SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIÃO MUNICIPAL ESPÍRITA DE SANTA MARIA - RS
DECOM/UME SM
Umesm.blogspot.com
www.decomumesm@gmail.com
Divaldo Franco em
Santa Maria
Palestra pública
dia 06 de abril
Allan Kardec
O nosso
codificador
Olá Irmãos!
Segue o BEUME com 40 páginas.
Informando a vinda de Divaldo Franco a Santa Maria e
discorrendo um pouquinho pela sua trajetória de vida em prol do Espiritismo.
O BEUME e toda comunidade espírita de Santa Maria, está celebrando
o grande número de eventos que acontecem, simultaneamente,
no movimento em nossa cidade.
Trazemos ainda, relato contando o desencarne de Allan Kardec, relação de casas
de aniversário, escalas, eventos, etc.
Lembrando que ao longo do mês publicamos em nossa página,
no facebook, os eventos que aconteceram e os que estão acontecendo neste
final de semana em Santa Maria. Enviem qualquer dia do mês que publicamos.
Abaixo, rodapé de divulgação da vinda de Divaldo Franco a SM veiculado pelo
jornal Diário de Santa Maria. Agradecendo também a Rádio Gaúcha, Rádio
Atlântida, TV Pampa, Rádio Santamariense, Rádio Imembuí e Jornal A Razão pela
ampla divulgação de nosso evento com mídia inteiramente doada.
Boa leitura!
É reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores
Espíritas da atualidade e o maior divulgador da Doutrina Espírita
por todo o Mundo. Seu currículo revela um exímio e devotado
educador com mais de seiscentos filhos adotivos e mais de
duzentos netos e bisnetos, atendendo atualmente a cerca de três
mil crianças, adolescentes e jovens de famílias de baixa renda,
por dia, em regime de semi-internato e externato.
Divaldo é um verdadeiro
apóstolo do Espiritismo. Dos
seus oitenta e quatro anos,
sessenta e quatro foram
devotados à causa Espírita e
às crianças excluídas, das
periferias de sua Salvador.
Nasceu em 5 de maio de 1927,
na cidade de Feira de Santana,
Bahia e, desde a infância, se
comunica com os Espíritos.
Cursou a Escola Normal Rural
de Feira de Santana,
recebendo o diploma de
professor primário, em 1943.
Trabalhou como escriturário
no antigo IPASE, em Salvador,
aposentando-se em 1980.
Divaldo estará mais uma vez em nossa cidade no
próximo dia 06 de abril, às 20h, no Ginásio do Clube Dores e
a promoção do evento é da UME Santa Maria. Às 19h, haverá
sessão de autógrafos e às 19h30, apresentação do grupo de
música espírita Arte & Luz.
Orador com mais de treze mil conferências, em mais de duas
mil cidades em todo o Brasil e em sessenta e cinco países dos
cinco continentes, tendo concedido mil e quinhentas entrevistas
para rádio e TV, no Brasil e no Exterior.
Em 2010 esteve em algumas cidades, por primeira vez, como
Dublin, capital da Irlanda; Elche Sur-Azette, em Luxemburgo;
Schwarzach, na Alemanha e Villach, na Áustria.
Em meados de 2010, esteve na Rússia, por primeira vez,
fazendo contatos com amigos e tentando encaminhar a criação
de um núcleo espírita.
Recebeu mais de seiscentas homenagens, de instituições
culturais, sociais, religiosas, políticas e governamentais.
Como médium, publicou duzentos e
cinqüenta e cinco livros, com mais de oito
milhões de exemplares, onde se
apresentam duzentos e onze Autores
Espirituais, muitos deles ocupando lugar de
destaque na literatura, no pensamento e na
religiosidade universais. Dessas obras,
houve versões para dezessete idiomas
(alemão, albanês, catalão, dinamarquês,
espanhol, esperanto, francês, holandês,
húngaro, inglês, italiano, norueguês,
polonês, tcheco, turco, russo, sueco e
sistema Braille). Existem, ainda, dezessete
livros escritos por outros autores, sobre sua
vida e sua obra. A renda proveniente da
venda dessas obras, bem como os direitos
autorais foram doados, em cartório, à
Mansão do Caminho e outras entidades
filantrópicas.
Espírita convicto, fundou o Centro Espírita Caminho da
Redenção em 7 de setembro de 1947.
Dois anos depois, iniciou a sua tarefa de psicografia. Diversas
mensagens foram escritas por seu intermédio. Sob a orientação
dos Benfeitores Espirituais guardou o que escreveu, até que um
dia recebeu a recomendação para queimar tudo o que escrevera
até ali, pois não passava de simples exercício. Com a
continuação, vieram novas mensagens assinadas por diversos
Espíritos, dentre eles:Joanna de Ângelis, que durante muito
tempo apresentava-se como Um Espírito Amigo, ocultando-se no
anonimato à espera do instante oportuno para se
identificar. Joanna revelou-se como sua orientadora espiritual,
escrevendo inúmeras mensagens, num estilo agradável
repassado de profunda sabedoria e infinito amor, que conforta as
pessoas necessitadas dando diretriz espiritual.
Em 1964, Divaldo, sob orientação de Joanna de Ângelis,
selecionou várias mensagens de autoria da mentora e enfeixou-
as no livro Messe de Amor, que se tornou o primeiro livro
psicografado por Divaldo.
MANSÃO DO CAMINHO
Divaldo Franco é emérito
educador. Fundou em 1952, na
cidade de Salvador, Bahia, com
Nilson de Souza Pereira, a
Mansão do Caminho,
instituição que acolheu e
educou crianças sob o regime
de Lares Substitutos.
Em vinte Casas Lares, educou mais de seiscentos filhos,
hoje emancipados, a maioria com família constituída.
Na década de sessenta, iniciou a construção de escolas,
oficinas profissionalizantes e atendimento médico.
Hoje, a Mansão do Caminho é um admirável complexo
educacional com 83.000 m2 e cincoenta e duas edificações que
atende a três mil crianças e jovens de famílias de baixa renda,
na Rua Jaime Vieira Lima, n° 1, Pau da Lima, um dos bairros
periféricos mais carentes de Salvador. O complexo atende a
diversas atividades socioeducacionais como: enxovais, Pré-
Natal, Creche, escolas de ensino fundamental e médio,
Informática, Cerâmica, Panificação, Bordado, Reciclagem de
Papel, Centro Médico, Laboratório de Análises Clínicas,
Atendimento Fraterno, Caravana Auta de Souza, Casa da
Cordialidade e Bibliotecas.
Mais de trinta e cinco mil crianças passaram, até hoje, pelos
vários cursos e oficinas da Mansão do Caminho. A obra é
basicamente mantida com a venda dos livros mediúnicos e das
fitas gravadas nas palestras, seminários, entrevistas e
mensagens por Divaldo.
Complexo Educacional
e Assistencial da
Mansão do Caminho.
www.mansaodocaminho.com.br/
www.divaldofranco.com.br/
Fontes:
A Desencarnação de Allan Kardec
Fonte: http://www.redeamigoespirita.com.br/
Foi em 31/3/1869, em Paris, com 64 anos, entre 11 e 12
horas, pelo rompimento de um aneurisma, em pleno
labor de estudo e organização de novas tarefas espíritas
e assistenciais que Kardec desencarna, cumprindo, e
muito bem, a missão.
O lema de Kardec era: Trabalho, Solidariedade e
Tolerância.
O corpo de Kardec foi sepultado
no Cemitério do Père-Lachaise,
com a frase esculpida no
frontispício do dólmen de Allan
Kardec:
“Nascer, viver, morrer,
renascer ainda e progredir
sempre, tal é a Lei.”
31 de março de 1869
No dia em que Allan Kardec desencarnava, constituindo este fato
dolorosa surpresa para todos os seus amigos e para os espíritas
em geral, nesse mesmo dia o sr. E. Muller, grande amigo do
Codificador e de sua digna esposa, mandou telegrama aos
espíritas lioneses: "Morreu o Sr. Allan Kardec, será enterrado
sexta-feira." E, no mesmo dia, assim se expressa por carta ao sr.
Finet, de Lião:
"Paris, 31 de março de 1869
Amigo:
Agora, que já estou um pouco mais calmo, eu vos escrevo .
Enviando-vos meu aviso, como o fiz, talvez tenha agido um tanto
brutalmente, mas me parecia que devíeis receber a comunicação
imediata desse falecimento.
Eis alguns pormenores:
Ele morreu esta manhã, entre onze e doze horas, subitamente,
ao entregar um número da Revue a um caixeiro de livraria que
acabava de comprá-lo; ele se curvou sobre si mesmo, sem
proferir uma única palavra: estava morto.
Sozinho em sua casa (Rue de Sant'Ana), Kardec punha em
ordem seus livros e papéis para a mudança que se vinha
processando e que deveria terminar amanhã. Seu empregado,
aos gritos da criada e do caixeiro, acorreu ao local, ergueu-o ...
nada, nada mais. Delanne ¹ acudiu com toda a presteza,
friccionou-o, mas em vão. Tudo estava acabado.
Venho de vê-lo. Penetrando a casa, com móveis e utensílios
diversos atravancando a entrada, pude ver, pela porta aberta da
grande sala de sessões, a desordem que acompanha os
preparativos para uma mudança de domicílio; introduzido numa
pequena sala de visitas, que conheceis bem, com seu tapete
encarnado e seus móveis antigos, encontrei a sra. Kardec
assentada no canapé, de face para a lareira; ao seu lado, o sr.
Delanne; diante deles, sobre dois colchões colocados no chão,
junto à porta da pequena sala de jantar, jazia o corpo, restos
inanimados daquele que todos amamos. Sua cabeça, envolta
em parte por um lenço branco atado sob o queixo, deixava ver
toda a face, que parecia repousar docemente e experimentar a
suave e serena satisfação do dever cumprido.
Nada de tétrico marcara a passagem de sua morte; se não fosse
a parada da respiração, dir-se-ia que ele estava dormindo.
Cobria-lhe o corpo uma coberta de lã branca, que, junto aos
ombros dele, deixava perceber a gola do robe de chambre, a
roupa que ele vestia quando fora fulminado; a seus pés, como
que abandonadas, suas chinelas e meias pareciam possuir
ainda o calor do corpo dele.
Tudo isto era triste, e, entretanto, um sentimento de doce
quietude penetrava-nos a alma; tudo na casa era desordem,
caos, morte, mas tudo aí parecia calmo, risonho e doce, e,
diante daqueles restos, forçosamente meditamos no futuro.
Eu vos disse que na sexta-feira é que o enterraríamos, mas
ainda não sabemos a que horas; esta noite seu corpo está
sendo velado por Desliens ² e Tailleur; amanhã o será por
Delanne e Morin.
Procuram-se, entre os seus papéis, suas últimas vontades, se é
que ele as escreveu; de qualquer forma, o enterro será
puramente civil.
Escrever-vos-ei, dando-vos os pormenores da cerimônia.
Amanhã, creio eu, cuidaremos em nomear uma comissão de
espíritas mais ligados à Causa, aqueles que melhor conhecem
as necessidades dela, a fim de aguardar e de saber o que se irá
fazer. De todo o coração, vosso amigo,
(a) MULLER. "
1. Alexandre Delanne, pai do engenheiro e pesquisador
espírita Gabriel Delanne.
2. Armand Théodore Desliens, secretário-gerente da Revista
Espírita.
Os despojos do
Codificador,
enterrados
inicialmente no
Cemitério de
Montmartre
(2.4.1869), foram
transferidos para o
do Père-Lachaise em
31 de março de 1870
Médicos incluem espiritualidade
em tratamentos
Fonte: http://www.noticiaespirita.com.br/
http://www.espitirinhas.blogspot.com.br/
EXPOSIÇÕES DOUTRINÁRIAS
ABRIL/2016
QUARTAS-FEIRAS ÀS 20h00min HORAS
Tema do Mês: A morte
(Livro: “O problema do ser, do destino e da dor”- cap. X)
Dia Expositor (a) Tema Coordenador
06 Fernando Correa Morte: O eclipse momentâneo Eduardo
13 Eduardo Correa O temor à morte Rose
20 Aquiléa Salgado
O invólucro carnal e o Progresso Espiritual
(Tema vinculado à Família)
Lizandra
27 Lizandra Salau As condições da Vida no Plano Espiritual Fernando
SÁBADOS ÀS 14h15min HORAS
Tema do Mês: A morte
(Livro: “O problema do ser, do destino e da dor”- cap. X)
Dia Expositor (a) Tema Coordenador
02 Marcelo Xavier Os mortos são os Vivos do “Céu” Lizandra
09 Guacira Azambuja Mortes prematuras Aquiléa
16 Lizandra Salau Mortes Coletivas Darlan
23 Aquiléa Salgado
Preces pelos mortos
(Tema vinculado à Família)
Marisandra
30 Marisandra Carlan O suicídio Lizandra
Atendimento Fraterno: Quarta-feira e Sábado após as doutrinárias.
Evangelização – Quarta-feira às 20h00min e Sábados às 14h00min.
ESDE- Terça-feira às 19h30min e Sábado às 15h30min.
SOCIEDADE ESPÍRITA
“LUZ NO CAMINHO – Dr. FERNANDO DO Ó”
- CASA DE AMPARO À CRIANÇA –
Associação Espírita Horto da Paz
Alto das Palmeiras, S/N. Distrito de São Valentim. Santa Maria-RS
REUNIÕES PÚBLICAS DOUTRINÁRIAS – SÁBADOS 15h
ABRIL / 2016
DIA COORDENAÇÃO EVANGELHO TEMA EXPLANAÇÃO
02 Ely Ávila Neusa Maria
João de Deus
O médium que curou multidões Ely Ávila
09 Maria Medianeira Elenita Maria Liberdade com Responsabilidade Maria Medianeira
16 Elenita Maria Ely Ávila Lei de Causa e Efeito Elenita Maria
23 Janio Rossi Neusa Maria O Horto da Paz e a Comunidade com
Jesus – Provas da Riqueza e Miséria
Ely Ávila
30 Neusa Maria Janio Rossi O Adolescente e a Vida
Janio Rossi e
Neusa Maria
NúcleoEspíritaCasadocaminhoFranciscoSpinelli
ProgramaçãodeAniversário-Mêsdeabrilde2016.
Rua:AlcidesCoimbran°220-VilaLorenzi
TEMA EXPOSITOR DIA E HORÁRIO
-Francisco Spinelli Vida e Obra -Tereca Souza
SEUF
- Dia 03 de abril, domingo às
9:00 hs.
- Transição Planetária -Osvaldo Machado Filho
Soc. Esp. Vianna de Carvalho
-Dia 10 de abril, domingo às
9:00 hs.
-Amanhecer de Uma Nova Era -Adalberto Siqueira
Abrigo Esp. Oscar José Pithan
-Dia 17 de abril, domingo às
9:00 hs.
---Perturbações Espirituais -Bruno Peres
Núcleo Esp. Casa do Caminho
Francisco Spinelli
--Dia 24 de abril, domingo às
9:00hs.
R. Machado de Assis, 454. Bairro Menino Jesus, Santa Maria, RS. CEP 97050-450. E-mail: seuf.santamaria@fergs.org.br
DEPARTAMENTO DOUTRINÁRIO - DEDO
PROGRAMAÇÃO DAS REUNIÕES DOUTRINÁRIAS - 2016
Mês: Abril
Eixo Temático: SEDE CARIDOSOS
Terça-feira 20h00min
Direção: Mari Galina
Recepção: Sebastian P. Ribas
Dia TEMA EXPOSITOR/CASA
O5 O que é a verdadeira caridade (E.S.E.
Cap. XI, item 14; Cap. XVII, itens 7 e 8)
Luiz Henrique Figueiredo /
Pithan
12 Sem caridade não há salvação, nem li-
berdade (E.S.E. Cap. XV)
Rosangela Viana da Silva /
SEUF
19 Jesus: modelo a ser copiado (E.S.E.
Cap. I (itens 9, 10 e 11) e O Livro dos Espíri-
tos (Questão 625)
Alexandre Druzian Bregão /
SEUF
26 Encontramo-nos, nesse momento, em
um mundo mais caridoso e fraterno?
(E.S.E. Cap. XV e A Gênese (A Geração Nova)
Tereca Souza / SEUF
Quinta-feira 15h00min
Direção: Verani Rosa
Recepção: Maria do Carmo e Fermin Be-
gueristae
Dia TEMA EXPOSITOR/CASA
07 O que é a verdadeira caridade (E.S.E.
Cap. XI, item 14; Cap. XVII, itens 7 e 8)
Sandra Margarida Fioravante /
SEUF
14 Sem caridade não há salvação, nem li-
berdade (E.S.E. Cap. XV)
Marion G. da Rosa / SEUF
21 Jesus: modelo a ser copiado (E.S.E.
Cap. I (itens 9, 10 e 11) e O Livro dos Espíri-
tos (Questão 625)
Alexandre Druzian Bregão /
SEUF
28 Encontramo-nos, nesse momento, em
um mundo mais caridoso e fraterno?
(E.S.E. Cap. XV e A Gênese (A Geração Nova)
Tereca Souza / SEUF
TERÇA-FEIRA ÀS 20:00 HORAS
DIA EXPOSITOR TEMA
05 BARROS RENOVANDO ATITUDES
12 TELTZ (A.E. OSCAR PITHAN) JESUS ,OS ESCÂNDALOS E O ESPIRITISMO
19 LIZANDRA (FERNANDO DO Ó)
A CIÊNCIA MATERIAL E AS COISAS DO
ESPÍRITO
26
FEB
O ESPÍRITISMO –
DE KARDEC AOS DIAS DE HOJE
VÍDEO
SÁBADO ÀS 15:00 HORAS
DIA EXPOSITOR TEMA
02
JOSÉ MILTON (S.E. UNIÃO DOS
FIÉIS)
Cap. V - E.S.E. – BEM - AVENTURADOS OS
AFLITOS
09 WALTER (S.E. JOANA DE ÂNGELIS) SUPER PROTEÇÃO DOS PAIS
16 MARINO (S.E. FÉ E ESPERANÇA) A VERDADEIRA PROPRIEDADE
23 INEZ LEI DE SOCIEDADE
30 LÚCIA O BEM E SUA TERAPIA
Apoio Espiritual - Evangelho Segundo Espiritismo
Segunda-Feira das 20h às 20:45Min.
Dia Expositor Tema
04 MARLENE /MARIA ABANDONAR PAI, MÃE E FILHOS - CAP 23 EV. SEG. ESP.
11 REGINA / DEBORA DEIXAI OS MORTOS ENTERRAREM OS SEUS MORTOS - CAP 23 EV. SEG. ESP.
18 PAULO NÃO VIM TRAZER A PAZ, MAS A ESPADA - CAP 23 EV. SEG. ESP.
25 ANA MARIA A CANDEIA DE BAIXO DO ALQUEIRE - CAP 24 EV. SEG. ESP.
ABRIL 2016 – 88 ANOS da SELC
DATA EXPOSITOR(A) TEMA COORDENADOR
01 - sexta-feira Mary Angela
Amorim
Soc. Esp. Menna Barreto
Desencarne de
Allan Kardec
Cleber
04 - segunda-feira Moacir Germani Emprego da fortuna
ESE, cap. XVI
Dagoré
05 - terça-feira Claudine Uniões antipáticas
LE, livro IV, cap. I
Renato
08 - sexta-feira Adair Marques
AME SM
Doença de Alzheimer Cleber
11 - segunda-feira Cleber O dever e a virtude
ESE, cap. XVII
Dagoré
12 - terça-feira Leni Medo da morte
LE, livro IV, cap. I
Renato
15 - sexta-feira Luis Alberto
Guaíba-RS
Convulsões sociais da
atualidade
Cleber
16 – sábado
9 às 12 h
Seminário com Luis
Alberto
Missão do trabalhador
espírita na transição
planetária
Cleber /
Giovani
18 - segunda-feira Cleusa Desprendimento dos
bens terrenos
ESE, cap. XVI
Dagoré
19 - terça-feira Derli Nada. Vida futura
LE, livro IV, cap. II
Renato
22 - sexta-feira Tereca
S. E. União dos Fiéis
Educação: A chave do
progresso moral
Cleber
25 – segunda-feira Roselaine Caracteres da
perfeição
ESE, cap. XVII
Dagoré
26 – terça-feira Solange Desgosto da vida.
Suicídio
LE, livro IV, cap. I
Renato
29 – sexta-feira Sidney Lourenço
S. E. Amor e Humildade
do Apóstolo – SC
O que é
mediunidade?
Cleber
Horários das doutrinárias:
- Segunda-feira – das 13h às 13h25min;
- Terça-feira – das 19h30min às 20h
- Sexta-feira – das 20h30min às 21h.
Sábado dia 12/03, Izaias Claro nos honrou com sua iluminada
presença trazendo orientação, esclarecimentos e sugestões de
como lidar com a depressão e com o depressivo na família.
Para quem teve a oportunidade foi uma tarde de extremo
proveito com momentos de descontração com muita risada,
momento para cantar e momento para se emocionar. Como
sugestão final ele deixou como saída colocar DEUS na vida do
depressivo.
Soc. Esp.
Francisco Costa
http://umesm.blogspot.com.br/
Este é o endereço do blog da
UME SANTA MARIA - União Municipal Espírita de
Santa Maria. Entra lá!
DISCÍPULOS DE JESUS – DIA 04
UNIÃO DOS FIÉIS – DIA 07
BEZERRA DE MENEZES – DIA 11
LAR DE JOAQUINA – DIA 13
CASA DO CAMINHO FRANCISCO
ESPINELLI
(Núcleo Menna Barreto)
DIA 21
FRANCISCO COSTA – DIA 23
LUZ E CARIDADE – DIA 24
VAMOS DIVULGAR A
DOUTRINA ESPÍRITA?
DIVULGUEM SUAS CASAS
ESPÍRITAS ATRAVÉS DO BEUME.
• Enviem-nos materiais de divulgação das doutrinárias, encontros,
seminários e eventos diversos que estaremos publicando no BEUME,
FACEBOOK e outros meios de comunicação virtual.
decomumesm@gmail.com
"A maior caridade que podemos fazer pela
Doutrina Espírita é a sua divulgação." Chico
Xavier – Emmanuel.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Beume nov 16 pdf
Beume nov 16 pdfBeume nov 16 pdf
Beume nov 16 pdf
Cristiano Brondani
 
Beume setembro15 pdf ii
Beume setembro15 pdf iiBeume setembro15 pdf ii
Beume setembro15 pdf ii
Ume Maria
 
Beume julho15
Beume julho15Beume julho15
Beume julho15
Ume Maria
 
Beume jan 17
Beume jan 17Beume jan 17
Beume jan 17
Ume Maria
 
Beume fevereiro16
Beume fevereiro16Beume fevereiro16
Beume fevereiro16
Ume Maria
 
Beume julho16 pdf
Beume julho16 pdfBeume julho16 pdf
Beume julho16 pdf
Ume Maria
 
Beume agosto15
Beume agosto15Beume agosto15
Beume agosto15
Ume Maria
 
Beume out 16 pdf
Beume out 16 pdfBeume out 16 pdf
Beume out 16 pdf
Ume Maria
 
Beume agosto16
Beume agosto16Beume agosto16
Beume agosto16
Ume Maria
 
Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513
Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513
Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513
Comunidades Vivas
 
Jornal Nossa seara - Número 71
Jornal Nossa seara - Número 71Jornal Nossa seara - Número 71
Jornal Nossa seara - Número 71
Falangeiros Da Aruanda Sefa
 
Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761
Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761
Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761
Comunidades Vivas
 
Beume março 2015
Beume março 2015Beume março 2015
Beume março 2015
Ume Maria
 
Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511
Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511
Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511
Comunidades Vivas
 
CIRCULAR DE SETEMBRO DE
CIRCULAR DE SETEMBRO DECIRCULAR DE SETEMBRO DE
CIRCULAR DE SETEMBRO DE
cnisbrasil
 
Jornal do mes de maio
Jornal do mes de maioJornal do mes de maio
Jornal do mes de maio
Gasparino Mikuska
 
O bispo a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...
O bispo   a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...O bispo   a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...
O bispo a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...
Aristoteles Rocha
 
Boletim esperança 23
Boletim esperança 23Boletim esperança 23
Boletim esperança 23
Robervaldu
 

Mais procurados (18)

Beume nov 16 pdf
Beume nov 16 pdfBeume nov 16 pdf
Beume nov 16 pdf
 
Beume setembro15 pdf ii
Beume setembro15 pdf iiBeume setembro15 pdf ii
Beume setembro15 pdf ii
 
Beume julho15
Beume julho15Beume julho15
Beume julho15
 
Beume jan 17
Beume jan 17Beume jan 17
Beume jan 17
 
Beume fevereiro16
Beume fevereiro16Beume fevereiro16
Beume fevereiro16
 
Beume julho16 pdf
Beume julho16 pdfBeume julho16 pdf
Beume julho16 pdf
 
Beume agosto15
Beume agosto15Beume agosto15
Beume agosto15
 
Beume out 16 pdf
Beume out 16 pdfBeume out 16 pdf
Beume out 16 pdf
 
Beume agosto16
Beume agosto16Beume agosto16
Beume agosto16
 
Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513
Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513
Folha Dominical - 23.03.14 Nº 513
 
Jornal Nossa seara - Número 71
Jornal Nossa seara - Número 71Jornal Nossa seara - Número 71
Jornal Nossa seara - Número 71
 
Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761
Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761
Folha Dominical - 07.04.19 Nº 761
 
Beume março 2015
Beume março 2015Beume março 2015
Beume março 2015
 
Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511
Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511
Folha Dominical - 09.03.14 Nº 511
 
CIRCULAR DE SETEMBRO DE
CIRCULAR DE SETEMBRO DECIRCULAR DE SETEMBRO DE
CIRCULAR DE SETEMBRO DE
 
Jornal do mes de maio
Jornal do mes de maioJornal do mes de maio
Jornal do mes de maio
 
O bispo a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...
O bispo   a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...O bispo   a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...
O bispo a história revelada de edir macedo - christina lemos & douglas tavo...
 
Boletim esperança 23
Boletim esperança 23Boletim esperança 23
Boletim esperança 23
 

Destaque

Amigos espirituais
Amigos espirituaisAmigos espirituais
Amigos espirituais
elizacouto
 
дипломнная работа
дипломнная работадипломнная работа
дипломнная работаsveta00000566545
 
Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5
Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5
Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5
kanchiperiva
 
Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4
Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4
Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4
kanchiperiva
 
Bathroom redesign pdf
Bathroom redesign pdfBathroom redesign pdf
Bathroom redesign pdf
shaun mengella
 
Why Responsive Website Design Is A Must
Why Responsive Website Design Is A MustWhy Responsive Website Design Is A Must
Why Responsive Website Design Is A Must
Illumination Consulting
 
Luisa: Question 2
Luisa: Question 2Luisa: Question 2
Luisa: Question 2
salesian2014as
 
необходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03 копие
необходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03   копиенеобходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03   копие
необходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03 копиеkepopova
 
Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1
Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1
Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1
kanchiperiva
 
Debugging Drupal with Xdebug
Debugging Drupal with XdebugDebugging Drupal with Xdebug
Debugging Drupal with Xdebug
Frank Carey
 
Diego de santos
Diego de santosDiego de santos
Diego de santos
Inma Cuellar
 
Evaluation 1
Evaluation 1Evaluation 1
Evaluation 1
salesian2014as
 
Cuéllar
CuéllarCuéllar
Cuéllar
Inma Cuellar
 
How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...
How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...
How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...
salesian2014as
 

Destaque (17)

Amigos espirituais
Amigos espirituaisAmigos espirituais
Amigos espirituais
 
дипломнная работа
дипломнная работадипломнная работа
дипломнная работа
 
Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5
Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5
Kanchi Periva Forum - Ebook # 16 - Supreme Secrets - Part 5
 
Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4
Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4
Kanchi Periva Forum - Ebook # 15 - Supreme Secrets - Part 4
 
A c partea 3
A c partea 3A c partea 3
A c partea 3
 
Bathroom redesign pdf
Bathroom redesign pdfBathroom redesign pdf
Bathroom redesign pdf
 
Why Responsive Website Design Is A Must
Why Responsive Website Design Is A MustWhy Responsive Website Design Is A Must
Why Responsive Website Design Is A Must
 
Luisa: Question 2
Luisa: Question 2Luisa: Question 2
Luisa: Question 2
 
необходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03 копие
необходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03   копиенеобходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03   копие
необходимост от повишаване на здравната информираност на възрастните 03 копие
 
Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1
Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1
Kanchi Periva Forum Newsletter - Volume 1
 
Debugging Drupal with Xdebug
Debugging Drupal with XdebugDebugging Drupal with Xdebug
Debugging Drupal with Xdebug
 
Diego de santos
Diego de santosDiego de santos
Diego de santos
 
Evaluation 1
Evaluation 1Evaluation 1
Evaluation 1
 
Apatsara palaut
Apatsara palautApatsara palaut
Apatsara palaut
 
Sinister Movie Review
Sinister Movie ReviewSinister Movie Review
Sinister Movie Review
 
Cuéllar
CuéllarCuéllar
Cuéllar
 
How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...
How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...
How does your media product represent particular social media evaluaiton ques...
 

Semelhante a Beume abril16

Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoGrupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Bruno Caldas
 
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraPowerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Bruno Caldas
 
Boletim icepi.2015.outubro
Boletim icepi.2015.outubroBoletim icepi.2015.outubro
Boletim icepi.2015.outubro
Raul Ventura
 
Biografia de Yvonne do Amaral Pereira
Biografia de Yvonne do Amaral PereiraBiografia de Yvonne do Amaral Pereira
Biografia de Yvonne do Amaral Pereira
Departamento Comunicação Social SER
 
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
16 e a-vida_continua-1968
16 e a-vida_continua-196816 e a-vida_continua-1968
16 e a-vida_continua-1968
paulasa pin
 
Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020
Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020
Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020
CH Notícias - Casa dos Humildes - Recife
 
Zai Gezunt - Edição Nº 30
Zai Gezunt - Edição Nº 30Zai Gezunt - Edição Nº 30
Zai Gezunt - Edição Nº 30
PLETZ.com -
 
Beume out 16 pdf
Beume out 16 pdfBeume out 16 pdf
Beume out 16 pdf
Ume Maria
 
Jornal nº 01
Jornal nº 01Jornal nº 01
Jornal nº 01
pazcomsg
 
Jornal nº 01
Jornal nº 01Jornal nº 01
Jornal nº 01
pazcomsg
 
E a vida continua
E a vida continuaE a vida continua
E a vida continua
Antonio SSantos
 
(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1
(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1
(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1
Célio Alves de Moura
 
Memorias de um suicida
Memorias de um suicidaMemorias de um suicida
Memorias de um suicida
EWALDO DE SOUZA
 
Memorias de um suicida
Memorias de um suicidaMemorias de um suicida
Memorias de um suicida
guestae3c203
 
Mem+¦rias de um_suicida
Mem+¦rias de um_suicidaMem+¦rias de um_suicida
Mem+¦rias de um_suicida
Mariana Alves
 
O centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopiresO centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopires
Helio Cruz
 
Zai Gezunt Nº 29
Zai Gezunt  Nº 29Zai Gezunt  Nº 29
Zai Gezunt Nº 29
PLETZ.com -
 
Resenha espirita on line 106
Resenha espirita on line 106Resenha espirita on line 106
Resenha espirita on line 106
MRS
 

Semelhante a Beume abril16 (20)

Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumidoGrupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
Grupo de estudos yvonne do amaral pereira.pptresumido
 
Powerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne PereiraPowerpoint obras Yvonne Pereira
Powerpoint obras Yvonne Pereira
 
Boletim icepi.2015.outubro
Boletim icepi.2015.outubroBoletim icepi.2015.outubro
Boletim icepi.2015.outubro
 
Biografia de Yvonne do Amaral Pereira
Biografia de Yvonne do Amaral PereiraBiografia de Yvonne do Amaral Pereira
Biografia de Yvonne do Amaral Pereira
 
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
 
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco( Espiritismo)   # - biografias # divaldo p franco
( Espiritismo) # - biografias # divaldo p franco
 
16 e a-vida_continua-1968
16 e a-vida_continua-196816 e a-vida_continua-1968
16 e a-vida_continua-1968
 
Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020
Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020
Edição n. 65 do CH Noticias - Novembro/2020
 
Zai Gezunt - Edição Nº 30
Zai Gezunt - Edição Nº 30Zai Gezunt - Edição Nº 30
Zai Gezunt - Edição Nº 30
 
Beume out 16 pdf
Beume out 16 pdfBeume out 16 pdf
Beume out 16 pdf
 
Jornal nº 01
Jornal nº 01Jornal nº 01
Jornal nº 01
 
Jornal nº 01
Jornal nº 01Jornal nº 01
Jornal nº 01
 
E a vida continua
E a vida continuaE a vida continua
E a vida continua
 
(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1
(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1
(Colecao os pensadores) vol. 24 jean jacques rousseau 1
 
Memorias de um suicida
Memorias de um suicidaMemorias de um suicida
Memorias de um suicida
 
Memorias de um suicida
Memorias de um suicidaMemorias de um suicida
Memorias de um suicida
 
Mem+¦rias de um_suicida
Mem+¦rias de um_suicidaMem+¦rias de um_suicida
Mem+¦rias de um_suicida
 
O centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopiresO centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopires
 
Zai Gezunt Nº 29
Zai Gezunt  Nº 29Zai Gezunt  Nº 29
Zai Gezunt Nº 29
 
Resenha espirita on line 106
Resenha espirita on line 106Resenha espirita on line 106
Resenha espirita on line 106
 

Mais de Ume Maria

Beume agosto16
Beume agosto16Beume agosto16
Beume agosto16
Ume Maria
 
Correio de luz 06 2016
Correio de luz 06 2016Correio de luz 06 2016
Correio de luz 06 2016
Ume Maria
 
Beume junho16 pdf
Beume junho16 pdfBeume junho16 pdf
Beume junho16 pdf
Ume Maria
 
Beume junho16 pdf
Beume junho16 pdfBeume junho16 pdf
Beume junho16 pdf
Ume Maria
 
Beume maio16
Beume maio16Beume maio16
Beume maio16
Ume Maria
 
Beume novembro15 i pdf
Beume novembro15 i pdfBeume novembro15 i pdf
Beume novembro15 i pdf
Ume Maria
 
Beume outubro15
Beume outubro15Beume outubro15
Beume outubro15
Ume Maria
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15
Ume Maria
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15
Ume Maria
 
Beume maio15
Beume maio15Beume maio15
Beume maio15
Ume Maria
 
Beume abr15
Beume abr15Beume abr15
Beume abr15
Ume Maria
 
Beume fev 15
Beume fev 15Beume fev 15
Beume fev 15
Ume Maria
 

Mais de Ume Maria (12)

Beume agosto16
Beume agosto16Beume agosto16
Beume agosto16
 
Correio de luz 06 2016
Correio de luz 06 2016Correio de luz 06 2016
Correio de luz 06 2016
 
Beume junho16 pdf
Beume junho16 pdfBeume junho16 pdf
Beume junho16 pdf
 
Beume junho16 pdf
Beume junho16 pdfBeume junho16 pdf
Beume junho16 pdf
 
Beume maio16
Beume maio16Beume maio16
Beume maio16
 
Beume novembro15 i pdf
Beume novembro15 i pdfBeume novembro15 i pdf
Beume novembro15 i pdf
 
Beume outubro15
Beume outubro15Beume outubro15
Beume outubro15
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15
 
Beume junho15
Beume junho15Beume junho15
Beume junho15
 
Beume maio15
Beume maio15Beume maio15
Beume maio15
 
Beume abr15
Beume abr15Beume abr15
Beume abr15
 
Beume fev 15
Beume fev 15Beume fev 15
Beume fev 15
 

Último

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
ElijainaVelozoGonalv
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 

Último (18)

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docxPONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
PONTOS PRINCIPAIS DA VIDA DE ZAQUEU O SERMÃO.docx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 

Beume abril16

  • 1. UNIÃO MUNICIPAL ESPÍRITA DE SANTA MARIA - RS DECOM/UME SM Umesm.blogspot.com www.decomumesm@gmail.com Divaldo Franco em Santa Maria Palestra pública dia 06 de abril Allan Kardec O nosso codificador
  • 2. Olá Irmãos! Segue o BEUME com 40 páginas. Informando a vinda de Divaldo Franco a Santa Maria e discorrendo um pouquinho pela sua trajetória de vida em prol do Espiritismo. O BEUME e toda comunidade espírita de Santa Maria, está celebrando o grande número de eventos que acontecem, simultaneamente, no movimento em nossa cidade. Trazemos ainda, relato contando o desencarne de Allan Kardec, relação de casas de aniversário, escalas, eventos, etc. Lembrando que ao longo do mês publicamos em nossa página, no facebook, os eventos que aconteceram e os que estão acontecendo neste final de semana em Santa Maria. Enviem qualquer dia do mês que publicamos. Abaixo, rodapé de divulgação da vinda de Divaldo Franco a SM veiculado pelo jornal Diário de Santa Maria. Agradecendo também a Rádio Gaúcha, Rádio Atlântida, TV Pampa, Rádio Santamariense, Rádio Imembuí e Jornal A Razão pela ampla divulgação de nosso evento com mídia inteiramente doada. Boa leitura!
  • 3. É reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores Espíritas da atualidade e o maior divulgador da Doutrina Espírita por todo o Mundo. Seu currículo revela um exímio e devotado educador com mais de seiscentos filhos adotivos e mais de duzentos netos e bisnetos, atendendo atualmente a cerca de três mil crianças, adolescentes e jovens de famílias de baixa renda, por dia, em regime de semi-internato e externato. Divaldo é um verdadeiro apóstolo do Espiritismo. Dos seus oitenta e quatro anos, sessenta e quatro foram devotados à causa Espírita e às crianças excluídas, das periferias de sua Salvador. Nasceu em 5 de maio de 1927, na cidade de Feira de Santana, Bahia e, desde a infância, se comunica com os Espíritos. Cursou a Escola Normal Rural de Feira de Santana, recebendo o diploma de professor primário, em 1943. Trabalhou como escriturário no antigo IPASE, em Salvador, aposentando-se em 1980. Divaldo estará mais uma vez em nossa cidade no próximo dia 06 de abril, às 20h, no Ginásio do Clube Dores e a promoção do evento é da UME Santa Maria. Às 19h, haverá sessão de autógrafos e às 19h30, apresentação do grupo de música espírita Arte & Luz.
  • 4. Orador com mais de treze mil conferências, em mais de duas mil cidades em todo o Brasil e em sessenta e cinco países dos cinco continentes, tendo concedido mil e quinhentas entrevistas para rádio e TV, no Brasil e no Exterior. Em 2010 esteve em algumas cidades, por primeira vez, como Dublin, capital da Irlanda; Elche Sur-Azette, em Luxemburgo; Schwarzach, na Alemanha e Villach, na Áustria. Em meados de 2010, esteve na Rússia, por primeira vez, fazendo contatos com amigos e tentando encaminhar a criação de um núcleo espírita. Recebeu mais de seiscentas homenagens, de instituições culturais, sociais, religiosas, políticas e governamentais. Como médium, publicou duzentos e cinqüenta e cinco livros, com mais de oito milhões de exemplares, onde se apresentam duzentos e onze Autores Espirituais, muitos deles ocupando lugar de destaque na literatura, no pensamento e na religiosidade universais. Dessas obras, houve versões para dezessete idiomas (alemão, albanês, catalão, dinamarquês, espanhol, esperanto, francês, holandês, húngaro, inglês, italiano, norueguês, polonês, tcheco, turco, russo, sueco e sistema Braille). Existem, ainda, dezessete livros escritos por outros autores, sobre sua vida e sua obra. A renda proveniente da venda dessas obras, bem como os direitos autorais foram doados, em cartório, à Mansão do Caminho e outras entidades filantrópicas.
  • 5. Espírita convicto, fundou o Centro Espírita Caminho da Redenção em 7 de setembro de 1947. Dois anos depois, iniciou a sua tarefa de psicografia. Diversas mensagens foram escritas por seu intermédio. Sob a orientação dos Benfeitores Espirituais guardou o que escreveu, até que um dia recebeu a recomendação para queimar tudo o que escrevera até ali, pois não passava de simples exercício. Com a continuação, vieram novas mensagens assinadas por diversos Espíritos, dentre eles:Joanna de Ângelis, que durante muito tempo apresentava-se como Um Espírito Amigo, ocultando-se no anonimato à espera do instante oportuno para se identificar. Joanna revelou-se como sua orientadora espiritual, escrevendo inúmeras mensagens, num estilo agradável repassado de profunda sabedoria e infinito amor, que conforta as pessoas necessitadas dando diretriz espiritual. Em 1964, Divaldo, sob orientação de Joanna de Ângelis, selecionou várias mensagens de autoria da mentora e enfeixou- as no livro Messe de Amor, que se tornou o primeiro livro psicografado por Divaldo. MANSÃO DO CAMINHO Divaldo Franco é emérito educador. Fundou em 1952, na cidade de Salvador, Bahia, com Nilson de Souza Pereira, a Mansão do Caminho, instituição que acolheu e educou crianças sob o regime de Lares Substitutos.
  • 6. Em vinte Casas Lares, educou mais de seiscentos filhos, hoje emancipados, a maioria com família constituída. Na década de sessenta, iniciou a construção de escolas, oficinas profissionalizantes e atendimento médico. Hoje, a Mansão do Caminho é um admirável complexo educacional com 83.000 m2 e cincoenta e duas edificações que atende a três mil crianças e jovens de famílias de baixa renda, na Rua Jaime Vieira Lima, n° 1, Pau da Lima, um dos bairros periféricos mais carentes de Salvador. O complexo atende a diversas atividades socioeducacionais como: enxovais, Pré- Natal, Creche, escolas de ensino fundamental e médio, Informática, Cerâmica, Panificação, Bordado, Reciclagem de Papel, Centro Médico, Laboratório de Análises Clínicas, Atendimento Fraterno, Caravana Auta de Souza, Casa da Cordialidade e Bibliotecas. Mais de trinta e cinco mil crianças passaram, até hoje, pelos vários cursos e oficinas da Mansão do Caminho. A obra é basicamente mantida com a venda dos livros mediúnicos e das fitas gravadas nas palestras, seminários, entrevistas e mensagens por Divaldo. Complexo Educacional e Assistencial da Mansão do Caminho. www.mansaodocaminho.com.br/ www.divaldofranco.com.br/ Fontes:
  • 7. A Desencarnação de Allan Kardec Fonte: http://www.redeamigoespirita.com.br/ Foi em 31/3/1869, em Paris, com 64 anos, entre 11 e 12 horas, pelo rompimento de um aneurisma, em pleno labor de estudo e organização de novas tarefas espíritas e assistenciais que Kardec desencarna, cumprindo, e muito bem, a missão. O lema de Kardec era: Trabalho, Solidariedade e Tolerância.
  • 8. O corpo de Kardec foi sepultado no Cemitério do Père-Lachaise, com a frase esculpida no frontispício do dólmen de Allan Kardec: “Nascer, viver, morrer, renascer ainda e progredir sempre, tal é a Lei.” 31 de março de 1869 No dia em que Allan Kardec desencarnava, constituindo este fato dolorosa surpresa para todos os seus amigos e para os espíritas em geral, nesse mesmo dia o sr. E. Muller, grande amigo do Codificador e de sua digna esposa, mandou telegrama aos espíritas lioneses: "Morreu o Sr. Allan Kardec, será enterrado sexta-feira." E, no mesmo dia, assim se expressa por carta ao sr. Finet, de Lião: "Paris, 31 de março de 1869 Amigo: Agora, que já estou um pouco mais calmo, eu vos escrevo . Enviando-vos meu aviso, como o fiz, talvez tenha agido um tanto brutalmente, mas me parecia que devíeis receber a comunicação imediata desse falecimento.
  • 9. Eis alguns pormenores: Ele morreu esta manhã, entre onze e doze horas, subitamente, ao entregar um número da Revue a um caixeiro de livraria que acabava de comprá-lo; ele se curvou sobre si mesmo, sem proferir uma única palavra: estava morto. Sozinho em sua casa (Rue de Sant'Ana), Kardec punha em ordem seus livros e papéis para a mudança que se vinha processando e que deveria terminar amanhã. Seu empregado, aos gritos da criada e do caixeiro, acorreu ao local, ergueu-o ... nada, nada mais. Delanne ¹ acudiu com toda a presteza, friccionou-o, mas em vão. Tudo estava acabado. Venho de vê-lo. Penetrando a casa, com móveis e utensílios diversos atravancando a entrada, pude ver, pela porta aberta da grande sala de sessões, a desordem que acompanha os preparativos para uma mudança de domicílio; introduzido numa pequena sala de visitas, que conheceis bem, com seu tapete encarnado e seus móveis antigos, encontrei a sra. Kardec assentada no canapé, de face para a lareira; ao seu lado, o sr. Delanne; diante deles, sobre dois colchões colocados no chão, junto à porta da pequena sala de jantar, jazia o corpo, restos inanimados daquele que todos amamos. Sua cabeça, envolta em parte por um lenço branco atado sob o queixo, deixava ver toda a face, que parecia repousar docemente e experimentar a suave e serena satisfação do dever cumprido. Nada de tétrico marcara a passagem de sua morte; se não fosse a parada da respiração, dir-se-ia que ele estava dormindo. Cobria-lhe o corpo uma coberta de lã branca, que, junto aos ombros dele, deixava perceber a gola do robe de chambre, a roupa que ele vestia quando fora fulminado; a seus pés, como que abandonadas, suas chinelas e meias pareciam possuir ainda o calor do corpo dele.
  • 10. Tudo isto era triste, e, entretanto, um sentimento de doce quietude penetrava-nos a alma; tudo na casa era desordem, caos, morte, mas tudo aí parecia calmo, risonho e doce, e, diante daqueles restos, forçosamente meditamos no futuro. Eu vos disse que na sexta-feira é que o enterraríamos, mas ainda não sabemos a que horas; esta noite seu corpo está sendo velado por Desliens ² e Tailleur; amanhã o será por Delanne e Morin. Procuram-se, entre os seus papéis, suas últimas vontades, se é que ele as escreveu; de qualquer forma, o enterro será puramente civil. Escrever-vos-ei, dando-vos os pormenores da cerimônia. Amanhã, creio eu, cuidaremos em nomear uma comissão de espíritas mais ligados à Causa, aqueles que melhor conhecem as necessidades dela, a fim de aguardar e de saber o que se irá fazer. De todo o coração, vosso amigo, (a) MULLER. " 1. Alexandre Delanne, pai do engenheiro e pesquisador espírita Gabriel Delanne. 2. Armand Théodore Desliens, secretário-gerente da Revista Espírita. Os despojos do Codificador, enterrados inicialmente no Cemitério de Montmartre (2.4.1869), foram transferidos para o do Père-Lachaise em 31 de março de 1870
  • 11. Médicos incluem espiritualidade em tratamentos Fonte: http://www.noticiaespirita.com.br/
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17. EXPOSIÇÕES DOUTRINÁRIAS ABRIL/2016 QUARTAS-FEIRAS ÀS 20h00min HORAS Tema do Mês: A morte (Livro: “O problema do ser, do destino e da dor”- cap. X) Dia Expositor (a) Tema Coordenador 06 Fernando Correa Morte: O eclipse momentâneo Eduardo 13 Eduardo Correa O temor à morte Rose 20 Aquiléa Salgado O invólucro carnal e o Progresso Espiritual (Tema vinculado à Família) Lizandra 27 Lizandra Salau As condições da Vida no Plano Espiritual Fernando SÁBADOS ÀS 14h15min HORAS Tema do Mês: A morte (Livro: “O problema do ser, do destino e da dor”- cap. X) Dia Expositor (a) Tema Coordenador 02 Marcelo Xavier Os mortos são os Vivos do “Céu” Lizandra 09 Guacira Azambuja Mortes prematuras Aquiléa 16 Lizandra Salau Mortes Coletivas Darlan 23 Aquiléa Salgado Preces pelos mortos (Tema vinculado à Família) Marisandra 30 Marisandra Carlan O suicídio Lizandra Atendimento Fraterno: Quarta-feira e Sábado após as doutrinárias. Evangelização – Quarta-feira às 20h00min e Sábados às 14h00min. ESDE- Terça-feira às 19h30min e Sábado às 15h30min. SOCIEDADE ESPÍRITA “LUZ NO CAMINHO – Dr. FERNANDO DO Ó” - CASA DE AMPARO À CRIANÇA –
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. Associação Espírita Horto da Paz Alto das Palmeiras, S/N. Distrito de São Valentim. Santa Maria-RS REUNIÕES PÚBLICAS DOUTRINÁRIAS – SÁBADOS 15h ABRIL / 2016 DIA COORDENAÇÃO EVANGELHO TEMA EXPLANAÇÃO 02 Ely Ávila Neusa Maria João de Deus O médium que curou multidões Ely Ávila 09 Maria Medianeira Elenita Maria Liberdade com Responsabilidade Maria Medianeira 16 Elenita Maria Ely Ávila Lei de Causa e Efeito Elenita Maria 23 Janio Rossi Neusa Maria O Horto da Paz e a Comunidade com Jesus – Provas da Riqueza e Miséria Ely Ávila 30 Neusa Maria Janio Rossi O Adolescente e a Vida Janio Rossi e Neusa Maria
  • 23. NúcleoEspíritaCasadocaminhoFranciscoSpinelli ProgramaçãodeAniversário-Mêsdeabrilde2016. Rua:AlcidesCoimbran°220-VilaLorenzi TEMA EXPOSITOR DIA E HORÁRIO -Francisco Spinelli Vida e Obra -Tereca Souza SEUF - Dia 03 de abril, domingo às 9:00 hs. - Transição Planetária -Osvaldo Machado Filho Soc. Esp. Vianna de Carvalho -Dia 10 de abril, domingo às 9:00 hs. -Amanhecer de Uma Nova Era -Adalberto Siqueira Abrigo Esp. Oscar José Pithan -Dia 17 de abril, domingo às 9:00 hs. ---Perturbações Espirituais -Bruno Peres Núcleo Esp. Casa do Caminho Francisco Spinelli --Dia 24 de abril, domingo às 9:00hs.
  • 24. R. Machado de Assis, 454. Bairro Menino Jesus, Santa Maria, RS. CEP 97050-450. E-mail: seuf.santamaria@fergs.org.br DEPARTAMENTO DOUTRINÁRIO - DEDO PROGRAMAÇÃO DAS REUNIÕES DOUTRINÁRIAS - 2016 Mês: Abril Eixo Temático: SEDE CARIDOSOS Terça-feira 20h00min Direção: Mari Galina Recepção: Sebastian P. Ribas Dia TEMA EXPOSITOR/CASA O5 O que é a verdadeira caridade (E.S.E. Cap. XI, item 14; Cap. XVII, itens 7 e 8) Luiz Henrique Figueiredo / Pithan 12 Sem caridade não há salvação, nem li- berdade (E.S.E. Cap. XV) Rosangela Viana da Silva / SEUF 19 Jesus: modelo a ser copiado (E.S.E. Cap. I (itens 9, 10 e 11) e O Livro dos Espíri- tos (Questão 625) Alexandre Druzian Bregão / SEUF 26 Encontramo-nos, nesse momento, em um mundo mais caridoso e fraterno? (E.S.E. Cap. XV e A Gênese (A Geração Nova) Tereca Souza / SEUF Quinta-feira 15h00min Direção: Verani Rosa Recepção: Maria do Carmo e Fermin Be- gueristae Dia TEMA EXPOSITOR/CASA 07 O que é a verdadeira caridade (E.S.E. Cap. XI, item 14; Cap. XVII, itens 7 e 8) Sandra Margarida Fioravante / SEUF 14 Sem caridade não há salvação, nem li- berdade (E.S.E. Cap. XV) Marion G. da Rosa / SEUF 21 Jesus: modelo a ser copiado (E.S.E. Cap. I (itens 9, 10 e 11) e O Livro dos Espíri- tos (Questão 625) Alexandre Druzian Bregão / SEUF 28 Encontramo-nos, nesse momento, em um mundo mais caridoso e fraterno? (E.S.E. Cap. XV e A Gênese (A Geração Nova) Tereca Souza / SEUF
  • 25. TERÇA-FEIRA ÀS 20:00 HORAS DIA EXPOSITOR TEMA 05 BARROS RENOVANDO ATITUDES 12 TELTZ (A.E. OSCAR PITHAN) JESUS ,OS ESCÂNDALOS E O ESPIRITISMO 19 LIZANDRA (FERNANDO DO Ó) A CIÊNCIA MATERIAL E AS COISAS DO ESPÍRITO 26 FEB O ESPÍRITISMO – DE KARDEC AOS DIAS DE HOJE VÍDEO SÁBADO ÀS 15:00 HORAS DIA EXPOSITOR TEMA 02 JOSÉ MILTON (S.E. UNIÃO DOS FIÉIS) Cap. V - E.S.E. – BEM - AVENTURADOS OS AFLITOS 09 WALTER (S.E. JOANA DE ÂNGELIS) SUPER PROTEÇÃO DOS PAIS 16 MARINO (S.E. FÉ E ESPERANÇA) A VERDADEIRA PROPRIEDADE 23 INEZ LEI DE SOCIEDADE 30 LÚCIA O BEM E SUA TERAPIA Apoio Espiritual - Evangelho Segundo Espiritismo Segunda-Feira das 20h às 20:45Min. Dia Expositor Tema 04 MARLENE /MARIA ABANDONAR PAI, MÃE E FILHOS - CAP 23 EV. SEG. ESP. 11 REGINA / DEBORA DEIXAI OS MORTOS ENTERRAREM OS SEUS MORTOS - CAP 23 EV. SEG. ESP. 18 PAULO NÃO VIM TRAZER A PAZ, MAS A ESPADA - CAP 23 EV. SEG. ESP. 25 ANA MARIA A CANDEIA DE BAIXO DO ALQUEIRE - CAP 24 EV. SEG. ESP.
  • 26.
  • 27. ABRIL 2016 – 88 ANOS da SELC DATA EXPOSITOR(A) TEMA COORDENADOR 01 - sexta-feira Mary Angela Amorim Soc. Esp. Menna Barreto Desencarne de Allan Kardec Cleber 04 - segunda-feira Moacir Germani Emprego da fortuna ESE, cap. XVI Dagoré 05 - terça-feira Claudine Uniões antipáticas LE, livro IV, cap. I Renato 08 - sexta-feira Adair Marques AME SM Doença de Alzheimer Cleber 11 - segunda-feira Cleber O dever e a virtude ESE, cap. XVII Dagoré 12 - terça-feira Leni Medo da morte LE, livro IV, cap. I Renato 15 - sexta-feira Luis Alberto Guaíba-RS Convulsões sociais da atualidade Cleber 16 – sábado 9 às 12 h Seminário com Luis Alberto Missão do trabalhador espírita na transição planetária Cleber / Giovani 18 - segunda-feira Cleusa Desprendimento dos bens terrenos ESE, cap. XVI Dagoré 19 - terça-feira Derli Nada. Vida futura LE, livro IV, cap. II Renato 22 - sexta-feira Tereca S. E. União dos Fiéis Educação: A chave do progresso moral Cleber 25 – segunda-feira Roselaine Caracteres da perfeição ESE, cap. XVII Dagoré 26 – terça-feira Solange Desgosto da vida. Suicídio LE, livro IV, cap. I Renato 29 – sexta-feira Sidney Lourenço S. E. Amor e Humildade do Apóstolo – SC O que é mediunidade? Cleber Horários das doutrinárias: - Segunda-feira – das 13h às 13h25min; - Terça-feira – das 19h30min às 20h - Sexta-feira – das 20h30min às 21h.
  • 28.
  • 29. Sábado dia 12/03, Izaias Claro nos honrou com sua iluminada presença trazendo orientação, esclarecimentos e sugestões de como lidar com a depressão e com o depressivo na família. Para quem teve a oportunidade foi uma tarde de extremo proveito com momentos de descontração com muita risada, momento para cantar e momento para se emocionar. Como sugestão final ele deixou como saída colocar DEUS na vida do depressivo. Soc. Esp. Francisco Costa
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36. http://umesm.blogspot.com.br/ Este é o endereço do blog da UME SANTA MARIA - União Municipal Espírita de Santa Maria. Entra lá!
  • 37.
  • 38. DISCÍPULOS DE JESUS – DIA 04 UNIÃO DOS FIÉIS – DIA 07 BEZERRA DE MENEZES – DIA 11 LAR DE JOAQUINA – DIA 13 CASA DO CAMINHO FRANCISCO ESPINELLI (Núcleo Menna Barreto) DIA 21 FRANCISCO COSTA – DIA 23 LUZ E CARIDADE – DIA 24
  • 39.
  • 40. VAMOS DIVULGAR A DOUTRINA ESPÍRITA? DIVULGUEM SUAS CASAS ESPÍRITAS ATRAVÉS DO BEUME. • Enviem-nos materiais de divulgação das doutrinárias, encontros, seminários e eventos diversos que estaremos publicando no BEUME, FACEBOOK e outros meios de comunicação virtual. decomumesm@gmail.com "A maior caridade que podemos fazer pela Doutrina Espírita é a sua divulgação." Chico Xavier – Emmanuel.