SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
Aqui podes consultar informação                  variada.




     Como fazer um resumo ?                     Como sublinhar?




Como tirar apontamentos durante a             Como fazer esquemas?
             leitura ?



                                                       !
  Como fazer uma bibliografia?
Resumo
1-O que é para ti um RESUMO? (Partilha a tua opinião com os teus colegas).
1.1-Procura no dicionário o significado da palavra:


Resumo:______________________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________________________


                                              Regras de um bom resumo

*Brevidade – Só contém as ideias principais. Os pormenores não são incluídos.
*Rigor e clareza – Exprime as ideias fundamentais do texto, de uma forma coerente clara e que respeite o
pensamento do autor.
*Linguagem pessoal – Não se copiam frases do texto; exprime-se as ideias por palavras nossas.



                                              Como elaborar um resumo

1- Lê o texto e tenta compreendê-lo bem. Identifica as ideias principais, parágrafo a parágrafo.

------   podes sublinhá-las, durante a leitura.
------   podes fazer um esquema, no fim da leitura, para organizar o texto e os parágrafos.

2- Começa a escrever o teu resumo, respeitando sempre o conteúdo do texto e o pensamento do autor.

------   procura não incluir pormenores desnecessários.
------   substitui ideias repetidas ou semelhantes por uma que as englobe.
------   utiliza termos genéricos em vez de listas.
------   utiliza uma linguagem pessoal.

3- Lê o teu resumo e avalia-o, corrigindo os aspectos que achares necessários.

------   contém as ideias principais ?
------   a ideia do autor está respeitada ?
------   o texto percebe-se bem?
------   não há pormenores nem repetições?

4- Faz outra leitura do teu resumo e aperfeiçoa a linguagem do texto (ortografia, construção de frases, etc.) se for
necessário.

                                                                      Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar. Aprender a estudar


   Exemplos:
-Não repetir ideias.

A Ana estava satisfeita. Não cabia em si de contente. Transpirava felicidade. O seu irmão tinha acabado de nascer.

A Ana estava muito feliz porque o seu irmão tinha nascido.


-Substituir listas de palavras por um termo genérico.

O jardim tinha imensas rosas, cravos, camélias, dálias, narcisos, lírios, tulipas e violetas.

O jardim tinha muitas flores.
_________________________                   Vamos praticar…


                               Regras do resumo

    1ª Regra: Não se devem incluir pormenores desnecessários.

   No seu aniversário, o Tiago recebeu um presente especial. Vinha embrulhado com um papel dourado e trazia
um grande laço verde. Estava dentro de uma grande caixa. Era o par de patins que ele tanto desejava.

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________

       2ª Regra: Não se devem repetir ideias

        O Tiago estava satisfeito. Não cabia em si de contente. Transbordava de alegria. Transpirava felicidade por
ter recebido os patins que queria.

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________

       3ª Regra: As listas de objectos devem ser substituídas por termos genéricos.

       Em cima da mesa estavam muitas garrafas de coca-cola, de laranjada, de limonada, de ice-tea e de
groselha. Havia também bolos de ananás, pudins, bolachas de chocolate, natas, e um bolo de aniversário.

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________

       4ª Regra: Uma série de acções idênticas deve ser descrita através de um único verbo que as englobe o
mais possível.

       O balão começou a tremelicar, tentou subir, deu algumas voltas, subiu um pouco mais. Lentamente foi
subindo mais ainda. Agitou-se no ar, sempre mais para o alto, até que, finalmente, desapareceu.

_____________________________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________



       O que treinei com esta actividade?_____________________________________________________

        _____________________________________________________________________________

_____________________________________________________________________________________________




                                Sugestão: resume um parágrafo do teu manual de Estudo do Meio.


    Nome: _______________________________________________________Data: ____________________
Como tirar
                                    apontamentos durante a leitura?

1- Lê o texto todo e tenta compreendê-lo.
2- Lê o texto por partes. Regista, por palavras tuas, o que consideras mais importante, de uma forma
muito mais resumida do que o texto.

3- Utiliza frases curtas ou palavras-chave.
4 -Lê os teus apontamentos e procura melhorá-los, ligando bem as ideias e organizando o texto ou a
ligação entre as frases ou palavras-chave, por exemplo através de um esquema.

5- Quando terminares, relê os teus apontamentos e avalia-os.
6 -Se for necessário, melhora alguns aspectos e volta a fazer a auto-avaliação
                              Auto-Avaliação dos Meus Apontamentos

                                                                                             Sim               Não
        1-Consigo compreender bem os meus apontamentos?


                                                                                             Sim               Não
        2-Estão lá todas as ideias principais?


                                                                                             Sim               Não
        3-A relação entre as várias informações compreende-se bem?


                                                                                             Sim               Não
        4-A apresentação possibilita uma leitura fácil?


        5-Será que, quando eu for fazer revisões, mesmo passado muito                        Sim               Não
        tempo, vou conseguir compreender os apontamentos e relembrar-me
        da matéria de que eles falam?


                                                                          Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar Aprender a estudar
Como fazer uma Bibliografia?

 1-     Recolher dados de cada documento consultado:

                                   Livro e vídeo:

                               Autor
                               Título
                               Local onde foi editado
                               Editora
                               Data da edição




                                       Artigo de revista ou jornal:

                               Autor
                               Título do artigo
                               Título e número da revista ou jornal
                               Data da edição
                               Páginas onde começa e acaba o artigoPáginas




 2- Com os dados recolhidos organiza-se numa página a lista dos documentos consultados,
 com o título “Bibliografia”.Esta lista apresenta-se por ordem alfabética dos apelidos dos
 autores, como no seguinte exemplo:




                                           Bibliografia

CULP,David(1977).Não te metas em sarilhos (registo vídeo)-Leiria:S.C.A.

ELKINGTON,Jonh; Hailes,Julia (1993). Guia do Jovem Consumidor Ecológico.Lisboa: Gradiva.

VIEIRA,Pedro Almeida(1997). A outra face do paraíso. Fórum ambiente, nº 45, p.60-66.

                                                     Maria Eugénia Cunha, adaptado de "Que fazer na biblioteca da escola", DAPP/ME
Como sublinhar?

Para sublinhar, traças uma linha por baixo das palavras, frases ou ideias mais importantes.

1- Podes utilizar diferentes tipos de sublinhados, para distinguires diferentes tipos de ideias.
Exemplos:




2- Utiliza cores diferentes para cada um desses tipos de ideias. Podes utilizar canetas de tinta fluorescente
ou canetas normais.



                                     Regras para sublinhar bem:

------ sublinha só as palavras ou ideias principais.Sublinhar tudo é o mesmo que não sublinhar nada.
------ dá mais importância às definições, fórmulas, termos técnicos e ideias-chave.
------ sublinha de maneira a que, se leres só os sublinhados, te consigas lembrar de todo o texto e
---perceber o seu sentido. Assim, quando fores fazer revisões da matéria, terás o trabalho muito facilitado.




                                      Notas à margem do texto:

Além dos sublinhados, podes também utilizar um código e fazer notas à margem do texto, chamando
assim a atenção para diversos pontos:




                                                                    Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar Aprender a estudar
Como fazer esquemas?



Para organizares um esquema precisas de:

  •   Definir as ideias principais.
  •   Definir as ideias secundárias que estão ligada a cada uma delas.
  •   Escolher uma palavra ou frase curta que transmita cada uma dessas ideias.
  •   Escolher uma forma gráfica que contenha todas essas palavras-chave e mostre a
      relação entre elas.




Vantagens dos esquemas:

  •   Para fazeres um bom esquema, tens de ter compreendido bem toda a matéria.
  •   Permitem apresentar muita matéria e relacioná-la, facilitando as revisões.
  •   Mostram a relação lógica e hierárquica entre as várias ideias.
  •   Dão uma imagem visual da matéria e da sua organização.

                                                      Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar Aprender a estudar

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regras para a realização de um trabalho escrito
Regras para a realização de um trabalho escritoRegras para a realização de um trabalho escrito
Regras para a realização de um trabalho escritoBibPFerreiro
 
Técnicas e estratégias de leitura em inglês ppt
Técnicas e estratégias de leitura em inglês pptTécnicas e estratégias de leitura em inglês ppt
Técnicas e estratégias de leitura em inglês pptLuciana Araujo
 
Situação de aprendizagem 2
Situação de aprendizagem 2Situação de aprendizagem 2
Situação de aprendizagem 2230608
 
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULARJakes Paulo
 
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1Valmirleny Cavalcante
 
Formatação trabalho acadêmico no Word
Formatação trabalho acadêmico no WordFormatação trabalho acadêmico no Word
Formatação trabalho acadêmico no WordClaudinéia da Silva
 
Grelha de reg aval metas de port 1parteturma
Grelha de reg aval  metas de port 1parteturmaGrelha de reg aval  metas de port 1parteturma
Grelha de reg aval metas de port 1parteturmaMarta Isabel
 
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIALJakes Paulo
 

Mais procurados (15)

Regras para a realização de um trabalho escrito
Regras para a realização de um trabalho escritoRegras para a realização de um trabalho escrito
Regras para a realização de um trabalho escrito
 
Normas trabalho slides_2013
Normas trabalho slides_2013Normas trabalho slides_2013
Normas trabalho slides_2013
 
Técnicas e estratégias de leitura em inglês ppt
Técnicas e estratégias de leitura em inglês pptTécnicas e estratégias de leitura em inglês ppt
Técnicas e estratégias de leitura em inglês ppt
 
Apostila producao de textos
Apostila producao de textosApostila producao de textos
Apostila producao de textos
 
Situação de aprendizagem 2
Situação de aprendizagem 2Situação de aprendizagem 2
Situação de aprendizagem 2
 
Aula08 - Comunicação oral e escrita
Aula08 - Comunicação oral e escritaAula08 - Comunicação oral e escrita
Aula08 - Comunicação oral e escrita
 
Estrutura trabalho escrito
Estrutura trabalho escritoEstrutura trabalho escrito
Estrutura trabalho escrito
 
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - REGULAR
 
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
 
Aula01 - Comunicação Oral e Escrita
Aula01 - Comunicação Oral e EscritaAula01 - Comunicação Oral e Escrita
Aula01 - Comunicação Oral e Escrita
 
Formatação trabalho acadêmico no Word
Formatação trabalho acadêmico no WordFormatação trabalho acadêmico no Word
Formatação trabalho acadêmico no Word
 
Aula02 - Comunicação oral e escrita
Aula02 - Comunicação oral e escritaAula02 - Comunicação oral e escrita
Aula02 - Comunicação oral e escrita
 
Grelha de reg aval metas de port 1parteturma
Grelha de reg aval  metas de port 1parteturmaGrelha de reg aval  metas de port 1parteturma
Grelha de reg aval metas de port 1parteturma
 
apostila-producao-de-textos
apostila-producao-de-textosapostila-producao-de-textos
apostila-producao-de-textos
 
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL
5º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL - EDUCAÇÃO ESPECIAL
 

Destaque

Apresentação k iko o dentinho de leite
Apresentação k iko o dentinho de leiteApresentação k iko o dentinho de leite
Apresentação k iko o dentinho de leiteAna Barroca
 
Programa Festa De Natal
Programa Festa De NatalPrograma Festa De Natal
Programa Festa De Natalrpadrao30
 
Karl marx crítica da filosofia do direito de hegel
Karl marx   crítica da filosofia do direito de hegelKarl marx   crítica da filosofia do direito de hegel
Karl marx crítica da filosofia do direito de hegelPraxisfhycs
 
RefeiçõEs Alunos
RefeiçõEs AlunosRefeiçõEs Alunos
RefeiçõEs Alunosguest5d158b
 
Sun e Open Source
Sun e Open SourceSun e Open Source
Sun e Open SourceJoão Longo
 

Destaque (8)

Mídias educacionais
Mídias educacionaisMídias educacionais
Mídias educacionais
 
Apresentação k iko o dentinho de leite
Apresentação k iko o dentinho de leiteApresentação k iko o dentinho de leite
Apresentação k iko o dentinho de leite
 
Programa Festa De Natal
Programa Festa De NatalPrograma Festa De Natal
Programa Festa De Natal
 
Inovação
InovaçãoInovação
Inovação
 
Karl marx crítica da filosofia do direito de hegel
Karl marx   crítica da filosofia do direito de hegelKarl marx   crítica da filosofia do direito de hegel
Karl marx crítica da filosofia do direito de hegel
 
RefeiçõEs Alunos
RefeiçõEs AlunosRefeiçõEs Alunos
RefeiçõEs Alunos
 
Perfil profissional tst
Perfil profissional tstPerfil profissional tst
Perfil profissional tst
 
Sun e Open Source
Sun e Open SourceSun e Open Source
Sun e Open Source
 

Semelhante a Como estudar de forma eficaz

Quero saber mais...
Quero saber mais...Quero saber mais...
Quero saber mais...bibliotecap
 
Como fazer um resumo
Como fazer um resumoComo fazer um resumo
Como fazer um resumobibliotecap
 
Como fazer um resumo
Como fazer um resumoComo fazer um resumo
Como fazer um resumobibliotecap
 
Como fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modeloComo fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modeloAlicePimenta
 
Guião trabalho pesquisa 1º ciclo
Guião trabalho pesquisa 1º cicloGuião trabalho pesquisa 1º ciclo
Guião trabalho pesquisa 1º cicloliteracias
 
Como tirar apontamentos durante a leitura
Como tirar apontamentos durante a leituraComo tirar apontamentos durante a leitura
Como tirar apontamentos durante a leituranelsonesim
 
Como fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informaçãoComo fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informaçãobela610
 
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalhohelena frança
 
Reading Strategies p.pptx
Reading Strategies p.pptxReading Strategies p.pptx
Reading Strategies p.pptxssuser13d6e7
 
Que vantagens podes ter em tirar apontamentos
Que vantagens podes ter em tirar apontamentosQue vantagens podes ter em tirar apontamentos
Que vantagens podes ter em tirar apontamentosRute Almeida
 
Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014
Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014
Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014Ana Regina Bresolin
 
Guiao de pesquisa big6 auxiliar
Guiao de pesquisa big6 auxiliarGuiao de pesquisa big6 auxiliar
Guiao de pesquisa big6 auxiliar1000a
 
Guia elaboracaotrabalhos2011 2012
Guia elaboracaotrabalhos2011 2012Guia elaboracaotrabalhos2011 2012
Guia elaboracaotrabalhos2011 2012gracabib
 
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS Raquel Alves
 
Guião de pesquisa de informação
Guião de pesquisa de informaçãoGuião de pesquisa de informação
Guião de pesquisa de informaçãocnoesv
 
A importância da Leitura_2011.ppt
A importância da Leitura_2011.pptA importância da Leitura_2011.ppt
A importância da Leitura_2011.pptFranciscaKeilaSilvad
 

Semelhante a Como estudar de forma eficaz (20)

Recursos
RecursosRecursos
Recursos
 
Quero saber mais...
Quero saber mais...Quero saber mais...
Quero saber mais...
 
Como fazer um resumo
Como fazer um resumoComo fazer um resumo
Como fazer um resumo
 
Como fazer um resumo
Como fazer um resumoComo fazer um resumo
Como fazer um resumo
 
Espanhol 6 ano
Espanhol 6 anoEspanhol 6 ano
Espanhol 6 ano
 
Como fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modeloComo fazer trabalho_pesquisa-modelo
Como fazer trabalho_pesquisa-modelo
 
Guião trabalho pesquisa 1º ciclo
Guião trabalho pesquisa 1º cicloGuião trabalho pesquisa 1º ciclo
Guião trabalho pesquisa 1º ciclo
 
Como tirar apontamentos durante a leitura
Como tirar apontamentos durante a leituraComo tirar apontamentos durante a leitura
Como tirar apontamentos durante a leitura
 
Como fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informaçãoComo fazer pesquisa de informação
Como fazer pesquisa de informação
 
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
 
Reading Strategies p.pptx
Reading Strategies p.pptxReading Strategies p.pptx
Reading Strategies p.pptx
 
Que vantagens podes ter em tirar apontamentos
Que vantagens podes ter em tirar apontamentosQue vantagens podes ter em tirar apontamentos
Que vantagens podes ter em tirar apontamentos
 
Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014
Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014
Guia de estudos Inglês Instrumental Agronomia IFMT 2014
 
Cuquedo
CuquedoCuquedo
Cuquedo
 
Guiao de pesquisa big6 auxiliar
Guiao de pesquisa big6 auxiliarGuiao de pesquisa big6 auxiliar
Guiao de pesquisa big6 auxiliar
 
Guia elaboracaotrabalhos2011 2012
Guia elaboracaotrabalhos2011 2012Guia elaboracaotrabalhos2011 2012
Guia elaboracaotrabalhos2011 2012
 
Como realizar o fichamento
Como realizar o fichamentoComo realizar o fichamento
Como realizar o fichamento
 
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
APOSTILA DE ORIENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS
 
Guião de pesquisa de informação
Guião de pesquisa de informaçãoGuião de pesquisa de informação
Guião de pesquisa de informação
 
A importância da Leitura_2011.ppt
A importância da Leitura_2011.pptA importância da Leitura_2011.ppt
A importância da Leitura_2011.ppt
 

Mais de bibliotecap

Alfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafemaAlfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafemabibliotecap
 
Folheto ler em família
Folheto ler em famíliaFolheto ler em família
Folheto ler em famíliabibliotecap
 
Coelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideiasCoelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideiasbibliotecap
 
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliaçãoProjeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliaçãobibliotecap
 
Diário de pesquisa
Diário de pesquisaDiário de pesquisa
Diário de pesquisabibliotecap
 
Critérios de avaliação
Critérios de avaliaçãoCritérios de avaliação
Critérios de avaliaçãobibliotecap
 
Organizar a pesquisa
Organizar a pesquisaOrganizar a pesquisa
Organizar a pesquisabibliotecap
 
Corre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinhaCorre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinhabibliotecap
 
Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14bibliotecap
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo abibliotecap
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo abibliotecap
 
O mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º anoO mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º anobibliotecap
 

Mais de bibliotecap (20)

Alfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafemaAlfabeto, vogais e fonoema grafema
Alfabeto, vogais e fonoema grafema
 
Apresentação3
Apresentação3Apresentação3
Apresentação3
 
Apresentação4
Apresentação4Apresentação4
Apresentação4
 
Folheto ler em família
Folheto ler em famíliaFolheto ler em família
Folheto ler em família
 
Folheto 2
Folheto 2Folheto 2
Folheto 2
 
Folheto 1
Folheto 1Folheto 1
Folheto 1
 
Coelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideiasCoelhinho criativo-ideias
Coelhinho criativo-ideias
 
Quiz ines
Quiz inesQuiz ines
Quiz ines
 
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliaçãoProjeto metros de leitura  se os bichos- grelha avaliação
Projeto metros de leitura se os bichos- grelha avaliação
 
Ouvir e ler
Ouvir e lerOuvir e ler
Ouvir e ler
 
Diário de pesquisa
Diário de pesquisaDiário de pesquisa
Diário de pesquisa
 
Critérios de avaliação
Critérios de avaliaçãoCritérios de avaliação
Critérios de avaliação
 
Organizar a pesquisa
Organizar a pesquisaOrganizar a pesquisa
Organizar a pesquisa
 
Ouvir e ler
Ouvir e lerOuvir e ler
Ouvir e ler
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Corre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinhaCorre, corre cabacinha
Corre, corre cabacinha
 
Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14Boletim fevereiro 13 14
Boletim fevereiro 13 14
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo a
 
Educação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo aEducação sexual 2.º ciclo a
Educação sexual 2.º ciclo a
 
O mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º anoO mundo está cheio de bebés 3º ano
O mundo está cheio de bebés 3º ano
 

Último

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 

Último (20)

Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 

Como estudar de forma eficaz

  • 1. Aqui podes consultar informação variada. Como fazer um resumo ? Como sublinhar? Como tirar apontamentos durante a Como fazer esquemas? leitura ? ! Como fazer uma bibliografia?
  • 2. Resumo 1-O que é para ti um RESUMO? (Partilha a tua opinião com os teus colegas). 1.1-Procura no dicionário o significado da palavra: Resumo:______________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ Regras de um bom resumo *Brevidade – Só contém as ideias principais. Os pormenores não são incluídos. *Rigor e clareza – Exprime as ideias fundamentais do texto, de uma forma coerente clara e que respeite o pensamento do autor. *Linguagem pessoal – Não se copiam frases do texto; exprime-se as ideias por palavras nossas. Como elaborar um resumo 1- Lê o texto e tenta compreendê-lo bem. Identifica as ideias principais, parágrafo a parágrafo. ------ podes sublinhá-las, durante a leitura. ------ podes fazer um esquema, no fim da leitura, para organizar o texto e os parágrafos. 2- Começa a escrever o teu resumo, respeitando sempre o conteúdo do texto e o pensamento do autor. ------ procura não incluir pormenores desnecessários. ------ substitui ideias repetidas ou semelhantes por uma que as englobe. ------ utiliza termos genéricos em vez de listas. ------ utiliza uma linguagem pessoal. 3- Lê o teu resumo e avalia-o, corrigindo os aspectos que achares necessários. ------ contém as ideias principais ? ------ a ideia do autor está respeitada ? ------ o texto percebe-se bem? ------ não há pormenores nem repetições? 4- Faz outra leitura do teu resumo e aperfeiçoa a linguagem do texto (ortografia, construção de frases, etc.) se for necessário. Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar. Aprender a estudar Exemplos: -Não repetir ideias. A Ana estava satisfeita. Não cabia em si de contente. Transpirava felicidade. O seu irmão tinha acabado de nascer. A Ana estava muito feliz porque o seu irmão tinha nascido. -Substituir listas de palavras por um termo genérico. O jardim tinha imensas rosas, cravos, camélias, dálias, narcisos, lírios, tulipas e violetas. O jardim tinha muitas flores.
  • 3. _________________________ Vamos praticar… Regras do resumo 1ª Regra: Não se devem incluir pormenores desnecessários. No seu aniversário, o Tiago recebeu um presente especial. Vinha embrulhado com um papel dourado e trazia um grande laço verde. Estava dentro de uma grande caixa. Era o par de patins que ele tanto desejava. _____________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ 2ª Regra: Não se devem repetir ideias O Tiago estava satisfeito. Não cabia em si de contente. Transbordava de alegria. Transpirava felicidade por ter recebido os patins que queria. _____________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ 3ª Regra: As listas de objectos devem ser substituídas por termos genéricos. Em cima da mesa estavam muitas garrafas de coca-cola, de laranjada, de limonada, de ice-tea e de groselha. Havia também bolos de ananás, pudins, bolachas de chocolate, natas, e um bolo de aniversário. _____________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ 4ª Regra: Uma série de acções idênticas deve ser descrita através de um único verbo que as englobe o mais possível. O balão começou a tremelicar, tentou subir, deu algumas voltas, subiu um pouco mais. Lentamente foi subindo mais ainda. Agitou-se no ar, sempre mais para o alto, até que, finalmente, desapareceu. _____________________________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ O que treinei com esta actividade?_____________________________________________________ _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________________________ Sugestão: resume um parágrafo do teu manual de Estudo do Meio. Nome: _______________________________________________________Data: ____________________
  • 4. Como tirar apontamentos durante a leitura? 1- Lê o texto todo e tenta compreendê-lo. 2- Lê o texto por partes. Regista, por palavras tuas, o que consideras mais importante, de uma forma muito mais resumida do que o texto. 3- Utiliza frases curtas ou palavras-chave. 4 -Lê os teus apontamentos e procura melhorá-los, ligando bem as ideias e organizando o texto ou a ligação entre as frases ou palavras-chave, por exemplo através de um esquema. 5- Quando terminares, relê os teus apontamentos e avalia-os. 6 -Se for necessário, melhora alguns aspectos e volta a fazer a auto-avaliação Auto-Avaliação dos Meus Apontamentos Sim Não 1-Consigo compreender bem os meus apontamentos? Sim Não 2-Estão lá todas as ideias principais? Sim Não 3-A relação entre as várias informações compreende-se bem? Sim Não 4-A apresentação possibilita uma leitura fácil? 5-Será que, quando eu for fazer revisões, mesmo passado muito Sim Não tempo, vou conseguir compreender os apontamentos e relembrar-me da matéria de que eles falam? Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar Aprender a estudar
  • 5. Como fazer uma Bibliografia? 1- Recolher dados de cada documento consultado: Livro e vídeo:  Autor  Título  Local onde foi editado  Editora  Data da edição Artigo de revista ou jornal:  Autor  Título do artigo  Título e número da revista ou jornal  Data da edição  Páginas onde começa e acaba o artigoPáginas 2- Com os dados recolhidos organiza-se numa página a lista dos documentos consultados, com o título “Bibliografia”.Esta lista apresenta-se por ordem alfabética dos apelidos dos autores, como no seguinte exemplo: Bibliografia CULP,David(1977).Não te metas em sarilhos (registo vídeo)-Leiria:S.C.A. ELKINGTON,Jonh; Hailes,Julia (1993). Guia do Jovem Consumidor Ecológico.Lisboa: Gradiva. VIEIRA,Pedro Almeida(1997). A outra face do paraíso. Fórum ambiente, nº 45, p.60-66. Maria Eugénia Cunha, adaptado de "Que fazer na biblioteca da escola", DAPP/ME
  • 6. Como sublinhar? Para sublinhar, traças uma linha por baixo das palavras, frases ou ideias mais importantes. 1- Podes utilizar diferentes tipos de sublinhados, para distinguires diferentes tipos de ideias. Exemplos: 2- Utiliza cores diferentes para cada um desses tipos de ideias. Podes utilizar canetas de tinta fluorescente ou canetas normais. Regras para sublinhar bem: ------ sublinha só as palavras ou ideias principais.Sublinhar tudo é o mesmo que não sublinhar nada. ------ dá mais importância às definições, fórmulas, termos técnicos e ideias-chave. ------ sublinha de maneira a que, se leres só os sublinhados, te consigas lembrar de todo o texto e ---perceber o seu sentido. Assim, quando fores fazer revisões da matéria, terás o trabalho muito facilitado. Notas à margem do texto: Além dos sublinhados, podes também utilizar um código e fazer notas à margem do texto, chamando assim a atenção para diversos pontos: Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar Aprender a estudar
  • 7. Como fazer esquemas? Para organizares um esquema precisas de: • Definir as ideias principais. • Definir as ideias secundárias que estão ligada a cada uma delas. • Escolher uma palavra ou frase curta que transmita cada uma dessas ideias. • Escolher uma forma gráfica que contenha todas essas palavras-chave e mostre a relação entre elas. Vantagens dos esquemas: • Para fazeres um bom esquema, tens de ter compreendido bem toda a matéria. • Permitem apresentar muita matéria e relacioná-la, facilitando as revisões. • Mostram a relação lógica e hierárquica entre as várias ideias. • Dão uma imagem visual da matéria e da sua organização. Adaptado de Porto Editora, Ensinar a estudar Aprender a estudar