SlideShare uma empresa Scribd logo
«Balada da Neve» de Augusto Gil Selecção de imagens: Alimacak e Clarinha (8º ano, SP/LI, 2009-2010)
Batem leve, levemente  Como quem chama por mim... Será chuva? Será gente? Gente não é certamente E a chuva não bate assim...
É talvez a ventania; Mas há pouco, há poucochinho, Nem uma agulha bulia Na quieta melancolia Dos pinheiros do caminho
Quem bate assim levemente, Com tão estranha leveza Que mal se ouve, mal se sente?... Não é chuva, nem é gente, Nem é vento com certeza.
Fui ver. A neve caía Do azul cinzento do céu, Branca e leve, branca e fria... - Há quanto tempo a não via! E que saudades, Deus meu!
Olho através da vidraça. Pôs tudo da cor do linho. Passa gente, e quando passa, Os passos imprime e traça Na brancura do caminho...
Fico olhando esses sinais Da pobre gente que avança, E noto, por entre os mais, Os traços miniaturais Duns pezitos de criança...
E descalcinhos, doridos... A neve deixa inda vê-los, Primeiro, bem definidos, Depois, em sulcos compridos, Porque não podia erguê-los!...
Que quem já é pecador Sofra tormentos, enfim! Mas as crianças, Senhor, Por que lhes dais tanta dor?!... Por que padecem assim?!... E uma infinita tristeza, Uma funda turbação Entra em mim, fica em mim presa. Cai neve na Natureza E cai no meu coração.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estou fazendo minhas malas
Estou fazendo minhas malasEstou fazendo minhas malas
Estou fazendo minhas malas
Mensagens Virtuais
 
Derramando Petalas
Derramando PetalasDerramando Petalas
Derramando Petalas
QSEJAETERNO
 
Entre partir e ficar - Octávio Paz
Entre partir e ficar - Octávio PazEntre partir e ficar - Octávio Paz
Entre partir e ficar - Octávio Paz
Mima Badan
 
Quando eu morrer - Augusto Frederico Schmidt
Quando eu morrer - Augusto Frederico SchmidtQuando eu morrer - Augusto Frederico Schmidt
Quando eu morrer - Augusto Frederico Schmidt
Mima Badan
 
Imagens de carlos bau mendoza e versos de luzardo
Imagens de carlos bau mendoza e versos de luzardoImagens de carlos bau mendoza e versos de luzardo
Imagens de carlos bau mendoza e versos de luzardo
Silvio Luzardo Mello
 
Espalhando Amor
Espalhando AmorEspalhando Amor
Espalhando Amor
dyon
 
Natureza e os cinco sentidos
Natureza e os cinco sentidosNatureza e os cinco sentidos
Natureza e os cinco sentidos
Inês Santos
 
Sombras bailarinas marcia portella
Sombras bailarinas marcia portellaSombras bailarinas marcia portella
Sombras bailarinas marcia portella
Luzia Gabriele
 
Espalhando Amor
Espalhando AmorEspalhando Amor
Espalhando Amor
Helo Spitali
 
Derramando Pétalas...
Derramando Pétalas...Derramando Pétalas...
Derramando Pétalas...
Adilson P Motta Motta
 
Simplicidade
SimplicidadeSimplicidade
Simplicidade
leletinha
 
Causa de amor
Causa de amorCausa de amor
Causa de amor
Mensagens Virtuais
 
O Arco Iris
O Arco IrisO Arco Iris
O Arco Iris
Bruna Dalmagro
 
O arco iris_linda
O arco iris_lindaO arco iris_linda
O arco iris_linda
Luis
 
O arco-íris
O arco-írisO arco-íris
O arco-íris
Paulo Roberto
 
O Arco Iris Linda
O Arco Iris LindaO Arco Iris Linda
O Arco Iris Linda
QSEJAETERNO
 
ARCO ÍRIS
ARCO ÍRIS ARCO ÍRIS
ARCO ÍRIS
primaquim
 
Arco iris
Arco irisArco iris
Arco iris
Jose Santos
 
A velhice
A velhiceA velhice

Mais procurados (19)

Estou fazendo minhas malas
Estou fazendo minhas malasEstou fazendo minhas malas
Estou fazendo minhas malas
 
Derramando Petalas
Derramando PetalasDerramando Petalas
Derramando Petalas
 
Entre partir e ficar - Octávio Paz
Entre partir e ficar - Octávio PazEntre partir e ficar - Octávio Paz
Entre partir e ficar - Octávio Paz
 
Quando eu morrer - Augusto Frederico Schmidt
Quando eu morrer - Augusto Frederico SchmidtQuando eu morrer - Augusto Frederico Schmidt
Quando eu morrer - Augusto Frederico Schmidt
 
Imagens de carlos bau mendoza e versos de luzardo
Imagens de carlos bau mendoza e versos de luzardoImagens de carlos bau mendoza e versos de luzardo
Imagens de carlos bau mendoza e versos de luzardo
 
Espalhando Amor
Espalhando AmorEspalhando Amor
Espalhando Amor
 
Natureza e os cinco sentidos
Natureza e os cinco sentidosNatureza e os cinco sentidos
Natureza e os cinco sentidos
 
Sombras bailarinas marcia portella
Sombras bailarinas marcia portellaSombras bailarinas marcia portella
Sombras bailarinas marcia portella
 
Espalhando Amor
Espalhando AmorEspalhando Amor
Espalhando Amor
 
Derramando Pétalas...
Derramando Pétalas...Derramando Pétalas...
Derramando Pétalas...
 
Simplicidade
SimplicidadeSimplicidade
Simplicidade
 
Causa de amor
Causa de amorCausa de amor
Causa de amor
 
O Arco Iris
O Arco IrisO Arco Iris
O Arco Iris
 
O arco iris_linda
O arco iris_lindaO arco iris_linda
O arco iris_linda
 
O arco-íris
O arco-írisO arco-íris
O arco-íris
 
O Arco Iris Linda
O Arco Iris LindaO Arco Iris Linda
O Arco Iris Linda
 
ARCO ÍRIS
ARCO ÍRIS ARCO ÍRIS
ARCO ÍRIS
 
Arco iris
Arco irisArco iris
Arco iris
 
A velhice
A velhiceA velhice
A velhice
 

Mais de Isabel DA COSTA

LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de AlmeidaLUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
Isabel DA COSTA
 
Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019
Isabel DA COSTA
 
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Isabel DA COSTA
 
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Isabel DA COSTA
 
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelosCriação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
Isabel DA COSTA
 
4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
6e avaliação de leituras
6e  avaliação de leituras6e  avaliação de leituras
6e avaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
Cm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leiturasCm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Isabel DA COSTA
 
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º anoTexto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Isabel DA COSTA
 
Mandela texto preferido
Mandela   texto preferidoMandela   texto preferido
Mandela texto preferido
Isabel DA COSTA
 
A métrica e a rima
A métrica e a rimaA métrica e a rima
A métrica e a rima
Isabel DA COSTA
 
Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)
Isabel DA COSTA
 
Qual a história preferida?
Qual a história preferida?Qual a história preferida?
Qual a história preferida?
Isabel DA COSTA
 
Entrada de diário
Entrada de diárioEntrada de diário
Entrada de diário
Isabel DA COSTA
 
O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu
Isabel DA COSTA
 
O Twinny em Petrópolis
O Twinny em PetrópolisO Twinny em Petrópolis
O Twinny em Petrópolis
Isabel DA COSTA
 
Twinny em Parati
Twinny em ParatiTwinny em Parati
Twinny em Parati
Isabel DA COSTA
 
A turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-seA turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-se
Isabel DA COSTA
 

Mais de Isabel DA COSTA (20)

LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de AlmeidaLUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
 
Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019
 
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
 
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
 
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelosCriação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
 
4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras
 
6e avaliação de leituras
6e  avaliação de leituras6e  avaliação de leituras
6e avaliação de leituras
 
Cm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leiturasCm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leituras
 
5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras
 
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
 
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º anoTexto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
 
Mandela texto preferido
Mandela   texto preferidoMandela   texto preferido
Mandela texto preferido
 
A métrica e a rima
A métrica e a rimaA métrica e a rima
A métrica e a rima
 
Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)
 
Qual a história preferida?
Qual a história preferida?Qual a história preferida?
Qual a história preferida?
 
Entrada de diário
Entrada de diárioEntrada de diário
Entrada de diário
 
O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu
 
O Twinny em Petrópolis
O Twinny em PetrópolisO Twinny em Petrópolis
O Twinny em Petrópolis
 
Twinny em Parati
Twinny em ParatiTwinny em Parati
Twinny em Parati
 
A turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-seA turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-se
 

Balada da Neve de Augusto Gil

  • 1. «Balada da Neve» de Augusto Gil Selecção de imagens: Alimacak e Clarinha (8º ano, SP/LI, 2009-2010)
  • 2. Batem leve, levemente Como quem chama por mim... Será chuva? Será gente? Gente não é certamente E a chuva não bate assim...
  • 3. É talvez a ventania; Mas há pouco, há poucochinho, Nem uma agulha bulia Na quieta melancolia Dos pinheiros do caminho
  • 4. Quem bate assim levemente, Com tão estranha leveza Que mal se ouve, mal se sente?... Não é chuva, nem é gente, Nem é vento com certeza.
  • 5. Fui ver. A neve caía Do azul cinzento do céu, Branca e leve, branca e fria... - Há quanto tempo a não via! E que saudades, Deus meu!
  • 6. Olho através da vidraça. Pôs tudo da cor do linho. Passa gente, e quando passa, Os passos imprime e traça Na brancura do caminho...
  • 7. Fico olhando esses sinais Da pobre gente que avança, E noto, por entre os mais, Os traços miniaturais Duns pezitos de criança...
  • 8. E descalcinhos, doridos... A neve deixa inda vê-los, Primeiro, bem definidos, Depois, em sulcos compridos, Porque não podia erguê-los!...
  • 9. Que quem já é pecador Sofra tormentos, enfim! Mas as crianças, Senhor, Por que lhes dais tanta dor?!... Por que padecem assim?!... E uma infinita tristeza, Uma funda turbação Entra em mim, fica em mim presa. Cai neve na Natureza E cai no meu coração.