soar: produzir som, emitir som Suar: transpirar Retificar: corrigir, emendar Ratificar: validar, confirmar, comprovar ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________
  • 5. ___________________________________________________________________________ __________________ ATIVIDADE 04 Gênero Textual – a entrevista e sua função informativa A entrevista é um tipo de texto que tem a utilidade de informar as pessoas sobre algum acontecimento social ou fazer com que o público conheça sobre as ideias e opiniões da pessoa que é entrevistada. Desta maneira, tanto o entrevistado quanto o entrevistador devem se posicionar de maneira correta, procurando pronunciar as palavras de forma correta e mantendo uma boa aparência, para que possa causar uma boa impressão diante daqueles que irão assistir ou a uma entrevista ou lê- la. Mas não podemos nos esquecer de que tudo aquilo é planejado com antecedência, tem mais chances de obter um bom resultado. Dessa forma, é muito importante elaborar as perguntas de maneira clara e objetiva, procurando sempre facilitar o entendimento. Essa fase é chamada de roteiro. Estruturalmente, a entrevista compõe-se dos seguintes elementos:  Manchete ou título – Essa é uma parte que deverá despertar interesse no interlocutor envolvido, podendo ser uma frase criativa ou pergunta interessante.  Apresentação – É o momento em que se apresentam os pontos de maior relevância da entrevista, como também se destaca o perfil do entrevistado, sua experiência profissional e seu domínio em relação ao assunto abordado.  Perguntas e respostas – Basicamente, é a entrevista propriamente dita, na qual são retratadas as falas de cada um dos envolvidos. TEXTO 05 Vamos falar de banana, a fruta preferida de muitos leitores Ele não era um banana. Mas também não era superdescolado. E mesmo assim, ficou muito popular! O 'normalzinho' Jeff Kinney, de 40 anos, é autor de uma das séries de livros mais vendidas no mundo - o Diário de um Banana. A inspiração para escrever os livros vem de sua própria história. Ele também enfeitava seus diários com desenhos. Depois, criou uma tirinha para o jornal da faculdade em que estudava, só que a história não fez muito sucesso (não parece a história do Greg?). Mesmo assim, Jeff resolveu que sua vocação era ser escritor e desenhista de quadrinhos. Por isso, escreveu as maluquices do Banana e, depois de nove anos aperfeiçoando o livro, ele lançou a história e se tornou muito famoso! Numa entrevista exclusiva à RECREIO, ele conta mais sobre como foi sua vida na época em que ele tinha a idade do Greg - e ainda dá uma dica genial para se livrar dos professores chatos. Dê uma olhada: RECREIO: Você escrevia diários quando era criança? Jeff: Eu não escrevia, mas queria ter feito isso. Eu comecei a escrever diários quando tinha uns 25 anos. Decidi fazer isso porque só assim eu conseguia parar de jogar videogame e desenhava
  • 6. mais quadrinhos. Meus diários eram cheios de texto e de desenhos. Quando eu os folheei, tive a ideia para escrever o Diário de um Banana. RECREIO: Você se sentia um banana quando era mais novo? Jeff: Eu era um garoto normal, mas com alguns momentos de banana. Eu não era o melhor atleta, mas também não era o pior. RECREIO: O que você mais detestava na escola? Jeff: Eu não gostava de estar na 5ª série. Era muito assustador... Havia muitas crianças que eu não conhecia e poucos professores por perto. RECREIO: No primeiro livro da série, Rowley comeu o queijo nojento para salvar a vida de Greg. Você já salvou a vida de alguém? Jeff: Não, eu nunca fiz algo realmente heroico quando era criança! RECREIO: Que personagem do livro se parece mais com você? Jeff: Eu sou um pouco parecido com o Greg, mas só nas piores características. As imperfeições de Greg são uma ampliação de mim mesmo. RECREIO: Qual personagem é o seu preferido? Jeff: Eu gosto mais do Rowley. Ao contrário do Greg, ele é uma criança inocente e não tem pressa de crescer logo. RECREIO: Greg se parece com alguém que você conhece na vida real? Jeff: Não, ele é único! RECREIO: Aqui no Brasil, a galera leva seus livros para as escolas, mas vive levando bronca dos professores, por lerem durante as aulas. Que dica você dá para todo mundo ler escondido e com segurança? Jeff: Escondam os livros dentro de capas e escrevam algumas tabuadas do lado de fora, para disfarçar. RECREIO: Você está escrevendo algum livro? Qual é o título dele? Jeff: Estou escrevendo outro livro sobre o Banana agora, mas eu não posso dizer o título! FONTE: REVISTA RECREIO 01. Sobre qual tipo de “banana” o texto se refere? __________________________________________________________. 02. Quem é o entrevistador? __________________________________________________________. 03. Quem é o entrevistado? __________________________________________________________. 04. Qual é o significado da palavra “superdescolado” no texto? __________________________________________________________. 05.Quanto a sua finalidade, podemos classificar o TEXTO 05 como: a) Notícia b) Entrevista c) Publicitário d) Reportagem 06. Retire do texto acima a manchete: ___________________________________________________________.
  • 7. 07. Produza uma entrevista com um ente familiar sobre o tema “O relacionamento familiar no isolamento social”. Orientações:  Primeiramente, formule as perguntas sobre o tema (roteiro). Lembre-se: perguntas inteligentes, respostas inteligentes.  Escolha o seu entrevistado. Dica: as respostas do seu entrevistado não podem ser apenas “sim” ou “não”.  Logo após à realização da entrevista, produza uma manchete que chame a atenção do leitor.  Na sequência, produza o parágrafo de apresentação do tema de sua entrevista e sobre o seu entrevistado (nome/idade/ profissão...).  Finalizando, insira as perguntas (entrevistador) e as respostas (entrevistado). Entrevistador (alterar para 7º ano) e Entrevistado (alterar para o primeiro nome da pessoa que você entrevistou). ENTREVISTA
  • 8. ATIVIDADE 05 TEXTO 06 01. Observe o título da notícia. Perceba que há uma inversão. Qual é essa inversão? O que isso provoca? Será que foi proposital? ______________________________________________________________________________ ________________________. 02- O que significa o uso das aspas no título do texto? ______________________________________________________________________________ ________________________. 03- Na equipe do Taiti, alguns jogadores exercem outras profissões. Que profissões são essas? ______________________________________________________________________________ ________________________. 04- O jogo, entre as equipes, aconteceu em qual campeonato? ______________________________________________________________________________ ________________________. 05- No trecho “Tudo bem que levou seis na estreia dos dois times na Copa das Confederações, mas os 20 187 presentes no Mineirão não sabiam que o grande feito era taitiano, e abraçaram o time.” a palavra em destaque estabelece uma ideia de oposição. Que oposição é essa? ______________________________________________________________________________ ________________________. ATIVIDADE 06 REPORTAGEM Texto jornalístico amplamente divulgado nos meios de comunicação de massa, a reportagem informa, de modo mais aprofundado, fatos de interesse público. Ela situa-se no questionamento de
  • 9. causa e efeito, na interpretação e no impacto, somando às diferentes versões de um mesmo acontecimento. A reportagem não possui uma estrutura rígida, mas geralmente costuma estabelecer conexões com o fato central, anunciado no que chamamos de lead. A partir daí, desenvolve-se a narrativa do fato principal, ampliada e composta por meio de citações, trechos de entrevistas, depoimentos, dados estatísticos, pequenos resumos, dentre outros recursos. É sempre iniciada por um título, como todo texto jornalístico. O objetivo de uma reportagem é apresentar ao leitor várias versões para um mesmo fato, informando-o, orientando-o e contribuindo para formar sua opinião. A linguagem utilizada nesse tipo de texto é objetiva, dinâmica e clara, ajustada ao padrão linguístico divulgado nos meios de comunicação de massa, que se caracteriza como uma linguagem acessível a todos os públicos, mas pode variar de formal para mais informal dependendo do público a que se destina. Embora seja impessoal, às vezes é possível perceber a opinião do repórter sobre os fatos ou sua interpretação. Para se produzir uma boa reportagem, é fundamental que o repórter ouça todas as versões de um fato, a fim de que a verdade apurada seja realmente a verdade que possa ser comprovada, não aquela que se imagina que é a verdade. Fontes CEREJA, William Roberto & MAGALHÃES, Thereza Cochar. Texto e interação. São Paulo, Atual Editora, 2000, p.158-68. TEXTO 07 AMAZÔNIA GRANDES REPORTAGENS O maior bioma do mundo Nenhum outro país chega perto do Brasil em número de espécies Macaco Uacari vermelho, na floresta do Instituto Floresta Viva, no Amazonas. Foto: Dida Sampaio/AE MANAUS - O Brasil abriga 13% das espécies da fauna e da flora existentes em todo o mundo – e a maior parte delas está na Amazônia. A floresta de 4,2 milhões de quilômetros quadrados é
  • 10. habitada por centenas de milhares de espécies de plantas, animais, fungos, bactérias. Um refúgio de suas matas ou um braço de seus rios pode conter mais espécies do que continentes inteiros. A Amazônia brasileira tem 1 200 espécies conhecidas de aves. Só num raio de 150 km de Manaus é possível encontrar 800 delas, mais do que nos Estados Unidos e Canadá juntos (que têm 700). E ocorre o mesmo com os peixes: o número de espécies descritas na Amazônia (mais de 2 mil) é dez vezes maior que o de toda a Europa – apenas 200. Só no Lago Catalão, entre os Rios Negro e Solimões, em frente a Manaus, há 300 espécies conhecidas, segundo os especialistas do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). As estimativas dos cientistas são de que só 10% das espécies existentes na Amazônia brasileira sejam conhecidas. Talvez menos. Ainda assim, na escala amazônica, 10% já englobam números espantosos. Só de anfíbios são 250 espécies catalogadas, ante as 81 da Europa. Os mamíferos são 311, com mais de 70 espécies de macacos e 122 de morcegos. As abelhas são 3 mil; borboletas e lagartas, 1800. Em uma única árvore da Amazônia já foram encontradas 95 espécies de formigas – 10 a menos do que em toda a Alemanha. Mas há uma imensidão ainda a ser desbravada. E não é preciso ir longe para encontrar novas espécies: mesmo no Rio Amazonas, o mais explorado da região, as descobertas são rotineiras – em 2005, foi identificado um exemplar de Piraíba, que pode chegar as mais de 2 metros. Levantamentos recentes feitos com redes de arrasto revelaram um universo de peixes elétricos e outros animais exóticos que vivem nas regiões mais profundas do rio, em áreas de escuridão total. “Mesmo o que pensamos ser muito conhecido é pouco conhecido. É impressionante”, diz o especialista Jansen Zuanon, do INPA. A média para o Brasil é de uma nova espécie de peixe de água doce descrita por semana. No Museu Paraense Emílio Goeldi, em Belém, 70 novas espécies foram descritas nos últimos seis anos, incluindo vespas, aranhas, peixes, macacos, cobras e plantas. “Se tivéssemos mais pesquisadores, certamente descobriríamos muito mais”, diz a diretora do museu, Ima Vieira. A maior parte da Amazônia ainda é território inexplorado pela ciência. Estima-se que até 70% das coletas feitas sobre biodiversidade na região estão restritas aos entornos de Manaus e Belém – onde estão o INPA, o Museu Goeldi e as principais universidades da região. Diante do tamanho e da heterogeneidade da Amazônia, é o mesmo que observar a região por um buraco de fechadura. Faltam respostas para perguntas básicas: quantas espécies existem na região? Como elas estão distribuídas? Qual o papel de cada uma na natureza? Ninguém sabe dizer ao certo. A maior biodiversidade do planeta é também a mais desconhecida. Organismos menores e altamente diversos, como os invertebrados (que constituem 95% das espécies animais do planeta), não têm nem estimativas. “Não chamo isso nem de lacuna; é uma cratera gigantesca de informação”, diz o ecólogo Thomas Lewinsohn, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), coordenador do maior levantamento sobre biodiversidade já feito no Brasil. E completa: “Nem é incapacidade dos cientistas, é um buraco negro mesmo. Não dá nem para chutar números.” Não se trata apenas de saciar uma curiosidade científica. A falta de informações é uma ameaça direta à conservação da biodiversidade e dos serviços ambientais prestados por ela. “Como é que vamos entender o funcionamento de um ecossistema se nem conhecemos as espécies que fazem parte dele?”, pergunta o zoólogo Miguel Trefaut Rodrigues, da Universidade de São Paulo (USP). O planejamento de obras e a definição de áreas para conservação, por exemplo, dependem diretamente desse conhecimento. “Produzimos muitas informações sobre a Amazônia, mas elas não estão organizadas de uma forma prática que possa nos dar respostas rápidas para perguntas importantes”, resume José Maria Cardoso da Silva, da ONG Conservação Internacional (CI). A última Avaliação do Estado do Conhecimento da Biodiversidade Brasileira calculou o número de espécies conhecidas no Brasil entre 168 mil e 212 mil – uma diferença de 44 mil. Prever o número real de espécies (incluindo as desconhecidas) é ainda mais difícil. Lewinsohn estima um total entre 1,4 milhão e 2,4 milhões de espécies. Baseando-se no ritmo atual, com uma média de 700 novas espécies descritas por ano, serão necessários 1 200 anos até que seja conhecida toda a biodiversidade brasileira – incluindo a da Amazônia. A lista oficial da fauna ameaçada do Brasil inclui 58 espécies da Amazônia – 9% do total. É pouco, se for levado em conta que muitas espécies provavelmente estão ameaçadas ou já foram extintas sem que os cientistas tenham tido chance de conhecê-las. “Certamente já perdemos muito mais do que conseguimos avaliar”, lamenta o ornitólogo Alexandre Aleixo, do Museu Goeldi. 01. Qual é o assunto da reportagem?
  • 11. __________________________________________________________________________ 02. Quantas espécies estão na lista oficial da fauna ameaçada de extinção no Brasil? ________________________________________________________________________ 03. No 2º parágrafo, o repórter afirma que “Só no Lago Catalão, entre os Rios Negro e Solimões, em frente a Manaus, há 300 espécies conhecidas, segundo os especialistas do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).” Com que sentido ele usa a expressão em destaque? _____________________________________________________________________________ 04. Explique a afirmativa contida no trecho “A maior parte da Amazônia ainda é território inexplorado pela ciência.” __________________________________________________________________________. 05. Observe o título da reportagem: “O maior bioma do mundo.” Pesquise o significado da palavra em destaque e reescreva-a aqui, citando a fonte. ______________________________________________________________________________ ____________________________________________________. 06. 2- As reportagens podem apresentar subtítulos. Retire o subtítulo desse texto e diga qual é a sua função? ________________________________________________________________________ ___________________________. 07. “Organismos menores e altamente diversos, como os invertebrados (que constituem 95% das espécies animais do planeta), não têm nem estimativas. “Não chamo isso nem de lacuna; é uma cratera gigantesca de informação”, diz o ecólogo Thomas Lewinsohn, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), coordenador do maior levantamento sobre biodiversidade já feito no Brasil. E completa: “Nem é incapacidade dos cientistas, é um buraco negro mesmo. Não dá nem para chutar números.” Analise a fala em destaque do ecólogo Thomas Lewinsohn, da Unicamp. Que sentido o trecho em destaque assume nesta afirmação? ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________. 08. Não se trata apenas de saciar uma curiosidade científica. A falta de informações é uma ameaça direta à conservação da biodiversidade e dos serviços ambientais prestados por ela. “Como é que vamos entender o funcionamento de um ecossistema se nem conhecemos as espécies que fazem parte dele?”, pergunta o zoólogo Miguel Trefaut Rodrigues, da Universidade de São Paulo (USP). Por que “a falta de informação é uma ameaça direta à conservação da biodiversidade e dos serviços ambientais prestados por ela”? ______________________________________________________________________________ _________________. 09. Qual é a finalidade dessa reportagem? ATIVIDADE 07 REPORTAGEM Você, agora, vai produzir uma reportagem jornalística:
  • 12.  Pegue um rascunho para anotações e procure informações que possam aprofundar o tema tratado (livro, revista, site, entrevista com professor de Ciências ou Geografia).  A dica é que a sua reportagem tenha foco na natureza de nossa região(bairro, cidade ou Pantanal).  Realizando a reportagem, é muito importante que o repórter apresente respostas para as seguintes indagações: O quê? Quem? Quando? Onde? Como? Por quê?
  • 13. ATIVIDADE 08 TEXTO 08 Há situações em que se torna necessário utilizar conhecimentos linguísticos para transmitir uma imagem – de uma pessoa ou de um personagem, de um animal, de uma paisagem ou de um ambiente. Veja o que ocorre nos quadros de Quino ao lado: Responda às questões que norteiam a observação da sequência criada por Quino, desenhista de humor nascido em 1932, em Mendoza, Argentina, criador de Mafalda e de toda a turma de personagens que a acompanha. 01. O que está fazendo a personagem que se encontra na cabine telefônica? A quem ela dirige sua mensagem? ______________________________________________________________________________ ___________________________________________. 02.A julgar pela atitude das pessoas que estão na fila, o que podemos dizer sobre a duração dessa conversa telefônica? Por quê? ______________________________________________________________________________ ___________________________. 03.O que, provavelmente, a personagem que está na cabine telefônica diz ao pintor. ______________________________________________________________________________ _________________________________________________. 04. Considerando a tela produzida, o que se pode dizer sobre a eficiência da mensagem enviada? Por quê? ______________________________________________________________________________ ________________________.
  • 14. 05. Produza uma narrativa que conte com detalhes (descrição) o enredo do cartum de Quino. Orientações:  Qual fato será narrado?  Quem são as personagens? (Descrição física e psicológica)  Como ocorreu o fato?  Quando ocorreu o fato?  Onde ocorreu o fato? (descrição do ambiente)  Desfecho (como terminou o fato narrado).  Releia o seu texto.  Faça as devidas correções e coloque-se no lugar de quem fará a leitura do seu texto.  Verifique pontuação e organização dos parágrafos.  Dê um título bem sugestivo.
  • 16. 01.O cartum é organizado em quatro partes, cada uma delas com três cenas, num total de doze. Observe a 1ª parte. a) Pela caracterização física da personagem, deduza: Qual é o papel social ou profissional que essa mulher desempenha? ___________________________________________________________________________ b) O que o gesto da 1ª cena demonstra? ____________________________________________________________________________ c) Levante hipóteses: Que vínculo ela tem com o homem com quem fala na 2ª cena? O que ela diz a ele? Como você chegou a essa conclusão? ____________________________________________________________________________ d) Observe a expressão facial da mulher na 3ª cena. Como ela se sente? ____________________________________________________________________________ 02. Observe a 2ª e 3ª partes do cartum e compare-as com a 1ª parte. a) O que há de semelhante entre elas? ___________________________________________________________________________ b) Com base nos fatos das três partes iniciais, que palavra você utilizaria para caracterizar a mulher quanto ao comportamento que ela tem? Justifique sua resposta. ____________________________________________________________________________ 3. Observe as cenas da última parte do cartum. Na 1ª cena dessa parte, ela observa a cama com um gesto conhecido. a) O que ela provavelmente está pensando? ______________________________________________________________________________ b) O que ela pretendia fazer na cena seguinte? Por que não consegue? ______________________________________________________________________________ 4. A última cena do cartum retrata o marido em outro ambiente. a) Onde ele está? _____________________________________________________________________________ b) Ele aparenta estar feliz ou triste? ____________________________________________________________________________ c) A personagem teve de fazer uma escolha. Quais eram as opções que tinha? _____________________________________________________________________________ d) Na sua opinião, a esposa é culpada ou vítima? Por quê? ______________________________________________________________________________
  • 17. ATIVIDADE 10 01.Observe o trecho abaixo, transcreva os pronomes nele contidos e classifique-os. “Comigo exerceu com calma ferocidade o seu autoritarismo. Na minha ânsia de ler, eu nem notava as humilhações a que ela me submetia: continuava a implorar-lhe emprestados os livros que ela não lia.” _____________________________________________________________________________ 02. Leia o trecho abaixo e faça o que se pede. “...- Você pode me dar uma carona? – pediu o menino. - Quem lhe deu permissão para tratar-me de você? – respondeu ela, rispidamente. Para você, pirralhinho, eu serei sempre senhora! ...” a)Destaque do texto os pronomes de tratamento. ______________________________________________________________________. b)Como a mulher gostaria de ser tratada? Por que ela exigiu esse tratamento? _____________________________________________________________________.
  • 18. 03. Identifique no trecho abaixo a que substantivo se referem os pronomes pessoais destacados: “Duvido que se hoje pegasse uma bola de gude conseguisse equilibrá-la na dobra do dedo indicador sobre a unha do polegar, quanto mais jogá-la com a precisão que tinha quando era garoto.” _______________________________________________________________________. 04. Leia estes versos de Manuel Bandeira. “Vamos viver no Nordeste, Anarina. Deixarei aqui meus amigos, meus livros, Minhas riquezas, minha vergonha.” a) Que palavras indicam de quem são os amigos, os livros, as riquezas e a vergonha? _______________________________________________________________________. b) Como se classificam esses pronomes? _______________________________________________________________________. c) Esses pronomes empregados no texto estão relacionados a que pessoa gramatical? _______________________________________________________________________. d) Reescreva a estrofe acima, utilizando a 1ª pessoa do plural. ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________.
  • 19. 05. Leia estes versos. “ Esta estrada onde moro, entre duas voltas do caminho, interessa mais que uma avenida urbana.” a) Marque a alternativa que indica onde está a estrada. ( ) Perto daquele que está falando. ( ) Perto daquele com quem se está falando. ( ) Longe dos dois. b) Como se classifica o pronome acima destacado? _____________________________________________________________________________. 06.Leia e responda. Os adeptos dos transgênicos defendem sua comercialização em massa. Os opositores não querem acreditar em seus argumentos. Se estes são cautelosos, aqueles são apressados demais. a) A quem se referem no texto os pronomes estes e aqueles? ______________________________________________________________________________. 07. Leia esta história para responder ao que se pede. História da preguiça Esta é uma história sobre quatro pessoas. Todo Mundo, Alguém, Qualquer Um e Ninguém. Havia um grande trabalho a ser feito e Todo Mundo tinha certeza de que Alguém o faria. Qualquer Um
  • 20. poderia tê-lo feito, mas Ninguém o fez. Alguém se zangou porque era um trabalho de Todo Mundo. Todo Mundo pensou que Qualquer Um poderia fazê-lo, mas Ninguém imaginou que Todo Mundo deixasse de fazê-lo. Ao final Todo Mundo culpou Alguém quando Ninguém fez o que Qualquer Um poderia ter feito. a) Quem faria o trabalho? _____________________________________________________________________________. b) Quem o fez? _____________________________________________________________________________. c) De quem era o trabalho? _____________________________________________________________________________. d) Quem poderia tê-lo feito? _____________________________________________________________________________. 08. Marque a alternativa que indica corretamente a troca de função gramatical feita para nomear as personagens: ( ) pronomes indefinidos -- substantivos próprios. ( ) pronomes adjetivos – pronomes substantivos. ( ) pronomes pessoais – substantivos próprios.