SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Preservação do Solo
As árvores em favor do solo
As árvores captam água por meio das
raízes para se desenvolver, retornando-a à
atmosfera na forma de vapor pela
transpiração.
A raiz do eucalipto, por exemplo, atinge
cerca de 2,5 m de profundidade e por
isso não alcança os lençóis freáticos,
conseguindo apenas atingir a água
proveniente do solo.
Consumo Necessário
O organismo das árvores precisa de água!
Floresta de
Eucalipto
900 mm/ano*
Mata atlântica
1200 mm/ano*
Floresta
Amazônica
1500 mm/ano*
*1 mm corresponde a 1l metro quadrado.
Fonte: SIF (Sociedade de Investigações Florestais)
Árvores plantadas
Floresta Natural
Floresta NaturalO uso da água pelas árvores de eucalipto não
é maior do que o necessário para algumas
outras espécies existentes nas florestas
naturais.
Retenção de água
Uso de água por diferentes tipos de florestas e biomas!
Gleison Rezende/BSC
O ressecamento
do solo não
depende somente
do consumo de
água pelas plantas!
A preservação do solo depende da quantidade de infiltração de
água na terra e esse processo pode ser comprometido por
diversos fatores.
Condições climáticas da região: temperatura e chuva;
Histórico de chuvas;
Localização da floresta na bacia hidrográfica;
Índice de área foliar*;
Adequação de espécies às condições de solo e clima;
Manejo de uso do solo (práticas silviculturais);
Aumento de áreas urbanizadas e industrializadas;
Utilização do fogo para limpeza das áreas.
*Usado para determinação do metabolismo das plantas.
Solo Conservado
A raiz da questão
Árvores em favor do solo
Estabilidade e preservação
As árvores funcionam como “amortecedores de impacto”.
Quando chove a água toca primeiro o dossel, escoa pelo
tronco até chegar ao solo. Esse processo contribui para
infiltração da água sem causar instabilidade no solo.
O eucalipto, por exemplo, tem capacidade de absorver mais
água no período de chuvas e reduzir o consumo na época de
estiagem.
Partes das árvores (folhas e galhos) que concentram cerca de
70% dos nutrientes caem no solo contribuindo para a
qualidade da terra (ciclagem de nutrientes).
Manejo Florestal
Florestas de árvores plantadas como fonte de preservação
As técnicas de manejo florestal buscam apoio em pesquisas e no desenvolvimento de tecnologias
para aprimorar cada vez mais as formas de plantio a fim de garantir a qualidade do solo.
O mosaico é um método que intercala
espécies de floresta natural com árvores
plantadas (eucalipto ou pinus) garantindo
proteção à erosão do solo causada pela
chuva.
A técnica de cultivo mínimo do solo para
plantio de mudas contribui para manutenção
dos nutrientes no solo, evitando métodos
mais agressivos.
A matéria orgânica gerada pelas árvores
plantadas é mantida na terra, favorecendo
a infiltração de água das chuvas no solo e
nos lençóis freáticos.
Após a colheita, galhos, folhas, troncos e
raízes são mantidos no local e se
decompõem, criando uma camada
protetora para estruturar e nutrir o solo.
Fotos: Gleison Rezende/BSC | Ricardo Teles/Fibria | Arquivo Ibá
Áreas degradadas x Áreas com floresta
Florestas plantadas funcionam como reguladores da água
www.iba.org
Realização

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidadeImportância da biodiversidade
Importância da biodiversidadefabiopombo
 
Perda De Biodiversidade
Perda De BiodiversidadePerda De Biodiversidade
Perda De Biodiversidadeguest0f0d8
 
Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)alsferreira
 
Biodiversidade ppt
Biodiversidade pptBiodiversidade ppt
Biodiversidade pptguest7b65ee
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
BiodiversidadeMayjö .
 
Principais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadePrincipais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadeGrupo2apcm
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidadeguestb2419
 
Perda da biodiversidade
Perda da biodiversidadePerda da biodiversidade
Perda da biodiversidadefranciscaf
 
Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.netolimask89
 
Aula 2 principais causas de perda de biodiversidade
Aula 2  principais causas de perda de biodiversidadeAula 2  principais causas de perda de biodiversidade
Aula 2 principais causas de perda de biodiversidadeMarcelo Gomes
 
Principais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadePrincipais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadeAnaïs André
 
Apresentação do Trabalho a Campo - Horto Florestal
Apresentação do Trabalho a Campo - Horto FlorestalApresentação do Trabalho a Campo - Horto Florestal
Apresentação do Trabalho a Campo - Horto FlorestalMaria Cristina Marques Mota
 

Mais procurados (20)

Importância da biodiversidade
Importância da biodiversidadeImportância da biodiversidade
Importância da biodiversidade
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Perda De Biodiversidade
Perda De BiodiversidadePerda De Biodiversidade
Perda De Biodiversidade
 
Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)Perda de biodiversidade (1)
Perda de biodiversidade (1)
 
Biodiversidade ppt
Biodiversidade pptBiodiversidade ppt
Biodiversidade ppt
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Principais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadePrincipais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidade
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Perda da biodiversidade
Perda da biodiversidadePerda da biodiversidade
Perda da biodiversidade
 
Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.Slide de biodiversidade iury souza.
Slide de biodiversidade iury souza.
 
A biodiversidade brasileira
A biodiversidade brasileiraA biodiversidade brasileira
A biodiversidade brasileira
 
Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)
 
Perda de biodiversidade
Perda de biodiversidadePerda de biodiversidade
Perda de biodiversidade
 
Aula Biodiversidade
Aula BiodiversidadeAula Biodiversidade
Aula Biodiversidade
 
Biologia da Conservação
Biologia da ConservaçãoBiologia da Conservação
Biologia da Conservação
 
Aula 2 principais causas de perda de biodiversidade
Aula 2  principais causas de perda de biodiversidadeAula 2  principais causas de perda de biodiversidade
Aula 2 principais causas de perda de biodiversidade
 
Principais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidadePrincipais ameaças à biodiversidade
Principais ameaças à biodiversidade
 
Apresentação do Trabalho a Campo - Horto Florestal
Apresentação do Trabalho a Campo - Horto FlorestalApresentação do Trabalho a Campo - Horto Florestal
Apresentação do Trabalho a Campo - Horto Florestal
 

Destaque (11)

Árvores Plantadas que movimentam o setor de base florestal
Árvores Plantadas que movimentam o setor de base florestal Árvores Plantadas que movimentam o setor de base florestal
Árvores Plantadas que movimentam o setor de base florestal
 
Terras para estrangeiros
Terras para estrangeiros Terras para estrangeiros
Terras para estrangeiros
 
Economia circular
Economia circular Economia circular
Economia circular
 
Código florestal e Cadastro Ambiental Rural (CAR)
Código florestal e Cadastro Ambiental Rural (CAR)Código florestal e Cadastro Ambiental Rural (CAR)
Código florestal e Cadastro Ambiental Rural (CAR)
 
Árvores Plantadas - do plantio ao consumidor final // Planted Trees - from pl...
Árvores Plantadas - do plantio ao consumidor final // Planted Trees - from pl...Árvores Plantadas - do plantio ao consumidor final // Planted Trees - from pl...
Árvores Plantadas - do plantio ao consumidor final // Planted Trees - from pl...
 
Manejo do solo e adubacao portugues
Manejo do solo e adubacao   portuguesManejo do solo e adubacao   portugues
Manejo do solo e adubacao portugues
 
Mudanças Climáticas
Mudanças ClimáticasMudanças Climáticas
Mudanças Climáticas
 
Fomento Florestal - Benefício compartilhado para empresas e produtores
Fomento Florestal - Benefício compartilhado para empresas e produtores Fomento Florestal - Benefício compartilhado para empresas e produtores
Fomento Florestal - Benefício compartilhado para empresas e produtores
 
Certificação Florestal - Responsabilidade e conduta sustentável no setor de á...
Certificação Florestal - Responsabilidade e conduta sustentável no setor de á...Certificação Florestal - Responsabilidade e conduta sustentável no setor de á...
Certificação Florestal - Responsabilidade e conduta sustentável no setor de á...
 
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
 
Adubação eucalip
Adubação eucalipAdubação eucalip
Adubação eucalip
 

Semelhante a As árvores em favor do solo

Elemento da Flora: Eucalipto
Elemento da Flora: Eucalipto Elemento da Flora: Eucalipto
Elemento da Flora: Eucalipto Tiago Pereira
 
Apresentação boletim
Apresentação boletimApresentação boletim
Apresentação boletimAnderson Gallo
 
915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf
915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf
915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdfMatheus Sena
 
Vegetação seminario de geografia
Vegetação   seminario de geografiaVegetação   seminario de geografia
Vegetação seminario de geografiaLUIS ABREU
 
6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt
6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt
6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).pptChristie Freitas
 
Trabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANOTrabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANOJhonatas Neves
 
Modulo 3 ecossitemas florestais
Modulo 3 ecossitemas florestaisModulo 3 ecossitemas florestais
Modulo 3 ecossitemas florestaisAnt�nio Ferreira
 
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o ProdutorAgricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o ProdutorIdesam
 
6º ano cap 12 preservando o solo
6º ano cap 12   preservando o solo6º ano cap 12   preservando o solo
6º ano cap 12 preservando o soloISJ
 
Unidade 5 cap 2 terras cultivável
Unidade 5 cap 2   terras cultivávelUnidade 5 cap 2   terras cultivável
Unidade 5 cap 2 terras cultivávelISJ
 

Semelhante a As árvores em favor do solo (20)

Elemento da Flora: Eucalipto
Elemento da Flora: Eucalipto Elemento da Flora: Eucalipto
Elemento da Flora: Eucalipto
 
Eucalipto1
Eucalipto1Eucalipto1
Eucalipto1
 
Floresta Tropical
Floresta TropicalFloresta Tropical
Floresta Tropical
 
Apresentação boletim
Apresentação boletimApresentação boletim
Apresentação boletim
 
915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf
915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf
915-Texto do artigo-5296-1-10-20200619.pdf
 
Apresentação trabalho de campo 2
Apresentação trabalho de campo 2Apresentação trabalho de campo 2
Apresentação trabalho de campo 2
 
Vegetação seminario de geografia
Vegetação   seminario de geografiaVegetação   seminario de geografia
Vegetação seminario de geografia
 
Biomas terrestres
Biomas terrestresBiomas terrestres
Biomas terrestres
 
Floresta Tropical
Floresta TropicalFloresta Tropical
Floresta Tropical
 
6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt
6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt
6º ano unidade 6 (temas 3 e 4).ppt
 
Trabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANOTrabalho Cerrado - 3* ANO
Trabalho Cerrado - 3* ANO
 
Floresta amazônica 1 B
Floresta amazônica 1 BFloresta amazônica 1 B
Floresta amazônica 1 B
 
Modulo 3 ecossitemas florestais
Modulo 3 ecossitemas florestaisModulo 3 ecossitemas florestais
Modulo 3 ecossitemas florestais
 
Gramados no Paisagismo
Gramados no PaisagismoGramados no Paisagismo
Gramados no Paisagismo
 
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o ProdutorAgricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
Agricultura Orgânica e Certificação - Canal com o Produtor
 
Umapaz
UmapazUmapaz
Umapaz
 
6º ano cap 12 preservando o solo
6º ano cap 12   preservando o solo6º ano cap 12   preservando o solo
6º ano cap 12 preservando o solo
 
Solo II
Solo IISolo II
Solo II
 
Biologia desmatamento
Biologia desmatamentoBiologia desmatamento
Biologia desmatamento
 
Unidade 5 cap 2 terras cultivável
Unidade 5 cap 2   terras cultivávelUnidade 5 cap 2   terras cultivável
Unidade 5 cap 2 terras cultivável
 

As árvores em favor do solo

  • 1. Preservação do Solo As árvores em favor do solo
  • 2. As árvores captam água por meio das raízes para se desenvolver, retornando-a à atmosfera na forma de vapor pela transpiração. A raiz do eucalipto, por exemplo, atinge cerca de 2,5 m de profundidade e por isso não alcança os lençóis freáticos, conseguindo apenas atingir a água proveniente do solo. Consumo Necessário O organismo das árvores precisa de água!
  • 3. Floresta de Eucalipto 900 mm/ano* Mata atlântica 1200 mm/ano* Floresta Amazônica 1500 mm/ano* *1 mm corresponde a 1l metro quadrado. Fonte: SIF (Sociedade de Investigações Florestais) Árvores plantadas Floresta Natural Floresta NaturalO uso da água pelas árvores de eucalipto não é maior do que o necessário para algumas outras espécies existentes nas florestas naturais. Retenção de água Uso de água por diferentes tipos de florestas e biomas!
  • 4. Gleison Rezende/BSC O ressecamento do solo não depende somente do consumo de água pelas plantas! A preservação do solo depende da quantidade de infiltração de água na terra e esse processo pode ser comprometido por diversos fatores. Condições climáticas da região: temperatura e chuva; Histórico de chuvas; Localização da floresta na bacia hidrográfica; Índice de área foliar*; Adequação de espécies às condições de solo e clima; Manejo de uso do solo (práticas silviculturais); Aumento de áreas urbanizadas e industrializadas; Utilização do fogo para limpeza das áreas. *Usado para determinação do metabolismo das plantas. Solo Conservado A raiz da questão
  • 5. Árvores em favor do solo Estabilidade e preservação As árvores funcionam como “amortecedores de impacto”. Quando chove a água toca primeiro o dossel, escoa pelo tronco até chegar ao solo. Esse processo contribui para infiltração da água sem causar instabilidade no solo. O eucalipto, por exemplo, tem capacidade de absorver mais água no período de chuvas e reduzir o consumo na época de estiagem. Partes das árvores (folhas e galhos) que concentram cerca de 70% dos nutrientes caem no solo contribuindo para a qualidade da terra (ciclagem de nutrientes).
  • 6. Manejo Florestal Florestas de árvores plantadas como fonte de preservação As técnicas de manejo florestal buscam apoio em pesquisas e no desenvolvimento de tecnologias para aprimorar cada vez mais as formas de plantio a fim de garantir a qualidade do solo. O mosaico é um método que intercala espécies de floresta natural com árvores plantadas (eucalipto ou pinus) garantindo proteção à erosão do solo causada pela chuva. A técnica de cultivo mínimo do solo para plantio de mudas contribui para manutenção dos nutrientes no solo, evitando métodos mais agressivos. A matéria orgânica gerada pelas árvores plantadas é mantida na terra, favorecendo a infiltração de água das chuvas no solo e nos lençóis freáticos. Após a colheita, galhos, folhas, troncos e raízes são mantidos no local e se decompõem, criando uma camada protetora para estruturar e nutrir o solo. Fotos: Gleison Rezende/BSC | Ricardo Teles/Fibria | Arquivo Ibá
  • 7. Áreas degradadas x Áreas com floresta Florestas plantadas funcionam como reguladores da água